Você está na página 1de 34

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

DEFINIÇÕES

Geoprocessamento:

Tecnologia que abrange o conjunto de todas as ciências (geografia, topografia, cartografia, informática, sensoriamento remoto, fotogrametria, GPS, SIG, etc) com procedimentos:

• entrada,

• Manipulação,

• armazenamento e

• análise de dados espacialmente referenciados.

Esta tecnologia vem sendo muito utilizado nas gestões de um ou mais temas presentes na superfície terrestre. (meio ambiente, redes de distribuição, agricultura, monitoramento, planejamento urbano, etc.)

Objetivo: geração de informações (mapas, tabelas, relatórios, estatísticas, gráficos, etc) para auxiliar os administradores na tomada de decisão.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

CONCEITOS BÁSICOS O Geoprocessamento é composto por cinco elementos: • Dados Geográficos: gráficos e tabulares.

CONCEITOS BÁSICOS

O Geoprocessamento é composto por cinco elementos:

• Dados Geográficos: gráficos e tabulares.

• Programas: WWW, PGIG (Programa Gerenciador de Informações Geográficas), PGBD (Programa Gerenciador de Banco de Dados), PPI (Programa de Processamento de Imagens), SO (Sistema Operacional), PCAD (Programa de CAD)

• Equipamentos: Servidores, computadores, plotters, scanners, mesa digitalizadoras, coletores de dados, etc:

• Pessoas: Equipe treinada.

• Aplicativos: Adaptar, dados geográficos, programas computacionais, equipamentos, pessoas, etc.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

DADOS GEOGRÁFICOS

• Dados Geográficos: Conjunto de dados relacionados de forma individual ou coletiva as localizações geográficas. Tendo como função representar graficamente, fisicamente, quantitativamente e qualitativamente os elementos sobre a superfície terrestre.

• Dados Gráficos: Representar graficamente os elementos geográficos através de pixel, pontos, linhas, polígonos, etc.

• Dados Tabulares: Descrever os dados gráficos.

• Fonte de Dados Geográficos: Local de onde os dados podem ser extraídos. As fontes de dados podem ser primárias e secundárias. Levantamentos de campo (GPS, topografia), fotografias aéreas, imagens orbitais são considerados fontes primárias. Fontes secundárias são mapas (analógicos e digitais) e outros documentos (memoriais descritivos).

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

DADOS GEOGRÁFICOS

• Os dados gráficos são relacionados com os dados tabulares através de um identificador.

Feições 1 2 4 3
Feições
1
2
4
3

Atributos

IDENTIFICADOR

Tipo

Nome

Tipo de Pavimento

1

Rua

São Miguel

Asfalto

2

Rua

Das Fontes

Asfalto

3

Av

Tiradentes

Asfalto

4

Rua

Luiz Castanho

sem pavimento

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

RODOVIAS ALTIMETRIA HIDROGRAFIA VEGETAÇÃO USO DO SOLO
RODOVIAS
ALTIMETRIA
HIDROGRAFIA
VEGETAÇÃO
USO DO SOLO
RODOVIAS ALTIMETRIA HIDROGRAFIA VEGETAÇÃO USO DO SOLO DADOS GEOGRÁFICOS Feições 1 2 4 3 Atributos

DADOS GEOGRÁFICOS

Feições 1 2 4 3
Feições
1
2
4
3

Atributos

IDENTIFICADOR

Tipo

Nome

Tipo de Pavimento

1

Rua

São Miguel

Asfalto

2

Rua

Das Fontes

Asfalto

3

Av

Tiradentes

Asfalto

4

Rua

Luiz Castanho

sem pavimento

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

EQUIPAMENTOS

• Captura e entrada:

EQUIPAMENTOS • Captura e entrada: • Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José
EQUIPAMENTOS • Captura e entrada: • Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José
EQUIPAMENTOS • Captura e entrada: • Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José
EQUIPAMENTOS • Captura e entrada: • Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José

• Armazenamento e processamento

• Captura e entrada: • Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando
• Captura e entrada: • Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando

• Saída e intercâmbio:

• Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório
• Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório
• Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório
• Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório
• Armazenamento e processamento • Saída e intercâmbio: Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

RECURSOS HUMANOS

Equipe multidisciplinar, treinada.

 

Profissionais:

Geógrafos,

Geólogos,

Biólogos,

Arquitetos,

Engenheiros, Programadores, etc.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

APLICATIVOS

• Os aplicativos são conjuntos de programas que têm como objetivo principal facilitar e aumentar a produção.

• Alguns tipos de linguagem: AML (Arc Info), Avenue (ArcView), EML (Erdar Imgine), IDL (Envi), MDL, (Intergraph), AUTOLISP (AutoCad).

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

O QUE É ARCGIS?

É um SIG que consta de 3 componentes fundamentais.

1.ArcGIS Desktop: Nome coletivo dado para três produtos que são ArcView , ArcEditor e ArcInfo.

2.ArcSDE: Servidor de dados referenciados, disponibiliza interface para gerenciamento de BD relacionais.

3.ArcIMS: Software GIS ambientados para Internet, usado para distribuição de dados geográficos e de serviços via Internet.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

O QUE É ARCGIS?

É o nome coletivo dado para três produtos: ArcView, ArcEditor e ArcInfo que se apresentam e trabalham da mesma maneira. Eles diferem apenas na quantidade de funções disponíveis. Os três produtos compartilham três aplicações: ArcMap, ArcCatalog e ArcToolbox.

ArcView

ArcCatalog

ArcMap

ArcToolbox

ArcEditor

ArcView +

Edição de

coverages e

Multiuser

Geodatabases

ArcInfo

ArcEditor +

ArcToolbox

completo +

ArcInfo

Workstation

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

O QUE É ARCGIS?

ArcView 9: é a última geração de ArcView da ESRI. ArcView 9 proporciona as mesmas funcionalidades do ArcView 3, com algumas mudanças notáveis como a nova aplicação ArcCatalog.

ArcEditor: está principalmente projetado para criar e editar geodatabases e coverages. Abrange uma versão completa do ArcMap e ArcCatalog. Permite criar e modificar arquivos shapes, coverages, personal geodatabases e multiuser geodatabases.

ArcInfo: é o produto funcionalmente mais rico da família de produtos ArcGIS. Inclui toda a potência que tem no ArcView e no ArcEditor além de uma aplicação completa do ArcToolbox e uma versão de ArcInfo Workstation.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS

Shapefile (SHP, ponto)INTRODUÇÃO AO ARCGIS Shapefile (SHP, polilinha) Shapefile (SHP, polígono) Raster (GRID, BIL, ERS, TIF, BMP, JPG,

Shapefile (SHP, polilinha)INTRODUÇÃO AO ARCGIS Shapefile (SHP, ponto) Shapefile (SHP, polígono) Raster (GRID, BIL, ERS, TIF, BMP, JPG,

Shapefile (SHP, polígono)AO ARCGIS Shapefile (SHP, ponto) Shapefile (SHP, polilinha) Raster (GRID, BIL, ERS, TIF, BMP, JPG, Rede

Raster (GRID, BIL, ERS, TIF, BMP, JPG,ponto) Shapefile (SHP, polilinha) Shapefile (SHP, polígono) Rede triangular (TIN) ) Base de dados (Geodatabase, MDB,

Rede triangular (TIN)(SHP, polígono) Raster (GRID, BIL, ERS, TIF, BMP, JPG, ) Base de dados (Geodatabase, MDB, Conexão)

)

Base de dados (Geodatabase, MDB, Conexão)(GRID, BIL, ERS, TIF, BMP, JPG, Rede triangular (TIN) ) CAD (DWG, DXF, DGN) CAD (feições

CAD (DWG, DXF, DGN)(TIN) ) Base de dados (Geodatabase, MDB, Conexão) CAD (feições lineares) CAD (anotações) Layer de

CAD (feições lineares)de dados (Geodatabase, MDB, Conexão) CAD (DWG, DXF, DGN) CAD (anotações) Layer de shapefile (ponto) Layer

CAD (anotações)MDB, Conexão) CAD (DWG, DXF, DGN) CAD (feições lineares) Layer de shapefile (ponto) Layer de shapefile

Layer de shapefile (ponto)(DWG, DXF, DGN) CAD (feições lineares) CAD (anotações) Layer de shapefile (polilinha) Layer de shapefile

Layer de shapefile (polilinha)lineares) CAD (anotações) Layer de shapefile (ponto) Layer de shapefile (polígono) Layer raster L a y

Layer de shapefile (polígono)Layer de shapefile (ponto) Layer de shapefile (polilinha) Layer raster L a y e r T

Layer rasterde shapefile (polilinha) Layer de shapefile (polígono) L a y e r T i n T

L a y e r T i n Layer Tin

T a b e l a ( D B F ) Tabela (DBF)

CAD (feições puntuais)L a y e r T i n T a b e l a ( D

C A D ( á r e a s ) CAD (áreas)

Mapa (MXD) - Equivalente ao APR Não é layer valente ao APR Não é layer

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
ArcGIS ArcGIS
ArcGIS ArcGIS
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
Tables Tables
Tables Tables
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
CAD CAD
CAD CAD
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira
INTRODUÇÃO AO ARCGIS ArcGIS ArcGIS Tables Tables CAD CAD Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

INTRODUÇÃO AO ARCGIS

Adicionar e remover layers

Adicionar layers no ArcMap

Adicionar layers no ArcMap através do ArcCatalog

Remover layers de um mapa

Visualização

Tornar layers visíveis ou não no ArcMap

Ordem

Modificar a ordem na qual os layers são desenhados

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

VISUALIZAÇÃO DE ATRIBUTOS

VISUALIZAÇÃO DE ATRIBUTOS Atributos referem-se às propriedades de um objeto. São as informações qualitativas e
VISUALIZAÇÃO DE ATRIBUTOS Atributos referem-se às propriedades de um objeto. São as informações qualitativas e

Atributos referem-se às propriedades de um objeto. São as informações qualitativas e quantitativas, textuais e numéricas. Correspondem à componente não-espacial do objeto, acompanhando a forma e a posição do mesmo. No ArcGIS os atributos são armazenados na tabela de atributos sob a forma de campos da tabela.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

VISUALIZAÇÃO DE ATRIBUTOS

- Identify

- Measure

- Tabela de Atributos

- Map Tips

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

- Identify

- Measure

- Tabela de Atributos

- Map Tips

- Identify - Measure - Tabela de Atributos - Map Tips IDENTIFY Responde à pergunta O

IDENTIFY

Responde à pergunta O que é este objeto?

A ferramenta Identify encontra-se na caixa de ferramentas Tools e é utilizada para recuperar os atributos, ou propriedades de um objeto. Os atributos são recuperados de sua tabela e dispostos em uma janela própria, que mostra apenas as propriedades do objeto investigado.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

- Identify

- Measure

- Tabela de Atributos

- Map Tips

- Identify - Measure - Tabela de Atributos - Map Tips MEASURE A ferramenta na caixa

MEASURE

A

ferramenta

na caixa de ferramentas Tools e é utilizada para, como o próprio nome diz, medir interativamente as distâncias entre os pontos A e B, ou de um caminhamento composto por vários segmentos de linha.

Measure

encontra-se

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

TABELA DE ATRIBUTOS

- Identify

- Measure

- Tabela de Atributos

- Map Tips

As informações quantitativas e/ou qualitativas de um shapefile são armazenadas em uma tabela de mesmo nome e extensão *.DBF. Os registros desta tabela estão relacionados aos objetos do shapefile através do arquivo *.SHX, de modo que a cada objeto gráfico corresponda um registro na tabela.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

- Identify

- Measure

- Tabela de Atributos - Map Tips

MAP TIPS

Map Tips são pequenos rótulos que mostram valores de um determinado campo de um layer enquanto se desloca o mouse no map display.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

NAVEGAÇÃO

Entende-se por navegação o processo de investigação visual dos dados geográficos, como ampliar detalhes, afastar para ter uma visão geral (zoom), ou se deslocar lateralmente (pan).

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

NAVEGAÇÃO

Zoom

NAVEGAÇÃO Zoom O conceito de Zoom é auto-explicativo, sendo uma metáfora para o ato de "se

O conceito de Zoom é auto-explicativo, sendo uma metáfora para o ato de "se aproximar" e "se afastar" do mapa. Os botões aqui representados são, respectivamente, zoom in (aproximar), zoom out (afastar), fixed zoom in, fixed zoom out, full extent (em todos os layers), previous extent (zoom anterior) e next extent (zoom posterior).

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

NAVEGAÇÃO

Pan

NAVEGAÇÃO Pan Pan é "deslocamento lateral" dos dados, nome derivado da técnica cinematográfica panorâmica

Pan é "deslocamento lateral" dos dados, nome derivado da técnica cinematográfica panorâmica.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

Simbologia: Feições Quando se adiciona um shapefile a um mapa MXD, a simbologia dos objetos é assumida como sendo símbolo único, ou seja, todos os objetos são representados da mesma forma, sem distinção de categoria. Simbologia de Pontos Simbologia de Linhas Simbologia de Polígonos

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

Simbologia: Categorias Informações qualitativas (texto) podem ser representadas como Categorias. Neste tipo de simbologia, a cada valor alfanumérico corresponde um símbolo diferente (também conhecido como Unique Value).

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

Simbologia: Quantidades

Informações quantitativas (numéricas) podem ser representadas como Quantidades. Neste tipo de simbologia, classes de valores são agrupadas e representadas por cores graduadas (Graduated colors, onde a intensidade das cores são proporcionais aos valores das classes) ou símbolos graduados (Graduated symbols, onde o tamanho dos símbolos é proporcional aos valores das classes).

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

PRODUÇÃO DE MAPAS

Data View x Layout View

Uma funcionalidade fundamental dos SIG consiste na produção de mapas com alta qualidade gráfica. O ArcGIS apresenta estas ferramentas de forma amigável e intuitiva, conforme descrito a seguir.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

PRODUÇÃO DE MAPAS

Definição da área Em layout o usuário poderá definir, em relação às bordas do papel, a extensão da janela que irá conter os dados.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

PROPRIEDADES DO LAYOUT

As propriedades do layout consistem na sua escala, projeção, sistema de coordenadas, direção de iluminação e diversas outras. Serão descritas aqui algumas propriedades fundamentais, e como modificá-las.

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

ITENS DE MAPAS

Escalas gráfica e numérica

Legenda

Norte

Título

Texto

Grades de coordenadas

Exportar Layout

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

BOM TRABALHO

BOM TRABALHO Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS

Autor: Prof: José Armando Silva de Oliveira Laboratório de Geoprocessamento - UPIS