Você está na página 1de 143

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

1

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

2

AFTER DARK – NANCY A. COLLINS 2 Esta obra foi digitalizada/traduzida pela Comunidade Traduções e Digitalizações

Esta obra foi digitalizada/traduzida pela Comunidade Traduções e Digitalizações para proporcionar, de maneira totalmente gratuita, o benefício da leitura àqueles que não podem pagar, ou ler em outras línguas. Dessa forma, a venda deste ebook ou até mesmo a sua troca é totalmente condenável em qualquer circunstância.

Você pode ter em seus arquivos pessoais, mas pedimos, por favor, que não hospede o livro em nenhum outro lugar. Caso queira ter o livro sendo disponibilizado em arquivo público, pedimos que entre em contato com a Equipe Responsável da Comunidade tradu.digital@gmail.com

Após sua leitura considere seriamente a possibilidade de adquirir o original, pois assim você estará incentivando o autor e a publicação de novas obras.

Traduções e Digitalizações

Orkut

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

3

Sinopse

Que bom é um designer de roupas, se alguém coloca uma aposta por ele? É o evento mais importante da temporada de Nova York para a sociedade dos vampiros. O Rauhnacht Grand Ball tem tudo que precisa para uma noite de escândalos e intrigas: vestidos de gala, namorados roubados, amores Em seguida, uma equipe de caçadores de vampiros aparece e estraga tudo! O ataque de surpresa por Van Helsings é o pior desde sempre. No rescaldo, as meias-irmãs Lilith e Cally lutam para recuperar seu pé na exclusiva Academia Bathory - e no mundo da alta moda, onde ambas têm potencial de estrela. Quando o novo turno pretendentes aparece, é quase o suficiente para fazer as meias-irmãs esquecerem sua intensa rivalidade. Quase. Mas o sangue partilhado entre os vampiros não é fácil, e antes de Lilith le Cally encontrar-se cara-a-cara novamente.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

4

Capítulo 1

Cally havia estado em festas no Rauhnacht antes, mas nenhuma tão elaborada como esta. A diferença entre os New Blood e os Old Blood, com a chegada da estação escura, era a mesma diferença entre uma festa infantil de Halloween e o Carnaval de Veneza. Agora que a valsa de abertura da velada havia finalizado, as debutantes e seus acompanhantes estavam recebendo as felicitações dos amigos e sócios de seus pais. Em todas as partes se viam mulheres bonitas com brilhantes trajes de noite de estilistas e homens envoltos em seus elegantes trajes.

O ar estava cheio de risos, música ao vivo e estalos de finos cristais, quando os convidados brindavam entre si. No centro do salão de baile havia uma enorme fonte de ouro em relevo que oferecia um fornecimento interminável de sangue O Positivo. Quando os convidados do Conde Orlock se agrupavam, conversando e rindo entre si, sendo livres para encher suas taças de qualquer de seus luxuosos grifos. Um pequeno exército de serventes de Orlock com a equipe de clássicos lacaios também levavam bandejas carregadas de taças para os convidados que desejavam tipos menos comuns de sangue.

O salão estava aberto para todos aqueles que quisessem dançar toda a noite. Dezenas de pares se amontoavam nele, movendo-se numa sincronia perfeita.

Como filha única de uma mãe solteira, Cally havia crescido longe da elegância e do glamour da jet-set dos Old Blood. Logo, depois dos dezesseis anos de anonimato, seu pai biológico de repente havia tomado interesse por

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

5

ela. O passo imediato que foi sair de uma escola de renda baixa para a exclusiva Academia Bathory havia sido desconcertante. Cally não tinha nenhum problema para se adaptar a uma nova vida de privilégios e segurança financeira que estava quase segura de poder entender. Estava mais preocupada pelo fato de que acabava de ser apresentada diante da sociedade de todos os Old Blood (ao menos aqueles que importavam) sob falsos pretextos.

Ainda que o Barão Karl Metzger a havia reivindicado como filha, o pai biológico de Cally realmente era Victor Todd, um dos vampiros mais ricos do mundo e o Senhor e Mestre do Barão de Metzger. No entanto, como Victor conhecia a sua esposa Irina, e sua filha Lilith, sabia que qualquer aspirante ao direito de sangue dos Todd não seria bem recebido, por isso, se queria que Cally seguisse viva e segura era necessário que a fizesse passar por filha de outro homem. O fato de que Lilith soubesse a verdade e a estivesse usando para chantagear Victor não ajudava precisamente para que as coisas fossem mais fáceis. E como se isso não fosse o bastante arriscado, havia também o problema da mãe de Cally ser humana.

Minha querida, há alguém aqui que quero que conheças.

Cally olhou para o Barão Metzger. Quem é?

Disse, apontando na direção

de uma mulher com um vestido de crepe de seda azul meia-noite com luvas a

jogo.

Só uma amiga minha. Ah! Aqui está!

Karl! Pelos Fundadores, que bom te ver! Disse a mulher enquanto

estreitava as mãos de Metzger, beijando o ar de ambos os lados de sua bochecha. Seu impecável cabelo negro estava cortado ao estilo Cleópatra.

Você está fabulosa como sempre, querida! O Barão Metzger sorriu.

Eu gostaria que conhecesse a minha filha. Cally, esta é minha velha amiga.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

6

Uh-uh-uh! Disse a mulher movendo um dedo em admoestação.

Sabe que não está permitido dizer a palavra que começa com V ao meu

redor!

Desculpe, liebchen*, me esqueci! Metzger, riu. Faz muito tempo, minha muito querida amiga Sister Midnight.

*Expressão alemã, que no português equivale às formas de tratamento: amor, amorzinho, docinho-de-côco

Não é Sister Midnight? Cally soltou uma exclamação de surpresa.

Sister Midnight era a dona das boutiques mais exclusivas para vampiros de Nova York, com filiais com o mesmo êxito em Beverly Hills, Londres, Paris, Moscou e Tókio. Se Victor Todd era o equivalente no mundo dos vampiros a Bill Gates, Sister Midnight era a Martha Stewart.

Temo que sim

, respondeu ela.

É

bom saber

que minha

reputação me precede, inclusive entre a geração mais jovem.

É uma honra conhecê-la, senhora!

É uma coisinha pequena e encantadora, Karl! Sister Midnight disse

visivelmente satisfeita. Onde ele estava te escondendo todo esse tempo? Não tinha idéia de que tinha uma filha até que te vi descendo as escadas.

A mãe da Cally foi uma das minhas concubinas , respondeu Metzger

com total naturalidade. Agora que minha querida esposa Adela, não está mais entre nós, sou livre para reclamar formalmente Cally como parte de minha família.

Sister Midnight assentiu compreendendo, ao parecer aceitando sua explicação sem nem sequer pestanejar. Posse dizer que ela herdou seu sentido de moda! Estou totalmente encantada com o teu vestido, minha querida! Onde o conseguiu? Quem é o estilista?

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

7

Bom eu, isto

, apesar de que se sentia alagada pelos elogios,

Cally resistia a admitir que o que usava era de fabricação caseira.

Vamos, agora não é o momento de ser modesta! O Barão Metzger disse com orgulho.

Ela desenhou o vestido sozinha!

A mandíbula de Sister Midnight caiu de surpresa. pai está me dizendo é verdade?

Cally, isto que teu

Sim , respondeu ela, ruborizando. Eu mesma o fiz.

Tem algum outro original ?

Cally

se deteve antes que pudesse dizer algo mais. No momento em que o Grande Baile terminasse, dirigir-se-ia ao aeroporto internacional JFK, onde seu pai tinha um jato privado cheio de combustível e pronto para levá-la a Europa. Ninguém ia saber que ia embora, sobretudo Lilith, por isso tinha que ser muito cuidadosa sobre o que dizer no transcurso da noite.

Sim, mas a maioria deles está embalada para viagem agora

Ainda que não quisesse partir de Nova York, havia concordado partir mais por estar preocupada pela segurança de sua mãe do que pelo desejo de agradar o seu pai. Mas teve a sensação de que o repentino interesse de Victor em seu bem estar tinha mais haver a ela ter herdado uma rara condição genética sobrenatural conhecida com a Mão Sombria do que com afeto.

Sister Midnight meteu a mão na sua bolsa de mão, tirou um cartão de visita, e entregou para Cally. Passa pela boutique um dia desses. Leva algumas amostras de teu trabalho. Se eu gostar do que vejo, talvez possamos fazer acordo para algo mais adiante?

Cally piscou com incredulidade. Fala sério?

Nunca sou seria , disse Sister Midnight com um rouco riso. Mas

realmente digo o que quero dizer! Ela se virou e saudou alguém na

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

8

habitação. Adoraria conversar, querida, mas acabo de ver alguém com quem simplesmente tenho que falar!

Cally contemplou com uma profunda admiração o cartão de visita.

Não posso acreditar no acaba de acontecer , disse ao Barão. Sempre

sonhei em ter uma oportunidade como essa, mas nunca pensei que fosse acontecer. É uma pena que não possa aproveitar a situação .

Não deixe que as coisas a desanimem, querida. A partir de agora,

terás um montão de oportunidades , o Barão disse em um tom tranqüilizador. Agora que é uma de nós, as portas que algumas vez estiveram fechadas, agora estão abertas. Tudo o que tens que fazer é passar por elas.

Quando Cally estava refletindo sobre as palavras de Metzger, Melinda Mauvais surgiu da multidão de convidados da festa com um caro vestido.

Aí está! Melinda disse, lançando um suspiro de alívio. Tenho te procurado em todas as partes!

Quem é esta encantadora jovem?

Metzger perguntou, observando

o fabuloso vestido Valentino da outra garota.

Barão

quero dizer papai , disse Cally se corrigindo rapidamente.

Eu gostaria de apresentar a minha grande amiga Melinda.

Muito prazer em conhecê-lo, senhor , disse Melinda, oferecendo sua

mão.

O Barão Metzger golpeou seus calcanhares os juntando, enquanto se inclinava pela cintura para fazer uma reverência. O prazer é todo meu.

Eu gostaria de lhe pedir emprestada a sua filha durante uns minutos,

Barão , Melinda disse tomando Cally pelo braço. Os meus pais gostariam de conhecê-la.

Anton Mauvais era um homem com a cara um pouco inchada, inquieto, que parecia ter uns trinta anos. Ao seu lado estava sua esposa Layla, uma

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

9

esbelta e incrivelmente bela mulher com a pele cor de mogno. Estava vestida com um traje de noite costas nuas lamé dourado e levava o cabelo solto pelo seu rosto destacando notavelmente seus olhos de gata.

Mãe? Pai? Eu gostaria que vocês conheçam minha amiga Cally Monture.

Você é a mestiça de sangue, não é? Anton Mauvais perguntou com sua voz contundente como um martelo.

Papai! Melinda gemeu envergonhada.

Não há necessidade de ser grosseiro, Anton! de reprovação.

Layla disse em tom

Não estou sendo grosseiro, só verdadeiro!

Mauvais exclamou se

defendendo. A mãe desta garota é uma New Blood ou não?

Layla suspirou.

Pelo menos uma vez eu gostaria de ir para algum

lugar em que tirasse o assunto das classes sociais na conversação!

Insegura ao não saber como reagir, Cally se surpreendeu ao encontrar ao seu pai substituto de repente ao seu lado.

Boa noite Anton.

Disse o Barão Metzger categoricamente.

Felicitações pelo debute de sua encantadora filha.

Obrigado, Karl. Felicidades a você também. Estava fazendo a sua

filha aqui presente um par de perguntas sobre

Sim, já sei o que você estava fazendo , disse Metzger, cortando Mauvais no meio de uma frase. Ela foi devidamente apresentada à sociedade dos Old Blood como minha filha. Se tem alguma dúvida, pergunte-a a mim.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

10

Para alguém que com tanto orgulho desfila com sua bastarda para

que todos vejam, parece se ofender ao termo New Blood , Mauvais disse

com um sorriso.

Reserve-se para os teus companheiros puristas

, respondeu

Metzger frio. Eles têm tempo para essas bobagens, eu não.

A cara de Mauvais se contorceu, e pelo espaço de uma batida de

coração, se converteu em um lobo grunhindo de pescoço pra cima, mostrando

as presas e com os olhos brilhando pela raiva.

Anton!

A voz de Layla devolveu seu controle. A cabeça de lobo de Mauvais

desapareceu tão rápido como se havia materializado. Ele franziu o cenho para sua mulher, mas rapidamente desviou o olhar ao ver sua ira.

Eu vou refrescar minha bebida , disse tristemente.

Layla Mauvais pôs a mão sobre o braço de Metzger. Estou tão terrivelmente envergonhada com tudo isso, Barão. Desde que Anton se uniu ao séquito do Conde Laval como assessor, tem estado insuportável! Pureza isso, pureza aquilo! Tomou uma respiração profunda, forçando um sorriso em seu rosto. Mas chega de falar do meu marido! Assim, Cally, você é a que salvou a vida de minha filha? Estou em débito com você . Layla abraçou Cally inesperadamente. Tem uma filha muito valente, Barão!

É isso certo? Metzger disse, levantando uma sobrancelha.

Acaso não te disse? Ela salvou a minha Melinda dos Van Helsing.

A surpresa de Metzger deu passo para o alarme. Ela fez o quê?

Estávamos numa festa , explicou Melinda. Houve uma

emboscada. Nos haveriam estacado se não fosse pela Cally. Ela matou a três

deles utilizando sua capacidade de atrair a tormentas.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

11

Metzger se voltou para Cally. Mataste a três Van Helsing? Sozinha?

Algo assim , respondeu Cally incomoda.

A verdade era que não havia matado a três Van Helsing no morro essa

noite. Nem sequer havia matado a dois. Melinda havia matado a um dos caçadores de vampiros, enquanto ela utilizava a capacidade para controlar os

raios e incapa o segundo. E quanto ao terceiro sobre ele, melhor.

bom, quanto menos se diga

Valente e modesta , disse Layla Mauvais com admiração.

Minha

Melinda é muito afortunada de ter uma amiga como você, querida! Assim como

você é afortunada de ter um pai tão bom.

Sim, acredito que sou. Cally sorriu e olhou através da habitação

para Victor Todd, que estava sendo felicitado pelo debute de sua filha. Enquanto olhava, Victor pôs os braços sobre os ombros de Lilith. O sorriso se

deslizou do rosto de Cally e rapidamente desviou o olhar.

Boa noite, senhor e senhora Todd.

Boa noite, Jules. Irina sorriu. Está muito bonito esta noite.

E a senhora se vê tão esplendida como sempre , respondeu, beijando a mão de Irina. Meu pai quer feli a Lilith.

Claro, meu querido garoto! Victor disse, sorrindo com indulgência.

Leve-a para ele!

Lilith se inclinou e sussurrou ao ouvido do seu pai: Por que não pode o Conde Laval vir aqui e me feli ele mesmo? Por que eu tenho que ir?

Porque ele pode muito bem ser o próximo Lorde Chamberlain, é por isso , Victor disse num sussurro.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

12

só para deixar seus

sentimentos claros. No momento em que estavam fora do alcance de seu

ouvido, Jules rapidamente a agarrou pelo braço.

Lilith

pôs

os

olhos

em

branco

e

suspirou,

Em nome dos Fundadores, o que está tentando conseguir? perguntou enojado.

Lhe

O que você quer dizer?

Baixa a voz! Estamos em público! seu desagrado.

Victor interrompeu, mostrando

O Conde Laval é descendente de Faroch o Escravocrata, pode olhar

por cima do ombro de todos nós se ele quiser! Ao menos por agora, isso é assim. Uma vez que você e Jules estejam formalmente comprometidos, será uma história diferente.

Papai, realmente não gosto do Conde Laval! E, para ser honesta,

estou pensando seriamente em romper com Jules! Se fosse por mim

Mas não depende de ti! Irina assobiou, agarrou o punho de Lilith o

suficiente para que esta fizesse uma careta de dor. Fazia tempo que havia apreendido a arte de infligir dor em sua filha, enquanto que exteriormente parecia uma mãe carinhosa. Quanto a Jules, você não tem que amá-lo ou inclusive tolerar sua companhia, só te casas com ele para ter sua deiscência:

isso é tudo. E isso é exatamente o que vais fazer, senhorita! Porque não vou deixar que você interfira no caminho do meu proprio palácio na Costa d’Azur, entendeu?

Perfeitamente , Lilith disse enquanto massageava os machucados que desapareciam rapidamente de seu punho.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

13

Capítulo 2

Carmem Duivel sorriu languidamente quando sua escolta, Sergei Savanovic, lhe entregou uma taça de champanhe cheia de sangue. Sergei franziu o cenho. Normalmente, Carmem era a vida da festa. Nunca a havia visto tão apagada antes.

O que ta acontecendo? Pensei que estaria gritando de alegria com

Lilith e os demais. Por que esta sentada no banquinho, vendo a festa de todos os outros?

Carmem deixou escapar um profundo suspiro, e por um momento parecia que poderia chorar.

Sei que deveria estar ali passando um bom momento, Sergei, mas

esta se convertendo na pior noite da minha vida, para sempre!

Não pode ser tão mau como você fala .

Justo antes da meia noite, enquanto estávamos esperando na habitação de cima, as coisas fugiram do controle entre Lilith e Cally. Terminei dizendo algumas coisas que não deveria e, assim, Lilith se interou sobre Jules

e eu.

Estava errado: isso é mau! . Como o melhor amigo de Jules, Sergei

havia conhecido o assunto desde principio. Ele tinha sua própria opinião sobre

o porquê de Carmem está dormindo por ai com Jules, mas sabia o suficiente para manter sua boca fechada.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

14

E se o faz?

Sergei se encolheu os ombros.

estivessem prometidos um ao outro .

Não é como se

É só que cada vez que Ollie se sente como se fosse menosprezado, entra nessas brigas horríveis!

Nunca senti um afeto por esse tipo , disse Sergei sem rodeios.

Não te ofendas, mas nunca entendi por que você ficava com esse imbecil .

Minha mãe pensa que fazemos um bom par . Carmem fez um gesto

até sua mãe, Camila Duivel, que estava ocupada se encontrando com alguns dos membros de seu clube de campo. Ela disse que faz mais fácil entrar em clubes noturnos de moda e atrair presas. O qual é certo, suponho. Mas Oliver

me trata como classe média. É por isso que começar a sair com Jules para começar. Agora Jules me trata como Ollie o faz. Ninguém me aprecia .

Bom, eu te aprecio , disse Sergei, acariciando sua mão.

Quando Cally viu o redemoinho elegantemente vestido de assistente para a festa ao redor da pista aos acordes de Die Fledermaus, se encontrou pensando em Peter. Devido a que seu pai era um vampiro e o pai dele era um caçador de vampiros, havia sido impossível para eles desfrutar dos prazeres dos amantes que os jovens dão por sentado, como ir dançar. Ainda que ela fosse a que havia insistido no rompimento, ainda tinha fortes sentimentos por ele. De fato, enquanto dançava a valsa com Jules mais cedo nessa noite, havia imaginado a cara de Peter, pálida e entristecida, apertada contra uma das janelas que dava para os jardins.

Apesar de que jogaria de menos para seus amigos, Cally estava começando a pensar que talvez se mudar para a Europa não era uma idéia tão má depois de tudo.

Evidentemente necessitava espaço para esquecer Peter e estava segura de que ajudaria ele a esquecê-la também.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

15

Estar na mesma cidade fazia muito tentador tentar restabelecer o contato. E quanto mais tempo passaram juntos, maior seria o risco. Nem sequer a posição de seu pai poderia protegê-la se descobriam que havia tido relações intimas com um descendente de Pieter Van Helsing, o legendário flagelo da raça dos vampiros.

Cally de repente se deu conta que esfregava a palma de sua mão esquerda contra a coxa e se obrigou a parar. Havia estado experimentando uma estranha sensação de formigamento intermitente na mão durante toda a noite.

Devia ser os nervos, se disse.

Escutando uma educada tosse ao se lado, Cally se voltou para encontrar Fausto Lucky Maledetto de pé ao seu lado. Lucky era o irmão mais velho de suas boas amigas Bella e Bette. Ele parecia esta noite especialmente delicioso com um smoking cruzado com lapelas.

Cally olhou ao redor no salão cheio de gente e sentiu uma pontada de ciúmes quando viu seu pai, trocando piadas com outro grupo de colaboradores que haviam vindo para lhe feli no debut de Lilith.

Enquanto observava aos amigos de seu pai adulando a reconhecida herdeira da fortuna Todd, Cally pensou: Que dano pode fazer dançar com Lucky Maledetto? E se Victor não o aprova? Vou sair de Nova York pelo bem, não? Ao final, não fará uma gota de sangue diferente. Ele vai jogá-la fora.

Muito bem . Ela sorriu, assentindo, Mais só uma dança .

Só uma , prometeu, tomando sua mão na dele, enquanto voltavam

para a pista de dança. Cally estava impressionada pela fluidez com que se movia. Realmente era um bom dançarino.

Há algo na sua mente? Lucky perguntou atraindo-a até si. Você parece um pouco preocupada .

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

16

O sinto , se desculpou.

Estou passando por algumas coisas

complicadas em minha vida agora mesmo .

Algo em que possa ajudar?

Cally lhe olhou aos olhos, impressionada pela forma segura de si mesmo que tinha. Não tinha nenhuma duvida de que havia poucos problemas que Lucky Maledetto não poderia resolver se quisesse. É doce de sua parte perguntar, mas não creio. Alem do mais, há tens feito suficiente por mim .

Te referes a assustar Johnny Morto e sua quadrilha? Lucky riu

entre dentes, enquanto dava a volta. Para escorias como Morto é necessário ensinar seu lugar. E estou feliz de mostrar para eles. Ele inclinou a cabeça

para um lado, estudando o cabelo escuro e curto de Cally e seu rosto de duendezinho. Sabe o que boneco de neve disse ao outro boneco de neve?

Cally piscou, sem saber o que fazer com a pergunta. Não disse?

Cheiras a cenoura?

O que ele

Ohhh! Isso foi horrível! Cally gemia, rindo apesar da besteira.

Vê? Lucky sorriu, sustentando-a suavemente. Sabia que poderia

ajudar .

Boris Orlock, senhor de King Stone, se levantou de seu trono esculpido de ossos e marfim.

Tocou sua taça de cristal com uma comprida e curvada unha a fazendo soar como uma campainha. Os músicos deixaram de lado seus instrumentos e a algazarra de vozes que enchiam o salão de baile rapidamente diminuíram. Todo o mundo se voltou para seu anfitrião. Um homem alto, imponente figura de feiúra impressionante, o Conde Orlock de pé ante seus convidados elegantemente penteados e de alta costura como um fantasma no festim.

Todo o mundo, por favor, levantem suas taças! , ordenou.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

17

O Conde Orlock içou sua taça no alto, sua voz de barítono rodando através da sala como um trovão.

Eu gostaria de aproveitar este momento para propor um brinde! Pelas

belas jovens que hão debutado aqui esta noite: seu futuro pode ser tão formoso

como vocês mesmas! No nome dos fundadores: uma vida longa e saúde!

Assim dizemos todos! , a multidão respondeu, suas vozes como uma fusão.

Quando Cally levou a taça aos seus lábios, ouviu o som de cristais quebrados de alguma parte detrás dela. Quando se deu a volta na direção do som, pensando que talvez um garçom houvesse derrubado uma bandeja, as janelas que davam para o jardim se destroçaram de repente para o interior. O que pareciam latas de creme de enfeitar voaram através do salão de baile, aterrissando no piso polido. Quando um veio descansar próximo aos seus pés, Cally se deu conta de que isso não era o que pensava. Eram gases lacrimogêneos.

Atrás!

Lucky gritou, empurrando Cally detrás dele enquanto uma

densa nuvem de cor cinza estalou no ar. Cubra a boca!

Em questão de segundos o salão de baile se converteu em uma cena de caos em massa, a música e o riso substituído por gritos. Cally foi jogada de um lado para outro, enquanto os convidados se chocavam uns contra os outros tentando escapar da fumaça de rápida propagação. Seus olhos cheios de lagrimas, estendendo a mão, enquanto tateava através da parede de fumaça.

Lucky! Onde você esta?

Estou aqui! Não se preocupe se fechando ao redor da sua.

te tenho! , gritou, suas fortes mãos

De repente a multidão que a rodeava começou a surgir na direção oposta. Cally tentou avançar até Lucky, só para ser arrancada de suas mãos. Apenas podia ver e respirar, era levada por uma maré viva. Em algum lugar, na

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

18

loucura, podia ouvir o Barão Metzger a chamando pelo nome, mas não podia vê-lo e muito menos dizer a direção de que vinha sua voz.

Primeiro Lilith pensou que as explosões e as fumaças era uma espécie de exibição pirotécnica que o Conde Orlock havia preparado para a diversão de seus convidados. Mas quando seus olhos começaram a queimar e sua mascara para cílios começou a correr, se deu conta de que os fogos de artifícios não tinham nada a ver como o Grande Baile.

Papai, o que esta acontecendo? Se lamentou.

Victor Todd pegou um paninho de seda bordado do bolso do seu smoking e se cobriu o nariz e a boca. Estamos sobre ataque, princesa!

Van Helsings? Aqui? Tem que estar loucos! Irina tossiu.

Pega a Lilith e saiam daqui agora , disse Victor, a empurrando para

sua mãe.

Já ouviu o seu pai , disse Irina, agarrando o braço de sua filha. Temos que sair desse lugar!

Onde está Jules? Lilith olhou ao seu redor, mas seus olhos picavam

demais devido a fumaça acre para ver mais de uns poucos metros em qualquer

direção.

Os Lavals podem cuidar de si mesmos! Irina gritou. Temos que escapar!

Não me diga o que fazer! Lilith disse se afastando de sua mãe.

Lilith! Volte aqui!

Ignorando sua mãe, Lilith abriu caminho entre a multidão. Depois de só uns poucos passos rapidamente se encontrou perdida, incapaz de avançar ou retroceder. À medida que os asfixiantes gases queimavam seus olhos e boca,

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

19

se sentia oprimida pela urgente necessidade de se liberar do sufocante imprensado.

Fora do meu caminho, maldito seja! Tenho que sair! chutando e arranhando os que estavam mais próximos dela.

Gritou,

Aqueles que estavam recebendo os arranhões de Lilith começaram a fazer o mesmo aos que iam diante deles, provocando uma reação em cadeia.

Houve um som de cristais quebrados e estilhaços de madeira, imediatamente seguindo pelo cheio de brisa do mar vinda do Atlântico enquanto as pessoas na festa presa no pânico se abriram passo para as portas francesas, se jogando no terraço do jardim, como uma colméia de vespas em chamas.

Finalmente fora dos gases lacrimogêneos, Cally se chocou através do comprido terraço de pedra, curvando as escadas que levavam aos jardins de baixo.

Fogo!

Cally levantou a vista justo a tempo para ver dezenas de flechas voando em direção do terraço. Se agachou, pondo uma réplica de mármore da Venus de Milo entre ela e a chuva mortal. À medida que observava desde seu esconderijo, viu um dos convidados saltar sobre a grade da balaustrada, instantaneamente mudando para sua forma alada.

Com uma batida de suas asas atingiu oito pés, o vampiro transformado disparou até o céu noturno em uma tentativa desesperada para escapar dos arcos dos Van Helsings, antes que pudessem voltar a carregar. Ao principio parecia que ele havia conseguido, mas então uma sombra se elevou do teto do edifício. Com só umas poucas batidas de sua própria asa de couro, a gárgula facilmente superou o vampiro que fugia, o qual gritou quando as garras da besta o atingiram destruindo sua asa direita. Não pudendo manter o equilíbrio, o vampiro perdeu o controle e caiu uma centena de metros abaixo contra as setas que rodeavam os jardins.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

20

O estômago de Cally se apertou ao escutar o grito de triunfo da gárgula. As coisas estavam ficando pior: tanto os Van Helsing como sua mascote estavam aqui por sangue.

Lilith abriu passo para o terraço, literalmente passou por cima de seus companheiros convidados para escapar dos confins do salão de baile cheio de fumaça. Com seu vestido feito em farrapos e lágrimas negras descendo por seu rosto, já não se parecia a debutante vampiro que havia tido todos os olhos do salão.

Jules! Mamãe! Papai! Onde estão? , gritou, com a esperança de ver uma cara familiar na multidão ao redor.

Lilith! Cuidado!

Lilith se voltou para encontrar a última pessoa no mundo que queria ver, Cally Monture, se escondendo atrás de uma estátua, assinalando para algo no céu. Ouviu o som de asas, asas grandes, que vinha por trás dela. Lilith se deu a volta para ver algo que parecia o cruzamento de um pitbull e um crocodilo si dirigindo para ela, as garras estendidas. gritou quando a gárgula a levantou rapidamente e a levou para o céu noturno.

Vamos! gritou, lutando para se libertar das garras da gárgula. Me ajudem! Me ajudem!

Em resposta ao seu pranto, algo grande e cinza, aterrissou nas costas da gárgula e a tirou da guarda da pesada correia que rodeava a garganta da besta, girando o pescoço em um improvisado garrote.

Lilith pensou que estava sendo resgatada por seu pai ou Jules em sua forma com asas, mas quando deu uma boa olhada para a horrível criatura montada nas costas da gárgula, não esteve segura de se havia vindo para resgatá-la ou simplesmente para lutar por sua parte na farra.

A gárgula grunhiu quando tentou derrubar ao seu passageiro não desejado, mas o voador misterioso resultou inquebrável, sustentando a correia

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

21

ao redor do pescoço da besta, como um pião de rodeio sobre um touro furioso. Ruídos de dor e ira, da gárgula liberando Lilith, e a enviando em uma caída ao chão, cinqüenta pés mais abaixo.

Enquanto o chão se aproximava rapidamente para se encontrar com ela, Lilith se deu conta de que não tinha nem o tempo nem a habilidade para mudar de forma para sua forma alada com suficiente rapidez para evitar ser machucada. Apesar de que uma queda desta altura não mataria um vampiro, doeria muito. E se batesse com a cabeça o suficiente forte, como para causar dano ao seu cérebro, as lesões poderiam muito bem resultarem permanentes, inclusive com sua capacidade de regeneração quase instantânea. Tudo o que poderia fazer era fechar os olhos e gritar.

Justo quando estava a ponto de chocar contra o mármore do piso do terraço, uma figura se apressou e a pegou em seus braços estendidos. Lilith abriu os dedos que tapavam seu rosto para ver o seu salvador, esperando ver o bonito rosto de Jules.

Exo? Lilith soltou uma exclamação de assombro.

Xander Orlock, filho do Conde Boris Orlock, esboçou um sorriso de alivio quando a colocou em seus pés. Se deu a volta e gritou para seu primo, que corria em sua direção.

Se assegure de que Lilith chegue em segurança!

Claro! . Disse Jules, pegando Lilith pelo braço.

E você? , perguntou ela, olhando sobre seu ombro para Xander.

Ele assinalou onde a gárgula e o voador misterioso lutavam no ar como um par de falcões adversários. Vou ajudar Klaus a se ocupar dos negócios . Com isso, Xander se transformou em sua forma alada e, com uma só batida de suas asas, voou para se unir a feroz batalha acima.

Vamos, Lily já ouviste Exo , disse Jules, a arrastando de volta para a relativa segurança do salão de baile Temos que sair daqui!

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

22

Quem é Klaus?

perguntou Lilith enquanto observava a batalha

infernal de Xander para golpear a gárgula desde a outra direção.

Esse é

Jules assinalou para a horrível criatura lutando contra a

gárgula É o irmão mais velho de Xander .

Cally, viu em mudo estado de choque como Lilith era arrebatada pela gárgula. Não estava segura de que era o surpreendia mais: uma verdadeira gárgula alada ao vivo ou o fato de o cabelo e a maquiagem da sua meia irmã pareciam uma merda.

Quando algo se lançou desde o alto da torre norte e abordou a gárgula no ar, Cally estava pronta para saltar e bloquear a queda de sua Irma. Ainda que ela e Lilith estiveram a ponto de matar uma a outra em varias ocasiões, Cally não podia se manter a margem e simplesmente vê-la se machucar, possivelmente inclusive morrer.

Depois de tudo, compartilhavam o sangue, inclusive se era mal.

Antes de que pudesse atuar, alguém a agarrou pelo braço e a jogou para trás. Um Van Helsing, com o rosto coberto por uma mascara antiga se aproximava dela. Ela havia estado tão distraída com Lilith e a gárgula que não o havia visto escondido na escada do jardim detrás dela.

Sacudiu o braço e agarrou o caçador de vampiros pelo pescoço, o levantando do chão. As botas de seus pés dando chutes no ar enquanto arranhava os dedos que apertavam ao redor da sua garganta.

Cally! Sou eu! Gritou uma voz apagada desde o interior da mascara

antiga.

Então

não estava alucinando! , disse enquanto tirava a mascara de gás fora de seu rosto. Realmente estava de pé na janela! O que esta acontecendo? Teu pai perdeu o juízo? Por que esta fazendo isso com os Old Bloods?

Peter? Cally arquejou, imediatamente liberou seu agarre.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

23

Um olhar angustiado encheu os olhos marrons escuro de Peter Van Helsing. Sinto muito, Cally, tens que acreditar que nunca quis que as coisas fugissem do controle!

Cally não estava segura do que ele queria dizer, mas definitivamente não gostava de como soava isso. Peter, o que fizeste?

Disse ao meu pai que você ia para a Europa depois do Grande Baile

, admitiu, evitando seus olhos. estava determinado a te capturar de qualquer

maneira ou te matar antes que pudesse sair do país .

A confusão de Cally foi rapidamente substituída pelo temor deu lento afundamento. Mas como ele ia sequer saber onde se estava celebrando o baile? Eu nunca te disse!

– O seu envelope RSVP ( réspondez s’il vous plait/ responder por favor)

caiu no cemitério na noite que rompeste comigo. Tinha o nome Orlock e a

direção escrita. E eu disse a ele .

Cally que nunca havia ficado doente um dia de sua vida, de repente sentiu a necessidade de vomitar. Quer dizer que tudo isso é por mim? . Perguntou assinalando a carnificina que os rodeava.

Eu não queria que você fosse embora! disse Peter, agarrando sua mão. Te amo, Cally! Te necessito! Pensei que se meu pai te capturasse, então não teria mais remédio que você ficasse comigo! Tens que entender! , lhe suplicou, buscando em seu rosto sinais de perdão. No momento que me dei conta do perigoso que era o plano do meu pai, tentei pará-lo. Liguei para

teu celular para te dizer que te mantivesse longe, mas já era tarde demais, tua

mãe disse que você já havia saído

Minha mãe? O que aconteceu com minha mãe? bruscamente, ficando longe.

Cally perguntou

Falei com ela, isso é tudo, ela não fazia muito sentido. Tente lhe advertir. Disse que fugisse.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

24

Peter, por que minha mãe precisa escapar?

Peter colocou para fora sua culpabilidade. Eles sabem onde você

vive, Cally sinto muito .

eles tem alguém atrás de Todd e os levou direto a ti, sinto muito,

Peter o que aconteceu com minha mãe? a voz de Cally havia ficado tão dura e fria como aço.

Isso não importa agora, a única coisa que importa é conseguir que

estejas segura! Peter a agarrou. Tenho que passar você de contrabando fora daqui antes de que as pessoas do meu pai ponham a mão sobre ti!

Você não vai me levar a nenhuma parte , disse enojada enquanto se libertava. Não vou deixar o meu pai e meus amigos para trás!

Por favor, Cally! Tens que confiar em mim!

Os olhos de Cally se encheram com lagrimas. Confiar em ti? Confiei em ti e isto é o que você me fez! Como pode me trair desta maneira, Peter? Como pôde?^

Incapaz de suportar estar próxima do homem que mais amava, Cally se voltou e correu para a luz, sem pensar nas flechas bestiais pelo ar.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

25

Capítulo 3

Carmen evitou as flechas chovendo do céu, alguém pisou na bainha de seu vestido longa-metragem, fazendo-a perder o equilíbrio. Caiu bruscamente, parando ao pé da escada do jardim. Gritou de dor e medo como se tivesse sido pisoteada por parceiros Old Blood. Quando ela olhou para cima, um dos caçadores de vampiros surgiu detrás de um arbusto próximo e apontou seu arco para ela.

Antes de o Van Helsing poder puxar o gatilho, um lobo enorme, com pelagem de cor carvão, saltou das sombras, afundando profundamente suas presas na garganta descoberta do caçador. Um momento depois Sergei Savanovic, levantou limpando o sangue de sua boca. Oferecendo a mão a Carmen, a ajudou a ficar em pé.

Vamos, vamos sair daqui!

Apesar de estar mais assustada do que nunca esteve na vida, Carmen

sorriu.

Victor gritou, tratando

desesperadamente de encontrar a cabeça dourada de sua filha em meio à confusão. O maldito Van Helsing conhecia a sua presa demasiadamente bem. Eles haviam contado com a instintiva fobia a fogo dos vampiros e haviam

usado bombas de fumaça e gás lacrimogêneo para provocar o pânico.

Lilith!

Onde

estás?

Princesa!

Alguns minutos se passaram desde o começo do ataque, mas os jardins e o terraço estavam cheios de pessoas confusas.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

26

Um uivo animal veio de cima e Victor olhou para cima para ver uma gárgula, a mascote de Van Helsing tremulando a distância, com suas asas membranosas rasgadas e seus flancos feridos.

Ali, é ele! Um homem gritou. Ali está Todd!

Um grupo de caçadores de vampiros que portavam óculos de visão noturna e arcos de repente desceu as escadas em direção a ele. Estavam dirigidos pelo diretor do Instituto Christopher Van Helsing e descendente direto dos assassinos dos pais de Victor.

Fogo!

Era tarde demais para fugir. Victor caiu no chão, com a parte superior do corpo tão cheia de flechas que pareceu um alfineteiro. Embora nenhuma das flechas tenha encontrado o seu coração ou perfurando o seu crânio, os dois únicos pontos garantidos para matar um vampiro ele todavia estava muito ferido para levantar-se.

Christopher Van Helsing inclinou-se, olhando para Victor com um sorriso amargo. Todas as noites desde que matou a meu pai, sonho com este momento. Arrepende-te, Todo?

Só de não tê-lo destruído junto com ele , grunhiu Victor, cuspindo

um bocado de sangue nos sapatos de seu velho inimigo. Suponho que isso é o que ganho por ser humano.

Enfim a Mão Sombria será devolvida ao seu herdeiro legítimo, e não

há nada que possa fazer para parar. Christopher Van Helsing zombou, colocando o pé sobre o peito ferido do vampiro.

Isto é por meu pai , disse enquanto levantava seu arco. no inferno, Todd!

Queima

Certo que darei minhas saudações a teu pai quando chegar , Victor disse com uma risada sem humor.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

27

Não! Cally gritou enquanto saia de seu esconderijo, empurrando o caçador de vampiros para longe de seu pai.

Christopher Van Helsing cambaleou para trás surpreendido, recuperando-se rapidamente e virando-se para estar cara a cara com uma menina com cabelo curto escuro e brilhantes olhos verdes. Sua mão esquerda estava brilhando com uma energia escura.

Você não! Disse com uma voz entrecortada, um olhar de horror em seu rosto.

Deixando cair seu arco, Van Helsing gritou de dor e olhou seu antebraço. Na manga de sua jaqueta podia-se ver uma marca escura em forma de mão.

Olhou estupefato, como uma pegada começou a aumentar e espalhou- se como trepadeiras, enviando escuridão do antebraço até o ombro. Quando a escuridão sobrenatural chegou ao seu pescoço e a seu rosto, Van Helsing gritou.

Cally tapou os ouvidos e desviou o olhar, incapaz de ver como a sombra se derramava da boca, do nariz e dos olhos do caçador de vampiros, cobrindo- o, como tinta derramada em um copo de água. Em questão de segundos, o que havia sido um ser humano se transformou em uma silhueta da vida.

Não havia olhos, nem boca, nem característica de nenhum tipo, só uma escuridão impenetrável, sem luz, como nas profundezas do espaço. A sombra viva agitou seus braços e cambaleou por um momento só para derrubar sobre si mais fluído.

Cally olhou para cima e viu Peter de pé no outro lado do terraço, olhando-a com incredulidade. Seu olhar perdido e raivoso golpeou seu como coração como um martelo.

Apesar de todos seus intentos de evitá-lo, a tradição dos Todd e dos Van Helsing, odiar e matar, passou para uma nova geração.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

28

Foi um som como um rugido de um grande dragão, e as janelas restantes do salão de baile voaram para fora em uma chuva de pedaços de vidros, quando a imponente figura do Conde Orlock surgiu das nuvens de gás lacrimogêneo para o terraço, deslizando como se tivesse rodas.

Os Van Helsings momentaneamente aturdidos pelo falecimento de seu líder, rapidamente retornaram a vida, desatando outra descarga de flechas no Lorde Vampiro que se aproximava.

O Conde Orlock não hesitou diante da chuva de flechas vindo em sua direção. Agarrou um dos projéteis no ar, como si não fosse mais que um brinquedo.

Grunhindo com desdém, a jogou em seus inimigos, acertando a um dos caçadores de vampiros na garganta.

As tropas de Van Helsing começaram a descer as escadas, armas ainda prontas.

Pelo poder das Trevas! Atreves-te a atacar-me em minha própria

casa? O Conde Orlock gritou, e sua voz retumbou como trovões no céu. Atreves-te a atacar minha gente em uma de suas noites mais queridas? Tu pagarás por esta afronta com tua vida, miserável!

Levantou suas

mãos

como

garras

sobre sua

cabeça,

seus

olhos

brilharam vermelhos, como o raio que quebrou o céu a noite.

Levantem, minhas legiões!

mestre!

Gritou.

Levantem e venham a teu

Em resposta a sua ordem, houve um ruído surdo profundo. Enormes engrenagens subterrâneas começaram a girar quando meia dúzia de portas ocultas das catacumbas de debaixo de King Stone se abriram e o exército de não-mortos de Orlock saiu como formigas com raiva.

Os primeiros a sair foram os centuriões romanos, vestidos com sua armadura prateada e joelheiras, seguidos pelos gladiadores equipados com

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

29

tridentes e redes. Detrás deles vieram os cavaleiros medievais, selados dentro de seus trajes de prata, e granadeiros vestindo uniformes Napoleônicos.

Peter Van Helsing os olhou, atônito, quando as legiões de não-mortos pularam em sua direção. Apenas respondeu quando Remy, um dos tenentes de seu pai, agarrou seu braço.

Peter

sai daqui! Tem que sair daqui!

Pelo meu pai

Peter disse com voz rouca.

A visão de seu pai sendo destruído pela mulher que amava o havia aturdido tão profundamente que sentia como se seu cérebro estivesse afundando em melaço.

Teu pai se foi! Tu estás no comando agora! Remy gritou enquanto

empurrava a Peter para os helicópteros Stealth ocultos no outro lado do jardin.

Os Van Helsings com lança-chamas atados as costas corriam na frente, estabelecendo um muro de fogo entre os não-mortos que avançavam e seus companheiros que se retiravam.

Os não-mortos do Conde Orlock, frustrados como cavalos caprichosos, estavam dispostos a cruzar a linha de fogo pra ir em busca de sua presa. Eram imunes a quase tudo, exceto a uma estaca e a luz do sol, os não-mortos compartilhavam com seu mestre o desprezo pelo fogo.

Enquanto Remy o metia as pressas no helicóptero, Peter olhou por sobre o ombro uma última vez e viu Cally em pé no terraço, olhando-o fixamente com olhar aflito em seu rosto.

Peter amaldiçoou-se por ser tão burro. Havia caído nos encantos de um vampiro. Pensou que por ser filha de uma humana, Cally não seria como o resto.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

30

Agora não poderia negar que era filha de seu pai. Mas isso não foi o pior. Não, o pior de tudo era, até agora, que odiava mais que tudo na Terra, ainda desejava o seu amor. E sempre iria.

Cally, graças aos Fundadores! Está viva! Está bem?

Cally observou em silêncio o Barão Metzger enquanto tirava o casaco e o colocava sobre seus ombros. Olhou a sua mão esquerda. Embora sua mão estivesse normal novamente, manteve-a longe de si como se já não fosse mais uma parte de seu corpo.

Só queria que parasse , disse aturdida. Não queria que morresse.

Tudo o que fiz foi tocá-lo

Do que está falando? está acontecendo?

O Barão Metzger franziu o cenho.

O que

Ela usou a Mão Sombria para matar o líder dos Van Helsings , Victor grunhiu enquanto lutava para sentar. Fez uma careta enquanto tirava as flechas que saiam de seu torso e as deixou de lado.

Meu senhor

Victor o distanciou.

estás bem? Metzger foi para o lado de seu amo, mas

Me curo rapidamente, somente tenho que encontrar Lilith, isso é tudo.

Olhou ao redor do terraço, que estava cheio de mortos e feridos de ambos os lados.

Seus olhos se alargaram quando viu o corpo de uma mulher loira que

estava estendida perto das escadas que conduziam ao jardim. Fundadores

misericordiosos

não! Gritou. Irina!

Victor caiu de joelhos perto do corpo de sua esposa, um olha de verdadeira comoção em seu rosto. O que ela estava fazendo aqui? Disse para ficar lá dentro, enquanto iria buscar Lilith!

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

31

Jules trouxe sua esposa e sua filha para o abrigo que reservei para

minha família em tais emergências. O Conde Orlock explicou. Irina estava

tentando encontrá-lo para dizer que Lilith estava a salvo. Sacudiu sua cabeça calva com desgosto.

É minha culpa, devia ter chamado a minhas legiões antes!

Metzger olhou seu relógio.

inicio do ataque , disse com assombro.

Passaram menos de oito horas desde o

Seu coração está destruído , disse Victor com tristeza enquanto acariciava o cabelo de sua esposa morta. Seu bloodright está perdido.

Os Van Helsing vão pagar por esta afronta , Conde Orlock lhe assegurou.

Eles já estão , respondeu Metzger. Seu chefe está morto.

Christopher Van Helsing

está morto? Como? Victor indicou Cally, que estava tremendo ao lado de

Metzger, sustentando seu casaco sobre os ombros.

Conde Orlock levantou uma sobrancelha.

Espera que acredite que uma jovem derrubou o líder do Instituto? Orlock bufou.

Ela é mais que uma jovem, Excelência , explicou Victor. A menina carrega a Mão Sombria.

Sangue dos Fundadores , o Conde Orlock disse a Metzger, com um olhar de assombro em seu rosto. Tua filha é metade humana?

Sim, Excelência.

Uma vez que a notícia de como morreu Van Helsing se propagar entre

os demais convidados, haverá uma comissão de investigação , disse Orlock,

cansado, massageando o cenho franzido. De Laval insistirá nisso.

Eu sei, Boris , disse Metzger com gravidade.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

32

Muito bem, Karl leva a tua filha para casa antes de meu cunhado o

encontrar. Conde Orlock suspirou. O assassino de nosso maior inimigo

merece isso, ao menos.

Quando vamos sair daqui? Lilith perguntou.

Quando o tio Boris vier nos buscar , respondeu Jules.

A enorme habitação do pânico secreta de Orlock era uma pequena câmara atrás de uma enorme lareira que cobria a parede oeste do salão de baile. Jules havia incentivado a entrarem no esconderijo, depois de Lilith por pouco escapar das garras da gárgula vagabunda.

Agora estava sentada com Jules, seu pai, o Conde de Laval, e sua tia Juliana, a Condessa Orlock. Lilith estava aliviada de o Conde Orlock não se esconder com eles, quando era uma pessoal tão horrível na qual alguém gostaria de botar uma mordaça. De todo modo estava preocupada por Xander ainda não ter aparecido.

Foi tão valente esperava que um Van Helsing não o tivesse estaqueado. Além do mais, ela precisava de sua ajuda em alquimia. Sua mãe não havia voltado, mas estava muito menos preocupada do que em volta para a festa, e certamente menos ainda do que ficar suspensa não escola.

Houve um som de pedra raspando contra pedra, quando a entrada oculta se abriu, revelando Conde Orlock e Victor Todd na porta.

Papai! Lilith gritou, lançando seus braços ao redor de seu pescoço.

Está bem, princesa? Perguntou Victor, retribuindo ao seu abraço.

Fui atacada por essa gárgula! Me mataria se não fosse por Xander e por seu irmão mas velho, Klaus!

Klaus é o meio irmão de Xander , o Conde de Laval disse, entrando

na conversa. Sua mãe foi a primeira esposa do Conde Orlock, não minha irmã.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

33

Tudo o que importa, Julian, é que esse menino salvou a futura esposa

de teu filho , interveio o Conde Orlock. O pai de Jules franziu o cenho pela

censura de seu parente, mas não disse nada.

Onde está Irina? Lilith perguntou, olhando ao redor. Ela saiu para

lhe dizer que eu estava salva

Lilith

temo ter

que

lhe dar

uma

solenemente. Tua mãe está morta.

má notícia

, disse Victor

Pode ir mais rápido? Cally perguntou ansiosamente. Tenho que voltar para casa o mais rápido possível!

Pôde reivindicar seu bloodright antes de morrer? sem perder tempo.

Lilith perguntou

Victor balançou a cabeça. Não, não havia nenhuma possibilidade. Seu coração foi destruído por uma flecha.

maldição!

Ela chorou, chutando as paredes de pedra da habitação do pânico com uma raiva cega. Victor a agarrou pelos pulsos.

Lilith gritou. Maldita seja! Demônios! Maldição

maldição

Acalma-te! Compreendo que estás chateada

Por que essa puta estúpida não podia ficar aqui? Lilith cuspiu, seus

olhos azuis piscaram com raiva. Ela não tinha que ir procurá-lo! O que ela pensava, pondo meu bloodright em risco assim? Ela não tinha nenhum direito

de ir e conseguir matar-se assim! Absolutamente nenhum direito!

O Barão Metzger se inclinou e acariciou a sua mão. Não te preocupa, Cally. Os Van Helsings não tem líder. O menino é pouco mais que um menino bonito, que viveu na sombra de seu pai toda sua vida. Duvido que venham em qualquer momento, não depois das perdas que sofreram esta noite.

Não me importa que venham atrás de mim. Estou preocupada com minha mãe.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

34

Por que os Van Helsings deveriam se preocupar com ela? Além do

mais, não é como se estivesse sozinha, teu pai deixou dois de seus não-mortos

no apartamento.

Cally olhou pela janela. Só tenho um mau pressentimento, é tudo.

Nunca estive tão envergonhado em minha vida e isso quer dizer

alguma coisa! Victor grunhiu enquanto andava pelo corredor da mansão Orlock, Lilith andava atrás deles em seus saltos desgastados. Entendo que você e sua mãe nunca se entenderam, mas pelo menos podias está chateada por ela está morta!

Mas estou chateada! Lilith protestou.

Não, você está furiosa! Furiosa com tua mãe por ter sido assassinada!

Querendo ou não, há uma diferença. Você não é a única contrariada por tudo isso, sabia? Me chateia saber que o bloodright de Irina me foi negado, mas ao menos tenho a sensatez de não acusá-la publicamente de ter sido assassinada

de propósito!

Nunca disse isso!

Bom, certamente está agindo como tal! Não seria ruim demonstrar por tua mãe um pouco de respeito.

Sim. Claro , Lilith se divertiu. Isso é bom, vindo de você.

Victor virou tão rápido que quase se cochou com ela. O olhar de seu pai quando a olhou, a balançou. Nunca mais use esse tom de voz comigo novamente, entendido?

Sim, senhor , Lilith sussurrou, baixando o olhar.

Devemos sair daqui no caso de as autoridades humanas aparecerem , disse Victor, voltando a andar apressado pelo corredor. Além do mais,

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

35

tenho um monte de trabalho adiante! Quando Irina morreu, todos os não- mortos Viesczy se foram com ela, incluindo um bom número de empregados domésticos. Vai levar um tempo para trazer bastantes de meus familiares não- mortos do armazenamento em câmaras frias para substituí-los. Há a questão do Totentanz da sua mãe: uma mulher de seu status e de sua linhagem requer uma festa extraordinária.

Temos não-mortos suficientes? Lilith perguntou ansiosamente.

Não se preocupe, tenho em abundância. Eles estão armazenados há

um tempo, por isso pode levar algum tempo para se acostumarem com esse

mundo e sua tecnologia, por isso tudo deve voltar a normal em duas semanas.

Ao sair de King Stone, em direção ao estacionamento, Lilith olhou para o céu, esperando ver uma gárgula descendo em sua direção. Estremeceu e correu atrás de seu pai. Victor se deteve um segundo, procurando seu carro em meio a coleção de luxuosos Rolls-Royce e de caríssimos esportivos.

Veja, papai! Lilith disse. A terceira fila a esquerda! Ela franziu o cenho e olhou ao redor. Não vejo Vasily ainda.

Ele está aqui , respondeu Victor, abrindo a porta do carro para

mostrar um terno vazio de roupas e um cap deitado no assento do condutor atrás do volante. No chão estava um par de sapatos de couro negro, transbordando um pó fino, branco acinzentado. Victor se inclinou para dentro e varreu os restos do chofer do assento e os atirou sobre o cascalho.

Sempre pensei que Vasily pertencia ao lado Todd da família

Lilith

tossiu, agitando a mão diante de sua cara. O que vamos fazer agora?

Eu sei dirigir, sabia?

recuperava as chaves do carro.

Victor respondeu com sarcasmo enquanto

Quando mais cedo sairmos daqui, melhor! abria a porta traseira.

Lilith, disse enquanto

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

36

Onde pensa que vai? Seu pai grunhiu. Você vai sentar na frente comigo.

Mas

Nada de mas, senhorita! Não vou querer gente pensando que sou um maldito chofer. Agora entra no carro.

Muito bem! Escutei! um golpe.

Exclamou Lilith fechando a porta traseira com

Victor sacudiu a cabeça em consternação enquanto colocava o Rolls em marcha. Estava começando a perder Irina. E também o fez Lilith, querendo admiti-lo ou não.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

37

Capítulo 4

A primeira coisa que Cally percebeu quando saiu do elevador foi o silêncio. Ela olhou para o Barão Metzger. Não gosto disso. Está quieto demais. Normalmente pode-se ouvir qualquer filme que minha mãe esteja assistindo no momento em que a porta se abre.

Talvez o home theater dela esteja quebrado?

Também acho, Cally cedeu. Afinal de contas, talvez houvesse uma

simples e inocente resposta para isso. Talvez o Barão estivesse certo: ela estava simplesmente sendo paranóica e sua mãe estava bem. A última vez em que ela esteve no apartamento, Walther e Sinclair, os dois serventes vampiros se seu pai havia designado para ajudá-los com sua mudança, estavam empacotando ocupadamente os pertences dos Montures para que pudessem atravessar o oceano. De qualquer forma, enquanto Cally caminhava pelo

corredor até seu apartamento, ela viu que a porta estava pendendo de forma torta nas quebradas dobradiças, a tranca despedaçada.

Depois de meses aguentando o barulhento home theater de sua mãe, os vizinhos haviam sem dúvida aprendido a ignorar os barulhos vindos do apartamento deles. Eles provavelmente tomaram os sons da invasão como simples efeitos sonoros de mais um filme.

Mãe! Metzger a impediu.

Cally berrou. Ela empurrou a porta quebrada, mas o Barão

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

38

Você fica aqui, ele disse firmemente. Eu vou entrar. Seu pai vai

querer minha cabeça em uma bandeja de pratae não de modo figuradose

qualquer coisa acontecer com você.

Cally queria argumentar, mas o olhar que Metzger a lançou deixou claro que ele não iria tolerar nenhuma discordância. Ela assentiu de má vontade e saiu do caminho, assistindo-o entrar pela porta quebrada. Alguns momentos depois ele surgiu novamente do apartamento com o rosto sério.

O que está havendo? O que aconteceu? Cally perguntou, ficando

na ponta dos pés, tentando espiar por sobre os ombros dele. Onde está

minha mãe? Ela está machucada? Mãe? Mãe, sou eu! ela gritou enquanto tentou passar pelo Barão.

Você não quer ir até lá, Cally. Metzger balançou sua cabeça. Há três corpos: dois homens e uma mulher.

O quê? mesma!

Cally arfou.

Eu não acredito em você! Eu quero ver eu

Metzger segurou os braços dela, imobilizando-a. Acredite; você não quer ver sua mãe daquele jeito! Os Van Helsing devem ter achado que ela era

uma de nós

Cally continuou

balançando a cabeça, como se por negar o que estava lhe sendo dito ela pudesse de algum modo mudar a realidade. Você tem que estar!

Nãovocê está errado. Eu sei que você está!

Metzger disse. Ele enfiou a mão no

bolso de seu casaco e deu a ela uma pequena foto emoldurada. Cally olhou para a foto de seus avós, tirada no último aniversário de casamento que eles tiveram juntos, até que as lágrimas tornaram o ato de enxergar impossível.

Ela estava segurando isso,

Sua mãe não havia querido nada mais do que fazer parte da sociedade vampira. Ela tinha se afundado completamente na cultura deles desde o começo da adolescência. Apesar de Sheila Monture nunca ter podido

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

39

realmente viver como uma vampira, sua filha ficou estranhamente confortada de saber que ela havia morrido como uma.

Enquanto limpava as lágrimas de seu rosto com as costas de sua mão, ocorreu a Cally que todos seus parente humanos estavam mortos. A compreensão era tanto sóbria quanto assustadora. O que eu vou fazer agora? ela pensou em voz alta.

Bem, você certamente não pode permanecer aqui, o Barão Metzger respondeu. É perigoso demais.

Maseu não tenho nenhum lugar pra ir.

Metzger colocou um braço protetor ao redor dos ombros dela. Gostaria de vir morar comigo por um tempo? ele perguntou gentilmente.

E minhas roupas? Tudo que eu tenho pra vestir é o que eu estou usando. Tudo mais está guardado.

Deixe que eu

me preocupe com isso,

ele disse de modo

tranquilizante. Eu vou providenciar que suas coisas sejam trazidas.

Tem certeza de que está tudo bem? ela perguntou de modo incerto.

Eu não quero incomodar

Não seja boba, minha querida! Você não é nenhum incomodo! Barão Metzger assegurou. Não é muitoapenas um apartamento que eu mantenho para as minhas viagens a Nova York. Mas você ficará suficientemente confortável por esse período de tempo. Você até terá seu próprio quarto.

Cally se sentiu como se fosse uma nadadora que foi pega por uma enorme onda e arremessada para a praia. Nos últimos dois anos, desde a morte de sua avó, ela havia trabalhado incansavelmente para cuidar de sua mãe e protegê-la. Apesar de ficar envergonhada de admitir, parte dela estava aliviada de poder ser apenas uma criança novamente e permitir que tomassem conta dela.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

40

Para o Plaza,

Barão Metzger disse ao seu chofer enquanto ele

ajudou sua filha adotiva a entrar no carro. E apresse-se.

***

Localizado entre as ruas Fifty-eighth e Fifty-nineth ao longo da Fifth Avenue, o Plaza havia sido a acomodação para os ricos mais glamorosos por mais de um século. Apesar de ter começado sua vida como um hotel tradicional, com a sua reforma multi-milhonária agora oferecia residências privadas permanentes para aqueles que podiam arcar com os preços.

Cally encarou com uma admiração muda o chão de mármore polido, os candelabros reluzentes, e o teto decorado enquanto eles atravessavam o salão em direção ao seu famoso elevador dourado. Quando criança ela tinha avidamente devorado os livros de Eloise e de vez em quando sonhado em viver em um hotel chique como ela. Se não fosse pelas circunstâncias trágicas a cerca de sua mudança, Cally ficaria eufórica de ter a chance de entrar por onde os passos de sua heroína de infância passaram.

Em sua chegada ao apartamento do 14º andar de Metzger, a porta da frente foi aberta por um criado vampiro vestido com um uniforme formal de mordomo, completo, até com luvas brancas.

Bem vindo à sua casa, Barão, casaco de seu senhor.

o criado disse enquanto tirava o

Obrigado, Edgar,

Metzger respondeu.

hóspedes para a jovem senhorita.

Prepare o quarto de

Como quiser, senhor, Edgar respondeu.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

41

o

apartamento de sete quartos com teto alto, rodapés ornamentados e a

abóbada sobre a lareira, mas é aconchegante.

Não

é

muito

grande,

Metzger

disse,

gesticulando

para

Certamente é, inconfundível.

Celly respondeu, observando a decoração Versace

Por favor me de licença por alguns momentos, minha querida, Barão disse. Preciso dar alguns telefonemas.

O

Cally caminhou pelo chão de parque até a janela da sala de estar que dava de frente para a Fifth Avenue. De onde ela estava parada, o Central Park parecia um cobertor gigante esticado aos seus pés, decorado com fios elétricos torcidos que se ligavam por postes de luz e ladeavam suas estradas e seus atalhos. Tudo aconteceu tão rápido, que ela ainda não tinha realmente digerido tudo. As coisas em sua vida estavam mudando para sempre, sem tempo para despedidas. Era quase como se tudo que havia acontecido nesta noite tivesse acontecido para outra pessoa.

Enquanto ela olhava para o parque lá fora, pensou se seu pai ainda estava planejando mandá-la para a Europa.

O pensamento de ir para um país estranho sem sua mãe acendeu uma centelha de ansiedade que rapidamente cresceu, queimando a camada protetora do entorpecimento. Ela sempre tinha tido família ao redor dela. Mas

Ela não podia

sua avó havia partido faz tempo, e sua mãe

se forçar a terminar aquele pensamento, pelo menos não ainda.

sua mãe estava

Ela soltou o ar tremulo enquanto olhou para o peitoril da janela e viu um pingo de água bater em sua ponta. Ela levantou sua mão e tocou seu rosto para descobrir-se chorando.

Tenho boas notícias,

Metzger disse enquanto entrou na sala.

Falei com seu pai, e ele decidiu que não é mais necessário que você deixe Nova York. Ele congelou quando a viu esfregas as lágrimas de suas bochechas.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

42

Você ainda está chorando? em sua voz.

ele perguntou, um toque de surpresa

Eu sempre soube que ia viver mais que minha mãe,

Cally disse,

lutando para controlar o estremecimento em sua voz. Eu só nunca tinha

pensado que seria assim.

Ainda que eu não seja seu pai, talvez eu possa te dar um pequeno

conselho paternal, o Barão disse gentilmente enquanto a dirigiu ao sofá. Eu entendo que você não é completamente como nós e que você foi criada com os humanos e suas morais e costumes, então, por favor, não leve a mal o que estou prestes a dizer: se você vai viver entre nós, você não pode sofrer por sua mãe muito mais do que até o amanhecer.

O quê? Cally piscou em descrença.

Não é do nosso feitio chorar por nossos mortos como os humanos

fazer, Metzger explicou. Nós a celebramos com uma grande festa em sua honra, e quando ela acaba, nós simplesmente seguimos com nossas vidas como sempre fizemos antes.

Você está me dizendo que devo esquecer minha mãe? Cally

perguntou. Apesar de ficar chocada com o que Metzger estava lhe dizendo, ela se sentiu animada para ouvir.

A média de idade entre os humanos é o que, setenta e cinco? Oitenta

e cinco anos na melhor das hipóteses? Nosso tempo de vida ronda os séculos.

Gastar centenas de anos lamentando a perda de alguém que amamosa dor tão fresca em uma década como se fosse hojeé um sofrimento pelo qual você nunca vai querer passar. Sofrer em público pela morte de alguém é proibido em nosso mundo, por medo de que isso espalhe melancolia para os que estão ao redor.

Isso significa que eu posso voltar para casa?

Cally perguntou

esperançosamente enquanto ela secava as lágrimas de suas bochechas.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

43

O Barão Metzger balançou a cabeça. Como eu disse mais cedo, é

perigoso demais que você fique sozinha, especialmente agora que os Van Helsing sabem onde encontrá-la. Você vai viver comigo. Afinal, você deve ser minha filha.

Mas

por

que

se

importar

com

a

farsa?

Cally

franziu

as

sobrancelhas. Irina está morta. Que diferença isso faz agora?

Porque seu pai não quer se indispor com os pais de sua noiva,

Metzger explicou. Ele trabalhou duro para conseguir um casamento com uma Laval. Julian é um Purista, assim como o encantador Sr. Mauvais que você conheceu mais cedo. Se ele soubesse que Lilith tinha uma irmã meio- humana, ele cancelaria tudo.

O quarto de hóspedes está pronto, senhor, Edgar disse. Eu tomei a liberdade de preparar um banho para a jovem senhorita.

Muito bom! Disse o Barão Metzger. Você teve uma noite difíciltalvez você gostaria de um tempo sozinha?

Obrigada, Barão, Cally disse cansadamente. Você está certo, eu estou cansada.

Eu lhe desejo um bom dia, então. Metzger sorriu, dando um tapinha

em sua mão. E lembre-se, minha querida: a vida é longa demais para lamentações.

***

O quarto de hóspedes não tinha apenas duas vezes o tamanho de seu

quarto em Williamsburg, tinha também seu próprio banheiro.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

44

Como o resto do apartamento, o quarto era mobiliado no estilo Versace, que, apesar de seu comentário dado mais cedo ao Barão Metzger, mostrou-se mais sem vida do que confortável. Enquanto ela olhava para seu novo ambiente, Cally se pegou sentindo falta de sua velha cama, de seu armário de roupas, e da colcha de pôsteres que cobria a parte interna da porta de seu quarto.

Assim que saiu de suas roupas, ela olhou para o armário de remédios sobre a pia e viu que o espelho havia sido pintado com uma cor de casca de ovo. Este era um lembrete gritante de que daqui por diante, ela estaria vivendo completamente no mundo vampiro. Até agora, mesmo ela tendo grandes acordos com a sociedade vampira, tanto Old Blood quanto New Blood, seu mundo havia sido humano.

Cally cuidadosamente dobrou seu vestido de noite e o colocou sobre o pequeno banco perto da porta antes de ir para o banho que a esperava, a superfície da água coberta com pétalas de rosas dispersas. Ela normalmente preferia tomar banho no chuveiro, mas às vezes ela precisava relaxar com um longo e bom banho de banheira.

Ela pegou a esponja de banho e a apertou contra seus ombros e seu

peito. Quando fechou seus olhos, o rosto de sua mãe piscou em sua frente. De repente o entorpecimento que a preenchia começou a se partir, como gelo no início da primavera, se desmanchando. Ela arfou alto enquanto a dor começou

a dominá-la, preenchendo seu coração como uma enxurrada rompendo uma barragem.

Desde que ela era um bebê, Cally tinha aproveitado a força sobrenatural

e a vitalidade de sua descendência vampira. Ela nunca tinha ficado doente um

dia em sua vida, e as dores psicológicas as quais ela foi forçada a sofrer sempre tinham sido breves. Ela nunca havia conhecido o sofrimento verdadeiro, como a maioria dos humanos conhece. Pelo menos não fisicamente, de qualquer forma. O do tipo emocional ela conhecia muito bem.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

45

A última vez que ela teve que passar por tal angústia foi quando Granny* morreu, dois anos atrás. O sofrimento pelo qual ela passou foi tão esmagador e durou por tanto tempo, que a assustou como nada antes em sua vida. E agora aqui estava ela, sentindo isso novamente, só que agora parecia milhares de vezes pior.

Pelo menos com a morte de sua avó houve tempo para se preparar para

o inevitável, e havia o conforto de saber que Ganny não sofreria mais com a

culpa dela. Cally

abraçou seus joelhos com seus braços, balançando-se pra frente e pra trás na

banheira com pétalas espalhadas enquanto se rendia ao seu sofrimento.

dor. Mas a morte de sua mãe foi tão repentina e cruel e

Eu deveria estar lá. Eu deveria protegê-la. Era a mim que eles estavam

É

procurando, não a ela. Mamãe, o ataque, o pai de Peter, a mãe de Lilith tudo culpa minha.

*Granny significa vovó, mas por ser o modo como Cally chamava sua avó, deixei Granny.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

46

Capítulo 5

Cally viu a si mesma descalça cruzando a praia olhando a maré subir.

Olhou para baixo e encontrou uma concha trazida para a costa. Sorrindo, colheu o premio na espuma e pôs sua borda rosa sobre a orelha. Em vez de escutar o oceano, no entanto escutou alguém a chamando de uma longa distancia, Cally franziu o cenho e deixou cair à concha na areia.

Procurou pela praia e viu a figura masculina de pé sobre uma duna, desenhada contra o céu noturno. Enquanto olhava, lhe fez sinais para que se aproximasse dele.

Ainda não podia distinguir suas feições, ela de alguma maneira sabia que era Peter. Ela lhe saudou enquanto corria pela úmida areia, se apressando para alcançá-lo.

Quando Cally se aproximou de Peter, escutou alguém chamando por seu nome outra vez, só que desta vez vinha do lado do oceano. Se voltou par olhar e se alarmou ao ver sua mãe lutando para se manter flutuando na superfície a 50 pés da costa. Ela começou a se mover para a água, para ser detida quando Peter agarrou sua mão.

Cally olhou para Peter, tentando entender por que ele queria lhe impedir de resgatar a sua mãe, quando se deu com ta de que a pessoa que a agarrava pelas costas não era Peter. De pé em seu lugar uma coisa de sombra vivente, com nós de redemoinhos onde deveria ser sua cara. Ainda que não tivesse olhos, de alguma maneira ela sabia que a podia ver.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

47

Cally olhou sem poder fazer nada com a corrente que arrastava sua mãe, que lutava freneticamente, para algum lugar onde não poderia segui-la nunca. Tentou se soltar de um empurrão do aperto da coisa de sombras, mas foi incapaz de se liberar.

Olhou para baixo, para seu punho, e se assustou ao ver filetes de escuridão se entrelaçando e subindo pelo seu braço, como videiras trepando numa grade.

Cally, cadê você???, A chamava desesperadamente sua mãe. Por que não esta aqui?

Cally se acordou arfante, emaranhada em seus lençóis, seu corpo ensopado pelo suor.

Seu coração estava batendo em seu peito como se houvesse corrido uma maratona. Não podia reconhecer o que a rodeava a principio e olhava ao seu redor buscando os familiares pertences de seu antigo quarto: o armário, sua maquina de costurar e o manequim de moda.

Enquanto lutava para banir o medo que a havia seguido quando se acordou, não estava segura se ainda estava sonhando ou não. Sentia seu braço esquerdo frio como gelo e quente como o fogo ao mesmo tempo. Olhando para baixo pode ver que seu antebraço estava coberto pela sombra, como se houvesse metido até o cotovelo num balde de alcatrão.

Lutando contra o pânico, lembrou que sua avó, Sina, havia dito sobre controlar seus poderes que convocam de tormentas: Dirija o poder, não deixe que o poder dirija você.

Cally inspirou profundamente, deixando o ar sair devagar como se deliberadamente baixasse as batidas do seu coração. Tudo o que necessitava fazer era se acalmar. Quando voltou a abrir os olhos, estava aliviada de ver que a escuridão havia sumido, voltando pra onde quer que estivesse.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

48

Levantou sua mão, movendo seus dedos enquanto os estudava em busca de algum rastro da persistente sombra.

Em nome dos Fundadores, no que estou me convertendo?

Lilith olhou com o cenho franzido para o relógio digital próximo a sua cama. Onde demônios estava Esmeralda? Lilith havia estado esperando quase vinte minutos por sua camareira, que estava virtualmente desaparecida. Esmeralda sabia que não poderia começar sua tarde sem sua maquiagem e seu cabelo organizado.

A fulaninha cigana deveria ter uma boa desculpa por fazê-la esperar. Perceba: não há nenhuma coisa que seja desculpa quando vem de um não- morto. Não é como se tivessem um calendário social ocupado que tem emergência familiar. As coisas poderiam ser muito mais simples se ela pudesse aplicar sua própria maquiagem ou arrumar o seu cabelo. Mas desde que os espelhos foram proibidos das casas dos vampiros, não havia tido mais escolha do que depender de sua camareira para estar apresentável.

Lilith pegou o telefone da cabeceira e conectou a linha interna da casa. Um segundo depois respondeu o mordomo principal da casa Todd.

Sim, senhorita Lilith?

Curtis, já estou a um bom tempo esperando a Esmeralda para que me vista. Onde ela esta?

Sinto muito, Senhorita Lilith , replicou Curtis com seu acentuado acento britânico.

Esmeralda já não esta conosco .

Lilith franziu o cenho Huh? Para onde ela foi?

Esmeralda era um dos não mortos da Madame Irina mordomo ela já não existe .

explicou o

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

49

Lilith

Imediatamente!

franziu

o

cenho.

Então

me

envie

outra

camareira

Uma já foi retirada do armazenamento frio, senhorita Lilith. Deve estar a caminho enquanto falamos .

Justo então houve uma chamada na sua porta. Lilith abriu a porta do quarto e se encontrou olhando uma mulher que levava um vestido de cintura baixa e um chapéu estufado, levando uma reveladora valise de maquiagem de uma camareira.

Olá. Meu nome é Jossette . A nova servente olhou para Lilith, com um olhar confuso em seu rosto. É você, Madame Irina?

Não

sua filha .

disse Lilith agudamente

Madame Irina não esta mais. Sou

Filha?

As sobrancelhas de Jossette arquearam de surpresa.

Então o senhor finalmente teve êxito para produzir um herdeiro .

Bom, duh

banheiro.

disse Lilith, girando seus olhos enquanto se dirigia ao

Continuemos, tenho lugares aonde ir e estive esperando muito .

Como deseje, senhora Jossette inclinou a cabeça.

Lilith girou e se dirigiu ao seu closet com um olhar assustado em sua cara. O que você acabou de me chamar?

A chamei de senhora, isso é tudo replicou Jossette. Você disse

que a Madame Irina esta morta. Isso a converte na senhora da família Todd, não é certo?

Sim, suponho que sim

disse Lilith pensativamente.

É só que

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

50

Enquanto Lilith se sentava na cadeira de seu tocador, Jossette pegou o avental de seda negro e o abriu com um rápido movimento antes de o por ao redor do pescoço de sua senhora.

Então, a que estrela de cinema gostaria de aparecer? Theda Bara?

Gloria Swanson? Ohhhhhh, já sei, o que me diz sobre Lilian Gish?

Lilith encontrou seu pai sentado na cabeceira da mesa da sala de jantar com seu Blackberry pressionado em sua orelha e um olhar desconcertado em seu rosto.

Esse é um anuncio muito curto! Já sabe qual é a minha situação,

acredita que algo como isso é realmente necessário? Sim, sim, me dou conta

do perigo em potencial, só que não compreendo como pode compara esta situação com o que há ocorrido anteriormente . Victor fechou os olhos e lançou um suspiro de resignação. Muito bem. Irei assim que possa.

Quem era? perguntou Lilith enquanto se servia de uma taça de AB negativo do aquecedor de plasma montado sobre o buffet.

Só alguém da HemoGlobe replicou Victor, deslizando rapidamente

Temos que reestruturar o

pessoal para cobrir as baixas inesperadas. Tua mãe controlava a muito deles.

seu BlackBerry no bolsinho interior do seu paletó.

Não vai abandonar o negocio por isso, sim? ansiosamente.

perguntou Lilith

Não seja estúpida replicou Victor Como te disse ontem a noite,

ainda tenho suficientes não-mortos em câmaras frias, dispersos pelo pais e pela Europa, para completar a diferença. Mas não vou mentir, a fase de transição vai estar um pouco cheia de falhas. Os velhos não-mortos tem que se

levantar para se por a corrente da atual tecnologia e cultura .

Sei o que queres dizer , disse Lilith quando terminou o sangue.

Me levou quase meia hora para dizer para a camareira, que Curtis trouxe para

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

51

substituir Esmeralda, que eu não queria que ela me arrumasse como uma velha estrela de cinema. Dei a ela uma pilha de revistas de moda para que as estude antes de amanha a noite.

Terminado o desjejum, se voltou para se dirigir ao mordomo, chame Bruno e diga para ele que traga o meu carro .

Curtis,

Sim, senhora , respondeu Curtis automaticamente fazendo uma reverencia.

Não tão rápido , disse Victor, parando Curtis com um gesto de mão.

Reteve sua filha com um desconcertado cenho. Aonde pensas que vai?

Para o clube respondeu Lilith enquanto pegava seu casaco.

Não, você não vai! Ladrou Victor, Por que sua mãe morreu

ontem não significa que eu tenha mudado de ideia! Até que você seja aprovada no seu Exame Básico de Alquimia, os únicos lugares que você está permitida de ir além da escola são o Central Scrivenery e para o laboratório do seu tutor .

Isso não é justo!

Nanette Lepore ao chão.

protestou Lilith, lançando com raiva seu casaco

Não estou com humor esta noite, Lilith! advertiu Victor. Já é

muito ruim que tenha que me multiplicar para manterá HemoGlobe em pé enquanto resolvo essa falta dos não-mortos de sua mãe. A última coisa que preciso agora é essa atitude!

Lilith resplandeceu com raiva do seu pai, suas mãos estavam fechadas em punhos firmes. Ainda que ela e Irina nunca havia estado muito unidas, neste momento desejava que sua mãe seguisse viva para que pudesse ir correndo e contar tudo sobre Victor e sua pequena bastarda meio humana para aborrecê-lo.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

52

Mas Irina estava morta e as informações de Lilith já não tinham valor. Parecia que não podia ganhar, mas isso não detinha uma garota de ter seus próprios planos.

Desde fora, o laboratório de Xander parecia como qualquer outro edifício antigo de escritórios que ocupavam as ruas do Distrito Flatiron.

Te chamarei quando estiver pronta para ir para casa, Bruno. Disse Lilith enquanto baixava ao meio-fio da calçada.

O vestíbulo do edifício estava revestido de mármore e moveis dourados que te transportavam de volta a I Guerra Mundial. Próximo ao elevador, dentro de uma caixa de vidro, estava uma lista alfabética de vários negócios do edifício. XOX perímetros estava no topo.

Lilith entrou no velho elevador e pressionou o botão do sexto andar. Quando as portas se abriram Xander Orlock estava ali para saudá-la.

Uau, realmente tens um lugar aqui, Exo! disse. Algumas bancadas

de trabalho estavam localizadas na longa e aberta habitação, cada uma montada com uma coleção diferente de instrumentos alquímicos. Um crocodilo de boticário, como aqueles usados nos rituais do Egito Antigo, estava suspenso por finos fios de estanho do telhado.

Meu pai me deu este lugar depois que eu acidentalmente fiz um buraco no meu quarto disse Xander envergonhado. Era usado como estúdio fotográfico, assim que os vizinhos estão acostumados agüentar odores químicos. Também tenho um acesso privado ao telhado, assim posso ir e vir quando quero.

Lilith elevou uma sobrancelha com surpresa. Voas muito?

Xander assentiu. aéreo .

Sou o sub-capitão da minha equipe de combate

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

53

Deveria ter imaginado pela forma em que você enfrentou a gárgula ,

disse assentindo apreciativamente. A propósito, obrigada por me salvar

ontem .

Realmente não fiz muito, a maior parte o fez Kayo .

Kayo?

É o apelido do meu irmão mais velho, Klaus. Ele é o que atacou a gárgula. Aconteceu que eu estava ali para te pegar.

Sim, mas tu foste atrás desta coisa também. Isso é muito valente.

Bom, não podia deixar que meu irmão se enfrentasse a isso sozinho,

não acreditas? . Uma expressão de vergonha cruzou abruptamente a cara de

Xander, como se lembrasse algo importante de repente. Oh, sim. Eu ouvi o que aconteceu a sua mãe. Sinto muito.

Sim, bom. Essas coisas acontecem disse Lilith se encolhendo de

ombros enquanto caminhava até uma das bancadas de trabalho. como o teu

primo me enganando .

Não entendo por que Jules faz coisas como essa

disse Xander

exasperado Você é muito mais bonita que Carmem!

Acreditas de verdade? Lilith colocou suas mãos sobre seu rosto, traçando geometricamente suas feições com as pontas dos dedos. Todos me dizem que sou bela, mas como posso saber que isso é verdade? Já sabes, as pessoas dizem coisas que não significam nada todo o tempo .

Bom, digo a serio cada palavra lhe assegurou Xander.

Ao principio Lilith pensou que estava sendo sarcástico, mas quando olhou em seus claros olhos azuis, pode dizer que era sincero. Obrigada, Exo

disse, se ruborizando ligeiramente. É bom ouvir isso . Ella se deteve um segundo, se dando golpezinhos pensativamente no queixo. te lembra de

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

54

quando te perguntei se era possível criar um meio para permitir aos de nossa classe captar um reflexo?

Claro assentiu. É uma proposta intrigante .

Me alegra que diga isso ela disse com um sorriso. Me diga, Exo, o que você sabe sobre cosméticos?

Cally passeou pelos apartamentos do Barão Metzer, visitando os grifos de ouro 24 quilates do banheiro, os mármores da cozinha e os candelabros de cristal. Havia estado tão oprimida quando chegou que não teve oportunidade para apreciar devidamente a vantagem de viver no Plaza. Que mal que Sheila não estivesse ali para vê-lo.

Cally fechou ou olhos e balançou a cabeça quando o pensamento cruzou sua cabeça. A dor era muito nova, muito crua para tolerá-la mais de um segundo. Tratar com a dor sozinha lhe levaria a chorar. E era a ultima coisa que ela necessitava se ia sobreviver em seu novo mundo.

Enquanto que passeava pelos corredores de volta ao seu quarto, Cally se deu conta de que a porta do escritório do Barão Metzger estava entreaberta. Curiosamente colocou a cabeça, só para comprovar disse a si mesma.

O escritório parecia um estúdio de um cavalheiro vitoriano em seu clube, com muito couro velho e pesados móveis de madeira. Um antigo escritório estava em frente da porta, sua curvada parte superior se elevava para revelar um monitor de computador de tela plana. As paredes da habitação estavam forradas com livros de advogados cheias de armários contendo rolos e manuscritos em escritura chthonic, a língua escrita da raça dos vampiros.

Suspenso sobre o escritório estava o retrato a óleo de um homem que tinha um forte e familiar parecido ao Barão Metzger, vestido no estilo dos princípios do século 17, com o laço borboleta feito a perfeição. Era a classe de

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

55

pintura que esperavas encontrar suspensa num museu, não na casa de alguém.

Cally caminhou até o escritório e pegou uma pilha de papel próxima do computador. Enquanto manuseava entre eles, se deu conta de que as folhas eram fotos dos esboços da coleção de roupas da Maison d’Ombres.

Ainda que os desenhos fossem sólidos, pareciam muito senhoras para o gosto de Cally. Pegou uma folha de pergaminho de um dos armários que revestiam a parte superior do escritório e usando uma pluma que estava sobre o escritório começou a esboçar sua própria versão do mesmo conjunto.

O que estas fazendo no meu escritório?

Cally estava tão surpresa pelo som da voz do Barão Metzger que pulou. Perdida no que estava fazendo, havia esquecido onde estava. Se voltou para encontrar ao seu anfitrião ameaçador, com um olhar agitado.

OH! sinto muito, Barão, só estava dando uma vista e vi estes esboços.

Estava aborrecida, assim que comecei a fazer rabiscos

Poderia vê-los? Perguntou Metzger, estendendo a mão.

Cally submissamente lhe entregou o pergaminho. Sinto muitíssimo se

passei dos limites. Me dou conta de que sou uma convidada nesta casa

As sobrancelhas do Barão se elevaram até desaparecer no começo dos seus cabelos. Nãos e desculpe, querida disse enquanto estudava os esboços de Cally As mudanças que tens feito nestes desenhos são realmente muito inteligentes .

Lhe rogo que me perdoe, Barão disse o mordomo enquanto entrava na habitação.

Sim, Edgar? Disse Metzger O que ocorre?

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

56

O Sr. Mauvais esta aqui para vê-lo. Disse que é um assunto do Sínodo .

Irei agora mesmo, Edgar Metzger pôs a um lado os esboços e fez um sinal para Cally o seguisse.

Anton Mauvais estava de pé no salão, olhando ao Picasso que estava sobre a prateleira do lar. Ao redor de seu pescoço, suspenso, estava o selo do Sínodo: um amuleto que parecia um relógio. Boa tarde, Anton disse Metzger enquanto entrava na habitação. A que devo o prazer de sua visita?

Há uma ronda de averiguações esta tarde dirigida ao assunto de sua

filha disse Mauvais acidamente. Ambos devem vir comigo para a Naos .

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

57

Capítulo 6

Cally olhou ansiosamente em volta enquanto ela e o Barão Metzger eram conduzidos pelo saguão do prédio de escritórios com piso de mármore do Oeste do Central Park. O elevador os levou ao nível mais baixo, enterrado fundo sob as ruas da cidade. Na saída, eles se depararam com um par de não- mortos bem musculosos com submetralhadoras penduradas em seus ombros. As dragonas vermelhas em suas jaquetas de couro marcavam-os como Crimson Guards, o exército privado do Lord Chamberlain.

Cally e o Barão foram guiados por um túnel longo, baixo e feito de tijolos até uma porta de ferro talhada com uma versão maior do amuleto que Mauvais usava em volta de seu pescoço. Elevado em seu centro estava o ideograma chthonic para a palavra sangue fundida em ouro. A porta se abriu com um som agudo. Parado na soleira da porta estava um homem mais velho com uma longa barba e uma estrutura robusta, vestido com um manto escarlate de um arcipreste.

Cumprimentos, chegaram?

Pai

Lazarus,

Mauvais

disse.

Os

outros

Eles estão todos aqui, o arcipreste respondeu, pisando para o lado para permitir a entrada dos recém-chegados.

Eles entraram em uma grande e circular sala com o teto em abóbada a quarenta pés de altura. Este era o Naos, o santuário dedicado aos treze fundadores da raça vampira. Havia doze alcovas nas paredes. Em cada uma havia uma estátua de vinte pés de altura, feitas de ébano. Bem no centro da câmara, posicionada como um relógio do sol permanecia uma estátua

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

58

dedicada ao décimo terceiro e mais poderoso dos Fundadores: Urlok o Terrível, cujos braços com asas estavam abertos como para recepcionar a todos. Ou atacar.

Conde Orlock e Victor Todd, juntamente com um homem que Cally não reconhecia, estavam sentados a uma mesa larga de pedra posicionada em frente a Urlok. Em cada ponta da mesa havia mais Guardas Vermelhos, que olharam para ela como robôs.

Venha até aqui, Metzger é hora de você responder por seus pecados contra o Sangue, o terceiro homem disse assustadoramente.

Seja lá o que o Barão Metzger tenha pecado contra o Sangue ainda

deve que ser determinado, Conde de Laval, Conde Orlock interrompeu. Isso é o que essa comissão de inquérito vai decidir.

Conde de Laval? Você é o pai de Jules? Cally perguntou. Ele foi

meu par no Grande Baile

Não me lembre, ele torceu o nariz.

Francamente, eu não entendo porque você está interessado nesta

investigação, Julian, Victor disse com impaciência. Você deveria estar

agradecendo a esta garota por ser uma heroína, não condenando ela por ser uma ameaça! Ela não apenas salvou minha vida, ela também destruiu com as próprias mãos o maior inimigo de seu povo!

Seu povo? Há! Conde de Laval zombou. Ela não é uma vampira,

Victor!

Ela também não é humana, Conde Orlock apontou. De qualquer

forma, estes argumentos não se tratam do problema principal a ser tratado por

esta comissão. Barão Metzger, por que você descreveu sua filha híbrida como uma criatura de sangue puro no Grande Baile Rauhnacht?

Eu admito minha fraude, mas minha decisão foi feita por orgulho, não

por malícia, Metzger respondeu. Durante toda a vida dela, eu fui forçado a

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

59

negar Cally como minha filha por medo de como minha esposa pudesse reagir. Quando fiquei viúvo, eu fiquei finalmente livre para reivindicar minha filha. Ela é uma garota maravilhosa incrivelmente esperta e talentosa. Sabia que ela começou a desenvolver seu talento de controlar tempestades antes dos doze anos de idade?

Conde Orlock ergueu uma sobrancelha, aparentemente impressionado. Mesmo? Assim jovem?

Eu não me importo se ela pode fazer malabarismo com motosserras

enquanto recita Proust! Conde de Laval resmungou. Você fez chacota de uma de nossas tradições mais estimadas! Barão Metzger alinhou os ombros, recusando intimidar-se. Eu entendo que Puristas assim como você não vêem

valor no sangue humanos a não ser para satisfazer sua cede, mas todos os vampiros tem um pouco de DNA humanos no próprio, não importa quão pouco:

até você, Conde de Laval!

Gostando ou não, humanos não são mais os primatas assustados que nossos ancestrais caçavam. A única esperança para a continuidade da raça vampira está muito ligada aos humanos, não pouco! Estamos sendo pressionados por um aperto ainda maior da tecnologia câmeras estão em

todo lugar! Logo logo seremos mandados de volta às cavernas. O Instituto será

a menor de nossas preocupações então.

Conde de Laval ficou de pé, golpeando o tampo da mesa com seu punho. Heresia!

Os Fundadores eram hereges então? Victor respondeu. Barão

Metzger está certo: nós não existiríamos se os vampiros não tivessem procriado com humanos no passado. Não há nada nos pergaminhos proibindo

o Grande Baile àqueles que têm sangue humano nas veias. Ele só declara que qualquer moça que for apresentada deva ter pelo menos um pai com o Velho Sangue. Cally está dentro dos requisitos.

Eu deveria saber que você tomaria partido de Metzger!

Conde de

Laval cuspiu com desgosto. Você é seu senhor feudal!

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

60

Não há nada que proíba

especificamente os híbridos de participarem do Grande Baile. Por que, eu me

lembro de em 1703 quando um parente de minha primeira esposa apresentou sua filha meio-humana, Grozda, no Grande Baile e Kiev— –

Victor está certo,

Conde Orlock disse.

Seja como for, Conde de Laval rosnou, cortando o Conde Orlock no

meio de sua narrativa, todos nós sabemos o que aconteceu na última vez em que a Mão Sombria se manifestou! Eu digo que é melhor livrar-se dela do que correr o risco de que ela se torne perigosa!

Victor Todd ficou de pé para defender seu ponto de vista. Apesar do que você acredita, Conde de Laval, Cally não é Pieter Van Helsing. Ela não sofreu a mesma crueldade que Pieter nas mãos do povo de seu pai. Ela não nos odeia pelo menos não ainda. Com ela temos a oportunidade que perdemos com Pieter uma segunda chance de pegar o poder da Mão Sombria e fazê-la funcionar para nós e não contra nós. Então nunca mais precisaríamos viver com medo de um ataque humano novamente!

Devo admitir que algumas coisas que você diz me intrigam, Victor,

Conde de Laval disse rancorosamente. Mas eu ainda digo que o risco é muito grande em deixar essa criança viver. Qual é sua opinião, Boris?

Minha família aprendeu a tolice de dar valor à pureza de nosso direito

de sangue acima de tudo, Conde Orlock disse solenemente. Barão Metzger está certo: não há volta para os velhos dias. Continuar a nos prender

não faz nada além de nos diminuir. Ele levantou de sua cadeira e ergueu seus olhos para o teto abobadado. Venha aqui, Klaus. Está tudo bem, filho você pode se mostrar agora.

Cally seguiu o olhar do Conde e viu o que parecia um demônio de histórias infantis no ombro de uma das estátuas, olhando para ela com olhos pretos do tamanho de pires. Ela instintivamente arfou enquanto a criatura abriu as asas, asas como as de morcego em suas costas e desceu de seu poleiro.

O filho mais velho de Conde Orlock estava a sete pés de altura e coberto com uma lisa pele cinza cortada bem rente, com joelhos que se dobravam para

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

61

trás. Diferente das formas aladas tomadas por vampiros normais, Klaus tinha um par de asas em suas costas, colocadas acima de um par de perfeitamente normais e funcionais braços humanos.

Pelos Poderes Negros! Você trouxe essa monstruosidade até aqui? Conde de Laval sibilou indignado.

Você não pode tentar duas coisas diferentes, Julian, Conde Orlock

disse ao seu cunhado. – Você não pode condenar a ‘diluição’ da raça vampira enquanto ao mesmo tempo revela o resultado de uma procriação consangüínea. Ele ergueu sua mão para Klaus, que apressou-se para o lado de seu pai. Conde Orlock sorriu tão afetuosamente como se afagasse seu filho mais velho atrás da orelha. Quando ele nasceu, me disseram para destuí-lo,

assim como ele destruiu minha amada esposa. Eles chamaram ele de aberração, um obstáculo tudo a não ser o que ele é: meu filho.

Eu sei como é ter orgulho de uma criança que os outros injuriam, desejar o melhor para ela, até mesmo quando você sabe que é impossível, Conde Orlock disse, sorrindo para o Barão Metzger. Por causa disso, eu não posso ter coração para condenar você pelo que fez. De fato, se sua filha não estivesse no Grande Baile na outra noite, eu atrevo-me a dizer que os resultados seriam muito piores que estes. Eu também acredito que desperdiçamos uma oportunidade única aqui, uma que não ousamos passar pelo medo. Como Synodista elegido pela Cidade de Nova York, eu proponho que Cally Monture seja liberada na custódia de seu pai, Barão Karl Metzger, e que ela esteja sujeita a monitoramento regular e inspeção pelos oficiais Synod para determinar se ela é uma ameaça à raça vampira.

Obrigado, Sua Excelência, reverência em gratidão.

Barão Metzger disse, fazendo uma

 

Isto é ultrajante!

Conde de Laval explodiu.

Não posso acreditar

no

que

estou

ouvindo!

Vou

apelar

esta decisão

para o próprio Lord

Chamberlain!

Vá em frente e faça isso, Conde Orlock respondeu friamente.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

62

Conde de Laval recolheu-se e marchou para fora do Naos, Enquanto Anton Mauvais se virou para seguir seu senhor, ele olhou furiosamente para o Barão.

Eu não me apegaria muito à pestinha se fosse você, Metzger, murmurou. Isto está longe de acabar.

ele

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

63

Capítulo 7

Está bem, Edgar! Cally berrou por sobre o ombro enquanto se apressava em passar pelo mordomo para responder à campainha. Tendo sido criada sem criadagem, vampira ou não, ela ficava muito mais confortável fazendo isso ela mesma. Eu atendo!

Edgar parou no caminho. Sim, Srta. Cally, ele respondeu antes de voltar para seja lá onde ele tivesse que ir, escondido entre as tarefas domésticas.

Obrigada por vir. Cally sorriu enquanto abria a porta.

Sem problema, Melinda Mauvais disse, olhando em volta enquanto entrava no apartamento. Wow! Casa legal! Mas você não vive em Williamsburg?

Não mais, Cally respondeu vagamente, não querendo entrar em mais detalhes com medo das agitadas emoções que eram melhores escondidas. Eu estou ficando aqui agora.

Meu pai disse algo sobre você sendo trazida antes do Sínodo. É verdade?

De certa forma.

Cally deu de ombros.

Mas tudo correu bem.

Apesar de eu não achar que seu pai goste muito de mim.

Meu pai é um idiota, Melinda respondeu enquanto desabava no

sofá da sala de estar. Depois de chegarmos em casa do Grande Baile, ele

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

64

me deu esse sermão sobre como eu não deveria andar mais com você porque você é meio-humana.

Você não tem medo que ele fique bravo quando descobrir que você ainda é minha amiga? Cally perguntou.

Eu tenho meus próprios pensamentos e vivo minha própria vida, muito

obrigada. Mas você já sabe disso você conheceu meu amigo da Chinatown, lembra? Além do mais, você está preocupada com o vassalo de seu pai

descobrindo sobre as irmãs Maledetto?

Entendo, Cally disse com um sorriso.

Então, o que você quer fazer hoje à noite?

Melinda perguntou.

Poderíamos ir dar uma olhada nesse clube que me falaram.

 

Eu

não

me

sinto

no

clima

pra

clubes

Estava

pensando

se

poderíamos ir ao Sister Midnight’s. –

Eu amo comprar lá! Melinda exclamou, seu rosto se iluminando.

Ela sempre tem os sapatos mais fofos! Você está procurando roupas novas?

Não exatamente, Cally respondeu. Eu quero falar com ela sobre uma linha de roupas que eu desenhei.

Garota, você está brincandocerto? Melinda disse com excitação.

Cally riu, erguendo o cartão

de negócios do Sister Midnight’s. – Ela realmente gostou do vestido de baile

que eu desenhei para o Grande Baile. Vê? Ela me deu isso.

Não, estou sendo totalmente sincera.

Deixe eu ver!

Melinda gritou, arrancando o cartão estampado das

mãos da amiga. Ooohhh! Isso é tão incrível! Não acredito!

Eu só preciso de alguns exemplos para levar comigo,

Cally

explicou.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

65

Apresse-se e pegue algo, então! amiga da sala.

***

Melinda disse, enxotando sua

Diferente de lojas pertencentes e operadas por humanos, que tinham muitas luzes colocadas estrategicamente para expor o melhor, o interior da Sister Midnight’s lembrava um pequeno restaurante romântico. Afinal de contas, a clientela seleta que passeava entre os corredores tinha uma excelente visão noturna.

Cally olhou admirada para a madeira preta brilhante e para o vidro fumê do chão da loja, tentando imaginar uma de suas criações no chique manequim posicionado em frente ao balcão de cosméticos.

Uma vendedora vampira, seu cabelo puxado em um firme coque de acordo com a moda, deu um passo a frente.

– Bem vindas à Sister Midnight’s. –

roupas pendurada no ombro de Cally.

Você tem uma devolução?

Seu olhar caiu sobre a sacola de

Não, eu estou aqui para ver a dona. Ela me deu isso. Cally passou o cartão que havia mostrado a Melinda para a vendedora.

Espere aqui. Vou trazer a senhora.

Não precisaeu já estou aqui, Sister Midnight disse, saindo de trás

de cabides com vestidos de cashmere. Cally, minha querida! ela exclamou, abrindo os braços em acolhida. Eu ouvi sobre como você salvou Victor Todd daquele miserável daquele Christopher Van Helsing! Seu pai deve estar tão orgulhoso de você agora! É uma honra ter você em minha loja!

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

66

Sim, bem, eu me lembrei do que você disse sobre gostar do meu vestido, Cally respondeu, corando com o elogio da senhora mais velha.

Essas são mais algumas de suas criações? Sister Midnight perguntou, tirando a bolsa das mãos de Cally. Acredito que você tenha me trazido algo fabuloso! Venhavamos até meu escritório, vamos?

Minha amiga pode se juntar a nós? mão de Melissa em sua própria.

Cally perguntou, pegando a

Se isso te faz feliz, não vejo por que não.

Sister Midnight rapidamente conduziu as garotas para uma sala no fundo da loja. Ela colocou a bolsa em sua mesa e abriu-a. Enquanto ela inspecionava as roupas, Cally e Melinda olhavam com admiração para a parede com fotografias autografadas por famosos designers e modelos da moda, todos eles assinados para Sis.

Você realmente conheceu Coco Chanel? Cally perguntou.

Seu eu a conheci? Sister Midnight riu. Querida, de onde você

acha que ela pegou a ideia daquele pequeno vestido preto? Quanto a você, jovem senhora, eu gosto muito do grande vestido com um iridescente azul meia-noite que você tem aquiespecialmente o do modo como ele se fica

maior para baixo da cintura. E essa saia de brim com aplicações é absolutamente preciosa! Você fez todo esse bordado a mão? Muito impressionante!

Eu constantemente venho perdendo jovens clientes nos últimos anos

para as butiques e marcas humanas, e eu acho que é simplesmente isso que eu preciso para trazê-los de volta à loja. Você estaria interessada em apresentar sua coleção aqui na butique?

Você quer dizer um desfile de moda? Cally arfou. Um verdadeiro desfile de modas?

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

67

Você vai precisar de pelos menos doze combinações, Midnight a alertou. Isso seria um problema?

Sister

De jeito nenhum!

Cally respondeu, apesar de ela saber que não

tinha nem perto de tantas peças prontas.

Muito bom. Eu ficarei com essas duas peças e farei minhas costureiras ajustarem-nas para que sirvam nas modelos que as vestirão para o desfile. Isso lhe deixará com mais dez. Ela pegou um BlackBerry do bolso de sua jaqueta.

Que tal daqui a duas semanas?

Ótimo! Cally sorriu, tentando não entrar em pânico.

Este será o evento da temporada, minha querida! Sister Midnight

entusiasmou. Quero dizer, você conseguiu um sério trabalho agitado pra você! Matar o líder do Van Helsing Institute? Querida, você não poderia comprar esse tipo de relações públicas mesmo que tentasse!

O sorriso de Cally evaporou.

Você quer dizer, o motivo pelo qual as

pessoas vão estar interessadas em meu desfile é porque eu mateialguém?

– Não apenas ‘alguém’, querida! É como se você tivesse se livrado

daquele cara da Al-Qaeda, as roupas estão tão em desacordo! Éclaro que as pessoas vão querer vir e ver você, Cally! Você é uma heroína!

Mas eu não sou uma heroína, Cally protestou. Eu sou apenas eu.

Quero dizereu quero que eles gostem dos meus modelos pelo que eles são, não pelo que eu fiz.

Sister Midnight disse, envolvendo os

ombros de Cally com um braço. Curiosidade os trará até aqui, eles se apaixonarão pelo seu trabalho, assim como eu.

E eles vão, minha querida!

Você realmente acha isso, Sister Midnight?

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

68

Querida, eu sei disso, chame de Sis.

ela disse de modo tranquilizante.

***

E me

Melinda

balançou a cabeça em admiração. Sister Midnighta Sister Midnightacabou de se oferecer para hospedar sua primeira coleção!

Não posso acreditar no que simplesmente aconteceu!

Sim, eu também não posso acreditar, deslumbrado em seu rosto.

Cally respondeu, um olhar

Mal posso esperar para contar a Bella e Bette!

Não! Cally implorou. Por favor, não.

Melinda franziu o cenho.

Por que você não gostaria que as pessoas

soubessem de uma coisa tão legal quanto essa?

Eu quero que eles saibam, mas não agora, só isso. É só que eu tenho medo que alguma dessas garotas da escola possa tentar estragar tudo pra mim.

Você quer dizer Lilith. Melinda suspirou. Ok, eu prometo que vou

manter isso por debaixo dos panos, mas você tem que me dar algo em troca. Que tal fazer de mim uma das modelos? Por favooooor?

Não vejo por que não. Cally sorriu. Falarei com Sis sobre isso.

Eba!

Melinda aplaudiu com alegria.

celebrar! Vem comigo?

Comprarei algo para

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

69

Obrigada, mas eu vou voltar para o Plaza. Preciso desempacotar

minha máquina de costura o mais rápido possível seu eu preciso de tantos

modelos em duas semanas.

Melinda pegou as mãos de sua amiga e beijou o ar ao lado de suas bochechas. Parabéns, Cally! Estou tão feliz por você!

Obrigada por vir comigo, Melly, Cally disse. Realmente significou

muito.

Sem problemate vejo na escola! Com isso, Melinda se apressou

para procurar um sapato perfeito, com o cartão de crédito latina na mão.

Enquanto Cally entrava no elevador, alguém deu um tapinha em seu ombro. Pensando que era Melinda, ela disse, Qual o problema? Eles não têm nenhum slingback (N. da T.: tipo de sandália que possui tiras para se amarrar ao calcanhar) que sirva em você?

Provavelmente não, Lucky Maledetto respondeu com um sorriso.

O que você está fazendo aqui? Cally exclamou.

Você não precisa ficar tão surpresa em me ver! Sister Midnight tem um departamento masculino, sabe.

Ele riu, erguendo uma bolsa preta brilhante de compras. Eu precisava de algumas gravatas.

Fico feliz em ver você, Cally admitiu.

Fica, é? O sorriso de Lucky ficou ainda maior.

Sim, eu queria agradecê-lo pela outra noite. Eu tive bons momentos antes, uh, você sabe. Fico feliz por ver que está bem.

Sinto o mesmo. Mas você não está muito longe de casa? Você precisa de uma carona de volta para Williamsburg?

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

70

Não, não é necessário,

Cally disse, seu sorriso instável.

morando com meu pai no Plaza agora.

Estou

Mesmo? Lucky ergueu uma sobrancelha com surpresa. O Upper East Side está um grande passo a frente de Williamsburg.

Nem me fale! Ela riu, rolando os olhos.

Quando as portas do elevador se abriram, Lucky estendeu a mão e a segurou pelo cotovelo antes que ela pudesse entrar no salão. Heyvocê já esteve no Central Park?

Eu sei que isso soa idiota, mas acho que quando você é um nativo

Nova Iorquino, você simplesmente não pensa em ir a lugares turísticos como esse, Cally admitiu.

Aposto que você também nunca esteve na Estátua da Liberdade.

Culpada.

Tudo bemeu nunca estive no topo do Empire State Building. Olhe,

nós podemos ficar por aqui e comparar todos os lugares onde nunca estivemos ou eu posso lhe mostrar o parque. O que você prefere?

Eu adoraria! Ver o parque, digo, Cally respondeu.

Lucky disse,

colocando sua mão em volta de seu braço. Venha comigovamos ver um homem sobre um cavalo.

Só tem um jeito de entrar no parque depois de escurecer,

***

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

71

Cally se inclinou para trás, olhando para o céu noturno enquanto a carruagem puxada por cavalos vagarosamente fazia seu caminho pelo parque, seus cascos soando ritmicamente no pavimento preto.

Obrigada por sugerir isso, Lucky. Não posso acreditar que esperei

tanto tempo para vir aqui. Ela suspirou. Esse lugar é incrível!

Sei o que você quer dizer, ele respondeu. Em nenhum outro

lugar da cidade você pode perder completamente o senso de onde está. Se você for longe o bastante para dentro do parque, você consegue até mesmo não ouvir o tráfego ou ver os arranha-céus. É como se você estivesse em seu próprio mundo, a milhares de quilômetros de sua vida normal.

Cally se virou para olhar para ele por um longo momento, estudando seu perfil contra o brilho das luzes dos postes em estilo antigo que acompanhavam o caminho. Posso te pedir uma coisa, Lucky?

Claro. Vá em frente, ele disse, lançando-lhe um sorriso torto.

Por que Victor Todd e seu pai são inimigos?

Lucky balançou sua cabeça. Além do mais, que diferença faz?

Por que você quer saber algo assim?

Porque Vinnie é seu pai e Victor é

Victor é o vassalo de meu pai.

Quero dizer, justamente, não deveríamos nem estar falando um com o outro.

Bem, se você realmente quer saber, a verdade é que Todd e meu pai

não foram sempre inimigos. Na verdade, eles costumavam ser amigos.

Eles eram amigos?

isso?

Cally franziu as sobrancelhas.

Quando foi

Por volta de um século atrás. Como muitos vampiros, Todd imigrou

para New Yourk City em 1918. A Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa o caçaram da Europa até a América. Ele veio para a cidade procurando por um recomeço. Ele e meu pai se deram bem um com o outro, e Todd

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

72

acabou correndo por uma série de botecos. Ele era muito bom nisso também. Ele era um ganhador top no Strega.

Então, há mais ou menos cinquenta anos, Todd teve a ideia do

HemoGlobe. É mais ou menos a mesma coisa que um boteco, exceto que ao invés de vender bebida no bar, ele estava entregando diretamente nas portas mediante um pagamento mensal, assim como o leiteiro.

Meu pai ficou extremamente irado quando descobriu o que Todd

estava fazendo. Quando ele percebeu isso, o verdadeiro banco de sangue interferiu em seus negócios. E já que Todd teve a ideia do HemoGlobe a partir do tráfico ilegal, ele imaginou que Vic devia uma para ele. Mas não foi assim que Todd viu isso, é claro. Então uma coisa levou a outra, assim foi indo, e o

que vem em seguida você sabe, é uma questão de honra e eles são inimigos.

Como você se sente em relação a ele? Todd, quero dizer.

Eu? Eu não tenho nenhum rancor contra Vic, Lucky disse ao dar de

ombros. Não posso culpar um cara por ver um mercado e tomar vantagem da situação. Mas ainda, família é família. Você deve aderir a causa deles, não

importa se isso faz sentido ou não. Você sabe como é.

É, temo que sim. Cally suspirou, aninhando-se mais perto de Lucky

enquanto ele deslizou um forte e reconfortante braço em volta de seus ombros.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

73

Capítulo 8

Tudo bem se eu sentar aqui? Carmen perguntou, parada ao pé da mesa onde Lilith regularmente sentava-se para a refeição da meia-noite.

Vejamos

Lilith levantou os olhos de sua conversa com Armida

Aitken e deu tapinhas em seu queixo como uma exibição exagerada de ponderação. Você esteve de fofoquinha com Jules pelas minhas costas por

quanto tempo? Dois? Três meses? E agora você quer saber se está ‘tudo bem’

se você sentar-se a minha mesa? Hmm. Deixe-me pensar por um instante

Ela parou por um segundo antes de expor suas presas para a ruiva. A resposta é não! Vá procurar sua própria mesa, piranha!

Desanimada, Carmem se virou, e as outras vampiras na mesa todas antigas amigas começaram a falar. Carmem sabia que elas estavam falando coisas más sobre suas roupas, seu cabelo e sua maquiagem, porque era isso que ela faria se estivesse no lugar delas.

Tão nervosa quanto um soldado de infantaria parado em meio a um campo minado, ela olhou em volta para as outras mesas no refeitório Bathory. Durante toda sua carreira acadêmica, ela sempre esteve dentre os ungidos, aqueles considerados populares . Mas agora ela se pegou à deriva no território mais hostil imaginável um colégio preparatório totalmente feminino.

Apesar de suas constantes tentativas de imitar Lilith, indo tão longe a ponto de até mesmo dormir com seu namorado, Carmem simplesmente não era do tipo alfa. Ela não tinha o que precisava para colocar os outros no seu lugar. Ela não foi feita para ficar por si mesma. De fato, o simples pensamento de não estar em uma panelinha a encheu de terror.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

74

A questão que se encontrou encarando era, a qual facção ela poderia se juntar agora que foi expulsa do circulo interno de Lilith? Ou, mais exatamente, quem iria querer aceitar ela? A escolha natural era tentar descobrir uma forma de entrar na panelinha de Cally, que estava se tornando uma verdadeira antagonista em termos de popularidade. Afinal de contas, ela e Melinda já haviam sido amigas próximas, e Melly era a segunda no comando de Cally.

Mas de novo, Melinda foi aquela que contou a Lilith sobre seu envolvimento com Jules. Carmem tinha orgulho demais para ir rastejando para a pessoa responsável por sua queda. Além disso, havia uma chance muito boa de Cally e os gêmeos Maledetto não terem esquecido todas as coisas más que ela disse e fez para eles quando ela estava no topo.

Com isso lhe restavam dois grupos para tentar entrar: as Amazonas e os Nerds. E sendo que ela não era suficientemente atlética para se encaixar entre as Amazonas

Uh

tudo bem se eu sentar aqui?

Annabelle Usher olhou de sua embalagem de O positivo para Carmem. Apesar de ela ser uma das estudantes mais brilhantes nas listas, a franja em frangalhos de Annabelle, sua maquiagem mal aplicada, e o uniforme escolar mal lavado fazia dela um constante alvo de ridicularizaçõesespecialmente da parte de Lilith.

Annabelle estudou Carmem por um momento e então olhou para as outras garotas reunidas em volta da mesa dos nerds, todas que, como ela mesma, tinham sofrido uma vez ou outra com a língua ácida de Carmem e suas observações traiçoeiras. E o que isso é para nós? ela perguntou categoricamente. O que você nos daria em troca por deixar você sentar conosco à mesa?

Carmem piscou com surpresa. Você realmente espera que eu pague pra sentar?

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

75

Hey, foi você que pediu,

Annabelle disse com uma contração de

ombros. Se você não gosta, vá para outro lugar.

Eu tenho um iPod! Carmem respondeu, apressadamente puxando

o aparelho do bolso de seu blazer. Tem touch screen e pode guardar até

7000 músicas!

Deixe-me ver,

Annabelle disse, agarrando o aparelho oferecido.

Ela contemplou o doce digital por um momento e deslizou-o para seu próprio

bolso. Ok. Acho que é bom o suficiente. Por agora. Ela acenou para a cadeira vazia na ponta da mesa. Você pode sentar.

Carmem liberou um suspiro de alívio. Apesar de ser um sério passo para baixo dos Vampiros para os Nerds, pelo menos ela não estava sentada sozinha. Sem a tagarelice dos outros para distraí-la, ela seria forçada a pensar.

***

E isto conclui nossa aula da noite, Madame Mulciber disse para sua

turma de Alquimia Básica. Vocês estão livres para sairoh, exceto por você,

Srta. Todd. Gostaria de vê-la depois da aula.

Franzindo o cenho, Lilith voltou para seu lugar. Mais cedo na noite a turma teve um teste surpresa. Ela estava preocupada que tivesse ido mal no teste. Se sim, isso significava certamente uma suspensão acadêmica.

Depois que os últimos estudantes saíram, Madame Mulciber fez sinal para que Lilith se aproximasse de sua mesa. A professora era alta e esbelta, com uma juba como que trançada pelo vento e vermelha como as chamas que constantemente queimavam sob o grande alambique de cobre no canto da sala de aula.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

76

Dada à sua situação precária, Srta. Todd, eu tomei a liberdade de dar

nota ao seu teste primeiro, a professora de alquimia disse. Parabéns: você

passou.

Você está brincando, certo? Lilith arfou com descrença.

Eu tirei

um A?

Eu não disse isso eu disse que você passou, Madame Mulciber

respondeu. Eu sabia que você podia fazer melhor se simplesmente se esforçasse. Então, sendo que você mostrou uma melhora tão dramática em tão pouco tempo, eu recomendarei à diretora que você seja removida da provação acadêmica.

Então não serei afastada do colégio?

Certo. Madame Mulciber sorriu. Eu sinto que é o mínimo que

posso fazer. Sua mãe, Irina, e eu éramos colegas na St. Petersburg, quando

Czar Alexander II estava no poder. Diga-me, seu pai planeja executar o totetanz na América ou na Velha Nação?

Enquanto Madame Mulciber a observava, educadamente esperando por uma resposta, repentinamente ocorreu a Lilith que ela não tinha a menor ideia do que seu pai estava planejando.

Ele ainda estava trabalhando na logística quando eu saí para a escola, Lilith mentiu enquanto rapidamente anotava alguns números em um pedaço de pergaminho, que ela deu a sua instrutora. Aqui está o número do celular privado do meu pai. Por que você não liga pra ele, explica quem é e vê a localização do totetanz? Oh, e enquanto faz isso, pode dizer a ele que eu saí da provação acadêmica? Tenho certeza de que ele ficará eletrizado com as notícias.

AFTER DARK NANCY A. COLLINS

77

Capítulo 9

Lilith podia apenas conter seu regozijo enquanto se apressava pelas escadas do Belfry, cortando caminho pelas linhas de pontes e túneis dos aspirantes. Havia feito uma curta parada depois da escola para trocar seu uniforme por um vestido preto e magenta da D&G e sandálias de tiras.

Bem vinda de volta, Senhorita Lilith , disse o gorila, movendo-se

para deixá-la passar. Lilith seguiu seu caminho através da abarrotada pista de dança, com a música que saía dos grandes alto-falantes que soavam como o pulsar de um gigante mítico e festeiro.

Enquanto começava a subir as escadas até ao loft reformado que usava como sala VIP. Lilith se surpreendeu ao ver a Sister Midnight abaixando.

Lilith! É você, querida? , exclamou a mulher de negócios.

Sis! Que ótimo voltar a vê-la novamente!