Você está na página 1de 10

ATA DE ASSEMBLÉIA DE FUNDAÇÃO Às 09:00 horas e 30 minutos do dia 15 do mês outubro de 2012, na sede do Instituto conforme assinaturas constantes do livro

de atas, foi oficialmente aberta a Assembléia Geral do Instituto de Proteção à Infância e Adolescência - IPIA, com sede domicílio e foro na cidade de Goiânia-GO., com duração ilimitada. Os presentes elegeram para presidir os trabalhos Eliane Domingos Siqueira e para secretariar Joao Pereira da Silva, Agradecendo a sua indicação, o presidente dos trabalhos apresentou a pauta, passando a ordem do dia. Iniciaram-se os debates sobre a proposta de estatuto que, depois de analisada e modificada, tendo sido aprovada por unanimidade. O Estatuto aprovado é o seguinte: ESTATUTO DE ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO – OSCIP DO INSTITUTO DE PROTEÇÃO À INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA - IPIA, com sede na Av. Luiz Carlos Souza nº 1981, Setor Recanto da Garças, Goiânia-GO, com finalidade de proporcionar para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos de idade, iniciação esportiva, aulas de teatro e reforço escolar. O IPIA tem por finalidade proporcionar para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos de idade, iniciação esportiva, aulas de teatro e reforço escolar. , (Lei 14.870/03, art.4º) tendo como objetivo: contribuir para que crianças e adolescentes tenha um futuro mais digno e com mais oportunidades, livres do crime e das drogas.

Diretores ELIANE DOMINGOS SIQUEIRA, presidente e JONATHAN ENNES PEREIRA, vice-presidente , e demais. A Secretaria Executiva ficou assim constituída: Diretor Financeiro-Contábil JOAO PEREIRA DA SILVA. O Conselho Fiscal eleito na mesma ocasião e pelo mesmo período de mandato, ficou assim constituído: MARIA PEREIRA DA SILVA Diretor Administrativo e os suplentes FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, LUIS INACIO LULA DA SILVA

Art. sem fins lucrativos. com finalidade de proporcionar para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos de idade. . constituído em 01 de outubro de 2012. é uma pessoa jurídica de direito privado. Goiás e foro em Goiânia-GO.4º) tendo como objetivo: contribuir para que crianças e adolescentes tenha um futuro mais digno e com mais oportunidades. Setor Recanto da Garças. com sede na Av. 1º. O IPIA tem por finalidade proporcionar para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos de idade. conselheiros. Art. aulas de teatro e reforço escolar. iniciação esportiva. O Instituto de Proteção à Infância e Adolescência também designado pela sigla. Luiz Carlos Souza nº 1981. brutos ou líquidos. participações ou . não distribuindo entre os seus associados. iniciação esportiva. e duração por tempo indeterminado.870/03. IPIA. Parágrafo Único – O IPIA possui finalidade não lucrativa. dividendos.ESTATUTO DE ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO – OSCIP Capítulo I – DO INSTITUTO DE PROTEÇÃO À INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA IPIA. bonificações. Goiânia-GO. diretores. empregados ou doadores eventuais excedentes operacionais e financeiros. livres do crime e das drogas. (Lei 14. aulas de teatro e reforço escolar. Setor Recanto da Garças. com Av. 2º. Goiânia. art. Luiz Carlos Souza nº 1981.

JOAO PEREIRA DA SILVA Diretor Financeiro-Contábil MARIA PEREIRA DA SILVA Diretor Administrativo FERNANDO HENRIQUE CARDOSO suplente LUIS INACIO LULA DA SILVA suplente Art. São direitos de todos os associados quites com suas obrigações sociais: I – votar e ser votado para os cargos eletivos. Componentes: ELIANE DOMINGOS SIQUEIRA. II – tomar parte nas Assembléias Gerais. gênero ou religião. e os aplica integralmente na consecução do seu objetivo social e no desenvolvimento de suas próprias atividades. Capítulo II – DOS ASSOCIADOS Art. impessoalidade. a entidade se organizará em uma unidade de prestação de serviços. Art.870/03. 4º) Art. JONATHAN ENNES PEREIRA.870/03. O IPIA terá um Regimento Interno que. distribuídos nas seguintes categorias: I – Fundador. (Lei 14. presidente. 5º A fim de cumprir sua finalidade.9º. disciplinará o seu funcionamento. moralidade. cor. 7º. 4º. . estabelecida no seu endereço sede. (Lei 14. Art. O IPIA é constituído por número ilimitado de associados. razoabilidade e da eficiência e não fará qualquer discriminação de raça. Os associados não respondem. o IPIA observará os princípios da legalidade. 6º. III – indicar novos associados. economicidade. inciso I do art.3º). São deveres dos associados: I – cumprir as disposições estatutárias e regimentais. Art. 8º. II – Contribuintes. Art. publicidade.5º) Parágrafo Único – O IPIA se dedica às suas atividades por meio de execução direta de programas e atividades de suporte e assistência àqueles que delas necessitem. No desenvolvimento de suas atividades e na aplicação e gestão de recursos e bens públicos. regida pelos dispositivos desse estatuto. II – acatar as decisões da Diretoria. parágrafo único do art.870/03. auferidos mediante o exercício de suas atividades. III – Associados.parcelas do seu patrimônio. nem mesmo subsidiariamente. vice-presidente. aprovado pela Assembléia Geral. (Lei 14. parágrafo único do art. 3º. pelos encargos da Instituição.

870/03. II – Conselho de Administração. gerentes ou diretores. A Assembléia Geral se realizará. transigir. III – decidir sobre reformas do Estatuto. II . Compete à Assembléia Geral: I – eleger. 11. 10. Capítulo III – DA ADMINISTRAÇÃO Art. II – apreciar o relatório anual da Diretoria. Art. será decidida pela Assembléia Geral mediante proposta de qualquer associado efetivo ou da Diretoria. inclusive em razão de desligamento. quando houver. 5º) Art. Parágrafo único . pessoas físicas e jurídicas. São órgãos de administração do IPIA: I – Assembléia Geral. VIII – Deliberar sobre a admissão de novos associados. extraordinariamente. .16.eleger e destituir os membros da Diretoria. Parágrafo Único Fica limitada a remuneração dos administradores.discutir e homologar as contas e o balanço aprovado pelo Conselho de Administração. A Assembléia Geral se realizará.13. inciso VII do art.A admissão de novos associados. as quais comporão seu quadro associados da forma disposta no artigo 6º.Art. quando convocada: I – pela Diretoria. IV – decidir sobre a conveniência de alienar. no caso de públicos. submetida pela Diretoria. II – pelo Conselho de Administração.15. É vedada a distribuição aos associados de bens ou parcela do patrimônio líquido em qualquer hipótese. Art. de qualquer categoria. III – Diretoria.14. V – aprovar o Regimento Interno. se constituirá dos associados em pleno gozo de seus direitos estatutários. (Lei 14. aos valores praticados pelo mercado. após prévia avaliação e autorização do órgão permitente. uma vez por ano para: I – aprovar a proposta de programação anual da entidade. III . VI – aprovar os relatórios de prestação de contas de Diretoria e do Conselho de Administração. órgão soberano da Instituição. dar posse e destituir os membros do Conselho de Administração. hipotecar ou permutar bens patrimoniais. ordinariamente. VII – decidir sobre a extinção da entidade. Art. Serão admitidos como associados do IPIA. na região correspondente a sua área de atuação. Art. A Assembléia Geral. retirada ou falecimento de associado ou membro da entidade. 12.

doação e imposição de ônus de bens da entidade. (Lei 14. V – autorizar despesas e promover o pagamento de obrigações em conjunto com o Diretor Financeiro-Contábil. Parágrafo Segundo .A Diretoria se reunirá no mínimo uma vez por mês. Parágrafo Único – A Assembléia se instalará em primeira convocação com a maioria simples dos associados e.III – por requerimento de cinqüenta por cento mais um os associados quites com as obrigações sociais. II – responsabilizar-se pela execução dos projetos e atividades propostos.18. Art.). endosso de cheques e demais documentos usuais em operações desta natureza. estabelecendo resoluções que definam o “Programa de Trabalho” e o orçamento anual da (Associação. com qualquer número. VIII – indicar novos associados Art. 5º). individual ou coletiva. compra. A convocação da Assembléia Geral será feita por meio de edital afixado na sede da entidade. O IPIA adotará práticas de gestão administrativa necessárias e suficientes para coibir a obtenção. VI – assinar termos de parceria. VI – autorizar e efetivar a venda. III . IV . Art.19. etc.judicialmente.20.870/03. mediante referendo da Assembléia Geral. Art. sendo vedada mais de uma reeleição consecutiva.Presidente: I – representar o IPIA judicial e extra. .presidir a Assembléia Geral. em segunda convocação. IV . mediante emissão.reunir-se com instituições públicas e privadas para mútua colaboração em atividades de interesse comum. V . Compete à Diretoria: I – Planejar e submeter à Assembléia Geral e ao Conselho de Administração a proposta anual de atuação da entidade. assinatura. VII – realizar a movimentação bancária. de benefícios ou vantagens pessoais em decorrência de participação nas atividades da respectiva pessoa jurídica. II . Compete ao Diretor .contratar e demitir funcionários. contratos e demais instrumentos congêneres. A Diretoria terá a seguinte constituição: I – Diretor-Presidente II – Diretor Financeiro-Contábil III – Diretor Administrativo Parágrafo Primeiro – O mandato da Diretoria será de 2 (dois) anos.21. inciso III do art. III – elaborar e apresentar à Assembléia Geral o relatório anual. Organização. convênios. acordos.17.cumprir e fazer cumprir este Estatuto e o Regimento Interno.convocar e presidir as reuniões da Diretoria. Art.

os serviços de terceiros para tais fins.Administrativo: I – propor.23. auxílios e donativos. sob sua guarda e responsabilidade. Parágrafo Único – O Conselho de Administração se reunirá ordinariamente a cada 6 (seis) meses e. mantendo em dia a escrituração da entidade.apresentar ao Conselho de Administração a escrituração da entidade.acompanhar o trabalho de eventuais auditores externos independentes. na prestação de contas e atos correlatos da entidade. VI . III .emitir parecer sobre relatórios de desempenho financeiro e contábil e sobre as operações patrimoniais realizadas com a finalidade de subsidiar as atividades dos organismos superiores da entidade.25. Art. III – fiscalizar a gestão da Diretoria. organizar. (Lei 14. inciso II do art. contratando. 5º) § 2º Em caso de vacância. inciso IV do art. eleitos pela Assembléia Geral. III . gerenciar e contratar a estrutura funcional da entidade em conjunto com o Diretor-Presidente. VII – convocar extraordinariamente a Assembléia Geral. VI . IV . até o seu término. Compete ao Diretor Financeiro-Contábil: I – arrecadar e contabilizar contribuições de associados. o mandato será assumido pelo respectivo suplente.870/03. sempre que necessário. apoiando o estabelecimento de seus objetivos. (Lei 14. Compete ao Conselho de Administração: I – Direcionar a atuação da entidade.responsabilizar-se pelo desenvolvimento da parte operacional da execução de projetos e atividades da entidade. sempre que forem solicitados. II – apoiar a Assembléia Geral na indicação de membros para a composição da Diretoria da Entidade.apresentar relatórios de receitas e despesas. Compete ao Diretor . § 1º O mandato do Conselho de Administração será igual ou inferior a 3 (três) anos. incluindo os relatórios de desempenho financeiro e contábil e sobre as operações patrimoniais realizadas. II – fazer a movimentação financeira da entidade.manter todo o numerário em estabelecimento de crédito. Art. verificando o cumprimento de seus deveres legais e estatutários. .VII – deliberar sobre as demais questões de interesse da entidade. documentação comprobatória das operações econômico-financeiras realizadas pela entidade. extraordinariamente.examinar os livros de escrituração da entidade. sempre mediante assinatura do DiretorPresidente.24. Art. VIII – zelar pela observância dos princípios fundamentais de contabilidade e das Normas Brasileiras de Contabilidade. IV . os documentos relativos à área financeira da entidade. II .conservar. a qualquer tempo. rendas. Art. inclusive. O Conselho de Administração será constituído por 3 (três) membros e seus respectivos suplentes.22. política e a definição de sua linha de atuação. 5º) V – requisitar ao Diretor Financeiro-Contábil.870/03. V .

III – a realização de auditoria. serão contabilmente apurados e transferidos a outra pessoa jurídica qualificada nos termos da mesma Lei. 5º). portanto. colocando-as à disposição. veículos. no encerramento do exercício fiscal. Capítulo V – DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Art. quando se tornar impossível a continuação de suas atividades. conforme determinam o art. membros natos da Assembléia Geral de Sócios. se for o caso. para exame. adquirido com recursos públicos durante o período em que perdurou aquela qualificação.FGTS.26. o acervo patrimonial disponível. perder a qualificação instituída pela Lei 14. inciso VIII do art.31.INSS . (Lei 14. Art. na falta de pessoa jurídica com essas características. IV – a obrigatoriedade de prestação de contas de todos os recursos e bens de origem pública recebidos pela OSCIP. O IPIA será dissolvido por decisão da Assembléia Geral Extraordinária. (Lei 14. O patrimônio do IPIA será constituído de bens móveis. 73 e seguintes da Constituição do Estado.870/03. preferencialmente que tenha o mesmo objetivo social. Art. ou.870/03. 5º). ao Estado. de qualquer cidadão.870/03. Capítulo VI – DAS DISPOSIÇÔES GERAIS Art. por meio eficaz. Art. Art. em Assembléia Geral especialmente convocada para esse fim. II – a obrigatoriedade de dar publicidade. inciso V do art.30.28. inclusive por auditores externos independentes.29. todos os presentes a esta Assembléia são considerados sócios fundadores e.32.870/03. incluindo-se as certidões negativas de débitos junto ao Instituto Nacional do Seguro Social . 5º). Na hipótese do IPIA obter e. posteriormente. o respectivo patrimônio líquido será transferido a outra pessoa jurídica qualificada nos termos da Lei 14. Passou-se ao . ou. e entrará em vigor na data de seu registro em Cartório. imóveis. Os casos omissos serão solucionados pela Diretoria e referendados pela Assembléia Geral. conforme previsto em regulamento. bem como o excedente financeiro decorrente de suas atividades. a qualquer tempo. do relatório de atividades e das demonstrações financeiras da entidade. por decisão da maioria absoluta dos associados. preferencialmente que tenha o mesmo objetivo social. De acordo com o Estatuto Social. No caso de dissolução do IPIA.Capítulo IV – DO PATRIMÔNIO Art. da aplicação dos eventuais recursos objeto do termo de parceria. I – os princípios fundamentais de contabilidade e às normas brasileiras de contabilidade. O presente Estatuto poderá ser reformado.27.870/03. especialmente convocada para esse fim.e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço . A prestação de contas do IPIA observará. inciso VI do art. ao Estado. na falta de pessoa jurídica com essas características. minimamente: (Lei 14.

A Secretaria Executiva ficou assim constituída: Diretor Financeiro-Contábil JOAO PEREIRA DA SILVA. eleição do Conselho Diretor e do Conselho Fiscal. seguida das assinaturas do presidente dos trabalhos. e eu. O Conselho Fiscal eleito na mesma ocasião e pelo mesmo período de mandato. que foram imediatamente empossados em seus respectivos cargos. os Diretores ELIANE DOMINGOS SIQUEIRA. e demais. JOAO PEREIRA DA SILVA lavrei e assinei a presente ata. Conselheiros eleitos. presidente e JONATHAN ENNES PEREIRA. Após o tempo necessário para inscrição de chapas e candidatos. 28 de setembro de 2012. ficou assim constituído: MARIA PEREIRA DA SILVA Diretor Administrativo e os suplentes FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. Nada mais havendo para ser tratado o Presidente deu por encerrada a Assembleia.próximo ponto de pauta. JOAO PEREIRA DA SILVA Diretor Financeiro-Contábil MARIA PEREIRA DA SILVA Diretor Administrativo FERNANDO HENRIQUE CARDOSO Suplente LUIS INACIO LULA DA SILVA Suplente . Goiânia. Foram eleitos para o Conselho Diretor. Diretores eleitos e demais presentes. vice-presidente . Presidente JONATHAN ENNES PEREIRA Vice-presidente. Assinatura e nome do Secretário da Mesa. foi iniciada a votação como determina o Estatuto. LUIS INACIO LULA DA SILVA. do Presidente dos trabalhos. ELIANE DOMINGOS SIQUEIRA. com mandato de 16 de outubro de 2012 até 15 de outubro de 2014. demais presentes.

JOAO PEREIRA DA SILVA . Prezado Sr. livro de atas Do INSTITUTO DE PROTEÇÃO À INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA – IPIA Nestes termos. Goiânia. ELIANE DOMINGOS SIQUEIRA. Requero nos termos da Lei. 10 de outubro de 2012.SOLICITAÇÃO DE REGISTRO Ilmo Sr. Presidente JONATHAN ENNES PEREIRA Vice-presidente. Peço deferimento. que seja procedido o Registro dos estatutos.. Oficial do Cartório do Registro Civil de Pessoas Jurídicas.

Diretor Financeiro-Contábil MARIA PEREIRA DA SILVA Diretor Administrativo FERNANDO HENRIQUE CARDOSO Suplente LUIS INACIO LULA DA SILVA Suplente .