Você está na página 1de 3

3a Avaliação Presencial – 2015/2

Disciplina: Botânica II

Critérios de correção
AVALIAÇÃO
- Este Caderno de Avaliação Presencial possui enunciados de seis questões. Escolha
cinco para serem resolvidas. – caso o aluno tenha respondido todas, apenas as 5
primeiras foram corrigidas, de acordo com a ordem de aparecimento no caderno de
respostas!
- O valor total da avaliação é de 10 pontos e cada questão vale 2 pontos.
- Cada questão deve ser resolvida a caneta e todas as folhas deverão ser identificadas com
o nome do aluno.

1) Marque verdadeiro e falso e, no caso de afirmativas falsas, corrija o trecho errado.


(0,2 cada). Respostas marcadas como falsas, mas não corrigidas não foram
consideradas.
(v) O aerênquima facilita a difusão de ar pela planta e está associado a estados de
estresse hídrico.
(f) Os valores absolutos dos fitocromos e não a razão entre o fitocromo sensível à
luz vermelha (Fv) e o fitocromo sensível à luz vermelho-longo (Fvl) indicam o
posicionamento espacial da planta. A razão e não os valores absolutos...
(f) Ao contrário dos terpenóides, os alcalóides têm função defensiva contra a
herbivoria. Assim como...
(v) A cultura in vitro de meristemas apicais é uma das técnicas utilizadas para a
limpeza clonal.
(f) Ao selecionar explantes caulinares para a micropropagação é importante evitar
a região nodal. usar
(v) O plasmídio de Agrobacterium tumefaciens possui a capacidade natural de se
introduzir no genoma de plantas.
(f) Unidades de proteção integral permitem compatibilizar conservação e
extrativismo sustentável. são áreas destinadas à conservação, sem extrativismo.
(v) Ciclagem de nutrientes, controle de erosão e produção de matéria prima são
exemplos de serviço do ecossistema.
(f) O eixo-hipocótilo raiz é formado após a germinação da semente. antes
(f) A capacidade que uma planta apresenta de continuar retirando água do solo à
medida em que este vai progressivamente secando está relacionada ao mecanismo
de dominância apical. Tolerância à seca

2) Muitas das principais “etapas” da vida de uma planta são controladas por
hormônios, sobretudo pelo balanço entre diferentes hormônios. Escolha um
processo morfológico ou fisiológico vegetal e explique o papel dos principais
hormônios envolvidos.
O aluno deveria escolher qualquer processo morfofisiológico (exemplos:
germinação, senescência, dominância apical, frutificação, abscisão foliar, dentre
outros) e explicar o papel dos hormônios envolvidos neste processo (2,0 pontos).
3) A presença de propágulos é observada em vários grupos de organismos
fotossintetizantes. Qual seu papel entre as algas?
O aluno deveria ressaltar os propágulos como um tipo de reprodução assexuada
em algas (1,0 ponto), ligado, principalmente à dispersão (1,0 ponto).

4) Exemplifique três mecanismos de defesa utilizados pelas plantas contra o ataque


de patógenos, injúrias mecânicas e/ou variações ambientais e explique de que
forma esses mecanismos atuam como defesa.
O aluno deveria exemplificar e explicar três mecanismos de defesas em plantas
(barreiras físicas como cutícula e tricomas, produção de metabólitos secundários,
produção de calose, perda de folhas em caso de seca, fechamento de estômatos
em acaso de seca, formação de aerênquima, dentre outros). Caso só tenha
exemplificado três mecanismos, sem explicar, o máximo para a questão foi 1,0
ponto. Cada exemplo + explicação, desde que corretos, valeram 0,7.

5) Com relação a alguma prática que você realizou ou leu na apostila durante o
período letivo de Bot 2, descreva os procedimentos e os objetivos desta prática.
O aluno deveria descrever os procedimentos (1,0 ponto) e objetivos (1,0 ponto)
de uma das práticas da disciplina. Caso os procedimentos e objetivos não tenham
sido os corretos, ou não tenham sido deixado claros, a resposta não foi
considerada como correta.

6) Observe detalhadamente a figura abaixo. Ela representa o crescimento de uma


planta em um meio de cultivo especialmente preparado em quatro momentos
diferentes (t1, t2, t3 e t4). Baseado nela, escolha a afirmativa correta. (2,0 pontos).
a.
b.
c.
d.
e.
f.
g.
h.
i.
j.
k.
l.

a. O crescimento radicular de t1 até t3 é um exemplo de hidrotropismo negativo e de


t3 para t4 é um exemplo de tigmotropismo
b. O crescimento radicular de t1 até t3 é um exemplo de gravitropismo positivo e de
t3 para t4 é um exemplo de gravitropismo negativo.
c. O crescimento radicular em t1, t2, t3 e t4 é um exemplo de gravitropismo positivo
e a curvatura em t4 demonstra a ação da auxina.
d. O crescimento radicular de t1 até t3 é um exemplo de gravitropismo negativo e de
t3 para t4 é um exemplo de gravitropismo positivo.
e. O crescimento radicular de t1 até t3 é um exemplo de gravitropismo positivo e de
t3 para t4 é um exemplo de hidrotropismo positivo.