Você está na página 1de 1

Instituto de Matemática e Estatı́stica - UFG 13.

A equação de Ricatti y 0 = a(x) + b(x)y + c(x)y 2 pode ser resolvida


Exercı́cios - Eq.Diferenciais Ordinárias - Eng. Civil por meio de duas substituições em sequência, desde que se conheça
20 de março de 2018 alguma solução particular y1 (x). Verifique que a substituição y =
y1 + u reduz a equação de Ricatti a uma equação de Bernoulli e em
seguida a substituição w = u−1 reduz a uma equação linear.
1. Resolva, por separação das variáveis, as equações diferenciais: Sabendo que y1 = 2/x é uma solução da equação y 0 = −4/x2 − y/x +
y 2 , determine a solução geral dessa equação.
dy
(a) dy − (y − 1)2 dx = 0 (b) dx
+ 2xy 2 = 0 14. A população de bactérias em uma cultura cresce a uma taxa propor-
(c) ex + e−x dy = y 2 dx

(d) dy
= e3x+2y cional ao número de bactérias presentes no instante t. Observou-se
dx após 3 horas a existências de 400 bactérias e após 10 horas a ex-
dy dy xy+3x−y−3
(e) ex y dx = e−y + e−2x−y (f) dx
= xy−2x+4y−8
istências de 2000 bactérias. Qual era o número inicial de bactérias?
15. Uma reação quı́mica de segunda ordem envolve a interação de uma
2. Determine uma solução explı́cita para o problema de valor inicial
molécula de uma sustância P e uma molécula de uma substância Q
dado.
para produzir uma molécula de uma substância X. Se p e q são as
dy y 2 −1 concentrações iniciais de P e Q, respectivamente, e x(t) a concen-
(a) dx
= x2 −1
, y(2) = 2
tração de x no instante t ≥ 0, a velocidade com que a reação ocorre
dy
(b) x2 dx = y − xy, y(−1) = −1 pode ser descrita pela equação x0 (t) = α(p − x)(q − x) onde α é uma
constante positiva. Suponha que x(0) = 0.
(c) (1 + x4 )dy + x(1 + 4y 2 )dx = 0, y(1) = 0
(a) Supondo que p = q, determine x(t). Se em 30 minutos 50% das
3. Discuta as diferenças, se houver, entre as soluções do problema de substâncias já reagiram em quanto tempo esse ı́ndice alcançará
valor inicial que consiste na equação diferencial dy/dx = x/y e em 90%?
cada uma das condições iniciais: y(a) = a, y(a) = −a, y(−a) = a e
y(−a) = −a, onde a é uma constante positiva. (b) Supondo que p 6= q, determine x(t).

4. Determine a solução geral da equação diferencial dada. 16. A lei de resfriamento de Newton estabelece que se u(t) for a temper-
dy
atura de um objeto no instante t e se u0 (constante) for a temper-
(a) dx
+y = e3x (b) y0 + 3x2 y = x2 atura do ambiente, então a taxa de variação de u(t) é proporcional à
dy diferença u(t) − u0 : u0 (t) = λ(u(t) − u0 ). Suponha que a temperatura
(c) y0 + 2xy = x3 (d) (1 + x) dx − xy = x + x2
de uma xı́cara de café inicialmente de 90o C caia para 85o C após 1
(e) dr
+ r sec θ = cos θ (f) dx
+ 2tx = x + 4t − 2 minuto, em uma sala cuja temperatura esteja a 20o C. Em quanto
dθ dt
tempo a temperatura da xı́cara estará em 65o C?
5. Verifique se a equação diferencial é exata. Se for, rosolva-a.
17. Um tanque contém 200 litros de água no qual foram dissolvidos 30 g
(a) (5x + 4y)dx + (4x − 8y 3 )dy = 0 de sal. Uma salmoura com 1 g/L é bombeada para dentro do tanque
a uma taxa de 4 L/min e a solução bem misturada é bombeada para
(b) (2xy 2 − 3)dx + (2x2 y + k)dy = 0 fora à mesma taxa. Determine a quantidade S(t) em gramas de sal
dy 2x+y presente no tanque no instante t ≥ 0.
(c) dx
= x+6y
18. Um cabo de 50 m de comprimento e cuja densidade linear é de 0,2
(d) (5y − 2x)y 0 − 2y = 0
Kg/m, está estendido em um vão de 45 m fixado pelas extremidades
(e) y ln y − e−xy dx + ( y1 + x ln y)dy = 0 em dois suportes de 8 m de altura em relação a um plano horizontal.
Qual é a altura do ponto mais baixo desse cabo, em relação ao plano
6. Determine o valor de k tal que a equação diferencial dada seja exata. horizontal?
(a) (y 3 + kxy 4 − 2x)dx + (3xy 2 + 20x2 y 3 )dy = 0 19. Em um circuito simples com um resistor (resitência R) e um indutor
(indutância L) em série é a plicada uma voltagem oscilatória E(t) =
(b) (6xy 3 + cos y)dx + (2kx2 y 2 − x sen y)dy = 0
Vm cos ωt. A corrente instantânea i(t) que circula por esse circuito
7. Resolva a equação diferencial dada determinando um fator integrante satisfaz a equação diferencial Li0 (t) + Ri(t) = E(t). Determine i(t),
apropriado. sabendo que i(0) = 0.

(a) (2y 2 + 3x)dx + 2xydy = 0 20. Um modelo simples para a queda de um corpo de massa m sujeita à
ação da gravidade e da resistência do ar é dado pela equação mv 0 (t) =
(b) 6xydx + (4y + 9x2 )dy =0 mg − kv(t), onde v(t) é a velocidade instantânea, g é a aceleração da
(c) y(x + y + 1)dx + (x + 2y)dy = 0 gravidade e k > 0 é uma constante. Resolva a equação sujeita à
condição inicial v(0) = v0 .
(d) cos x dx + (1 + 2/y) sen x dy = 0
21. Para quedas sujeitas à ação da gravidade em um meio viscoso ou
8. Determine a solução da equação que satisfaz a condição inicial dada, que envolva altas velocidades, um modelo mais apropriado do que o
determinando um fator integrante, se necessário. exposto no problema anterior é dado pela equação mv 0 (t) = mg −
k(v(t))2 . Resolva essa equação sujeita à condição inicial v(0) = v0 .
(a) (x + y)2 dx + (2xy + x2 − 1)dy = 0; y(1) = 1
22. Uma caixa de massa m desliza por um plano inclinado de ângulo θ
(b) (4y + 2t − 5)dt + (6y + 4t − 1)dy = 0; y(−1) = 2 com a horizontal. Considere que a força de atrito que se opõe ao
(c) xdx + (x2 y + 4y)dy = 0; y(4) = 0 movimento da caixa é µN onde µ é o coeficiente de atrito dinâmico
e N é a componente normal do peso da caixa e que a resistência do
(d) (x2 + y2 − 5)dx = (y + xy)dy; y(0) = 1 ar é proporcional à velocidade instantânea.
9. Verifique que na equação diferencial (4xy +3x2 )dx+(2y +2x2 )dy = 0, (a) Determine uma equação diferencial para a velocidade v(t) da
as condições iniciais y(0) = −2 e y(1) = 1 determinam a mesma caixa no instante t;
solução implı́cita.
(b) Suponha que a massa da caixa seja √ de 100 Kg, que o ângulo
10. Verifique que a equação diferencial linear y 0 (x) = a(x)y(x) + b(x) se θ meça 30o ; que o coeficiente µ = 3/4 e que o coeficiente de
torna exata com a multiplicação por um fator integrante apropriado. proporcionalidade na expressão da resistência do ar seja igual a
Determine esse fator integrante. 1/4. Determine a velocidade v(t) admitindo que a caixa desliza
11. Resolva as equações lineares a seguir. a partir do repouso no ponto do plano inclinado a 10 metros de
altura.
(a) y 0 + 3x2 y = x2
23. Um tanque coma forma de um cilindro circular reto e deixa vazar água
(b) (cos x)y 0 + (sen x )y = 1 por um orifı́cio circular em sua base. Quando são ignorados forças
dissipativas , a altura h da água no tanque é descrita pela equação
12. Resolva equação diferencial dada por meio de uma substituição apro-
priada. dh Ao p
=− 2gh
(a) (x − y)dx + xdy = 0 (b) xdx + (y − 2x)dy = 0 dt At
x+3y onde Ao e At são as áreas do orifı́cio e da base do tanque respectiva-
(c) y0 = (d) (y 2 + xy)dx − x2 dy = 0
3x+y mente. Suponha que o tanque tenha 3 metros de altura e um raio de
(e) xy 2 y 0 = y 3 − x3 (f) y 0 = (x + y + 1)2 60 cm e que o orifı́cio circular tenha raio de 1 cm. Se o tanque estiver
√ cheio inicialmente, quanto tempo levará para esvaziar?
(g) y0 = sen (x + y) (h) y 0 = 2 + y − 2x + 3