Você está na página 1de 7

Ata de Reunião do Grêmio de Arquitetura e

Urbanismo – UFPR
Curitiba, 04 de Abril de 2009

Membros do GAU presentes na reunião:


• Vinícios Mafioletti Daltoé (Diretor Geral)
• Pedro Sunyé Barbosa da Silva (Diretor Administrativo)
• Nadia Cibele Besciak (Diretora Acadêmica)
• Gustavo Domingues Gaspari (Secretário Geral)
• Renan Diniz Pergher (Diretor de Eventos)
• Lívia Harumi Kotaka Okumoto (Diretora Acadêmica)
• Mirelle Christine do Valle (Diretora Financeira)
• Elaine Geraldo Moreira de Souza (Diretora de Eventos)

Outros participantes:
• Lucas Fuson (Aluno do 1º ano)

Local de realização da reunião: Sede do GAU

Assuntos postos em Pauta:


1. Balanço da ChurrasGAUda e readequação de metodologias
2. P.E.G.A.’s
3. Produtos do GAU
4. Infraestrutura do curso, Plotter e livros do CAU
5. PET e EMAU
6. Charrete
7. Depósito do GAU
8. Informe sobre o EREA
9. Representantes das Turmas
10.Mural do GAU
11.Próximas Reuniões

1. Balanço da ChurrasGAUda e Readequação de Metodologias

1.1 Readequações de Metodologia


Primeiramente foram analisados os erros de organização e
participação ocorridos na gestão em geral e principalmente na
Churrasgauda, antes, durante e depois do evento. Após uma extensa
conversa e várias considerações de todos os presentes foram
definidas novas diretrizes a serem tomadas nos próximos eventos:
 Evitar falhas por sobrecarrega de tarefas;

1
 Contar com mais participação nas reuniões de
planejamento;
 Formar Comorg’s para cada evento;
 Delegar setores com responsáveis que distribuam
funções;
 Criar lista com nomes de pessoas que tenham ingressos
reservados com membros do GAU;
 Analisar individual dos erros e reflexão sobre a
metodologia.

1.2 Balanço Financeiro

Por fim, o balanço financeiro foi divulgado pela Diretora


Financeira Mirelle do Valle e os valores divulgados na reunião
acabaram sendo equivocados. A Churrasgauda arrecadou com venda
de ingressos R$ 2470,00 (dois mil quatrocentos e setenta reais) e
custou R$1715,95 (mil setecentos e quinze reais e noventa e cinco
centavos), gerando então um lucro de R$754,05 (setecentos e
cinqüenta e quatro reais e cinco centavos).

2. P.E.G.A.’s

A realização dos PEGA’s foi debatida no grupo. No geral o


evento está sendo satisfatório a todos, e o fato de relativamente
poucas pessoas participarem foi considerado conveniente. Porém a
questão do registro das atividades ainda deixa a desejar. Os membros
votaram e aceitaram as seguintes sugestões:

2.1 Palestras:

Devem ser realizadas com pouca freqüência, no máximo uma


vez por mês. O palestrante tem que ser avisado previamente que sua
palestra tem que ser estruturada para propiciar uma mesa redonda
sobre o tema durante a própria realização da palestra.

2.2 Divulgação:

Não há necessidade de uma divulgação ostensiva sobre o PEGA,


que contará com o mural e dependendo da ocasião, cartazes. Assim,
a divulgação “boca a boca” deverá ser a mais utilizada como
acontece naturalmente. Para isso pelo menos os membros do GAU
têm que estar informados sobre o tema até terça-feira, para divulgá-
los aos alunos no máximo às quartas-feiras pela manhã. Se não
ocorrer a definição do tema até esta data, ele será considerado
surpresa.

2
3. Produtos do GAU

Diante da necessidade de novas produções devido aos


diversos pedidos de alunos, houve uma discussão pra se chegar a um
consenso do que deve ser produzido, fato que levará a um gasto
financeiro relativamente alto e com retorno de longo prazo.

3.1 Camisetas:

Serão produzidas a princípio 60 (sessenta) camisetas, de dois


modelos diferentes, pois a cada 30 camisetas o custo é mais baixo
por camiseta. O encaminhamento passado à Diretora Acadêmica Lívia
Harumi determina a definição de cores e a busca de um local para a
produção do material.

3.2 Canecas:

As canecas terão sua arte definida pelos membros Vinicios


Daltoé, Humberto Carta e Gustavo Gaspari após a realização do EREA,
para que então seja dado início ao processo de confecção.

3.3 Moletons:

O Diretor de Eventos Renan Pergher ficou responsável por


acompanhar e verificar a possibilidade do GAU participar da produção
independente de moletons que está em sendo feita pelo 1º ano do
turno da manhã.

3.4 Camisetas de Futebol:

As camisetas de futebol a serem feitas para o curso em geral


seriam de confecção simples e fácil acesso para os alunos. O desenho
e a arte ficaram a cargo do Secretário Geral Gustavo Gaspari, sem
prazo definido.

3.5 Camisetas para a Olimpigauda:

A confecção de camisetas para a Olimpigauda será tema de um


PEGA, em que o ocorrerá uma oficina de serigrafia em camisetas, com
data a ser definida.

4. Infra-estrutura do curso, Plotter e livros do CAU

4.1 Laboratório de Imagem

3
A possibilidade da criação de um laboratório de imagem pelo
DAU, com a aquisição de computadores, máquinas fotográficas e
demais aparelhos foi discutida. O Departamento pediu auxílio ao GAU,
que delegará à Diretoria Acadêmica a função de acompanhar e
prestar auxílio neste assunto.

4.2 Plotter

O Departamento também divulgou a possibilidade de adquirir


uma máquina de plotagem com recursos do FDA ou Reuni. Os alunos
têm que apresentar uma proposta para a direção do curso na qual
esteja incluso o plano para os responsáveis por cuidar e controlar o
uso do Plotter. O encaminhamento referente à elaboração da proposta
foi conferido à Diretora Acadêmica Nadia Besciak. O ideal seria
instalá-la no Laboratório de Projeto (a ser implantado, outro processo
a ser acompanhado pela Diretoria Acadêmica), mas inicialmente iria
para o LCG.

4.3 Impermeabilização do Porão

O Porão da Arquitetura, ambiente característico para o curso


pode ser impermeabilizado com os novos recursos disponíveis para o
curso. O fato é que a mística do lugar se deve às constantes
inundações e necessidade de limpeza. Assim sendo, deverá ser feita
uma assembléia com os alunos para se decidir se o procedimento
deve ou não ser realizado.

4.4 Livros do CAU

Também ficou a cargo dos alunos o levantamento dos livros que


estão em falta na biblioteca, mas que são necessários para a
realização de alguns trabalhos, principalmente nas matérias de
Projeto. O membro Renan Pergher ficou responsável por tornar a lista
definitiva de conhecimento do Departamento, de forma que facilite a
rapidez na compra dos livros necessários.

5. PET e EMAU

5.1 PET

Os membros Renan Pergher, Vinicios Daltoé e Gustavo Gaspari


ficaram responsáveis por buscar fontes de referencia em locais
externos, como outros CA’s e também por elaborar e acompanhar a
proposta a ser divulgada para o departamento em breve.

4
5.2 EMAU

A criação de Escritório Modelo estaria ligada, segundo o


departamento, à criação do PET e também à nova resolução que
estabelece que os arquitetos devem fazer projetos populares, o
causou um recusa por parte de muitos profissionais. Os mesmos
encaminhados para o PET estão responsáveis por realizar uma
pesquisa sobre o assunto e acompanhar possíveis novidades.

6. Charrete

A Charrete a ser realizada em meados de 2009 despertou


interesse em alguns professores do CAU, que provavelmente ajudarão
na realização do evento. O Diretor Geral Vinicios Daltoé ficou
responsável por trazer novas informações e arranjar meios de
produzir o evento inclusive com pessoas de fora do curso.
6.1 Sugestões

 A Charrete não deve contar com presença obrigatória


nem valer nota, estimulando assim apenas os realmente
interessados em participar.
 Convidar alunos de outras instituições sem diferenciação
de valor cobrado para inscrição.
 Não permitir que algum participante saiba sobre o tema
ou qualquer detalhe surpresa antes do evento, mesmo
que seja um organizador.

7. Depósito do GAU

Com o objetivo de melhorar a sede do GAU na sua


organização foram estabelecidas algumas necessidades de materiais
e logística.

 Levar as roupas usadas estocadas no GAU para doação, a


fim de lhes dar um destino e liberar espaço na parte
reservada da sede. (Encaminhamento para Mirelle do
Valle)
 Colocar os novos sofás na parte social do GAU, levando os
pufes que lá estão para o atelier 3 e os bancos, hoje no
atelier, para a pracinha.
 Consertar ou dar se livrar de alguns aparelhos em mau
estado do GAU: Forno elétrico, rádio e colchão.
 Conserto do bar da porta que separa as áreas social e
reservada. (Encaminhamento para Renan Pergher)

5
 Trocas de todas as fechaduras do GAU (algum membro há
de comprar os materiais e o aluno Samaroni se
disponibilizou por trocá-las).

8. Informe sobre o EREA

O Diretor acadêmico Renan Pergher ficou responsável por


fazer uma compilação das atividades do GAU e levá-las para o
documento CADA a ser realizado no EREA Sul 2009. Os demais
membros do GAU que estiverem presentes poderão aproveitar e se
informar sobre a proposta da FENEA de doações anuais dos Centros
Acadêmicos, assunto a ser deliberado em reunião próxima.
O ônibus para o evento, que acontecera entre os dias 08 e
12 de abril de 2009 em Pelotas-RS sairá às 21 horas do dia 07 da
Reitoria da UFPR, custando R$ 55,00 (cinqüenta e cinco reais) para
cada excursionista. Há a possibilidade de lucros para o Grêmio.

9. Representantes das turmas

Com o objetivo de aproximar a realidade e as necessidades


das turmas aos interesses e ações do Grêmio, as Diretoras
Acadêmicas Nadia Besciak e Lívia Harumi estão responsáveis por criar
um grupo de e-mails com os representantes das turmas, com a
participação do Secretario Geral Gustavo Gaspari como ouvidor.

10. Mural

Para facilitar a comunicação e divulgação de ações do GAU


aos alunos, será confeccionado um novo mural a ser instalado no
mesmo lugar onde se encontrava o antigo. Tanto a criação do design
da peça como a confecção estão a cargo dos membros Gustavo
Gaspari e Elaine de Souza.

11.Próximas Reuniões

6
As próximas reuniões a serem realizadas tratarão dos
seguintes assuntos:

 Discussão sobre os PEGA’s : 14/04 (terça-feira)


 Reunião para a SAAU e a Olimpigauda: Sem data
(definir no grupo de e-mails

Sem mais a acrescentar, encerro a Ata de reunião do


Grêmio de Arquitetura e Urbanismo da UFPR de 04/04/2009.

Gustavo Domingues Gaspari, Secretário


do GAU.