Você está na página 1de 38

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio SIMULADO SOLDADO DA PMERJ 1º PARTE PORTUGUÊS – GEOGRAFIA – HISTÓRIA -

SIMULADO SOLDADO DA PMERJ

www.facebook.com/profrafaeleugenio SIMULADO SOLDADO DA PMERJ 1º PARTE PORTUGUÊS – GEOGRAFIA – HISTÓRIA -

1º PARTE PORTUGUÊS GEOGRAFIA HISTÓRIA - INFORMÁTICA

1

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 2

2

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 3

3

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 4

4

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 5

5

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 6

6

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 7

7

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 8

8

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 9

9

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio GEOGRAFIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 61- Subúrbio Lá não tem brisa Não tem

GEOGRAFIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

61-

Subúrbio Lá não tem brisa Não tem verde-azuis Não tem frescura nem atrevimento Lá não figura no mapa No avesso da montanha, é Labirinto É contra-senha, é a cara a tapa Fala, Penha Fala, Irajá Fala, Olaria Fala, Acari, Vigário Geral ( Desbanca a outra A tal que abusa De ser tão maravilhosa.

)

A letra de Chico Buarque revela um Rio de Janeiro marcado pelos contrastes entre a Zona Sul e os subúrbios.

Marque a alternativa que caracteriza respectivamente um processo socioespacial que ocorre nessas duas áreas nos dias atuais e que demonstra um elemento característico do espaço suburbano presente desde o início do século XX.

10

www.facebook.com/profrafaeleugenio

A) favelização - maior nível de verticalização

B) estratégias de auto-segregação (condomínios fechados) - menor nível de verticalização

C) formação de subcentros planejados (shopping centers) - territorialização pelo tráfico

D) rodoviarismo/vias congestionadas - formação de subcentros espontâneos

62-

congestionadas - formação de subcentros espontâneos 62- O professor Rafael Eugenio comprou um avião novo e

O professor Rafael Eugenio comprou um avião novo e gostaria de testá-lo, para isso partirá do ponto A até chegar ao ponto B, nessa viagem ele passará por 4 regiões, 1,2,3,4, marque na alternativa a sequência correta com os números e as regiões correspondentes:

Região 1( )

Região 2 ( )

Região 3 (

)

Região 4 ( )

A) IV-II-VI-III

B) V-II-I-III

C) V-II-I-III

D) IV-II-I-III

63- O Estado do Rio de Janeiro passa atualmente por um processo de interiorização de seu parque industrial, antes concentrado na capital, que começa a se especializar em outras atividades. A desconcentração industrial da cidade do Rio de Janeiro está ocorrendo porque os custos de produção ficaram

muito elevados na metrópole fluminense, o que vem estimulando as indústrias a buscarem custos mais baixos no interior do Estado, incentivadas por políticas públicas estaduais e municipais.

Marque a alternativa que indica incorretamente uma região do Estado que esteja sendo beneficiada por esse processo e seu correspondente setor industrial em expansão.

11

www.facebook.com/profrafaeleugenio

A) Médio Vale do Paraíba - metal-mecânico / automobilístico / siderúrgico

B) Serrana - têxtil / indústria alimentícia / software

C) Costa Verde - siderurgia / indústria naval

D) Periferia da Região Metropolitana - pólo gás-químico / indústria de transformação / Extração de Petróleo

64-

indústria de transformação / Extração de Petróleo 64- Marque a Alternativa Correta: A)Norte Fluminense – Polo

Marque a Alternativa Correta:

A)Norte Fluminense Polo gás-químico, Médio Paraíba Agropecuária. Fatores: concentração das principais indústrias, dos serviços especializados e dos órgãos da administração pública federal e concentração de boa parte da infra-estrutura do Estado.

B)Norte Fluminense Polo gás-químico, Médio Paraíba Indústria de base. Fatores: convergência das vias de transporte e pouca expressividade das atividades agropecuárias no interior do antigo Estado do Rio de Janeiro,

C)Norte Fluminense Refino de petróleo, Médio Paraíba - Pólo metal-mecânico. Fatores: concentração de grande parte do mercado consumidor do Estado e convergência das vias de transporte

D)Norte Fluminense Extração de petróleo Médio Paraíba Pólo-metal-mecânico. Fatores: concentração de grande parte do mercado consumidor do Estado e pouca expressividade das atividades agropecuárias no interior do antigo Estado do Rio de Janeiro, desde a marcha do café, acentuando o contraste econômico entre capital e interior.

12

www.facebook.com/profrafaeleugenio

65- Búzios está à venda e a leva quem der mais ao correr do martelo. A favelização tomou conta do bairro Cem Braças, na entrada da cidade, as barracas de lona se espalham pelo bairro da Rasa, a Serra das Emergências está sendo invadida por posseiros.

("Jornal do Brasil", 12/05/2002)

Esse cenário de crise urbana parece indicar que os graves problemas sociais não se limitam mais às metrópoles brasileiras. O caso de Búzios, que é uma cidade turística e de veraneio, possui inúmeras semelhanças com o de qualquer grande cidade.

Duas semelhanças entre Búzios e uma grande cidade brasileira estão apontadas na seguinte alternativa:

a) restrição legal do espaço edificável - investimentos em loteamentos populares

b) chegada crescente de migrantes - políticas municipais de estímulo ao êxodo rural

c) mercantilização do solo urbano - segregação dos menos favorecidos em áreas desvalorizadas

d) ocupação agrícola desordenada - aglomeração da população de baixa renda na orla marítima

66-

ENTREVISTA COM X., DE 17 ANOS

Você não pensa que pode morrer ou não ver seu filho crescer?

Não penso no amanhã. Hoje eu posso usar um cordão, um relógio e dar uma moral ao meu filho.

Quanto você ganha por mês?

(

)

Garanto que é bem mais do que se eu estivesse ralando das 8h às 17h, a troco de uma cesta básica.

pensou em ter profissão?

Quando eu era menor queria ser da Aeronáutica. O que eu quero agora é ser um gerente de tráfico. É o meu sonho. Sou respeitado aqui, carrego uma pistola 45 na cintura. Lá fora [da favela] não sou nada. Virar trabalhador para ser esculachado? Jamais!

(Adaptado de "O Globo", 22/04/2002)

O entrevistado estabelece uma oposição entre o que imagina ser a vida de um trabalhador regular e as vantagens

que obtém atuando na ilegalidade. Faz parte dessa oposição a sua referência ao mundo "lá fora", onde ele "não seria nada".

Esses dois mundos, apontados na entrevista, que coexistem na cidade do Rio de Janeiro, podem ser explicados, historicamente, por uma série de processos, tais como:

a) descentralização das desigualdades sociais no espaço da cidade - privatização indiscriminada das empresas

estatais, como no setor agrícola - consumismo acentuado das elites

13

www.facebook.com/profrafaeleugenio

b) esvaziamento de investimentos governamentais nas áreas ocupadas pelas camadas médias - degradação de

serviços públicos, como o de saúde - diminuição da concentração de renda

c) decadência das políticas de desenvolvimento na área central da metrópole - redução da presença do Estado

em áreas carentes, como as favelas - eliminação de investimentos para o transporte público

d) desigualdade na distribuição espacial das benfeitorias urbanas pelo poder público - crise aguda dos serviços

públicos associados à ascensão social, como o da educação - queda geral do nível salarial

67-

como o da educação - queda geral do nível salarial 67- Com base na análise da

Com base na análise da imagem acima em todas alternativas temos argumentos corretos sobre o processo de favelização na região indicada, Exceto:

A) proximidade de bairros com grande oferta de emprego no setor de comércio e serviços que exigem baixa

qualificação.

B) localização entre o mar e o Maciço da Tijuca , em área cuja topografia acidentada dificulta a incorporação ao

mercado imobiliário formal.

C) precariedade dos meios de transporte de massa na cidade, estimulando longos movimentos Pendulares.

D) condescendência das autoridades públicas com a expansão das favelas em virtude do manancial de votos que esses

espaços populares representam.

E) acompanhamento do crescimento demográfico metropolitano.

14

www.facebook.com/profrafaeleugenio

www.facebook.com/profrafaeleugenio 68- A proximidade entre o mar e a montanha, característica do sítio da cidade do

68-

A proximidade entre o mar e a montanha, característica do sítio da cidade do Rio de Janeiro, produz belezas cênicas que encantam os cariocas e os viajantes. No entanto, essa proximidade é igualmente responsável por diversos problemas urbanos, enfrentados há tempos pelos habitantes do Rio.

Todas as alternativas representam respectivamente um custo que o sítio da cidade impõe à circulação e um risco ambiental que os moradores do Rio de Janeiro estão expostos, exceto:

A) a necessidade de construção de túneis, vias elevadas e obras semelhantes, que são investimentos de alto

custo. deslizamento de terras nas encostas.

B) os constantes congestionamentos de tráfego produzidos pelo número reduzido de opções de circulação em

muitas partes da cidade, que estão imprensadas entre mar e montanha ou ocupam vales estreitos. enchentes nas partes baixas da cidade.

C) a necessidade de construção de túneis, vias elevadas e obras semelhantes, que são investimentos de alto

custo. queimadas da vegetação que ocorrem com frequência e põe em risco as áreas centrais da cidade. D)dificuldade na construção de vias urbanas devido à natureza geográfica riscos para moradores que residem em área de encosta.

– riscos para moradores que residem em área de encosta. 69- A Zona Portuária do Rio

69-

A Zona Portuária do Rio de Janeiro vem recebendo muitos investimentos públicos e privados com o objetivo de promover sua renovação física e funcional. Considerando a charge, a nova dinâmica espacial pode ter a seguinte consequência sobre o processo de urbanização nessa região da metrópole carioca:

(A)

mudança do perfil social

(B) degradação do setor comercial

(C)

aumento da atividade industrial

(D) redução da acessibilidade viária

15

www.facebook.com/profrafaeleugenio

70-

www.facebook.com/profrafaeleugenio 70- As agressões ambientais à Baía da Guanabara, de 1500 até os dias de hoje,

As agressões ambientais à Baía da Guanabara, de 1500 até os dias de hoje, têm acarretado sérios danos a seus ecossistemas, como representado nos mapas.

A partir da análise das transformações observadas nos manguezais todas as alternativas correspondem a benefícios gerados pela preservação dos manguezais, Exceto:

A) proteção das áreas de reprodução de várias espécies marinhas.

B) equilíbrio do sistema hidrológico que articula rios e baía.

C) retenção de metais pesados.

D) proteção das áreas ribeirinhas contra as enchentes.

E) assoreamento da Baía pela retenção de sedimentos.

71-

Porto Maravilha: um sonho que virou realidade “O Brasil vem apresentando um crescimento consistente nos últimos anos. O Rio de Janeiro dá claros sinais de uma nova dinâmica econômica, impulsionada pelos grandes eventos que vão ocorrer na cidade nos próximos anos. A Operação Urbana Porto Maravilha está preparando a Região Portuária, há muitos anos relegada a segundo plano, para integrar este processo de desenvolvimento.”

Em todas alternativas temos impactos positivos que o projeto Porto Maravilha pretende trazer ao município do Rio de Janeiro, Exceto.

A) Aumento da população de 22 mil para 100 mil habitantes em 10 anos.

B) Diminuição da permeabilidade do solo

C) Redução da poluição do ar e sonora, com a retirada da Perimetral e a redução do transporte pesado na região.

D) Aumento na capacidade de fluxo de tráfego na região.

16

www.facebook.com/profrafaeleugenio

72-

Figura 3: Pirâmide Etária: Estado do Rio de Janeiro: 2000/2010

3: Pirâmide Etária: Estado do Rio de Janeiro: 2000/2010 Fonte: Censos Demográficos de 2000 e 2010.

Fonte: Censos Demográficos de 2000 e 2010.

Analisando a Pirâmide Etária do Estado do Rio de Janeiro acima, podemos concluir que:

A) A porcentagem de idosos tem diminuído nos últimos anos.

B) A porcentagem de mulheres na faixa de 20 a 24 anos aumentou no período de 2000 à 2010.

C) A porcentagem de homens na faixa de 40 a 44 anos praticamente não sofreu alteração no período de 2000 à 2010.

D) Pode-se concluir que a expectativa de vida da população do Estado do Rio de Janeiro está diminuindo.

73- A NOVA APOSTA DO SETOR IMOBILIÁRIO

A venda, em menos de duas horas, dos 688 apartamentos do Cores da Lapa, em pleno coração do Rio, mostra o acerto da aposta num bairro até há pouco tempo esvaziado economicamente e há três décadas sem um único grande lançamento imobiliário. Os mais céticos duvidavam do sucesso de um condomínio de classe média, encravado na Rua do Riachuelo, onde funcionava uma antiga fábrica da Antárctica.

(Adaptado de Jornal do Brasil, 12/11/ 2005)

Os textos acima abordam o atual processo de reabilitação de áreas urbanas que se encontravam decadentes em várias cidades do mundo, inclusive no Rio de Janeiro.

Uma causa e uma das conseqüências que se pode esperar desse processo são, respectivamente:

(A) reativação das funções urbanas para a população de média e alta renda expulsão da população de baixa renda pela valorização do solo urbano

17

www.facebook.com/profrafaeleugenio

(B) especulação imobiliária ligada ao setor financeiro - descentralização dos serviços ligados ao lazer e à

cultura pela reordenação dos critérios de construção

(C) construção de elevados e vias de ligação da Área Central aos bairros residenciais redução da densidade da

ocupação do solo urbano pelo novo código de obras

(D) remoção das atividades terciárias para os subcentros comerciais - elevação dos índices de crescimento da

população dos bairros centrais pela reurbanização das áreas de periferia

74- A violência no Brasil mata mais do que a guerra na Colômbia. O custo do aparato de segurança, de proteção privada e das perdas econômicas chega a 7% do PIB. Só com turismo o Brasil poderia estar recolhendo US$ 7 bilhões em divisas, mas recebe menos turistas do que o Uruguai. A violência também é um problema econômico, além de ser uma tragédia social.

(LEITÃO, Míriam. "O Globo", 15/08/2003.)

O modelo carioca de segregação social combina distância social com proximidade física. Você tem um espaço muito

polarizado nas áreas nobres (

em função dessa proximidade entre ricos e pobres. ( social.( ) (RIBEIRO, Luiz Cesar. "O Globo", 28/04/2001.)

Os textos apontam a gravidade da questão da segurança em grandes cidades como o Rio de Janeiro. Com base nessas leituras, pode-se dizer que a violência tem como desdobramento:

a) o retraimento da economia, ampliando sua terceirização

b) a intensificação dos conflitos espaciais, promovendo a polarização política

c) a instabilidade do quadro sócio-econômico, enfraquecendo a identidade coletiva

d) a degradação de antigos espaços produtivos, reduzindo a disponibilidade de mão-de-obra

).

Isso cria possibilidade de uma interação social entre grupos (

)

Toda essa violência (

)

).

O Rio é o que é muito

está cortando um pouco essa mistura

75-

social entre grupos ( ) Toda essa violência ( ) ). O Rio é o que

18

www.facebook.com/profrafaeleugenio

76-

AS ENCHENTES

As chuvaradas de verão, quase todos os anos, causam no nosso Rio de Janeiro inundações desastrosas.

Além da suspensão total do tráfego, com uma prejudicial interrupção das comunicações entre os vários pontos

da cidade, essas inundações causam desastres pessoais lamentáveis (

).

O Rio de Janeiro, da avenida, dos squares, dos freios elétricos, não pode estar à mercê de chuvaradas, mais ou menos violentas, para viver a sua vida integral.

Não sei nada de engenharia, mas, pelo que me dizem os entendidos, o problema não é tão difícil de resolver (

Infelizmente, porém, nos preocupamos muito com os aspectos externos, ( nos problemas de nossa vida urbana, econômica, financeira e social.

("Vida Urbana", 19/01/1915)

)

e não com o que há de essencial

(BARRETO, Lima. Crônicas escolhidas. São Paulo: Ática, 1995.)

Lima Barreto é considerado um cronista perspicaz da sociedade carioca do início do século XX. O trecho acima

apresenta o problema das enchentes, que até hoje tumultua a vida dos cariocas. Dentre as diversas causas apresentadas para a recorrência das enchentes na cidade do Rio de Janeiro, as duas especialmente ressaltadas por Lima Barreto são:

a) ocupação desordenada e ineficiência das comunicações

b) sítio escarpado da cidade e problemas com a engenharia

c) falta de desenvolvimento tecnológico e traçado colonial da cidade

d) ênfase no embelezamento urbano e precariedade da infra-estrutura

77-

tecnológico e traçado colonial da cidade d) ênfase no embelezamento urbano e precariedade da infra-estrutura 77-

19

www.facebook.com/profrafaeleugenio

78-

www.facebook.com/profrafaeleugenio 78- (CAMPOS, A. et alii. (org.). "Atlas da exclusão social no Brasil". São

(CAMPOS, A. et alii. (org.). "Atlas da exclusão social no Brasil". São Paulo: Cortez, 2003.)

Os mapas acima refletem o seguinte processo relativo à organização interna da metrópole carioca:

a) segregação socioespacial

b) descentralização industrial

d) formação de uma hierarquia urbana

c) constituição da rede urbana

79- Considerando a Bandeira do Estado do Rio de Janeiro abaixo marque a alternativa Incorreta.

do Rio de Janeiro abaixo marque a alternativa Incorreta. A) Tem-se a silhueta da Serra dos

A) Tem-se a silhueta da Serra dos Órgãos, localizada na região serrana, dentro do escudo de formato Oval.

B) A Baixada Fluminense é representada pela cor verde presente dentro do escudo.

C) Como apoios, uma haste de milho e um ramo de cafeeiro frutado, de cor natural, colocados, respectivamente, à direita e à esquerda do escudo, representando os principais produtos da terra.

D) O escudo é circundado por uma corda de ouro, simbolizando a união dos fluminenses.

20

www.facebook.com/profrafaeleugenio

80- Considere as seguintes afirmativas:

I-Segundo a divisão do PIB do Estado do Rio de Janeiro por setores econômicos a indústria ocupa o segundo lugar em importância e, além disso, o setor de agropecuária teve maior recrudescimento nos últimos anos.

II- O município de São João de Meriti tem maior valor de Densidade demográfica Hab./ Km² que o município do Rio de Janeiro e Duque de Caxias possuem somados.

III- A Pecuária leiteira e de corte são atividades importantes na região Noroeste Fluminense.

IV- A região Norte Fluminense é conhecida pelas suas grandes plantações de cana-de-açúcar, atividade que tem a maior importância na economia da região.

V- O Sul Fluminense tem sua economia baseada na indústria metal-mecânica, automotiva, metalúrgica, siderúrgica, cimenteira, alimentícia e energética (usinas termoelétricas, termonucleares e hidrelétricas, nas atividades agropecuárias (destacando-se a criação de gado leiteiro),a produção de hortifrutigranjeiros e no comércio varejista.

Marque a alternativa onde temos as afirmativas corretas:

A) I,II,III

B) II, III, V C) I,III,V

D) II,III,IV,V

HISTÓRIA DO BRASIL

81-A estrutura econômica implantada por Portugal, no Brasil-Colônia, existente no século XVII, tinha como base:

[A] pequenas propriedades distribuídas a portugueses natos, destinadas à produção de subsistência, para garantir a posse da terra.

[B] pequenas propriedades com policultura de alimentos necessários na Europa, como trigo e carne, utilizando

mão-de-obra indígena escrava.

[C]

grandes propriedades com monocultura de produtos tropicais, de alto valor na Europa, como o açúcar.

[D]

grandes propriedades com monocultura de produtos tropicais, utilizando mão-de-obra indígena no sistema

de parceria.

[E] grandes propriedades com policultura de produtos tropicais voltados para o mercado interno, utilizando

mão-de-obra assalariada.

82- “No final do século XVIII, começaram a ocorrer movimentos de emancipação política no Brasil-Colônia, como a Inconfidência Mineira e a Conjuração Baiana” (COSTA; MELLO, 2006). Contribuiu(íram) para o surgimento desses movimentos

[A] as idéias dos padres jesuítas, que defendiam a igualdade entre brasileiros e portugueses, e o liberalismo

econômico colocado em prática pelo Marquês de Pombal, a partir de 1750.

[B] os ideais do Iluminismo e a reação ao aumento da opressão econômica de Portugal sobre o Brasil,

representados pela taxação severa sobre o ouro das “Gerais” e a proibição de manufaturas.

21

www.facebook.com/profrafaeleugenio

[C]

as rebeliões de escravos, que eram apoiados pelos homens livres pobres da colônia.

[D]

as guerras que aconteciam neste momento na Europa, que enfraqueciam o governo português.

[E]

o decidido apoio americano a estes movimentos, em armas e dinheiro, após o término da guerra de

Independência dos Estados Unidos.

83- A Confederação do Equador, proclamada em 2 de julho de 1824, por Manuel de Carvalho,

[A] contou com a adesão dos estados da atual região Norte do Brasil.

[B]

adotava provisoriamente a Constituição dos Estados Unidos da América.

[C]

mostrava-se sintonizada com o poder central, representado por D. Pedro.

[D]

defendia a instituição de uma monarquia constitucional.

[E]

buscava a organização de um governo representativo e republicano.

84- “De 1831 a 1840, o Brasil vivenciou um período (

instalou-se um clima de grande instabilidade que propiciou a irrupção de conflitos em inúmeros pontos do país.”

(KOSHIBA; PEREIRA, 2003)

)

em que diferentes grupos disputavam o poder. Como resultado,

A cabanagem foi um dos conflitos ocorrido nesse período.

Assinale a alternativa que corresponde a tal conflito.

[A]

Ocorreu no atual estado do Rio Grande do Sul, liderado pelos criadores de gado das fronteiras como Uruguai.

[B]

Foi planejado e contava com participantes que haviam tido experiências anteriores de combates na África, e

objetivava promover a independência de Salvador e do Recôncavo Baiano.

[C] Foi um movimento conduzido por camadas populares do atual estado do Pará, que viviam marginalizadas na Região

Amazônica.

[D] Foi uma rebelião contra o poder central, ocorrida na Bahia, e que contava com a camada média da sociedade

baiana.

[E] Ocorreu no atual estado do Maranhão e foi conduzida por um grupo de vaqueiros que visava combater os privilégios

dos cidadãos de origem portuguesa e o absolutismo de D. Pedro.

85-

de vaqueiros que visava combater os privilégios dos cidadãos de origem portuguesa e o absolutismo de

22

www.facebook.com/profrafaeleugenio

86- “A primeira medida tomada pelo regente D. João, ao chegar ao Brasil, foi decretar a abertura dos portos brasileiros às nações amigas.” (SILVA, 1992)

Tal fato

[A]

significava, na prática, o fim do pacto colonial.

[B]

prejudicava a Inglaterra, que passaria a sofrer concorrência de outros países no comércio com o Brasil.

[C]

contrariava, num primeiro momento, os interesses dos comerciantes brasileiros.

[D]

beneficiava a França, favorecida pela redução das tarifas alfandegárias nas relações bilaterais.

[E]

criava condições igualitárias, quanto à tributação alfandegária, no comércio com Portugal e com todas as demais

nações.

87- O Vale do Paraíba, no século XIX, passou a ter importância decisiva no Brasil, porque:

A - a pecuária se desenvolveu ao longo do seu curso, penetrando no norte de São Paulo;

B - as cidades da região de Valença, Vassouras, entre outras, iniciaram a revolução industrial no Brasil;

C - o escoamento das riquezas do Centro-Oeste brasileiro se fez através de seus portos, como Parati, Ubatuba e

São Sebastião;

D - o cultivo do café se tornou o estabilizador da economia do Império;

E - o sistema de dominação dos senhores rurais foi anulado graças ao trabalho pioneiro de introdução de

imigrantes europeus na região.

88- Relacione as colunas levando em consideração informações sobre o Brasil Colônia.

1. Exploração do Pau-brasil

2. Exploração do Açúcar

3. Extração do Ouro

(

) ação litorânea envolvendo a mão-de-obra indígena

(

) aguçou o interesse holandês no Brasil, propiciando a invasão batava no Nordeste

(

) produção vinculada à existência de latifúndios

( ) deslocou o eixo de atenção do Nordeste para o Sudeste e estimulou atividades econômicas em outras regiões do país

( ) a organização visava à monocultura para exportação Assinale a seqüência correta da 2.a coluna:

A -

B -

C -

3 .

2 . 2 .

2 .

1

1

.

.

2 . 2 . 3

3 .

2 . 3 . 2

1

3 .

D 1

-

2 .

.

2 .

3 .

2

E 3 .

- 3 .

1

.

2 . 2

89- Considere os seguintes itens:

I. decadência da aristocracia tradicional;

II. aspirações das diferentes camadas sociais que exigiam mudanças significativas;

III. instituição do padroado e do beneplácito, que agradou aos diversos setores do clero; IV. falta de consciência política do Exército, que se transformou em aliado do Imperador;

V. aparecimento de uma aristocracia cafeeira mais dinâmica, moderna, rica e poderosa.

A crise do Império se deve a uma série de fatores que, interagindo, levaram a mudanças do regime.

23

www.facebook.com/profrafaeleugenio

Assinale a alternativa que reúne corretamente esses fatores:

A - I, II e V.

B - I, III e IV.

C - I, III e V.

D - II, III e IV.

E - II, IV e V.

90- A primeira geração de proletários brasileiros convivera, nas fábricas e nas cidades, com trabalhadores escravos durante várias décadas. Este fato caracteriza toda a fase inicial do processo de formação do proletariado como classe no Brasil.

(FOOT, F.; LEONARDI, V. História da indústria e do trabalho no Brasil. São Paulo: Global, 1982, p. 111.)

Assinale a opção que se refere incorretamente à questão focalizada pelo texto na segunda metade do século

XIX:

A - Os trabalhadores nacionais, tidos como preguiçosos, deviam ser controlados pelo aparato policial e judicial.

B - O regime escravista propiciava a formação de ideologias que valorizavam o trabalho manual, considerado honroso

para o homem e fonte da riqueza nacional.

C - A política de repressão à vadiagem era direcionada, principalmente, ao liberto, a ser reeducado numa nova ética do

trabalho.

D - A imagem ideal do trabalhador era representada pelo estrangeiro, portador em potencial da civilização e da

modernização do país.

E - Entre as primeiras categorias de proletários brasileiros, formados no século XIX, encontravam-se os ferroviários, estivadores, portuários e têxteis.

91- Analise a imagem a seguir.

91- Analise a imagem a seguir. O pintor francês João Batista Debret, que viveu no Brasil

O pintor francês João Batista Debret, que viveu no Brasil entre 1816 e 1831, registrou, como cronista e ilustrador, a vida do Rio de Janeiro colonial. Na imagem em destaque, que retrata o passeio de uma família abastada, estão registrados alguns elementos da diferenciação social no país. Com base na imagem e nos conhecimentos sobre escravismo no Brasil, considere as afirmativas a seguir.

I. A freqüente integração dos escravos negros às famílias de brancos abastados garantiu, após a abolição da escravidão, um melhor posicionamento dos libertos na economia urbana, como mão-de-obra qualificada. II. Após a Independência, o escravismo continuou sendo a base do sistema produtivo, embora a estruturação do Estado Nacional tenha fortalecido a burocracia estatal e a camada de profissionais liberais urbanos.

24

www.facebook.com/profrafaeleugenio

III.

Com a iminência do fim do escravismo, a implantação de pequenas e médias propriedades converteu-se na

preocupação fundamental tanto dos homens públicos quanto dos fazendeiros.

IV.

A interdição das terras somada à inserção de um número crescente de imigrantes estrangeiros na economia

brasileira foram fundamentais no processo de marginalização dos escravos libertos.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e IV.

b) II e III.

c) II e IV.

d) I, II e III.

e) I, III, e IV.

92- Considerando a permanência da Família Real no Brasil entre 1808 e 1821, é correto afirmar, em relação ao processo de Independência do Brasil e à formação do Estado Nacional, que:

I)

as elites econômicas e políticas pretendiam, mais que a emancipação política da metrópole portuguesa, a

extinção do sistema escravista brasileiro. II) foi o resultado de um arranjo político que perpetuou a monarquia, assim como os antigos privilégios dos latifundiários escravocratas. III) as elites brasileiras, sobretudo do Nordeste, e próprio príncipe regente, buscaram o apoio das camadas médias urbanas e das camadas pobres rurais para legitimar a emancipação política de Portugal.

Analise as proposições anteriores e assinale:

a) se apenas a proposição I estiver correta.

b) se apenas a proposição II estiver correta.

c) se apenas a proposição III estiver correta.

d) se as proposições I e II estiverem corretas.

e) se as proposições II e III estiverem corretas.

93- Leia os textos a seguir, reflita e responda.

Após a Independência política do Brasil, em 1822, era necessário organizar o novo Estado, fazendo leis e regulamentando a administração por meio de uma Constituição. Para tanto, reuniu-se em maio de 1823, uma

Assembléia Constituinte composta por 90 deputados pertencentes à aristocracia rural.(

)

Na abertura dos

trabalhos, o Imperador D. Pedro I revelou sua posição autoritária, comprometendo-se a defender a futura Constituição desde que ela fosse digna do Brasil e dele próprio.

VICENTINO, C; DORIGO, G. "História Geral do Brasil." São Paulo: Scipione, 2001.

A Independência política do Brasil, em 1822, foi cercada de divergências, entre elas, o desagrado do Imperador com a possibilidade, prevista no projeto constitucional, de o seu poder vir a ser limitado, o que resultou no fechamento da Constituinte em novembro de 1823. Uma comissão, então, foi nomeada por D. Pedro I para elaborar um novo projeto constitucional, outorgado por este imperador, em 25 de março de 1824.

Em relação à Constituição Imperial, de 1824, é correto afirmar que nela

 

25

 

www.facebook.com/profrafaeleugenio

a) foi consagrada a extinção do tráfico de escravos, devido à pressão da sociedade liberal do Rio de Janeiro.

b) foi introduzido o sufrágio universal, somente para os homens maiores de 18 anos e alfabetizados, mantendo a

exigência do voto secreto.

c)

foi abolido o padroado, assegurando ampla liberdade religiosa a todos os brasileiros natos, limitando os

cultos religiosos aos seus templos.

d)

o poder moderador era atribuição exclusiva do Imperador, conferindo a ele, proeminência sobre os demais

poderes.

e)

o poder executivo seria exercido pelos ministros de Estado, tendo estes total controle sobre o poder

moderador.

 
 

94-

(TEIXEIRA, Francisco M. P. "Brasil História e Sociedade". São Paulo: Ática, 2000. p.162.)

O quadro Independência ou Morte, de Pedro Américo, concluído em 1888, é uma representação do 7 de setembro de 1822, quando o Brasil rompeu com Portugal. Essa representação enaltece o fato e enfatiza a bravura do herói D. Pedro, ocultando que

a) o fim do pacto colonial, decretado na Conjuração Baiana, conduziu à ruptura entre o Brasil e Portugal.

b) o processo de emancipação política iniciara com a instalação da Corte portuguesa no Brasil e que as medidas

de D. João puseram fim ao monopólio metropolitano.

c) o Brasil continuara a ser uma extensão política e administrativa de Portugal, mesmo depois do 7 de setembro.

d) a Abertura dos Portos e a Revolução Pernambucana se constituíram nos únicos momentos decisivos da

separação Brasil-Portugal.

e)

a separação estava consumada, o processo estava completo, visto que havia, em todo o Brasil, uma forte

adesão militar, popular e escravista à emancipação.

95- Associe os fatos político-militares do Primeiro Reinado e da Regência brasileira a seguir, com suas localizações:

 

Coluna A

1 - Balaiada

2 - Cabanagem

3 - Ato Adicional

 

4 - Sabinada

 

26

 

www.facebook.com/profrafaeleugenio

5 - Confederação do Equador

 

Coluna B

I - Pará

II

- Bahia

III - Maranhão

IV - Pernambuco

V

- Rio de Janeiro

Escolha a alternativa que tem a associação correta:

a) 1 - III; 2 - I; 3 - V; 4 - II; 5 - IV;

b) 1 - II; 2 - V; 3 - II; 4 - I; 5 - V;

c) 1 - III; 2 - II; 3 - V; 4 - IV; 5 - I;

d) 1 - IV; 2 - I; 3 - V; 4 - III; 5 - II;

e) 1 - V; 2 - III; 3 - IV; 4 - II; 5 - I;

96- Nos campos político e econômico, durante o Segundo Reinado (1840-1889) ocorreram:

a)

a dissolução da Assembléia Constituinte e o crescente endividamento e dependência em relação à Grã-

Bretanha.

b) o fracasso das medidas recolonizadoras das Cortes portuguesas e o desenvolvimento de ferrovias.

c) a instabilidade política devido às várias agitações e rebeliões sociais e à expansão das indústrias.

d) a consolidação do poder do imperador e dos interesses da elite agrária e o progresso graças aos lucros do

 

café.

e)

o não-exercício do Poder Moderador sob o parlamentarismo e o sucesso da imigração com o sistema de

parceria.

97- Antes da Lei Áurea (1888), vieram outras leis que preparavam o caminho para a abolição da escravidão no Brasil, notadamente a Lei do Ventre Livre (1871) e a Lei dos Sexagenários(1885). Quando a liberdade chegou, muitas províncias já não contavam mais com escravos, sendo que estes estavam concentrados nas províncias de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, principalmente. Sobre o fim da escravidão no Brasil, é incorreto afirmar que:

a)

não foi acompanhada de uma integração do negro na sociedade brasileira, já que a libertação não foi

complementada por nenhuma medida social de impacto, como a doação de terras a ex-escravos.

b)

provocou impactos políticos, já que minou uma das últimas bases de sustentação do Império, os fazendeiros

escravistas.

c)

provocou a desestruturação da plantação em algumas áreas já decadentes, como o Vale do Paraíba

fluminense.

d)

inibiu o projeto de imigração européia, já que os libertos eram tidos como mão -de-obra preferencial dos

fazendeiros e industriais brasileiros.

e)

acabou provocando um aumento no contingente republicano, com o adesismo de escravistas ressentidos aos

partidos republicanos que militavam nas províncias.

 

27

www.facebook.com/profrafaeleugenio

98-

www.facebook.com/profrafaeleugenio 98- 99- 100- 28

99-

www.facebook.com/profrafaeleugenio 98- 99- 100- 28
www.facebook.com/profrafaeleugenio 98- 99- 100- 28

100-

www.facebook.com/profrafaeleugenio 98- 99- 100- 28
www.facebook.com/profrafaeleugenio 98- 99- 100- 28

28

www.facebook.com/profrafaeleugenio

101- A internet é uma importante ferramenta para usuários e empresas. A esse respeito, no que se refere às empresas, é correto afirmar que o canal de comunicação externo que permite aos usuários interagirem com a empresa (normalmente parceiros, fornecedores e vendedores) é denominado

a) extranet. b) LAN.

c) MAN.

d) WAN.

e) intranet.

102-A web contém milhões de sites e bilhões de páginas. Estas páginas são conectadas através de:

a) tabelas.

b) portasUSB.

c) guias.

d) hyperlinks.

e) URLs

103- Os dispositivos que têm como principal função controlar o tráfego na Internet são denominados

a) switches.

104-

b) comutadores.

c) roteadores.

d) firewalls.

e) web servers.

A World Wide Web, www ou simplesmente Web é um

a) conjunto de protocolos HTTP.

b) sinônimo de Internet.

c) sistema de hipertexto.

d) web browser para interagir com páginas web.

e) servidor web responsável por aceitar e responder os pedidos HTTP.

105-

responsável por aceitar e responder os pedidos HTTP. 105- I. O acesso sem fio à Internet

I. O acesso sem fio à Internet e Intranets está crescendo à medida que surgem mais instrumentos de informação capazes de operar em rede. Telefones inteligentes, pagers, PDAs e outros dispositivos portáteis de comunicação tornam-se clientes nas redes sem fios.

29

www.facebook.com/profrafaeleugenio

II. O uso de redes sem fio tem crescido rapidamente à medida que novas tecnologias de alta velocidade são implementadas, como a Wi-Fi, que pode ser mais barata que o padrão Ethernet e diversas outras tecnologias LAN com fios.

III. Com as Intranets, a comunicação interna nas empresas ganha mais agilidade, dinamismo, integra e

aproxima seus colaboradores, independente da localização de cada um. Agiliza a disseminação de informações, visando à integração inter e intrade- partamental. ,

IV. A tendência é que cada vez mais as redes sem fio sejam substituídas pelas redes com fio, pois as tecnologias

sem fio estão sujeitas a inúmeros tipos de interferência e interceptação que comprometem seu desempenho e

segurança.

Está correto o que se afirma em:

a) I, II, III e IV.

b) I e III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I, II e III, apenas.

e) III e IV, apenas.

106- Para navegar na internet precisamos de uma ferramenta chamada “navegador” ou “browser” que interpreta a linguagem HTML (padrão de páginas de internet). Identifique nas opções abaixo os aplicativos para navegar na internet:

1 Microsoft Excel

2 Opera

3 Netscape

4 Autocad

5 Internet Explorer

6 Google Chrome

7 Adobe Reader

8 Mozilla Thunderbird

A opção que apresenta somente navegadores de internet é:

a) 2 3 5 6.

b) 2 6 7 8.

c) 1 3 5 8.

d) 1 5 6 7.

30

www.facebook.com/profrafaeleugenio

107- Os vírus de computador são capazes de infectar arquivos com extensões bem conhecidas. Assinale a opção

que corresponde a extensões de arquivos que podem ser contaminadas por vírus de computador.

A) .SRC, .JPG, .COM

B) .JPG, .EXE, .TXT

C) .COM, .TXT, .BMP

D) .EXE, .DOC, .SRC

E) .EXE, .BMP, .SRC

108- O termo insegurança computacional está relacionado, entre outras coisas, a ação de programas que podem comprometer a segurança dos recursos e informações contidas em ambientes computacionais. Sobre esses programas, considere:

I. É um código escrito com a intenção explícita de se autoduplicar. Tenta se alastrar de computador para computador, incorporando-se a um programa hospedeiro. Ele pode danificar hardware, software ou informações.

II. Cria cópias de si mesmo de um computador para outro automaticamente, ou seja, sem a ação do usuário. Primeiro ele controla recursos no computador que permitem o transporte de arquivos ou informações. Depois que ele contamina o sistema, ele se desloca sozinho, distribuindo cópias de si mesmo pelas redes. Seu grande perigo é a capacidade de se replicar em grande volume. Não precisa de um programa hospedeiro.

III. É um programa de computador que parece ser útil, mas na verdade causa danos. Alastra-se quando a pessoa é

seduzida a abrir um programa por pensar que ele vem de uma fonte legítima.

IV. É um termo genérico usado para softwares que realizam certas atividades como anúncios, coleta de informações

pessoais ou alteração das configurações do computador, geralmente sem o devido consentimento.

Os itens I, II, III e IV referem-se, correta e respectivamente, a

a) worm, phishing, vírus, spyware.

b) vírus, worm, cavalo de Troia e spyware.

c) cavalo de Troia, vírus, worm e phishing.

d) vírus, spyware, worm e adware.

e) worm, vírus, spyware e spam.

109- Com relação a vírus de computador, phishing, pharming e spam, julgue os itens seguintes.

I Uma das vantagens de serviços webmail em relação a aplicativos clientes de correio eletrônico tais como o Mozilla ThunderbirdTM 2 está no fato de que a infecção por vírus de computador a partir de arquivos anexados em mensagens de e-mail é impossível, já que esses arquivos são executados no ambiente do sítio webmail e não no computador cliente do usuário.

31

www.facebook.com/profrafaeleugenio

II Phishing e pharming são pragas virtuais variantes dos denominados cavalos-de-tróia, se diferenciando destes

por precisarem de arquivos específicos para se replicar e contaminar um computador e se diferenciando, entre eles, pelo fato de que um atua em mensagens de e-mail trocadas por serviços de webmail e o outro, não.

III O uso de firewall e de software antivírus é a única forma eficiente atualmente de se implementar os

denominados filtros anti-spam.

IV Se o sistema de nomes de domínio (DNS) de uma rede de computadores for corrompido por meio de técnica

denominada DNS cache poisoning, fazendo que esse sistema interprete incorretamente a URL (uniform resource locator) de determinado sítio, esse sistema pode estar sendo vítima de pharming.

V Quando enviado na forma de correio eletrônico para uma quantidade considerável de destinatários, um hoax

pode ser considerado um tipo de spam, em que o spammer cria e distribui histórias falsas, algumas delas denominadas lendas urbanas.

A quantidade de itens certos é igual a

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 5.

110- Com relação à volatilidade das memórias do computador, marque (V) para as memórias voláteis e (N) para as não voláteis e, em seguida, assinale a alternativa com a sequência correta.

(

) RAM

(

) ROM

(

) SRAM

(

) EPROM

(

) Cache

(

) DRAM

a)

V N V N V V.

b) N V N V N N.

c) N N V N N V.

d) V V V V N V.

e)

V N N N V V.

111- O hardware de um computador é composto por processador, memória e unidades de entrada e/ou saída

denominados dispositivos periféricos. Qual alternativa lista três dispositivos que são periféricos de entrada e

saída?

a) Teclado, microfone e mouse.

b) Modem, alto falante e impressora.

c) Disco magnético, mouse e alto falante.

d) Disco magnético, modem e tela de toque.

32

www.facebook.com/profrafaeleugenio

112- O software Open Office BrOffice.org 3.0 Impress oferece a seus usuários uma série de recursos, descritos nas alternativas a seguir, à exceção de uma. Assinale-a.

a) exportar apresentações para arquivos de sites para a internet em formato .HTM ou .HTML

b) exportar apresentações para arquivos para leitura pelo Acrobat Reader em formato .PDF

c) exportar apresentações para arquivos de imagem com formato .GIF ou .JPG

d) salvar apresentações em arquivos do MSOffice Powerpoint em formato .PPT

e) salvar apresentações em arquivos com formato "default" .ODB

113- Um programa pré-gravado na memória permanente, executado por um computador, quando ligado, e responsável pelo suporte básico de acesso ao hardware, bem como por iniciar a carga do sistema operacional, denomina-se

a) SLOT. b) RAM. c) BOOT. d) BIOS.

e) EPROM.

114- Maria estava interessada em comprar um computador e leu no jornal o seguinte anúncio:

PC com processador Intel Core i7 3,8 GHz, 8 GB de RAM, 1 TB de HD, Cache L3 de 8 MB, monitor LCD de 18,5", placa de rede de 10/100 Mbps. Estão inclusos o mouse, o teclado e as caixas de som. Por apenas R$ 1.349,10. A definição de alguns dos termos presentes nessa configuração é apresentada a seguir:

I. É uma memória volátil para gravação e leitura que permite o acesso direto a qualquer um dos endereços disponíveis de forma bastante rápida.

II. É um sistema de armazenamento de alta capacidade que, por não ser volátil, é destinado ao armazenamento de arquivos e programas. III. É normalmente o componente mais complexo e frequentemente o mais caro do computador. Apesar de realizar, dentre outras operações, os cálculos e comparações que levam à tomada de decisão, necessita de diversos outros componentes do computador para realizar suas funções.

Os itens I, II e III definem, respectivamente,

a) RAM, HD e processador Intel Core i7.

b) Cache L3, RAM e processador Intel Core i7.

c) HD, RAM e Cache L3.

d) HD, Cache L3 e RAM.

e) RAM, placa de rede de 10/100 mbps e Core.

115- No PowerPoint 2007, em sua configuração padrão, o recurso SmartArt é utilizado para

a) definir o layout dos slides.

b) copiar a formatação de um texto e aplicá-la em outro.

c) criar hiperlinks para outros documentos do MS Office.

d) escolher uma animação a ser aplicada a objetos dos slides.

e) inserir elementos gráficos para comunicar informações visualmente.

116- Os computadores necessitam de um meio de comunicação para que possam acessar, através dos softwares navegadores, em modo on-line, o mundo de informações disponíveis na internet. Essa comunicação é feita por um conjunto de normas e procedimentos que constituem os protocolos de comunicação.

33

www.facebook.com/profrafaeleugenio

Entre esses protocolos, incluem-se os seguintes:

a) DNS e Cluster

b) SAP e Telnet

c) HTTP e HTML

d) IMAP e SMTP

e) HTTPS e Java

117- Calc, Impress e Writer são aplicativos que compõem o pacote BrOffice, estes possuem respectivamente as seguintes extensões de arquivos como padrão:

a) ods / odt / odp. c) odp / ods / odt. b) odt / odp / ods. d) ods / odp / odt.

118- Suponha que você imprima regularmente um mesmo conjunto de células de sua planilha. O recurso do Microsoft Office Excel 2007 que facilita esse tipo de impressão é:

a) Seleção. b) Área de Impressão. c) Intervalo padrão. d) Planilhas selecionadas. e) Autoimpressão.

119- Considere que ao criar uma planilha eletrônica no Microsoft Excel, o usuário necessite inserir, com frequência, sequencias extensas de caracteres de texto em células. Qual o recurso do Excel que pode tornar essa tarefa mais eficiente?

a) Formatação condicional. b) Colaboração onlin. c) Macro. d) Autocorreção. e) Preenchimento automático.

120-

Macro. d) Autocorreção. e) Preenchimento automático. 120- A seguinte topologia de rede é demonstrada através da

A seguinte topologia de rede é demonstrada através da imagem abaixo:

a) Circular.

b) Oval.

c) Anel.

d) Estrela.

e)Árvore

34

www.facebook.com/profrafaeleugenio

121- Analise as afirmações a seguir sobre gráficos no MS Excel 2007.

I. Para criar um gráfico, pode-se selecionar as células com os dados a serem usados no gráfico, acessar a guia Início e, no grupo Gráficos, escolher o desejado. II. Por meio da guia Design, no grupo Tipo, pode-se mudar o tipo do gráfico. III. O botão Alternar Linha/Coluna, do grupo Dados da guia Inserir, permite trocar os dados dos eixos X e Y, isto e, os dados do eixo X são movidos para o eixo Y e vice-versa. Quais estão corretas?

a) Apenas a II.

b) Apenas a III.

c) Apenas a I e a II.

d) Apenas a I e a III.

e) A I, a II e a III.

122-

Em uma classificação crescente, o MS Excel usa a ordem a seguir:

a) Células vazias, valores lógicos, textos, datas e números.

b) Células vazias, textos, valores lógicos, datas e números.

c) Números, valores lógicos, datas, textos e células vazias.

d) Números, datas, valores lógicos, textos e células vazias.

e) Números, datas, textos, valores lógicos e células vazias.

123- Assinalar "Quebrar texto automaticamente" em Formatar Células de uma planilha MS Excel indica a possibilidade

da quebra do texto em várias linhas, cujo número de linhas dentro da célula depende da

a) largura da coluna, apenas.

b) mesclagem da célula, apenas.

c) argura da coluna e da mesclagem da célula, apenas.

d) largura da coluna e do comprimento do conteúdo da célula, apenas.

e) largura da coluna, do comprimento do conteúdo da célula e da mesclagem da célula.

124-

do conteúdo da célula e da mesclagem da célula. 124- Considere que um usuário realize a

Considere que um usuário realize a seguinte sequência de operações:

I. Selecionar toda a linha 2.

35

www.facebook.com/profrafaeleugenio

II. Com a linha ainda selecionada, clicar com o botão direito do mouse em uma das células dessa linha.

III. No menu que aparece, clicar em “Excluir”.

Ao final dessas operações, o conteúdo da célula B4 será:

a) 180

b) 600 c) #REF

d) 165 e) 470

125- Em relação às fórmulas disponíveis no Microsoft Offce Excel 2003, versão português, analise os itens a seguir, marcando com (V) a assertiva Verdadeira e com (F) a assertiva Falsa.

(

) CONT.NÚM: calcula o número de células em um intervalo que contém números.

(

) SE: verifca se uma condição foi satisfeita e retorna V, se a condição for verdadeira, ou F, se a condição for falsa.

(

) SOMASE: adiciona as células especifcadas por um determinado critério ou condição.

(

) ARRED: arredonda um número eliminando as suas casas decimais.

Assinale a sequência CORRETA, na ordem de cima para baixo:

a) (V) (F) (V) (F).

b) (F) (V) (F) (V).

c) (V) (V) (F) (V).

d) (F) (V) (V) (F).

126-No Word 2007 BR, a execução de um atalho de teclado resulta na exibição de uma janela de diálogo que tem por objetivo permitir a substituição de uma palavra por outra, enquanto um outro atalho é usado tendo por significado colar.

Esses atalhos de teclado são, respectivamente,

a) Ctrl + U e Ctrl + V

b) Ctrl + S e Ctrl + C

c) Ctrl + S e Ctrl + V

d) Ctrl + U e Ctrl + C

127-Assinale a alternativa que indica a tecla de atalho do MS Excel versão 2007 em português do Brasil para inserir a data atual em uma célula.

a) Ctrl + :

b) Ctrl + ;

c) Ctrl + /

d) Ctrl + D

e) Ctrl + Shift + D

36

www.facebook.com/profrafaeleugenio

128- O Microsoft Power Point e o OpenOffice Impress são programas usados para criar apresentações. Assinale a alternativa CORRETA com relação a esses programas.

a) No modo de exibição de apresentações, pode-se editar os elementos gráficos da mesma.

b) O layout de uma apresentação determina a sua quantidade de slides.

c) O objetivo do recurso de animação é somente de inserir vídeos em uma apresentação.

d) Cada arquivo de apresentação contém no máximo um slide.

e) Em uma apresentação podem ser incluídos texto, tabelas, gráficos, imagens e vídeos.

129- Sobre Redes de Computadores, é correto afirmar:

I. Uma rede local (LAN Local Area Network) é uma rede privada que conecta sistemas de computador e dispositivos em uma pequena área, como um escritório, uma residência ou um edifício.

II. Uma rede metropolitana (MAN Metropolitan Area Network) é uma rede que conecta sistemas de computador e dispositivos em uma área geográfica que abrange uma cidade.

III. Uma rede geograficamente distribuída (WAN Wide Area Network) é uma rede que conecta sistemas de computador e

dispositivos em grandes regiões geográficas.

IV. A internet caracteriza-se por um conjunto de redes conectadas que utilizam protocolos comuns e fornece um conjunto de serviços.

A sequência correta é:

a) Apenas a assertiva I está correta.

b) Apenas as assertivas III e IV estão corretas

c) As assertivas I, II, III e IV estão corretas.

d) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.

129- No MS Word 2007, para digitar o símbolo de metros cúbicos (m 3 ) devemos utilizar a propriedade:

a) sublinhado

b) sobrescrito

c) subscrito

d) tachado

e) itálico

130- Com base no Word 2007 assinale a alternativa correta.

b) sobrescrito c) subscrito d) tachado e) itálico 130- Com base no Word 2007 assinale a

37

www.facebook.com/profrafaeleugenio

GABARITO

LINGUA PORTUGUESA

www.facebook.com/profrafaeleugenio GABARITO LINGUA PORTUGUESA GEOGRAFIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 61- B 62- D 63-

GEOGRAFIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

61- B

62- D 63- D 64-D 65-C 66-D

67-C

68-C

69-A

70-E

71-B

72-C

HISTÓRIA DO BRASIL

73-A 74-C

75-B 76-D 77-C 78-A 79-C 80-B

81-C 82-B

83-E

84-C

85-D

86-A

87-D

88-C

89-A 90-B 91-C 92-B 93-D 94-B 95-A 96-B 97-D 98-B 99-A 100-A

INFORMÁTICA

101-A 102-D 103-C 104-C 105-D 106-A 107-D 108-B 109-B 110-A 111-D 112-E 113-D 114-B 115-E 116-D 117-D 118-B 119-C 120-E 121-A 122-E 123-D 124-A 125-D 126-A 127-B 128-C 129-B 130-D

38