Você está na página 1de 3

Os Homens Escravos do Fraco

Escravos todos aqueles que exibem pensamento sintético e irracional, logo todos que tem fé e credo, a mente deles são servas de algo insubsistente e inconsistente, pois sua razão é escrava! Decerto é escrava da intuição. Pessoas sintéticas simplesmente se convertem a criaturas cegas, irracionais.

São submetidas por algum que detêm maior poder, por alguém racional seus corpos são conquistados, se tornam animais amansados! Expostos, são utilizados por pessoas racionais em razão de se assemelharem a marionetes, levianos são simplesmente suscetíveis, são seres moldados com finalidade de serem úteis e usáveis, por possuírem pensamentos certamente inconsistentes, são extremamente vulneráveis.

Quando qualquer venera e tem fé em algo capaz de tudo e responsável pela criação do homem, com certeza idolatram os injustos, admiram os assassinos, porque possuem medo deles, pois são irracionais ou pois são ignorantes, enfim louvam os homicidas por que Deus, Deuses ou entes utopicamente poderosos, produziram seres capacitados a serem subversivos, suicidas e cruéis, se não fossem injustos e sim justos, criariam uma humanidade, incapaz de qualquer crime hediondo, que de estuprar inocentes é inapta; contudo todos os seres conhecidos por criarem o homem como Deus o é, conceberam uma criatura competente em cometer atrocidades horrendas, possivelmente por essas entidades cultuarem a crueldade, gozarem com a desgraça dos demais e se encantarem por um espetáculo bárbaro e repulsivo, são apaixonados pelo espetáculo por que são capazes de cessa-lo contudo através dos milênios a atração continua com requintes cada vez mais horripilantes e esse é o motivo, o por que o homem tem de: transcender esses seres improváveis e horrendos; realmente divindades detestáveis.

O homem é algo a ser superado e transcendido e seguramente

somente o ser seriamente racional transcenderá e apenas tal atingirá a absoluta justiça e honra tornando-se o Homo Superior. Exterminando a truculência, a covardia e aniquilando a injustiça, esse animal manterá a dignidade dos inocentes, proporcionando a população mais justa já criada, mais que a idealizada ou produzida por qualquer mito, por qualquer Deus ou Deuses; tal honrado homem perante tal/tais divindade(s) será melhor e com certeza

comprovara sua superior honra, reafirmando sua magnífica superioridade.

A nudez exterioriza o enfoque estético; a reflexão, o raciocínio,

estuda e engloba toda a extensão da existência. A reflexão é linda,

o racional é bravo e belo!! Quem espanca, maltrata ou abusa os indefesos, como bebês e animais não humanos, quem é capaz de matar um inocente e depois come-lo é um ser bruto e feio, definitivamente mau, escravizado ou irrefletido, é certamente cruel!! Enquanto explorar os indefesos, inclusive desconhecendo quais consequências tem sua atitude sempre cometerá atrocidades!! Pessoas veem e apreciam o que é belo, podem gostar dela e estima-la; contudo estritamente o justo, logo o singularmente lógico e racional, é belo, conhece e descrimina a essência da própria beleza.

Nós nascemos, bons e inocentes, a sociedade pode deixa-lo mau, talvez por desconhecimento, talvez por interesse do poder maior ou puramente por ignorância, por não vivenciar ou não experimentar qualquer crueldade citada, o escravizado, aquele que domina alguns, você talvez um deles, podiam ser homens bons, melhores e mais justos, vocês não precisam se sentirem culpados, o poder maior influência muitos, quando vocês compreenderem o veganismo, quando compreenderem a importância de zelar pela liberdade e integridade principalmente dos indefesos, consequentemente vocês notaram a crueldade dos humanos e por fim serão capazes de transcenderem o homem somente quando refletirem e raciocinarem. Por fim, agora não sei

se vocês veem as pessoas como cruéis, não sei se vocês se sentem pessoas cruéis

Matheus de P. Neves