Você está na página 1de 8

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE – UNINORTE

Laureate International Universites®


ESCOLA DE ARQUITETURA, ENGENHARIA E TI

CURSOS: ENGENHARIA MECÂNICA / ENGENHARIA CIVIL


DISCIPLINA: FÍSICA ELETRICIDADE
PROFESSORA: LUCIANO FREITAS RAMOS

Assunto: Carga Elétrica e Lei de Coulomb

1. (Resnick, Fundamentos de Física) Qual seria a força eletrostática entre duas cargas de 1 C separadas por
uma distância de (a) 1,00 m e (b) 1,00 km se tal configuração pudesse ser estabelecida?

2. (Resnick, Fundamentos de Física) Uma carga puntiforme de 3.106 C dista 12 cm de uma segunda carga
puntiforme de  1,5.10-6 C. Calcular o módulo da força elétrica que atua sobre cada carga. R: 2,8 N

3. (Resnick, Fundamentos de Física) Qual deve ser a distância entre duas cargas puntiformes q1 = 26C e q2
=fsdf
 47C para que o módulo da força eletrostática entre elas seja 5,7 N. R: 1,388 N
4. Duas esferas puntiformes possuem a mesma carga positiva e estão fixadas à extremidade de uma corda de
comprimento d não condutora de eletricidade. Nessa condição, as duas esferas sofrem uma força de
repulsão dada pela seguinte expressão:

onde k = 9 x 109 N.m2/C2 é uma constante, Q1 e Q2 são as cargas de cada esfera e d, a distância que
separa as duas cargas. Admitindo-se que a corda não mude de comprimento, queremos quadruplicar o
valor da força de repulsão entre as esferas. Para isso, o valor de cada carga deve ser
(A) duplicado.
(B) triplicado.
(C) quadruplicado.
(D) reduzido à metade.
(E) dividido por quatro.

5. Duas cargas elétricas (q1 e q2) se atraem com uma força F e uma distância d. Para quadruplicar a força
entre as cargas, é necessário:
(A) duplicar a distância entre elas.
(B) quadruplicar a distância entre elas.
(C) dividir por dois a distância entre elas.
(D) dividir por quatro a distância entre elas.
(E) dividir por oito a distância entre elas.

6. Veja o livro texto e responda, o que são condutores e isolantes.

7. Descreva a hipótese de quantização das cargas.

8. Dispõe-se de três esferas metálicas idênticas e isoladas uma das outras. Duas delas, A
e B, estão neutras, mas a esfera C contém uma carga elétrica Q. Faz-se a esfera C tocar primeiro a esfera A
e depois a esfera B. No final desse procedimento, qual será a carga elétrica das esferas A, B e C,
respectivamente?
a) Q/3, Q/3, Q/3.
b) Q/2, 3Q/8, Q/8.
c) Q/6, Q/6, Q/6.
d) Q/2, Q/4, Q/4.
9. (Resnick) Uma carga de 6µC é dividida em duas partes, que são mantidas a uma distância de 3mm. Qual é
o maior valor possível da força eletrostática entre as duas parte? R: 9. 103 N

10. Três cargas puntiformes positivas iguais q1 = q2 = q3 = 2C estão localizadas, como mostra a figura, determine
o módulo, a direção e o sentido da força elétrica resultante que essas cargas (1) e (2) exercem sobre a carga
(3). Resposta: 0,282 N

11. Os objetos A e B, mostrados na figura abaixo, estão situados no vácuo e têm cargas elétricas,
respectivamente, iguais a 2.10-6 C e 1.10-6 C. Uma carga q = 1.10-6 C é colocada a igual distância de A e de
B.

Sendo a constante eletrostática do vácuo k = 9,0x10 9 N.m2/C2 , a carga q sofre a ação de uma força
resultante de intensidade, em newtons, igual a

(A) 10 (B) 15 (C) 20 (D) 25 (E) 30

12. Lembrando que a carga do elétron é 1,6 . 10 19 C, calcule:


a) A densidade superficial de cargas em uma superfície metálica retangular de 20 cm por 10 cm,
sabendo que temos 5.1014 elétrons extras na superfície.

b) A densidade superficial de cargas em uma superfície metálica circular de 25cm de raio, sabendo que
temos 5.1013 elétrons extras na superfície.

c) A densidade superficial de cargas em uma superfície metálica esférica de uma esfera de 15 cm de


raio, sabendo que temos 800.1014 elétrons faltando na superfície.
d) (Densidade Linear) Qual a densidade linear de uma distribuição contínua de cargas em um anel de
raio de 3 cm, com 5.107 elétrons extras?

13. (Densidade Linear) Qual a densidade linear de uma distribuição contínua de cargas em um anel de raio
de 3 cm, com 5.107 elétrons extras?

14. Duas pequenas bolas condutoras de massa m estão suspensas por um fio de seda de comprimento L e
possuem a mesma carga q, conforme é mostrado na figura abaixo. O que acontecerá quando uma delas ser
descarregada? Explique sua resposta.
Assunto: Campo elétrico

15. Numa certa experiência, verificou-se que a carga de 5μC, colocada num certo ponto do espaço, ficou
submetida a uma força de origem elétrica de valor 4 x 10-3 N. Nesse ponto, a intensidade do campo elétrico
é igual a,
(A) 20 kN/C.
(B) 0,8 μN/C.
(C) 0,8 kN/C.
(D) 20 μN/C.
(E) 0,8 N/C.

16. Considere o módulo do campo elétrico, produzido por uma carga elétrica puntiforme em um ponto
P, é igual a E. Dobrando-se a distância entre a carga e o ponto P, por meio do afastamento da
carga, o módulo do campo elétrico nesse ponto muda para:
a) E/4
b) E/2
c) 2 E
d) 4 E
e) 8 E

17. Uma carga puntiforme positiva de valor +Q, gera ao seu redor um campo elétrico, à uma distância d, tem
valor absoluto E. Determinar o valor absoluto do campo gerado dobrando a carga (+2Q) e triplicando a
distância (3d), em função de E.

18. Uma carga pontual Q, positiva, gera no espaço um campo elétrico. Num ponto P, a 0,5 m dela, o campo
tem intensidade E = 7,2 . 106 N/C. Sendo o meio vácuo onde k = 9.109 Nm2/C2. Qual o valor de Q ?
(A) 2,0 . 10-4C
(B) 4,0 . 10-4C
(C) 2,0 . 10-6C
(D) 4,0 . 10-6C
(E) 2,0 . 10-2C

19. Determine a intensidade do campo elétrico resultante no ponto P, sabendo que ele foi gerado
exclusivamente pelas duas cargas elétricas da figura. Temos ainda: Q1 = +9nC; Q2 = +4nC; k = 9 . 109
Nm2/C2 o meio é vácuo.

20. (campo elétrico) A figura seguinte apresenta duas cargas elétricas. Considerando o meio que as
envolve o vácuo, onde k = 9.109 Nm2/C2, determine a intensidade do campo elétrico resultante
no ponto A. Desenhe a direção e o sentido do vetor resultante no ponto A.

21. Um elétron é solto a partir do repouso, num campo elétrico uniforme de módulo igual a 5x103 N/C.
Ignorando o efeito da gravidade, calcule a aceleração do elétron.

22. (Tipler, pag. 24, exer. 37) Analise as afirmativas a seguir com relação ao campo elétrico:
I. O número de linhas do campo que saem de uma carga positiva ou que chegam em uma carga
negativa é proporcional ao valor da carga.
II. As linha de campo principiam nas cargas positivas e terminam nas negativas.
III. A densidade de linhas de campo, ou seja, o número de linhas por unidade de área perpendicular à
direção das linhas, é proporcional ao valor do campo
IV. As linhas de campo se cruzam a meia distância de cargas que tem o mesmo valor e o mesmo sinal.
Estão corretas apenas as afirmativas:
(A) I, II e III
(B) I, II e IV
(C) III e IV
(D) I e III
(E) II e IV

23. Na figura a seguir as quatro partículas são mantidas fixas e têm cargas iguais q1 = q2 = q3= q4 = -12e. A
distância d = 5µm. Qual o módulo do campo elétrico no ponto P?

24. Três cargas estão colocadas nos vértices de um triângulo equilátero, como mostra a figura abaixo.

O vetor campo elétrico resultante criado pelas cargas no ponto P é melhor representado por:

25. As cargas puntiformes q 1 = 20 μC e q 2 = 64 μC estão fixas no vácuo (k = 9.10 9 N . m²/C²), respectivamente


nos pontos A e B. O campo elétrico resultante no ponto P tem intensidade de:

a) 3,0 . 10 6 N/C
b) 3,6 . 10 6 N/C
c) 4,0 . 10 6 N/C
d) 4,5 . 10 6 N/C
e) 5,4 . 10 6 N/C
26. Uma gotícula de água, com massa m = 0,80 × 10 9 kg eletrizada com carga q = 16 × 10 19 C está em
equilíbrio no interior de um capacitor de placas paralelas e horizontais; conforme o esquema a seguir.

Nestas circunstâncias, o valor do campo elétrico entre as placas é:


a) 5 × 10 9 N/C
b) 2 × 10 10 N/C
c) 12,8 × 10 28 N/C
d) 2 × 10 11 N/C
e) 5 × 10 8 N/C R: A

Assunto: Energia Potencial elétrica e Potencial Elétrico

27. No campo elétrico produzido por uma carga pontual Q = 3.10-2 C, qual é a energia potencial elétrica de uma
carga q = 3.10-7 C, colocada a 12.10-2 m de Q? Considere as cargas no vácuo. R: 675 J

28. No campo elétrico criado por uma carga elétrica Q= 3  C, determine: a) o potencial elétrico num ponto P
situado a 0,3 m da carga Q. b) a energia potencial elétrica que uma carga q= 2  C adquire no ponto P.
Considere que o meio é o vácuo.

29. (Energia potencial) Duas cargas elétricas puntiformes, q1 = 3,00 C e q2 = 4,00 C, encontram-se num local
onde k = 9  109 N.m2/C2. Suas respectivas posições são os vértices dos ângulos agudos de um triângulo
retângulo isósceles, cujos catetos medem 3,00 mm cada um. Ao colocar-se outra carga puntiforme, q3 =
1,00 C, no vértice do ângulo reto, esta adquire uma energia potencial elétrica, devido à presença de q1 e
q2, igual a
(A) 9,0 J (B) 12,0 J (C) 21,0 J (D) 25,0 J (E) 50,0 J

30. Na figura abaixo, qual é o potencial e no ponto P devido às quatro cargas pontuais, tomando-se V=0 no
infinito? Resposta: V = kq/2d

31. (Potencial elétrico) Considere o campo elétrico gerado por uma carga pontual Q = 5 C e dois pontos A e
B situados à 20 cm e 50 cm respectivamente dessa carga, no vácuo. Determine: (a) os potenciais elétricos
dos pontos A e B; (b) o trabalho realizado pela força elétrica para transportar uma carga q = -3C, de B
até A.
32. (Resnick) Qual é o valor do potencial elétrico no ponto P, situado no centro do quadrado de cargas
pontuais que aparece na Figura a seguir? A distância d é 1,3 m, e as cargas são q1 = +12 nC, q2 = –24 nC,
q3 = +31 nC, q4 = +17 nC. Resposta: 350 V

33. Ao colocarmos duas cargas pontuais e a uma distância d = 30 cm, realizamos trabalho. Determine a
energia potencial eletrostática, em joules, deste sistema de cargas pontuais.
a) 1
b) 10
c) 3,010−1
d) 2,010−5
e) 5,0 10−5

34. Um cabo de transmissão de alta voltagem cai sobre um carro, de modo que a superfície interia do carro
passa a ser uma superfície uma superfície equipotencial de 10 000 V em relação ao solo. O que ocorre com
um ocupante do carro (a) ele está sentado no interior do carro ? Quando ele desce do carro? Explique seu
raciocínio.

35. (Young, cap 23) Qual deverá ser a distância entre uma carga puntiforme de -7,2µC e uma carga puntiforme
de +2,3µC para que a energia potencial U das duas cargas seja igual a – 0,4 J? (Considere U igual a zero
quando a distância entre as cargas for infinita.)

36. O que são superfícies equipotenciais?


LEI DE GAUSS

37. (Resnick, 23-6) Na figura a seguir, uma rede para pegar borboletas está imersa em um campo elétrico
uniforme de módulo E = 3 mN/C. O plano do aro da rede, uma circunferência de raio a = 11 cm, é mantido
perpendicular à direção do campo. A rede é eletricamente neutra. Determine o fluxo através da rede.

38. Calcule o campo elétrico a uma distancia r de um fio longo(infinito) com uma densidade de carga linear h.

39. Uma haste delgada retilínea tem uma carga de – 230 nC distribuída uniformemente ao longo do seu
comprimento de 6,3 m. (a) Determine a densidade linear de carga. (b) Estime o valor do módulo do campo
elétrico próximo ao meio da haste a uma distância perpendicular de 25 mm.
R: (a) – 36,5 nC/m (b) 26 x 103 N/C para a haste.

40. (Resnick, 23-23) Uma linha infinita de carga produz um campo de módulo 4,5 . 104N/C a uma distância de
2 m. Calcule a densidade linear de cargas.
CAPACITÂNCIA
41. (Halliday, p132, P.2) Um capacitor possui capacitância de 25µF e está inicialmente descarregado. Uma
bateria alimenta o capacitor ao fechar uma chave com ddp 120V. Qual é a carga total do capacitor após a
chave fechar? R: 3mC

42. (Halliday, p132, P.4) Pretende-se usar duas placas de metal com 1m2 de área para construir um capacitor
de placas paralelas. (a) Qual deve ser a distância entre as placas para que a capacitância do dispositivo seja
1F? (b) O dispositivo é fisicamente viável? R: (a) 8,85.10-12m

43. (Young, cap 24) Um capacitor possui capacitância igual a 7,28 µF. Que quantidade de carga deve ser
colocada em cada uma de suas placas para produzir uma diferença de potencial entre as placas igual a 25V.

44. Considere um capacitor a ar, constituído por duas placas paralelas, cada placa com uma área de 8 cm2,
separadas por uma distância de 2 mm. Sendo aplicada uma diferença de 20V a essas placas, determine:
(a) a capacitância e (b) a carga em cada placa.

45. A distância entre as placas de um capacitor com placas paralelas é de 10 milímetros e a área de 2 m 2.
Aplicando uma diferença de potencial de 15 k V no capacitor. Determine (a) a Capacitância (b) a carga de
cada placa e (c) o módulo do campo elétrico no espaço entre as placas.

46. (Halliday, p132, P.10) Quantos capacitores de 1µF devem ser ligados em paralelo para armazenar uma carga
de 1C com ddp de 110V entre as placas dos capacitores? R: 9090 capacitores

47. (Halliday, p136, P.29 ) Um capacitor de 2µF e um capacitor de 4µF são ligados em paralelo a uma fonte com
uma ddp de 300V. Calcule a energia total armazenada nos capacitores. R: 0,27J

48. Dois capacitores, C1 e C2 de capacitâncias respectivamente iguais a 6µF e 4µF, são ligados em paralelo e
submetidas a uma diferença de potencial de 10V. Nessas condições, é correto afirmar que a energia
potencial armazenada no sistema é igual a que valor? R: 5.10-5J.

49. A energia armazenada pela associação de 3 capacitores de mesmo valor nominal, mostrada a seguir, é 0,1
J. A capacitância de cada capacitor é:
a) 10 F b) 15 F c) 20 F d) 25 F e) 30 F

50. (Halliday, p133, P.8) Na figura abaixo, determine a capacitância equivalente da combinação. Suponha que
C1 = 10 F, C2 = 5,00 F e C3 = 4,00 F.

51. (Halliday, p133, P.9) Determine a capacitância equivalente do circuito da figura abaixo para C1 = 10F, C2
= 5F e C3 = 4F.
52. (Halliday, p133, P.11) Os Três capacitores da figura abaixo estão inicialmente descarregados e têm uma
capacitância de 25F. Uma diferença de potencial V = 4200 volts entre as placas dos capacitores é
estabelecida quando a chave é fechada. Qual a carga total que atravessa o medidor A?

1) Os Três capacitores da figura abaixo estão inicialmente descarregados, aplicando uma diferença de potencial de 20 V,
sendo C1 = 10 nF, C2 = 20 nF . Calcule (a) a capacitância equivalente e (b) a carga total nos circuitos abaixo.