Você está na página 1de 3

Exame 2010.

1 – Curso Regular Modular

Processo Penal

05/09

Sumário: 1. Conexão e Continência; 1.1. Hipóteses de atração; 1.2.


Separação obrigatória de processo; 2. Prisão; 2.1. Prisão
Processual; 2.1.1. Prisão em Flagrante; 2.1.1.1. Tipos de flagrante;
2.1.2.Prisão Preventiva.

1. CONEXÃO e CONTINÊNCIA

 Finalidade = reunião de pessoas.

- Concurso de agentes;
Continência - Concurso formal;
(art.77, CPP) - “aberratio”.

- Agentes reunidos;
Conexão - Conexão instrumental;
(art.76, CPP) - Conexão lógica ou material.

 Segundo o STF, a competência por prerrogativa de função se comunica entre os co-


autores e partícipes. (art. 77, CPP)
 Exceção: crime doloso contra a vida. (art. 5º, CF)

1.1 Hipóteses de atração

a) Júri;
b) Justiça Especial (Justiça Eleitoral);
c) Justiça Federal;
 Na mesma graduação: a) lugar do crime mais grave;
b) prevenção (lugar do juiz que primeiro decidiu).

REDE LFG – EXAME DE ORDEM – REGULAR MODULAR


Processo Penal– 5/9
Material de apoio disponibilizado na Área do Aluno LFG – www.lfg.com.br/areadoaluno
1.2.Separação obrigatória de processo:

 Conexão entre Justiça Militar e Justiça Comum;

 Conexão entre a Justiça Comum e Justiça de menores (justiça da infância e juventude);

2 – PRISÃO

a) prisão pena/penal;
b) prisão civil;
c) prisão disciplinar;
d) prisão administrativa.
e) Prisão processual.

 Não é possível a prisão civil do depositário fiel (Súmula vinculante do STF nº. 25).
 Prisão administrativa = prisão do estrangeiro em vias de ser extraditado.

2.1. PRISÃO PROCESSUAL

- Flagrante;

- Preventiva;

- Temporária.

2.1.1.PRISÃO EM FLAGRANTE

 Hipóteses = art. 302 CPP.

a) Próprio;
b) Impróprio ou quase flagrante;
c) Presumido.

 Se o fato não se enquadrar no art. 302, não há flagrante. Ex. apresentação espontânea.

 Flagrante (art. 301, CPP)

• Obrigatório: efetuado pela autoridade policial e seus agentes.

• Facultativo: pode ser efetuado por qualquer pessoa do povo.

REDE LFG – EXAME DE ORDEM – REGULAR MODULAR


Processo Penal– 5/9
Material de apoio disponibilizado na Área do Aluno LFG – www.lfg.com.br/areadoaluno
2.1.1.1. Tipos de flagrante:

a) Esperado: a autoridade aguarda a prática da infração (é regular);

b) Forjado: a autoridade simula uma situação de flagrante (é irregular);

c) Preparado: autoridade induz o agente a praticar a infração (é irregular);

d) Prorrogado/Retardado/Diferido: em alguns casos a lei permite que a autoridade retarde o


momento do flagrante, a espera de novos criminosos ou de novas provas. Esta na Lei do crime
organizado (Lei 9.034/95) e Lei de drogas (Lei 11.343/06).

 AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE

• Prazo: 24 horas;
• 24 horas: Nota de culpa: quem o prendeu e porque o prendeu;
• Delegado devem ouvir o condutor e as testemunhas;
• Interrogatório;
• O preso tem o direito de se comunicar com a família ou com outra pessoa por ele indicada.
• Se o preso não indicar o nome de seu advogado, será comunicada a Defensoria Pública;
• O auto de prisão em flagrante deve ser encaminhado imediatamente ao juiz.

2.1.2.PRISÃO PREVENTIVA

• Somente para crimes dolosos;


• Pode ser decretada durante o IP e durante o processo;
• O juiz pode decretar: de ofício; mediante requerimento do MP ou do querelante; mediante
representação do delegado;
• Não cabe quando houver excludente da ilicitude (art. 314, CPP);
• Se não estiverem mais presentes as condições que autorizam a prisão preventiva, ela deve
ser revogada (art. 316, CPP);

 Cabimento da prisão preventiva (requisitos)

 Prova da materialidade + indícios de autoria.

 Cabimento: art. 312, CPP: Garantia da ordem pública (liberdade


perigosa); Conveniência da instrução criminal;
Assegurar aplicação da lei penal.

REDE LFG – EXAME DE ORDEM – REGULAR MODULAR


Processo Penal– 5/9
Material de apoio disponibilizado na Área do Aluno LFG – www.lfg.com.br/areadoaluno