Você está na página 1de 4

Engenharia Elétrica – Linguagem de Programação

Curso de Engenharia Elétrica


COMPONENTE CURRICULAR: LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO
CONDIÇÃO: ( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA.
PERÍODO: TERCEIRO
PROFESSOR: HANS ROLF KULITZ
CARGA HORÁRIA TEÓRICA: 30 Hs
CARGA HORÁRIA PRÁTICA: 30 Hs

OBJETIVOS
Geral:
• Identificar situações onde se possa resolver um problema usando programação em linguagem C.
Específicos:
• Desenvolver programas em linguagem C;
• Desenvolver programas orientados a eventos;
• Aplicar conhecimentos de programação ao controle de equipamentos elétricos.

EMENTA

Funções; Limites de funções; Derivada; Integral.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES A SEREM TRABALHADAS NESTA DISCIPLINA


Conforme RESOLUÇÃO CNE/CES 11, DE 11 DE MARÇO DE 2002 - Institui Diretrizes Curriculares
Nacionais do Curso de Graduação em Engenharia.

X Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia;


X Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;
Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;
Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;
X Identificar, formular e resolver problemas de engenharia;
X Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;
Supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;
Avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;
X Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
Atuar em equipes multidisciplinares;
Compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais;
Avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;
Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia;
X Assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.
Engenharia Elétrica – Linguagem de Programação

CARGA
CONTEÚDOS
HORÁRIA
UNIDADE I: Definições e conceitos
1.1. Linguagem de programação;
1.2. Classificação das linguagens: baixo e alto nível; 2
1.3. Compilação e Link-edição;
1.4. Programas fonte, objeto e executáveis.
UNIDADE II: Linguagem C
2.1. Tipos de variáveis;
2.2. Estrutura de um programa em C; 6
2.3. Entrada e saída de console;
2.4. Estruturas de controle de fluxo: if..else, while, for.
UNIDADE III: Funções
3.1. Protótipo;
3.2. Classes de armazenamento; 4
3.3. Passagem de parâmetros;
3.4. Funções C ANSI.
UNIDADE IV: Vetores, Matrizes e Strings
4.1. Acesso a elementos de vetores e matrizes;
4.2. Matrizes como argumentos de funções; 4
4.3. Chamada por valor e chamada por referência;
4.4. Funções de manipulação de strings.
UNIDADE V: Estruturas
5.1. Declarando uma estrutura;
8
5.2. Acessando uma estrutura;
5.3. Acessando os elementos de uma estrutura.
UNIDADE VI: Ponteiros
6.1. Declaração;
6.2. Acessando matrizes e estruturas; 8
6.3. Alocação dinâmica de memória;
6.4. Manipulação de arquivos;
UNIDADE VII: Programação orientada a eventos
7.1. Noções de orientação a objetos;
7.2. Ambiente de programação para Windows;
7.3. Funções de acesso aos recursos do Windows (APIs); 28
7.4. Conceito de biblioteca dinâmica (DLL);
7.5. Conceito de programação multi-thread;
7.6. Trabalho de integração.
Engenharia Elétrica – Linguagem de Programação

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS RECURSOS METODOLÓGICOS

São os procedimentos metodológicos, técnicas e práticas que São os recursos materiais utilizados como suporte ou
orientam a ação pedagógica nas aulas. complemento para o desenvolvimento do programa da
disciplina.
X Aula expositiva. X Livro texto.
Seminário. X Sala de aula.
Leitura dirigida. X Quadro e giz.
Elaboração de resumos e artigos. X Quadro branco e pincel.
X Demonstração prática realizada pelo professor. X Laboratório.
X Laboratório (prática realizada pelo estudante). X Computador.
Trabalho de campo. X Projetor multimídia.
Execução de pesquisa. Softwares de aplicação geral (Editores, Planilhas,
X Trabalho em grupo. Apresentação, etc). Especifique:

Leitura, análise e debates de textos.


X Exercícios de análise e síntese.
Visitas técnicas. X Softwares específicos (Autocad, Matlab, Mapple, etc):
Especifique:
X Estudo de caso.
Labwindows
X Resolução de situações-problema.
Pesquisas bibliográficas.
Outros: Outros:

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO

Critérios. Será priorizada a produção discente, sobretudo a Assinale os instrumentos e critérios avaliativos utilizados nas
articulação entre o saber estudado e a solução de problemas aulas de sua disciplina e/ou defina outros de sua preferência.
que a realidade apresenta.
X Capacidade de análise crítica dos conteúdos; X Avaliação escrita (testes e provas);
X Iniciativa e criatividade na elaboração de trabalhos; X Trabalhos;
X Assiduidade e pontualidade nas aulas; Apresentação de seminários;
Participação em debates; Estudo dirigido;
X Interação grupal; X Exercícios.
X Organização e clareza na forma de expressão dos X
Relatórios e/ou produção de outros textos;
conceitos e conhecimentos;
Outros: Argüição;
Participação em debates;
Auto-avaliação;
Outros:
Engenharia Elétrica – Linguagem de Programação

REFERÊNCIAS
Básica
KERNIGHAN, B. W. C a Linguagem de Programação: padrão ANSI. Editora: Campus. ISBN:
8570015860.
Manuais do programa Labwindows/CVI.
Complementar
PREISS, Bruno R. Estrutura de dados e algoritmos. Editora: CAMPUS. ISBN: 8535206930.
Apostilas disponibilizadas pelo professor.