Você está na página 1de 8

IASP – INSTITUTO ADVENTISTA DE SÃO PAULO

Barroco no Brasil

Arielle Sales 1ºC

1
SUMÁRIO

Introdução ......................................................................................... 3
Contexto Histórico ................................................................................. 4
Características da Música e literatura barrocas brasileiras.......................5
Características da arquitetura barroca brasileira..................................... 6
Conclusão .................................................................................7
Bibliografia................................................................................. 8

2
INTRODUÇÃO

O barroco no Brasil surgiu no contexto da colonização. Foi trazido por jesuítas europeus que
estavam contextualizados na crise do renascimento, esta, que surgiu por conta de divergências
religiosas do período. A grandeza e exagero, características do movimento, foram reflexo do
teocentrismo vs antropocentrismo, a questão do certo e errado na visão da igreja e do homem
e da forte influência da igreja na época.
O objetivo deste trabalho é mostrar as diversas características do barroco no Brasil, bem
como seu surgimento e seu contexto histórico.

3
BARROCO NO BRASIL

CONTEXTO HISTÓRICO

O Brasil vivia intensamente o “século do ouro”. Nessa época havia a grande exploração do
ouro, principalmente no estado de Minas Gerais, que recebeu este nome exatamente por
causa da mineração intensiva que havia lá. Muitas cidades brasileiras receberam seus nomes
por conta das características encontradas na mineração do local, como por exemplo a cidade
de Ouro Preto, na qual o outro tinha um aspecto mais escuro.
O padre Antônio Vieira foi autor de discursos polêmicos, cujos assuntos criticavam o
despotismo dos colonos portugueses e defendia a evangelização dos índios. Também se
dedicou a escrever profecias e cartas.

“(...) Entre os semeadores do Evangelho há uns que saem a semear, há outros que semeiam
sem sair. Os que saem a semear são os que vão pregar à Índia, à China, ao Japão; os que
semeiam sem sair, são os que se contentam com pregar na Pátria. Todos terão sua razão, mas
tudo tem sua conta. Aos que têm a seara em casa, pagar-lhes-ão a semeadura; aos que vão
buscar a seara tão longe, hão-lhes de medir a semeadura e hão-lhes de contar os passos. Ah
Dia do Juízo! Ah pregadores! Os de cá, achar-vos-eis com mais paço; os de lá, com mais passos:
Exiit seminare.”

4
CARACTERÍSTICAS DA MÚSICA BARROCA BRASILEIRA

A música desta época se desenvolveu de forma muito abrangente entre os gêneros, utilização
de instrumentos e popularidade. Foi neste contexto que a ópera surgiu no Brasil. Novas
maneiras de fazer música também foram utilizadas, como o baixo contínuo, o contraponto e a
harmonia tonal. Tudo isso em oposição ao estilo gregoriano.

O desenvolvimento da atividade musical em Minas Gerais ocorreu, paralelamente à


construção dos primeiros arraiais e de suas capelas de taipa. Naquela época foram atribuídos
aos mineiros bons gostos musicais, tanto que a fama que eles levaram sobre conhecer e saber
tocar bem os instrumentos e contemplada até hoje, pois a imagem que temos do estado de
Minas Gerais é festiva, como o exemplo das festas juninas, onde há uma boa música música
tocada desde muito tempo atrás.

CARACTERÍSTICAS DA LITERATURA BARROCA BRASILEIRA

A literatura barroca brasileira tem seu estopim no ano de 1601, com a publicação do
poema “Prosopopéia”, escrito por Bruno Teixeira, o qual foi preso em Portugal em 1599. O
poeta precisava de apoio político dos representantes da época, pois estava sendo acusado de
seguir o judaísmo e de matar sua esposa. O poema foi publicado em homenagem ao estado do
Pernambuco um ano após a morte dele.
Gregório de Matos foi um poeta muito contemplado na época por suas poesias líricas,
satíricas, eróticas e religiosas. Ficou conhecido como “Boca do Inferno” por causa dessas obras,
que infelizmente, nunca foram publicadas.

5
CARACTERÍSTICAS DA ARQUITETURA BARROCA BRASILEIRA

O estilo de arquitetura barroca começou como um movimento de resposta da igreja católica


ao movimento protestante, onde visava a grandeza de Deus e o homem pequeno, em meio de
tudo aquilo. Isso é visto na forma do tamanho das construções, que tem pé direito altíssimo,
deixando todos com um sentimento de inferioridade.
As igrejas da época são referência na visualização desse estilo e o interior delas tem a
característica de grandeza, com pinturas de profundidade nos tetos, muitas vezes ilustrando
cenas bíblicas. A assimetria é um fator marcante para a identificação dessas construções.
Normalmente tem duas torres e a entrada grande.
No Brasil, essas características só se acentuaram. O contexto da exploração do ouro foi
marcado, literalmente, nas paredes das igrejas, que são intensamente revestidas com ouro.
Arquitetos que se destacaram no Brasil com este movimento sempre dedicavas as igrejas a
um santo. Um dos artistas mais conhecidos foi o Aleijadinho, que construiu diversas igrejas
com seu estilo único. Ele era filho de um artista da época com uma escrava, e aprendeu a
maior parte do que sabia com seu pai, que o assumiu, mesmo sendo bastardo.

6
CONCLUSÃO

O Barroco no Brasil veio como uma variação do barroco português por meio dos padres e
jesuítas que vieram para o Brasil no contexto da colonização e catequização dos índios do
Brasil, durante o período colonial. Dentre as características do movimentos podemos destacar
o surgimento da ópera no Brasil, de um novo estilo de construção e o começo da literatura
brasileira. Foi um movimento caracterizado pelo exagero e ostentação por parte da igreja,
como resposta ao movimento protestante, contexto da Europa da época.

7
BIBLIOGRAFIA

https://blogdecoracao.biz/resumo-da-arquitetura-barroca/

https://direitoehistoria.wordpress.com/2015/07/22/a-cultura-da-musica-barroca-no-brasil-
colonial-parte-1/

https://www.todamateria.com.br/barroco/

http://barroconobrasilarte222.tumbl