Você está na página 1de 38
Nilo Instrumentação & Controle Dr. Segundo Dr. S. Nilo Nilo Mestanza Mestanza Muñoz Muñoz Outubro 2014
Nilo
Instrumentação
& Controle
Dr. Segundo Dr. S. Nilo Nilo Mestanza Mestanza Muñoz Muñoz
Outubro 2014
Dispositivos, Instrumentação & NAno-MAterias
(Lab-DINAMA)
Nilo
Nilo

10/10/2014

Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nanodispositivos Microdisco Microelipse Microestadio Vdd Transistor Select Transistor Materiais semicondutores. reset Transistor source follower fotônicos &

Nanodispositivos

Microdisco Microelipse Microestadio Vdd Transistor Select Transistor Materiais semicondutores. reset Transistor source follower fotônicos & eletrônicos.
Microdisco
Microelipse
Microestadio
Vdd
Transistor
Select
Transistor
Materiais semicondutores.
reset
Transistor
source follower
fotônicos & eletrônicos.
Photodiode
60m
semicondutores (Si e Ge)
0.6
de partículas metálicas
1.0
1.0
0.4
0.5
24 mA
0.2
0.5
25
mA
0.0
26 mA
0.0
970
980
990
1000
1010
1020
960
970
980
990
1000
1010
0.0
0.6
0.4
960
970
980
990
1000
1010
1.0
Nilo
0.2
1.0
23
mA
0.0
Nilo
0.5
970
980
990
1000
1010
1020
0.5
16
mA
0.6
24 mA
0.4
0.0
0.0
0.2
960
970
980
990
1000
1010
20 mA
960
970
980
990
1000
1010
0.0
1.0
1.0
970
980
990
1000
1010
1020
0.6
0.4
0.5
0.5
14
mA
0.2
20 mA
18
mA
0.0
0.0
0.0
970
980
990
1000
1010
1020
960
970
980
990
1000
1010
960
970
980
990
1000
1010
wavelength,
l
(nm)
wavelength,
l
(nm)
wavelength,
l
(nm)

  • Fabricação de Micro/nanodispositivos:

Dispositivos

Dispositivos

Imagem de pads 100m x100m

Sínteses e caracterização de nanoestruturas

Eletrônicos Fotônicos

  • Plasmônica

Nanodispositivos Microdisco Microelipse Microestadio Vdd Transistor Select Transistor Materiais semicondutores. reset Transistor source follower fotônicos &

10/10/2014

Nilo Nilo Nilo Nanopartículas Au Nilo Nanopartículas SiO2 Nilo Nanoshells Au R Io T Nilo h
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo Nanopartículas Au
Nilo
Nanopartículas Au
Nilo Nanopartículas SiO2
Nilo
Nanopartículas SiO2
Nilo
Nilo

Nanoshells Au

R Io T Nilo h h Aplicações biomédicas
R
Io
T
Nilo
h
h
Aplicações biomédicas
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Superfície da célula Anticorpo Receptor Nilo Nilo NP Fe3O4 Camada biopolimero Nilo Anticorpo Tumor (Exp 1)
Superfície da célula Anticorpo Receptor Nilo Nilo
Superfície da célula
Anticorpo
Receptor
Nilo
Nilo
Superfície da célula Anticorpo Receptor Nilo Nilo NP Fe3O4 Camada biopolimero Nilo Anticorpo Tumor (Exp 1)

NP Fe3O4

Camada biopolimero

Nilo
Nilo

Anticorpo

(a) Tumor (Exp 1)

Superfície da célula Anticorpo Receptor Nilo Nilo NP Fe3O4 Camada biopolimero Nilo Anticorpo Tumor (Exp 1)
Nanopartículas de oxido de ferro:
Nanopartículas de oxido de ferro:

Nilo
Nilo
Nilo Nilo
Nilo
Nilo
Nilo Nilo Projeto, fabricação e aplicação de impressoras 3D:  Nilo Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Projeto, fabricação e aplicação de impressoras 3D:
Projeto, fabricação e aplicação de impressoras 3D:

Nilo
Nilo
Nilo Nilo Projeto, fabricação e aplicação de impressoras 3D:  Nilo Nilo

Nilo

 Miguel Nicolelis: Nilo Nilo
Miguel Nicolelis:
Nilo
Nilo
 Miguel Nicolelis: Nilo Nilo Nilo
Nilo
Nilo
Nilo  DINAMA: Nilo Nilo Nilo
Nilo  DINAMA: Nilo Nilo Nilo

Nilo

 DINAMA: Nilo Nilo Nilo
DINAMA:
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
 Platão “Ninguém entra aqui se não sabe”
Platão
“Ninguém entra aqui se não sabe”
Nilo  Platão “Ninguém entra aqui se não sabe”  Femec.  Eletromagn. Nilo  FUV
Nilo  Platão “Ninguém entra aqui se não sabe”  Femec.  Eletromagn. Nilo  FUV
  • Femec.

  • Eletromagn.

Nilo
Nilo
  • FUV

Nilo
Nilo
  • Gea.

 Uma prova (P), no dia 22/10 , com questões dissertativas dos tópicos abordados nas Unidades;
 Uma prova (P), no dia 22/10 , com questões dissertativas dos tópicos abordados nas Unidades;
  • Uma prova (P), no dia 22/10, com questões dissertativas dos tópicos abordados nas Unidades;

Não tem prova substitutiva;
Não tem prova substitutiva;

  • Trabalho experimental (T):

  • Construção de um Galvanômetro

    • Montagem do experimento.

    • Defensa do experimento.

Nilo
Nilo
  • Paper, sobre o trabalho experimental.

Nossa!
Nossa!
  • Nota final (M):

Observação:

M = 0,8xP+0,2xT

A nota final (M), não é arredondada.

Paper  Titulo  Objetivo  Fundamento Teórico  Modelo  Previsão Nilo  Procedimento 

Paper

  • Titulo

  • Objetivo

  • Fundamento Teórico

  • Modelo

  • Previsão

Nilo
Nilo
  • Procedimento

  • Resultados e Discussões

  • Conclusões

  • Referências

Nilo
Nilo
Que entendemos por Instrumentação??  É uma ciência que estuda técnicas de:  Medição; Nilo 
Que entendemos por Instrumentação??
Que entendemos por
Instrumentação??
  • É uma ciência que estuda técnicas de:

    • Medição;

Nilo
Nilo
  • Métodos aplicados aos instrumentos;

  • Registro de processos de fabricação;

Nilo
Nilo
  • Controle de processos de fabricação;

  • Qual que é o objetivo da instrumentação?

Utilizando técnicas e instrumentos apropriados:

  • Otimizar a eficiência de processos!

 A utilização de instrumentos que nos permite?  Incrementar e controlar a qualidade do produto;
  • A utilização de instrumentos que nos permite?

    • Incrementar e controlar a qualidade do produto;

    • Aumentar a produção;

    • Obter dados, como:

Nilo
Nilo
 A utilização de instrumentos que nos permite?  Incrementar e controlar a qualidade do produto;
  • Matéria prima;

  • Quantidade produzida;

 A utilização de instrumentos que nos permite?  Incrementar e controlar a qualidade do produto;
  • Custos do processo.

 Historia da Instrumentação  DINAMA
 Historia da Instrumentação
Historia da Instrumentação
 DINAMA
DINAMA
Nilo Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
 Relógios solares:  Os Egípcios mediram as horas do dia, usando um relógio de sol;
  • Relógios solares:

  • Os Egípcios mediram as horas do dia, usando um relógio de sol;

  • Os primeiros cronometristas, descobriram que as horas são mais curtas no inverno que no verão.

Desvantagens:
Desvantagens:
  • O relógio de sol depende do próprio sol para contar o tempo;

  • O relógio de sol somente pode ser usado no dia.

Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
 Relógios de agua:  Os Gregos mediram o tempo observando o excesso de agua de
  • Relógios de agua:

 Relógios de agua:  Os Gregos mediram o tempo observando o excesso de agua de
 Os Gregos mediram o tempo observando o excesso de agua de um recipiente;  Eram
Os Gregos mediram o tempo observando o
excesso de agua de um recipiente;
Eram formado por dois recipientes, onde
agua do recipiente superior caia para um
inferior;
Nilo
A agua recolhida gera um dispositivo
flutuante que aciona o ponteiro para marcar
a hora;
Nilo
A vantagem sobre os relógios solares, é que

também funcionavam na noite;

 Relógios de sol (XVI AC)  Relógios de água (Egito e Babilônia)  Relógios de
  • Relógios de sol (XVI AC)

  • Relógios de água (Egito e Babilônia)

  • Relógios de areia (ampulhetas)

  • Galileu comparou o ritmo de seu pulso com a oscilações do candelabro da catedral de Pisa. Usou a ideia inversa, o pendulo para medir o pulso (Pulsometro).

Clepsidra (relógio pinga-pinga) Século 15 aC
Clepsidra
(relógio pinga-pinga)
Século 15 aC
 Relógios de sol (XVI AC)  Relógios de água (Egito e Babilônia)  Relógios de
Nilo Nilo Nilo  Osciladores de quartzo Nilo  Relógio atômico   = 32.768 Hz
Nilo
Nilo
Nilo Nilo Nilo  Osciladores de quartzo Nilo  Relógio atômico   = 32.768 Hz
Nilo Nilo Nilo  Osciladores de quartzo Nilo  Relógio atômico   = 32.768 Hz
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo Nilo Nilo  Osciladores de quartzo Nilo  Relógio atômico   = 32.768 Hz
  • Osciladores de quartzo

Nilo Nilo Nilo  Osciladores de quartzo Nilo  Relógio atômico   = 32.768 Hz
Nilo
Nilo
  • Relógio atômico

Nilo Nilo Nilo  Osciladores de quartzo Nilo  Relógio atômico   = 32.768 Hz
  • = 32.768 Hz

  • T= 31 µs

  • 1s=9.192.631.770 períodos da transição hiperfina 133 Cs

 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com

Ao longo da historia as

 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com

unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com as necessidades dos povos.

 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com
 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com
 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com
Nilo
Nilo
 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com
  • Muitas dessas medidas eram realizadas baseadas em partes do corpo.

 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com
 Ao longo da historia as unidades de medida eram criadas e adaptadas de acordo com
Nilo
Nilo
 Unidades de medida baseadas no corpo humano: Nilo Nilo  Diagrama de unidades de comprimento
  • Unidades de medida baseadas no corpo humano:

Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
 Unidades de medida baseadas no corpo humano: Nilo Nilo  Diagrama de unidades de comprimento
  • Diagrama de unidades de

comprimento (nativos Alaska)

  • Escultura grega de relevo, usando a extensão da mão e do pé.

  • Definindo o côvado e

palma.

Nilo Nilo  Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm  Um côvado = 28
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
  • Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm

Nilo Nilo  Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm  Um côvado = 28
  • Um côvado = 28 dedos

Nilo Nilo  Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm  Um côvado = 28
  • Um côvado = 7palmas

Nilo Nilo  Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm  Um côvado = 28
  • Uma palma = 4dedos

Nilo Nilo  Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm  Um côvado = 28
Nilo
Nilo
  • Um pé = 4palmas

Nilo Nilo  Um côvado ~ 18 polegadas ~ 45 cm  Um côvado = 28
Nilo  O côvado foi usado pelos egípcios na construção das pirâmides (2750 A.C)  O
Nilo
Nilo
  • O côvado foi usado pelos egípcios na construção das pirâmides (2750 A.C)

  • O erro médio no comprimento dos

lados da pirâmide de Khufu em Gizeh

foi entorno ~ 1,5 mm.

Nilo
Nilo
Nilo Nilo
Nilo Nilo
Nilo
Nilo
Curiosidades:   Pés - Antigamente, um pé correspondia a onze polegadas e meia. Hoje, a
Curiosidades:
Curiosidades:
Curiosidades:   Pés - Antigamente, um pé correspondia a onze polegadas e meia. Hoje, a

Pés - Antigamente, um pé correspondia a onze polegadas e meia. Hoje, a medida é de doze polegadas.

Curiosidades:   Pés - Antigamente, um pé correspondia a onze polegadas e meia. Hoje, a

Palmo - A medida atual se obtém com a mão toda aberta, em torno de 22 centímetros.

Curiosidades:   Pés - Antigamente, um pé correspondia a onze polegadas e meia. Hoje, a

Polegada - era a largura do polegar de um homem. No século XVI, o rei Eduardo I, da Inglaterra, estabeleceu que a polegada

correspondesse a três grãos de cevada.

Curiosidades:   Pés - Antigamente, um pé correspondia a onze polegadas e meia. Hoje, a

Jarda - A Jarda era originalmente a medida do cinturão masculino, que recebia esse nome. No século XII, o rei Henrique I, da Inglaterra, fixou a jarda como a distância entre seu nariz e o polegar de seu braço estendido.

• 1889, the 1 CGPM definiu o protótipo do Kilograma como uma peça de Platina Irídio

1889, the 1 st CGPM definiu o protótipo do Kilograma como uma

peça de Platina Irídio colocada no IBWM.

Pergunta, Qual deve ser o lado do cilindro de raio R com volume fixo, que tem menor área?

 Este sistema surgiu pela primeira vez na França, durante a revolução francesa, devido à existência
 Este sistema surgiu pela primeira vez na França, durante a revolução francesa, devido à existência
Este sistema surgiu pela primeira vez na França,
durante a revolução francesa, devido à existência
de diversos padrões de medida;
Este sistema usa como base o sistema decimal (base 10);
Nilo
Nilo

É comum utilizar prefixos para representar unidades maiores ou menores;

Este sistema usa grandezas com as seguintes unidades como base:

  • Comprimento.- metro;

Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
  • Volume.- litro;

    • Peso.- grama.

 Desde 1960 foi reconhecido o sistema SI como sistema métrico padrão, para todas as nações
  • Desde 1960 foi reconhecido o sistema SI como sistema métrico padrão, para todas as nações do mundo com exceção de Mianmar, Libéria e USA;

  • Dentro de seus objetivos encontra-se:

    • Ter uma única unidade para cada quantidade Física;

Nilo
Nilo
  • Evitar a necessidade de fatores de conversão;

Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
  • Múltiplos e submúltiplos estão relacionados com a unidade fundamental por potencias de dez .

Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
Nilo
 Algumas equações dimensionais, derivam de unidades básicas.  Grandeza Física  Unidades Comprimento metro Tempo
  • Algumas equações dimensionais, derivam de unidades básicas.

 Grandeza Física  Unidades Comprimento metro Tempo Nilo segundo Massa quilograma
Grandeza Física
Unidades
Comprimento
metro
Tempo
Nilo
segundo
Massa
quilograma
 Eq. dimensional L Nilo T M
Eq. dimensional
L
Nilo
T
M
  • Exemplo: Determine a equação

dimensional da velocidade?

v

s

t

 Algumas equações dimensionais, derivam de unidades básicas.  Grandeza Física  Unidades Comprimento metro Tempo

v

L

T

Nilo
Nilo

E k

1

2

mV

2

 Algumas equações dimensionais, derivam de unidades básicas.  Grandeza Física  Unidades Comprimento metro Tempo

E

k

  • 1 M .   L  

  • 2

T

2

 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de
 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de
 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de
  • Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de A? a) M

    • 2

F A.x

2

Nilo
Nilo
  • Dois estudantes de física resolvendo certo problema chegaram à expressão final:

A) F = 2(m 1 + m 2 ) vt 2

2(m 1 + m 2 ) vt -1

 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de
  • B) F =

 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de
 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de
 Na expressão abaixo, F é a força e x comprimento. Calcule a formula dimensional de

Sabendo que F é força, m 1 e m 2 são massas, v velocidade e t tempo. Determine qual que é a expressão certa.

 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
  • Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo. Qual devera ser a equação dimensional das variáveis e ? Identifique o tipo de grandezas físicas! a e b são constantes adimensionais.

 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
i ( a    . . x b . . t ) f (
i
(
a
  
.
.
x
b
.
.
t
)
f
(
x t
, ) 
e
Nilo
 Na expressão abaixo, f é uma função dependente das variáveis x comprimento e t tempo.
 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k

 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k
 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k
 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k

Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k representa uma constante adimensional. Qual deve ser o valor do expoente n para que a expressão seja fisicamente correta?

 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k
 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k
 Na expressão abaixo, x representa uma distância, v uma velocidade, a uma aceleração, e k
n v x  k Nilo a
n
v
x
k
Nilo
a

Num movimento oscilatório, a abscissa (x) da partícula é dada em função do tempo (t) por
Num movimento oscilatório, a abscissa (x) da partícula é dada em função do tempo (t)
por x = A + B cos (CT), onde A, B e C são parâmetros constantes não nulos. Escreva as
fórmulas dimensionais de A, B e C. em função das dimensões fundamentais M , L e T .
Nilo
Nilo
Obrigado!

Obrigado!