Você está na página 1de 68

Sistema da Informação

Conteúdo Geral da Aula

Esta aula tem por objetivo introduzir os conceitos e a importância das normas ISO 9126, ISO 14598, ISO 12113, Qualidade de Software e Engenharia de

Software.

Conteúdo Geral da Aula Esta aula tem por objetivo introduzir os conceitos e a importância das

Conteúdo Geral da Aula

1. Introdução

  • 2. Qualidade do produto de software

  • 3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

  • 4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

  • 5. ISO/IEC 12113 Software Packages Quality

  • 6. Qualidade de Software Definições

  • 7. Engenharia de Software

Conteúdo Geral da Aula 1. Introdução 2. Qualidade do produto de software 3. ISO / IEC

1. Introdução

1. Introdução

1. Introdução

“O modo como você reúne, administra e usa

a informação determina se vencerá ou

perderá.”

Bill Gates

1. Introdução

A Organização Internacional para Padronização ISO lançou um conjunto de normas de qualidade elaboradas especificamente para a padronização da avaliação da qualidade de produtos de software. As normas internacionais de avaliação de produto de software são recentes e a compreensão completa do processo de avaliação exige a análise de duas normas, a ISO/IEC 9126 e a ISO/IEC 14598.

1. Introdução A Organização Internacional para Padronização – ISO – lançou um conjunto de normas de

1. Introdução

  • A ISO/IEC 9126 descreve um modelo de qualidade e alguns exemplos de métricas que podem ser utilizadas na avaliação de produto de software.

  • A ISO/IEC 14598, oferece uma visão geral dos processos de avaliação de produtos de software e fornece guias de requisitos para avaliação.

1. Introdução  A ISO/IEC 9126 descreve um modelo de qualidade e alguns exemplos de métricas

2. Qualidade do Produto de Software

Qualidade do produto de software pode ser entendido como um conjunto de característica que devem ser alcançadas em um determinado grau para que o produto atenda as necessidades do usuário.

2. Qualidade do Produto de Software Qualidade do produto de software pode ser entendido como um

2. Qualidade do Produto de Software

O detalhamento destas características chegando ao nível de atributos e sua avaliação é que determinam a qualidade do produto de software.

2. Qualidade do Produto de Software O detalhamento destas características chegando ao nível de atributos e

2. Qualidade do Produto de Software

Para se avaliar um produto de software é necessário usar um modelo que organize os atributos considerados importantes no processo de avaliação, que

possibilite a avaliação do produto de software e principalmente, que permita o

entendimento de como cada atributo influência positiva ou negativamente a qualidade do produto. Estes modelos são expressos e aceitos pelo mercado na forma de normas técnicas.

Lembre-se:

A avaliação de um produto de software requer planejamento, controle e uso de técnicas adequadas de avaliação.

2. Qualidade do Produto de Software

Quais são os modelos que avaliam a qualidade do produto de software?

2. Qualidade do Produto de Software Quais são os modelos que avaliam a qualidade do produto

2. Qualidade do Produto de Software

Quando você avalia a qualidade do produto de software é necessário verificar por meio de técnicas e atividades operacionais o quanto os requisitos são atendidos. Estes requisitos são na verdade, as necessidades que são expressas em termos quantitativos ou qualitativos e que definem as características do software.

2. Qualidade do Produto de Software Quando você avalia a qualidade do produto de software é

2. Qualidade do Produto de Software

Desta maneira, é possível citar as seguintes normas:

  • ISO/IEC 9126 Qualidade do produto de software;

2. Qualidade do Produto de Software Desta maneira, é possível citar as seguintes normas:  ISO/IEC
  • ISO/IEC 14598 Avaliação de produtos de software;

  • ISO 12113 Testes e requisitos de qualidade em pacotes de software.

Como funciona o relacionamento entre as normas?

2. Qualidade do Produto de Software

2. Qualidade do Produto de Software A norma 14598 oferece um processo de avaliação adaptado para

A norma 14598 oferece um processo de avaliação adaptado para as três visões:

  • a visão do desenvolvedor;

  • a visão do comprador;

  • a visão do avaliador.

Neste processo a especificação do modelo de qualidade utilizado é o da norma ISO/IEC 9126.

2. Qualidade do Produto de Software

Em resumo, temos que:

A norma ISO/IEC 14598 oferece os procedimentos para realização do

processo de avaliação e a ISO/IEC 9126 oferece o modelo do que deve ser

avaliado no produto.

2. Qualidade do Produto de Software Em resumo, temos que: A norma ISO/IEC 14598 oferece os

Relacionamento entre as normas

Relacionamento entre as normas Relacionamento entre a norma ISO/IEC 9126 e 14598 (ISO9126,1997)

Relacionamento entre a norma ISO/IEC 9126 e 14598 (ISO9126,1997)

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

A norma ISO/IEC 9126 é utilizada como referência para o processo de avaliação do produto de software.

A norma ISO/IEC 9126 é definida como um conjunto de atributos que tem impacto na capacidade do software de manter o seu nível de desempenho dentro de condições estabelecidas por um dado período de tempo.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality A norma ISO/IEC 9126 é utilizada como referência

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Quando a norma ISO/IEC 9126 é utilizada?

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Quando a norma ISO/IEC 9126 é utilizada?

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Você pode utilizar esta norma:

  • Na avaliação das especificações do software durante o desenvolvimento para verificar se os requisitos de qualidade estão sendo atendidos.

  • Na descrição das características e atributos do software implementado, por exemplo nos manuais de usuário.

  • Na avaliação do software desenvolvido antes da entrega ao cliente.

  • Na avaliação do software desenvolvido antes da aceitação pelo cliente.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Você pode utilizar esta norma:  Na avaliação

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

A norma está dividida em quatro (04) grandes partes, a saber:

  • 1. Modelo de qualidade, fornece características e subcaracterísticas de qualidade, sendo uma norma essencialmente de definições.

  • 2. Define métricas externas para a medição das características e subcaracterísticas de qualidade da ISO/IEC 9126-1. Essas métricas referem-se a medições indiretas de um produto de software, a partir da medição do comportamento do sistema computacional do qual o produto faz parte.

  • 3. Estabelece métricas internas para a avaliação de um produto de software. Essas métricas referem-se a medições diretas de um produto, a partir de sua características internas, sem que seja necessária a execução do programa.

  • 4. Estabelece métricas de qualidade em uso.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Este modelo de qualidade classifica os atributos de qualidade em seis grandes características, as quais são por sua vez, descritas na forma de subcaracterísticas.

Baseada em 3 níveis: Características, Subcaracterísticas e Métricas;

Cada característica é refinada em um conjunto de subcaracterísticas e cada subcaracterística é avaliada por um conjunto de métricas.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Este modelo de qualidade classifica os atributos de

Propõe Atributos de Qualidade, distribuídos em seis características principais, com cada uma delas divididas em subcaracterísticas, conforme podemos ver na figura abaixo:

Propõe Atributos de Qualidade , distribuídos em seis características principais, com cada uma delas divididas em

A Conformidade é utilizada para avaliar o quanto o software obedece aos requisitos de legislação e todo o tipo de padronização ou normalização aplicável ao contexto.

ISO / IEC 9126-1 Conceitos de Qualidade

Conformidade com Requisitos

+

Adequação ao USO

ISO / IEC 9126-1 Conceitos de Qualidade Conformidade com Requisitos + Adequação ao USO Grau da

Grau da Qualidade

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

Características e Subcaracterísticas

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

A norma ISO/IEC 9126-4 evidencia a qualidade em uso do produto.

A qualidade em uso refere-se ao alcance pelo usuário de metas como efetividade, produtividade, segurança e satisfação. Rocha(2001) descreve as quatro metas:

Efetividade: refere-se a capacidade do produto de software possibilitar ao usuário atingir metas especificadas como acurácia (resultados precisos) e completeza em um contexto especificado de uso.

Produtividade: refere-se a capacidade do produto de software de possibilitar aos usuários utilizar uma quantidade adequada de recursos em relação a efetividade alcançada em um

contexto de uso especificado. O produto de software quando executa ocupa CPU, memória dentro de um valor adequado para o tipo de objetivo para o qual foi desenvolvido.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Segurança: refere-se a capacidade do produto de software oferecer níveis aceitáveis de risco de danos e pessoas, negócios, software, propriedade ou ambiente em um contexto de uso especificado.

Satisfação: refere-se a capacidade do produto de software em satisfazer as necessidades do usuário em um contexto de uso especificado.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality • Segurança: refere-se a capacidade do produto de

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Os requisitos de qualidade não são os mesmos para todos os softwares?

Cada tipo de software possui seus próprios requisitos de qualidade, por isto você pode dizer que a importância de cada uma das características de qualidade varia conforme o tipo de software desenvolvido.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Os requisitos de qualidade não são os mesmos

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Em um sistema de controle de mísseis ,

Em um sistema de controle de mísseis, por exemplo, a eficiência do software e sua confiabilidade são mais importantes do que a portabilidade ou a usabilidade.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Métricas

  • Existem poucas métricas de aceitação geral para as características;

  • Grupos ou organizações de normalização podem estabelecer seus próprios modelos de processo de avaliação e métodos para a criação e validação de métricas relacionadas com as características;

  • Também é necessário estabelecer níveis de pontuação e critérios específicos para a organização ou para a aplicação.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Métricas  Existem poucas métricas de aceitação geral

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

A importância de cada característica

A importância de cada característica depende também do ponto de vista, considerando:

Visão do Usuário

Estão interessados principalmente no uso do software, no seu desempenho, e nos efeitos do uso do software;

Avaliam o software sem conhecer seus aspectos internos: Confiabilidade, Eficiência, Usabilidade, Portabilidade.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

A importância de cada característica

Visão da Equipe de Desenvolvimento:

Características de qualidade consideradas pelo usuário, mais características internas;

Qualidade dos produtos intermediários do processo de desenvolvimento do software.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality A importância de cada característica  Visão da

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

A importância de cada característica

Visão do Gerente:

Pode ter que balancear os melhoramentos na qualidade com critérios gerenciais, tais como atraso de cronograma ou estouro de orçamento;

Deseja otimizar a qualidade dentro das limitações de custo, recursos humanos e prazos.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality A importância de cada característica  Visão do

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality

Quem está

no

ISO/IEC 9126?

Brasil

certificando

a

norma

CTI, Campinas / SP;

INSOFT, Fortaleza / CE;

Centros SOFTEX Gênesis;

GENE-JF, Juiz de Fora / MG;

GENORP, Londrina / PR;

ICMC/USP, São Carlos / SP;

UNISINOS, São Leopoldo / RS.

3. ISO / IEC 9126 Software Product Quality Quem está no ISO/IEC 9126? Brasil certificando a

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

A norma ISO/IEC

14598 define um

processo de avaliação da qualidade do

software, ela orienta que o seu uso deve ser feito em conjunto com a norma ISO

9126, já que esta define as métricas de qualidade de software.

A norma ISO/IEC 14598 inclui modelos para relatórios de avaliação, técnicas para medição das características, documentos necessários para avaliação e fases da avaliação.

No processo de avaliação definido nesta norma, a identificação das necessidades do usuário é um passo importante para a qualidade do uso.

  • 4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

A norma ISO/IEC 14598 leva em consideração três grupos de avaliadores:

1. Empresas que desenvolvem software que procuram melhorar a qualidade de seu próprio produto.

  • 2. Empresas que adquirem software possibilitando determinar a qualidade do produto que irão adquirir.

  • 3. Empresas que fazem certificação apoiando a emissão de um documento oficial sobre a qualidade de um software.

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation A norma ISO/IEC 14598 leva em consideração

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

Como a norma ISO/IEC 14598 é apresentada?

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation Como a norma ISO/IEC 14598 é apresentada?

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

A norma é apresentada na forma de seis processos:

1) Visão Geral - A primeira parte da norma ensina a utilizar as outras normas do grupo. Ela apresenta a estrutura de funcionamento da série de normas para a avaliação da qualidade do produto de software, assim como apresenta a definição de termos técnicos utilizados no modelo. Deve ser usada em conjunto com a ISO/IEC 9126 por todos aqueles que necessitem verificar a qualidade do produto de software.

2) Planejamento e Gerenciamento - A segunda parte apresenta como fazer uma avaliação, de forma geral. A norma apresenta requisitos, recomendações e orientações para uma função de suporte ao processo de avaliação do produto de software. O suporte refere-se ao planejamento e a gestão do processo de avaliação e a tecnologia necessária para realização da avaliação. Esta norma apoia o processo de avaliação conforme o público-alvo.

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

A norma é apresentada na forma de seis processos:

3) Guia para Desenvolvedores - A terceira parte da norma propõe como avaliar sob o ponto do vista de quem desenvolve, o desenvolvedor deve definir as condições sob as quais as medições devem ser executadas. Isto significa que deve identificar outros atributos cujos

valores influem nas medições. Lembre-se que esta norma pretende a definição e o acompanhamento e controle da qualidade durante o desenvolvimento do software.

4) Guia para Aquisição - Como avaliar sob o ponto de vista de quem vai adquirir. A norma está dividida em dois processos distintos um para aquisição de produtos de software de prateleira e outro para aquisição de software sob encomenda ou modificação em produtos de software existentes. É muito usada na aceitação ou seleção de um produto de software. Pense em como esta norma pode ser útil se você for o comprador de softwares aplicativos para sua empresa. De forma segura você vai poder avaliar qual o melhor produto para sua empresa entre tantos fornecedores!

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation

A norma é apresentada na forma de seis processos:

5) Guia para Avaliação - O guia de avaliação apoia empresas de certificação: como avaliar sob o ponto de vista de quem certifica. Fornece requisitos e recomendações para implementação prática de avaliação de produto de software. Deve ser usada para a definição e acompanhamento de um processo de avaliação.

6) Módulos de Avaliação - O módulo de avaliação é uma norma de apoio, oferece detalhes sobre como avaliar cada característica, definindo a estrutura e o conteúdo da documentação a ser utilizada para descrever um módulo de avaliação.

4. ISO/IEC 14598 - Information Technology Software Product Evaluation A norma é apresentada na forma de

5. ISO/IEC 12113 Software Packages Quality

A norma ISO/IEC 12113 publicada em 1994 estabelece os requisitos e instruções a respeito de como testar um pacote de software, em relação aos requisitos estabelecidos para os pacotes conhecidos como software de prateleira”.

O escopo da norma refere-se ao pacote de software, oferecido no mercado, e não os processos de desenvolvimento e fornecimento do software.

O que exatamente trata a norma?

5. ISO/IEC 12113 Software Packages Quality

A norma ISO/IEC 12113 trata de todos os componentes do produto disponíveis ao usuário (documentação, manual de instrução e guia de instalação) na forma como são oferecidos e liberados para uso.

Os componentes de avaliação da norma são descritos na figura do próximo slide.

5. ISO/IEC 12113 – Software Packages Quality A norma ISO/IEC 12113 trata de todos os componentes

5. ISO/IEC 12113 Software Packages Quality

5. ISO/IEC 12113 – Software Packages Quality Estrutura da Norma ISO/IEC 12113 (Fonte Tsukumo, 1997)

Estrutura da Norma ISO/IEC 12113 (Fonte Tsukumo, 1997)

5. ISO/IEC 12113 Software Packages Quality

Requisitos de Qualidade

São requisitos de qualidade necessários para a realização da avaliação:

Descrição do produto: é um documento que descreve as propriedades do produto, este documento deve orientar compradores potenciais na avaliação da adequação do

produto antes de comprá-lo. Deve incluir declarações sobre funcionalidade, confiabilidade, usabilidade, eficiência, ou manutenção e portabilidade.

Documentação do usuário: é o conjunto de documentos que podem ser impressos (manuais do usuário, instalação , etc) ou digitais (Help, site de ajuda) oferecidos para o usuário visando orientá-lo na utilização do produto de software.

Programas e dados: conjunto completo de programas de computador e dados para a aplicação do produto de software, deve descrever em detalhes cada uma das funções do software.

5. ISO/IEC 12113 Software Packages Quality

Instruções para Teste

São instruções necessárias para a realização da avaliação:

Pré-requisitos de teste - lista de itens necessários ao teste, incluindo documentos incluídos no pacote, componentes do sistema e material de treinamento.

Atividades de teste - instruções detalhadas sobre os procedimentos de teste, inclusive instalação e execução de cada uma das funções descritas.

Registro de teste - informações sobre como os testes foram realizados, de tal forma a permitir uma reprodução destes testes. Deve incluir parâmetros utilizados, resultados

associados, falhas ocorridas e até a identidade do pessoal envolvido.

Relatório de teste - relatório incluindo: identificação do produto, hardware e software utilizados, documentos utilizados, resultados dos testes, lista de não-conformidade com os requisitos, lista de não-conformidade com as recomendações, datas, etc.

6. Qualidade de Software

6. Qualidade de Software

Qualidade de Software

1. Qualidade de Software

Existem muitas definições de qualidade de software propostas na literatura, sob diferentes pontos de vistas.

Definição 1:

“Um produto de software apresenta qualidade dependendo do grau de satisfação das necessidades dos clientes sob todos os aspectos do produto.

Definição 2:

(Sanders, 1994)

“Qualidade de software é a conformidade a requisitos funcionais e de desempenho que foram explicitamente declarados, a padrões de desenvolvimento claramente documentados, e a características implícitas que são esperadas de todo software desenvolvido por profissionais.

(Pressman,1994)

Qualidade de Software

1. Qualidade de Software

Existem muitas definições de qualidade de software propostas na literatura, sob diferentes pontos de vistas.

Definição 3:

“Qualidade é a totalidade de características e critérios de um produto ou serviço

que exercem suas habilidades para satisfazer às necessidades declaradas ou

envolvidas.”

(ISO 9126-1994)

Qualidade de Software 1. Qualidade de Software Existem muitas definições de qualidade de software propostas na

Qualidade de Software

1. Qualidade de Software

Aspectos importantes:

1. Os requisitos de software são a base a partir da qual a qualidade é medida. A falta de conformidade aos requisitos significa falta de qualidade;

2. Padrões especificados definem um conjunto de critérios de desenvolvimento que orientam a maneira segundo a qual o software passa pelo trabalho de engenharia. Se os critérios não forem seguidos, o resultado quase que seguramente será a falta de qualidade;

3.

Existe

um

conjunto de requisitos implícitos que frequentemente não são

mencionados

na

manutenibilidade.

especificação.

Por

exemplo,

o

desejo

de

uma

boa

Qualidade de Software

1. Qualidade de Software

Requisitos: a base da qualidade

Qualidade de Software 1. Qualidade de Software Requisitos: a base da qualidade

Qualidade de Software

1. Qualidade de Software

Requisitos: a base da qualidade

  • Os requisitos de um sistema são descrições dos serviços fornecidos pelo sistema e as suas restrições operacionais. Esses requisitos refletem as necessidades dos clientes de um sistema que ajuda a resolver algum problema, por exemplo, controlar um dispositivo, enviar um pedido ou encontrar informações.

  • O processo de descobrir, analisar, documentar verificar esses serviços e restrições é chamado de engenharia de requisitos (RE Requirements Engineering).

  • O termo requisito não é usado pela indústria de software de maneira consistente. Em alguns casos, um requisito é simplesmente uma declaração abstrata de alto nível de um serviço que o sistema deve fornecer ou uma restrição do sistema.

  • No outro extremo, é uma definição formal e detalhada de uma função do sistema.

Qualidade de Software

Custos da Qualidade

Qualidade de Software Custos da Qualidade

Qualidade de Software

Custos relativos a correção de erros

Qualidade de Software Custos relativos a correção de erros

Qualidade de Software

Fatores da Qualidade

Produto satisfatório consiste em:

+ Boa qualidade

+ cumprimento de prazos e orçamentos

= Usuário satisfeito

7. Engenharia de Software

7. Engenharia de Software

Qualidade de Software

Engenharia de Software - Uma definição

A primeira definição de engenharia de software foi proposta por Fritz Bauer na primeira grande conferência dedicada ao assunto:

"O estabelecimento e uso de sólidos princípios de engenharia para que se possa obter economicamente um software que funcione eficientemente com máquinas reais."

Qualidade de Software Engenharia de Software - Uma definição A primeira definição de engenharia de software

A engenharia de software é uma derivação da engenharia de sistemas e de hardware. Ela abrange um conjunto de três elementos fundamentais - métodos, ferramentas e procedimentos - que possibilita ao gerente o controle do processo de desenvolvimento do software e oferece ao profissional uma base para a construção de software de alta qualidade produtivamente.

Qualidade de Software

Engenharia de Software - Uma definição

Os métodos de engenharia de software proporcionam os detalhes de "como fazer" para construir o software. Os métodos envolvem um amplo conjunto de tarefas que incluem: planejamento de estimativa de projeto, análise de requisitos de software e de sistemas, projeto da estrutura de dados, arquitetura de programa

e algoritmo de processamento, codificação, teste e manutenção. Os métodos da

engenharia de software muitas vezes introduzem uma notação gráfica ou orientada a linguagem especial e introduzem um conjunto de critérios para a qualidade do software.

Qualidade de Software Engenharia de Software - Uma definição Os métodos de engenharia de software proporcionam

Qualidade de Software

Engenharia de Software - Uma definição

As ferramentas de engenharia de software proporcionam apoio automatizado ou semi- automatizado aos métodos. Atualmente, existem ferramentas para sustentar cada um dos métodos anotados anteriormente. Quando as ferramentas são integradas de forma que a informação criada por uma ferramenta possa ser usada por outra, é estabelecido um sistema de suporte ao desenvolvimento de software chamado engenharia de software auxiliada por computador (CASE - Computer-Aided Software Engineering). O CASE combina software,

hardware e um banco de dados de engenharia de software (uma estrutura de dados contendo

importantes informações sobre analise, projeto, codificação e teste) para criar um ambiente de engenharia de software que seja análogo ao projeto auxiliado por computador/engenharia auxiliada por computador para o hardware.

Qualidade de Software

Engenharia de Software - Uma definição

Os procedimentos da engenharia de software constituem o elo de ligação que mantém juntos os métodos e as ferramentas e possibilita o desenvolvimento racional e oportuno do software de computador. Os procedimentos definem a sequência em que os métodos serão aplicados, os produtos (deliverables) que se exige que sejam entregues (documentos, relatórios, formulários etc.), os controles que ajudam a assegurar a qualidade e a coordenar as mudanças, e os marcos de referencia que possibilitam aos gerentes de software avaliar o progresso.

Qualidade de Software Engenharia de Software - Uma definição Os procedimentos da engenharia de software constituem

Qualidade de Software

O que é Engenharia de Software?

É um conjunto integrado de métodos e ferramentas utilizadas para especificar, projetar, implementar e manter um sistema.

PORTANTO, UMA OUTRA DEFINIÇÃO SERIA:

A Engenharia de Software é uma disciplina que aplica os princípios de engenharia com o objetivo de produzir software de alta qualidade a baixo custo.

Lista de Exercícios

  • 1. A norma 14598 oferece um processo de avaliação adaptado para as três visões. Quais são essas visões?

  • 2. Relacione a 1ª coluna - as características da ISO/IEC 9126 com a 2ª- suas subcaracterísticas:

    • a) Funcionalidade

    • b) Confiabilidade

    • c) Usabilidade

    • d) Eficiência

    • e) Manutenibilidade

    • f) Portabilidade

( ) Inteligibilidade, aprensibilidade, operacionalidade, atratividade ( ) Maturidade, tolerância a falhas, recuperabilidade. ( ) Adequação, acurácia, interoperabilidade, segurança de acesso. ( ) Comportamento no tempo e recursos. ( ) Analisibilidade, modificabilidade, estabilidade, testabilidade. ( ) Adaptabilidade, capacidade para ser instalado, capacidade para substituir, coexistência

3. A norma ISO/IEC 12113 trata exatamente do que?

4. Existe uma série de custos envolvidos na qualidade de um software. Liste e defina pelo menos três desses custos.

5. A engenharia de software é uma derivação da engenharia de sistemas e de hardware. Ela abrange um conjunto de três elementos fundamentais. Quais são eles e explique cada um desses elementos?