P. 1
Proposta de Minas Gerais

Proposta de Minas Gerais

5.0

|Views: 17|Likes:
Publicado porclebinho10fla6895

More info:

Published by: clebinho10fla6895 on Jul 24, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/20/2013

pdf

text

original

PROPOSTA CURRICULAR PARA A EDUCAÇÃO FÍSICA EM MINAS GERAIS

CONTEÚDOS BÁSICOS COMUNS (conteúdos relevantes e necessários ao desenvolvimento de competências e habilidades consideradas imprescindíveis aos alunos em cada nível de ensino e que, portanto, devem ser ensinados em todas as escolas da rede estadual de ensino de Minas Gerais). CONTEÚDOS COMPLEMENTARES (conteúdos definidos pela escola para atender as necessidades e aos interesses dos alunos, observadas as condições da escola e as características locais e regionais da comunidade onde está inserida).

EIXO TEMÁTICO I ESPORTE

A Lei nº 9.615/98, batizada como Lei Pelé, regulariza o esporte em nosso país, caracterizando-o nas seguintes dimensões:

 ESPORTE EDUCACIONAL - praticado nos sistemas de ensino e em formas assistemáticas de
educação, evitando a seletividade, a hipercompetitividade, com a finalidade de alcançar o desenvolvimento integral do indivíduo e a sua formação para o exercício da cidadania e a prática do lazer.

 ESPORTE DE PARTICIPAÇÃO - praticado de modo voluntário, compreendendo as
modalidades desportivas praticadas com a finalidade de contribuir para a integração dos praticantes na plenitude da vida social, na promoção da saúde e na preservação do meio ambiente.

 ESPORTE DE RENDIMENTO - praticado segundo as normas gerais desta Lei e das regras de
práticas desportivas nacionais e internacionais com a finalidade de obter resultados e integrar pessoas e comunidades do país e estas com as de outras nações. TEMAS: Handebol; Basquete; Voleibol; Futsal; Atletismo (Corridas e Saltos); Peteca; Natação; Tênis; Esportes Radicais (lançamento e corridas: rústica, com barreiras); Vôlei de Dupla, Futvolei, Futebol de campo, Futebol de Areia, Tênis, Esporte Radicais: skate e escalada. O corpo no esporte. O esporte como fenômeno sócio-cultural TÓPICOS: História, características, elementos técnicos básicos, estratégias e táticas de jogo, riscos e benefícios da prática esportiva, regras, diferença entre esporte escolar e de alto-rendimento. implicações das diferenças corporais no esporte: gênero e aptidão física; cuidados específicos com o corpo nas práticas esportivas (hidratação, vestuário, alimentação, dentre outros); perspectiva da inclusão e exclusão social; possibilidade de superação de barreiras (medo, insegurança, falta de habilidade); forma de desenvolver atitudes e valores (solidariedade, respeito às diferenças, autonomia, confiança, liderança).

EIXO TEMÁTICO II JOGOS E BRINCADEIRAS

TEMAS: Jogos populares, jogos de raquete, jogos de salão, jogos derivados de esportes coletivos; Jogos eletrônicos, jogos de sorte. Capoeira. O jogo e as brincadeiras como fenômeno sócio-cultural. TÓPICOS: características dos jogos e brincadeiras; (re)criação de jogos, materiais e de regras coletivas; tipos, origem e história de diferentes jogos; a indústria do entretenimento e os jogos eletrônicos; as políticas públicas para os jogos de sorte (bingos e cassinos); a capoeira como jogo. Jogos e brincadeiras de diferentes culturas; jogos e brincadeiras tradicionais; diferença entre jogo e esporte; diferença entre o jogo com e contra (cooperação x competição). Origem e histórica de diferentes jogos e brincadeiras; importância dos jogos e brincadeiras para a vida sujeito; a perspectiva da inclusão nos jogos e brincadeiras.

sente e age. a curiosidade pelo inusitado. O conhecimento sobre o corpo e vivido no corpo possibilita compreender a nossa existência no mundo. no presente. estética. A escolarização como tempo de vivência de direitos 6. afetiva. psicológica. cultural. nas relações desses sujeitos consigo mesmos. Queremos que nosso alunos sejam capazes de ler. (4) possibilita aos participantes organizar a atividade e construir ou recriar coletivamente as regras – a vivência lúdica constitui espaço de inovação e criatividade. estimula a criatividade. pois motiva a formação de hábitos e de grupos com os mesmos interesses. por sua vez. Falar em qualidade de vida implica pensar. . escritos. orais. A ludicidade como essência da vivência corporal 5. A democracia como exercício da cidadania fundamento do 7. O fundamento ético da humanidade assenta no reconhecimento da identidade própria e do outro. A democracia fundamenta-se no reconhecimento dos direitos humanos e no exercício dos deveres da cidadania. Corpo concebido na sua totalidade 2. As práticas corporais como linguagem 4. a partir de escolhas conscientes e autônomas. espiritual. lingüística. na sensibilidade humana. como o meio físico. cultural. Significa compreender que o ser humano é um todo indivisível que pensa. ou seja. histórica. independentemente de suas habilidades e performances. classes sociais. O ensino da Educação Física não pode perder de vista a perspectiva de uma prática pedagógica inclusiva. O fundamento estético. materiais para que o aluno se perceba como sujeito de direitos e também de deveres. pela autonomia e pelo exercício da liberdade com responsabilidade. sobretudo. sobretudo. A ética e a estética como princípios norteadores da formação humana Compreender o corpo como totalidade significa conceber o sujeito a partir da indissociabilidade de suas dimensões biológica. A educação básica deve assegurar aos alunos a vivência de todas as dimensões da vida. após sua vivência. cultural e social. culturais. sócioeconômica e política. A estética valorizando a afetividade e o prazer. etnias. o espírito inventivo. dentre outras. virtuais dentre outros – com senso crítico. A qualidade de vida como requisito para a vivência corporal plena 3. argumentativo. É preciso que a escola garanta condições pedagógicas. interagimos e nos constituímos como identidades individuais e coletivas. como o outro. (5) é uma atividade que tem a tendência de se tornar permanente. interpretar e produzir diversos tipos de textos – gestuais. na dignidade humana. simultaneamente. Cinco são as características fundamentais da vivência lúdica: (1) é uma atividade voluntária o que implica a tomada de decisões dos participantes na organização da experiência. (2) é uma ação movida pelo desejo e satisfação de quem o participa.DIRETRIZES PARA O ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA 1. assumindo responsabilidades sobre elas. A ludicidade como essência da vivência corporal tem como características básicas o prazer e o exercício da liberdade. Isso implica levar em conta diferentes fatores que atuam nas condições de vidas das pessoas como os fatores condicionantes das dimensões biológica. (3) tem limites próprios de tempo e espaço dados pelos próprios participantes. de modo a compreender os limites e possibilidades de sua vivência social. cognitiva. realizar algo que promova o bem estar e a alegria. ambiental. pois é por meio dele que construímos significados comunicamos. não discriminatória entre homens e mulheres de todas as idades. lúdica.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->