Você está na página 1de 17

TITULO FICHA

Licitação
REPASSE OGU – PAC FT-03-06
REVISÃO PÁGINAS
1 de 17
01 DATA
22 SET 2016

Áreas relacionadas Secretarias e Unidades responsáveis pelo certame licitatório, homologação e
adjudicação e gerência de contratos e convênios.
Últimas alterações Revisão geral.

Fluxo simplificado da operação de REPASSE OGU – PAC

REPROGRAMAÇÃO
CADASTRAMENTO/

PRESTAÇÃO DE
CONTAS FINAL
CONTRATAÇÃO

ATENDIMENTO
DE CLÁUSULA

LICITAÇÃO
SELEÇÃO DA

SUSPENSIVA

DO OBJETO
PROPOSTA

EXECUÇÃO
INTRODUÇÃO
A licitação deve ser realizada somente após a análise técnica da proposta com o correspondente
orçamento e aceite pela CAIXA.

TERMINOLOGIA
AIO: Autorização para o Início da execução do Objeto;
ADMINISTRAÇÃO DIRETA: Forma de execução em que as obras e/ou serviços são executadas pelo
TOMADOR por seus próprios meios, admitida a contratação de serviços especializados (exclusivo para
operações PAC e operações com Entidades Privadas);
ADMINISTRAÇÃO INDIRETA: Forma de execução em que o TOMADOR contrata com terceiros sob
qualquer dos regimes (empreitada por preço global, empreitada por preço unitário, tarefa, empreitada
integral e contratação integrada);
COMPROMISSÁRIO: órgão ou entidade da administração pública direta e indireta, de qualquer esfera de
governo, bem como entidade privada sem fins lucrativos, em sua condição posterior à assinatura do TC;
COMPROMITENTE: qualidade da CAIXA nos TC;
CTEF-CONTRATO DE EXECUÇÃO E/OU FORNECIMENTO: Contrato firmado entre o COMPROMISSÁRIO e
empresa fornecedora e/ou pessoa física e/ou construtora para execução do objeto do CR;
ETAPA: Divisão física do objeto do CR que, uma vez concluída, terá funcionalidade plena independente da
conclusão de outras eventuais etapas;
MAPA: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
MCIDADES: Ministério das Cidades;
MDA: Ministério do Desenvolvimento Agrário;

1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões, críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação.
2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis, Portarias, Instruções Normativas, revisão de
procedimentos operacionais ou por outras determinações.

revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. REGIME DE EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL: Quando se contrata a execução da obra ou do serviço por preço certo e total. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 2 de 17 01 DATA 22 SET 2016 MDS: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome. sob inteira responsabilidade da contratada ate a sua entrega ao contratante em condições de entrada em operação. META: Parte quantificável do objeto do CR composta por uma descrição e uma quantidade física mensurável em termos absolutos. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. código de composição de serviços. e custos parciais por serviço. construção de 02 quilômetros de adutoras. unidade de medida. índice de BDI detalhado e declaração de atendimento dos Encargos Sociais ao SINAPI ou SICRO. quantitativos. compreendendo todas as etapas das obras. incluídas as respectivas composições de custos unitários. recomenda-se o início do processo licitatório tão logo a proposta seja acatada. Deve conter as seguintes informações (colunas): número do item. PRAZO Para bom uso do recurso público. assim. a data do orçamento de referência. entre outros. fontes. quantidades e custos unitários de todos os serviços. processa-se por intermédio da CAIXA. aplicável a contratos do Ministério das Cidades. FATO GERADOR Após comunicado da CAIXA. custos unitários. SICONV: Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse. 02 reservatórios com capacidade para 10 mil litros. PTS: Projeto de Trabalho Social. TC-TERMO DE COMPROMISSO: Instrumento administrativo por meio do qual a transferência dos recursos financeiros do PAC. OGU: Orçamento Geral da União. informando o acatamento da proposta orçamentária e solicitando o resultado do processo licitatório. REGIME DE EMPREITADA INTEGRAL: Quando se contrata um empreendimento em sua integralidade. atendidos os requisitos técnicos e legais para sua utilização em condições de segurança estrutural e operacional e com as características adequadas as finalidades para a qual foi contratada. SPA: Síntese do Projeto Aprovado. . Preservando. serviços e instalações necessárias. Para sugestões. Também deve conter a data base. p. REGIME DE EMPREITADA POR PREÇO UNITÁRIO: Quando se contrata a execução da obra ou do serviço por preço certo de unidades determinadas. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. descrição do item. necessários à execução da obra e compatíveis com o projeto que integra o edital de licitação. Portarias. MINC: Ministério da Cultura. Instruções Normativas. PDST: Plano de Desenvolvimento Socioterritorial. PTS-P: Projeto de Trabalho Social Preliminar. subtotais e total final. ORÇAMENTO DE REFERÊNCIA: Detalhamento do preço global de referência que expressa a descrição. ex. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA.. atuando como mandatária da União.

empreitada por preço unitário. • DESONERAÇÃO. . Para esses contratos. empreitada por preço global. Portarias. sob qualquer dos seguintes regimes: tarefa. REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÃO.REGIME DE EXECUÇÃO INDIRETA A Lei nº 8. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. OUTROS: • CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MCIDADES. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. PARA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA . MODALIDADE PREGÃO. Todas as cópias dos devem conter aposição do carimbo “confere com original” e serem rubricadas pelo empregado responsável pela autenticidade do documento. empreitada integral ou contratação integrada. ao comunicar o aceite da proposta. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. Instruções Normativas. • CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE EQUIPAMENTOS. • CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MDS E MDA. • RESTRIÇÕES DO PERÍODO PRÉ-ELEITORAL. e a especificidade dependendo do regime é detalhada em cada um deles: 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. REGIME DE EXECUÇÃO DIRETA. os documentos comuns são os descritos de I a XII. A presente ficha apresenta a seguinte estrutura: REGIME DE EXECUÇÃO INDIRETA. Esses documentos devem ser apresentados pelo COMPROMISSÁRIO à CAIXA. Para sugestões. por ofício padrão. • CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MINC. 1. • CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MAPA. • REGIME DE EXECUÇÃO PARA OPERAÇÕES COM O SETOR PRIVADO. seja no corpo da mensagem ou no formato de checklist. SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇO. REGIME MISTO.666/93 define a execução indireta como aquela que a administração direta ou indireta contrata com terceiros obras e serviços. • APROVEITAMENTO DE LICITAÇÃO PRETÉRITA. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 3 de 17 01 DATA 22 SET 2016 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS A documentação relativa ao processo de licitação é relacionada no ofício e email enviados pela CAIXA ao COMPROMISSÁRIO.

já que foi objeto de licitação. Regime de Tarefa: • O COMPROMISSÁRIO deve atualizar a coluna “Preço Unitário de Materiais” dos serviços da planilha orçamentária aceita pela CAIXA na fase de análise. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. V – Contrato de Execução e/ou Fornecimento (CTEF) O CTEF é obrigatório para as modalidades de Concorrência e Tomada de Preços. Regime de Empreitada por preço unitário: • O preço total licitado deve ser igual ou inferior ao preço total aceito pela CAIXA na fase de análise. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 4 de 17 01 DATA 22 SET 2016 I – Ato de Homologação da Licitação II – Despacho de Adjudicação da Licitação III – Planilha Orçamentária proposta pela empresa vencedora Impressa e em formato eletrônico. • A coluna “Preço Unitário de Mão-de-Obra” deve ser atualizada pelos preços dos serviços da planilha orçamentária da proposta vencedora da licitação. Para sugestões. Autorização de compra. podendo nas demais modalidades ser apresentado outro instrumento hábil. devendo ser atualizados os valores conforme o resultado do processo licitatório. Portarias. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. . Instruções Normativas. • O preço dos macros serviços licitados deve ser igual ou inferior ao preço dos macros serviços aceitos pela CAIXA na fase de análise. Nota de empenho de despesas. • O custo de materiais e o preço de mão-de-obra dos serviços licitados devem ser iguais ou inferiores aos respectivos custos e preços dos serviços aceitos pela CAIXA na fase de análise. conforme os preços unitários dos materiais licitados. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. tais como: Carta-contrato. IV – Cronograma Físico-Financeiro proposto pela empresa vencedora O Cronograma da empresa vencedora deve guardar compatibilidade da estrutura do cronograma acatado. • O preço unitário dos serviços licitados deve ser igual ou inferior ao respectivo preço unitário dos serviços aceitos pela CAIXA na fase de análise. Regime de Empreitada por preço global e Empreitada Integral: • O preço total licitado deve ser igual ou inferior ao preço total aceito pela CAIXA na fase de análise.

2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. ART/RRT do responsável pela fiscalização da obra/serviço (pelo COMPROMISSÁRIO). devem ser apresentadas: ART/RRT do responsável pela execução da obra/serviço (pela EMPRESA EXECUTORA). Instruções Normativas.983/2013 A comprovação da publicação dos atos do processo licitatório é realizada com esta Declaração.018) e Declaração de Atendimento ao Decreto nº 7. VIII – Declaração do Regime de Execução Essa declaração deve ser entregue caso esta informação não tenha sido informada na fase de análise (ver modelo na FT-03-02) e não esteja contida no CTEF. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. Para sugestões. VI – Ordem de Serviço e/ou Fornecimento Ordem de Serviço emitida pelo COMPROMISSÁRIO. Portarias. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 5 de 17 01 DATA 22 SET 2016 Recomenda-se prever que a vigência do CTEF (ou de outro documento de mesmo teor). sendo admitida sua apresentação até a primeira solicitação de desbloqueio de recursos. Para contratos firmados após 2013: 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. • Admitindo-se a entrega desses documentos até a primeira solicitação de desbloqueio de recursos. . IX – Declaração de Atendimento à Lei de Licitações (MO 28. VII – ART/RRT do (s) responsável (is) Quando se tratar de obras e/ou serviços. contenha no mínimo o prazo para execução da intervenção conforme cronograma apresentado.

XI – Data base Caso o CTEF não contenha cláusula de reajuste e não indique a data base referencial do preço contratado. Para sugestões. conforme planilha orçamentária da proposta vencedora da licitação. o Tomador deverá apresentar declaração informando a data base do CTEF. o COMPROMISSÁRIO deve apresentar Declaração de atendimento à Lei nº 12. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 6 de 17 01 DATA 22 SET 2016 Para operações da Lei de Incentivo ao Esporte: • • • Contratação integrada: • No caso de Contratação Integrada. Instruções Normativas. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação.462/2011 e ao Decreto nº 7. X – Declaração emitida pela empresa vencedora da licitação Ou pelo TOMADOR atestando que a empresa vencedora da licitação não possui em seu quadro societário servidor público da ativa. XIII – Publicação do resultado do edital no Diário Oficial da União XIV – Cópia do extrato do contrato publicado XV – Cópia da proposta da empresa vencedora da licitação 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA.581/2011. ou empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista. . revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. XII – QCI – Quadro de Composição do Investimento Apresentar QCI alterado. Portarias.

a contratação de empresa de mão-de-obra. . fatores que garantem a utilização adequada dos recursos públicos e a entrega do bem para uso. PARA MODALIDADE PREGÃO Observamos que não é admitida a utilização de Pregão e Registro de Preços para contratação de obras. Mas atenção. Para sugestões. PARA ADMINISTRAÇÃO DIRETA – REGIME DE EXECUÇÃO DIRETA Este regime pode ocorrer somente para operações PAC e operações com Entidades Privadas. com responsável técnico. uma meta constante do PT. 4. conforme os preços unitários dos insumos licitados. Nele. dadas as características de complexidade e multiprofissionalidade. 3. essas duas modalidades são admitidas para bens e serviços comuns de engenharia. Portarias. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. compatibilidade com o Plano Plurianual e com a Lei de Diretrizes Orçamentárias. prazos e qualidade. 2. Porém. com análise favorável pela CAIXA. as quais envolvem complexos conhecimentos técnicos e uma interação de concepção físico-financeira. pelo menos. que determinará a otimização de custos. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. Vencidas as fases do procedimento licitatório de. Já a coluna “Preço Unitário de Mão-de-Obra” permanece inalterada já que não foi objeto de licitação. A contratação de serviços e mão-de-obra não descaracteriza a administração direta. é admitida a autorização de início de execução do objeto contratual. o custo dos serviços licitados deverá ser igual ou inferior ao custo dos serviços aceitos pela CAIXA na fase de Análise. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. PARA REGIME MISTO Quando o empreendimento tiver a execução realizada em parte por regime de execução direta e parte por empreitada. O COMPROMISSÁRIO atualiza a coluna “Preço Unitário de Materiais” de sua planilha orçamentária aceita pela CAIXA na fase de Análise. o COMPROMISSÁRIO deve encaminhar ofício à CAIXA indicando quais etapas e/ou serviços serão executados por administração direta ou por empreitada. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 7 de 17 01 DATA 22 SET 2016 XVI – Declaração de contrapartida Atestar que o valor de contrapartida tem adequação orçamentária e financeira com a Lei Orçamentária Anual e. por meio de processo licitatório independente da compra de materiais já caracteriza a administração indireta. Instruções Normativas. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. desde que limitada a 30% do total do investimento e assegurada que a responsabilidade pela execução das obras seja de profissional formalmente vinculado ao COMPROMISSÁRIO.

fatores que resultam em ampla complexidade executiva. substituição de aparelhos sanitários. demolição de alvenarias estruturais). 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. Não são considerados serviços comuns de engenharia: • Reformas que atinjam elementos estruturais (substituição da estrutura de telhado. • Reformas que não atinjam elementos estruturais (substituição de telhamento e demolição de alvenarias não estruturais). TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 8 de 17 01 DATA 22 SET 2016 São considerados serviços comuns de engenharia aqueles que são perfeitamente caracterizados pela especificação técnica ou Termo de Referência. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. • Aquisição/instalação de placas de sinalização. . Para sugestões. revestimentos. • Substituição/reformas de elementos de vedação (esquadrias. tais como projetos. • Grandes reformas de instalações elétricas e hidráulicas (em que seja exigido redimensionamento destas instalações). Para contratação por Pregão. exigindo portanto profissionais legalmente habilitados e com as devidas atribuições. científica e técnica. • Pequenas reformas de instalações elétricas e hidráulicas e manutenção predial (substituição de luminárias. com a obrigatoriedade de emissão da devida ART/RRT. Portarias.520. • Reformas com aumento de área construída. os documentos a serem apresentados são os descritos de I a VII: I – Ato de Homologação da Licitação II – Despacho de Adjudicação da Licitação III – Registro de Preços Ofertados/Vencedores 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. exemplo: • Instalação/substituição de aparelhos de ar condicionado. • Serviços que exigem habilitação legal para sua elaboração ou execução. supervisão e perícias. considera-se bens e serviços comuns aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos pelo edital. consultoria. sendo desnecessária a elaboração de projeto descritivo da intervenção. dada a sua natureza intelectual. Instruções Normativas. por meio de ! especificações usuais de mercado. entre outros). críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. pintura). fiscalização. De acordo com a Lei 10.

revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações.Ordem de Serviço emitida pelo COMPROMISSÁRIO. PARA SRP . Portarias. O órgão não participante do SRP e órgão participante de compra nacional. sendo admitida sua apresentação até a primeira solicitação de desbloqueio de recursos. sendo vedada sua utilização para contratação de obras (vide orientação no Regime de Pregão).018) VII – Declaração emitida pela empresa vencedora da licitação Ou pelo COMPROMISSÁRIO atestando que a empresa vencedora da licitação não possui em seu quadro societário servidor público da ativa. Ordem de execução de serviço V – Ordem de Serviço e/ou Fornecimento OS . quando da adesão ao SRP de outro ente. devem apresentar os documentos relacionados de I a VI: I – Lei Municipal ou Estadual que regule o SRP 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 9 de 17 01 DATA 22 SET 2016 IV – Contrato de Execução e/ou Fornecimento (CTEF) (facultativo) Ou outro instrumento hábil: Carta-contrato. . Autorização de compra. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação.SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇO O SRP é permitido para aquisição de bens e serviços comuns. ou. VI – Declaração de Atendimento à Lei de Licitações (MO 28. ou empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista. 5. Instruções Normativas. Nota de empenho de despesas. Para sugestões. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis.

III – Ata de Registro de Preços Observando-se o não esgotamento do seu prazo de validade até a data da contratação dos bens/serviços. satisfeitos os demais requisitos da Lei nº 8. 22 do Decreto nº 7. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. VI – CTEF 6. prevendo a possibilidade de aproveitamento do Registro de Preços decorrente de licitação realizada por outro ente. ampliação e reforma de estabelecimentos penais e unidades de atendimento socioeducativo. das ações integrantes do PAC.SUS. conforme previsto no art. Instruções Normativas. Portarias. II – Anuência do órgão que efetuou o processo licitatório Anuência do órgão que efetuou o processo licitatório para que o CONTRATADO utilize o referido SRP. XII. IV – Declaração sobre vantagem da adesão Declaração de justificativa de vantajosidade das adesões. obedecida a ordem de classificação. sendo que a validade não poderá ser superior a 12 (doze) meses. incluindo eventuais prorrogações. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 10 de 17 01 DATA 22 SET 2016 Lei municipal ou estadual ou Decreto. PARA RDC – REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÃO O RDC é aplicável exclusivamente às licitações e contratos necessários à realização: dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.909/2013). de obras de infraestrutura e de contratação de serviços para os aeroportos das capitais dos Estados da Federação distantes até 350 km (trezentos e cinqüenta quilômetros) da cidade sede do referido no item anterior. das obras e serviços de engenharia para construção.982. Para sugestões. que regule o SRP. Lei 12.666/93. sendo de inteira responsabilidade do Compromissário a fiscalização dessa vedação (Art. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. ou empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista. Para contratação por RDC. 18. os documentos a serem apresentados são os descritos de I a X: 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. acompanhado da indicação dos possíveis fornecedores e respectivos preços a serem praticados. de 23/01/2013. V – Declaração emitida pela empresa vencedora da licitação Declaração emitida pela empresa vencedora da licitação ou pelo COMPROMISSÁRIO atestando que a empresa vencedora da licitação não possui em seu quadro societário servidor público da ativa. das obras e serviços de engenharia no âmbito do Sistema Único de Saúde . de acordo com o COMPROMISSÁRIO. constantes da Carteira de Projetos Olímpicos a ser definida pela Autoridade Pública Olímpica (APO). .

devem ser apresentadas: ART/RRT do responsável pela execução da obra/serviço (pela EMPRESA EXECUTORA). TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 11 de 17 01 DATA 22 SET 2016 I – Ato de Homologação da Licitação II – Despacho de Adjudicação da Licitação III – Planilha Orçamentária proposta pela empresa vencedora Impressa e em formato eletrônico. deve ser apresentada. a planilha estimativa de preços do COMPROMISSÁRIO que serviu de base ao processo licitatório. também. Admitindo-se a entrega desses documentos até a primeira solicitação de desbloqueio de recursos. sendo admitida sua apresentação até a primeira solicitação de desbloqueio de recursos.018) e Declaração de Atendimento ao Decreto nº 7. VIII – Declaração de Atendimento ao Processo Licitatório (MO 28.Ordem de Serviço emitida pelo COMPROMISSÁRIO. bem como. Instruções Normativas. Para sugestões. os parâmetros adotados e memória de cálculo que resultou no preço adotado. VII – ART do(s) responsável(is) pela execução Quando se tratar de obras e/ou serviços. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação.Contrato de Execução e/ou Fornecimento VI – Ordem de Serviço e/ou Fornecimento OS . 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. ART/RRT do responsável pela fiscalização da obra/serviço (pelo COMPROMISSÁRIO). IV – Cronograma Físico-Financeiro proposto pela empresa vencedora V – CTEF . revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. No caso de opção por orçamento sigiloso. com os valores. Portarias. .983/2013 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA.

Execução em etapas: • Para ações em que é permitida a execução em etapas. a autorização do início do objeto é concedida independente do regime de execução das etapas posteriores. deve haver licitação distinta e seqüenciada para cada uma delas. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. Para sugestões.Trabalho Social. Trabalho Social: • Nos contratos em que existam ações de TS . OUTROS CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MCIDADES Elaboração de projetos: • Para operações da Ação “Apoio à Elaboração de Projetos de Engenharia”. sendo sua execução por administração direta. 7. Portarias.919/2013). XII. a licitação somente deve ser realizada após homologação da SPA pelo GESTOR. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. ou empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista. Instruções Normativas. Lei 12. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. o aceite do seu projeto é condição para autorização de início da execução do objeto. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. sendo de inteira responsabilidade do Contratado a fiscalização dessa vedação (Art. . TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 12 de 17 01 DATA 22 SET 2016 IX – Declaração emitida pela empresa vencedora da licitação Declaração emitida pela empresa vencedora da licitação ou pelo TOMADOR atestando que a empresa vencedora da licitação não possui em seu quadro societário servidor público da ativa. Metodologia: • Caso o primeiro produto refira-se à Metodologia. cuja análise do processo licitatório ocorrerá após o aceite da Metodologia. 18.

vinculadas a outras operações sob gestão do MCidades. porém. para que o conjunto seja entregue funcionando. a autorização de início da execução do objeto ! pela CAIXA fica condicionada à homologação da SPA. Para sugestões. Recomenda-se que a licitação para móveis e equipamentos seja feita com previsão. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. os casos em que a paralisação se der por razões não atribuíveis ao TOMADOR. Portarias. devidamente acatada pela CAIXA e o MCIDADES. Para operações sob gestão do MCIDADES. não podendo o seu valor integrar o da licitação para empreitada de obras. e desde que esteja em processo final de solução. inclusive da rede lógica e elétrica. excetuando-se: os casos em que houver justificativa técnica sobre a razão motivadora da paralisação. ressalvados os casos em que houver justificativa técnica aceita pela CAIXA para a realização do processo licitatório com percentual de execução física inferior a esse. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. PTS ou PDST com pessoal próprio até a conclusão do certame. a autorização para início de execução do objeto das operações contratadas a partir de 2011. tiver como objeto exclusivamente a elaboração de estudos. . enquadrada no âmbito do Programa Gestão de Riscos e Respostas a Desastres – Ação Apoio ao Planejamento e Execução de Obras de Contenção de Encostas em Áreas Urbanas. planos e outros com natureza de custeio. Instruções Normativas. além da aquisição dos equipamentos. o COMPROMISSÁRIO deve responsabilizar-se pela ! realização das atividades programadas no PTS-P. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE EQUIPAMENTOS A licitação para aquisição de equipamentos e materiais deve ocorrer após a execução de 50% da intervenção física. A condição acima não se aplica a nova operação quando. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. está condicionada à retomada dessas obras. o certame licitatório do TS esteja em andamento. •A licitação do TS deve ser específica para sua execução. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. Nos casos em que o Contratado possuir obras paralisadas. da sua instalação. projetos. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 13 de 17 01 DATA 22 SET 2016 Caso a proposta do TS já tenha sido acatada e a obra tenha sido iniciada.

666/93. exceto nos casos a seguir elencados. desde que atendidas as seguintes condições: Fique demonstrado que a contratação é mais vantajosa para o COMPROMISSÁRIO. para os casos de obras de engenharia. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. etc). Constatação de que o CTEF vinculado àquela licitação específica permanece vigente. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. tenha sido elaborado de acordo com a Lei nº 8. é permitida autorização parcial para início da execução do objeto. inclusive quanto à obrigatoriedade da existência de previsão de recursos orçamentários que assegurem o pagamento das obrigações decorrentes de obras ou serviços a serem executados. levando-se em conta os prazos de execução de obras e de vigência contratual do CTEF e suas prorrogações. pode ser realizada. A empresa vencedora venha mantendo durante a execução do contrato. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. nesse caso as licitações para obras e para aquisição de equipamentos e materiais podem ocorrer em momentos distintos. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. O orçamento proposto esteja de acordo com as regras vigentes (Decretos. o Plano de Uso deve ser apresentado até a autorização para início da execução do objeto. vedada a utilização de objetos genéricos ou indefinidos. . REGIME DE EXECUÇÃO PARA OPERAÇÕES COM O SETOR PRIVADO Para aquisição de bens. Instruções Normativas. no mínimo. Instruções Normativas. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MAPA Para operações sob gestão do MAPA que prevejam aquisição de equipamentos e que tenham dispensada cláusula suspensiva. quando o regime de execução não for empreitada por preço global. contratação de serviços e execução de obras por entidades privadas. nesse caso.666/93. as licitações para obras e para aquisição de equipamentos e materiais podem ocorrer em momentos distintos. cotação prévia de preços no SICONV. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 14 de 17 01 DATA 22 SET 2016 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MDS E MDA Para operações sob gestão do MDS e MDA em que o regime de execução não seja ! empreitada por preço global. é permitida autorização parcial para início da execução do objeto e. comprovada perante a CAIXA por meio de Declaração do Contratado. todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação. APROVEITAMENTO DE LICITAÇÃO PRETÉRITA Poderá ser aceita licitação realizada antes da assinatura do CR ou anterior à ao aceite da Proposta pela CAIXA. A descrição do objeto do CR seja equivalente à descrição do objeto presente no edital da licitação. O projeto básico. Portarias. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA LICITAÇÃO DE OPERAÇÕES DO MINC Para operações do MINC. A licitação tenha seguido as regras estabelecidas na Lei nº 8. se comparada com a realização de uma nova licitação. Para sugestões.

revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. Os recursos destinados a atender situação de emergência ou estado de calamidade pública. não houver pluralidade de opções. o que implica a necessidade de caracterização de início do objeto contratual até o último dia antes do período pré-eleitoral. Quando o valor for inferior a R$ 8. devendo comprovar apenas os preços que aquele próprio fornecedor já praticou com outros demandantes. inclusive as enquadradas na Portaria MPOG nº 524/2013. serviço ou compra ou ainda para obras. Cabe ao COMPROMISSÁRIO. sob pena de nulidade de pleno direito. Operações do ME enquadradas na Lei de Incentivo ao Esporte. no período compreendido entre a notificação preliminar do desastre até o fim da vigência da emergência ou da calamidade pública. contendo. Operações sob a gestão do Ministério da Justiça. ! Porém. devendo o objeto do CR estar diretamente vinculado à situação que gerou a formalização da situação de emergência ou o estado de calamidade pública. nos três meses que antecederem o pleito eleitoral. e dos Estados aos Municípios. 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. não se aplicam as restrições impostas pela Lei Eleitoral aos contratos celebrados com entidades do setor privado.00. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 15 de 17 01 DATA 22 SET 2016 em que deve ser realizada pesquisa ao mercado. RESTRIÇÕES DO PERÍODO PRÉ-ELEITORAL A Lei Eleitoral nº 9. Esta Lei alcança todos os TC firmados com Estados e Municípios. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. verificar o regime adotado para efeitos de retenção de impostos durante a execução do contrato. prévia a contratação. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. . Para sugestões. Operações sob gestão da AGEVAP e da Agência das Bacias PCJ. Portarias. orçamento de três fornecedores: Quando não houver interessados a cotação. independentemente do Programa e da época em que foi celebrado. Instruções Normativas. veda aos agentes públicos.504. Ficam ressalvados da situação acima: Os recursos destinados a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou serviço em andamento e com cronograma fixado. no mínimo. serviços e compras da mesma natureza e no mesmo local que possam ser realizadas conjunta e concomitantemente. realizar transferência voluntária de recursos da União aos Estados. desde que não se refiram a parcelas de uma mesma obra. As operações inseridas no PAC. DESONERAÇÃO É facultado à empresa vencedora do certame decidir sobre a adesão ao regime de ! desoneração tributária sobre a mão-de-obra. em razão da natureza do objeto. Quando. ao Distrito Federal e aos Municípios.000.

Instruções Normativas. a CAIXA encaminha ofício ao COMPROMISSÁRIO. críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. autorizando o início das obras/serviços e/ou aquisição de máquinas e equipamentos. de 21/06/1993 Lei nº 12. Portarias. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 16 de 17 01 DATA 22 SET 2016 PROCEDIMENTOS Verificar se a documentação relativa ao processo licitatório está completa. Aguardar a conclusão da análise. realiza nova análise.504. até que a CAIXA autorize o início da execução do objeto ou solicite eventuais esclarecimentos. a CAIXA comunica o COMPROMISSÁRIO via e-mail. FONTES Lei nº 8. a CAIXA verifica se foram atendidas as condições específicas de cada GESTOR e o atendimento dos seguintes aspectos: O objeto do TC firmado com a CAIXA deve estar contido no objeto da licitação. A planilha orçamentária da proposta vencedora da licitação deve guardar compatibilidade com a inicialmente analisada quanto aos itens de serviços. o prazo para execução da intervenção conforme cronograma apresentado. de 14/12/2011 Lei nº 9. Autorizar a empresa vencedora da licitação a iniciar a execução do objeto contratual. no mínimo. diante da complexidade do caso.546.666. Estando o CTEF em condições de efetividade. de 30/09/1997 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. se a mesma estiver completa. Atender as solicitações da CAIXA se houver. Encaminhar a documentação à CAIXA para análise. Caso exista pendência. . solicitando esclarecimento sobre os motivos geradores das divergências e. de acordo com o solicitado pela CAIXA. VERIFICAÇÃO DA CAIXA Em sua análise. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. A vigência do CTEF contenha. Para sugestões. respectivos quantitativos e custos.

críticas e alterações encaminhar mensagem para a GIGOV de vinculação. TITULO FICHA Licitação REPASSE OGU – PAC FT-03-06 REVISÃO PÁGINAS 17 de 17 01 DATA 22 SET 2016 FLUXOGRAMA DA ETAPA 1) Esta ficha foi elaborada pela CAIXA. Para sugestões. Instruções Normativas. Portarias. revisão de procedimentos operacionais ou por outras determinações. 2) As informações constantes nesta ficha podem ser alteradas a qualquer momento em razão da publicação de Leis. .