Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE DE CABO VERDE

DCT
Engenharia Eletrotécnica e Engenharia Informática e de Computadores
Planeamento e Gestão de Redes
#recurso Sem Consulta Duração: 120 min
setembro de 2018
#Nome:
 Escreva o nome no cabeçalho de todas as folhas que entregar;

Grupo I 6 valores
Leia com atenção, cada uma das afirmações apresentadas e indique para cada uma delas se a considera verdadeira ou falsa. Reescreva completamente as
afirmações que considera falsas fazendo as correções necessárias para as tornar verdadeiras (A correção de uma afirmação falsa recorrendo apenas à
negação desta não é cotada).

1. Um router pode executar uma ou mais IGPs para troca de rotas dentro do seu AS, ao mesmo tempo pode executar
uma EGP para a troca de rotas com outros AS.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
2. A “default Gateway” de uma rede é uma bridge que permite encaminhar para o exterior todo o trafego destinado a
uma rede local
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
3. Quando um fluxo individual tem requisitos garantidos, esses requisitos geralmente não são deixados com o fluxo
individual e são consolidados com outros requisitos ou fluxos num fluxo composto
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
4. O serviço IMAP implementa o protocolo de comunicação para o envio do ficheiro para uma caixa de correio
remotamente localizada.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
5. A principal vantagem do protocolo ARP é permitir aos protocolos e aplicações dos níveis superiores estarem
dependentes do endereço MAC da interface de rede.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
6. A agregação do bloco de endereços 192.168.128.0 a 192.168.135.255 resulta da supernet 192.168.128.0 com a
mascara 255.255.252.0
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
7. O FTP exige que os clientes se autorizem (enviando um nome de login e uma senha ao servidor) antes de solicitar
transferências de arquivos. No entanto o servidor permite o acesso a clientes que não forneceram um login e uma
senha válidos.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________

8. Quando um comutador Ethernet processa uma trama e o endereço IP de destino é desconhecido nas suas tabelas de
encaminhamento, a trama é encaminhada para todas as interfaces, exceto a de origem.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________

Jailson Moreira
UNIVERSIDADE DE CABO VERDE
DCT
Engenharia Eletrotécnica e Engenharia Informática e de Computadores
Planeamento e Gestão de Redes

Grupo II 4.5 valores


Leia atentamente e procure responder de uma forma clara e sucinta às questões que se lhe colocam.

1. Apresente o modelo TCP/IP de Gestão de redes e descreva cada uma das componentes.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
2. Os modelos de fluxos são caracterizados essencialmente pela sua direccionalidade e pela sua hieraquia.
Identifique os modelos de fluxos abordados e explique um deles.
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________

Jailson Moreira
UNIVERSIDADE DE CABO VERDE
DCT
Engenharia Eletrotécnica e Engenharia Informática e de Computadores
Planeamento e Gestão de Redes
#Nome:

3. Descreva o funcionamento do serviço DNS, incluindo o processo de sincronização dos servidores, e explique os
passos do processo de consulta de um endereço, como por exemplo a resultante do comando:
$nslookup www.ietf.org
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________________________

Grupo III 9.5 valores

1. Considere o seguinte problema de interligação das redes da empresa BEREASY Lda. As características principais da
infraestrutura de rede da empresa são as seguintes. Considere o seguinte problema de interligação das redes da
empresa BEREASY Lda.
As características principais da infraestrutura de rede da empresa são as seguintes:
 Todos os serviços da rede são suportados na pilha de protocolos TCP/IP;
 A interface do SW‐B de acesso ao ISP (Internet Service Provider) tem o endereço 62.190.1.184/30;
 O router/switch SW‐B tem ligações em Ethernet, a 100 Mb/s, com o router GW2 e os
router/switches SW1 e SW3;
 Os router/switches SW‐B, SW1 e SW3 partilham todos o mesmo domínio de VLANs, sendo a gestão do
domínio efetuada no SW‐B. Estes têm configurado 4 VLANs (para além da VLAN1 da gestão e que se
pretende acessível), a VLAN2 para servidores de serviços básicos e aplicações, a VLAN3 para os
utilizadores do departamento administrativo, a vlan4 para o departamento de marketing e a VLAN4 para
os restantes utilizadores;
 O router/switch SW‐B é a default gateway para toda a rede da empresa;
 Ao router/switch SW1 estão ligados em Gigabit Ethernet dois switches Ethernet, SW11 eSW12, com
autodetecção 10/100/1000 Mb/s, ambos com 48 portas disponíveis para ligar estações, e estão inseridos
no mesmo domínio de VLANs de SW1. Estes dão acesso na VLAN2 a 20 estações, a 21 estações na VLAN3,
200 estações na vlan4 e a 50 estações na VLAN5;
 O router GW2 dá conectividade a três redes locais em Ethernet com máximo de 200, 300 e 120estações,
respetivamente, e troca informação de routing em OSPF com o router/switchSW‐B;
 Ao router/switch SW3 estão ligados em Gigabit Ethernet dois switches Ethernet, SW31 eSW32, com
auto‐ detecção 10/100/1000 Mb/s, ambos com 96 portas disponíveis para ligar estações, e estão
inseridos no mesmo domínio de VLANs de SW3. Estes dão acesso na VLAN2 a 26 estações, a 48 estações
na VLAN3, 100 estações na vlan4 e a 120 estações na VLAN5.

Jailson Moreira
UNIVERSIDADE DE CABO VERDE
DCT
Engenharia Eletrotécnica e Engenharia Informática e de Computadores
Planeamento e Gestão de Redes
#Nome:

Para resolver o problema de endereçamento desta empresa está disponível o conjunto de endereços 81.17.160.0/20.

a) Diga qual o número mínimo de redes, do bloco acima, que utilizava para resolver o endereçamento da empresa e
qual o respetivo tamanho. Explique porquê.
b) Faça a atribuição dos vários endereços, identificação da rede e broadcast, e as respetivas máscaras para cada
uma das redes.
c) Apresente uma possível tabela de routing do router/switch SW‐B que lhe garanta a conectividade à Internet e a
todas as estações da rede da empresa BEREASY Lda

Jailson Moreira