Você está na página 1de 2

Aluno N.

º Turma Data - -

1 Na figura, em referencial ortonormado Oxy , estão


representados um hexágono regular [OABCDE] e
um triângulo equilátero [ACE] .
Sabe-se que o vértice A tem coordenadas (3 , 0) .

1.1. Indica, em graus, a inclinação da reta:


a) OE b) AB

c) AE d) EC

1.2. Indica o declive da reta AE e representa-a através da equação reduzida.

1.3. Determina as coordenadas do vértice B e representa a reta BC através da equação


reduzida.

2 Na figura, em referencial ortonormado Oxy , estão representadas as retas r e s .

Sabe-se que:
 o ponto A tem coordenadas  4 , 0 ;
 o ponto C tem coordenadas  6 , 0 ;
 ˆ  150 ;
a reta r passa no ponto A e BAC
 a reta s é definida pela equação y   – 0,8 x  4  e a inclinação, em graus, é designada
por  .

2.1. Determina a equação reduzida da reta r .

2.2. Considera a reta t que é paralela à reta s e passa em C . Determina as coordenadas


do ponto de interseção da reta t com o eixo Oy .

2.3. Determina o valor de sin   90º  .

15
1 ˆ  180  360  120 .
1.1. a) Como [OABCDE] é um hexágono regular, AOE
6
A inclinação de OE é de 120° .
b) Seja  a inclinação de AB . Então,   180  120  60 .
A inclinação da reta AB é 60° .
ˆ  120 , então EAO
c) Como [EOA] é um triângulo isósceles e AOE ˆ  30 .

A inclinação de AE corresponde ao suplementar do ângulo EAO .


Assim, conclui-se que a inclinação de AE é de 150° .
d) EB é a bissetriz do ângulo AEC . Então, a inclinação de EC é de 30° .
1.2. Seja y  mx  b a equação reduzida de AE . Sendo 150° a inclinação de AE ,

3 3
m  tan 150   . Como AE passa por A , então 0    3  b , ou seja,
3 3
b 3 .
3
A equação reduzida de AE é y   x 3 .
3

1.3. Seja P a projeção ortogonal de B sobre o eixo Ox .


3 3 9
Então, AP  3 cos 60  e OP  3   .
2 2 2
3 3
Por outro lado, BP  3 sin 60  .
2
9 3 3
Conclui-se que B  ,  .
2 2 

 
Daqui resulta que C 3 , 3 3 . Designando o declive de BC por mBC , tem-se

mBC   3 e b  6 3 . A equação reduzida de BC é y   3 x  6 3 .

2 2.1. Seja  a inclinação de r . Então,   180  150  30 e o declive de r é


3 .
tan 30 
3
4 3 3 4 3
Como A  r , b  . A equação reduzida de r é y  x .
3 3 3

2.2. Se a reta t é paralela à reta s , tem o mesmo declive. Então, a equação reduzida
de t é do tipo y  0, 8 x  b . Como a reta t passa em C  6 , 0  , tem-se b  4, 8 .
O ponto de interseção da reta t com o eixo Oy é 0 ; 4,8  .

1
2.3. Sabe-se que tan   0, 8 e que 1  tan2   .
cos2 
1 1 100
1   0, 8   cos2  
2
  1, 64 
cos 
2
cos 
2
164
10 10 5 41 5 41
 cos    cos     cos    cos   
2 41 2 41 41 41

5 41 5 41
Como 90    180 , cos    . Assim, sin   90   cos   cos   .
41 41
16