Você está na página 1de 5

Conceitos fundamentais Analógico x digital

• Organização: • A generalidade das grandezas com que nos


– Analógico x digital confrontamos são de natureza analógica (e.g.
– Representação digital de grandezas analógicas temperatura, humidade, etc.)
– Códigos de numeração • As grandezas analógicas variam de forma contínua,
– Aritmética binária ao passo que as digitais variam de forma discreta
– Outros códigos (Gray, BCD, ASCII, UPC) (como varia a altura a que se encontra uma pessoa
– Funções lógicas elementares que sobe uma rampa ou uma escada?)
– Álgebra de Boole
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 1 Noções elementares de electrónica digital - 2

Vantagens e desvantagens Representação digital de


do analógico e digital grandezas analógicas
• Existem vantagens e desvantagens em converter • A qualidade da representação digital prende-se com
uma grandeza de analógico para digital: dois factores principais: número de níveis da
– Uma vantagem: simplifica o tratamento da grandeza representação discreta e número de amostras
considerada (porquê?) por unidade de tempo
– Uma desvantagem: perde-se informação ao realizar a
conversão (porquê?)

Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 3 Noções elementares de electrónica digital - 4
Representação digital de Imagens (número de bits
imagens (número de pixels) por pixel)

8 bits 4 bits

350 x 500 175 x 250 70 x 100 35 x 50


(metade) (5 vezes (10 vezes
menos) menos)
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
2 bits 1 bits
Noções elementares de electrónica digital - 5 Noções elementares de electrónica digital - 6

Sistemas posicionais de O sistema binário


numeração
• O sistema decimal é sistema posicional, onde cada • A representação de números em binário segue as
dígito representa o coeficiente de uma potência de mesmas regras da representação decimal (cada
base 10 (1.492 = 1x103 + 4x102 + 9x101 + 2x100) dígito representa o coeficiente de uma potência de
• O sistema romano de numeração também é base 2)
posicional, mas o facto de não haver um peso • Do mesmo modo que a representação decimal usa
associado a cada posição dificulta as operações… dez dígitos (0 a 9), a representação binária usa dois
(quanto vale MCMLIX + XLIV?) dígitos (0 e 1): 10111010100 B

Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 7 Noções elementares de electrónica digital - 8
Conversão entre bases Aritmética binária
• Sabendo que cada dígito representa o coeficiente da • As quatro operações básicas realizam-se de forma
potência associada à base de numeração, torna-se semelhante àquela que já conhecemos do sistema
fácil a conversão entre bases: decimal: 1 1 0 1 1 0 1 1 0
– 10111010100 B: 1x210 + 0x29 + 1x28 + 1x27 + 1x26 + 0x25 + 1 1 0 1 1 0 1 1 0
+ 1x24 + 0x23 + 1x22 + 0x21 + 0x20 D 1 1 0 1 1 0 1 1 0 0
– E para realizar a conversão inversa (de decimal para
1 1 0 1 1 0 1 1 0
binário)?
– E se pretendermos converter de / para hexadecimal? • E se se tratasse de uma multiplicação?
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 9 Noções elementares de electrónica digital - 10

A representação em Outros códigos (Gray, BCD,


complemento para 2 ASCII, UPC)
• A representação em complemento para 2 facilita a • Existem diversos códigos binários, criados para
realização de operações aritméticas com sinal responder a necessidades em diversos domínios:
• Para obter –X a partir de X temos duas alternativas: – Gray: varia apenas um bit de cada vez
– Complementar todos os bits e somar 1 – BCD: facilita a entrada / saída de informação, por
– Lendo da direita para a esquerda, manter o valor da cada representar em binário apenas os valores decimais
bit até se encontrar o primeiro 1 (inclusive); a partir daí, – ASCII (American Standard Code for Information
complementar todos os bit Interchange): para representar texto
• Experimente realizar a operação 57 + (-12) – UPC (Universal Product Code): para facilitar a
etiquetagem de produtos
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 11 Noções elementares de electrónica digital - 12
Emissor de luz
Receptor

Código de Gray BCD (Binary-Coded


Decimal)
• Considere-se o uso de uma régua • A entrada / saída de dados numéricos é normalmente
com zonas transparentes e opacas, para codificar a feita na forma decimal, para evitar a necessidade de
posição decorrente de um deslocamento linear converter para / de binário (e.g. considere o exemplo
• O que poderá suceder se os emissores / receptores de visualizarmos uma contagem binária em 8 bits)
de luz não estiverem exactamente alinhados? • O código BCD usa quatro bits para representar os
• O código de Gray elimina este problema, já que os dez dígitos decimais (0 a 9)
códigos consecutivos diferem apenas num bit (que • O que deverá acontecer se nestes quatro bits
alterações teriam lugar no desenho da régua?) surgirem códigos superiores a 9?
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 13 Noções elementares de electrónica digital - 14

ASCII (American Standard Código de barras UPC


Code for Inf. Interchange) (Universal Product Code)
• Este código facilita a leitura automática (um laser
distingue barras / espaços e a sua dimensão)
• A codificação numérica é feita da seguinte forma:
– 0 = 3-2-1-1; 1 = 2-2-2-1; 2 = 2-1-2-2; 3 = 1-4-1-1;
4 = 1-1-3-2; 5 = 1-2-3-1; 6 = 1-1-1-4; 7 = 1-3-1-2;
8 = 1-2-1-3; 9 = 3-1-1-2
• Pode ver uma explicação detalhada em
http://electronics.howstuffworks.com/upc.htm
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 15 Noções elementares de electrónica digital - 16
Algumas funções lógicas Álgebra de Boole
elementares
• Em que circunstâncias acende a lâmpada, para cada • A obra fundamental de George
um dos circuitos apresentados? Boole (1854) criou o cálculo
Interruptor Interruptor
• Considerando que existe um proposicional, que oferece
Fonte de energia
sinal de controlo para cada uma base teórica para o
Lâmpada
interruptor (0: aberto; 1: fechado) projecto de sistemas lógicos
construa a tabela que relaciona Interruptor
(descrito em pormenor em
o estado da lâmpada (0: apagada;
Fonte de energia Interruptor várias obras sobre
1: acesa) com o dos sinais de
Lâmpada “Introductory logic design”
controlo, em ambos os casos
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 17 Noções elementares de electrónica digital - 18

Conclusão
• Este primeiro conjunto de transparências apresentou
as questões básicas relacionadas com a
representação digital de grandezas e com o
tratamento deste tipo de informação
• Estamos agora em condições de considerar em maior
pormenor as funções lógicas elementares, para a
partir daí pensarmos no projecto de sistemas digitais
mais complexos
Introdução ao Projecto com Sistemas Digitais e Microcontroladores
Noções elementares de electrónica digital - 19