Você está na página 1de 16

Partidos

Partidos
- Competição eleitoral é competição partidária
- Integração do sistema político
-  Partidos antigos e novos
Os aspectos da organização partidária
-  Ganhar o poder através das eleições e implantar a “sua” política
pública
-  A necessidade de organização
-  Os três grandes estágios da organização partidária
-  1) Elites: Século XIX
-  2) Partidos de massa: Século XX. Ampliação do apelo eleitoral
-  3) “Catch-all”: Início na década de 1970. Disseminação na América
Latina
Partidos
Características recentes
-  Mídia: Ampliação das TIC. Redução da necessidade de
encontros de massa. Líderes que buscam flexibilidade e
rapidez
-  Cartel: Colaboram uns com os outros por recursos estatais.
Buscam a carreira e continuidade de seus líderes.
-  Partidos profissionais-eleitorais: Políticos profissionais. Lei de
ferro das oligarquias (Michels).
Política e organização partidária: Ideológica ou técnica?
Partidos
Novos partidos e movimentos
-  “Novas” formas de governo: Meio ambiente, paz, feminismo,
armas nucleares e energia, direitos dos animais, participação
comunitária e grupos minoritários
-  Apoiado pelos jovens, relativamente abastados e com alto
grau de instrução
-  Usam métodos políticos diferentes, incluindo ação
comunitária, protestos e demonstrações violentas
-  Oposição aos métodos tradicionais (anti-partidos)
-  Especulações: Crise na política partidária e desestabilização
da política convencional
Partidos
- Partidos eram advogados da “nova” agenda (sem colocar
como prioridade)
-  Fusão da “velha” e “nova” política
-  Adaptação dos velhos partidos a novas práticas
-  Novos partidos “desafiam” aos velhos
-  Tendência a continuidade do que ruptura do sistema
Sistemas partidários e ligação ideológica
-  Características comuns
-  Programas políticos semelhantes
Partidos
-  Partidos socialistas; incluem: social-democratas, trabalhistas,
nova esquerda, ex-comunistas
-  Partidos democratas cristãos: Presença na Europa e América
Latina
-  Partidos agrários: Perda relativa de importância: políticos
migraram para outros partidos e se organizaram em grupos
de interesse
-  Partidos liberais: Forte na Europa, Canadá, Austrália, Nova
Zelândia. Fracos na África, Ásia e América Latina
-  Partidos conservadores: Conservadores, nacional ou
moderados (nomes)

Partidos
-  Nacionalistas, regionais ou de grupos minoritários: Variam de
posições políticas radicais, seja à esquerda ou à direita.
Trabalham pela independência de uma região ou
independência do governo central entre outros aspectos.
-  Partidos verdes: Presentes na esquerda e direita, advogam a
proteção do meio ambiente e sustentabilidade.
Sistemas partidários
-  Partidos tendem a “refletir” as diferenças sociais (em
número)
-  Ex: Classe e religião. Um partido representa a classe média e a
sua religião, os outros a classe trabalhadora e partidos de
religiões diferentes ou seculares
-  Distinção entre sistemas:
-  De partido único (raros);
-  Bipartidário (frequente);
-  Multipartidário (mais comum).
Coalizões
•  Coalizão: Grupo de partidos que unidos formam o governo
•  Se nenhum partido possui maioria absoluta no parlamento, se
forma uma coalizão
•  Negociação longas e complexas. Muitas vezes as alianças são
negociadas antes das eleições (coalizões eleitorais)
•  Voto de não confiança: Governo deve renunciar, mas
permanece até que seja formado um novo
•  Minimum Wining Coalition (MWC) – Número mínimo de
partidos necessários para compor maioria (parlamento)
•  ‘Oversized’ – Maior que a MWC
•  ‘Grand’ – Oversized incluindo todos os partidos ou os
maiores (durante crises)
Teorias sobre partidos
•  Lei de ferro das oligarquias (Robert Michels, 1911)
•  - Partidos tendem a ser governados por minorias
•  - Organização de grande escala: Partidos, grupos de pressão,
sindicatos, organizações religiosas, universidades
•  - Líderes são mais organizados, melhor informados, controlam
os meios de comunicação interna
•  - Psicologicamente, as massas depositam confiança no líder
porque não possuem (ou não querem) tempo e organização;
Precisam de liderança e “orientação”
•  - Líderes geralmente são melhor pagos e possuem mais status
do que seus seguidores
Teorias sobre partidos
•  Max Weber: Ditadura do “oficial”
•  Profissionais experientes, “full-time”, dominam os
inexperientes
•  Respostas (críticas) aos postulados Michels-Weber
•  Algumas organizações privadas não são oligárquicas
•  As competição pode ser democrática
•  Lei de Duverger
•  Relação entre sistemas eleitorais e partidos
•  Único membro por distrito => Bipartidarismo
•  Múltiplos membros (representação proporcional) =>
Multipartidarismo
Governo consensual e majoritário

•  Características da democracia majoritária


•  - Favorecem único membro por distrito e FPTP. Sistema
favorece grandes partidos ao invés de pequenos
•  - Sistema bipartidário
•  - Governo de partido único: O partido com a maioria dos
votos é o governo. Todos os outros viram oposição
•  - Sistema plural de grupos de pressão
•  Características do governo consensual
•  - Sistemas eleitorais proporcionais: Distribui os assentos mais
ou menos na mesma proporção dos votos
•  - Sistema multipartidário: Não desencoraja partidos menores
•  - Governos de coalização
Governo consensual e majoritário
•  - Sistema de grupos de pressão corporativista: Grandes
grupos de pressão terminam sendo incorporados na máquina
do governo
•  Diferenças na performance entre as duas categorias
•  - Democracias consensuais são mais próximas às preferências
políticas dos cidadãos do que as majoritárias
•  - Cidadãos nas democracias consensuais estão mais satisfeitos
com a performance democrática
•  - Democracias consensuais possuem um nível de
comparecimento eleitoral maior (7,5%)
•  - Há mais mulheres no parlamento nas democracias
consensuais
•  - Número de partidos efetivos