Você está na página 1de 3

Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Art. 12. Compete ao CONTRAN:


I - estabelecer as normas regulamentares referidas neste Código e as diretrizes da
Política Nacional de Trânsito;

II - coordenar os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, objetivando a integração


de suas atividades;

III - (VETADO)

IV - criar Câmaras Temáticas;

V - estabelecer seu regimento interno e as diretrizes para o funcionamento dos


CETRAN e CONTRANDIFE;

VI - estabelecer as diretrizes do regimento das JARI;

VII - zelar pela uniformidade e cumprimento das normas contidas neste Código e nas
resoluções complementares;

VIII - estabelecer e normatizar os procedimentos para a imposição, a arrecadação e


a compensação das multas por infrações cometidas em unidade da Federação
diferente da do licenciamento do veículo;

IX - responder às consultas que lhe forem formuladas, relativas à aplicação da


legislação de trânsito;

X - normatizar os procedimentos sobre a aprendizagem, habilitação, expedição de


documentos de condutores, e registro e licenciamento de veículos;

XI - aprovar, complementar ou alterar os dispositivos de sinalização e os dispositivos


e equipamentos de trânsito;

XII - apreciar os recursos interpostos contra as decisões das instâncias inferiores, na


forma deste Código;

XIII - avocar, para análise e soluções, processos sobre conflitos de competência ou


circunscrição, ou, quando necessário, unificar as decisões administrativas; e

XIV - dirimir conflitos sobre circunscrição e competência de trânsito no âmbito da


União, dos Estados e do Distrito Federal.

___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
____________________

RESOLUÇÕES DO CONTRAN

___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___
DELIBERAÇÕES

___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
____________________

COMPOSIÇÃO

PORTARIAS DE 13 DE FEVEREIRO DE 2008

O MINISTRO DE ESTADO DAS CIDADES, no uso das atribuições que lhe confere o Art 3º- do Decreto
nº - 4.711, de 29 maio de 2003, resolve: Nº- 110 - Revogar a Portaria 231/2005 que constituiu o Conselho
Nacional de Trânsito - CONTRAN, que passará a vigorar com a seguinte composição:

Art. 1º - Será presidido pelo titular do Departamento Nacional de Trânsito, Alfredo Peres da Silva, e
composto pelos seguintes membros:

I - do Ministério das Cidades: Luiz Carlos Bertotto, titular, e Elcione Diniz Macedo, suplente;

II - do Ministério da Ciência e Tecnologia: Guilherme Henrique Pereira, titular, e José Antonio Silvério,
suplente;

III - do Ministério da Educação: Rodrigo Lamego de Teixeira Soares, titular, e Carlos Alberto Ribeiro de
Xavier, suplente;

IV - do Ministério da Defesa: Rui Cesar da Silveira Barbosa, titular, e Salomão Jose de Santana,
suplente;

V - do Ministério do Meio Ambiente: Rudolf de Noronha, titular, e Carlos Alberto Ferreira dos Santos,
suplente;

VI - do Ministério dos Transportes: Edson Dias Gonçalves, titular, e Lucia Maria Mendonça, suplente;

VII - do Ministério da Saúde: Valter Chaves Costa, titular, e Deborah Carvalho Malta, suplente;

VIII - do Ministério da Justiça: Hélio Cardoso Derenne, titular, e Marcelo Paiva do Santos, suplente.

Art. 2º - Fica revogada a Portaria 231, de 20 de junho de 2005, publicada no Diário Oficial da União no-
118, seção 2, pág 38, de 22 de junho de 2005.

______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
____

COORDENAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE TRÂNSITO

DECRETO Nº 4.711, DE 29 DE MAIO DE 2003.


Dispõe sobre a coordenação do Sistema Nacional de Trânsito.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84,
incisos IV e VI, alínea "a", da Constituição, e tendo em vista o disposto nos arts 9o e 10
da Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997,

DECRETA:

Art. 1o Compete ao Ministério das Cidades a coordenação máxima do Sistema Nacional de Trânsito.

Art. 2o O Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN, órgão integrante do Sistema Nacional de Trânsito,
presidido pelo dirigente do Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN, órgão máximo executivo
de trânsito da União, é composto por um representante de cada um dos seguintes Ministérios:

I - da Ciência e Tecnologia;

II - da Educação;

III - da Defesa;

IV - do Meio Ambiente;

V - dos Transportes;

VI - das Cidades; e

VII - da Saúde.

Parágrafo único. Cada membro terá um suplente.

Art. 3o Os representantes e seus suplentes serão indicados pelos titulares dos órgãos representados e
designados pelo Ministro de Estado das Cidades.

Art. 4o O CONTRAN regulamentará o seu funcionamento em regimento interno.

Art. 5o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 6o Fica revogado o Decreto no 2.327, de 23 de setembro de 1997.

Brasília, 29 de maio de 2003; 182o da Independência e 115o da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA


Olívio de Oliveira Dutra

Este texto não substitui o publicado no D.O.U. de 30.5.2003

Art. 3º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MARCIO FORTES DE ALMEIDA