Você está na página 1de 2

c

http://cpopular.cosmo.uol.com.br/mostra_noticia.asp?noticia=1695263&area=2061
&authent=626DBCEA8B3763441E9A99AD444537

CadernoC
r  
 

/ / Professora e pesquisadora lança dicionário sobre a trajetória de escritores


mineiros

   

tiago.goncalves@rac.com.br

A, da poetisa Adélia Prado, a escritora de A Faca no


Peito, ou de Autran Dourado, o autor de Imaginações
Pecaminosas. B, do romancista Bernardo Guimarães,
notável por A Escrava Isaura. C, de quem? Do maestro
das palavras e rimas Carlos Drummond de Andrade.
Além da mineirice explícita em cada um deles, outras
figuras das letras de A a Z estão abrigadas a partir de
agora numa mesma morada: o Dicionário Biobibliográfico
de Escritores Mineiros (Editora Autêntica, 376 págs., R$
54,00), organizado por Constância Lima Duarte, professora-doutora de Literatura
Brasileira da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Trocando por miúdos, como diriam os habitantes das Gerais, o título é uma
compilação da essência de autores de alma mineira. Detalhe: ³de alma´, pois nem
todos os autores nasceram entre os limites de Minas Gerais. Na mesma intensidade
em que há legítimos de marcas geográficas e de coração, como Fernando Sabino,
Roberto Drummond e o mestre Guimarães Rosa, há os que acolheram a tal
mineiridade, como o português Tomás Antônio Gonzaga, por exemplo. ³Não podiam
ficar de fora. Não nasceram, mas produziram e contribuíram para a bibliografia do
Estado´, avalia Constância, mineiríssima de Januária.

A pesquisa começou tímida. Nasceu durante a disciplina Estudo de Escri tores


Mineiras, em 2006, ministrada pela professora-doutora no curso de Letras da
UFMG. O que começou como provocação aos alunos, terminou por aceitação:
³Tinha levado aos alunos dicionários de escritores baianos, gaúchos, cearenses,
pernambucanos e potiguares. Daí, ficou a sensação: O que fazemos para construir
um sobre mineiros?´, lembra. O primeiro passo foi o levantamento. Ao final da
labuta, uma lista de 400 nomes de escritores mineiros pairou sobre a mestra e seus
discípulos (os últimos, aproximadamen te 70). Como critério de seleção, ficou o
seguinte padrão: o dicionário só daria espaço ao âmbito literário (poetas, contistas,
cronistas, romancistas, novelistas, escritores de literatura infantil e, por último,
dramaturgos).

Para tecer tais verbetes, a organizadora, sob o texto dos alunos, levou em
consideração alguns tópicos importantes: de início, uma pequena biografia do
autor, e a lista de obras e prêmios, como qualquer outro glossário, daí o nome da
obra. ³Ainda ampliamos para a formação intelectual de cada um e, na medida do
possível, um comentário crítico sobre a carreira´, completa Constância. Ao final de
cada nome, há religiosamente as fontes de informação. Apresenta ao pesquisador o
lugar exato em que as informações foram encontradas. ³Serve co mo indicação para
estudos mais aprofundados.´

Basta folhear o dicionário, para o leitor (ou pesquisador) cair em interrogação. Algo
do tipo: ³Puxa, não sabia que o biógrafo Fernando Morais tinha nascido em
Minas?´. Pois é, nasceu em 1946 na histórica Mariana. ³É mineiríssimo´, destaca.
Outras confusões também foram sanadas com a publicação. Constância elege uma:
a da novelista Janete Clair, autora de sucessos como Irmãos Coragem, Selva de
Pedra e Pecado Capital. ³Por ter vivido boa parte da vida no Rio de Janeiro, muitos
acreditavam que ela fosse carioca.´ Engano, nasceu em Conquista, no Triângulo
Mineiro.

Como qualquer outro dicionário ou glossário, o de Escritores Mineiros é de fácil


manuseio. Por outro lado, herda a característica da efemeridade. A partir que se
coloca o ponto final na publicação, ela está fadada a ser ultrapassada. ³Ainda mais
se tratando de autores que escrevem novos livros, ganham prêmios ou morrem´.
Como solução, a pesquisadora pleiteia com a editora reedições sistemáticas. Mais
do que justo. ³Depois da publicação, tenho recebido livros de escritores mineiros
que não entraram nesta primeira edição. Na próxima, entrarão´.

r rr 

Os exemplares do Dicionário Biobibliográfico de Escritores Mineiros estão à venda


por R$ 54,00 em livrarias de todo o País, bem como por meio do site da Autêntica
Editora (www.autenticaeditora.com.br) ou pelo telefone 0800 -283-1322.