Você está na página 1de 2

eublicado no D, O.

E,
Em,--.1l1 o SI 0:2

TRIBUNAL DE CONTAS DO EST


Processo TC n o 05933/02 e Doc. TC 06337/04
Município de Sobrado. Poder Legislativo. Prestação de Contas
Anuais - Exercício de 2003 - Descumprimento a item do
Parecer PN TC 52/2004 - Acórdão APL TC 262/2005.
Recurso de Revisão. Lei Complementar n" 18193 (Lei
Orgânica do TCEIPB), Art. 35 ele inc. 11 do Art. 30 - Não
Conhecimento em face da ausência dos pressupostos da
admissibilidade.

ACÓRDÃO APL TC :; ).2A2009

RELATÓRIO

Este Tribunal, na Sessão realizada em 20104/2005, decidiu através do Acórdão APL TC


262120051, à unanimidade, dentre outras deliberações, julgar irregulares as contas da Mesa da Câmara
Municipal de Sobrado, relativas ao exercício de 2003, de responsabilidade do Sr. José Marcos da Silva, em
face da percepção em excesso de remuneração pelos edis e, bem assim, de pagamento de tarifas bancárias
provenientes da emissão de cheques sem provisão de fundos.

Não satisfeito com o deslinde do processo, o interessado ingressou nesta Corte, com o
presente Recurso de Revisão, o qual foi submetido à análise da unidade de instrução, tendo esta ratificado
o seu entendimento já esposado em sede de defesa, por entender que o interessado não trouxe elementos
capazes de alterar o posicionamento do Tribunal.

O órgão Ministerial se pronunciou em síntese, pelo não conhecimento do recurso, posto que
não atendidos os requisitos formais contidos no art. 35, I, 11e III da LOTCE-PB.

É o Relatório, informando que foram expedidas as notificações de estilo.

VOTO DO CONSELHEIRO RELATOR

O Relator na esteira do pronunciamento do órgão Ministerial entende que o recurso interposto


não atende aos pressupostos legais' para sua interposição, razão pela qual vota no sentido de que esta
Corte de Contas não tome conhecimento do recurso de revisão intentado contra o Acórdão APL TC
262/2005 mantida, na íntegra, os termos da decisão combatida.

DECISÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS

VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS os presentes autos do Processo TC 05933/02 e Doc.


TC 06337/04 referentes ao Recurso de Revisão interposto contra decisão deste Egrégio Tribunal
consubstanciada no Acórdão APL TC 262/2005, e

eY
I Data da publicação: 04.05.2005
2 Lei Complementar 18/93 (Lei Orgânica do TCEIPB): Art. 35. De decisão definitiva caberá recurso de revisão ao Plenário, sem efeito suspensivo,
interposto por escrito, uma só vez, pelo responsável, seus sucessores, ou pelo Ministério Público junto ao Tribunal, dentro do prazo de cinco anos,
contados na forma prevista no inciso II do art. 30 desta lei, e fundar-se-á:
I - em erro de cálculo nas contas;
II - em falsidade ou insuficiência de documentos em que se tenha fundamentado a decisão recorrida;
III - na superveniência de documentos novos com eficácia sobre a prova produzida.
Parágrafo Único - A decisão que der provimento a recurso de revisão ensejará a correção de todo e qualquer erro ou engano apurado.

C,\Mw. """""""''''''=ri.IPLENOIACORDAOIRECURSO"","",\SOB-2005-CM-05933-02.doc ~
TRIBUNAL
Processo TC n° 5933/02 e Doc. TC 06337/04
I
DE CONTAS DO ESTADO

CONSIDERANDO o Relatório da Auditoria, o Parecer Ministerial, o Voto do Relator e o


mais que dos autos consta;

ACORDAM OS MEMBROS DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAÍBA, à


unanimidade, em sessão plenária realizada nesta data, em não conhecer do Recurso de Revisão
interposto, mantendo-se integralmente a decisão consubstanciada no Acórdão APL Te 262/2005.

Publique-se, registre-se e cumpra-se.

de abril de 2009.

ator
"""'.
\....... \ -c ,
I"
: I
~.

na" erescJNó1irega- !'0/~


Procuradora-Geral '- .

C:\Meus documentos\Assessoria\PLENO\ACORDAO\RECURSO\revisãoISOB-2005-CM-05933-02.doc