Você está na página 1de 2

88

MODIFICAÇÃO OU ALTERAÇÃO
NÃO AUTORIZADA DE SISTEMA DE
INFORMAÇÕES

____________________________

88.1 CONCEITO, OBJETIVIDADE JURÍDICA E SUJEITOS DO


CRIME

A mesma Lei nº 9.983/00 acrescentou, ao Código Penal, o art. 313-B, contendo o


tipo: “modificar ou alterar, o funcionário, sistema de informações ou programa de
informática sem autorização ou solicitação de autoridade competente”. A pena: detenção,
de três meses a dois anos, e multa.

O bem jurídico protegido é a segurança dos sistemas de informação e programas de


informática da Administração Pública.

Sujeito ativo é o funcionário público. O não-funcionário pode ser co-autor ou partícipe


do crime. Sujeito passivo é o Estado e, se houver, o particular que sofre lesão.

88.2 TIPICIDADE

O caput descreve a conduta típica e o parágrafo único contém causa de aumento de


pena.

88.2.1 Conduta e elementos do tipo

O tipo contém dois verbos: modificar e alterar, empregados alternativamente. Têm


significados muito próximos, podendo ser sinônimos um do outro. Querem dizer mudar,
transformar, adulterar.
2 – Direito Penal III – Ney Moura Teles

O objeto material é o sistema ou programa de informática. Não se trata das


informações contidas no sistema, mas do próprio sistema operacional ou de um dos
programas nele utilizados, que é modificado ou alterado pelo agente.

Para incorrer na incriminação, o agente deve agir sem autorização ou solicitação da


autoridade competente. Ou seja, não haverá delito quando a modificação ou alteração do
sistema operacional ou do programa tiver sido autorizada ou solicitada pelo funcionário
competente, aquele que tiver a atribuição de direção sobre o sistema de informática.

Deve o agente atuar com dolo, consciente de que está modificando ou alterando o
sistema ou o programa, não se exigindo qualquer outra finalidade especial. Se resultar dano,
incidirá o aumento de pena do parágrafo único, adiante comentado.

88.2.2 Consumação e tentativa

Há crime consumado quando o sistema ou o programa é modificado ou alterado. A


tentativa é possível.

88.2.3 Aumento de pena

Se da modificação ou alteração do sistema ou do programa decorrer um dano, de


qualquer natureza, para a Administração ou para qualquer pessoa, a pena será aumentada
de um terço até metade.

Se o agente ocupa um cargo em comissão ou exerce função de direção ou


assessoramento de órgão da administração direta, de sociedade de economia mista,
empresa pública ou fundação instituída pelo poder público, a pena será aumentada de um
terço (art. 327, § 2º). Não há esse aumento de pena quando o agente é dirigente ou exerce
função de assessoramento em empresa privada conveniada ou contratada para executar
atividade típica da administração pública.

88.3 AÇÃO PENAL

A ação penal é de iniciativa pública incondicionada, competente o juizado especial


criminal na modalidade típica simples, sem aumento de pena, permitida, em qualquer
caso, a suspensão condicional do processo penal.