Você está na página 1de 20

PÁ CARREGADEIRA | 426

Peso operacional: 13.305 kg Potência bruta nominal: 113kW (152 hp) Carga de tombamento em giro total: 8.051 kg Capacidade da caçamba padrão: 2,3 m³
Excelente visibilidade 360º
Áreas envidraçadas maiores, que proporcionam
excelente visibilidade ao redor da máquina.
A tampa do motor inclinada proporciona
melhor visibilidade da traseira.
Vidros frontais em ângulo proporcionam visão
à área de articulação central.

Potência e desempenho
Os eixos oferecem controle de tração automática
para todas as condições.
Os sistemas hidráulicos inteligentes maximizam
a eficiência e diminuem os custos de combustível.
A transmissão automática garante que a máquina
esteja sempre na marcha certa.

Feita para durar


Componentes renomados e de alta qualidade.
Os sistemas de proteção eletrônica alertam sobre as falhas
para evitar danos irreversíveis aos componentes.
Projetada para fácil manutenção e reparo.
PÁ CARREGADEIRA 426 | APRESENTAÇÃO

Excelente ambiente do operador


Assento ergonômico com encosto para o máximo de conforto.
Controles fáceis de usar, claramente identificados.
Cabine grande, espaçosa, com amplo espaço
de armazenamento.

Acesso fácil a todas as áreas


Acesso ao nível do solo para manutenção fácil e tempo
de máquina parada reduzido.
Todos os componentes em áreas acessíveis.
Tampas do motor de abertura tipo asa de gaivota, de peça
única, e uma grande tampa do ventilador dão acesso aos
compartimentos do motor e de arrefecimento.

Segurança máxima
Degraus inclinados e apoios bem colocados permitem
um acesso facilitado.
Verificações ao nível do solo eliminam a necessidade
de subir na máquina.
Sistemas de câmera de ré opcionais disponíveis.

4|3
Excelente ambiente Acesso fácil, seguro
Com uma porta ampla, degraus inclinados em 10° (algo que está

do operador se tornando rapidamente um padrão em pedreiras), superfícies


antiderrapantes e corrimãos bem posicionados, o acesso é sempre
fácil e seguro, ajudando a minimizar acidentes no local de trabalho.

A maior cabine da categoria


Fundamental no projeto da 426, é a pessoa que a Em 3 m³, a 426 tem um espaçoso ambiente de operação, com todos os
controlará. Com operadores trabalhando até detalhes projetados ergonomicamente para conforto e facilidade de uso.
Também há muito espaço para armazenamento, inclusive um grande
12 horas por dia, eles precisam estar sempre atentos espaço livre no assoalho.
e confortáveis para que possam ser produtivos. Cabine com pressão positiva
A cabine da 426 foi muito bem planejada, integrando A cabine é totalmente vedada para reduzir a entrada de poeira e detritos
o interior elegante a recursos muito práticos. no seu interior, mantendo um ambiente de trabalho saudável. Para
se adaptar a ambientes diferentes, também há uma linha de filtros de
admissão do ar fresco (P3, carbono e padrão) disponível, todos fáceis de
remover para limpeza e substituição.

Assento ergonômico com encosto


O assento com suspensão e encosto padrão é totalmente ajustável
e oferece excelente apoio e conforto. O resultado é a redução
da fadiga do operador tendo em vista maior produtividade.

Na temperatura exata
Os excelentes sistemas de aquecimento e ventilação garantem as
temperaturas de trabalho ideais. Conta com ventilador de velocidade
variável e uma linha de filtros de admissão do ar fresco para se escolher.
Os controles de temperatura e recirculação são todos bem identificados e
simples de usar.
PÁ CARREGADEIRA 426 | AMBIENTE DO OPERADOR

4|5
6
Completa
manobrabilidade
e visibilidade 360º
Como os locais de trabalho atuais estão cada vez
menores, a segurança é sempre uma preocupação
importante. Na JCB, temos o compromisso de
fazer tudo o que podemos para reduzir o risco de
acidentes e, assim, projetamos a 426 para dar aos
operadores a melhor visibilidade possível em torno
da máquina.
Ambiente espaçoso para o operador
A cabine 360° totalmente envidraçada permite que o operador não apenas
identifique praticamente todos os perigos em potencial, mas também veja a
carga em toda a linha de levantamento. A cabine apresenta frisos estreitos
entre os vidros, um grande limpador e uma opção de quebra-sol dianteiro
ou traseiro para proteção contra o sol. Além disso, existem dois espelhos
interiores que oferecem visões incríveis de áreas de difícil visualização.
Controles
Todos os controles da 426 estão dispostos de maneira prática e são
incrivelmente fáceis de usar. O controlador de alavanca única, tem em vista
o uso consistente com mínima fadiga para o operador. O controlador de
alavanca única incorpora uma chave à frente/ré que pode ser usada sem
que o operador tire as mãos do volante, aumentando a segurança e a
eficiência na operação. Também conta com chaves para troca de marchas
e neutralização da transmissão, sendo que a segunda agiliza a operação,
transferindo a potência do motor para o sistema hidráulico”.
PÁ CARREGADEIRA 426 | VISIBILIDADE

6|7
8
Potência e
desempenho
POTÊNCIA
140

como padrão 120

100

KW
80
Em um mundo competitivo, você precisa mover a
quantidade máxima de material ao menor custo 60

possível. Projetados para oferecer uma potência


40
incrível e a eficiência ideal, todos os componentes 800 1.000 1.200 1.400 1.600 1.800 2.000 2.200

na JCB 426 foram criados para atender RPM

a demandas rigorosas do dia a dia.

Um trem de força de renome internacional TORQUE


Um trem de força balanceado, com equilíbrio perfeito, fornece a potência 800
para movimentar o material mais exigente de um lugar para outro.

Motor Cummins turbo 700


A 426 tem um motor de baixa emissão, turbo alimentado intercooler.
Ele oferece alto torque a uma baixa rotação do motor, o que permite ao

Nm
600
operador encher a caçamba mais rapidamente.

Transmissão de mudança suave ZF


500
A 426 conta com uma transmissão totalmente automática. Normalmente,
o operador precisa selecionar a marcha correta para garantir o uso
eficiente do combustível. Mas com esse sistema a marcha correta é 400
selecionada automática e imediatamente, o que garante a produtividade 800 1.000 1.200 1.400 1.600 1.800 2.000 2.200

máxima absoluta e a eficiência de combustível, além de prolongar a vida RPM


útil da máquina.
PÁ CARREGADEIRA 426 | POTÊNCIA E DESEMPENHO

Eixos ZF Freios imersos em óleo


A 426 está equipada com eixos de proporção de torque padrão que O sistema de freios imersos em óleo não apenas garante uma frenagem
mantêm a máquina em movimento, mesmo em condições adversas. Caso efetiva, mas também uma vida útil maior. A frenagem de velocidade da
uma roda esteja patinando, a potência é transferida automaticamente para roda significa que os freios na 426 giram na mesma velocidade das rodas
a roda com tração. O torque também aumenta nos cubos, o que reduz a reduzindo do calor e o atrito, bem como gerando maior economia de
tensão em outros componentes. Isso acaba evitando o desgaste dos pneus combustível. Como medida de segurança, um circuito de freio auxiliar
e faz com que o trabalho seja realizado mais rapidamente. Também existe permite uma parada segura em caso de falha no trem de força.
a opção de ter eixos do diferencial antipatinagem ainda mais avançados.
Sistema hidráulico sensível à carga
A 426 oferece uma vazão de óleo hidráulico eficiente sob demanda, graças
a um circuito sensível à carga. Isso minimiza o consumo de combustível,
distribui a potência quando mais necessário e possibilita posicionamentos
de carga precisos e eficientes. Quando o assunto é condução, a direção
requer mínimo esforço, mesmo com a máquina totalmente articulada.

8|9
Manutenção Acesso ao nível do solo
As verificações de manutenção diária e semanal podem ser realizadas

facilitada com facilidade e segurança pelos operadores, graças aos pontos


de verificação ao nível do solo.

Desempenho de arrefecimento ideal


Mantendo a temperatura correta de sua máquina garantirá que
Uma vez em uso, a 426 se torna rapidamente parte ela permaneça eficiente e tenha uma vida útil longa. O sistema de
vital do processo de produção. Assim, qualquer arrefecimento da 426 foi projetado com inteligência para que ficasse livre
de sujeira e detritos, e o conjunto de refrigeração pode ser facilmente
tempo de máquina parada poderia significar uma limpo pela tampa traseira basculante e pelas portas da tampa do motor
perda grave em termos de produtividade e, assim, de peça única. Em condições especialmente adversas ou de sujeira, entre
as opções complementares estão um ventilador reversível totalmente
lucratividade. Como manter a máquina em ótimas
automático e um conjunto de arrefecimento amplo. O ventilador
condições é vital, tornamos a manutenção regular reversível foi projetado para proteger o conjunto de arrefecimento,
algo extremamente fácil de realizar, o que, por sua e o kit de refrigeração de espaçamento largo permite que partículas
maiores passem pelo arrefecedor sem que haja retenção.
vez, maximizará o uso da máquina e a longevidade.
Sistema de monitoramento eletrônico
Nosso sistema de monitoramento eletrônico (EMS) controla e monitora os
componentes, acionando proteções integradas que impedem danos graves
a componentes importantes. Por exemplo, se a temperatura do líquido
de arrefecimento ultrapassar o limite de trabalho, a máquina se protegerá
automaticamente e se desligará.

Esse sistema em vários idiomas permite configurar determinadas funções


de acordo com a aplicação, tendo em vista o desempenho ideal, e exibe
dados de operações importantes em tempo real. Os códigos de falhas
permitem a rápida identificação dos problemas, possibilitando uma solução
mais rápida, enquanto um indicador de manutenção informa quando
ela é necessária.
PÁ CARREGADEIRA 426 | MANUTENÇÃO

Feita para durar Projetada para força


Usando técnicas de projeto de última geração, os melhores componentes,
Operação suave
Reduzindo o impacto que passa por todos os componentes, a máquina
análise computacional sofisticada e testes físicos rigorosos, a JCB criou uma garante uma operação suave e fácil, além de uma vida útil maior.
máquina que atende às demandas da sua empresa. A extremidade traseira
Manutenção simplificada
Tudo na nova 426 indica que ela foi feita para em aço fundido (normalmente de plástico nas máquinas dos concorrentes)
O acesso facilitado para operadores e técnicos de manutenção garante
durar, oferecendo produtividade máxima oferece força real e proteção contra danos significativos, o que reduz os
que a máquina possa ser mantida na melhor condição, mantendo
custos operacionais. A inclinação do capô traseiro tem essa forma para
ao longo de milhares de horas em operação. a disponibilidade e a produtividade. Os intervalos de manutenção
proporcionar maior visibilidade, de forma que seja mais fácil ver perigos são a cada 500 horas.
Cada componente foi cuidadosamente projetado em potencial, reduzindo mais uma vez os danos causados à máquina.
e fabricado seguindo padrões rigorosos, Como opcional, oferecemos a proteção completa da parte inferior do
chassi, protegendo os principais componentes inferiores do trem de força.
assegurando uma vida útil longa, baixos custos de
operação e um alto valor quando finalmente chega Personalização da máquina segundo as suas necessidades
A 426 foi projetada para suportar ambientes em condições extremas, mas
a hora da venda. também pode ser personalizada para atender aos requisitos específicos de
aplicações individuais. Por exemplo, para aplicações de resíduos há uma
série de proteções adicionais disponíveis, inclusive proteções de linhas de
freio, proteções inferiores extra, proteções do pistão de levantamento,
grades de proteções frontais dos vidros, etc. E para operações de carga
e transporte, os sistemas de suspensão de condução suave podem ser
instalados, fazendo com que os braços trabalhem em uma forma de
suspensão que os permite flutuar. Assim, a máquina pode deslocar-se
mais rapidamente sob o solo porque os impactos não são transmitidos
à máquina, deixando-a estável. Além disso, o choque não chega às cargas
por meio de todas as estruturas e os sistemas.

Circuitos hidráulicos protegidos


Um sistema de filtragem de alta qualidade garante que nenhum detrito
passe pelo circuito hidráulico. Isso, além dos procedimentos de montagem
altamente avançados, garante uma longa vida útil de operação.

10 | 11
LIVELINK, TRABALHE COM INTELIGÊNCIA
LIVELINK É UM SISTEMA DE SOFTWARE Benefícios de produtividade
INOVADOR QUE PERMITE A VOCÊ e custo
GERENCIAR AS MÁQUINAS JCB Fornecendo informações como monitoramento
de tempo inativo e consumo de combustível
REMOTAMENTE – ON-LINE, POR E-MAIL da máquina, o JCB Livelink ajuda a reduzir
OU POR TELEFONE CELULAR. ACESSE o consumo de combustível, economizando
dinheiro e aumentando a produtividade. As
TUDO, DE ALERTAS DA MÁQUINA informações sobre a localização da máquina
podem ajudar a aumentar a eficiência e talvez
A RELATÓRIOS SOBRE COMBUSTÍVEL até mesmo reduzir os custos de seguro.
E HISTÓRICO DE INFORMAÇÕES,
COM TODOS OS DADOS ARMAZENADOS
EM UM SERVIDOR SEGURO.

Benefícios de manutenção Benefícios de segurança


Gerencie a manutenção das máquinas mais A capacidade de delimitação geográfica em
facilmente – o monitoramento exato de tempo real do Livelink alerta quando as
horas e os alertas de serviço melhoram máquinas saem das zonas predeterminadas,
o planejamento da manutenção, e os dados e os alertas de toque de recolher em tempo
de localização em tempo real ajudam real informam você do uso não autorizado.
a administrar a sua frota. Os alertas críticos Entre outros benefícios estão informações
da máquina e os registros do histórico de de localização em tempo real.
manutenção também estão disponíveis.
PÁ CARREGADEIRA 426 | LIVELINK E VALOR AGREGADO

VALOR AGREGADO
O SUPORTE AO CLIENTE GLOBAL DA JCB É DE PRIMEIRA CLASSE. NÃO
IMPORTA DO QUE VOCÊ PRECISE E ONDE VOCÊ ESTEJA, ESTAREMOS
PRONTA E EFICIENTEMENTE À DISPOSIÇÃO PARA AJUDAR A GARANTIR QUE
SEU EQUIPAMENTO TRABALHE A PLENO POTENCIAL.

1 2 3

1 Nosso Serviço de Suporte Técnico oferece acesso 3 O JCB Assetcare fornece contratos de serviço
instantâneo a especialistas da fábrica, durante o dia ou e garantia abrangentes e estendidos, bem como contratos
à noite, e nossas equipes de finanças e seguros estão somente de serviço ou de reparo e manutenção.
sempre à disposição para fazer cotações rápidas, Independentemente da sua opção, nossas equipes
flexíveis e competitivas. de manutenção ao redor do mundo cobram valores
de mão de obra competitivos e oferecem cotações
2 A rede global dos Centros de Peças JCB é outro
sem compromisso, bem como um rápido e eficiente
modelo de eficiência; com 16 bases regionais, pode trabalho de manutenção.
fornecer 95% de todas as peças em qualquer lugar do
mundo em 24 horas. As peças genuínas da JCB foram
projetadas para funcionar em perfeita harmonia com
sua máquina tendo em vista o desempenho
e a produtividade ideais. Fábricas
Distribuidores
Centros de Distribuição
Observação: O JCB LIVELINK e o JCB ASSETCARE podem não estar disponíveis na sua região. Por favor, consulte seu distribuidor local. de Peças

16 | 13
ESPECIFICAÇÃO PÁ CARREGADEIRA 426

DIMENSÕES ESTÁTICAS

J
F

H1
B C D

H A

DIMENSÕES ESTÁTICAS
A Comprimento total mm 6.831
B Eixo ao pino da articulação mm 1.096
C Distância entre eixos mm 3.000
D Eixo ao engate do reboque mm 1.816
E Vão livre mínimo mm 442
F Altura do escapamento mm 3.192
G Largura no topo da cabine mm 1.400
H Largura na extremidade dos pneus mm 2.482
H1 Largura no centro dos pneus mm 1.955
J Altura no topo da cabine mm 3.335
Altura do pino de articulação da caçamba (máxima) mm 3.906
Altura operacional total na caçamba mm 5.095
Peso do eixo dianteiro kg 5.830
Peso do eixo traseiro kg 7.020
Peso total kg 12.850
Raio de giro interno mm 2.920
Raio de giro máximo mm 5.790
Ângulo de articulação graus ± 40°
Dados da 426 com base em máquina equipada com caçamba de 1,9 m3 com dentes e pneus radiais Michelin 20,5 R25 XHA2 (L3).
PÁ CARREGADEIRA 426 ESPECIFICAÇÃO

AJUSTES DO DESEMPENHO OPERACIONAL E DAS DIMENSÕES


Braços padrão Dimensões
Peso
Tamanho do pneu Fabricante Tipo Classificação
operacional kg
STL kg FTTL kg Vertical mm Largura mm N
20,5 - 25 (lona diagonal) Firestone SGG L2 -348 -245 -215 -9 +5
20,5 - 25 (lona diagonal) Goodyear SGL L2 -54 -38 -33 -9 +5
20,5 R25 (radial) Goodyear RL - 2+ L2 +76 +54 +47 -9 +5
20,5 R25 (radial) Bridgestone VUT L2 -160 -113 -99 0 0
20,5 R25 (radial) Michelin XTLA L2 -160 -113 -99 -9 +5 M
20,5 R25 (radial) Bridgestone VMT L3 0 0 0 0 0
550/65 R 25 (radial) Michelin XLD L3 -120 -85 -74 0 0 T
20,5 R25 (radial) Michelin XRD1A L4 +456 +332 +282 +29 +8
20,5 R25 (radial) Michelin XMINED2 L5 +680 +480 +421 +29 -3 Q
20,5 R25 (radial) Goodyear RL-5K L5 +600 +423 +372 +29 -3
R
Contrapeso adicional aparafusado opcional +380 +707 +598 0 0
O
P
S

DIMENSÕES DA CARREGADEIRA
Máquina equipada com pneus Michelin 20,5 R25 XHA (L3)
Montagem da caçamba Direta Montagem de engate rápido
Tipo de caçamba Aplicações gerais Penetração Aplicações gerais Aplicações gerais
Caçamba equipada com Borda dentada Lâmina de corte reversível Borda dentada Lâmina de corte reversível
Capacidade da caçamba (coroada SAE) m3 2,3 2,0 1,9 2,4 1,8 2,0 1,9 2,1
Capacidade da caçamba (rasa) m3 2,057 1,724 1,612 2,057 1,554 1,749 1,594 1,787
Largura da caçamba mm 2.700 2.550 2.550 2.700 2.550 2.550 2.550 2.550
Peso da caçamba kg 1.262 1.140 925 1.262 800 850 800 850
Densidade máxima do material kg/m3 1.677 2.039 2.202 1.677 2.152 1.914 2.039 1.823
Carga de tombamento em linha reta kg 9.465 9.574 9.795 9.465 9.067 8.969 9.067 8.969
Carga de tombamento em giro total kg 8.051 8.159 8.370 8.051 7.748 7.659 7.748 7.659
Carga útil kg 4.025 4.079 4.185 4.025 3.874 3.829 3.874 3.829
Força máxima de desagregação kN 129 135 145 129 126 118 126 118
M Ângulo máximo de descarga graus 45° 45° 45° 45° 45° 45° 45° 45°
N Ângulo de inclinação para trás na altura total graus 52° 52° 52° 52° 52° 52° 52° 52°
O Inclinação para trás na posição de transporte graus 44° 44° 44° 44° 44° 44° 44° 44°
P Inclinação para trás em relação ao nível do solo graus 35° 35° 35° 35° 35° 35° 35° 35°
Q Altura máxima de carga mm 3.638 3.640 3.640 3.638 3.645 3.645 3.640 3.640
R Altura de descarga (descarga em 45º) mm 2.878 2.786 2.962 2.878 2.729 2.697 2.841 2.793
S Profundidade de escavação mm 33 33 30 32 15 15 30 30
T Alcance na altura de descarga mm 1.029 1.121 946 1.029 1.202 1.252 1.067 1.117
Alcance máximo (descarga a 45°) mm 1.776 1.868 1.693 1.776 1.949 1.999 1.814 1.864
Peso operacional (inclui operador de 80 kg e tanque de combustível cheio) kg 13.305 13.180 12.850 13.112 13.005 13.045 13.005 13.045
ESPECIFICAÇÃO PÁ CARREGADEIRA 426

MOTOR SISTEMA ELÉTRICO


Tipo Injeção direta de 4 tempos Tensão do sistema Volt 24
Modelo Cummins BTAA 5.9C Saída do alternador Ampere/hora 70
Capacidade litros 5,9 Capacidade da bateria Ampere/hora 2 x 110
Aspiração Turbo
Cilindros 6 SISTEMA HIDRÁULICO DA CARREGADEIRA
Potência bruta máxima, conforme SAE J1995/ISO 14396 kW (hp) a 2.000 rpm 113 (152) Tipo de bomba Bom bas de pistões axiais duplos, de deslocamento variável
Potência bruta nominal, conforme SAE J1995/ISO 14396 kW (hp) a 2.200 rpm 112 (150) Bomba 1, vazão máxima l/min 132
Potência líquida, conforme SAE J1349/EEC 80/1269 kW (hp) a 2.200 rpm 106 (146) Bomba 1, pressão máxima bar 250
Torque máximo Nm a 1.300 rpm 633 Bomba 2, vazão máxima l/min 132
Emissões Tier 2 Bomba 2, pressão máxima bar 160
Tempos de ciclo hidráulicos com o motor em rotação máxima Segundos
TRANSMISSÃO Elevar braços (caçamba cheia) 4,4
Fabricante e modelo ZF 4WG 160 Descarregar (caçamba cheia) 1,3
1ª marcha km/h 7,4 Abaixar braços (caçamba vazia) 2,7
2ª marcha km/h 14,5 Ciclo total 8,4
3ª marcha km/h 25,2
4ª marcha (somente à frente) km/h 37,9 CABINE Nível de ruído da cabine 73Lp
Relação de stall do conversor de torque 2,549:1
CAPACIDADES DE REABASTECIMENTO PARA SERVIÇO
EIXOS Sistema hidráulico litros 210
Tipo Diferenciais abertos com redução do eixo planetário (LSD opcional) Reservatório de combustível litros 230
Fabricante e modelo ZF MT-L3085 II (dianteiro) e ZF MT-L3075 II (traseiro) Cárter de óleo do motor litros 14
Relação total dos eixos 21,53:1 Sistema de óleo da transmissão litros 27
Oscilação do eixo traseiro 21° Óleo do eixo (dianteiro) litros 39
Óleo do eixo (traseiro) litros 37
DIREÇÃO Sistema hidráulico de direção prioritária, com sistema auxiliar de direção de emergência. Uma bomba de pistão axial mede Sistema de arrefecimento do motor litros 35
a vazão através da válvula da direção a 190 bar (2756 psi), exigindo menos esforço de direção. Ângulo de direção ± 40º.
Durante a fabricação do chassi, os cilindros hidráulicos de direção são posicionados no alto, para evitar danos. Coluna da
direção ajustável.
FREIOS Freios hidráulicos nas quatros rodas, pressão operacional de 80 bar (1160 psi). Circuito duplo com suporte de
acumulador, para segurança máxima sob todas as condições. Freios multidisco, em banho de óleo, montados no cubo,
com lonas de material orgânico, inofensivo ao meio ambiente. O freio de estacionamento, tipo disco mecânico, opera
sobre o eixo de saída da transmissão.

PNEUS Há várias opções disponíveis de pneus, inclusive:


20,5-25 SGG (L2). 20,5-25 SGL (L2). 20,5R25 RL-2+ (L2). 20,5R25 VUT (L2). 20,5R25 XLTA (L2). 20,5R25 VMT
(L3). 20,5R25 XHA (L3). 550/65R25 XLD (L3). 20,5R25 XRDIA (L4). 20,5R25 XMINED2 (L5). 20,5R25 RL-5K (L5).
620-75 MEGA XBIB. 750-75 MEGA XBIB.
PÁ CARREGADEIRA 426 ESPECIFICAÇÃO

EQUIPAMENTO Carregadeira: Mecanismo de retorno automático da caçamba, mecanismo limitador do braço da carregadeira, DIMENSÕES DA CARREGADEIRA - QUADRO COM GARFOS
PADRÃO neutralizador de controle da carregadeira, servocontrole de alavanca única, geometria de alto torque aliada a excelente
característica de visibilidade entre os braços. Força de desagregação com excelentes características de carga.
F
Motor: Filtro de ar de duplo estágio, tipo seco - ciclone com elemento principal e de segurança com pré filtro
turbo II, silencioso e escapamento vertical em aço, sedimentador, filtros de combustível com dois copos,
proteções da correia de acionamento do alternador e do ar condicionado. Conjunto de refrigeração isolado com
ventoinha de arrefecimento acionado hidraulicamente, com reversão automática.
Transmissão: Controle de mudanças com alavanca única, inibidor de velocidade, partida em neutro, desconexão
no pedal de freios e alavanca da carregadeira, interruptor de desconexão do interruptor do isolador, mudanças
de sentido de deslocamento e limitador no seletor de marchas e na alavanca de controle da carregadeira.
Eixos: Redução planetária final, eixo dianteiro fixo, eixo traseiro oscilante.
Freios: Freios multidisco em banho de óleo, com lonas de material orgânico, potência hidráulica de duplo
circuito. Freio de estacionamento a disco sobre o eixo de saída da transmissão.
Sistema hidráulico: Direção prioritária com bombas de pistões axiais duplos, com sistema auxiliar de direção
de emergência, circuito da carregadeira de 2 carretéis, com suporte de acumulador, circuito hidráulico auxiliar
de terceiro carretel, opcional. E
Direção: Coluna da direção ajustável, volante "macio ao toque" com 5 voltas de batente a batente,
ambos flexíveis.
Cabine: Fechada, estrutura de segurança ROPS / FOPS com ar condicionado, acendedor de cigarros, cinzeiro,
luz interna para leitura, luz-piloto principal instalada no centro. Painel de monitoramento eletrônico, com telas D
de mensagem de cristal líquido. Limpador e elevador do para-brisa dianteiro, intermitente, de duas velocidades
e parada automática, limpador e lavador do vidro traseiro de uma só velocidade e parada automática. Calefator
e desembaçador de 3 velocidades, com filtro de ar substituível, janelas de abertura esquerda e direita, para-sol,
dois espelhos retrovisores internos, espelhos externos, banco do operador com altura ajustável, cinto de
segurança de descanso para a cabeça, compartimentos para armazenamento de pertences do operador, vidro
A
laminado do para-brisa, vidro térmico traseiro, isolador de controle da carregadeira, buzina e encosto ajustável C
para braço. B
Sistema elétrico: Luzes de deslocamento, dianteiras e traseiras, luzes de estacionamento, luzes de trabalho
dianteiras e traseiras, luz e alarme de ré, luz de neblina traseira, isolador da bateria, fiação do radio e dos
alto-falantes, alternador de 70 Ah e farol giratório de advertência. DIMENSÕES DA CARREGADEIRA - QUADRO COM GARFOS
Estrutura: Paralamas dianteiro e traseiro, painéis laterais e de acesso, degrau inferior flexível, contrapeso Braço ZX
traseiro ao longo da largura total, engate do reboque, alças de levantamento.
Pressupõe-se que a máquina esteja equipada com pneus Michelin 20,5 R25 XHA (L3)
EQUIPAMENTO Eixos dianteiro e traseiro e diferenciais de deslizamento limitado, filtro de ar em banho de óleo, pré-filtro Largura do garfo para transporte mm 1.500
OPCIONAL eliminador de pó, pré-filtro com copo visível, proteção dos dentes, peças de desgaste da caçamba substituíveis, Comprimento dos garfos mm 1.220
alternador selado, alternador de 100 Ah, radiador / resfriadores pintados com tinta à base de epóxi. Tubos de A Alcance ao nível do solo mm 770
freio em aço inoxidável, sistema de direção suave (SRS), engate rápido hidráulico, para-lamas traseiros completos,
câmara para reversão (cor), luzes de trabalho dianteiras e traseiras adicionais, montadas na cabine, sistema de B Alcance dos braços na posição horizontal mm 1.545
autolubrificação, botões na alavanca do joystick para controle proporcional auxiliar , corta-centelhas, extintor C Abaixo do nível do solo mm -42
de incêndio, conversor de 24 V para 12 V na cabine, proteção do vidro do para-brisa, banco com suspensão D Braços, altura na horizontal mm 1.867
pneumática, venezianas dianteiras e traseira, aquecedor do bloco motor, fluido biodegradável e opção de filtração
E Braços, altura máxima mm 3.695
da cabine.
F Alcance na altura máxima mm 800
Capacidade de carga* kg 5.260
Carga de tombamento em linha reta kg 7.722
Carga de tombamento em giro total (40°) kg 6.575
Peso do acessório kg 440
*Distância no centro de gravidade 500 mm. Com base em 80% de uma carga de tombamento em giro total, conforme ISO 8313.
Espaçamentos manuais do garfo em incrementos de 50 mm. Seção do garfo 100 mm x 50 mm.
ESPECIFICAÇÃO PÁ CARREGADEIRA 426

CAPACIDADES DE CAÇAMBA SELEÇÃO DE CAÇAMBA – BRAÇO DE ALTURA PADRÃO


Material Densidade solta (kg/m³) Fator de enchimento (%)
Neve (recente) 200 110
2,7 Turfa (seca) 400 100
ZX Beterraba 530 100
Coque (solto) 570 85
Capacidade da caçamba (m3)

Cevada 600 85
2,3 Coque de petróleo 680 85
ZX Trigo 730 85
Carvão betuminoso 765 100
Fertilizante (misto) 1.030 85
2,1
Carvão mineral 1.046 100
ZX
Terra (seca) (solta) 1.150 100
Fertilizante (nitrato) 1.250 85

1,9 Cloreto de sódio seco (sal) 1.300 85

ZX Cimento Portland 1.440 100


Pedra calcária (triturada) 1.530 100
1.000 1.200 1.400 1.600 1.800 2.000 2.200 2.400 Areia (seca) 1.550 100
ZX = Articulação em Z. Densidade do material (kg/m ) 3 Asfalto 1.600 100
Cascalho (seco) 1.650 85
Argila (molhada) 1.680 110
Areia (molhada) 1.890 110
100% Argila refratária 2.080 100
Cobre (concentrado) 2.300 85
Ardósia 2.800 100
110% 95% Magnetita 3.204 100
Fatores de enchimento da caçamba
Dist
ribuidor
excl
us i
voJCBpar
a:
Bel
oHor
izont
e Ri
odeJanei
ro Uber
lândi
a Goi
âni
a Br
así
l
ia
MinasGerai
s (
31)3389.
3050 (
21)351
4.6900 (
34)3228.
0000 (
62)341
2.1
303 (
61)3246.
5750
RiodeJaneiro
Goiás
Tocanti
ns
Dist
rit
oFederal
www.
val
encemaqui
nas.
com.
br