P. 1
NANOCOSMÉTICOS

NANOCOSMÉTICOS

|Views: 1.514|Likes:
Publicado porlearthus

More info:

Published by: learthus on Mar 12, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/18/2015

pdf

text

original

LETICIA ARTHUS

NANOCOSMÉTICOS

COLÉGIO ALEM RIO CLARO ABRIL/2010

Atualmente. teve investimentos de R$ 14 milhões e faz parte da linha Active. o que potencializa de forma significativa os efeitos desejados. desenvolvida em parceria com o laboratório francês Comucel. Por apresentar diâmetros menores. Concentrações dos ativos liberadas gradualmente não vão atingir limites tóxicos e permitem um fornecimento constante às diferentes camadas da pele. que começou a ser vendida em 2005. As nanoestruturas são verdadeiros reservatórios que controlam a profundidade de penetraçã o do cosmético na pele e a velocidade com que o ativo será liberado. que começaram a chegar aos mercados dos países desenvolvidos nos a nos 90. como cremes e xampus. também possibilitam o aumento da área superficial da pele atingida. A com posição nanoestruturada leva ativos como vitamina A. a primeira empresa a desenvolver e colocar no mercado um nanocosmético foi O Boticário. com um creme anti -sinais para a área dos olhos. A tecnologia. com ação antienvelhecimento e de fotoproteção. que têm massas homogêneas e são formadas por partículas nanométricas de tamanho uniforme.NANOCOSMÉTICOS O avanço dos estudos da nanotecnologia surge como uma grande oportunidade de negócios para o setor. No Brasil. A conseqüência dessa forma de ação é mais eficácia com menores doses. O investimento na descoberta das fórmulas dotadas de partículas com dimensão nanométrica. C e K e um produto para clareamento. a nanotecnologia voltada para a cosmética tem como foco sobretudo os produtos destinados à aplicação na pele do rosto e do corpo. testa e contorno dos lábios chamado Nanoserum. As vantagens das emulsões. A Natura lançou em 2007 um produto para . Para um produto cosmético ser classificado como nanocosmético é necessário que contenha estruturas organizadas e menores que 999 nanômetros (1 nanômetro equivale a 1 milímetro dividido por 1 milhão de vezes). elas permitem fazer com que um produto seja dotado de diferentes princípios ativos e que cada um deles atinja diferentes camadas da pele por períodos mais prolongados. resulta no surgimento de produtos bem mais eficientes.

é necessário construir partículas de cerca de 100 nanômetros. para obtenção do resultado desejado´. mantendo a sua integridade. Além dos lipossomas. as nanoestruturas mais utilizadas para encapsular ativos são as nanopartículas poliméricas e as lipídicas sólidas. Não se trata de lipossoma . para o lipossoma passar por eles e penetrar na epiderme tem que se deformar. O polímero colocado na superfície deve ser altamente hidrofílico. Como a maioria dos poros da pele tem 30 nanômetros. chamado Brumas de Leite. eles têm a superfície modificada com polímeros biocompatíveis. captar muita água. Para que possam penetra r pelos poros da pele. LIPOSSOMAS Os lipossomas funcionam nas modernas estratégias utilizadas em nanotecnologia como uma cápsula transportadora de princípios ativos. de forma a se tornar flexíveis ou elásticos. Isso ocorre porque. ou seja. diz Maria Helena. além de carrear. O componente estrutural dos lipossomas são os fosfolipídeos. estabilizando e protegendo os lipossomas do atrito ao passar pelo poro. ³Esse é um diferencial em relação a outras nanopartículas e exige conhecimento de engenharia da permeação da partícula em nanoporo s. Para isso. O sistema desenvolvido. para carrear uma quantidade significativa de princípio ativo de creme para uma camada abaixo da pele. aumenta a penetração cutânea de princípios ativos. o mesmo das células do nosso organismo. com partículas da ordem de 150 nanômetros . SISTEMA BIOCOMPATÍVEL A tendência é a expansão desse mercado. as empresas estão sempre antenadas com as inovações desenvolvidas nas linhas de frente de pesquisa. A Agência USP de Inovação está negociando com uma empresa a transferência de tecnologia de um sistema nanotecnológico inovador e biocompatível.hidratação corporal.

´ Isso porque a fibra tem naturalmente microcanículos que permeiam moléculas pequenas como água. além de manter a propriedade constante em toda a extensão do cabelo. seu portfólio de produtos de maquiagem será baseado em nanopigmentos. que são moléculas relativamente grandes para a penetração cutânea. AÇÃO DIFERENCIADA A definição tradicional de cosmético é de um produto que não penetra na pele e tem principalmente atividade sensorial. A pesquisadora Valéria Longo. ³Pelo tamanho reduzido das partículas. protegendo -a da perda de água. Consegu iram uma taxa de penetração muito boa na pele utilizando esse sistema com peptídeos. Outra área que começa a despontar como promissora em nanocosméticos é a capilar. para penetrar nos fios. não precisará destruir a estrutura externa das fibras capilares. Empresas como a L¶Oréal apostam que. Portanto. NOVAS NUANCES Os caminhos para utilização das nanopartículas apontam para várias direções. de Valinhos. vai recobrir com mais eficiência as fibras capilares´.(nanoestrutura semelhante a pequenas esferas de gordura) nem de nanopartícula sólida. é possível obter uma emulsão que. O produto no nível nano aproveitaria essa passagem natural que a fibra possui. diferentemente dos alisantes comuns. teve aprovado um projeto pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) para desenvolver. vinculada à Universidade Federal de São Carlos. elas ficam só na superfície da pele. diz Valéria. em parceria com a empresa Kosmoscience. Ele tem uma aplicação muito interessante para produtos tanto de ação dermatológica como cosmética. no futuro. Quando as moléculas dos princípios ativos dos cremes possuem tamanhos maiores. t êm efeito puramente cosmético. uma nanoemulsão para alisamento de cabelos. ³A vantagem é que a nanoemulsão. chamada de cu tícula. Só que atualmente está se dando muita ênfase aos .

É exatamente essa a atuação que se procura para os nanocosméticos. REFERÊNCIAS http://www.dermocosméticos.scribd.quimicaederivados.com. com ação diferenciada na aplicação.br/revista/qd459/nano_cosmeticos1.br/? art=3498&bd=1&pg=1 http://www.htm http://revistapesquisa.fapesp. sem o risco de alcançar a corrente sangüínea. Uma ação mais eficaz em rugas e preenchimentos pela penetração mais profunda das partículas na pele.com/doc/19027953/nanocosmeticos2007 .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->