Você está na página 1de 3

1º Simulado PRF – CONCURSEIROS

27/01/2017
Por: Gilton/Renata
Aos Futuros PRFs

Direito Penal
01 - (CESPE – 2013 - TJ-RR – TITULAR NOTARIAL - ADAPTADA)
Decorre do princípio da ofensividade a vedação ao legislador de
criminalizar condutas que causem potencial lesão a bem jurídico
relevante. C/E?

02 - (CESPE – 2013 - TJ-RR – TITULAR NOTARIAL - ADAPTADA)


De acordo com o entendimento do STF, para a incidência do princípio da
insignificância, basta que a conduta do agente tenha mínima
ofensividade. C/E?

03 - (CESPE – 2013 – TJ-BA – TITULAR NOTARIAL)


O direito penal só deve se preocupar com a proteção dos bens jurídicos
mais essenciais à vida em sociedade, constituindo a sua intervenção a
ultima ratio, ou seja, tal intervenção somente será exigida quando não se
fizer suficiente a proteção proporcionada pelos demais ramos do direito.
Tal conceito tem relação com o princípio da
a) anterioridade.
b) reserva legal.
c) intervenção mínima.
d) proporcionalidade.
e) intranscendência.

04 – (CESPE – 2011 – TRE-ES – ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA


JUDICIÁRIA)
A lei penal que beneficia o agente não apenas retroage para alcançar o
fato praticado antes de sua entrada em vigor, como também, embora
revogada, continua a reger o fato ocorrido ao tempo de sua vigência. C/E?

05 – (CESPE – 2012 – TJ-AC – TÉCNICO JUDICIÁRIO)


Dado o princípio da legalidade, o Poder Executivo não pode majorar as
penas cominadas aos crimes cometidos contra a administração pública
por meio de decreto. C/E?
06 - (CESPE/UnB – 2011 – TER-ES – ANALISTA JUDICIÁRIO –
ÁREA JUDICIÁRIA)
A lei penal que beneficia o agente não apenas retroage para alcançar o
fato praticado antes de sua entrada em vigor, como também, embora
revogada, continua a reger o fato ocorrido ao tempo de sua vigência. C/E?

07 - (CESPE – 2008 – PC/TO – DELEGADO DE POLÍCIA)


Na hipótese de o agente iniciar a prática de um crime permanente sob a
vigência de uma lei, vindo o delito a se prolongar no tempo até a entrada
em vigor de nova legislação, aplica-se a última lei, mesmo que seja a mais
severa. C/E?

08 - (CESPE - 2013 - PC-BA - INVESTIGADOR DE POLÍCIA)


Julgue os itens seguintes, com relação ao tempo, à territorialidade e à
extraterritorialidade da lei penal.
A extraterritorialidade da lei penal condicionada e a da incondicionada
têm como elemento comum a necessidade de ingresso do agente no
território nacional. C/E?

09 - (CESPE - 2013 - TJ-DF - TÉCNICO JUDICIÁRIO - ÁREA


ADMINISTRATIVA
De acordo com o Código Penal, considera-se praticado o crime no
momento em que ocorreu seu resultado. C/E?

10 - (CESPE – 2014 – TJ/SE – TÉCNICO)


A respeito do princípio da legalidade, da relação de causalidade, dos
crimes consumados e tentados e da imputabilidade penal, julgue os itens
seguintes.
É legítima a criação de tipos penais por meio de decreto. C/E?

11 - (CESPE – 2009 – SEJUS/ES – AGENTE PENITENCIÁRIO)


A tipicidade, elemento do fato típico, é a correspondência entre o fato
praticado pelo agente e a descrição de cada espécie de infração contida
na lei penal incriminadora, de modo que, sem tipicidade, não há
antijuridicidade penal, pois, comportadas as exclusões legais, todo fato
típico é antijurídico. C/E?

12 - (CESPE – 2009 – DPF – AGENTE DA POLÍCIA FEDERAL)


São elementos do fato típico: conduta, resultado, nexo de causalidade,
tipicidade e culpabilidade, de forma que, ausente qualquer dos elementos,
a conduta será atípica para o direito penal, mas poderá ser valorada pelos
outros ramos do direito, podendo configurar, por exemplo, ilícito
administrativo. C/E?

13 - (CESPE – 2010 – ABIN - OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA)


Em relação à aplicação da lei penal e aos diversos aspectos do crime,
julgue o item seguinte.
Nos crimes omissivos próprios e impróprios, não há nexo causal, visto
que inexiste resultado naturalístico atribuído ao omissor, que responde
apenas por sua omissão se houver crime previsto no caso concreto. C/E?
14 - (CESPE – 2009 – PC/RN – AGENTE DE POLÍCIA)
Exclui-se a culpabilidade do agente
A) que falece após a ocorrência do fato.
B) inteiramente incapaz ao tempo do fato.
C) que age em estrito cumprimento do dever legal.
D) portador de perturbação mental após o fato.
E) maior de 70 anos de idade na data da sentença.

15 - (CESPE – 2011 – PC/ES – ESCRIVÃO DE POLÍCIA)


A falta de consciência da ilicitude, se inevitável, exclui a culpabilidade.
C/E?

VAMOS PERTENCER!