Você está na página 1de 5

Ficha de revisão 1 FR1

Nome da Escola Ano letivo 20 - 20 Matemática A | 11.º ano

Nome do Aluno Turma N.º Data

Professor - - 20

1. Na figura está representado o triângulo [ABC] retângulo em A.

■ AB  2 7 e BC  8
ˆ 
■ CBA

1.1. Determine AC .
1.2. Calcule sin  , cos  e tan  .
Apresente os valores pedidos na forma de fração com denominador
racional.

2. Na figura está representado o triângulo [ABC] retângulo em A.


Sabe-se que:

■ AB  5 2 e BC  13 2
ˆ 
■ CBA
2.1. Calcule sin   cos  .
2.2. Determine um valor aproximado à décima de grau do ângulo ACB.

3. Na figura está representado o triângulo isósceles [ABC].


Sabe-se que:

■ AC  BC  5 e AB  6
ˆ 
■ CBA
Determine:
3.1. cos  3.2. sin  3.3. tan 

4. Na figura está representado o retângulo [ABCD] tal que:


■ AD  4 ;
■ a área é igual a 32;
■ [DB] é uma diagonal;
ˆ   e DBA
■ ADB ˆ  .

4.1. Determine um valor aproximado à décima de grau do ângulo  e um valor aproximado


à décima de grau do ângulo  .
4.2. Determine as razões trigonométricas do ângulo  .

Página 1
Ficha de revisão 1

5. Construa um triângulo retângulo em que um dos ângulos agudos tem amplitude  , tal que:
5.1. tan   4 e a medida de um dos catetos é 8;
1
5.2. cos   e a medida de um dos catetos é 2;
5
2
5.3. sin   e a medida da hipotenusa é 6.
3

6. Em relação a um ângulo agudo de amplitude  e sabendo que:


3
6.1. sin   , calcule cos   tan  ;
5
2
6.2. cos   , calcule sin   tan  ;
3
6.3. tan   2 , calcule 2 sin   3 cos  .

7. Na figura está representada a circunferência de centro O e raio OB .


Sabe-se que:
■ os pontos A, B e C pertencem à circunferência;
■ [AB] é um diâmetro da circunferência;

■ BC  26º e AC  3 .
7.1. Determine, em graus, a amplitude do ângulo CAB.
7.2. Determine um valor aproximado à décima da unidade do raio da circunferência.

8. Calcule o valor exato de:


2 sin 60 º  tan 45º
1  2 sin 30º 
2
8.1. 8.2.
1  tan 60 º
 sin 30º 2 cos 30º   tan 60 º  cos 30 º 
2 2
8.3. 8.4.

9. Tendo em conta os dados da figura, determine os valores de x.


9.1. 9.2.

10. Na figura está representado um pentágono regular [ABCDE] inscrito numa


circunferência de centro O e raio igual a 8 unidades.
Determine a área do pentágono regular [ABCDE], com arredondamento à
décima da unidade quadrada.
Página 2
Ficha de revisão 1

MC 4
Ficha de revisão 1 3.3. tan    tan  
MB 3
1.1. Pelo Teorema de Pitágoras:
4
 
2
2 2 2
BC  AB  AC  82  2 7
2
 AC  Resposta:
3
2
 64  28  AC  AC  36
2 4.1. A área, A, do retângulo [ABCD] é igual a 32.
A  AB  AD  32  AB  4  AB  8
Como AC  0 , então AC  6 .
AB 8
Portanto, AC  6 . Assim, tan    tan    tan   2 .
AD 4
Resposta: 6
Portanto,   tan 1  2   63, 4º .
1.2. Por definição das razões trigonométricas seno,
A amplitude do ângulo  é igual a 90º  , isto é,
cosseno e tangente:
AC 6 3   90º  tan 1  2   26,6º .
sin    sin    sin  
BC 8 4 Então,   63, 4º e   26,6º .
AB 2 7 7 Resposta:   63, 4º e   26,6º
cos    cos    cos  
BC 8 4 AD 4 1
4.2. tan    tan    tan  
AC 6 6 7 AB 8 2
tan    tan    tan   
AB 2 7 2 72 Pelo Teorema de Pitágoras:
2 2 2 2 2
6 7 3 7 BD  AB  AD  BD  82  42  BD  80
 tan    tan  
14 7 Como BD  0 , BD  80  4 5 .
3 7 3 7 AD 4 5
Portanto, sin   , cos   e tan   . sin    sin    sin  
4 4 7 BD 4 5 5
3 7 3 7 AB 8 2 2 5
Resposta: sin   , cos   e tan   . cos    cos    cos    cos  
4 4 7 BD 4 5 5 5
2.1. Pelo Teorema de Pitágoras: 1 5 2 5
Portanto, tan   , sin   e cos   .
   
2 2 2 2 2 2
BC  AC  AB  13 2  AC  5 2  2 5 5
1 5 2 5
2
 338  AC  50  AC  288
2
Resposta: tan   , sin   e cos  
2 5 5
Como AC  0 , então: 5. Por exemplo:
AC  288  AC  12 2 5.1.
AC 12 2 12
sin    sin    sin  
BC 13 2 13
AB 5 2 5
cos    cos    cos  
BC 13 2 13
12 5 17
Portanto, sin   cos     . 5.2.
13 13 13
17
Resposta:
3
 12 
2.2. Por exemplo,   sin 1   , ou seja,   67, 4º .
 13 
ˆ  90º   22,6º
ACB 5.3.

Resposta: 22,6º
3.1. Seja M o ponto médio do segmento de reta [AB].
MB 3
cos    cos  
BC 5
3
Resposta:
5
MC
3.2. sin   . Pelo Teorema de Pitágoras:
BC 6.1. Pela fórmula fundamental da trigonometria:
2 2 2 2 2
BC  MB  CM  52  32  CM  CM  16
Como CM  0 , então CM  4 .
2
 3 9 9
   cos   1   cos2   1  cos2   1  
2
4
Assim, sin   . 5 25 25
5
4 16 4 4
Resposta:  cos 2    cos    cos   
5 25 5 5

Página 3
Proposta de resoluções

Como  é a amplitude de um ângulo agudo, 7.1. O ângulo CBA é inscrito na circunferência,


4 pelo que
cos   .
5 BC 26º
3 C AB   C AB   C AB  13º
2 2
5 3
Por outro lado, tan    tan   , pelo que: Resposta: 13º
4 4
5 7.2. O triângulo [ABC] é retângulo em C, uma vez que
4 3 31 está inscrito numa semicircunferência e um dos seus
cos   tan    
5 4 20 lados é um diâmetro dessa circunferência.
31 Portanto:
Resposta:

6.2.
20
Pela fórmula fundamental da trigonometria:

cos C AB  AC
AB
 cos 13º  
3
2r
sendo r a medida do comprimento do raio da
2
 2 4 4 circunferência.
sin 2      1  sin 2    1  sin 2   1  
 3 9 9
3 1,5 1,5
5 5 5 cos 13º    cos 13º   r  r  1,5
 sin 2    sin    sin    2r r cos 13º 
9 3 3
Como  é a amplitude de um ângulo agudo, Resposta: 1,5
2
 1
5
1  sin30º   1  2    1  1  22  4
2 2
sin   . 8.1.
3  2
sin  Resposta: 4
Por outro lado, tan   , ou seja:
cos   3
2   1
5 2sin 60º  tan 45º  2  3 1
3  tan   5 8.2.   1
tan   1  tan 60º 1 3 1 3
2 2
3 Resposta: 1
2
1 3
Assim:
8.3.  sin 30º 2cos30º     2  
5 5 2 5 3 5 5 2 2 
sin   tan      
3 2 6 6 6 1  1
2
13
5    3   3  3   3
Resposta:   2  4 4
6 13
Resposta:  3
6.3. Pela fórmula fundamental da trigonometria: 4
sin 2  cos2  1 1 2 2
   tan 2   1   3 3 3 27
 tan 60º  cos30º    3      
2
cos2  cos2  cos2  cos2  8.4.
 2   2  4
Portanto:
1 1 1 27
22  1  5  cos 2    Resposta:
cos 2  cos 2  5 4

1 1 9.1. Tendo em consideração a figura abaixo:


 cos     cos   
5 5
5 5
 cos     cos  
5 5
Como  é a amplitude de um ângulo agudo,
 x
cos  
5  tan 32º  y
. 
5  
sin   tan12º  x
Por outro lado, tan   , ou seja:  10  y
cos 
sin  2 5  x  y tan 32º

2  sin    
5 5  x  10  y  tan12º

5 10  y  tan12º  y tan32º

 
 x  10  y  tan12º
Assim: 
2 5  5 4 5 3 5 5
2sin   3cos   2    3      10 tan12º  y tan12º  y tan 32º

 5   5  5 5 5  
 x  10  y  tan12º

5
Resposta:  y tan 32º  y tan12º  10 tan12º

5  
 x  10  y  tan12º

Página 4
Proposta de resoluções

 y  tan32º  tan12º   10tan12º



 
 x  10  y  tan12º
360º
 10. AB   72º . Logo
5
 10 tan12º
 y  tan 32º  tan12º  y  5,16
 

 x  10  10 tan12º   x  3,22
   tan12º
 tan 32º  tan12º 
Resposta: 3,22
9.2. Tendo em consideração a figura abaixo: Sendo M o ponto médio de [AB]:

OM OM
cos  36º    cos  36º    OM  8cos  36º 
OB 8
Por outro lado:

MB MB
sin  36º    sin  36º    MB  8sin  36º 
OB 8
 2,8  2,8
 tan  24º   y  y  tan  24º  Assim:
 
   Área [ABCDE] = 5 × Área [ABO] =
 tan  24º   x  y  4,5  x
AB  OM 2MB  OM
 y  4,5  tan  24º   5  5 =
2 2
 5  MB  OM =
 2,8  x 2,8
 y  tan  24º   tan  24º   4,5  tan  24º   5  8sin36º 8cos36º =
   320sin36º cos36º  152, 2
  
y  x y  x
 4,5  4,5 Portanto, a área do pentágono regular [ABCDE] é
 tan  24º   tan  24º 
aproximadamente igual a 152,2 unidades quadradas.
  2,8 
 x    4,5   tan  24º  Resposta: 152,2
 tan  
24º 
   
y  x
 4,5
 tan  24º 

 x  4,80

 x
 y  tan  24º   4,5

Portanto, x  4,80 .
Resposta: 4,80

Página 5