Você está na página 1de 94

ANALISE CA

Radianos
Encontrar o valor de ângulo em radianos de cada ângulo abaixo:

45°
Velocidade angular- ω
𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉 𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒
𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷𝐷 𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝 𝐶𝐶 𝑚𝑚
𝑉𝑉𝑉𝑉 = = , ( ⁄𝑠𝑠)
𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇 𝑇𝑇

𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉𝑉 Angular

𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴𝐴 𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝 𝜃𝜃
𝜔𝜔 = = , (𝑅𝑅𝑅𝑅𝑅𝑅�𝑠𝑠)
𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇𝑇 𝑇𝑇
Velocidade angular
𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎 2𝜋𝜋
𝜔𝜔 = =
ω 𝑡𝑡𝑡𝑡𝑡𝑡𝑡𝑡𝑡𝑡 𝑇𝑇

2𝜋𝜋 1
𝜔𝜔 = T=
𝑇𝑇 𝑓𝑓

𝜔𝜔 = 2𝜋𝜋𝜋𝜋
exercício
1) No Brasil, é gerada em suas usinas, dois valores frequência dependendo da região, 50Hz e 60 Hz. Calculo o Período e
A velocidade angular para ambos os valores.

2)
FASORES
Função seno
𝑣𝑣 𝛼𝛼 = 𝑉𝑉𝑉𝑉 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠(angulo)
𝑣𝑣 𝛼𝛼 = 𝑉𝑉𝑉𝑉 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠(α)
𝛼𝛼 𝑒𝑒𝑒𝑒 𝑔𝑔𝑔𝑔𝑔𝑔𝑔𝑔𝑔𝑔
Função seno
𝑣𝑣 𝛼𝛼 = 𝑉𝑉𝑉𝑉 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠(angulo)
𝑣𝑣 𝑡𝑡 = 𝑉𝑉𝑉𝑉 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠(𝜔𝜔𝜔𝜔)
𝜔𝜔𝜔𝜔 é 𝑢𝑢𝑢𝑢 𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎 ?

𝑟𝑟𝑟𝑟𝑟𝑟
𝜔𝜔𝜔𝜔 = 𝑥𝑥 𝑠𝑠
𝑠𝑠

𝜔𝜔𝜔𝜔 = rad
• Em um circuito linear , a tensão de alimentação , v(t),é conforme a
equação abaixo, encontre o que se pede a seguir:
• valor de pico e valor eficaz
• frequência angular;
• frequência da fonte;
• período
• V(α) para 30°, 45°, 90°, 270°
• gráfico
v(t)=100 sen(120πt) V
• Em um circuito linear , a corrente de alimentação , i(t),é conforme a
equação abaixo, encontre o que se pede a seguir:
• valor de pico e valor eficaz
• frequência angular;
• frequência da fonte;
• período
• i(t) para 0,5ms; 1ms; 0,25ms; 1,25ms;
• gráfico
i(t)=50 sen(1000πt) A
F(X) F(Y) F(Z)

90 90

F(Y) =F(X) Para F(Y) alcançar F(X), temos que acrescentar 90 a F(Y) F(Y+90) =F(X)

F(Y) =F(Z) Se F(Y) atrasar até F(Z), temos que diminuir 90 a F(Y) F(Y-90) =F(Z)
OK aprendemos a comparar dois angulos
As funções seno e cosseno estão defasadas entre
si por um distancia em ângulo de 90°.
Seno e cosseno
Seno e Cosseno

Funçao seno Função cosseno


sen0° 0 Cos(-90°) 0
Sen30° 0,5 Cos(-60°) 0,5
Sen 90° 1 cos 0° 1

cos 𝛼𝛼 − 90° = 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠 𝛼𝛼

𝑠𝑠𝑠𝑠 𝑛𝑛 𝛼𝛼 + 90° = cos 𝛼𝛼


seno cos
•(𝛼𝛼 + 90°) se acrescento 90° ao ângulo α , significa dizer que estou
adiantando 90°, logo estou deslocando a função seno 90° a frente,
coincidindo com a função cosseno
• 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠 𝛼𝛼 + 90° = cos(𝛼𝛼) ,

Seno e Cosseno Ângulo cos 𝛼𝛼 𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠𝑠(𝛼𝛼 + 90°)


α
-90 Cos (-90) Sen(-90+90)

-60 Cos(-60) Sen(-60+90)

-30 Cos(-30) Sen(-30+90)

0 Cos(0) Sen(0+90)

senA cos
• Qual a defasagem das formas de onda abaixo?
• resposta

𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑 = 𝛼𝛼1 + 𝛼𝛼2

𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑 = 50° + −30°

𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑𝑑 = 80°
DIAGRAMA FASORIAL
α U=sen(α +0°)
0 0,00

30 0,50

45 0,71

• Vamos chamar ωt=α e traçar o gráfico U x α 60

90
0,87

1,00

U 120 0,87
1,00
150 0,50

180 0,00
sen(α+0°)
190 -0,17
0,50
210 -0,50

ωt 240 -0,87

0,00 270 -1,00


-180-150-120 -90 -60 -30 0 30 60 90 120 150 180 210 240 270 300 330 360 280 -0,98

290 -0,94
-0,50
300 -0,87

330 -0,50

-1,00 360 0,00


α U=sen(α +60°)

0 0,87

30 1,00

ωt =α e traçar o gráfico V x α
45 0,97

• Vamos chamar 60 0,87

V
90 0,50

1,00 120 0,00

150 -0,50
sen(α+60°)
180 -0,87
0,50
190 -0,94

210 -1,00

0,00
ωt 240 -0,87

270 -0,50
-180 -150 -120 -90 -60 -30 0 30 60 90 120 150 180 210 240 270 300 330 360
280 -0,34

-0,50 290 -0,17

300 0,00

330 0,50
-1,00
360 0,87
Título do Gráfico
1,50

1,00

0,50

60°
0,00

-180 -150 -120 -90 -60 -30 0 30 60 90 120 150 180 210 240 270 300 330 360

-0,50

-1,00

-1,50
O Ângulo do gráfico em laranja corresponde sen(α+0°) sen(α+60°)
Ao ângulo do gráfico em azul somado a 60°, logo o gráfico
Em laranja está adiantado em relação ao azul
DIAGRAMA FASORIAL

Outra forma de representar um sinal senoidal através de um vetor


girante de amplitude igual ao valor de pico (Vp) do sinal, girando
no sentido anti-horário com velocidade angular ω
• Problema 51-1 Fonte: Problema 29 - pag. 402 - BOYLESTAD,
Robert - Livro: Introdução à Análise de Circuitos - 10ª edição - Ed.
Pearson Education do Brasil - 2004.
• Calcule a diferença de fase entre as formas de onda de cada par a
seguir, Represente cada questão pelo diagrama fasorial:
• a) v = 4 sen (ωt + 50°) e i = 6 sen (ωt + 40°)
• b) v = 25 sen (ωt - 80°) e i = 5 sen (ωt - 10°)
• c) v = 2 sen (ωt - 60°) e i = 1 sen (ωt + 20°)
• d) v = 30 sen (ωt - 210°) e i = 25 sen (ωt - 60°)
• Problema 51-2 Fonte: Problema 30 - pag. 403 - BOYLESTAD,
Robert - Livro: Introdução à Análise de Circuitos - 10ª edição - Ed.
Pearson Education do Brasil - 2004.
• Calcule a diferença de fase entre as formas de onda de cada par a
seguir, represente todos as questões em um único diagrama fasorial:
• a) v = 2 cos (ωt - 30°) e i = 5 sen (ωt + 60°)
• b) v = sen (ωt + 20°) e i = 10 sen (ωt - 70°)
• c) v = 4 cos (ωt + 90°) e i = 2 sen (ωt + 10°)
Números complexos
NUMEROS COMPLEXOS

4 = ±2 , pois 22 = 4 , −22 = 4

−4 =??? , não existe resposta no conjunto real, somente no conjunto dos


Números complexos
• Nos complexos utilizamos a relação:
• −1 = 𝑗𝑗 ou −1= i
No exemplo anterior:

−4 = 4𝑥𝑥(−1) = 4 𝑥𝑥 −1 = ±2𝑗𝑗
PLANO DE ARGAND GAUSS
FORMA RETANGULAR

𝑍𝑍 = 𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁𝑁 𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶
𝑋𝑋 = 𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃 𝑅𝑅𝑅𝑅𝑅𝑅𝑅𝑅
𝑌𝑌 = 𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃𝑃 𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼𝐼
EXEMPLO

1.z=2+2i é representado pelo ponto (2,2)


2.z=-2+2i é representado pelo ponto (-2,2)
3.z=3-2i é representado pelo ponto (3,-2)
4.z=-2-3i é representado pelo ponto (-2,-3)
FORMA POLAR

Z=NUMERO COMPLEXO
|Z|=MODULO DO NUMERO COMPLEXO
Φ= ARGUMENTO
OPERAÇOES COM COMPLEXOS
• PARA SOMA E SUBTRAÇÃO: FORMA RETANGULAR
• PARA MULTIPLICACAO E DIVISAO : FORMA POLAR
SOMA E SUBTRACAO
MULTIPLICAÇAO E DIVISÃO
A partir de 1800, os NC passaram a ser utilizados
em Mecânica dos Fluidos e na ELETRICIDADE
(análise de circuitos em corrente alternada).
Exercicios
• Dadas as seguintes impedâncias em ohms:
• 𝑍𝑍1 = 10 + 𝐽𝐽𝐽 𝐸𝐸 𝑍𝑍2 = 5 − 𝐽𝐽𝐽
• Faça a adição Z1+ Z2
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 𝑍𝑍1 + 𝑍𝑍2 = 10 + 𝐽𝐽𝐽 + 5 − 𝐽𝐽𝐽
= 10 + 5 + 𝐽𝐽 6 − 3 =
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 15 + 𝐽𝐽𝐽
• Faça a subtração Z1- Z2
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 𝑍𝑍1 − 𝑍𝑍2 = 10 + 𝐽𝐽𝐽 − 5 − 𝐽𝐽𝐽
= 10 − 5 + 𝐽𝐽 6 + 3 =
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 5 + 𝐽𝐽9
Exercicios
• Dadas as seguintes impedâncias em ohms:
• 𝑍𝑍1 = 10 + 𝐽𝐽𝐽 𝐸𝐸 𝑍𝑍2 = 5 − 𝐽𝐽𝐽
• Faça a multiplicação Z1 * Z2
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 𝑍𝑍1 ∗ 𝑍𝑍2 = 10 + 𝐽𝐽𝐽 ∗ 5 − 𝐽𝐽𝐽
= 10 ∗ 5 − 𝐽𝐽 10 ∗ 3 + 𝑗𝑗 6 ∗ 5 − 𝑗𝑗 2 (6 ∗ 3) =
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 50 − 𝑗𝑗𝑗𝑗 + 𝑗𝑗𝑗𝑗 + 18 =
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 50 + 18 + 𝑗𝑗 30 − 30 = 68 + 𝑗𝑗𝑗 = 68
𝑍𝑍𝑅𝑅 =68
Transformando Z=68+j0 para polar:
𝑍𝑍𝑅𝑅 = 68 < 0°
Exercicios
• Dadas as seguintes impedâncias em ohms:
• 𝑍𝑍1 = 10 + 𝐽𝐽𝐽 = 11, 7 < 30,96° 𝐸𝐸 𝑍𝑍2 = 5 − 𝐽𝐽𝐽 = 5,8 < −30,96°
• Faça a multiplicação Z1 * Z2
𝑍𝑍𝑅𝑅 = |𝑍𝑍1 | ∗ 𝑍𝑍2 < 30,96° + (−30,96°

= 11,7 ∗ 5,8 < 30,96° + (−30,96°

𝑍𝑍𝑅𝑅 = 68 < 0°
• O produto (5 + 7i) (3 – 2i) vale:
• a) 1 + 11i
b) 1 + 31i
c) 29 + 11i
d) 29 – 11i
e) 29 + 31i
• Dados z1 = -1-3i e z2 = 2 -5i, calcule:
• a) Z1+ z2
• b) z1-z2
• c) z1.z2
• d) 2z1 - 3z2
• 2) Determine o módulo e o argumento dos seguintes complexos:
• a) 4+3i
• b) 2-2i
• c) 3+i
• d) 3
• e)2i
• f) 3-4i
Dados os sinais senoidais , determine:
• a) v(t) = 50 sen (1000t + 30°) V
• forma polar:
V=Vp<α
V=50 < +30° V
• Forma retangular:
V=a + jb
a=50 cos30°=43,30
b=50sen30°=25
V= 43,30 + j25 V
b) i(t) = 2 sen (377t – 45°) A
c) v(t) = 180 sen (377t + 90°) V
d) i(t) = 10 sen (500t – 90°) A
e) v(t) = 75 sen 800t
• TEMOS OS SEGUINTES FASORES TENSÃO E IMPEDANCIA
V=10<0° Z=2<60°
CALCULE A CORRENTE PELA LEI DE OHM
𝑉𝑉
𝐼𝐼 =
𝑍𝑍
60° 0°

10 < 0°
𝐼𝐼 =
2 < 60°
Vale lembrar
𝑉𝑉 = 𝑉𝑉𝑉𝑉 ⎿ 𝛼𝛼 , 𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝 𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣 𝑑𝑑𝑑𝑑 𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝

𝑉𝑉̇ = 𝑉𝑉𝑒𝑒𝑒𝑒 ⎿ 𝛼𝛼 , 𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝𝑝 𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣𝑣 𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒𝑒


REATANCIA
• REATANCIA INDUTIVA(“RESISTENCIA” DO INDUTOR)

𝑋𝑋𝐿𝐿 = 𝜔𝜔𝜔𝜔 𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂 𝜔𝜔 = 2𝜋𝜋𝜋𝜋

• REATANCIA CAPACITIVA(“RESISTENCIA” DO CAPACITOR)


1
𝑋𝑋𝐶𝐶 = − 𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂𝑂 𝜔𝜔 = 2𝜋𝜋𝜋𝜋
𝜔𝜔𝜔𝜔
INDUTOR IDEAL EM CA
• Corrente atrasada de 90°
em relação a tensão

v= 𝑉𝑉∠0°

𝑖𝑖 = 𝐼𝐼𝐼 − 90°
-90° VL
IL
D) DIAGRAMA FASORIAL
Circuito RL serie • IMPEDANCIA

• REATANCIA

• LEI DE OHM
Determinar a reatância indutiva, a impedância do
circuito, a corrente, as tensões sobre a resistência
e indutor do circuito a seguir.
Calcular a impedância, a corrente, as tensões
sobre o resistor e indutor e o valor do indutor do
seguinte circuito abaixo:
Calcular a reatância indutiva, a impedância, a
corrente e as tensões sobre o resistor e
indutor. Dado o seguinte circuito.
Dado o circuito abaixo, determine os
seguintes parâmetros:
Circuito RL paralelo
CALCULE: CORRENTE NO RESISTOR, CORRENTE NO
INDUTOR, CORRENTE TOTAL,REATANCIA
INDUTIVA,VALOR DO INDUTOR
30Ω
CIRCUITO RC SERIE
Calcular a corrente, tensão sobre R, tensão sobre
C, frequência e o valor do capacitor do circuito a
seguir.
Calcular os seguintes parâmetros: a impedância, a
corrente, tensão sobre a resistência, tensão sobre
o capacitor, o valor do capacitor e a frequência do
circuito abaixo:
CIRCUITO RC PARALELO
• Corrente no Capacitor

• Corrente total

• Impedância equivalente
• Corrente no resistor

• Valor do capacitor
Circuito RLC – Série (CA)
• Lei de Ohm

• Impedância
Circuito RLC – Série (CA)
• Neste tipo de circuito podemos ter três situações
distintas:
1ª) X L > X C → circuito indutivo
2ª) X C > X L → circuito capacitivo
3ª) X L = X C → circuito resistivo (circuito ressoante).
• Nesta condição, X L = X C o efeito capacitivo anula o
efeito indutivo e o circuito se comporta como um
circuito puramente resistivo.
• Essa condição de X L = X C ocorre numa determinada
frequência, denominada Frequência de Ressonância
(f0).
• Essa frequência pode ser calculada através da
expressão abaixo:
1) Verificar se o circuito é capacitivo, indutivo, ou
resistivo. E calcular a impedância, a corrente, as
respectivas tensões sobre o resistor, indutor e
capacitor. • Tensão, reatâncias indutiva e capacitiva
• Corrente

• Tensões sobre resistor, indutor e capacitor

• Impedância
2) DADOS: • Reatância capacitiva e indutiva

XC > XL ↔ 6250 > 4800 → circuito é capacitivo

• Impedância

• Tensão da fonte
Na forma polar
• Corrente

• Quedas de tensão
Circuito RLC – Paralelo (CA)
EXEMPLO
• Corrente total

• Impedância total

• Correntes no resistor, indutor e capacitor


• Valor do indutor

• Valor do capacitor
Exercício-1 • (1) Cálculos de correntes

• (2) Impedância equivalente • 4 Valor do capacitor

• 3 Valor do indutor • 5 Frequência de ressonância