Você está na página 1de 25

Ortotraumatologia

O Fracturas

O Complicações
mais
frequentes
Tempo de consolidação da
fractura
Local de fractura Nº de Semanas
Úmero: Supracondilianas 8
Diáfise 8 -12
Proximal 3 -8
Rádio e Cúbito 10 -12
Escafóide 10
Pelvis 6
Fémur: Colo do fémur 24
Trocantérica 10 -12
Diáfise 18
Supracondiliana 12-15
Tíbia: Côndilo tibial 8 -10
Diáfise 14 -20
Tornozelo 6
Factores que condicionam
a consolidação

O idade
O tipo de fractura

O zona de fractura

O estado nutricional

O técnica de redução
Complicações mais
frequentes das fracturas
O Locais O Gerais
O infecção O neurológicas
O consolidação O vasculares
retardada
O não consolidação
O embolia gorda
O consolidação
viciosa
O encurtamento
O lesões articulares
Complicações Locais
Infecção

Maior risco em fracturas fechadas


Fracturas fechadas (risco operatório

Agentes Antibioterapia Específica


Staphylococus

Prevenção
TAC
TAM
Consolidação retardada
O ETIOLOGIA
O irrigação sanguínea diminuída
O fracturas cominutivas
O interposição de tecido mole
O perda de aposição entre fragmentos
O destruição óssea
O TRATAMENTO

O conservador(6 meses)
O cirúrgico (enxerto ósseo, fixação interna)
Não consolidação
O Etiologia
O As mesmas da consolidação retardada
O Fracturas não consolidadas mais comuns
O terço médio do úmero
O colo do fémur no idoso
O terço inferior da tíbia
O Tratamento
O enxerto ósseo autógeno
O substituição dos fragmentos por próteses
(fractura subcapital do colo do fémur)
Necrose Avascular
O Etiologia
O corte do fluxo sanguíneo ao osso ou
a sua porção
O Diagnóstico
O imagiológico
O Prognóstico
O por vezes favorável na criança
O osteoartrose da articulação
Necrose Avascular
O Zonas mais frequentes

O cabeça do fémur
O luxação coxo-femural

O metade proximal do escafóide

O corpo do talus
Consolidação Viciosa
(consolidação em posição incorrecta)

O Tratamento

O não necessita em
incapacidade
insignificante

O correcção cirúrgica
Encurtamento
O Etiologia
O consolidação viciosa
O esmagamento ou perda óssea
O interferência com cartilagem epifisária em
crescimento
O Tratamento
O até 2cm não é significativo
O situações mais graves:
O ajuste no calçado

O correcção cirúrgica
Lesões articulares

O Osteoartrose
O Rigidez articular:

O ossificação pós-traumática

O aderências intra e
periarticulares
Osteoartrose
O Etiologia
O rugosidades das superfícies articulares
O necrose avascular
O alterações biomecânicas por consolidação
viciosa
O Articulações mais atingidas:
O anca, joelho

Tratamento
O

O artroplastia

O osteotomia
Rigidez Articular
Ossificação pós-traumática

O Etiologia
O hemartrose não absorvido

O Articulações mais envolvidas


O cotovelo; membros inferiores
O Tratamento
O imobilização gessada
O cirurgia com resultados duvidosos
O exercícios activos leves
Aderências intra e
periarticulares

Etiologia
O

O hemartrose com formação de


aderências fibrosas nas
membranas sinoviais

O Tratamento
O exercícios activos prolongados

O cirurgia
Complicações Gerais

Neurológicas
O

(segundo Seddon)

O neuropraxia
O axonotmesis
O neurotmesis
Zonas lesadas com mais
frequência
O Cervical / torácica ¿lesão medular ou
raiz
O luxação do ombro ¿nervo circunflexo
O # do úmero ¿nervo radial
O # do epicôndilo ¿nervo cubital
O coluna lombar ¿cauda equina
O luxação da anca ou ¿nervo ciático
# do acetábulo
O # da tíbia e perónio ¿nervo tibial e
peroneal
Complicações
vasculares

O Compressão
O distensão
O desinserção
O secção
Complicações da compressão
arterial

O Aneurisma
traumático
O supressão do fluxo
sanguíneo
O gangrena
O paralisia nervosa
O contractura
isquémica de
volkman
Contractura Isquémica de
Volkmann

O Localização
O músculos flexores do antebraço e perna

O Sinais e sintomas
O dor intensa do antebraço e mão
O dor á extensão passiva dos dedos da
mão
O edema e cianose da mão e dedos
O alteração da mobilidade dos dedos
Contractura Isquémica de
Volkmann

O Etiologia

O compressão da artéria umeral e radial


O gessos apertados
O lesão da artéria umeral nas #s
supracondilianas
O músculos flexores do antebraço e perna
O lesão da artéria radial nas #s do 1/3
superior dos ossos do braço
Contractura Isquémica de
Volkmann

O Consequências
O alterações isquémicas graves musculares
O alterações isquémicas de troncos
nervosos
O tecido muscular substituído por tecido
fibrótico
O Tardiamente

O contracção do punho e dedos em flexão


O paralisia motora e sensibilidade abolida do
antebraço e mão
Tromboembolismo

O Localização
O membros inferiores (+)
O Sintomas
O rigidez e dormência da região poplítea
O sinal de homan
O Diagnóstico
O avaliação dos pulsos dos M.Inferiores
Tromboembolismo

O Prevenção

O ligaduras elásticas nos membros inferiores

O elevação dos pés da cama cerca de 20cm


levante precoce

O exercícios activos e passivos

O cinesiterapia respiratória
Embolia gorda
(é uma das mais sérias complicações)

O Zonas + afectadas O Sintomas


O pulmão
O cérebro
O confusão mental
O tonturas; coma
O Diagnóstico
O dispneia com cianose
O quadro clínico
O dor pré-cordial
O gasometria
O tosse
O petéquias no tórax,
O Tratamento
região axilar, anterior e
O heparinoterapia
conjuntivas
O oxigenoterapia