Você está na página 1de 21

POTÊNCIA TRIFÁSICA

Fonte: Introdução à Análise de 147


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA

Carga Balanceada conectada em y


Potência Média

Fonte: Introdução à Análise de 148


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA

Carga Balanceada conectada em y


Potência Reativa

Fonte: Introdução à Análise de 149


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA

Carga Balanceada conectada em y

Potência Aparente

Fonte: Introdução à Análise de 150


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA

Carga Balanceada conectada em y

Fator de Potência

(adiantado ou atrasado)

Fonte: Introdução à Análise de 151


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: Exercícios
Para a carga conectada em Y mostrada a seguir, pede-se:
a) Encontre a sua potência média por fase e a potência total
b) Determine a sua potência reativa por fase e a potência reativa total
c) Encontre a sua potência aparente por fase e a potência aparente total
d) Encontre o fator de potência da carga

Fonte: Introdução à Análise de 152


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: Exercícios

Fonte: Introdução à Análise de 153


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA:

Carga Balanceada conectada em ∆

Potência Média

Fonte: Introdução à Análise de 154


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA:

Carga Balanceada conectada em ∆

Potência Reativa

Fonte: Introdução à Análise de 155


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA:

Carga Balanceada conectada em ∆


Potência Aparente

Fator de Potência

Fonte: Introdução à Análise de 156


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: (Exercícios)
Para a carga balanceada conectada em ∆-Y mostrada a seguir, pede-se:
a) Encontre a sua potência média total
b) Encontre a sua potência reativa total
c) Encontre a sua potência aparente total
d) Encontre o fator de potência da carga

Fonte: Introdução à Análise de 157


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: (Exercícios)

Fonte: Introdução à Análise de 158


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: (Exercícios)
Cada linha de transmissão do sistema trifásico, a três fios, da figura mostrada a seguir
possui uma impedância de (15 + j.20) Ω. O sistema entrega uma potência total de 160 kW
em 12.000 V para uma carga trifásica balanceada, com um fator de potência de 0,86
atrasado.Pede-se:
a) Determine a amplitude da tensão de linha EAB do gerador
b) O fator de potência total da carga aplicada ao gerador
c) Qual a eficiência do sistema?

Fonte: Introdução à Análise de 159


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: (Exercícios)

Fonte: Introdução à Análise de 160


Circuitos - Boylestad
POTÊNCIA TRIFÁSICA: (Exercícios)

Fonte: Introdução à Análise de 161


Circuitos - Boylestad
Método dos 3 Wattímetros

Fonte: Introdução à Análise de 162


Circuitos - Boylestad
Método dos 2 Wattímetros

Fonte: Introdução à Análise de 163


Circuitos - Boylestad
Método dos 2 Wattímetros

Fonte: Introdução à Análise de 164


Circuitos - Boylestad
Exemplo:
Para a carga desbalanceada conectada em ∆ mostrada a seguir, com 2
Wattímetros conectados de maneira apropriada,pede-se:
a) Determine a amplitude e o ângulo das correntes de fase
b) Determine a amplitude e o ângulo das correntes de linha
c) Determine a leitura indicada por cada wattímetro
d) Calcule a potência total absorvida pela carga
e) Compare o resultado obtido no item (d) com a potência total calculada usando
as correntes de fase e os elementos resistivos

Fonte: Introdução à Análise de 165


Circuitos - Boylestad
Exemplo: (Resposta)

Fonte: Introdução à Análise de 166


Circuitos - Boylestad
FIM

FONTE:

INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE CIRCUITOS


(BOYLESTAD)

Fonte: Introdução à Análise de 167


Circuitos - Boylestad