Você está na página 1de 8

VITAMINAS

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Necessidade diária

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

   

lactentes 375 mcg/dia

Carência cegueira noturna, lesões e ressecamento de pele e mucosas, retardo no crescimento Excesso Perda de apetite, amarelamento da pele, queda de cabelo, pele seca, fragilidade óssea.

 

Vitamina A

Importante para a saúde da pele, olhos, dentes, cabelos e ossos. Ajuda no crescimento e aumenta a resistência de infecções em crianças.

Homem adulto 1000 mcg/dia

Tomate, leite, manteiga, verduras amarelas, abóbora, folhosos verde escuro, melão, pêssego.

(Retinol)

Mulher adulta 800 mcg/dia

LIPOSSOLÚVEL

 
 

Suplementação terapêutica 10000 a 25 000 UI/dia

Toxidade: Ocorre na ingestão de altas doses Î200mg em adultos ou 100 mg em crianças

Vitamina B1: Tiamina Hidrossolúveis

Facilita a absorção dos glicídios principalmente no cérebro. Apetite, formação de componentes do sangue, circulação, digestão ( produção de ácido clorídrico), crescimento, aprendizagem, tônus da musculatura do intestino, estômago e coração, reações para formação de energia, diminuição da dor

lactentes 0,3 mg/dia Homem adulto 1,2 mg/dia Mulher adulta 1,0 mg/dia Suplementação terapêutica 2,0 a 10,0 mg/dia

Carência:Redução do apetite, cansaço, obstipação, irritabilidade fácil, esquecimento, raciocínio lento, inchaço dos pés e mãos, perda de peso, debilidade muscular, fraqueza, taquicardia.

Carne de porco magra e germe de trigo são as fontes mais importante, batata doce, banana, cereais integrais, frutas, arroz, leite, nozes, legumes, levedura . o Cozimento álcool, cafeína e antiácidos destroem a vitamina B1.

 

Tem a função de coenzima de sistemas que intervêm nas oxidações celulares. Exerce ação promotora do crescimento. Atua na regeneração sangüínea, no fígado, no trabalho cardíaco e no aparelho ocular. Conserva

os tecidos. Proteção de corticosteróides, gliconeogenese

e

lactentes 0,4 mg/dia Homem adulto 1,4 mg Mulher adulta 1,2 Suplementação terapêutica 2,0 a 10,0 mg/dia

Carência: Sensibilidade ocular (coceira, ardência, fotossensibilidade), dor de cabeça frontal, língua inchada e avermelhada, queilose (rachaduras nos cantos da boca), seborréia, lesões na pele. Excesso: elas são

Cereais, leite e seus derivados, banana, lentilha, cenoura, cereais integrais, folhosos verde escuro.

Vitamina B2 Riboflavina Hidrossolúveis:

É facilmente destruída pelo componente ultravioleta da luz solar.

atividade reguladora das

 

facilmente excretadas na urina e, assim devem ser

VITAMINAS Vitamina B3 Nicotinamida/ , ácido nicotínico,PP ou niacina Hidrossolúveis: Vitamina B5 Ácido Pantotênico

VITAMINAS

Vitamina B3 Nicotinamida/ , ácido nicotínico,PP ou niacina Hidrossolúveis:

Vitamina B5 Ácido Pantotênico Hidrossolúveis:

enzimas tiroídeas. Ajuda cicatrizar feridas na boca, lábios e língua. Metaboliza carboidratos, as gorduras e as proteínas. Ajuda o organismo a aproveitar oxigênio e é importante na formação de anticorpos

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Circulação Reduz o nível de colesterol Produção de hormônios sexuais Crescimento Digestão ( produção de ácido

clorídrico) influência o metabolismo do enxofre.

Produção de anticorpos Produção de cortisol Crescimento Diminuição do estresse Potencializa a utilização de outras vitaminas Envolvido na síntese de colesterol, fosfolipídeos, hormônios esteróide.

Necessidade diária

lactentes 5,0 mg/dia

Homem adulto 15,0 mg/dia

Mulher adulta 13,0 mg/dia

Suplementação terapêutica 50 a 5000 mg/dia

Esta vitamina pode ser obtida no organismo através do aminoácido triptofano, 60 mg de triptofano = 1 mg de niacina

Não existe uma recomendação específica Homens e mulheres de todas as idades Î4 7 mg/d Suplementação terapêutica 2,0 a 10,0 mg/dia Acredita-se que não ocorrerá deficiência

continuamente supridas na dieta.

CARÊNCIA / EXCESSO

A carência severa causa a Pelagra (doença caracterizada pôr 3D=dermatite, demência, diarréia) , tremores, língua amarga. Além de fraqueza musculares, diminuição do apetite, indigestão, insônia, fadiga. Seu excesso pode causar o esgotamento do músculo

cardíaco, formigamento e enrubecimento da pele, sensação de latejamento na cabeça.

Carência: Causa fadiga, fraqueza muscular, perturbações nervosas, anorexia, diminuição da pressão sangüínea. Distúrbios cutâneos.

Excesso: Nenhum efeito tóxico é conhecido, porém grande

FONTES

As melhores são levedo, vísceras, amendoim, carne, aves e peixe. Ameixa,

figo, tâmara, amendoim, grãos integrais, legumes

Fígado, rim, coração, leveduras, ovos, leite, língua de boi, trigo, centeio,

farinha de soja, brócolos, batata, cogumelos.

quantidade pode causar diarréia Î10 a 20g de pantotenato de cálcio

VITAMINAS

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Necessidade diária

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

Vitamina B6 Piridoxina Hidrossolúveis:

Atua nos processos de :

obtenção de energia dos alimentos, regulação da pressão arterial e função cardíaca, produção de anticorpos Reduz os espasmos musculares noturnos, cãibras nas pernas e dormência nas mãos. Promove o equilíbrio do potássio e sódio no organismo. Absorção intestinal de aminoácidos, Síntese de hemoglobina

lactentes 0,3 mg/dia Homem adulto 2,0 mg/dia Mulher adulta 1,6 mg/dia Suplementação terapêutica 4,0 a 50,0 mg/dia

Sua carência causa cansaço, vertigens, irritabilidade, convulsões,, lesões na pele, anemia, sonolência, depressão, perda de apetite. Fatores que levam à carência pacientes cardíacos, alcoolismo, uso de anticoncepcionais, idosos, adolescentes. Excesso: A ingestão prolongada de altas doses pode resultar em grave neuropatia sensorial 2 a 3g/dia • Doses em torno de 100 mg podem causar insônia

Atum, sardinha, carne de frango, pato, vaca, porco e carneiro, ervilha, lentilha, bacalhau, batata, brócolis, repolho, tomate, cenoura, cereais, cebola, espinafre, couve flor,vagem, soja, pêra, maçã, limão, ovos, leite, queijo e frutos do mar, rins, abacate, ameixa, uva, melaço, aveia.

Vitamina B9

Ácido Fólico

Hidrossolúveis:

Funciona como coenzimas no transporte de fragmentos de carbono no metabolismo dos aminoácidos

• Importante papel na síntese de purinas, guanina e adenina utilizados na produção de ácidos nucléicos.

• É necessário para formação de hemáceas e leucócitos na medula óssea • Apetite • Circulação • Produção de ácido clorídrico • Funcões do fígado

lactentes 25 mcg/dia Homem adulto 200 mcg/dia Mulher adulta 180 mcg/dia

Suplementação terapêutica 1000 a 10000 mcg/dia

Carencia: Diminuição do crescimento, anemia megaboblástica e outros distúrbios sangüíneos, distúrbios no trato gastrointestinal, alteração na medula óssea, lesões nas mucosas.

Excesso: Interfere na ação farmacológica de drogas anticonvulsivas.

leite, couve-flor, brócolis, espinafre, gérmen de cereais, batatas,

legumes, folhas verdes, lentilha, feijão corda.

VITAMINAS

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Necessidade diária

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

Vitamina B12 Cianocobalamina

É a única vitamina que contém cobalto

• É indispensável a função do metabolismo em todas as células, especialmente as do TGI, medula óssea e tecido nervoso atua na bainha de mielina • Efetiva no tratamento da anemia perniciosa

• Está associada à absorção e metabolismo do ácido fólico.

lactentes 0,3 mcg/dia

Adulto 2,0 mcg/dia

Suplementação terapêutica 5,0 a 50,0 mcg/dia

Sua carência, redução da absorção de nutrientes,.

Irritabilidade, distúrbios gástricos, depressão nervosa, glossites, distúrbios sangüíneos, dores musculares, anemia megaloblástica e perniciosa

Fatores que levam à carência cirurgia intestinal, uso abusivo de antiácidos, álcool, tabagismo, doenças gástricas (gastrite, gastroenterites, etc.).

Fígado de vaca e de galinha, sardinha, carne de vaca e porco sem gordura, ovos, carne de frango, bacalhau, derivados de leite.

Biotina

sintetizada por bactérias , no

metabolismo das proteínas e

dos carboidratos preventivo da

calvície. Acalma as dores

musculares. Alivia a eczema e a

dermatite. Quebra gorduras e

proteínas. crescimento de

cabelos. Crescimento celular,

potencializa a utilização de (

niacina, riboflavina, piridoxina,

tiamina).

100 a 300 mcg, incluindo cerca de 100 mcg produzidos pela flora intestinal. Suplementação terapêutica:

300 a 500 mcg/dia

Sua carência causa alterações na pele, palidez, perda de apetite, dores musculares, insônia, dores no peito, aumento de colesterol, cansaço, náuseas, transtornos mentais. Um dos fatores que levam à carência é o uso em grande quantidade de clara de ovo crua.

Fígado de galinha e de vaca, gema de ovo, rim, pão integral, leite, carne de porco, laranja, morango, couve flor, legumes, levedura de cerveja, chocolate amendoim

Vitamina C(ácido ascórbico) Hidrossolúveis:

Reação contra estresse Manutenção da integridade da parede de vasos sanguíneos Cicatrização de feridas, fraturas e contusões. Estímulo das funções de defesa do organismo contra infecções atividade fagocitária dos leucócitos, formação de anticorpos. Aumenta a absorção de ferro Produção de colágeno Digestão e absorção Formação de ossos e dentes Formação de hemácias. previne

o escorbuto

lactentes 30,0 mg/dia

Adulto 60,0 mg

Suplementação terapêutica 250 a 5000 mg/dia

Carência: Fadiga, falta de apetite, emagrecimento, feridas na boca, fragilidade capilar, hemorragias, queda de cabelos. ATENÇÃO: Suas necessidades são aumentadas em período de estresse e por fumantes.

Excesso: Anemia hemolítica em prematuros, Ingestão maciça implica em formação de cálculos de urato e oxalato

Goiaba, acerola, brócolis, repolho, limão, repolho roxo, couve flor, morango, laranja, tangerina, abacate, espinafra, ervilha,miolo, tomate, fígado, abacaxi, rim, banana, vegetais verdes

Vitamina D(calciferol) LIPOSSOLUVEL

Contribui para a formação dos ossos e dos dentes, previne o raquitismo. Facilita a absorção do cálcio e fósforo.

lactentes 7.5 mcg/dia Adulto 10,0 mcg/dia Suplementação terapêutica 500 a 1500,0 mcg/dia

Carência raquitismo, fragilidade óssea (fraturas), dentes fracos, deformidades esqueléticas. Excesso calcificação óssea excessiva, cálculos renais, dor de cabeça, náuseas e diarréia.

Óleos vegetais, gérmen de trigo, luz solar (converte próvitamina D do organismo em vitamina D), leite, queijo.

Vitamina E(Tocoferol) LIPOSSOLUVEL

Antiesterilidade, garantir o bom funcionamento dos órgãos genitais do homem e da mulher, auxilia a fertilidade, garantir melhor aproveitamento dos alimentos Sua ação antioxidante ajuda a combater os radicais livres. Ajuda na circulação e aumenta os glóbulos vermelhos

lactentes 3,0 mg/dia Adulto 8,0 a 10,0 mg/dia Suplementação terapêutica 50,0 a 800,0 mg/dia

Carência atrofia

testicular), reabsorção fetal, anormalidade embrionária distrofia muscular, creatinúria, hemólise, sintomas de envelhecimento.

Germe de trigo, castanha do Pará, ovos, tomate, cenoura, alface, carne de vaca, fígado, gorduras, leite integral, manteiga, óleos vegetais,repolho, banana, peixes, frango, margarinas

Vitaminas

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Necessidade diária

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

     

Carência deficiência na coagulação sangüínea, hemorragias. Excesso hemorragias com placas vermelhas na pele

iogurte, alface, brócolis, verduras cruas, couve-flor, óleos vegetais, repolho, soja, espinafre. ATENÇÃO: é importante lembrar que uma parte da vitamina K é produzida no próprio organismo

Vitamina K

Indispensável para coagulação do sangue favorecendo a síntese de protrombina • Sem a presença de Vit. K o processo vital de coagulação do sangue não pode se iniciar • Anti hemorrágica.

lactentes 5,0 mcg/dia Adulto 65 a 80 mcg/dia Suplementação terapêutica 300 a 500 mcg/dia

pode produzir anemia hemolítica e icteríciano latente, hernicterus em crianças devido a efeitos tóxicos sobre a membrana das hemáceas

(menaquinona)

LIPOSSOLUVEL

MINERAIS

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Necessidade diária

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

 

É essencial a motilidade e excitabilidade muscular e na distribuição orgânica de água e volume sanguíneo Equilíbrio hídrico, promove o funcionamento de músculos e do metabolismo

 

Carência lentidão de movimentos, fraqueza e cãibras musculares, apatia,

 

Sódio (Na)

1100

a 3300mg

falta de apetite redução do volume urinário, convulsões. Excesso Pressão alta, dores de cabeça, delírio, parada respiratória, eritema da pele.

sal de cozinha, leite e derivados, batata, grãos, acelga, abacate, beterraba, queijos

 

Ajuda no armazenamento de proteínas musculares, na função renal, na contração do músculo do coração e na tonicidade muscular, promove também o crescimento celular. Juntamente com o Na está envolvida na manutenção dos equilíbrios hídricos, osmóticos e ácido-base normais, sendo também importante na regulação da atividade neuromuscular

 

Carência vômitos, distensão abdominal, redução ou ausência de reflexos, dificuldade para respirar, hipotensão (pressão baixa), dilatação cardíaca, arritmia,

 

Potássio (K)

1875

a 5625mg

fraqueza muscular. Excesso cãibras, paralisia muscular, confusão mental, distúrbios cardíacos, respiração fraca, dor nas extremidades do corpo, parestesia.

Amendoim, frutas (melão, banana), leite, cereais integrais, castanha de caju, espinafre, batata doce e inglesa, água de coco.

MINERAIS

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

Necessidade diária

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

 

Atua na construção de ossos e dentes, na coagulação sangüínea. Tendo também papel fundamental na contração e relaxamento muscular, é necessário para transmissão nervosa e regulação dos batimentos cardíacos.

 

Carência deformidades ósseas (osteoporose, osteomalácia e raquitismo), convulsões, paralisia muscular, hipertensão.

 

Cálcio (Ca)

800

a 1500 mg

Excesso Calcificação excessiva dos ossos e tecidos moles, interferência na absorção do ferro, falência renal, comportamento anormal (psicose). cálculos renais

Vegetais de folhas escuras (couve, mostarda, brócolis, etc.), leites e derivados, cereais, feijão e frutas.

 

Integra a estrutura dos ossos e dentes, atua na contração muscular e participa ativamente no metabolismo dos carboidratos.

 

Carência dor óssea, osteomalácia, hipoparatiereoidismo, resistência à insulina, delírios,

 

Fósforo (P)

800

a 1200mg

perda de memória, taquicardia, cãibras, dores musculares. Excesso confusão mental, sensação de peso nas pernas, hipertensão.

Leite, cereais, leguminosas, chás, café, frutas, castanha de caju, trigo, queijo.

Magnésio (Mg)

Está envolvido na formação de ossos e dentes, no funcionamento do sistema nervoso e muscular, e na formação de proteínas.

300 a 400 mg

Carência perda de apetite, náusea, vômito, sonolência, tremores, taquicardia, arritmia, atraso no crescimento fraqueza muscular irritabilidade e descontrole mental. Excesso pressão baixa, problemas respiratórios, distúrbios no rítimo cardíaco.

Vegetais folhosos, cereais, grãos, sementes, leite, gérmen de trigo, centeio, farinha de soja, avelã.

Ferro (Fe)

Está envolvido na função imunológica, é essencial para a formação e transporte da hemoglobina, e tem um papel importantíssimo no transporte respiratório de oxigênio e gás

 

Carência anemia, dor de cabeça, fadiga, baixa resistência a infecções, fraqueza, feridas canto da boca, diminuição do paladar Excesso gasto metabólico,

açaí, brócolis, feijão, banana, melaço de cana, frutas secas, vegetais verde escuro exceção do espinafre .

 

carbônico.

dor de cabeça, convulsões, náuseas, vômitos, febre, suor, pressão baixa.

 

Zinco (Zn)

Participa do metabolismo dos nutrientes (carboidratos, lipídios e proteínas), também está envolvido na função de defesa do organismo e expressão da informação genética.

Carência retardo no crescimento, atraso na maturação sexual, diminuição do paladar, lesões na pele, falta de apetite. Excesso náusea, vômito, diarréia.

leites e derivados, cereais, aveia, grão de soja.

MINERAIS

FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA

CARÊNCIA / EXCESSO

FONTES

Iodo (I)

É parte integrante dos hormônios tireoideanos.

Carência bócio, durante a gestação sua falta pode afetar a tireoíde do feto a partir da 8ª semana de gestação. Excesso Uma super dose cutânea pode suprimir a atividade tireoideana.

Sal de cozinha iodado, leite.

Flúor (F)

É considerado como essencial devido ao seu efeito benéfico no esmalte dental, conferindo resistência máxima às cáries.

Carência cárie dental. Excesso manchas nos esmaltes dos dentes.

Sua maior parte está na água potável fluorada. Nos vegetais depende da qualidade do solo.