Você está na página 1de 92

R E L AT Ó R I O T É C N I C O

P ROJETO “ C UIDANDO DO FUTURO”

F ORMAÇÃO DO C UIDADOR S OLIDÁRIO

MAR / ABR - 2010


RELATÓRIO TÉCNICO

PROJETO CUIDANDO DO FUTURO


FORMAÇÃO DO CUIDADOR SOLIDÁRIO - MARANHÃO
MARÇO E ABRIL

2010

1. INTRODUÇÃO

Iniciamos as formações dos Agentes Comunitários de Saúde em fevereiro. O trabalho acontece


simultaneamente em 4 cidades a cada semana e neste período já atendemos 16 municípios.

A principal proposta – e, conseqüentemente, o maior desafio – da capacitação de Agentes


Comunitários de Saúde é a formação de um time, uma equipe dinâmica para jogar um jogo: a
redução da mortalidade infantil.

A segunda questão é de que forma, convocar mais e mais pessoas da comunidade, de todo e
qualquer segmento, para essa missão-desafio. Durante a oficina, de 40 horas, pensar essas questões
tem sido o exercício, proposto pelo CPCD, no qual as pessoas trabalham, em pequenos grupos ou
em rodas de discussão coletiva. Basicamente, vivenciamos dois momentos:

• Desenvolvimento de MDIs - Maneiras Diferentes e Inovadoras de...

O MDI é nosso instrumento de planejamento que ao mesmo tempo estimula a criatividade e a


inovação, buscando diversificar estratégias para o trabalho das equipes de ACS.

Durante a semana, desenvolvemos uma série de dinâmicas e jogos que nos ajudarão nas discussões.
A partir destas discussões os ACS levantam algumas perguntas (nós/gargalos) e que tem como
respostas as atividades propostas pelo grupo – MDI.

1
O MDI contribui para o planejamento e possibilita ao grupo, de maneira bem simples e prática,
visualizar como podem iniciar suas ações nas comunidades. Discutimos sobre questões especificas que
possam gerar essa mortalidade, mobilização de jovens e crianças em ações que promovam e garanta
a vitalidade das crianças, solidariedade, o cuidado de toda cidade com os bebês e gestantes, ações de
envolvimento nas comunidades para cuidarem melhor de suas crianças Cada atividade proposta,
recebe uma data e responsáveis para realizá-la. Em anexo os MDI’s.

• Levantamento de Pontos Luminosos

Paralelamente vamos construindo um mapa de Pontos Luminosos. A discussão é: Quem eu sou? Onde
eu estou? E para onde vou? Qual o futuro que almejo para essa minha comunidade. As pessoas
começam se colocando nesse mapa, lugar, comunidade e aos poucos de forma coerente vão
pensando outras pessoas, outros atores importantes que precisam ser convocados para auxiliar no
cumprimento de nossa meta. E, assim o projeto vai criando forma a partir do potencial e dos Pontos
Luminosos do grupo e da cidade, que pouco a pouco vão sendo levantados.

2
2. ATIVIDADES

2.1 - Formação de Educadores Sociais/ Agentes


Agentes Comunitários de Saúde e Cuidadores Solidários

A oficina se dá a partir do desenvolvimento de técnicas interativas, dinâmicas lúdicas e atividades de


grupo, promovedores dessa reflexão e encaminhamentos para o dia-a-dia dos Agentes Comunitários
de Saúde e Cuidadores Solidários.

Presidente Dutra
Participaram de duas formações 41 pessoas. Alem dos ACS, participaram da oficina, 10 Cuidadores
Solidários, 14 agentes de endemias, 2 técnicas de enfermagem, 2 parteiras , sendo que infelizmente
tivemos um benzedor, que começou, mas não conseguiu continuar por problemas de saúde.

As dinâmicas de apresentação e construção do mapa da cidade, ajudaram a resgatar as histórias da


comunidade, a pensar em questões problema e também no que Presidente Dutra tem de positivo e
luminoso. Entre as principais situações levantadas, discutimos: Como promover a auto-estima das
mulheres (aceitação da gravidez e do filho).

Como discutir a participação do pai na gestação? Pensamos também como intervir em problemas
sociais que seriam os responsáveis causadores da mortalidade infantil, por exemplo, fatores que levam
a desnutrição e ao aborto, entre outros. Assim introduzimos o MDI com a pergunta: De quantas
Maneiras Diferentes e Inovadoras podemos despertar o interesse das mães para fazer o pré-natal?

Santa Inês e Santa Luzia


Até agora aconteceram duas oficinas, em Santa Inês e uma em Santa Luzia. As duas cidades são muito
próximas e de realidade bem parecida.

Durante a primeira semana, em Santa Inês, o número de participantes chegou a 26, porém esta
marca oscilou e chegamos ao final da oficia com 21 participantes. Já na segunda turma, tivemos na
turma a presença de 2 enfermeiras, mas elas não puderam ficar o tempo todo. Uma assistente social,
participou e se empenhou muito nas discussões com o grupo, o que foi um ponto muito positivo para a
turma.

Em Santa Luzia foram 21 participantes. A segunda oficina prevista não aconteceu, por causa da
Semana Santa.

A grande questão discutida na formação foi a vontade e a capacidade de acolhimento de cada


participante, exercitando um novo olhar sobre essas comunidades. Entretanto, dessa vez a discussão
não se embasou no aspecto negativo, mas na vida e nos Pontos Luminosos.

3
Nessas oficinas, contamos com a participação efetiva dos Anjos da Guarda, o que nos permitiu
conversar sobre o papel do Anjo no Projeto e a importância de todos estarem unidos nesse trabalho.
Pensando formas de convocar mais e mais pessoas para essa tarefa, envolvendo toda a comunidade.
O grupo participou ativamente da oficina.

Codó
Durante o período, apenas uma oficina aconteceu em Codó onde participaram 23 pessoas (agentes
de endemia, ACS, Anjos da Guarda, pessoas da comunidade, benzedeiras, parteiras, enfermeiras e
técnicas de enfermagem) sendo 4 homens e 19 mulheres.

Durante a semana a principal questão foi como despertar e modificar o nosso olhar com relação aos
cuidados com a gestante e os recém nascidos. A grupo estava bem heterogêneo, contamos com a
participação dos Anjos da Guarda, de Agentes de Saúde e endemias, parteiras, benzedeiras.
Conversamos do papel do Anjo da Guarda no Projeto e a importância de todos estarem ligados uns
aos outros durante o trabalho.

O grupo participou ativamente da oficina e durantes as discussões procuramos pensar formas de sair
do convencional. Um aspecto negativo é que formamos apenas cinco Cuidadores Solidários, todos já
ligados a ações sociais voluntárias como a pastoral da criança e lideranças de bairro.

Barra do Corda
Apenas seis Cuidadores Solidários foram capacitados em barra do Corda, apesar de aconteceram
duas oficinas.

Devido ao feriado da Semana Santa, uma oficinas teve um cronograma de atividades diferenciado.

Os grupos foram muito participativos e ricos em experiências; se envolveram muito no trabalho ao


longo dessas duas semanas. No primeiro momento, a primeira turma teve dificuldade em aprofundar
na temática, no entanto, apareceram vários casos sobre gravidez na adolescência, e a partir daí
conseguimos sair do lugar comum, que eram os cuidados técnicos com a gravidez e começar a pensar
um envolvimento maior da comunidade.

Dentre as experiências do grupo, fizemos uma visita ao Posto de Saúde, onde conversamos com todos
os presentes, sobre a importância do acolhimento da mãe pela comunidade. Um segundo grupo
realizou um bate papo com as gestantes, dando orientações sobre cuidados com o bebê, no Posto de
Saúde do bairro INCRA. O terceiro grupo fez um levantamento de comerciantes e pessoas solidárias.

4
A atividade na comunidade foi muito importante, pois a partir dessa experimentação as pessoas
constataram que o MDI não era nenhum “bicho de sete cabeças”, o que abriu caminho para
pensarmos outras formas de atuação.

O grupo identificou como pontos mais críticos, na questão da mortalidade infantil, a área rural,
indígena e o acesso ao atendimento de saúde.

Como prioridade, a proposta é realizar ainda no mês de abril um mutirão que cobrirá inclusive, áreas
que ainda não possuem agentes de saúde, para identificar as grávidas e pensar formas de
acompanhamento.

Vargem Grande
Vinte e seis pessoas, sendo 20 mulheres e 6 homens, participaram diretamente da primeira oficina de
Educadores Sociais, que aconteceu na semana do dia 08 a 12 de março. Já na oficina da semana
seguinte, foram 23 participantes.

Tivemos turmas bem diversificadas. Tínhamos participantes da Pastoral da Criança, participantes da


Igreja Adventista, da Igreja Assembléia de Deus, duas representantes de terreiros de Candomblé, que
também são parteiras, membros da Pastoral da Criança, membros do Sindicato dos Trabalhadores
Rurais, Agentes de Saúde e Agentes de Combate a Endemias.

Conseguimos debater os temas propostos de forma respeitosa, valorizando e respeitando as


diversidades culturais de cada indivíduo, e pensando na importância de se elaborar um Projeto de
Cuidado com a Vida.

O exercício de construção do MDI foi de suma importância para uma mudança de olhar sobre a
comunidade, desviando-se o foco dos medos e de uma série de dúvidas que os participantes
levantaram sobre o projeto.

O lado positivo foi perceber que existe muita disposição da equipe selecionada como Cuidadores
Solidários. Toda essa “empolgação” se refletiu nos encaminhamentos do trabalho pelo grupo,
juntamente com os Anjos da Guarda que já se reuniram com o intuito de planejar ações futuras e
discutir os MDI’s criados na oficina.

Chapadinha
Em Chapadinha, a equipe de 23 participantes promoveu conversas bastante ricas.

A atividade mais interessante foi o trabalho de campo, pois se deu com um grupo muito grande de
gestantes. De maneira simples e divertida conversamos sobre os medos e receios das gestantes, sobre

5
o parto e sobre os cuidados com os recém-nascidos. Observamos como foram importantes esses
momentos, pois o grupo conseguiu olhar a comunidade de uma forma mais participativa e solidária,
percebendo a necessidade de contribuir com a saúde da comunidade em geral.

Timon
Em Timon, o trabalho começou pelo cadastro de Cuidadores Solidários. Sete pessoas se inscreveram.
Devido a problemas de articulação interna, a terceira semana foi especificamente com o grupo de
Cuidadores Solidários, duas benzedeiras e um líder do grupo de quebradeiras de coco. Infelizmente a
oficina durante essa semana teve a presença de apenas 10 pessoas.

Em geral, as turmas de Timon demonstraram interesse pelas questões discutidas na oficina, sobretudo
ao re-significado que tentamos dar ao nascimento de uma criança para a nossa sociedade. Para o
grupo esse nascimento precisa ser “uma festa”. Esta festa foi um dos assuntos para o MDI onde a
colocamos como uma ação de acolhimento e valorização da vida.

Em uma das visitas a comunidade em Timon, identificamos nove grávidas e duas crianças que ainda
estavam amamentando. A partir dessa realidade conversamos sobre vários pontos:
- Aleitamento materno.
- Cuidados dos pais.
- Mobilização da comunidade.
- Acolhimento.
- Dinamismo.

Outro aspecto interessante foi que, com a participação das benzedeiras, conhecemos um pouco da
prática delas de cura do umbigo - eles usavam pó de sabugo, banha de galinha, pó de casca de
aroeira, mastruz torrado e raspa de cajá. Estas benzedeiras agora aliadas do Projeto, sabem da
importante de se fazer o pré-natal, os cuidados com o umbigo, aleitamento materno e o carinho das
mães e famílias com a criança; e, sobretudo, essas mulheres têm muita importância dentro de suas
comunidades, tendo um grande poder de estimulo e convencimento.

Coroatá
Participaram da oficina 17 pessoas, entre elas, sete Cuidadores Solidários, Agentes de Saúde, uma
psicóloga e enfermeiras.

O grande desafio desta semana foi mostrar para os Agentes de Saúde que é possível promover a
saúde de outra maneira. Algumas enfermeiras da turma já haviam participado do curso com o Tião.
Elas contribuíram para enriquecer ainda mais a discussão. Entretanto, algumas pessoas ainda
manifestaram certa resistência ao Projeto, pois para esses participantes, existe uma regra muito clara
em relação ao trabalho do Agente de Saúde: orientar e encaminhar.

6
Felizmente, aos poucos, essa visão foi se modificando ao longo da semana, a partir da percepção dos
Pontos Luminosos e do planejamento dos MDI’s.

“A semana foi muito desafiadora. Percebemos que o tempo da oficina é imprescindível para que as
pessoas consigam compreender toda metodologia e reconhecer que o projeto é uma grande
provocação, que poderá modificar para sempre o trabalho e o significado de ser um Agente de
Saúde.”

Balsas
Nossa intervenção nas comunidades foi muito tranqüila e prazerosa. As pessoas se sentiram bem em
nos receber. Isso foi surpreendente para o grupo, que temia a resistência das pessoas, e ao mesmo
tempo respaldou a nossa teoria dos pontos luminosos e da afetividade como foco do trabalho.

Na primeira turma surgiu um grupo: “Fazendo a Diferença” e um dos momentos mais importantes foi
a visita dessa turma a equipe da segunda oficina, pois começamos a promover o envolvimento entre
as equipes e também perceber que uma proposta do MDI já está em andamento na cidade.
Firmamos uma reunião mensal entre o grupo e uma bimestral entre todos os envolvidos no projeto.

O aspecto negativo dessa turma, foi o fato de que o grupo de Cuidadores Solidários estava muito
desarticulado o que impossibilitou o aproveitamento da oficina.

• Exercício na comunidade

Durante as oficinas estabelecemos estrategicamente pontos básicos, pré-definidos pelo grupo a partir
das atividades propostas. No geral, nossos encontros com a comunidade foram muito interessantes e
proveitosos. Sempre reservamos um tempo da oficina para contato com as comunidades e
sistematização desse aprendizado.

Além das conversas com os moradores, chegamos a fazer pequenas intervenções: os grupos visitaram
pessoas para um bate-papo informal, rapidamente organizaram oficinas relacionadas aos recém
nascidos, experimentaram jogos produzidos na oficina e fizeram enquetes sobre o tema. Também
reconhecemos potenciais pontos luminosos em visitas convites para participarem do projeto.

Foi muito bom, pois essa dinâmica foi um marco na oficina, a turma se enchia de ânimo e a partir daí
foi possível discutir o que cada um assumiria. É o ponto de empoderamento da oficina.

7
2. Formação
Formação de Educadores Sociais para médicos, enfermeiros e Anjos da Guarda - ministradas por
Tião Rocha.
Rocha.

Durante o período, simultaneamente as oficinas dos Agentes Comunitários de Saúde-ACS nas diversas
cidades, aconteceram também, 3 oficinas com os Anjos da Guarda - estes são enfermeiros e
coordenadores do PSF, que serão os responsáveis pelo monitoramento e coordenação do trabalho das
equipes. Participaram também outras enfermeiras e profissionais da área de saúde. Nesse momento,
todos os Anjos da Guarda já passaram pelo primeiro encontro com o professor Tião Rocha. Encontros
esses que continuarão acontecendo mensalmente.

No primeiro momento com o professor Tião Rocha, as dinâmicas de apresentação do grupo, crachá
e jogo da bola ajudaram a introduzir e discutir a ideia do time, reforçando o grupo-equipe-time
diante do desafio de reduzir a mortalidade infantil em 10%.

Foi muito interessante a discussão das ideias de “piscadela” como referencial da singularidade, onde
percebemos e trabalhamos o conceito de visão de mundo e encerramos pensando nas possibilidades
de compreender a comunidade o bairro, a cidade, pelo lado cheio do copo, pelos Pontos Luminosos.

A partir do jogo: Nave/mina/comandante, trabalhamos a função e o papel de cada um de nós nesse


Projeto, evidenciando porém que quem determina as ações de um projeto deve ser, sempre, o
objetivo. O que ficou marcado é que sempre, em todas as oficinas alguém “acertou” essa questão, que
cada ação nossa no dia a dia, deve ser determinada e comandada pelo nosso objetivo maior – reduzir
a mortalidade infantil.

Ainda na primeira etapa da oficina, no segundo momento, começamos a discussão de casos para
introduzir o Plano de Trabalho e Avaliação – PTA, como um modelo mental pensando e valorizando
as perguntas importantes, a partir dos nós, gargalos e conflitos levantados pelo grupo.

A segunda etapa, foi a apresentação do Plano de Trabalho e Avaliação - PTA para combater a
mortalidade infantil, enfatizando que são resoluções do Ministério da Saúde, portanto consensos da
ciência médica, mas que isso só não basta, visto que, estamos perdendo, no Brasil todo, a batalha
contra a mortalidade infantil. É preciso ampliar o olhar para o social, pontos de luz e aí entra o
conceito do MDI- Maneiras Diferentes e Inovadoras.

A partir da divisão do grupo em 3 times: elefante/tucano e girafa, brincamos com o potencial de


criatividade a partir de questões inusitadas como:
De quantas Maneiras Diferentes e Inovadoras podemos usar um guarda chuva?
Depois esse nosso desafio passou para: de quantas Maneiras Diferentes e Inovadoras podemos reduzir
a mortalidade infantil nos municípios de origem?

8
Começamos a pensar o MDI – Maneiras Diferentes e Inovadoras, tecnologia do CPCD aplicada a
realidade dos municípios.

A partir daí cada grupo construiu e avaliou seu MDI com o qual começará suas atividades nas
respectivas cidades.

9
3. INDICADORES DE ÊXITO

3.1 - Índices quantitativos

- Elaboração de 6 MDI’s, pelos Cuidadores Solidários e Agentes de Saúde.


- Levantamento de Pontos Luminosos, nos 15 municípios, onde aconteceram oficinas
- Construção de um jogo, como instrumento de trabalho em Presidente Dutra.
- Formação de 560 ACS.
- Produção de um jornal.
- Produção de um programa de rádio.

Oficinas realizadas pelo professor Tião Rocha


10 e 11/03 Enfermeiras

9, 10 e 11/04 Anjos da Guarda

27/04 Médicos

Palestra na Universidade Estadual do Maranhão sobre


27/04
Comunidades Sustentáveis

28 e 29/04 Enfermeiras

Oficinas realizadas pelos educadores do CPCD


Cidades Numero de oficinas Numero de participantes
Açailândia 2 48
Paço do Lumiar 4 85
Santa Inês 2 41
Santa Luzia 1 21
Coroatá 1 18
Codó 1 22
Timon 3 50
Bacabal 1 18
Balsas 2 34
Barra do Corda 2 36
Presidente Dutra 2 47
Vargem grande 2 48
Chapadinha 1 23
Buriti 1 21
Coelho Neto 1 25
Itapecurum Mirin 2 45
Total 16 cidades 28 oficinas 582 participantes

10
3.2 - Índices qualitativos
- Participação dos Cuidadores Solidários.
- Intercâmbio com as comunidades.
- Compreensão dos Pontos Luminosos.
- Compromisso.
- Mudança de comportamento.
- Olhar mais criterioso e sensível.
- Construção de MDI’s.
- Empoderamento dos envolvidos.
- Harmonia entre os participantes.
- Desenvolvimento do grupo.
- Interesse das equipes pelo projeto Cuidando do Futuro.
- Participação dos grupos nas atividades dentro da comunidade.
- Transformação pessoal.
- Participação respeitosa das pessoas na comunidade.
- Resposta positiva de todas as comunidades acionadas.
- Boa assimilação dos conteúdos discutidos.
- Identificação de parcerias.
- Novas ideias para melhoria dos cuidados da família com o RN (recém nascido).
- Ampliação da rede de Cuidadores e voluntários.
- Pontos Luminosos levantados.
- A integração de verdadeiros pontos luminosos à oficina, como dona Iracy (líder comunitária) em
Coroatá, Dona Antônia em Vargem grande ( centro de Candomblé) e Dona Mariquinha em
Presidente Dutra (Pastoral da Criança), entre outras pessoas de grande influencia na
comunidade.
- Participação de 3 médicos, por iniciativa própria.

11
4. INDICADORES DE DIFICULDADE

- Cinco oficinas não aconteceram.


- Falta de perfil de alguns Cuidadores Solidários – como por exemplo, alguns que exercem
outras atividades.
- Não atingimos o número de Cuidadores Solidários previstos.
- Em algumas cidades, os Anjos da Guarda ainda não conheciam o Projeto.
- Algumas dificuldades logísticas, por exemplo, podemos citar a falta de almoço, ou de
mobilização da turma para a formação, que ocorreu em algumas cidades.
- Número de participantes inferior ao previsto.

12
5. REFLEXÃO

No geral, percebemos que aos poucos, conseguimos romper o pensamento individualista e ao final a
discussão se concentrou nos pontos positivos e não nos conflitos. Conversamos sobre as práticas e
estratégias de combate ao problema. Sabemos, porém que se trata de uma ruptura total com o
paradigma do “menos um”, ou seja, estamos sempre lembrando e celebrando a perda e o nosso
trabalho requer nova visão e postura diante da vida. A exemplo dos anúncios de morte nas nossas
cidades precisamos cultuar e reafirmar a vida: “O Mais UM”, a alegria de receber toda e qualquer
crianças, que significará chance de recomeço e de melhoria para nossa comunidade.

Trabalhamos a partir das histórias levantadas pelos participantes, retratando sua realidade e
levantando algumas situações bem polêmicas, como as razões das mulheres não fazerem o pré-natal
e o pensamento de que outros(ou o governo) precisam fazer algo por nós. Isso significa ampliar nossa
visão de mundo, descobrir novas possibilidades e a oportunidade de trabalhar em benefício de toda
uma coletividade.

As experiências vividas, somadas às discussões e reflexões, nos estimularam a buscar ideias e


alternativas concretas e (algumas) até inovadoras para problemas tão sérios e tão próximos.

Percebemos que há desejo de participação buscando uma intervenção positiva e transformadora na


comunidade.

13
Anexos

MDI - Maneiras Diferentes e

Inovadoras

Pontos Luminosos

Depoimentos
MDI - Maneiras Diferentes e

Inovadoras
 Maneiras Diferentes e Inovadoras

MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras - Timon/MA - Oficina Educador


Educador Social

Período: 08 a 12 de março - 2010

Perguntas Ações Tempo Responsável Resultados

1.1 - Encontro nos Pontos Luminosos da


Semanal Cuidadores Solidários
comunidade para cuidar das gestantes.
1.2 - Divulgação do Projeto nas rádios
Antes de iniciar o trabalho ACS e Cuidadores
comunitária para falar dos cuidados com a
na comunidade Solidários
gestante.

1.3 - Construção de jogos com o tema


cuidados com a gestante. 1 vez por semana

1.4 - Formação de grupos de recreação e Cuidadores Solidários


1. De quantas Maneiras Diferentes e
apoio à gestante.
Inovadoras as mães podem acolher 1 vez por mês
1.5 - Caminhada para uma gestação
a gestante para que elas tenham
segura.
uma gestação segura e saudável?
1.6 - Mutirão para emplacar a casa das 1 vez a cada mês ou Cuidadores Solidários
gestantes. sempre que tiver demanda. e ACS

1.7 - Cinema com as gestantes. Cuidadores Solidários

1.8 - Oficina de mimos para o neném


1 vez a cada mês Cuidadores Solidários
(enfeites, músicas de ninar etc.)
e ACS

14
2.1 - Dia do CGRN – Cuidados com a
25 de junho Cuidadores Solidários
gestante e recém-nascido
e ACS
2.2 - Fuá gestante (Festa da Gestante) 07 de maio

2.3 - Café com a comunidade, neste dia


terá teatro para discutir o cuidado com a ACS, Cuidadores
gestante e RN também haverá gincana a 26 de junho Solidários, prefeitura e
2. De quantas Maneiras Diferentes e
respeito dos cuidados importantes. Essa PSF, parceiros.
Inovadoras podemos mobilizar a
atividade acontecerá durante toda manhã.
comunidade para cuidar da gestante
2.4 - Criação de uma comunidade no Orkut
e RN?
para divulgação do Projeto suas ações e
também os cuidados com a gestante e RN.
Segunda quinzena de
Cuidadores Solidários
março

15
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Inovadoras - Presidente Dutra/MA
Dutra/MA - Oficina Educador Social

Período:
Período: 08 a 12 de março de 2.
2.010

Perguntas Ações Tempo Responsável Resultados

1.1 - Carta-convite sobre a importância de


31 de março
1. De quantas Maneiras Diferentes e cada um fazer a sua parte Mariquinha,
Inovadoras podemos mobilizar a 1.2 - Bate papo na rádio sobre o tema 3 minutos por dia Gutemberg, Teone
comunidade para “cuidar do futuro”
1.3 - Cadastro único de gestantes março/abril
(gestantes e recém-nascidos).
1.4 - Campanhas de contribuição Mariquinha,
Sempre que necessário
(alimento/enxoval) Gutemberg, Teone,
1.5 - Cadastro de comerciantes solidários Mensal Márcia Maria, Zeneide

2.1 - Mapeamento de lideranças e mestres Março ACS

2.2 - Formação de um grupo de


Mariquinha
massagistas
Mariquinha, Cuidores
2.3 - Sessão de massagens para gestantes
Semanal Solidários, ACS
2. De quantas Maneiras Diferentes e Mariquinha,
2.4 - Encontro de gestantes
Inovadoras podemos incentivar a Gutemberg, karlene
gestante a fazer o pré-natal? 2.5 - Coquetel de frutas ( bate papo –
ACS
regado a suco de frutas da região )
2.6 - Formação de um clube de mães
cuidadoras (mulheres da comunidade que Mensal Zeneide, Eliete e
cuidarão das gestantes – acompanhando na Regiane
consulta, etc)

16
3.1 - Conselho com essas lideranças
(auxilio e celebração para cada nascimento
3.2 - Troca troca (encontro para cotização
de roupas, ideias e informações)
3.3 - Roda de conversa ACS
3. De quantas Maneiras Diferentes e
3.4 - Valor da vida: campanha de visitas e
Inovadoras podemos incentivar as Mensal
conversas contra o aborto
gestantes a fazer o pré-natal?
3.5 - Gincana de grávidas (ex: quem tiver o
cartão em dia ganha um brinde)
3.6 - Piquenique (atividade física, ginástica, Gutemberg,
caminhada ao ar livre) Mariquinha, Zeneide,
Márcia Maria
4.1 - Gincana do futuro (procurar escolas e
31 de março
grupos de jovens para propor a gincana)
4.2 - Jovens cadastrarem o maior número
3 minutos por dia
de gestantes das comunidades
Cuidadores Solidários,
4.3 - A cada nascimento plantar uma árvore Sempre que necessário ACS
4. De quantas Maneiras Diferentes e
4.4 - Acompanhar o pré-natal de cada
Inovadoras podemos despertar nos
gestante (por equipes)
jovens o interesse e o “poder”
4.5 - Montar kits; enxoval de bebês
colaborar com o Projeto: Cuidando
Mensal
do Futuro.
4.6 - Dia do Cuidado (cabelo, unha,
ACS
massagens para as grávidas)

17
5.1- Dia do Acolhimento (preparar a casa.
5. De quantas Maneiras Diferentes e
Prêmio maior para quem conseguir Cuidadores Solidários,
Inovadoras podemos despertar nos
acompanhar a grávida na ida e na volta da ACS
jovens o interesse e o “poder” Mensal
maternidade)
colaborar com o Projeto: Cuidando
5.2 - Concurso de criação de cantigas de
do Futuro. ACS
ninar..
Karlene
6.1 - Oficina de primeiros cuidados (turma Francisca Alves,
31 de março
do futebol/grupos de casais Francisca Maria,
Francisca (preta)

Karlene
Francisca Alves,
6.2 - Campanha pró-peito. (Mobilização dos Francisca Maria,
3 minutos por dia
homens) Francisca (preta),
6. De quantas Maneiras Diferentes e
Cuidadores Solidários,
Inovadoras podemos envolver os
ACS
pais nos cuidados (gestantes e
recém-nascidos)

Cuidadores Solidários,
Mensal
6.3 - Oficina de ninar nenê (escolas, grupos ACS
de: futebol, trabalho, etc)

18
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras - Santa Inês/MA

Período: 15 a 19 de março - 2010

Perguntas Ações Tempo Responsável Resultados

1.1 - Visitas domiciliares com pessoa de


Diariamente
confiança da gestante
Diariamente; após o
1.2 - Dia do Aconchego
nascimento do bebê.

1.3 - Horta comunitária Diariamente

1.4 - Roda para conversas sobre valores Diariamente; durante o


nutricionais e higiene cuidado com a horta.
1.5 - Oficinas de cuidados com as mães e
1. De quantas Maneiras Diferentes e Semanalmente
amigas
Inovadoras podemos contribuir para ACS, Cuidadores
1.6 - Reuniões para trocas de experiências
que os bebês nasçam e permaneçam Solidários, Enfermeiras
relativas ao desenvolvimento da gravidez
em ambientes favoráveis ao seu Quinzenalmente
bem-estar e a proteção de sua vida? 1.7 - Oficinas de preparação do enxoval do
recém-nascido
1.8 - Oficina de confecção de
Mensal
lembrancinhas para as visitas

1.9 - Oficina de alimentação


2 em 2 meses

19
2.1 - Visitas de diálogo sensível 15 em 15 dias

2.2 - Oficinas de sensibilização e


2. De quantas Maneiras Diferentes e alongamento Mensal
ACS, Cuidadores
Inovadoras podemos cuidar das 2.3 - Visita com a melhor amiga
Solidários, Pontos
gestantes adolescentes para que Mensal
2.4 - Acompanhamento ao médico com a Luminosos
assumam seu papel de mãe?
amiga ou acompanhante de sua escolha
Mensal; antes do parto de
2.5 - Festa pré-natal
cada gestante

3.1 - Visitas sensíveis


Semanalmente
3.2 - Visitas com amigas da puérpera
3. De quantas Maneiras Diferentes e ACS, Cuidadores
Inovadoras podemos cuidar dos 3.3 - Encontro das puérperas Mensal Solidários, Pontos
recém-nascidos para contribuir com Luminosos
3.4 - Festas dos bebês
seu bem-estar e proteção à sua vida? 3 em 3 meses
3.5 - Roda do peso com os irmãos

3.6 - Dia da avó/tias com os bebês 6 em 6 meses

20
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras - Codó/MA

Período: 15 a 19 de março
março - 2010

Perguntas Ações Tempo Responsável Resultados

1.1 - Identificar as gestantes (visitas à comunidade)

1. 2 - Encontro de mães (cuidados básicos, Mensal

brincadeiras, kit para gestantes)


1. De quantas Maneiras
1.3 - Cantinho da gestante no HGM - Hospital Geral ACS, Cuidadores Solidários,
Diferentes e Inovadoras 2 vezes por semana
Municipal Anjos da Guarda
podemos cuidar da gestante?
1.4 - Dia de Conversa

1.5 - Terapia do cinema (assistir a filmes e vídeos Mensal

para discutir cuidados básicos com o bebê)


2.1 - Visita-acolhida na maternidade, no momento
em que as gestantes aguardam a realização dos 2 vezes na semana
exames.
2. De quantas Maneiras
Diferentes e Inovadoras 2.2 - Dia de Carinho na casa da mamãe. ACS, Cuidadores Solidários,
1 vez por semana
podemos cuidar do recém- 2.3 - Encontro para trabalhar a higiene com as Anjos da Guarda
nascido para que tenham puérperas.
vida plenamente? 2.4 - Encontro na casa das benzedeiras para
2 vezes por mês
incentivar o aleitamento materno.

2.5 - Concurso “Bebê Mais Saudável”. 1 vez por mês

3. De quantas Maneiras 3. 1 - Mutirão para limpeza das casas e ruas para Sempre que houver ACS, Cuidadores Solidários,
Diferentes e Inovadoras chegada do bebê. recém-nascido Anjos da Guarda

21
podemos mobilizar a 3. 2 - Construção do cantinho do bebê. (cada mãe
Sempre que houver
comunidade para cuidar das terá um espaço no quintal, para produção de
criança.
gestantes e recém-nascidos? alimentos garantindo sua nutrição).
3.3 - Encontro para discutir o reaproveitamento e o
descarte do lixo, visando a uma casa limpa para Mensal
receber a criança.
3.4 - Encontro com os vizinhos para discutir o cuidado
1 vez por mês
com o recém-nascido.
4. De quantas Maneiras 4.1 - Identificação das gestantes na escola e
2 vezes ao mês
Diferentes e Inovadoras comunidade para formação de grupos
ACS, Cuidadores Solidários
podemos cuidar das 4.2 - Gincana comunitária (Tema: Cuidados da
Mensal
adolescentes grávidas? gravidez na adolescência.)
5.1 - Visita às comunidades para identificar as
Mensal
gestantes.
5. De quantas Maneiras 5.2 - Conversa com a gestante na Secretaria de
A cada 2 meses.
Diferentes e Inovadoras Assistência Social para trocar informações.
ACS, Cuidadores Solidários,
podemos cuidar das 5.3 - Abordagem das puérperas na Maternidade
Enfermeiras,Técnicos em
gestantes e recém-nascidos Mamãe Neyde, para conversar sobre a importância Toda semana
Enfermagem
da zona rural de difícil do aleitamento materno.
acesso? 5.4 - Encontro para conversar com as puérperas
sobre os cuidados de higiene intima e revisão do Mensal
parto.

22
MDI - Maneiras
Maneiras Diferentes e Inovadoras - Barra do corda /MA - Oficina Educador Social -

Período: 22 a 26 de março - 2010

Perguntas Ações Tempo Responsável


Responsável Resultados

1.1 - Colocar uma caixinha de recados


ACS
nos Postos de Saúde
1.2 - Corrente de vizinhos – aproveitar
Diário
as “rodas de fofoca” na porta da rua
todos
para incentivar o cuidado com as
1. De quantas Maneiras
gestantes da comunidade.
Diferentes e Inovadoras
1.3 - Escala de busca das gestantes
podemos identificar as
(rodízio de agentes em visitas regulares ACS
gestantes e bebês que se Quinzenal
às gestantes que não querem fazer o
encontram em “situação de
pré-natal)
risco”?
1.4 - Cadastro de gestantes em
Mensal
situação de risco
todos
1.5 - Mutirão em áreas descobertas
Trimestral
para identificação das grávidas
2.1 - Guia da Vida – criar uma rede de
2. De quantas Maneiras motoristas solidários.
Dodo, Ivone, Eli,
Diferentes e Inovadoras Criação de um fundo para o
Diário Dona Messias
podemos melhorar o pagamento do transporte da gestante
atendimento das gestantes (bazar, trocas, eventos)
que moram na zona rural?
2.2 - Lar Coração de Mãe – guia de Delma, Dona

23
casas solidárias Messias, Consuelo,
Iraceli, Cecilene,
Nazareth
2.3 - Dia da Luz – passe livre para
Indeterminado Todos
gestantes no dia do parto
2.4 - Dia Urgente – fazer acontecer o
Dia de Urgência no Hospital Materno
Médicos, enfermeiros,
Infantil, um dia de mutirão para
quinzenalmente ACS e Cuidadores
atender gestantes de risco, da zona
rural e da cidade, que estão com
consultas atrasadas
Munira, Eli, Dodô,
3.1 - Caixinha do Saber – dúvidas e
Cecilene, Ivone e
sugestões
jovens
3.2 - Jovens em Alerta – acionar diário
lideranças jovens que vão ajudar a Munira, Eli, Cecilene,
3. De quantas Maneiras
orientar e prevenir a gravidez na Dodô, Ivone e jovens
Diferentes e Inovadoras
adolescência
podemos prevenir a gravidez
3.4 - Trocando-Ideias – bate papo para
na adolescência?
conhecer mais o que estão pensando Mensal Munira, Eli, Cecilene,
os adolescentes. Escuta, orientação e Escola Maria Nídia Dodô, Ivone
troca de experiências (conversa com Escola Nilva de Franca
jovens que já tem filhos).
3.5 - Sexualidade e Responsabilidade – Munira, Eli, Dodô,
Mensal
roda de conversa entre pais e Cecilene, Ivone e

24
professores para esclarecer dúvidas e jovens
trocar experiência
4.1 - Lar Coração de Mãe Diário
Acolher mães do interior e da
Delma, Dona
comunidade.
Messias, Cecilene,
Criar uma bandeira para identificar as Abril / 2010
Consuelo e Nazaré
casas acolhedoras.
(todas já acolhem
Reunião com comerciantes solidários. Abril / 2010
gestantes em suas
Mapear as casas acolhedoras e Abril e Maio / 2010
casas)
comunidade e divulgar em hospitais e
4. De quantas Maneiras Postos de Saúde.
Diferentes e Inovadoras 4.2 - Mutirão dos vizinhos Cuidadores
podemos envolver a – Mobilizar os grupos de “fofoca” para
Diário Todos
comunidade para cuidar das que eles se tornem cuidadores das
gestantes e bebês em gestantes de sua rua
situação de risco? 4.3 - Mães Cuidadoras – oficinas e Todos, Pontos
orientações para gestantes Luminosos
4.4 - Cantinho de Luz – Espaço
reservado para gestantes nos Postos de Munira, ACS
Semanal
Saúde (atividades do MDI, massagens,
orientações, etc...)
4.5 - Programa de Rádio (tirar dúvidas,
Todos
orientações e comunicar nascimento)

5.1 - Curso – 9 meses de emoção Quinzenal Munira

25
5. De quantas Maneiras Jô, Cecilene, Dodô,
5.2 - Bazar de Trocas Mensal
Diferentes e Inovadoras Eli
podemos envolver a 5.3 - Divulgação do Projeto na
comunidade para cuidar das comunidade (divulgação em rádio, TV,
Todos
gestantes e bebês em campo de futebol, adesivos para carro
situação de risco? e moto-táxi, escolas e igreja)
Delma, Consuello,
5.4 - Moto-táxi – urgente na notícia Eli, Dona Messias,
Estratégico
Nazaré
Delma, Consuello,
Eli, Dona Messias,
5.5 - Grupo de Cantadores – criar
Nazaré, Dodô, Maria
músicas para gestantes e bebês
da Glória, Maria das
Neves
Dona Messias, Dodô,
Jô, Maria José,
5.6 - Campanha: Nasce uma criança, Guthardo, Munira,
Por nascimento
plante uma árvore Delma, Maria das
Neves, Maria da
Glória

26
MDI - Maneiras
Maneiras Diferentes e Inovadoras - Coroatá/MA - Oficina Educador
Educador Social

Período: 22 a 26 de março - 2010

Perguntas Ações Tempo Responsável Resultados

1.1 - Visita da mamãe (troca entre as


Semanal
mães que amamentam)
Agentes
1.2 - Aleitamento solidário (teatro e
Comunitários de
troca de experiências entre as mães)
Mensal Saúde,
1. De quantas Maneiras Diferentes 1.3 - Roda da Vovó (de volta ao
Cuidadores
e Inovadoras podemos promover o passado)
Solidários
aleitamento materno
1.4 - Dia da boa mamada Enfermeiras,
1.5 - Visita dos Cuidadores Solidários A cada 15 dias equipe saúde da
as puérperas família
1.6 - Piquenique do papai e da mamãe 2 vezes por semana

2.1 - Mensagem móvel a gestante

2.2 - Piquenique dos pombinhos.


Mensal Agentes
2. De quantas Maneiras Diferentes 2.3 - Missa de ação de graça as Comunitários de
e Inovadoras podemos mobilizar a gestantes. Saúde,
comunidade para cuidar da Cuidadores
gestante? 2.4 - Conversas e diálogos constante Solidários,
com as gestantes. semanal Psicóloga

27
3.1 - Rodas de conversas entre grupos
de amigos para pensar os cuidados Semanal
com a gestante.
Agentes
3. 2 - Festa para a chegada do bebe.
Comunitários de
(preparar a cada e mobilizar os Sempre que tiver criança.
3. De quantas Maneiras Diferentes Saúde,
visinhos neste sentido)
e Inovadoras podemos mobilizar a Cuidadores
3.3 - Busca de parcerias com
comunidade para cuidar da Mensal Solidários,
instituições religiosas e políticas.
gestante? Equipe Saúde da
3.4 - Bingo da mamãe família
1 vez a cada três meses
3.5 - Bingo com a comunidade.

3.6 - Gincana da gestante com a


A cada 6 meses
participação dos adolescentes.

28
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras - Barra do Corda - MA

Período: 29 a 31 de março

Pergunta Ação Tempo Responsável Resultado

1.1 - Bate-papo interativo nas escolas Mensal ACS


1. De quantas Maneiras Diferentes ACS - Oneide,
e Inovadoras pode-se prevenir a 1.2 - Gincanas educativas Trimestral Ivone, Girleide,
gravidez na adolescência? Jesus, Kenardia
1.3 - Diálogo com os pais Nas visitas ACS

2.1 - Caixinha de sugestões no hospital Mensal ACS


2. De quantas Maneiras Diferentes 2.2 - Dia do Cuidado (café da manhã ACS - Oneide,
e Inovadoras podemos melhorar o com os médicos para pensar maneiras Ivone, Girleide,
atendimento médico? Trimestral
diferentes de melhorar a assistência no Jesus, Kenardia,
hospital) Maria Mendes
3.1 - Rodízio do Afeto (visitas para
Semanal ACS
cuidar das gestantes)
3. De quantas Maneiras Diferentes 3.2 - Jornal Mural (notícias sobres as ACS - Oneide,
e Inovadoras podemos mobilizar a gestantes, bebês e comunidade, nos Quinzenal Ivone, Girleide,
comunidade para “cuidar do Postos de Saúde) Jesus, Kenardia
futuro” (gestantes e recém- 3.3 - Mural de Luz (histórias, fotos e
ACS - Oneide,
nascidos)? curiosidades sobre gravidez e cuidados
Mensal Ivone, Girleide,
com os bebês)
Jesus, Kenardia

29
Kátia, Fran,
3.4 - Troca de arte (oficinas de arte) Patrícia, Vanessa,
Keyth
Mensal Kenardia, Jesus,
3.5 - Oficinas de alimentação Ivone, Mendes,
alternativa Oneide, Vanessa,
Patrcia, Helena
Kenardia,
Helena, Deurilan,
Girleide,
3.6 - Forró Comunitário
Bimestral Francineise,
Jesus, Rosangela,
Vanessa, Luciene,
Kátia
Jesus, Girleide,
3.7 - Bazar de trocas Ivone, Kátia,
Oneide, Patricia
Keith, Rosangela,
Estratégico
Kenardia,
3.8 - Vídeos Comunitários (relatos
Helena, Deurilan,
cotidianos; depoimentos e experiências)
Patrícia, Vanessa,
Kátia

30
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras – Balsas - MA
Período: 05 a 09 de abril
Pergunta Ação Tempo Responsável
Responsável Resultado
1. De quantas Maneiras Diferentes 1. 1 - Caixinha de dúvidas e sugestões Antônia, Aldamália, Albertisa,
Diário
e Inovadoras podemos cuidar de para as gestantes Alda, Fábia, Deusa
nossas gestantes e bebês? 1.2 - Cantinho de Espera para as
Diário - estréia no Posto do
gestantes no posto de saúde (leituras, Aldamália, Alda, Franca,
CDI, dia 7 de Maio (para o
massagens, bate-papo e outras Nazaré, Germana
Dia das Mães)
atividades)
Magnólia, Perpétua, Meire,
1.3 - Vinhetas educativas na rádio e TV Semanal
Germana, Irivan e Almir
1.4 - Quadro de esclarecimentos, tira-
Antônia, Aldamália, Albertisa,
dúvidas, dicas e curiosidades nos postos Quinzenal
Alda, Fábia, Deusa
de saúde
ACS, Cuidadores, Enfermeiros
1.5 - Reunião com gestantes
PSF
Almir, Sandra, Deusa e
1.6 - Oficina de cuidados com o corpo Mensal
Perpétua
ACS, Cuidadores (Luzimae e
1.7. Cadastro de Motoristas Luminosos
Almir)
1.8 - Ação Saúde (oficinas educativas Bimestral – inauguração do Alda, Franca, Nazaré, ACS e
nos postos de saúde) posto do CDI, abril de 2010 Cuidadores.
1.9 - Reunião do Grupo “Fazendo a
Mensal Todos
Diferença”

31
1.10 - Cuidadores em Ação
(mobilização dos vizinhos e da
Estratégico Todos
comunidade para cuidar das gestantes
em situação de risco)
2. De quantas Maneiras Diferentes 2.1 - Boca a boca - Mensageiros do
Diário
e Inovadoras podemos encontrar e Futuro
Todos
cadastrar as gestantes que estão Bimestral
2.2 - Mutirão em áreas descobertas
em situação de risco? 1º dia - 16 de Abril
Aldamália, Sandra, Magnólia,
3.1 - Oficina de alimentação alternativa Deusilene, Irivan, Luciana,
Nazará, Meire
Mensal
Aldamália, Sandra, Magnólia,
3.2 - Mutirão para a construção de
3. De quantas Maneiras Diferentes Deusilene, Irivan, Luciana,
canteiros nas casas e quintais
e Inovadoras podemos promover Nazará, Meire
uma alimentação saudável para as Aldamália, Sandra, Magnólia,
3.3 - Oficina de reciclagem,
gestantes e os bebês? Deusilene, Irivan, Luciana,
compostagem
Nazará, Meire
Estratégico
3.4 - Construção de um livro de dicas e Aldamália, Sandra, Magnólia,
receitas para as mamães Deusilene, Irivan, Luciana,
Nazará, Meire
4.1 - Caixinha de sugestões (para
4. De quantas Maneiras Diferentes
denúncias, angústias e depoimentos de Antônia, Aldamália, Albertisa,
e Inovadoras podemos trabalhar o Diário
adolescentes e gestantes) Alda, Fábia, Deusa
acolhimento nas famílias?
4.2 - Ativar os Mensageiros do Futuro Todos

32
para localizar possíveis conflitos

4.3 - Rodas de conversa com os pais – Socorro, Germana, Fábia e


Mensal
Acolher com Responsabilidade Meire
4.4 - Visitas orientadas Estratégico ACS, Cuidadores
5.1 - Boca a boca – Ativar o grupo
Mensageiros do Futuro
5.2 - Pedágios (aviso nas igrejas, Diário Todos
5. De quantas Maneiras Diferentes grupos de orações e outros segmentos
e Inovadoras podemos divulgar o sociais)
projeto na comunidade? Perpétua, Almir, Luzimar,
5.3. Vinhetas educativas na rádio e TV Semanal Meire, Germana, Magnólia,
Irivan, Gardel
5.4. Selo Motorista Solidário Estratégico Almir e Luzimar

33
MDI - Maneiras
Maneiras Diferentes e Inovadoras - Bacabal /MA
Período: 12 a 16 de abril - 2010
Pergunta Ação Tempo Responsável Resultado
1.1 - Participação nos grupos de jovens
para falar do Projeto e planejar novas A cada 15 dias
ações..
1.2 - Bingo das gestantes. Todos os
recursos arrecadados serão usados na
compra de enxovais para as gestantes.
1.3 - Piquenique para discutir o Mensalmente
acolhimento das gestantes e recém-
nascidos na comunidade e bairros.
1. De quantas Maneiras Diferentes
1.4 - Dia da Beleza. ACS, Cuidadores Solidários,
e Inovadoras podemos mobilizar os
1.5 - Encontro com todas as lideranças Equipe Saúde da Família,
adolescentes a cuidar das gestantes
dos grupos de jovens para apresentar o Anjos da Guarda
e recém-nascidos?
projeto e pensar em novas ações. Abril/Maio
1.6 - Mutirão para emplacar a casa das
gestantes.
1.7 - Produção de uma peça teatral.
Tema: “Cuidados na Gravidez Junho
1.8 - Mobilização de um grupo de
jovens, lideranças na comunidade, para 18/06/10
cuidar da gestante.

34
1.9 - Gincana temática. Todos os
recursos arrecadados serão destinados
às gestantes.
ACS, Cuidadores Solidários,
1.10 - Dia de Princesa da gestante.
2 vezes ao ano Equipe Saúde da Família,
1.11 - Viva o Leite Materno -
Anjos da Guarda
Caminhada para incentivar o
aleitamento exclusivo durante os 6
meses.
2.1 - Visita às gestantes e mobilização
dos vizinhos para também estarem
presentes. Semanalmente
2.2 - Oficina de artesanato em parceria
com o Clube de Mães.
2.3 - Reunião com toda a comunidade
2. De quantas Maneiras Diferentes para falar sobre o projeto “Cuidando Maio
e Inovadoras podemos mobilizar a do Futuro”. Anjos da Guarda, ACS,
comunidade para cuidar das 2.4 - Divulgação nos meios de Cuidadores Solidários
gestantes e recém-nascidos? comunicação sobre os cuidados com o
recém-nascido
2.5 - Encontro com os pais e filhos para
Mensalmente
trabalhar o acolhimento, carinho entre
eles.
2.6 - Dia da História da Vovó. (troca de
experiência)

35
3.1 - Caminhada com as gestantes. A cada 15 dias
3.2 - Café com a gestante e puérpera.
3.3 - Oficina de confecção da “Flor de Mensalmente
Mãe” com as puérperas.
3.4 - Movimento “Preciso de
Aconchego”. Doações para as Junho
gestantes.
3.5 - Mãe Modelo (encontro entre as
3. De quantas Maneiras Diferentes ACS, Cuidadores Solidários,
mães que utilizam o leite materno como
e Inovadoras podemos incentivar o Técnicos em Enfermagem,
única forma de alimentação de seus 14/05/10
aleitamento materno? Parteira
recém-nascidos, durante os seis meses
de vida)
3.6 - Mobilização do Grupo de
14/05/10
Acolhimento.
3.7 - Busca por parceiros, para
incentivar o plantio de alimentos nos
Durante o ano
quintais, contribuindo na alimentação
das gestantes e puérperas.

36
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Balsas / MA Período: 12 a 16 de abril - 2010
Pergunta Ação Tempo Responsável Resultado
1.1 - Banco de Luz (caderno de Pontos Luminosos, nos
Todos
postos de saúde)
Diário ACS, Lúcia, Laurinete,
1.2 - Diário do Futuro
Cosma
1.3 - Caixinha de dúvidas em pontos estratégicos Todos
1.4. Informativo (sobre as dúvidas e sugestões) Equipe PSF
Ana Cláudia, Rosiléia,
1.5 - Quebra a Rotina – Encontros de Cuidados com a Cristiane, Alzineide,
Mensal
1. De quantas Maneiras Gestante (artesanato, oficinas, Dia da Beleza, etc...) Reginalda, Alvanira,
Diferentes e Inovadoras podemos Laurinete
envolver a comunidade para 1.6 - Bazar Troca-Troca Mamãe/Bebê Ivonete, Cosma
“cuidar do futuro” (gestantes e 1.7 - Dia da Saúde na escola Bimestral Elenice, ACS
recém-nascidos)? 1.8 - Farmácia “Amiga da Gestante” Alvanira, Elenice
Cristiane, Alvanira, Lúcia,
1.9 - Cartilha de Direitos e Deveres da Gestante ACS, Enfermeiras,
Estratégico gestantes.

Cristiana, Alvanira,
1.10 - Grupo de “Relações Públicas” (divulgação em
Reginalda, Elenice
rádio, TV, Igrejas, etc.)
1.11 - Participação dos Cuidadores do Futuro na
24/04/2010 Todos
“Marcha da Paz”

37
2.1 - Caixinha de elogios aos profissionais preferidos
Diário Equipe PSF
das gestantes
2.2 - Mural de destaque “Cuidador do Futuro” Equipe PSF
2.3 - Roda de incentivo em outros PSF – trocas de
ACS/ PSF
práticas, experiências e ações
2. De quantas Maneiras
2.4 - Oficina Pedagógica no PSF (rodas de conversa Cristiane, Reginalda, Ana
Diferentes e Inovadoras podemos
sobre como cada profissional pode cuidar do futuro) Cláudia, Nádia, Lúcia,
envolver a equipe do PSF para
Mensal Cosma, Rosiléia
“cuidar do futuro” (gestantes e
2.5 - Dia de prática - Despertando Cuidados; Oficina
recém-nascidos)?
do PSF na comunidade
Equipe PSF
(cada mês ocorrerá uma Oficina de Cuidados com um
profissional)
2.6 - Reunião mensal do grupo “Amor Perfeito”
Todos
2.7 - “Encontrão” de todos os grupos em formação Bimestral

38
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Balsas - MA Período: 12 a 16 de abril - 2010
Pergunta Ação Tempo Responsável Resultado
Diário – no
1.1 - Cerimônia de recepção do recém-nascido momento dos
nascimentos
1. De quantas Maneiras
1.2 - Celebração da Vida, nos primeiros 6 meses do Diário – na data do
Diferentes e Inovadoras
recém-nascido. nascimento ACS, Cuidadores Solidários,
podemos encantar as
1.3 - Encontro com os irmãos incentivando-os a pegarem Enfermeiras, Equipe Saúde
puérperas com seus recém 2 vezes por semana
o irmãozinho no colo e conversar com ele Da Família
nascidos, mesmo sendo o 8º
1.4 - Dia do Cuidado como irmãozinho novo
filho. Mensal
1.5 - Almoço com os amigos dos irmãos mais velhos
1.6 - Passeio com os recém-nascidos da área e seus
2 em 2 meses
irmãos
2.1 - Encontro das Mães (forma criativa e alegre de
2. De quantas Maneiras manter a convivência e troca de experiências entre as A cada 15 dias
Diferentes e Inovadoras gestantes)
podemos contribuir com as 2.2 - Relaxamento ACS, Cuidadores Solidários
puérperas para manter o 2.3 - Escalda-pés
Mensal
equilíbrio físico e mental? 2.4 - Café da tarde com as famílias da área
2.5 - Sessão de filme nas casas das puérperas

39
MDI - Maneiras
Maneiras Diferentes e Inovadoras - MDI’s elaborados
elaborados pela equipe de Enfermeiros, Anjos da Guarda dos municípios
Formações de Educadores Sociais ministradas pelo professor Tião Rocha

Anjos da guarda - Barra do Corda


Corda /MA
Pergunta Ação Tempo Responsável Resultado
1. De quantas Maneiras 1.1- Feira cultural: gerando vidas, responsabilidade de
Diferentes e Inovdoras todos.
podemos reduzir a 1.2- Divulgação: Enfª Raimunda Abreu- Rádio A partir do mês de Equipe de cuidadores, ACS e
mortalidade infantil no Comunitária abril Anjos da guarda
município de origem? 1.3 - Concurso de redação e desenho para crianças e
adolescentes: Criança é vida!

MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras


Anjo da Guarda - Barra do Corda /MA
Pergunta Ação Tempo Responsável Resultado
1. De quantas Maneiras
Cuidando como minha vó!
Diferentes e Inovadoras
podemos envolver a Pai também cuida! “Para saber nadar tem que engolir
comunidade no Objetivo de uma piaba” A partir do mês de
Equipe de cuidadores, ACS e
reduzir a mortalidade infantil abril
Gibi da saúde – quem não sabe ler vê as figuras. Anjos da guarda
no municipio de origem?
Histórias Verdadeiras (Histórias exitosas com ACS,
divulgação; TV, jornal, internet, etc.)

40
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Anjos da guarda - Chapadinha
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
1.1 - Madrinha para gestante ( de escolha dela)
1.2 - Madrinha para gestante ( de escolha dela)
1. De quantas Maneiras Diferentes 1.3 - Kit mãe feliz e bonita
e Inovadoras podemos reduzir a 1.4 - Diploma Pré-Natal Perfeito
mortalidade infantil no município 1.5 - Diploma Pai-Legal (aquele que acompanha a
Equipe de cuidadores, ACS e
de origem? visita um número mínimo de vezes) A partir do mês de abril
Anjos da guarda
1.6 - Kit umbiguinho: Caixa de remédios usados,
contendo álcool e algodão/gaze.

1.7 - Concurso bebê-leite materno


1.8 - Eleição agente modelo (ACS)

41
MDI - Maneiras
Maneiras Diferentes e Inovadoras
Santa Inês - Anjos da Guarda
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
1. De quantas Maneiras 1.1 - Agente de Saúde do mês: no mural com foto
Diferentes e Inovadoras
1.2 - Mensageiros da alegria (assemelhado aos doutores
podemos reduzir a
da alegria)
mortalidade infantil no
município de origem? 1.3 - Encontros em lugares não convencionais

1.4 - Palestras ministradas por mães (a partir de


experiências exitosas): para trabalhar o tabu do medo
assustador da hora do parto

1.5 - Oficinas para produtos feitos por elas (crachá,etc)


A partir do mês Equipe de cuidadores, ACS e
para garantir uma cesta básica por mãe enquanto
de abril Anjos da Guarda
amamenta até 6 meses

1.5 - Levantar nº de mães de bebês ≤ 1 ano para serem


treinados para serem multiplicadores (até 1 ano o peso é
razoável, depois cai)

1.6 - Eleger cuidadora para puérpera, que já


acompanharia as 2 últimas consultas
1.7 - Grupos de homens para produção de hortas
comunitárias

42
1.8 - Utilizar os fisioterapeutas/NASF para atuarem com
exercícios relaxando no pré e pós-parto.

1.9 - Teatro terapêutico com jovens, adolescentes sobre


gravidez.
1.10 - Cesta Básica para premiar a puérpera até o 3º mês
enquanto ela vai tomar a injeção de ferro. A partir do mês Equipe de cuidadores, ACS e

1.11 - Criar Comissão de Controle para gestantes de Risco de abril Anjos da Guarda

dentro do hospital
1.12 - Rádio ao vivo, responder perguntas sobre a
gestação, parto e puerpério.
1.13 - Reunião Trimestral com o hospital + madrinhas
com ESF para avaliar indicadores (em tempo real)

43
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras

Coroatá - Anjos da Guarda


Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
1.1 - Chamar os líderes Comunitários para trabalhar a
educação em saúde.

1.2 - “Capela da Mamãe” – o Padre, o Pastor, o Pai de


1. De quantas Maneiras
Santo: poder fazer uma reunião conjunta – grupo e xx
Diferentes e Inovadoras
individuais para dores que não passam, tristeza e nervoso A partir do mês Equipe de Cuidadores,
podemos reduzir a
em geral – chamar o pai de santo para participar. de abril ACS e Anjos da Guarda
mortalidade infantil no
município de origem? 1.3 - Coroatá na cozinha” (reeducação alimentar) chamar
o apresentador Ailson Silva.

1.4 - Projeto “Água limpa” – amebíase em casas com


filtro: objetivo de usar o filtro, mostrar a “ameba”

44
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Presidente Dutra - Anjos da Guarda
Guarda
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
1.1 - Dia da busca: fazer os ACS buscarem os óbitos,
baixo peso (busca ativa)
1. De quantas Maneiras
Casa de apoio à Criança: pesar e dar lanche
Diferentes e Inovadoras
A partir do mês de Equipe de Cuidadores,
podemos reduzir a
1.2 - Oficina culinária de baixo peso abril ACS e Anjos da Guarda
mortalidade infantil no
município de origem? 1.3 - Participação da família nas palestras sobre
aleitamento materno
1.4 - Cursos para gestantes fazerem o enxoval do bebê.

MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras


Anjos da Guarda - Açailândia
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
Resultado
1. De quantas Maneiras 1.1 - “Convecer” a comunidade sobre a importância Equipe de cuidadores,
Diferentes e Inovadoras do pré-natal. ACS e Anjos da guarda
A partir do mês de
podemos reduzir a 1.2 - Grupos de apoio: mulheres da comunidade,
abril
mortalidade infantil no para ajudar a cuidar das mulheres
município de origem?

45
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Anjos da Guarda - Santa luzia
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
1. De quantas Maneiras 1.1 - Casa/cozinha saudável: caju, acerola,
Diferentes e Inovadoras tomate(plantações) – voluntários para ensinar a criar
podemos reduzir a 1.2 - Casa “Fazendo teatro com saúde”: A importância
mortalidade infantil no do Pré-natal A partir do mês de Equipe de cuidadores,
município de origem? 1.3 - Kit – Bebê divulgar o kit –bebê nas rádios para abril ACS e Anjos da Guarda
produzir um desejo de ganhar o kit bebê
Chamar a grávida pela rádio, elogiar pela radio:
utilizar os meios de comunicação;

46
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Anjos da Guarda - Buriti
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado
1.1 - Kit mulher (maquiagem) – problema: dificuldade na
identificação precoce das gestantes: estimular a auto estima

1.2 - Busca ativa das gestantes – parcerias com igrejas (coração


de mãe) para valorizar a conhecer a grávida, prêmio dado
pelo padre XXX

1.3 - Protegendo a vida


1.4 - Parto domiciliar: um grande número de mulheres vão
parir sozinhas. Criar a casa da lua cheia para receber grávidas
1. De quantas Maneiras
em 39 semanas A partir do
Diferentes e Inovadoras podemos Equipe de Cuidadores,
1.5 - Problemas: xxxxxxxxx lá tem uma piscina natural maior mês de
reduzir a mortalidade infantil no ACS e Anjos da Guarda
grupo de gestantes com banho conjunto c/ PSF e NASF: abril
município de origem?
aproveitaria para fazer orientação
1.6 - Problemas: nas consultas realizadas e exames não
realizados: MUTIRÃO DA GESTANTE – utilizar um dia no mês,
última 3ª feira do mês, todos os profissionais de saúde estariam
atendendo gestantes.
1.7 - Problemas: 16 quilombolas: com predisposição à
Hipertensão Arterial Sistemica: MDI da equidade:

1.8 - Orientar mulheres negras sobre HAS, dar atendimento


preferencial mais hábitos alimentares

47
MDI - Maneiras Diferentes e Inovadoras
Anjos da Guarda - Paço do Lumiar
Pergunta Ações Tempo Responsável Resultado

1.1 - Problemas: a gestante não vai ao posto de saúde:


carro de som passando e lembrando sobre a consulta,
passar o nome dos que não foram ao locutor

1.2 - Parcerias com parteiras e curandeiras


1. De quantas
Maneiras Diferentes e
Inovadoras podemos 1.3 - Gestação nota 10 = mimos A partir do mês de Equipe de cuidadores, ACS
reduzir a mortalidade abril e Anjos da Guarda
infantil no município de
1.4 - Violeiro famoso: “ Forró das Barrigudas” e os músicos
origem?
envolvendo o tema

1.5 - Dança do Boi de Iguaiba

1.6 - Visita domiciliar para gestantes

48
Pontos Luminosos

3
 Pontos Luminosos

Presidente Dutra
Dutra - MA - 1ª turma

Período: 08 a 12 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Associação dos Moradores (ASCAN)
Alberto e Edi Saraiva
1. POVOADO Nezita - Benzendeira
DO ANGICAL Leopoldina - Benzedeira
Juvenal (jovem)
Grupo de jovens: Rosa de Saron

Igreja Batista
2. POVOADO Igreja Santo Antônio
CALUMBI Dionizio - Espaço de show
Clube de Terceira Idade

Nutria
Nelson - Comerciante
Sr. Benedito - Bar Coqueiro Verde
Jesus - Catequista COHAB
Paulo Falcão
Joanice Dragão
Sindicato dos Trabalhadores
Edilene Santos - Presidente do Sindicato
Sincap
3. VILA MILITAR Dona Romana - Parteira - Rua 1
Raimundinha (parteira e benzedeira)
Maria Flor - Parteira - Av Tancredo Neves
Dona Nessia (parteira e benzedeira) - Travessa 3
Dona Raimunda (parteira e benzedeira) - Travessa 4
Grupo de jovens JF
CIBRAZEM (escola)
UEP João Martins (escola)
Gonzaga Tavares
Sr. Paulo
Kárita (Assistente Social)
Toinha - Empresária

Joarez - Pedreiro
Joel (oficina)
Sr. Francisco
Arley (horta)
Galego - Rua Graça Aranha
Farol da Educação (escola)
4. BAIRRO Associação Cultural
CAMPO DANTAS (2 rádios)
Damiane - Benzedeira
Francisca - Parteira
Rua Santa Tereza
Grupo de jovens JIC
Ritinha
Lucimar
Zeuzamar (ACS)

49
Deo - Catequista
Paulo Sérgio - Empresário
Juvenal
José - Voluntário
Salão São Francisco
Mirna
Dionízio
Cantaneide
Lucia (ACS)
Casa de Dona Mariquinha
(sala de atividades)
Casa de Marcela
(líder da pastoral)
Casa de Maria do Carmo
Maria Rita
Igreja Presbiteriana
Igreja de São Francisco
Pastoral da Criança
Clube da Polícia Militar

CS - Francisca/ José
ACS - Kaká
Parteiras – Toinha, Das Dores
Praça São Sebastião
Colégio Sagrada Família
Antônio Veloso
Edina - Benzedeira
Marinalva - Benzedeira
Marta - Benzedeira
Júnior - Benzedor
Maurício - Benzedor
Sr. Moisés - Benzedor
Pedro - Benzedor
Dionísia - Benzedeira
Maria Rita - Parteira
Juvene (jovem)
Rua Magalhães
Fátima (jovem)
5. CENTRO Kamila (jovem)
Andréia (jovem)
Grupo de Jovens Gúvia
Infância Missionária
(ver, julgar e agir)
Irmã Francisca
Francinete
Conselho Tutelar
Igreja São Sebastião
Pastor Carlos
Juvenal - Rua Frei Renato
Igreja Cristã
Pastor Reinaldo
Padre Ermano
Pastoral do Idoso
Sônia Regina (APAE)
Marlene (Conselho Tutelar)
BNB-CLUB
Lyons Club
Clube da Terceira Idade

50
Santa Inês - MA - 1ª turma
Período: 08 a 12 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Gonçala Rios - Parteira *
Deusamar Ferreira - Benzedeira*
1. BAIRRO SÃO Maria Pinto - Mãe de Santo*
CRISTOVÃO Luiza Rodrigues - Conselheira
Grupo de jovens
Colégio Municipal Thales Ribeiro

Centro Espírita da Dilma


Josélia - ACS
Rosa Maria - Moradora Solidária
2. BAIRRO SABBAK,
Edielson - Grupo de Jovem
MUTIRÃO, VILA
Dona Flor - Grupo de Mães do Bairro COHAB
CONCEIÇÃO E
Dona Maria - farmácia
COHAB
Nira - Colaboradora da comunidade
Helena - ACS
Sr. Arlindo - Centro Espírita e Benzedor

Osvaldo Monteiro - Benzedeiro*


3. PARQUE SANTA Zeila - Parteira*
CRUZ Centro de Convivência do Idoso

Dona Elizabeth - Legião de Maria


Maria Preta - Benzedeira
4. BAIRRO Dona Irenir - Cursista, membro da Igreja
CANECÃO Santiago - Líder Comunitário
Dona Maria Umbandista
Cornélio - Umbandista

Posto de Saúde Palmeira


Paróquia São Cristovão
Colégio Coração de Jesus
Colégio Ferdinando Gutman
5. BAIRRO
Colégio Josué Montelo
PALMEIRA
Deodete - Benzedeira
Dra. Lídia - Clínica Geral
Luzieide - Enfermeira
Padre Ferreira

Iracilene - Funcionária Pública - Departamento de Transporte de Tratamento


Fora do Domicilio (DTF)
Vanuza - Dona de casa, membro da Pastoral da Criança
6. CANAÃ, SANTO
Francilene - Dona de casa
ANTÔNIO,
ANTÔNIO, VILA
Queliel - Pedreiro
ADELAIDE CABRAL
Aldenora - Dona de casa
Jose Mendes - Carpinteiro
Guilherme - Ajudante de pedreiro

7. MERCADO Posto de Saúde Palmeira


MUNICIPAL Comércio Garcia

51
Comércio do Antônio
Dra. Marisol - Pediatra
Flávia - Enfermeira
Ceica - Auxiliar de Enfermagem
Perigo - Benzedeira

Dona Celina - Fornece orientações sobre remédios naturais*


8. VILA MARCONY Dona Maria - Benzedeira*
Posto de Saúde COHAB II

Timon - MA - 3ª turma
Período: 08 a 12 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Instituto de Ensino Superior Múltiplo - Espaço a ser usado para reuniões e
encontro
Associação de Moradores
1. BAIRRO SÃO Igreja Assembléia de Deus
FRANCISCO Igreja de São Francisco
Quintais Arborizados - Espaço para encontro das gestantes
Agente Comunitário de Saúde Orlano - ACS - Possui um olhar diferenciado e é
aberto a discussões
OBS:
OBS Oficina apenas com Cuidadores Solidários, totalizando 10 participantes.

Codó - MA

Período: 15 a 19
19 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Escola Remy Acher
Escola João Paulo II
Salão de Umbanda Nossa Senhora Santana
Salão de Festa - Dingental Bezerra
1. POVOADO
Igreja de Santa Luzia
BURITI CORTADO
Comercial São Raimundo
Associação de moradores - Canto do Coxo
Posto de Saúde
Campo de futebol

Maternidade Mamãe Neyde


Igreja São Sebastião
Igreja Batista (João Ribeiro)
2. BAIRRO SÃO Benzedor Senhor Humberto - Travessa São Sebastião
SEBASTIÃO Parteira Dona Francisca - Rua Rio Grande do Norte nº 2279
Grupo de Mães Sagrado Coração de Jesus
Escola São Ribeiro
Pam - Posto de Atendimento Médico - Francineide Silva / Zilma Souza Silva.

Clube de Mães Rosa de Saron. Tem cadastrado 107 mães atuantes. (Rua Frei
3. BAIRRO SÃO Henrique de Coimbra 348). Pres. Célia Maria Sobral Costa.
RAIMUNDO Escola Municipal Dep. Camilo Figueiredo
Escola Municipal Reitor Ribamar Carvalho

52
Cras - Centro de Referência da Assistência Social
Pro - Jovem
Benzedeira Maria
Maria do Bigode - Rua Tancredo Neves
Igrejas Nossa Senhora de Fátima e São Raimundo
Igreja Quadrangular
PETI - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil
Pla - Faz acompanhamento as famílias com pessoas com necessidades
especiais.
Time de futebol feminino
Ieda Martins Costa faz trabalho voluntário com as crianças do bairro.
Posto de Saúde Nossa Senhora de Fátima
Secretaria Municipal de Meio Ambiente

Clube de mães e pais Misericórdia Divina do bairro Santa Filomena. Este grupo
4. BAIRRO SANTA
tem mais de 100 mães cadastradas.
FILOMENA
Capela de Santa Filomena. Presidente Mariany de Oliveira Lopes

Igreja de Santa Terezinha


Posto São Vicente
Grupo de Jovens na Rua São Luiz
Grupo de casais
Grupo de catequistas
5. BAIRRO SANTA
Grupo legião de Maria
TEREZA
Jardim Comunitário Santa Rita
Escola São Luiz
Sede das quebradeiras de coco. Travessa do Sol
Benzedeira Dona Moça - Travessa do Sol
Terreiro de Umbanda - Rua São Miguel

Associação Conviver
Posto de Saúde Silva Santos
6. BAIRRO SÃO Estádio René Bayma
PEDRO Ginásio de Esportes
Igreja de São Pedro

Clube de Mães - Alcione


UBS - Unidade Básica de Saúde - Sebastião Reis
Praça Bayama Serra
Jardim de Infância Eva Gomes
Creche Priscila Reis
7. BAIRRO CODÓ Igreja Batista Mamayn
NOVO Igreja Adventista do 7º dia
Terreiro de Umbanda - Zé Preto
Salão São Raimundo
Escola N Miguel Araújo
Associação Nossa Senhora de Fátima - Portadores do HIV - Resp. Zenilde

Igreja de São Raimundo


Pastoral da Criança
8. BAIRRO SÃO Pastoral do Idoso
RAIMUNDO Brinquedoteca
Benzedeira - Macy

53
Creche Santo Antônio
Balneário pracinha, área esportiva.
Parteira - Maria do Rosário
Posto de Saúde Borborema
Pastoral da Criança
SAMU
Praça Almirante Tamandaré
Associação dos pescadores
9. BAIRRO SANTO Grupo de jovem GEDE - Resp. Zé
ANTONIO Legião de Maria - Resp. Ilda e Domingas
Igreja de Santo Antônio
Clube de Mães de Santo Antônio
Clube do Juca - Acontece eventos beneficentes para a comunidade.
Pro-jovem
Crás
Parteira - Dona Chiquinha
Benzedeira - Floriza - Rua
Rua Goiânia

Presidente Dutra - MA - 2ª turma

Período: 15 a 19 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Enfermeira Aline
Dra. Kerly
1. BAIRRO Pastoral da Criança
CAMPEÃO Posto de Saúde
Fernando (Dentista)
Oneide (Técnica em Enfermagem)

Posto de Saúde Cibragem (amplo, com toda estrutura para a realização das
atividades propostas)
Creche Francisca Fernandes
2. BAIRRO CAMPO
Ginásio Poliesportivo da Escola Tereza de Oliveira
DANTAS
Estádio Municipal
Escolinha de Futebol “Bom de Bola, Bom na Escola”
Dia do Idoso (dia de mobilização)

Casa de Dona
Dona da Paz*
Igreja Batista Nova Vida
Casa do Mailon*
Posto de Saúde Raimunda Barros
3. BAIRRO DE Igreja Nossa Senhora de Fátima
FÁTIMA Colégio José Ribamar
Igreja Adventista do 7º Dia
Casa de Terezinha
Marlene
Pastoral da Criança Dona Jesus

Maria e Dona Gercina - Av. Tancredo Neves


Kita e Zuila - Rua 1
4. BAIRRO VILA
Gorete - Travessa 5
MILITAR
Mariquinha - Travessa 6*
6*
D. Jesus

54
Sincap
Sindicato dos trabalhadores

Centro Odontológico
Hospital
Posto de Saúde
5. CENTRO Juvenal
Salão da Francisca
Conselho Tutelar

Santa Inês - MA - 2ª turma

Período: 15 a 19 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Sr. Antônio - Líder Comunitário*
Dona Delma - Líder Comunitária*
Marilene - Membro da Igreja Adventista
Paula Renata - Terapeuta Ocupacional PROJOVEM
Rosenilde - Assistente Social INSS
Maria Tereza - Professora
Ivanilde - Diretora de Escola
Josivaldo - Vigia do CAPS
Josenilma - Enfermeira
Carla - Atendente Centro Especializado Odontológico - CEO
1. BAIRRO
Justina - Dona de terreiro de Umbanda
AEROPORTO
Francisco Rocha - Dirigente da Igreja Assembléia de Deus*
Delcina - Líder Comunitária
ACS
PROJOVEM
Escola João Paulo II
CAPS
Unidade Básica de Saúde
CEO - Centro Especializado Odontológico
Salão de Umbanda
Comunidade São Francisco

Carmélia - Benzedeira *
Posto de Saúde
2. POVOADO DO
Mariano Vieira - Representante Político
CALANGO
Maria José - Moradora *
Raimundo Moura - Morador

Ana Lúcia - Professora


Antônia - Líder Comunitária
3. BAIRRO DO CÉU Raimundo Nonato - Presidente do Grupo Bumba Meu Boi
Suely - Diretora da Escola
Escola

Maria das Neves - Benzedeira*


Walnice - Missionária*
4. CENTRO
CENTRO Nazir Soares - Benzedeira*
Centro de Testagem e Aconselhamento - CTA
Conselho Tutelar

55
Associação dos Alcoólicos Anônimos - AAA
Comunidade Nossa Senhora do Rosário
Dona Dora - Missionária
Edna - Missionária

Caçula - Auxiliar de Enfermagem Aposentada


Florípes - Comerciante e Adventista
Croacir - Comerciante e Líder Comunitário
Nias - Comerciante
5. - BAIRRO DA Deusdete - Benzedeira
PALMEIRA Pingüim - Comerciante
Lídio - Posto de Saúde
Tereza - Professora Aposentada
Edvaldo - Comerciante
Suelilde - Atendente

Edna Medeiros - Ministra da Eucaristia


Iracema da Silva - Ministra da Eucaristia
Débora Charles - Catequista
Edvaldo Silva - Catequista
6. SÃO BENEDITO Maria Raimunda Pereira - Missionária
Missionária e Ajudante da Comunidade*
II Juvenal de Jesus Ferreira - Morador e ajuda arborizar *comunidade
Maria das Dores - Proprietária de sitio
Raimundo Almeida - Benzedeiro
Maria Lucia - Catequista
Jose Pereira - Morador da comunidade e ajudante

Universidade Estadual do Maranhão


Centro de Estudos do Ensino Superior Santa Inês - UEMA
Escola Unidade Básica de Saúde
Nathália - Funcionária da Unidade Básica de Saúde
Ditosa - Parteira*
Souza - Vidente*
7. VILA MILITAR,
Dalila - Dona de casa
CONJUNTO DA
Dona Raimunda - Catequista
VALE E JARDIM
Osmar - Pai de Santo
NOVA ERA
Telma Maria Azevedo
Toinha - Professora
Telma Soares - Diretora
Irma Zenaide
Irma Rosidelina
Casa Coração de Jesus

Barra do Corda – MA - 1ª turma

Período: 22 a 26 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Casa das costureiras
Casa da líder da pastoral do idoso
1. BAIRRO Casa da Luciana
ALTAMIRA Associação comunitária do bairro
Associação dos policiais
Sindicato dos ACS
Quartel

56
Rodoviária
Consultório odontológico
Consultório de advocacia
CRAS
Pastoral do Idoso
Grupo de Jovens
Comércio do Sr. Domingos
Espeto Bar
Pastor Sivestre
Casas Andrade
Grupo de dança
Grupo de capoeira
Dança do lindo
Boi
Boi da Altamira
RCC
Conselheiros da polícia
Parteiras

Rezadeiras: Maria Lião / Ednalva


Parteiras: Olívia / Francisca
2. BAIRRO NOSSA Nezildo Catesquita
SENHORA DAS Elizabete Catequista
DORES Adão Terecozeiro
Grupo de jovens
Igreja Assembléia de Deus
Escola Sementinha

Bidó
Carlinha
Maria da Igreja
Helena Barbalho*
3. VILA MARIANA
Nazaré Barbalho*
Zezinha Barbalho
Sione - ACS
Igreja Católica
Assembléia de Deus

Padre Ézio
Firmino
Diretora Vilma
Seu Zé da Casa Andrade
Benzedeiras:
Benzedeiras: Estelita
Maria Espiganha
Toinha do Raimundinho
Dona Graciana
Moto-taxistas:
4. VILA NENZINHO Silvano
Michel
Nelson
Romaro
Toinho
Daniel
Genival
Nildo
Raimundinho Silva
Sirley
Sargento Moura

57
Armando - Seba
Seu Netinho (que cuida do Poço)
Magão
Lucivan
Fátima
Enfermeira Jaciara Mendes
Oneide Rosângela
Ministro da Eucaristia
Grupo de Casais com Cristo
Clube do Chico Veloso
“Gurita”
“Gurita
Padaria do Gilvan
Professora Sueli
Edilene
Chicão
Iracema
Paula
Vera
Edinazia
Edilene
Assis
José Paraibano
Francisquinha do bar
José do Violão
Seu Alfredo
Francisca do Louro
Preta do Genival
Dona Miúda
Marlene
Maria Regina
Maria José
Nonato da Preta
Evandro
Raquel
Campo de futebol

Rezadeiras: Maria Lião


Lião
Ednalva
Parteiras: Olívia
5. BAIRRO NOSSA Francisca
SENHORA DAS Nezildo Catesquita
DORES Elizabete Catequista
Adão Terecozeiro
Grupo de jovens
Igreja Assembléia de Deus
Escola Sementinha

Casa da líder da pastoral da criança


Grupo de catequese
Grupo da legião de Maria
6. BAIRRO Casais de Nossa Senhora
TRIZIDELA/ Assistentes ASG
ARATICUM Igreja Católica
Escola e professores
Moto-taxistas
Mercado público/ banqueiros
Grupos de lavadeiras

58
Grupo de pescadores
Pé de Cedro - motoristas da zona rural
Filho - mensagem por amor
Espaço cultural
Grupo de quadrilha
Sebastiana
Francisca
Seu Geraldo
Toinho

Fórum
Hospital Prelian
Hospital Milhomem
Hospital Materno-Infantil
Caps
Escola Nossa Senhora de Fátima
Professores
Pio XII
Balneário Guajajara
Academia de Letras
Mercado Público
Salões de Beleza
Conselho Tutelar
Bar do Kaburas
Rádio Rio Corda
Rádio Alternativa
Grupo de Capoeira
Banco do Brasil
Clube de Mães
Lobão
Marcos
Valéria
Bill
7. CENTRO Teresa
Oneide
Laura Pacheco
Rosalina
Iolanda
Bandeira
Graça do Ivan
Tâmara
Dinho
Raimundinha Abreu
Adelmã
Vilma
João Arthur
Domingos Augusto
Sebastião
Batatinha
Uirapuru
Professora Lucidalva
Boi Mirim
Boi Brilho da Barra
Lavadeiras
Grupo de Pescadores
Sindicato dos trabalhadores
Rio Mearim
Rio Corda

59
Coroatá - MA

Período:
Período: 22 a 26 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Associação de Moradores: Presidente professor Batista
Dona Raimunda Olaia Pinheiro - Faz o festejo todo ano de São Fracisco
1. BAIRRO VILA
PSF
VAVÁ
Benzedor Raimundo Moreira
Igreja Batista

Capela São Miguel


Escola Novo Areial
2. BAIRRO NOVO
NOVO Benzedor e Mezenheiro Sue Chico cor de rosa
AREIAL Benzedor Seu Manoel e Seu Raimundo
Creche
Cras - Centro de referencia e Assistência Social

Posto de Saúde
Escola Municipal de Macauba
3. COMUNIDADE Campo de Futebol
MACAUBA Benzedor Seu Amparo
Curandeiro Seu Cícero Romão Raimundo Fabrício
Quintais arborizados

Cada grande de Dona Maria Iracy (residência onde gosta de receber as


4. COMUNIDADE
pessoas)
DO BOM FIM
Casa de Farinha

Igreja Assembléia de Deus


Capela
Grupo de jovem
Casarão com muitas árvores ao redor. Local de reuniões.
5. BAIRRO SÃO
Sala de TV comunitária
FRANCISCO
Campo de futebol
Mezenheiro Raimundo Alves da Cruz
Rezador Antônio José Pereira da Silva
Rezador Auzimam dos Santos

Jeracinda Benzedeira
Salão de Umbanda de Seu Zequinha, Dona Diodata e Chico Veado
Creche São Pedro
6. BAIRRO DOS Centro São Raimundo
AMERICANOS
AMERICANOS Praça do boi
CAM - Central de Atendimento Médico
Dona Ana - Benzedeira
Convento das Irmãs

Sai - Sistema de Abastecimento Integrado


Posto da Maracanaúba
Escola Maracanaúba 1 e 2
7. BAIRRO
Quadra de esporte
MAÇARAMDUBA
Capela de São Vicente de Paula
Assembléia de Deus
Salão de festas Fit Fit

60
Chapadinha - MA

Período: 22 a 26 de março

Comunidade Comunidade
Senhor Doutor - Benzedor*
1. COMUNIDADE DO Sônia - Auxiliar de Enfermagem
BOINHO
BOINHO (BAIRRO Osmerinda - Voluntária
MULTIRÃO) Pedro - Dentista
Posto de Saúde Elso de Mello
Casa da Família
Posto de saúde Elso de Mello

Raimunda Oliveira Cardoso - Atriz Teatral


Francisco Marinho - Cantor e Compositor
Francisca Campos Costa - Benzedeira
2. COMUNIDADE DO Beatriz - Pastoral da Criança
SÃO RAIMUNDO Igreja de São Raimundo
(BAIRRO CORRENTE) Comércio Rei Sadam
Programa Saúde da Família
Colégio Raimundo Araújo
Raimunda Nonata Parteira

Maria dos Anjos - Voluntária


Marta - Voluntária
Dona Dudu - Voluntária
3. BAIRRO CRUZ Eliane - Voluntária
Creche Anjo da Guarda
Capela São Francisco

Zezé - Coordenadora de Ramos da Pastoral da Criança


Chico da COAB - Líder Popular
Chumbinho - Cuidador do Cemitério
CRAS
4. BAIRRO AREAL
Igreja Católica
Primavera do sertão - Repentista
Chagas do Repente

Santa Luzia – MA

Período: 22 a 26 de março

Comunidade Pontos Luminosos


Manoel - Benzedor*
Júlio - Benzedor*
Nazaré
Nazaré - Moradora*
Maria da Paz - Moradora*
1. COMUNIDADE
Domingas - Moradora
NOSSA SENHORA
Maria Lúcia - Moradora
APARECIDA
Maria Madalena - Moradora
Antônio Mário Gomes - Morador
Luzia - Moradora
Maria José - Moradora

61
Fernanda - Moradora
Maria - Moradora
Centro da Moela

Maria da Solidade - Moradora*


2. BAIRRO SÃO MIGUEL Elizete - Moradora
E PRAÇA DA Bernarda - Moradora
ASSEMBLÉIA Luzia - Moradora
Posto do Centro de Referência da Assistência Social - CRAS

Maria - Moradora
Marina - Moradora
José - Morador
Marinalva - Dona de Casa
Cleitiane - Funcionária Pública
3. VILA SÃO PAULO
Raimunda - Aposentada
Joana - Aposentada
Lucilene - Dona de Casa
Erleilza - Professora
Pastoral da Criança

Maria Edina - Dona de Casa


Rosa - Dona de Casa
Leude - Dona de Casa
Maria Mendes - Dona de casa
Ivoneide Vasconcelos - Dona de Casa
Keila Libânia - Dona de Casa
4. RUAS SÃO Sr. Mariano - Aposentado
SEBASTIÃO E SANTO D. Antônia - Aposentada
ANTÔNIO Maria Araújo - Aposentada
Seu Paulo - Aposentado
Dona Maria - Parteira
Hélio - ACS
Leuzenir - Dona de casa
Pastoral da Criança
Pastoral da Saúde

Dona Raimunda - Dona de Casa


Dona Rosa - Aposentada
Eliene - Dona de Casa
5. COMUNIDADE Sr. Arnelde - animador*
RAMAL Sr. Anselmo - Comerciante
Dona Geruza - Aposentada
Zé Nonato - moto taxi
Pastoral da Criança

Dona Maria - Moradora


6. RUA SÃO JOSÉ

Dona Regina - Coordenadora e Enfermeira


Dona Bia - Benzedeira*
Dona Maria - Moradora *
7. BAIRRO ABDON
Edvan - Morador
BRAIDE
Dona Dora - Moradora
Dona Antônia - Moradora
Gildete - Moradora, ACS

62
Lúcia - ACS
Hildete - Moradora
Junior - Morador
Dona Duzar - Moradora
Posto de Saúde - PSF
PETI - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil
PAIF - Programa de Assistência à Infância

Dona Judite - Costureira


Dona Judite - Costureira
8. CENTRO Dona Maria - Aposentada
Margarete - Professora*
Marli - Funcionária do Banco do Brasil
João - Guarda
José - Consertador de Relógios

9. RUA MENDES Maria Luzia - Aposentada


JÚNIOR E PRAINHA Fátima - Dona de Casa

Dona Isabel - Dona de Casa


Maria Sônia - Professora
Arielzinho - Vereador
10. RUA DR. JOSÉ Gilson Rocha - Vereador
BURNETH Dona Maria Eunice - Professora*
Antônio Roxo - fazendeiro
Edinalva - ACS
Dona Rita Vieira - moradora

Barra do Corda - MA - 2ª turma


Período: 30 de março a 02 de abril

Comunidade Pontos Luminosos

Lindalva - Pimenta de Cheiro


Fábio Cunha - Posto Free Center
Linde Viturino - Katedral Eventos
Silvana - Rodoviária
Roberto - Danceteria Bizzo
Dona Maria - Churrascaria Brazão*
Djenira - Escola Caíque*
Primo - Escola Dom Marcelino
1. BAIRRO Fernando - Escola Emoção do Gol
ALTAMIRA Coronel Marcos
Elias - INSS
Dra. Rone - Escritório de Advocacia
Adriano - Drogaria Chaves
Leylla Medeiros - PSF Bom Jesus
Kelson Rabelo - HAF
Vereador Apolo Andrade
Vereadora Cananéia
Vereador Marquinhos
Naldo - Supermercado Moraes

63
Cabo Manoel Messias
Cabo Coelho
Enfermeira Mendes
Delamar - Posto Altamira
Posto do Sertão
Pedro Baiano
Edvan - Casa do Pedreiro
Irmão Fredson
Cilene - Escola Cantinho do Beija Flor
Professora Ruth * Escola Bethania
Raimundo - Casa Andrade
Gael - Panificadora Quitanda
Antônio - Drogaria Melissa
Jeane - Bimba´s Lanche
Castro - Drogaria Santa Barbára
Tâmara - Dança da Punga
Dura - Bumba-Meu-Boi
Nezildo - Dança do Lindô
Mateus - Grupo de capoeira
Suely - Cantora, ACS
Zhaga
Cordino - Supermercado
Vital Sampaio
Enfermeira Samyra
Rosinalva - Mercadinho Rafael
Gean - Cetec

Açailândia - MA - 1ª turma
Período: 06 a 09 de abril

Comunidade Pontos Luminosos


Dona Ana - Benzedeira
Maria - Enfermeira
Cícero - Morador
Angelita - Auxiliar de Enfermagem
Marileide - Moradora e Apoiadora em sua casa
Elizângela - Integrante da Pastoral da Criança
Fábio Pereira - Conselheiro Tutelar e Vereador
Padre Dário
Pastor Ivo
Laenir - ACS
Tânia - Comerciante
1. BAIRRO JACU Liomar - Técnico em Enfermagem
Cara de gato - Dona Gorete - Moradora
Dona Albertiza - Moradora*
Dona Raimunda
Raimunda - Benzedeira*
Dona Deuzuita - Parteira*
Maria do Amparo - Líder Social Voluntaria
Dinair - Técnico em Enfermagem
Igrejas (8)
Pastoral da Criança
Centro de Defesa
Associação de Moradores
Posto de Saúde

64
Quadra da Sumel - Área de Esportes

Maria da Saúde - Terapeuta


Conceição Delfim - Moradora*
2. Bairro Tancredo Bazinha - ACS
Neves Francisca - ACS
Edileuza - Benzedeira
Grupo de jovens

Eliziete - Moradora
De Jesus - Moradora*
Irene - Moradora*
Aldenora - Moradora*
Moradora*
Irma Vilma - Moradora
Dona Marta - Moradora
3. NOVO
Maria dos Remédios - Moradora
BACABAL
Dona Tereza - Benzedeira*
Dona Rocha - Parteira e Benzedeira*
Dona Nilza - Moradora
Dona Antônia - Parteira
Joilson Líder Comunitário
Agentes Comunitários de Saúde

Casa de Saúde
4. Povoado
Povoado Pequiá Pastoral da Criança

Daiana Matos - ACS


Antônia da Conceição - ACS
Ivonete - ACS
Maria Eliete - ACS
Jackeline - Enfermeira
Dizinho - Representante Comunitário
Francisca - Moradora*
José Cambraia - Vigia da escola
5. COMUNIDADE
Joilscon - Representantes comunitário
CÓRREGO NOVO
Gilson - Comerciante
Dalva - Líder da Igreja
Ivanir - Coordenadora do PETI
Luiza - Funcionária da Escola
Fernando - Médico da Unidade de Saúde
Grupo de Mães
Casa Comunitária
Posto de Saúde

Bacabal - MA
Período: 12 a 16 de abril

Comunidade Pontos Luminosos


1. BAIRRO Igreja Nossa Senhora do Rosário - Padre José Antônio
SETUBAL Igreja Assembléia de Deus - Responsável: Valdenir

65
Associação de Moradores - Presidente Beneval
Clube de Mães - Coordenadora Maria de Fátima
Centro de Saúde
Escola Sebastião Moreira Maranhão
Salão de Umbanda Santa Barbara - Responsável: Teresinha Brito
Bar do Valdir
Maria Natividade Souza - Benzedeira*
Maria das Neves - Líder Comunitária*
Dona Raimunda Novaes - Benzedeira*

Maria Alice - Parteira


Escola Municipal - Diretora Marilene
2. COMUNIDADE
Casa de Farinha
CAMPO
Antônio Pereira - Benzedor
REDONDO
Centro Comunitário - Presidente Francisco
Venda de Dona Graci

Balsas - MA - 2ª TURMA

Período: 12 a 16 de abril

Comunidade
Comunidade
Pontos Luminosos - Total 83
Agentes
Gilson - Presidente da Associação
Clarindo - Policial
Conceição de Maria - Diretora do Colégio Padre Cícero
Sandra - Professora do Colégio Agostinho
Agostinho Neves*
Toinha - Líder Comunitária*
Luis Carlos - Coordenador da Comunidade
Tadeu - Cabeleireiro
Naura
Sr. Francisco
1. BAIRRO
Maria Luiza - Costureira
BACABA
Leonice - Comunidade
(23 pontos)
Irmã Inês
Alvanira - ACE
Rita - Comunidade
Rosiléia, Gildete,
Deusa - Comunidade*
ACS
Raimundinho - Líder Comunitário
Isaura - Líder Comunitário
Alexandre - Associação do Bairro
Dinalene
Edjane
Cleomar - Cabeleireiro
Gilvan - Catequista
Suzana - Catequista

Gilmar - Associação
Sr. Geraldo - Responsável por cuidar do pé de manga da escola
2. BAIRRO Neusa - Igreja
CATUMBI Arnaldo Gomes - Secretaria da Juventude
(8 pontos) Irene - Diretora da Escola
Lucia, Aparecida, Vilma - Cabeleireira
Nádia Raimundo - Rádio-táxi
Jacy - Comerciante

66
Adriana - Diretora da Escola
3. BAIRRO NOVA Olinda - Comerciante
AÇUCENA Dapaz - Igreja*
(5 pontos) Alice - Auxiliar de Enfermagem
ACS - Laurinete Grupo de Dança

Maria Deusa - Professora*


Maria Amélia - Benzedeira*
4. BAIRRO
Erasmo Carlos - TV Rio Balsas/Igreja
NAZARÉ
Pedro - Coordenador do Premeve
(7 pontos)
Eva - Dona do Bar
Antônia
Rose - Dona da Escola de Cabeleireiro
Carleno Silva - Trabalha na Rádio e Organiza Quadrilha

Grupo de Jovens - Os Lunáticos - Adelmo e MC Dodô


José do Egito - Ministro da Eucaristia
Professor Raimundo
Tereza Neuma - CRAS
Telma - Diretora da escola Joaquim Silva
5. BAIRRO SÃO Judite - Igreja
CAETANO Mônica - Igreja
(23 pontos) Edione - Igreja
Cristiane - ACS Cleonice - Cabeleireira
Sr. Fernandes - Presidente da Associação do Bairro
Josinete - Creche
Anazilda - Ministro da Eucaristia
Reinaldo - Ouro Brasil
Nilson - Farmácia Ana Beatriz
Assis Araújo - Locutor, cabeleireiro
Janaína - Auxiliar de enfermagem

Ernesto - Mercearia Sena


Moisés - Cabeleireiro
Márcio - Açougue
Jacira - Mercearia Freitas
João Batista - Mercearia Batista
Nádia - Casa da Comunidade (Espaço educativo construído pelos
moradores)*
moradores
6. BAIRRO Irmã Maria Luisa - Igreja Santa Maria Madalena Postel
TRESZIDELA Irmã Rosa Maria - Igreja Santa Maria Madalena Postel
(17 pontos) Isabel - Professora e Líder Comunitária
Reginalda Maridalva - Professora e Catequista
Fátima Barbalho - Professora, Pastoral Familiar
Ana Patrícia - Grupo de Jovem e Catequista
Irenilde - Professora, Pastoral Familiar
Rosemiro - Presidente do Sindicato dos ACS
Bento Junior - Catequista e Professor
Deusirene - Pastoral familiar, Casa elite
Isaias Rodrigues - Clube Cristal

67
Açailândia - MA - 2ª turma
Período: 12 a 16 de abril

Comunidade Pontos
Pontos Luminosos
Toninho Barbosa - Locutor
Renildo - Apresentador de TV
Sr. Francisco - Benzedor *
Marcos Antônio - Taxista
Lucinha - Catequista
Iris - Líder da Pastoral da Criança
1. RUA DA BAHIA
Nayra - Salão de Beleza
Francisca Lopes - ACS
Maria Olga - ACS
Antônia Hilda - ACS
Maria de Jesus - ACS
Ana Maria - Manicure

Heluina - Parteira*
Raimunda - Professora*
Gerson - Pastor
Maria José - Enfermeira
Elizabeth Teixeira - João Paulo II
Augusto - Pastor
2. RESIDENCIAL
Cristina - Professora
TROPICAL
Jelma - ACS
Ilcilene - Professora
Iris - Professora
Maria da Glória de Melo
Campinho de futebol
Escola Arco-Íris

Gracinha - Coordenadora da Associação de Bairro


Geane - Coordenadora da Associação de Bairro
NascimentoLíder
Domingas - Benzedeira*
Dona Júlia - Benzedeira*
Dona Inês - Moradora *
Sr. José Orácio - Morador
Sr. Graciano Alencar * Locutor
Elias - Cede a casa para pesagem das crianças
Antônia Dalva - Moradora
Maria de Fátima Camelo - Moradora
Antonieta - Moradora
3. Bairro Laranjeiras Dona França - Moradora
Josimar - Coordenador do Grupo de Orações
Clube dos desbravadores
José Ronaldo - Morador
Manoel - Professor
Albeniza - Parteira
Terezinha Albuquerque - Moradora
Iris - Líder Pastoral
Dorivan - Agente Solidária
Meirilene - ACS
Elisângela - ACS
Irmãs Escolares * Líderes da Pastoral da Criança e Coordenadoras da
Comunidade

68
Grupo de jovens
Associação do Bairro Laranjeiras (2)
Associação União do Bairro Laranjeiras
Maria do Socorro - ACS
Fabiano Telles - ACS
Dona Francisca - Moradora
Maria Francisca - Moradora
Dona Nely - Líder da Pastoral da Criança
Escola Divino Mestre

Amanda * Gerente do Viveiro do Município


Baiano - Área de Lazer
4. RUA 13 DE MAIO Walnira - Enfermeira
Elizabete Fernandes - Auxiliar de Enfermagem
Leiliane dos Santos - Médica

Sônia - Professora
Vadecy - Mede pressão arterial
Mariinha - Merendeira da escola
Dr. Sidney - Delegado de Polícia Civil
Keylla - Professora do EJA
5. CONJUNTO Eva Araujo Doca - ACS
PROGRESSO Olyglelma Joany Souza - ACS
Carlos - Pastor
CEFET
CDP - Centro de Detenção Policial - II Distrito Policial
Templo Central Assembléia de Deus
Sede OAB

Dra. Vilma - Moradora


Cacilda - Professora
Lúcia - Auxiliar de enfermagem
6. BAIRRO PARQUE Concebida - Professora
PLANALTO E A. Costa - Policial
JARDIM BELA VISTA Socorro Almeida - ACS
PACS João Paulo
Igreja Luterana

Francisca - Professora*
Laís - Agente de Saúde
Valter - Médico
7. BAIRRO JARDIM Francisca - Agente de Saúde
DO ALAH Joana Darque - Enfermeira
Ana Léia - Enfermeira
Raquel - Voluntária

69
 Depoimentos

Oficina Educadores Sociais - Coordenação Tião Rocha


Anjos da Guarda - 09/04/10

“Expectativa, mundo renovado, inovador, vou conseguir!”


“Mesmo já tudo feito a gente sempre aprende mais. Agora sou anjo, a responsabilidade é enorme!
“Sempre gratificante trabalhar com Janete, Cristina e Tião.”
“Valeu a pena! Importante a aproximação entre nós e o Projeto. É isso que faz acontecer.”
“Levo os pontos de luz, um olhar maior para enxergar maior. Vou aperfeiçoar minha criatividade.”
“O Profº Tião, é um monstro, no bom sentido!”
“Havia uma viseira em mim, como enfermeiro. Os detalhes do Professor Tião transformaram o vale.
“Eu via apenas o cuidado individual, porque eu não sabia que eu poderia fazer muito mais, pelo valor
das causas sociais.”
“Instigante. Hoje eu estou para arrebentar se alguém no meu município tentar me desanimar. Vou
levar sempre na minha vida.”
“Levo muitas idéias. “Como resgatar as gestantes, para virem mais cedo.”
“Esse conhecimento vou levar. Estou vestindo a camisa do Projeto.”
“Vou realizar tudo que puder.”
“Já conhecia Tião, Cristina e Janete, me impressionou o copo. A gente pode melhorar com o que a
gente tem.”
“Tudo foi marcante, vou completar as ideias que eu já tinha; não devemos desistir nunca! O Profº Tião
é iluminado!”
“Saio daqui com a certeza de que temos um enorme desafio. Vejo pessoas empenhadas em lutar por
esta causa. Conhecer o Profº Tião dá orgulho de conhecer gente que é capaz de fazer. Prazer imenso
de participar do Projeto. Já estou nele!”
“Agradeço por conhecer o Profº Tião, pessoa sensível. Adorei a Profª Cristina. “Temos que ter um olhar
mais atento.”
“Este Módulo deu o pontapé inicial. Aumentei minhas ideias, nota 10!”
“Já estive na ET. SUS, uma injeção de ânimo.”
“Maneira espetacular, de inovar, a coluna que ele tem. Quero levar minhas colegas.”
“Sentimento comum, o anseio de ver funcionar. Uma alegria e esperança de saber que é possível.”
“Aprendi como eu preciso aprender a ser um profissional melhor, como eu vejo o Tião sabe o nome de
todos. Preciso exercitar que as pessoas querem e podem contribuir como eu. Sou uma pessoa melhor.”
“Quero levar no meu coração o objetivo deste Profº. Deveria ter começado em fevereiro, perdemos
tempo.”
“Se o encontro tivesse sido no começo, teria sido melhor. Vou aumentar meu compromisso e
disponibilidade.”
“Entrei mais no Projeto, se pudesse ficava só nele. Ficou mais claro, estou motivada.”

70
“Este foi o “ponto diferencial”. Os outros cursos foram da turma do jaleco. Ficou mais claro para mim
o que é ser Anjo da Guarda. Quantos “Tião” existem?
“Oportunidade de conhecer a equipe no ET/SUS. Quando eu olho um bebê. Nos 11 anos que entendo
de formada, não valem nada diante do curso do ET/SUS, aquilo com o Profº Tião, mudou a minha
vida. O que eu levo daqui, não tenho palavras para dizer. Quando levei o nome de “Jéssica”, eu
quero ser mesmo este ponto de luz.”
“Tenho que ser macho, mas já chorei, me emocionou... Pensei... que será que ainda posso
abandonar? Hoje, eu sei, que não é esse negócio de que mulher tem mais jeito com bebê, eu vou
lutar, é uma vida.”
“A partir de hoje não tenho mais dúvidas do meu papel como Anjo da Guarda. Foi uma benção de
Deus estar no Projeto.”
“Me sinto comprometida. Se todos tivessem esta dimensão. A simplicidade me encorajou muito.”
“Até conhecer Tião, que tudo se copia, era o que eu achava. Se lá no Jequitinhonha o Tião fez aquilo
tudo, aqui não vai morrer mais menino.”
“Achei o nome divino (Anjo da Guarda), e foi divino o que aconteceu com todos nós. Agora sei porque
o olho de Cristina brilha ao falar do Profº Tião. Ele é um Deus.”
“Este treinamento deveria ser antes.”
“Se eu tivesse vindo aqui, eu acho que teria desistido. “Nós pode”. Será que eu sou capaz? Pensei que
não daria conta. Agora sei que posso!”

Oficina Educadores Sociais - Coordenação Tião Rocha


Médicos - 23/02/10

“Com qualquer lugar, pode-se ajudar. Foi bom!”


“Excelente! De grande valia. Sou obstetra, existe um elevado número de prematuros; freqüente
tentativa de aborto.”
“Gostei muito!”
“Interessantíssimo quando, junta saúde com educação. Se nós pensássemos que todas as crianças são
nossas, mudaria a vida!”
“Entrelaçada. Adorei! Relaxei com a brincadeira. Proveitosa e Divertida!”
“Bom, a integração, Tião tem grande conhecimento, abre possibilidades. Proveitoso!”
“Excelente, nota 10! Tião mostra que a importância não está na aparência e sim na essência!”
“Nunca vou esquecer-me do “me ajuda a olhar.”
“Tempo curto demais! – Para a oportunidade de nos dar um conteúdo enorme.”
“Maravilha! Parabéns!”
“Precisamos olhar melhor, aprendi bastante. Levo bagagem grande e suigeneris.”
“Abriu mais ainda apesar das dificuldades assistenciais. Muito bem treinado, vamos levar como fazer
melhor.”

71
“Importância no projeto é a valorização dos diversos elementos. Ela vai recorrer à comunidade!
“Importante dimensionar o conhecimento.”
“Ser alertado sobre a importância de encontrar parceiros.”
“Criar!”
“Interessante é compartilhar!”
“Bem importante, boa esta interação com tantos agentes.”
“Bom saber que se está iniciando algo que já deveria ter se iniciado antes.”
“Bom, prazeroso, que cada um faça sua parte.”
“Agradecer, lamento que os outros não tenham vindo. O que resume este projeto são as parcerias.

Oficina Educador Social - Coordenação - Tiao Rocha


Equipe de enfermeiro - 10/03/10
“Importante foi o trabalho em equipe.”
“A maior lição foi hoje, que eles devem ser um comandante no trabalho.”
“Sempre dizer que os médicos são médicos e os enfermeiros não, dia notá-lo, somos brilhantes e
capazes.”
“Excelente! Já tinha falado dela (Cris). Tião com muita clareza, e simplicidade passa o conhecimento.”
“Super importante este momento! Este tempo pra conversar, conhecer novas pessoas, resolver, que a
informação daqui possamos passar para equipe.”
“Passar a informação para funcionar melhor.”
“Muito proveitoso! A interação, novos conhecimentos.”
“Como é difícil se colocar no lugar do outro, no lugar do paciente aprender a valorizar a comunidade
aprender com eles, na maior parte das vezes nem deixamos a mãe falar.”
“Se não tivermos sido apresentados, tenho certeza de que não saberíamos o nome de cada um.”
“Muito produtivo desenvolver mais ações no meu local de trabalho.”
“Aprendi tanto sobre coisas nas quais nunca pensei, aprendi muitas coisas simples.”
“Interação do grupo. O conhecimento do hoje CF.”
“Riquíssimo! Oficina sempre é um saco! Aqui teve aconchego, comunhão, aprendi que tenho que fazer
uma coisa de cada vez.”
“Tirar experiência, vou fazer acontecer na cidade.”
“Legal a interação a gente nem se conhece direito.”

As piscadelas
“Gostei de tirar a imagem de que enfermeiro é inimigo de enfermeiros, fico feliz!”
“Vocês ainda confiam na gente! A auto-estima da gente se levanta! Imagina Premio Nobel da Paz.”
“Vim esperando alguém falando todo o tempo. As dinâmicas me mostraram que as pessoas podem
ser melhoradas.”
“Resumo: Reflexão. Pensar na nossa situação para poder agir.”
A importância de conhecer o outro.

72
“Aprendi que basta ser uma equipe, temos que ser um time e aprendi quem é o nosso verdadeiro
comandante.”
“Aprendi como trabalhar em grupo o Cuidando do Futuro é brilhante, serve de exemplo para outros
programas. Os profissionais precisam desta capacitação no interior ele fica alienado.”
“Reflexão: como é que se pode fazer.”
“Nós temos que trabalhar em grupo. Sendo humilde o suficiente para ajudar a comunidade,
perguntando e aquilo que a gente sabe.”
“No lado pessoal: no treinamento a gente pensa na brincadeira como chato! Mas aqui, brincando e
sem ser chato, a gente aprende.”
“Aprendi muito! E muda o comportamento.”
“Cheguei no 2º segundo momento, mas foi muito interessante, a importância do trabalho em equipe.”

Oficina Educador
Educador Social - Coordenação Tiao Rocha
Equipe de enfermeiro - 11/03/2010

“Só agradeço, vivemos longe, mas não foi por acaso. Levo dentro de mim grande melhora.”
“Vai sair com a cabeça diferente. Bom conhecer pessoas de outros municípios.”
“Jeito novo de aprender uma brincadeira que ajuda a solucionar.”
“Oportunidade. Não basta fazer como estamos fazendo.”
“Vou sair da caixa, vou procurar de mil maneiras melhorar.”
“Parabenizar o Profº Tião. Estou maravilhada, um novo olhar.”
“Aqui aprendemos a fazer diferente, sair muito enriquecida, abrir a mente, muita gente vai tentar sair
da caixa. A gente sai daqui empolgada, vontade de fazer.”
“Parabenizar. A gente fica cheia de esperança, fico desestimulada, este projeto ta andando, vocês
estão estimulando, fora da caixinha.”
“Fico feliz pela escolha da minha profissão, sou mais feliz, mais motivada.”
“Feliz! E ansiosa, agora ainda mais, pelas dificuldades do nosso município.”
“Gostei muito, este projeto é grandioso porque pega todo mundo, para as coisas simples, quanto as
coisas posso fazer sem precisar do gestor?”
“Primeiro desconfiei das dinâmicas, depois vi que fez sentido.”
“O que a gente sabe é um cotidiano normal, parece “coisa louca” E isso que faz a diferença –
obrigado pela oportunidade!”
“Proveitoso pelo incentivo as nossas idéias, e o conhecimento.”
“Agradecer ao Tião e a Cristina.”

73
Depoimentos
Apropriação

“Eu estarei 100% no Projeto, estou disponível para trabalhar com todas as equipes. Eu quero e
posso divulgar a sua importância; tudo que puder fazer, eu farei; e o que não puder, buscarei ajuda,
parcerias.”
Sandra Maria T. Oliveira - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Aprendi muitas coisas que posso fazer para a minha família. Pretendo levar mais conhecimentos à
comunidade. Desejo levar adiante o Projeto da Moda e Beleza Gestante.”
Josinalda Tomaz - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Aprendi várias coisas. Principalmente, a cuidar da minha filha que vai nascer. Muito obrigada por essa
lição. Pretendo levar adiante a Oficina de Moda e Beleza para deixar nossas grávidas mais bonitas.”
Quelma Matos - Agente de Endemias
Presidente Dutra - MA

“Aprendi a pensar no cuidado com os bebês. Vou trabalhar orientando as grávidas.”


Maria do Carmo Alves Coutinho

“Adquiri mais conhecimento sobre gestantes, crianças e mortalidade infantil. Vou levar essas técnicas e
informações adiante, principalmente o MDI.”
Maria Alessandra D. Sousa - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra

“Aprendi que tenho que levar em frente o que conquistei nesses cinco dias.”
Zildete Maria Gomes - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA
“A partir de hoje, sei da necessidade de conversar e orientar as grávidas, conhecidas ou não.”
Maria Josenice Silva Sousa - Cuidadora Solidária
Paço do Lumiar - MA

“Orientando gestantes de “primeira viagem”, estarei ajudando a combater a mortalidade infantil. Por
isso, vou formar um grupo de Cuidadores para fazer visitas a essas gestantes, auxiliando no que for
necessário.”
Francisca Maria Costa Veloso - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra - MA

“Vou buscar realizar tudo o que planejamos correndo atrás das pessoas que podem nos ajudar nessa
missão.”
Francisca Vieira - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra - MA

“Vou realizar a Campanha do Pré-natal e o acompanhamento às grávidas.”


Deusimar Lopes dos Santos - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Aprendi a pensar em diferentes formas de cuidar de nossas gestantes e, principalmente, das gestantes
adolescentes. Vou praticar nossos projetos aqui elaborados, como por exemplo, a Oficina com as
Gestantes e a Oficina com nossas Estrelas.”
Maria da Paz Viana Silva - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Aprendi que há muito a se fazer pela nossa comunidade. Farei tudo que tiver ao meu alcance,
principalmente para convencer os outros a participarem. Em relação às metas, vou me concentrar no
nosso Jornalzinho de Avanços.”
Josefa Sousa de Moraes - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA
“Aprendi que muitas crianças precisam da nossa equipe para poder nascer. Vou fazer parte do Grupo
Dez.”
Joelma Aparecida Ribeiro - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Levarei para minha comunidade e para a minha vida todos os conhecimentos que foram passados
de forma excelente. Aprendi a ouvir e aceitar as opiniões.”
Ligia Gomes de Sousa - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

Coerência

“Aprendemos muito, agora é a hora da ação. Pretendo convocar as “estrelas” da minha localidade
para fazerem essas ações.”
Maria de Lourdes Gomes de Souza
Agente Comunitária de Saúde - Paço do Lumiar - MA

“O aspecto mais positivo do curso foi conhecer os Pontos Luminosos de cada bairro e saber sobre a
importância que cada um tem para a comunidade.”
Maria Nádia Cruz dos Santos - Técnica em Enfermagem
Codó - MA

“Aprendi que a vida está acima de qualquer coisa, que não há hora ou lugar para salvar ao outro.
Praticarei MDI todos os dias em meu trabalho, na minha comunidade e com a minha família; fazendo
rodas de sugestão e discutindo ideias”
Antônia Maria Ramos - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Aprendi que meus valores de vida não são iguais aos valores do outro, mas que podemos conviver
com as diferenças. Vou usar esse aprendizado na minha casa e no meu trabalho”
Aldamalia Ferreira Lopes - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA
“Aprendi a ter uma visão mais profunda e mais ampla a respeito da mortalidade infantil. Quero colocar
esse aprendizado em prática imediatamente.”
Auricilma Pereira - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Aprendi a ter ideias, aprendi a trabalhar com crianças e a conviver com as pessoas. Aprendi a dar
sugestões e expressar-me, porque eu tinha muita vergonha. Na minha comunidade, pretendo trabalhar
com os jovens, falar sobre o aborto, fazer com que eles entendam que isso é ilegal. Pretendo ensiná-los
a usar preservativo, ensiná-los como se proteger.”
Iyonete Pereira - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Aprendi a valorizar mais meu trabalho, a dar importância às gestantes e às crianças da minha
comunidade ou de outras. Tentarei realizar todas as propostas do MDI e procurarei descobrir outras
mais inovadoras.”
Marinalva Freitas - Agente de Endemias
Presidente Dutra - MA

“Aprendi que devo cuidar mais das gestantes, mas não só com informações. Devo incentivar as mães
a cuidar de seus filhos com um olhar diferente para que eles sejam futuramente um Ponto Luminoso
em nossa comunidade. Vou trabalhar procurando e acionando nossas Estrelas Luminosas, fazendo os
Encontros de Gestantes.”
Ana Lúcia Carreiro - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Devo cuidar de todas as crianças que nascerem para que elas sejam o nosso futuro. Vou encontrar-me
mais vezes com minhas gestantes.”
Maria Lucimar C. Sampaio - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Aprendi que é muito importante unir ACS e ACE para a luta nessa causa.”
Jackson Nascimento - Agente de Endemias
Presidente Dutra - MA
Cooperação

“Eu aprendi várias dinâmicas. Observei que trabalhar em grupo é a melhor maneira de resolver os
problemas das nossas gestantes. Aprendi que devemos ouvir o outro antes de julgá-lo.”
Lúcia - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Aprendi que devemos cultivar a união e a parceria para resolver esse problema.”
Karlene Mota da Silva
Presidente Dutra - MA

“Aprendi a sempre ter espírito de equipe; a ter persistência em tudo o que quero fazer. Persistir em lutar
pelo nosso objetivo, que é salvar vidas. Aprendi também que em grupo, cada um tem seu modo de
agir e de pensar. Vou praticar sempre o trabalho em grupo, porque nos dá mais energia para seguir
em frente.”
Ivonete - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Foi uma experiência para ouvir as opiniões dos colegas e saber que nem todos têm a mesma opinião.
Devemos pensar bastante sobre elas para melhorar as nossas e respeitar todas.”
Maria de Jesus - Agente Comunitária de Saúde
Açailândia - MA

“Aprendi a lidar melhor com os problemas de outras pessoas. Descobri que juntos podemos ajudar
mais e melhor.”
Lucicleide Sousa Sá - Agente de Endemias
Presidente Dutra - MA

“Acredito que todos nós aprendemos a nos preocupar mais com nossas crianças. Então, estaremos
falando do futuro de nosso país.”
Francisco Ocione Coelho da Costa - Agente de Endemias
Presidente Dutra - MA
“Aprendi que quando os temas são apresentados com mais dinâmica, aprendemos e nos sentimos
motivados a aplicar esse aprendizado em nossa comunidade, participando, dando nossa contribuição,
expondo nossas ideias e estimulando os outros a participar. Não vale a pena ter somente o
conhecimento. É importante associá-lo à prática. Vou usar as dinâmicas e demais criatividades com
certeza. Lembrar-me-ei sempre de vocês.”
Cilma Maria Freire - Enfermeira

Criatividade

“Aprendi novas técnicas e informações importantes a serem usadas até com minha família. Acho
bom, porque meu trabalho vai sair da monotonia. Vou praticar tudo o que foi aprendido para ver se
dá certo. Sei que essa oficina ajudou-me a conhecer formas inovadoras, a tentar ser criativa no meu
trabalho.”
Lúcia Maria E. dos Santos - Agente de Saúde
Paço do Lumiar - MA

Dinamismo

“Agora eu entendo. Aqui estamos, colocando nossas mentes para pensar. A semana toda está sendo
assim. Eu achei que já fazia tudo, mas na verdade, há muito mais coisas para se fazer.”
Karlene Mota da Silva - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Muitos de nossos colegas não compreendem a importância de inovar a nossa prática porque estão
acomodados. Depois da oficina, com certeza, estaremos mais animados e motivados para criar novas
estratégias na nossa área.”
Maria Francisca Rodrigues - Agente Comunitária de Saúde
Açailândia - MA
“Seria bom se todos os ACS’s continuassem a estudar e melhorar seu desempenho, nunca desistindo.
Melhorar a qualidade de vida do Estado é começar por melhorar a nossa escolaridade e o nosso
pensamento sobre as pessoas do nosso estado do Maranhão.”
Maria Olga da Silva - Agente Comunitária de Saúde
Açailândia - MA

Eficiência

“Aprendi dinâmicas educativas, a dar mais atenção às mulheres da comunidade, ser mais disponível,
para ajudar meus colegas a solucionar os problemas de outras áreas. Vou formar um grupo de
mulheres na Vila Romualdo. As reuniões acontecerão na sede da União de Moradores, às quintas-
feiras.”
Ângela Maria Pereira - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Acredito que com esse treinamento, eu, minha mãe, Tia Zeneide e todos os outros participantes
poderemos ajudar as mães a aceitarem e receberem bem seus filhos, dando a eles bastante carinho
e amor.”
Lucidalia Pereira - ouvinte - adolescente (filha da Márcia Maria)

“Aprendi que juntos poderemos mudar essa realidade, que envergonha não só ao Maranhão, mas
a todo o país. E se antes eu já gostava de ajudar, agora abri meus olhos, para a necessidade de
convencer mais gente a praticar a cidadania e o voluntariado.”
Regiane Damasceno - Cuidadora Solidária
Paço do Lumiar - MA

“O melhor foram os projetos de que falamos. Certamente eles trarão muitas coisas boas para a nossa
comunidade.”
Alzenira Gomes Rodrigues - Agente de Endemias
Presidente Dutra - MA
Estética

“A maior beleza do nosso trabalho é perceber como somos importantes. O trabalho dos ACS’s reflete
no Índice de Desenvolvimento Humano – IDH, do Estado, indicando que a estimativa de vida cresceu.
Agora, podemos levar mais a sério as crianças que nascerão e as que estão precisando de cuidados,
alertando suas mães, familiares e comunidade. Os Pontos Luminosos serão nossos mais novos
aliados.”
Eva Araújo Doca - Agente Comunitária de Saúde

Felicidade

“Fiquei mais sensível ao encontrar os Pontos Luminosos dentro da minha comunidade e passei a
observar os problemas dela com outros olhos. E aí, eu me senti mais responsável. Fico feliz em descobrir
meu papel nessa equipe e na sociedade. Vou fazer a Caixa de Ideias, Café com a Comunidade e
Reuniões.”
Nara Alice Sousa - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“... E todos nós com o rosto desvendado como um espelho. Que se calem as vozes do desânimo e das
tristezas e que reine o sorriso de cada um de nós.”
Deusellina - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

Harmonia

“Que bom que tivemos esclarecimentos e integração nessa oficina. É bom debatermos nossas ideias
com harmonia e respeito. Dessa forma, aprendemos a melhorar nosso desempenho. Temos que
pensar no sucesso do nosso Estado, o Maranhão, para melhorar o nosso IDH. Assim, seremos mais
respeitados no país inteiro.”
Fabiano Telles - Agente Comunitário de Saúde
Açailândia - MA
“O curso despertou em mim o sentimento de cuidar, amar, zelar pelo outro. Eu acho que a rotina faz
qualquer profissional ficar “frio”, ou seja, achando que tudo é normal: a desigualdade, as mortes... A
partir do curso passaremos a valorizar a vida, a querer e buscar o bem. Ensinar, aprender e acima de
tudo querer fazer.”
Elenicy - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Foram muito bons os novos conhecimentos que adquiri e as pessoas que conheci.”
José dos remédios - Agente de Endemias
Paço do Lumiar - MA

Oportunidade

“O Projeto Cuidando do Futuro é uma infinita escada do conhecimento. Nós educadores devemos
abraçá-lo todas as vezes que tivermos a oportunidade, pensando cada vez mais no futuro de alguém
que espera a nossa mão, a nossa ajuda.”
Maria Pereira - Mariquinha - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Aprendi a ver o problema da comunidade de frente. Aprendi a nova forma de trabalhar pelos Pontos
Luminosos, ou seja, trabalhar com os jovens. Começarei pelo Encontro de Jovens.”
Elzilene do Nascimento Silva - Agente de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Tudo apresentado foi muito importante e proveitoso pra mim. As brincadeiras com o objetivo de
salvar vidas, a maneira como tudo foi repassado de forma simples e clara. Todas as ferramentas
foram entregues, basta ter força de vontade para executarmos o que aprendemos. Na verdade, por
em prática o que planejamos.”
Luciana Bogéa - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA
“Me identifiquei muito com a maneira de abordar as gestantes em nossos encontros, nas reuniões. Na
parte de promover uma alimentação saudável, é muito útil pra mim saber que cada informação que
repassar para elas será como uma luz.”
Maria Perpétua Santana - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Crescemos mais com as visitas às gestante, puérperas e seus bebês do bairro Laranjeiras. Pudemos
observar a realidade do bairro: muitas mães não cuidam de seus filhos, deixando-os tomar banho no
esgoto que passa na grota. O esgoto a céu aberto prejudica a saúde de todos, principalmente das
crianças.”
Maria Elisângela S. R. Sousa - Agente Comunitária de Saúde
Açailândia - MA

“O meu maior aprendizado foi sobre as Maneiras Diferentes e Inovadoras - MDI. Aprendi também
dinâmicas e músicas para eu trabalhar com minha família e também para aproximar-me das colegas
de diferentes áreas. A vivência que mais gostei foi da elaboração de projetos para serem realizados
com todos os grupos. Vou praticar na minha comunidade, imediatamente, as boas-vindas às gestantes
e recém-nascidos.”
Louridane Brito da Cruz- Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“O curso proporcionou-me o grande aprendizado de inovar as coisas do nosso dia-a-dia. Vou praticar:
interligar os grupos diversos da comunidade para discutir o tema e os eventos; convocar os Pontos
Luminosos da comunidade para fazer visitas às mamães; promover o Dia de Rainha; incentivar as
benzedeiras; trazê-las para a proposta e reunir mães e pais para conversas.”
Simone A. Sousa - Agente Comunitária de Saúde
Codó-MA

“Para mim, a Semana de Formação foi de grande importância, pois aprendi como levar mais inovação
para o meu trabalho, para minha área. Tudo isso vai facilitar meu desempenho na comunidade. Por
exemplo, orientando na amamentação e nos cuidados de higiene com o bebê”.
Kátia Cilene Vieira da Cruz - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar
“Eu aprendi coisas boas, como brincadeiras novas que eu não conhecia e as muitas ideias para todos
os agentes.”
Francisca Alves - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra - MA

“Eu aprendi muitas coisas. Principalmente, como lidar com esse problema que é o aborto. Aprendi
também como diminuir essa mortalidade infantil. Unidos nos vamos conseguir. Isso eu sei, porque eu
não concordo jamais com esse crime violento. Pretendo começar a minha prática, em primeiro lugar,
na igreja que eu frequento. Lá existem muitos jovens, a igreja tem força e precisa ajudar.”
Silvana Borges - Agente de Saúde
Paço do Lumiar - MA

Protagonismo
“O curso foi de grande importância para meu aprendizado. Senti-me mais confiante, determinada
e otimista. Pude perceber também que sempre vamos precisar da opinião de outras pessoas. Mudei
minha forma de pensar sobre várias coisas. Temos sempre que caminhar em busca de novos objetivos.
Vou levar pelo resto da minha vida tudo o que aprendi. Nosso dever é cuidar das gestantes e seus
bebês.”
Almir de Jesus Santos - Agente Comunitário de Saúde
Balsas - MA

“Aprendi várias maneiras de ajudar às mães da minha comunidade. Vou buscar aliados e convocá-los
através de reuniões, teatro, gincanas educativas e outros meios que encontraremos junto às MDI’s.”
Maria do bom parto - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Aprendi a ter mais atenção. Conheci novos meios de pôr em prática o meu trabalho. Aprendi a
trabalhar mais em grupo. Vou praticar as dinâmicas, os movimentos de convencimento; vou colocar
em prática os cartões explicativos e informativos. O que eu mais gostei foi do trabalho corpo a corpo
e o grupo de mulheres.”
Lucilene Costa de Brito - Agente de Saúde
Paço do Lumiar - MA
“Das ideias apresentadas, das que eu mais gostei foi o Grupo 10. Por isso, vou coordená-la. Aprendi
que pessoas unidas por um mesmo objetivo podem conseguir grandes coisas. Descobri também que
a história da minha comunidade e dos meus amigos pode mudar para melhor.”
Cleane de Sousa Oliveira - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Aprendi que é preciso reunir toda a comunidade para combater seus problemas. Eu vou conversar
com os adolescentes.”
Nildes de Assunção - Agente de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Apesar da semana ser muito curta, aprendi muito, principalmente a trocar experiências, ideias
inovadoras, a conviver, ouvir e expor ideias. Vou aproximar-me mais dos problemas e tentar ajudar
ao máximo.”
Antônia Maria Ramos de Sousa - Parteira
Presidente Dutra - MA

“Aprendi que com amor, podemos alcançar nossos objetivos. Meu compromisso será com as reuniões
de gestantes.”
Francisca Alves Gomes - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra - MA

“Eu aprendi que precisamos continuar investindo no aprendizado. Vou acompanhar as gestantes e as
crianças. Aprendi que devemos pensar e cuidar das crianças.”
Manoel Ricardo da Silva Lopes - Cuidador Solidário
Presidente Dutra - MA

“Aprendi que precisamos conquistar cada vez mais parceiros. A minha casa será um ponto de referência
para os encontros das mães.”
Maria Pereira - Mariquinha - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA
“Depois do curso, eu me sinto fortalecida para continuar meu trabalho. Eu nunca tinha recebido
motivação, mas agora sei que tenho capacidade de fazer o melhor.”
Eucilene de Castro - Agente de Saúde
Presidente Dutra - MA

Transformação

“Aprendi que somos capazes de fazer qualquer coisa, basta querer. Sou capaz de doar-me mais
ao próximo; posso fazer mais para salvar vidas. Sonhar é o primeiro passo para conseguir o que
queremos.”
Cosma Alves dos Santos - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Com este curso, aprendi muitas coisas boas: que sou capaz de mudar minhas atitudes, que sou capaz
de tudo e que os problemas se tornam pequenos diante das soluções.”
Nádia Sousa - Agente Comunitária de Saúde
Balsas - MA

“Aprendi a ser mais solidário, buscar soluções que enfrentem os problemas de frente, sem meio
termo.”
Magno Azevedo Silva - Agente de Endemias
Paço do Lumiar - MA

“Vou incentivar nossas gestantes ao aleitamento materno, fazendo visitas domiciliares e ensinando a
elas como dar banho aos recém-nascidos.”
Maria da Guia de Moura - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra - MA

“Eu aprendi a pensar que às vezes o que as mulheres precisam é de um incentivo, para fazerem o
pré-natal.”
Márcia Maria Pereira - Cuidadora Solidária
Presidente Dutra - MA

17
“Aprendi a exercitar a mente e ter novas ideias. Aprendi também que com a ajuda dos outros podemos
conseguir muitas coisas. Vou fazer as atividades do Grupo 10 na minha comunidade.”
Antônia Maria Ramos (toinha) - Agente Comunitária de Saúde
Paço do Lumiar - MA

“Pude aprender durante esses dias que é possível reverter esse quadro a partir da mobilização da
sociedade e das instituições. Todos, unidos, alcançaremos essa meta. Amei as dinâmicas e tirei lições
para minha vida. Assumi o compromisso de nos reunir e procurar mais luzes.”
Francisco Gutemberg Carneiro Nascimento - Agente Comunitário de Saúde
Presidente Dutra - MA

“O que eu mais gostei foi das brincadeiras que antes eu pensava que eram realizadas somente para
“levantar o astral”. Percebi quanta coisa se pode pensar e discutir: é uma lição de vida. Certamente vou
fazer o que puder e a primeira coisa é a Comemoração da Vida, visitando as mamães no hospital.”
Maria da Guia N. de Moura - Agente Comunitária de Saúde
Presidente Dutra - MA

“Quando foi comentado sobre o Ponto de Luz, observei que basta se fazer uma avaliação ao nosso
redor e serão vistas pessoas capazes de fazer “algo” melhor do que uma autoridade competente. Eu
vou ajudar as minhas vizinhas a descobrirem o que são Pontos de Luz.”
Maria Mendes da Silva - Agente Comunitária de Saúde
Barra do Corda - MA

“Descobri que sou um Ponto de Luz e que há vários Pontos de Luz em minha volta. Mas, nunca havia
pensado na importância disso. Quero praticar esse aprendizado. Também quero ir aos hospitais.”
Vilma Sousa - Técnica em Enfermagem
Presidente Dutra - MA