Você está na página 1de 1

COLOCAÇÃO PRONOMINAL – TEORIA

1. Palavras atrativas 1.
- advérbio não seguido de pontuação - Não me convidaram para a festa.
- pronomes indefinidos - Ninguém te convidou.
- pronomes relativos - Esta é a festa para a qual nos convidaram.
- conjunções subordinativas - Ele foi à festa porque o convidaram.
PRÓCLISE
OBRIGATÓRIA 2. Frases: 2.
- interrogativas - Como você se chama?
- exclamativas - Como te iludes, meu caro!
- optativas (exprimem desejo) - Deus o abençoe.

3. Em + gerúndio 3.
- Em se tratando de festa, falem comigo.

1. Em frases iniciadas pelo verbo 1. Convidaram-me para a festa.


ÊNCLISE
OBRIGATÓRIA 2. Após sinal de pontuação 2. Durante a festa, abraçaram-se muito.

3. Com verbos no imperativo afirmativo 3. Vá e convide-os para a festa.

1. Só se usa mesóclise com verbos no 1. Contar-lhe-ei a verdade.


futuro do presente ou futuro do pretérito Contar-lhe-ia a verdade.
MESÓCLISE
2. Só se usa mesóclise se não houver 2. Não lhe contarei a verdade. (Certo)
fator de próclise. Não contar-lhe-ei a verdade. (Erro)

1. Se o verbo estiver no infinitivo, pode- 1. Calei para não te magoar. (ou magoar-te)
se usar a ênclise, mesmo nos casos de
próclise obrigatória.
COLOCAÇÃO
2. Se a palavra que antecede o verbo 2.
FACULTATIVA for:
a) Ele te procurou. (ou procurou-te)
a) Pronome pessoal do caso Reto
b) O professor me explicou tudo. (ou
b) Substantivo (comum ou próprio) explicou-me)

1. Próclise no início de frase ou após 1. Te amo. / Aqui, se vive bem.


sinal de pontuação.
PROIBIÇÕES 2. Diria-lhe tudo.
2. Ênclise com futuro.
3. Eu não havia dito-lhe.
3. Ênclise com particípio.