Você está na página 1de 6

1 ( ). A lei nº. 8.

112/90 institui o regime jurídico dos

servidores públicos civis da União, dos Estados, DF

e Municípios, excluindo os servidores das

autarquias em regime especial, que são regidas por

legislação especial.

Art 1

2 ( ). Conforme a Lei n°. 8.112 de 11 de dezembro de

1990, servidor é a pessoa legalmente investida em

cargo público.

Art 2

3 ( ). Servidor público é a pessoa que ocupa cargo

público possuindo vínculo estatutário.

4 ( ). Empregado público é a pessoa legalmente

investida em cargo público possuindo vínculo

contratual com a Administração.

5 ( ). Cargo público é o conjunto de atribuições e

responsabilidades cometidas a um servidor.

6 ( ). Os cargos públicos, criados por decreto, são para

provimento em caráter efetivo ou em comissão.

Criado por lei e não por decreto

7 ( ). Os cargos públicos, criados por lei, são acessíveis

somente aos brasileiros natos.

8 ( ). Tanto o cargo efetivo quanto o cargo em comissão

são de livre nomeação e exoneração.


9 ( ). Os cargos em comissão poderão ser exercidos

somente para atividades de direção, chefia e

assessoramento. (INCOMPLETA)

CERTO - Os cargos em comissão são de livre

nomeação e exoneração. Em tese, podem ser

ocupados por qualquer cidadão, porém a

Constituição determina que um percentual mínimo

seja preenchido por servidores da carreira. A

Constituição Federal dispõe que as funções de

confiança são exercidas exclusivamente por

servidores ocupantes de cargo efetivo e

destinam-se apenas às atribuições de direção,

chefia e assessoramento. Ver artigo 37. inciso V da

Constituição Federal e artigo 1° do Decreto 5.497

de 21 de julho de 2005.

10 ( ). Os servidores temporários ocupam cargo público,

porém não é obrigatória a realização de concurso

público.

11 ( ). A Lei n°. 8.112/90 prevê o provimento de cargos

públicos para estrangeiros.


CERTO - O art. 5° § 3°prevê que as universidades
e instituições de pesquisa científica e tecnológica
federais poderão prover seus cargos cora
professores, cientistas e técnicos estrangeiros. A
Constituição, no art. 37, inciso I, estabelece que os
cargos, empregos e funções públicas são
acessíveis aos brasileiros que preencham os
requisitos estabelecidos em lei, e, também, aos
estrangeiros, na forma da lei.
12 ( ). Os servidores poderão ser regidos pelo regime

estatutário e trabalhista.
ERRADO - A Constituição de 19S8 estabeleceu
em seu artigo 39 que os servidores públicos
deveriam ser regidos por um regime jurídico único,
trabalhista ou estatutário. A Emenda Constitucional
19 de 1998 extinguiu essa obrigatoriedade,
permitindo que os servidores públicos fossem
regidos pelo regime jurídico trabalhista e
estatutário. Em 02 de agosto de 2007 ficou
determinado que a EC 19/98 é inconstitucional,
instituindo novamente o regime jurídico único.

13 ( ). Os servidores públicos devem ser regidos por um

regime jurídico único.

Provimento, Vacância, Remoção,

Redistribuição e Substituição

Certo – ver questão 12

14 ( ). O nível de escolaridade, entre outros, é requisito

para a investidura em cargo público.

15 ( ). São requisitos básicos para investidura em cargo

público, entre outros, a nacionalidade brasileira,

aptidão física e mental, o gozo dos direitos

políticos e a quitação com as obrigações

eleitorais.

16 ( ). A nacionalidade brasileira, requisito básico para

investidura em cargo público, abrange os natos,

naturalizados e portugueses equiparados.


CERTO - O estrangeiro também poderá ocupar
cargo público na forma da lei. A CF/88, no art. 37,
inciso I, prevê que os cargos, empregos e funções
públicas são acessíveis aos estrangeiros, na forma
da lei.
17 ( ). É assegurado aos portadores de deficiência o

direito de se inscrever em qualquer concurso

público, na qualidade de deficiente físico.


ERRADO - Às pessoas portadoras de deficiência é
assegurado o direito de se inscrever em concurso
público para provimento de cargo cujas atribuições
sejam compatíveis com a deficiência de que são
portadoras.

18 ( ). Aos portadores de deficiência serão reservadas

20% das vagas oferecidas no concurso.


ERRADO - Às pessoas portadoras de deficiência
serão reservadas ATÉ 20% das vagas. A CF/88
dispõe da seguinte forma "a lei reservará
percentual dos cargos e empregos públicos para as
pessoas portadoras de deficiência e definirá os
critérios de sua admissão". Princípio da igualdade
material.

19 ( ). As universidades e as instituições de pesquisa

científica e tecnológica federais poderão prover

seus cargos cora professores, técnicos e

cientistas estrangeiros.

20( ). A investidura do cargo público ocorrerá com o

exercício.
ERRADO - De acordo com o artigo 7° da Lei n°.
8.112/90 a investidura em cargo público ocorrerá
com a posse.

21 ( ). O provimento de todos os cargos públicos

far-se-á mediante ato do Presidente da

República.
ERRADO - O provimento dos cargos públicos
far-se-á mediante ato da autoridade competente de
cada Poder. Ver artigo 6° da Lei n°. 8.112/90.
22 ( ). Readaptação não representa forma de

provimento, mas sim de vacância

ERRADO - A readaptação é a investidura de


servidor em cargo compatível com limitação,
mental ou física, sofrida. Representa tanto forma de
provimento como vacância. Ver artigos 8° e 33 da.

23 ( ). A Lei n°. 8.112/90 estabelece como formas de

provimento, entre outras, a nomeação, promoção,

ascensão, aproveitamento e a readaptação.

24 ( ). Nomeação é a forma de provimento originária.


CERTO - A nomeação é a forma de provimento
originária, pois independe de vínculo anterior entre
a Administração e o agente. Ver artigos 8° e 9° da
Lei n°. 8.112/90.

25 ( ). O ato de nomeação far-se-á em caráter efetivo

para cargos de confiança vagos.


ERRADO - A nomeação far-se-á em caráter efetivo
quando se tratar de cargo isolado de provimento
efetivo ou de carreira. Ver artigo 9°, inciso I da Lei
n°. 8.112/90.

26 ( ). A nomeação far-se-á em comissão, inclusive na

condição de interino, para os cargos de confiança

vagos.
CERTO - Inclusive na condição de interino, a
nomeação para os cargos de confiança, far -se-á
em comissão. Ver artigo 9°, inciso II da Lei n°.
8.112/90.

27 ( ). O servidor ocupante de cargo em comissão ou de

natureza especial poderá ser nomeado para ter

exercício, interinamente, em outro cargo de

confiança, hipótese em que deverá optar pela


remuneração de um deles.

28 ( ). O concurso será de provas ou de provas e títulos,

e, sua validade, será de até 2 anos, podendo ser

prorrogado uma única vez, por igual período.

29 ( ). O prazo de validade do concurso e as condições

de sua realização serão fixados em lei.


ERRADO - O prazo de validade do concurso e as
condições de sua realização serão fixados em
EDITAL , que será publicado no Diário Oficial da União
e em jornal de grande circulação. Ver artigo 12 § 1°
da Lei n° 8.112/90.

30 ( ). De acordo com a Lei n°. 8.112/90, não se abrirá

novo concurso enquanto houver candidato

aprovado em concurso anterior com prazo de

validade não expirado.

31 ( ). A posse dar-se-á pela assinatura do respectivo

termo, no qual deverão constar somente as

atribuições inerentes ao cargo ocupado.


ERRADO - Deverão constar no termo de posse as
atribuições, os deveres, as responsabilidades e os
direitos inerentes ao cargo ocupado. Ver artigo 13
da Lei n° 8.112/90.