Você está na página 1de 4

Universidade de Brasília Faculdade UnB Gama Laboratório de Eletricidade Aplicada

Aluno(s): Matheus Pereira Gonçalves – 10/0115993 Erismar Arnaldo de Sousa - 110028546 Data de realização do experimento: 18/03/2014

Relatório – Laboratório 1 Bancada Didática

Atividade 1: Lâmpada com interruptor simples

A atividade engloba: - 1 fusível interruptor de corrente simples; - 1 medidor de tensão; - 1 medidor de frequência; - 1 lampada incandescente 60W;

Este circuito é alimentado primeiramente por uma tensão de 220 VAC e em seguida por uma 127 VAC, estas tensões são obtidas pegando a tensão entre fazes e depois entre uma fase e um neutro, respectivamente. Trata-se de um circuito simples basicamente de uma fonte alternada de tensão ligada uma a lâmpada incandescente que pode ser considerada um resistor, pois é um dispositivo que oferece resistência à passagem da corrente, e como consequência disto converte energia elétrica em energia luminosa e térmica. A mudança da alimentação de 220 VAC primeiramente para 127 VAC faz com que a tensão geral do circuito seja reduzida, diminuindo a potência dissipada da lâmpada. Isto é evidenciado pela própria intensidade de luz emitida pela lâmpada, que é menor quando o circuito esta alimentada ao uma tensão de 127 VAC.

Diagrama de montagem da lâmpada com interruptor simples. Valores medidos: 220 VAC (R . logo a corrente que entra na malha das lâmpadas é igual ao somatório das correntes que saem da respectiva malha. Figura 2 . com alimentação de 220V (tensão entre fases). porém as correntes se dividem. há duas lâmpadas de 60W alimentadas em paralelo.Figura 1 . A associação de lâmpadas incandescentes (resistores) em paralelo é caracterizada por ambas as lâmpadas estarem submetidas a uma mesma tensão (diferença de potencial . com alimentação de 127V (tensão entre fases).N) 130V 60Hz Voltímetro Frequencímetro Atividade 2: Cargas em paralelo e serial com interruptor simples No esquemático do circuito elétrico apresentado abaixo pela figura 3.S) 220V 60Hz 127 VAC (R .DDP).Diagrama de montagem da lâmpada com interruptor simples. .

de forma que a qualquer hora ambos os interruptores possam acionar e desligar a lâmpada. e o resultado da resistência equivalente.Associação em paralelo de lâmpadas e interruptor simples Comparando os circuitos das lâmpadas associadas em série e em paralelo notamos que pela uma simples observação que as lâmpadas associadas em paralelo possui um brilho mais intenso do que as lâmpadas associadas em série. Figura 4 . independentemente da posição do outro interruptor. isto é devido a um maior valor de potencia dissipada nas lâmpadas em paralelo. ou seja aquela resistência que é a mesma que a associação de resistores. Este circuito funciona. há duas lâmpadas de 60W associadas em série. Um exemplo de utilização bastante comum são os interruptores que acionam a lâmpada em uma escada. A associação de lâmpadas incandescentes (resistores) em série é caracterizada por ambas as lâmpadas estarem submetidas a mesma corrente elétrica.Figura 3 .Associação em serie de lâmpadas e interruptor simples No esquemático do circuito eletrônico apresentado abaixo pela figura 4. ele é utilizado quando se deseja acionar uma lâmpada ou conjunto de lâmpadas através de dois pontos distintos. Atividade 3: Interruptor Paralelo O circuito esquematizado pela figura 5 é um exemplo de um circuito denominado “threeway”. e dado pelo somatório das resistências. evitando assim que o usuário tenha que retornar a um determinado ponto para desligar ou ligar a lâmpada. .

além de uma terceira. Este circuito semelhante ao circuito da atividade três possui duas chaves especiais de 3 polos. que fica na posição central e que tem seus polos como indicado. Trata-se de uma chave especial reversível que faz a comutação intermediaria das lâmpadas.Figura 5 . Figura 6 .Interruptor paralelo Atividade 4: Interruptor Intermediário Este é um sistema “three-way” que permite usuário acender ou apagar uma lâmpada a partir de três lugares diferentes.Interruptor intermediário .