Você está na página 1de 1
USO DE HARDWARE TIPO KINECT PARA MODELAGEM TRIDIMENSIONAL Brito, Esdras P. 1 (IC); Bento, Paulo
USO DE HARDWARE TIPO KINECT PARA MODELAGEM TRIDIMENSIONAL Brito, Esdras P. 1 (IC); Bento, Paulo

USO DE HARDWARE TIPO KINECT PARA MODELAGEM TRIDIMENSIONAL

Brito, Esdras P. 1 (IC); Bento, Paulo E. G. 1 (O); Braatz, Daniel¹(CO) esdras@dep.ufscar.br 1 Departamento de Engenharia de Produção, Universidade Federal de São Carlos.

O paradigma atual no âmbito da modelagem tridimensional baseia-se na coleta manual das dimensões dos objetos que serão modelados para, a seguir, utilizando-se de softwares de Desenho Assistido por Computador (Computer Aided Design - CAD), elaborar-se o modelo 3D dos objetos. Tal prática demanda grande quantidade de tempo, tanto na fase de coleta de dados, quanto na modelagem do objeto em si, além de, muitas vezes, implicar na necessidade de um operador com conhecimentos avançados nos softwares CAD utilizados. O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de desenvolver uma técnica de modelagem tridimensional a partir do escaneamento de objetos com o sensor Kinect, para proporcionar maior velocidade e flexibilidade e qualidade às etapas de modelagem durante o projeto de fábrica, uma vez que a operação do sensor Kinect e posterior processamento dos resultados não requer conhecimento técnico avançado em softwares CAD. Assim, o projetista fica livre para se dedicar integralmente às atividades que compõem as etapas principais do processo de Projeto de Unidades

Produtivas, como a concepção dos fluxos internos à fábrica, dimensionamento de maquinário e pessoal e otimização de processos. Para atingir tal objetivo, realizou-se uma ampla prospecção das tecnologias de software de escaneamento existentes, sendo encontrados quatro softwares principais, RGBDemo 0.7.0, Reconstructme 1.2.103, Brekel Kinect 0.50 e Skanect 1.3.0, que foram então submetidos a variados testes em situações controladas para determinar-se as limitações de cada software e suas particularidades, bem como a melhor técnica de escaneamento a ser empregada. Fez-se uma análise quantitativa

e qualitativa dos resultados obtidos, determinando-se o tamanho da nuvem de pontos

gerada a partir do escaneamento e o número de faces das superfícies resultantes com cada software, além de verificar-se as condições que interferem com as técnicas de captura

adotadas. Ao término das análises comparativas, verificou-se que o software de escaneamento Skanect 1.3.0 apresentou o melhor desempenho, sendo o mais indicado para

o

escaneamento de máquinas e objetos. A modelagem obtida através do escaneamento com

o

sensor Kinect pode ser inserida em softwares CAD tradicionais podendo atuar de modo

complementar às técnicas padrão de modelagem. Por fim, conclui-se que a modelagem tridimensional com sensor Kinect através do software Skanect 1.3.0, pode ser utilizada nos mais variados contextos e em específico, como técnica complementar no projeto de fábrica, sendo uma alternativa de baixíssimo custo e alta qualidade, quando comparada a sistemas de escaneamento 3D mais complexos. A decorrência direta dessa perspectiva é a maior velocidade e flexibilidade fornecida ao processo, além da possibilidade do projetista focar seus esforços nas atividades mais nobres e críticas do processo de Projeto de Unidades Produtivas. Cabe a próximos estudos verificar e validar a técnica em situações análogas ao ambiente fabril. O estudo foi desenvolvido durante a vigência da bolsa Jovens Talentos para a Ciência, da CAPES durante a qual o autor participou do grupo de pesquisa

e extensão SimuCAD – PSPLab do Departamento de Engenharia de Produção da UFSCar -

campus São Carlos, que tem como um dos seus objetivos o estudo e desenvolvimento de metodologias de Projeto de Unidades Produtivas.

Palavras-Chave: Modelagem Tridimensional, Projeto de Unidades Produtivas, Kinect

CAPES

CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 21ª edição, 2013, São Carlos, SP. Anais de Eventos da UFSCar, v. 9, p.1, 2013