Você está na página 1de 2

Cálculo do determinante de uma matriz através do escalonamento

Dizemos que uma matriz está na forma escalonada quando todos os elementos abaixo da
diagonal principal são iguais a zero.

1 1 2 3 
  2 1 1
0 6 5 4  
Ex.: A matriz A   está na forma escalonada, já a matriz B   0 1 1  não
0 0 2 1   0 1 2
 0 
  
 0 0 6
está, pois o elemento a32 está abaixo da diagonal principal e é diferente de zero.

Quando uma matriz está na forma escalonada para calcularmos o seu determinante basta
multiplicarmos os elementos da diagonal principal. Assim a matriz A acima tem como
determinante 1x6x2x6=72.

Para escalonarmos uma matriz usamos uma outra propriedade dos determinantes chamada de
Teorema de Jacobi, que diz o seguinte.
“Se multiplicarmos todos os elementos de uma linha pelo mesmo número e somarmos os
resultados aos elementos correspondentes de outra linha o determinante de matriz não muda.

 1 3 1
 
Sendo assim tomemos como exemplo a matriz A   1 2 5  . Nosso objetivo é escalonar
 4 2 3
 
esta matriz, ou seja, transformar os elementos abaixo da diagonal principal em zeros, sem
com isso alterarmos o valor do determinante. Para isso usaremos o Teorema de Jacobi visto
acima.

Sempre que formos escalonar uma matriz 3X3 seguiremos a seguinte estratégia.

1º Usar a primeira linha para zerar o elemento a31


2º Usar a primeira linha para zerar o elemento a21
3º Usar a segunda linha para zerar o elemento a32

 1 3 1
 
Ex.: A   1 2 5 
 4 2 3
 
1º Vamos somar à última coluna a primeira linha multiplicada pelo número -4. ( note que isto
faz zerar o elemento a31 )

 1 3 1  1 3 1
   
A 1 2 5 =1 2 5
 4  4 2  12 3  4   0 10 1
   
2º Vamos somar à segunda linha a primeira multiplicada por -1. (note que isto faz zerar o
elemento a21 ).

 1 3 1  1 3 1
   
 1  1 2  3 5  1  =  0 1 4 
 0 10 1   0 10 1

3º Vamos somar à última linha a segunda multiplica por -10. ( com isso zeramos o último
número que faltava.)

1 3 1  1 3 1 
   
0 1 4  =  0 1 4 
 0 10  10 1  40   0 0 41
   

Pronto.

Exercícios:

Escalone a matriz e depois encontre o determinante.

1 2 1 1 2 1 
   
a) A   1 1 4  R :  0 3 3 
4 2 1  0 0 9 
   