Você está na página 1de 4

Prática e Modelos da Autoavaliação das BE, DREC - Turma 4, Deolinda Campos _ Tabela, Domínio D.

D. Gestão da BE
D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços
Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos, a
Sucesso Evidências sugeridos integrar no Relatório de Auto-avaliação
D.2.1. Liderança do professor . O professor bibliotecário exerce Auto-avaliação do professor Análise da auto-avaliação do PB, averiguando o nível de
bibliotecário na uma liderança forte e eficaz, bibliotecário (CK3). promoção do trabalho e a comunicação com os órgãos de
escola/agrupamento. promovendo: direcção, administração e gestão , departamentos curriculares e
- O trabalho sistemático e a Actas da equipa da BE demais estruturas de coordenação educativa e supervisão
comunicação com a com os órgãos pedagógica.
de direcção, administração e gestão
(director, conselho pedagógico), Registos que indiquem em que medida o PB desenvolveu a
departamentos curriculares e demais Questionário aos docentes (QD3). gestão funcional da equipa, criando boas relações interpessoais
estruturas de coordenação educativa
e supervisão pedagógica. %... docentes classificou com nível X que o PB acções de
- Uma participação efectiva no sensibilização, para as comunidades educativa e escolar,
conselho pedagógico e demais Registos do trabalho articulado
sobre o valor e sobre o trabalho da/com a BE.
estruturas de coordenação educativa com departamentos e docentes. (actas dos
e supervisão pedagógica, garantindo Departamentos, Conselho de docentes,
Registo de reuniões/actividades em que o PB promoveu o
a integração e adequação dos Conselho Pedagógico)
trabalho articulado com os docentes.
objectivos e actividades da BE aos
objectivos educativos e curriculares
da escola.
- Uma gestão integrada que Registos de projectos/actividades Registo de reuniões/actividades em que o PB participou nas
rentabilize recursos e possibilidades desenvolvidos pela BE. reuniões do conselho pedagógico e demais estruturas de
de trabalho na escola. coordenação educativa e supervisão pedagógica, garantindo a
- Uma boa gestão dos recursos integração e adequação dos objectivos e actividades da BE aos
humanos, criando boas relações objectivos educativos e curriculares da escola.
interpessoais com a equipa.
- A mobilização das comunidades Análise das actividades
educativa e escolar para o valor e O PB promoveu X… actividades de promoção da leitura e
para o trabalho da/com a BE. Nota: Todos os instrumentos de recolha literacias com as escolas do agrupamento.
- O trabalho articulado com os indicados contêm informação passível de
docentes. constituírem evidências relativas aos factores O PB articulou com o projecto do PNL e participou no PTE.
- O apoio e o trabalho com as críticos de sucesso. O cruzamento dessa
BE/escolas do agrupamento, informação pode ajudar quando um O PB promoveu X… actividades culturais que contribuíram
garantindo igualdade de condições instrumento de recolha se revelar pouco fiável. para as aprendizagens dos alunos e para o sucesso escolar.
no acesso aos recursos de informação
e a actividades que facultem o apoio O PB promoveu a implementação da autoavaliação
ao currículo e a formação para as dos serviços.
diferentes literacias.
- O apoio a projectos e a articulação
Prática e Modelos da Autoavaliação das BE, DREC - Turma 4, Deolinda Campos _ Tabela, Domínio D.2

com outros actores com intervenção


pedagógica na escola (PTE, PNEP,
PNL, outros).
- A planificação estratégica e
operacional relacionada com os
resultados da avaliação, com os
objectivos prioritários e o
planeamento da escola.
- A operacionalização de programas
de formação para as literacias e
actividades culturais que contribuam
para as aprendizagens dos alunos e
para o sucesso escolar.
- A implementação da autoavaliação
dos serviços, introduzindo um
processo de melhoria contínua com
impacto no processo de planeamento
e em acções de promoção e
marketing.

Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos, a


Sucesso Evidências sugeridos integrar no Relatório de Auto-avaliação
D.2.2. Adequação dos recursos O professor bibliotecário afecto
humanos às necessidades de possui formação e competências Currículos profissionais dos membros da O PB afecto possui a formação X…, nos termos da legislação
funcionamento da BE na adequadas ao seu conteúdo equipa. vigente.
escola/agrupamento. funcional, nos termos da legislação
vigente. De acordo com os registos: a equipa é (ou não é)
A equipa é pluridisciplinar, pluridisciplinar, adequada em número e possui alguma
adequada em número e possui Horário da equipa. formação e competências adequadas seu conteúdo funcional.
formação e competências
adequadas seu conteúdo funcional. %... docentes classificou com nível X …
O professor bibliotecário e a O PB e a equipa, que integra pessoal não docente, asseguram
equipa, que deve integrar pessoal Questionário aos docentes (QD3). uma gestão integrada e serviços eficazes à escola/agrupamento.
não docente, asseguram uma gestão
integrada e serviços eficazes à %... docentes classificou com nível X que o PB e a equipa
escola/agrupamento. formam os alunos para o uso da BE, para as diferentes
literacias e acompanham-nos em trabalho orientado na BE.
Prática e Modelos da Autoavaliação das BE, DREC - Turma 4, Deolinda Campos _ Tabela, Domínio D.2

O professor bibliotecário e a
equipa têm uma atitude proactiva Questionário aos docentes (QD3). %... docentes classificou com nível X que o PB e a equipa
que: induz comportamentos de induzem comportamentos de acesso e usos de recursos.
acesso e uso dos recursos; garante
uma mediação eficaz entre as
necessidades dos utilizadores e as Registos de projectos/actividades
fontes de informação; promove as desenvolvidos pela BE. Análise dos registos…
possibilidades de trabalho facultadas O PB reúne periodicamente com as BE concelhias e realiza
pela BE. Registos nas actas do grupo concelhio de trabalho de articulação ao nível da gestão da Biblioteca, da
O professor bibliotecário e a Bibliotecas. promoção da leitura e animação cultural.
equipa formam os alunos para o uso
da BE, para as diferentes literacias e
acompanham-nos em trabalho
orientado na BE.
O professor bibliotecário e a
equipa trabalham articuladamente
com outras BE/escolas e com o
exterior.

Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos, a


Sucesso Evidências sugeridos integrar no Relatório de Auto-avaliação
D.2.3. Adequação da BE em A BE reflecte e integra os Análise dos docs. E comparação com os normativos…
termos de espaço às necessidades normativos definidos pelo ME/RBE. Documentos caracterizadores da BE (planta, A BE reflecte e integra os normativos definidos pelo ME/RBE.
da escola/agrupamento. A BE disponibiliza condições de equipamentos, outros).
espaço capazes de responder, no
seu funcionamento, às solicitações Registos de observação do funcionamento. As condições de espaço da BE respondem, no seu
da comunidade escolar e a uma funcionamento, às solicitações da comunidade escolar e a uma
utilização diversificada. utilização diversificada.
A organização do espaço e dos Questionário aos docentes (QD3).
recursos permite uma utilização %... docentes/alunos classificaram com nível X área, a
integrada e flexível e o trabalho organização do espaço e dos recursos permite uma utilização
individual e em grupo. Questionário aos alunos (QA4) integrada e flexível e o trabalho individual e em grupo.
O mobiliário é adequado em
termos de ergonomia, quantidade, %... docentes/alunos classificaram com nível X o mobiliário
cor, altura à faixa etária e adequado e cómodo.
necessidades dos alunos,
proporcionando boas condições de
acomodação e o acesso livre dos
utilizadores à documentação.
Prática e Modelos da Autoavaliação das BE, DREC - Turma 4, Deolinda Campos _ Tabela, Domínio D.2

Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Recolha de Evidências extraídas dos Instrumentos, a


Sucesso Evidências sugeridos integrar no Relatório de Auto-avaliação
D.2.4. Adequação dos Os equipamentos são suficientes
computadores e equipamentos para as necessidades locais e para
tecnológicos ao trabalho da BE e responder aos serviços de biblioteca Inventário de equipamentos existente. Avaliar a relação do número de computadores e equipamentos
dos utilizadores na que a BE realiza no agrupamento. áudiovisuais por utilizadores.
escola/agrupamento. Os equipamentos respondem em
actualidade, adequação e
funcionalidade aos desafios que o Questionário aos docentes (QD3).
paradigma actual coloca e ao trabalho Resultados dos questionários QD3 no que respeita à adequação
e uso da documentação em diferentes dos computadores e equipamentos tecnológicos ao trabalho
suportes. da BE e dos utilizadores na escola/agrupamento.
Os equipamentos de leitura Questionário aos alunos (QA4).
áudio/Mp3 e vídeo/ DVD são
adequados em número e condições
de funcionamento às necessidades
dos utilizadores.
O número de computadores
responde à procura e às solicitações
da escola/agrupamento.
O hardware está actualizado e o
software responde às exigências das
solicitações.
O professor bibliotecário
rentabiliza possibilidades de
afectação de recursos e de trabalho
no contexto do desenvolvimento do
PTE ou de outros projectos na área
das TIC.
A BE funciona em rede (Intranet e
Internet) e explora as potencialidades
que as redes facultam.
A BE recorre a diferentes tipos de
ferramentas: WEB, plataformas
(LMS) ou outros dispositivos da
WEB2, para incentivar o diálogo e
desenvolver processos formativos ou
criativos com os utilizadores e com o
agrupamento.