Você está na página 1de 224

DIAGNÓSTICO DA ÁREA DE TI -

BANCOS DE DADOS

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

HISTÓRICO DAS REVISÕES

DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTORES


24/01/2013 1.0 Diagnóstico de Bancos de Dados Stefanini Consultoria em Informática S/A.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 2 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Sumário

1. ORIGEM DO DOCUMENTO .................................................................................................................. 5


2. OBJETIVO ............................................................................................................................................. 5
3. AMBIENTES DE BANCOS DE DADOS .................................................................................................... 5
4. BANCOS DE DADOS ORACLE ............................................................................................................... 6
4.1. Utilização de Recursos dos Servidores ............................................................................................. 7
4.2. Configuração de Memória das Instâncias ........................................................................................ 8
4.3. Áreas de Armazenamento ................................................................................................................ 9
4.4. Histórico de Utilização da Área de Armazenamento ..................................................................... 13
4.5. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados HCPA ....................................................................... 18
4.6. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados HIST ........................................................................ 26
4.7. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados TERC........................................................................ 30
4.8. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados UBS ......................................................................... 34
5. BANCOS DE DADOS SQL SERVER ....................................................................................................... 35
6. BANCOS DE DADOS POSTGRESQL ..................................................................................................... 36
7. BANCOS DE DADOS MYSQL ............................................................................................................... 37
8. RECOMENDAÇÕES............................................................................................................................. 38
ANEXO I - Detalhamento da utilização do espaço alocado para TABLESPACES.................................... 40
I. 1 Banco de Dados: HCPA - JULHO/2012....................................................................................... 40
I. 2 Banco de Dados: HIST – JULHO/2012........................................................................................ 42
I. 3 Banco de Dados: TERC – JULHO/2012....................................................................................... 44
I. 4 Banco de Dados: UBS – JULHO/2012 ........................................................................................ 45
I. 5 Banco de Dados: HCPA – AGOSTO/2012................................................................................... 46
I. 6 Banco de Dados: HIST – AGOSTO/2012 .................................................................................... 48
I. 7 Banco de Dados: TERC – AGOSTO/2012 ................................................................................... 50
I. 8 Banco de Dados: UBS – AGOSTO/2012 ..................................................................................... 51
I. 9 Banco de Dados: HCPA – SETEMBRO/2012 .............................................................................. 52
I. 10 Banco de Dados: HIST – SETEMBRO/2012 ................................................................................ 54
I. 11 Banco de Dados: TERC – SETEMBRO/2012 ............................................................................... 56
I. 12 Banco de Dados: UBS – SETEMBRO/2012 ................................................................................. 57
I. 13 Banco de Dados: HCPA – OUTUBRO/2012 ................................................................................ 58
I. 14 Banco de Dados: HIST – OUTUBRO/2012 ................................................................................. 60
I. 15 Banco de Dados: TERC – OUTUBRO/2012................................................................................. 62

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 3 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 16 Banco de Dados: UBS – OUTUBRO/2012 .................................................................................. 63

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 4 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

1. ORIGEM DO DOCUMENTO
MEC/Hospital de Clinicas de Porto Alegre.

2. OBJETIVO
Este documento tem por objetivo avaliar a atual estrutura dos sistemas gerenciadores de
bancos de dados do HCPA, quantificando suas capacidades, utilização e volume de processamento.
As informações e recomendações relacionadas também serão utilizadas na elaboração do
Plano Diretor de Tecnologia da Informação – PDTI do período de 2013 a 2016.

3. AMBIENTES DE BANCOS DE DADOS


O HCPA utiliza as tecnologias Oracle Database, Microsoft SQL Server, PostgreSQL e MySQL
para suportar os bancos de dados de seus principais sistemas e aplicações, em ambientes de
produção, homologação e contingência.
A Tabela 1 contém um resumo dos servidores de bancos de dados do HCPA, que serão
descritos nesse documento.

Tabela 1: Resumo dos servidores de bancos de dados do HCPA.

BANCO DE VERSÃO
HOSTNAME CPU RAM SISTEMA OPERACIONAL
DADOS BD
Intel Xeon E7450 2.40GHz
LYRA 128 GB Red Hat Enterprise Linux 4.8 x64 Oracle 10.1.0.5
(24 Cores) - RAC
Intel Xeon E7450 2.40GHz
PYXIS 128 GB Red Hat Enterprise Linux 4.8 x64 Oracle 10.1.0.5
(24 Cores) - RAC
Intel Xeon E7450 2.40GHz
FREUD 128 GB Red Hat Enterprise Linux 4.8 x64 Oracle 10.1.0.5
(24 Cores)
Intel Xeon E7450 2.40GHz
CEPHEUS 32 GB Red Hat Enterprise Linux 4.7 x64 Oracle 10.1.0.5
(16 Cores)
Intel Xeon E5530 2.40GHz
PISCES 64 GB Windows Server 2003 R2 x64 SQL Server 2005
(16 Cores)
Intel Xeon E5530 2.40GHz
COMTE 8 GB Windows Server 2003 R2 x64 SQL Server 2005
(3 Cores) - VM
Intel Xeon E7450 2.0 GHz
AGHU-PGSQL1 18 GB Ubuntu 10.04.2 Server x64 PostgreSQL 8.4
(6 Cores) - VM
Intel Xeon E7450 2.0 GHz
AGHU-PGSQL2 18 GB Ubuntu 10.04.2 Server x64 PostgreSQL 8.4
(6 Cores) - VM
Intel Xeon E7450 2.40GHz
CYGNUS 12 GB Red Hat Enterprise Linux 5.5 x64 MySQL 5.0.77
(8 Cores) - VM

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 5 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

4. BANCOS DE DADOS ORACLE


Os bancos de dados Oracle suportam sistemas em ambientes de produção, homologação e
contingência. Para cada banco de dados Oracle em ambiente de produção há um banco de dados
correspondente em ambiente para homologação.
No ambiente de produção, os bancos de dados Oracle são configurados em cluster, através
da tecnologia Oracle Real Application Cluster – RAC, com 2 nós ativo/ativo. Os servidores que fazem
parte dessa configuração são: Lyra e Pyxis. Cada nó possui 4 instâncias:
 HCPA – Principal banco de dados do HCPA, que suporta os sistemas “Aplicativos para
Gestão Hospitalar – AGH” e “Aplicativos para Gestão de Hospitais Universitários – AGHU”
 HIST – Dados históricos do banco HCPA;
 TERC – Banco de dados para sistemas de terceiros;
 UBS – Banco de dados da Unidade Básica de Saúde, que é baseado no AGH.

No ambiente para homologação, os bancos de dados Oracle são configurados em single


instance. O servidor utilizado para essa finalidade é o Cepheus. Esses bancos de dados são
periodicamente inicializados com dados do ambiente de produção correspondente e são descritos a
seguir:
 HCPAHM – Também conhecido como APRH, suporta o desenvolvimento dos sistemas
Aplicativos para Gestão Hospitalar - AGH e Aplicativos para Gestão de Hospitais
Universitários - AGHU;
 HIST – Utilizado para homologação de dados históricos. Será consolidado no banco de
dados HCPAHM e encontra-se inativo;
 TERCHM – Utilizado para homologação de sistemas de terceiros;
 UBSHM – Utilizado para homologação do sistema Unidade Básica de Saúde - UBS,
baseado no sistema AGH;

Para proteção em caso de desastres, os dados e transações do ambiente de produção são


replicados, através da tecnologia Oracle Dataguard, em site backup localizado no CPD da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, próximo ao HCPA. O servidor que suporta o
ambiente de contingência é o Freud.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 6 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

4.1. Utilização de Recursos dos Servidores

Nas Figuras 1,2 e 3 estão representadas graficamente a utilização dos principais recursos dos
servidores de bancos de dados Oracle (cluster Lyra e Pyxis e servidor Cepheus), contemplando a
utilização de CPU, configuração e utilização de memória e de operações de leitura e gravação em
discos.

Figura 1: Utilização de recursos do servidor Lyra durante o mês de out/2012.

Figura 2: Utilização de recursos do servidor Pyxis durante o mês de out/2012.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 7 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Figura 3: Utilização de recursos do servidor Cepheus durante o mês de nov/2012.

4.2. Configuração de Memória das Instâncias


Nas figuras abaixo estão representadas as configurações de memória SGA para cada instância
dos bancos de dados Oracle,do ambiente de produção, disponibilizados em cluster nos servidores
Lyra e Pyxis.

Figura 4: Configuração de memória SGA para a instância HCPA.

Figura 5: Configuração de memória SGA para a instância HIST.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 8 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Figura 6: Configuração de memória SGA para a instância TERC.

Figura 7: Configuração de memória SGA para a instância UBS.

A tabela a seguir relaciona o tamanho da memória PGA de cada instância:.

Instância Memória Alocada


HCPA 3 GBytes
TERC 2 GBytes
HIST 1 GByte
UBS 0,6 GByte

As configurações de memória no ambiente de homologação (servidor Cepeheus) são


idênticas às do ambiente de produção.

4.3. Áreas de Armazenamento


O armazenamento dos arquivos de dados (datafiles), do ambiente de produção configurado
em cluster (servidores Lyra e Pyxis), é gerenciado pelo Oracle Automatic Storage Management –
ASM. A partir das unidades lógicas (LUN’s) disponibilizadas para os servidores, são criados os “ASM
Disks” que, por sua vez, compõem os “ASM Diskgroups”. Os agrupamentos de discos (diskgroups) são
compartilhados entre os servidores, requisito do ambiente de alta disponibilidade (Oracle RAC). Nas
Figuras 8 e 9 estão relacionados os diskgroups para os servidores, o espaço total e espaço disponível
em 29/10/2012.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 9 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Figura 8: Diskgroups, espaço total e disponível para os servidores Lyra e Pyxis.

Figura 9: Diskgroups, espaço total e disponível para o servidor Freud.

Os arquivos de dados (datafiles), arquivos de controle (controlfiles) e de histórico de


alterações no banco de dados (redo logfiles), são organizados nos diskgroups conforme abaixo:

Figura 10: Organização de arquivos de dados, arquivos de controle e de histórico de alterações (produção).

Cada sistema, ou módulo, possui uma tablespace própria para dados e outra para índices. Em
casos especiais, também uma tablespace própria para segmentos LOB (Large Objects). As
tablespaces contêm os objetos do banco de dados e estão associadas aos datafiles. A Tabela 2
relaciona os tipos e números de objetos por banco de dados.

Tabela 2: Objetos por banco de dados Oracle.

Banco de Dados
Tipo de Objeto
HCPA HIST TERC UBS
SYNONYM 30.818 20.509 393.702 24.685
JAVA CLASS 15.458 15.458 15.458 15.458
TABLE 15.224 2.376 12.973 3.645
VIEW 10.937 3.108 3.444 3.576
INDEX 10.843 4.501 15.673 7.431
TRIGGER 7.546 101 1.544 5.221
FUNCTION 3.794 523 747 2.315
PACKAGE 2.113 734 896 1.933
PACKAGE BODY 2.063 686 846 1.886
PROCEDURE 1.981 157 650 1.080
SEQUENCE 1.560 152 628 747
TYPE 1.461 1.457 1.473 1.457
JAVA RESOURCE 806 806 806 806
LOB 548 508 747 502
JAVA DATA 298 298 298 298
INDEX PARTITION 227 206 227 206
TABLE PARTITION 213 193 213 193
TYPE BODY 144 144 144 144
LIBRARY 135 131 130 133
OPERATOR 54 54 54 54
QUEUE 23 23 25 23

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 10 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Banco de Dados
Tipo de Objeto
HCPA HIST TERC UBS
MATERIALIZED VIEW 17 13 8 -
RULE SET 14 14 19 14
XML SCHEMA 14 13 13 13
EVALUATION CONTEXT 12 12 12 12
CLUSTER 10 10 11 10
DATABASE LINK 9 3 8 5
INDEXTYPE 9 9 9 9
LOB PARTITION 9 8 9 8
DIRECTORY 7 3 3 2
CONSUMER GROUP 5 5 5 5
CONTEXT 5 5 5 5
JOB 5 6 17 4
PROGRAM 4 4 1 4
UNDEFINED 4 4 4 4
RESOURCE PLAN 3 3 3 3
RULE 3 3 4 3
JOB CLASS 2 2 2 2
WINDOW 2 2 2 2
SCHEDULE 1 1 1 1
WINDOW GROUP 1 1 1 1
TOTAL 106.382 52.246 450.815 71.900

Conforme informações da Figura 8, o espaço total de armazenamento para os arquivos de


dados (datafiles) no ambiente de produção é de 2.120 gigabytes, sendo 945 gigabytes livres. No
ambiente de contingência é de 1.300 gigabytes, sendo 221,15 gigabytes livres. O gráfico a seguir
mostra a distribuição do espaço para armazenamento no ambiente de produção.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 11 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Diskgroup Disponível (GB) Alocado (GB) Livre (GB) Banco de Dados Alocado (GB)
DATA01 1.060 628 432 HCPA 648
DATA02 1.060 547 513 HIST 322
TOTAL 2.120 1.175 945 TERC 129
UBS 5
Outros 70
TOTAL 1.175

Figura 11: Distribuição do Espaço para Armazenamento do Ambiente de Produção.

No gráfico abaixo, temos a representação da utilização do espaço alocado para cada banco
de dados.

Banco de Dados Alocado (GB) Utilizado (GB) Livre (GB)


HCPA 648 561 87
HIST 322 242 80
TERC 129 97 32
UBS 5 3 2

Figura 12: Utilização do Espaço Alocado por Banco de Dado no Ambiente de Produção.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 12 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Os arquivos de dados do ambiente de homologação (servidor Cepheus) são gerenciados pelo


sistema de arquivos nativo do sistema operacional, identificado como “/u03”. O ponto de montagem
da área de armazenamento é um Volume Group composto por LUN’s configuradas no storage que
disponibilizam um total de 960 GBytes.
Os arquivos de dados (datafiles), arquivos de controle (controlfiles) e de histórico de
alterações no banco de dados (redo logfiles), são agrupados no ASM conforme abaixo:

Figura 13: Organização de arquivos de dados, arquivos de controle e de histórico de alterações (homologação).

As tablespaces e objetos dos bancos de dados são praticamente os mesmo do ambiente de


produção.

A utilização do espaço disponível é de 96%, ou 914 de um total de 960 GBytes.

4.4. Histórico de Utilização da Área de Armazenamento

Em média os arquivos de dados consomem 21 Gbytes a cada mês. Isso permite sinalizar que
em jan/2014 provavelmente o espaço utilizado atingirá 70% do total. O gráfico a seguir representa
essa tendência de utilização da área de armazenamento.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 13 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

As figuras a seguir mostram o histórico de crescimento dos bancos de dados Oracle do


ambiente de produção.

Figura 14: Banco de dados HCPA - Histórico de utilização do espaço.

Figura 15: Banco de dados HIST - Histórico de utilização do espaço.

Figura 16: Banco de dados TERC - Histórico de utilização do espaço.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 14 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Figura 17: Banco de dados UBS - Histórico de utilização do espaço.

Na sequência temos a representação gráfica e tabelas de dados utilizadas, relativas à média


mensal cumulativa do espaço alocado para as tablespaces dos bancos de dados Oracle do ambiente
de produção.

HCPA - Média Mensal Cumulativa de Utilização


do Espaço Alocado para Tablespaces
660 100
640
95
620
Tamanho (GBytes)

90
600
580 85,6 85,7 86,2 86,2
85 Percentual

560
80
540
75
520
500 70
jul/12 ago/12 set/12 out/12

Utilização Média (GB) Tamanho Médio (GB) % Médio Utilizado

HCPA Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima


Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
Período
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
out/12 640,1 552,0 88,1 86,2 647,9 560,0 88,5 86,4 635,0 547,1 87,9 86,2
set/12 626,2 539,8 86,4 86,2 631,5 542,9 89,0 87,1 619,1 537,2 79,6 85,9
ago/12 609,0 522,1 86,9 85,7 615,5 529,1 87,8 86,0 604,5 516,7 86,5 85,5
jul/12 600,9 514,3 86,5 85,6 616,0 518,1 97,9 87,4 591,5 509,4 74,4 84,1

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 15 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

HIST - Média Mensal Cumulativa de Utilização


do Espaço Alocado para Tablespaces
340 100

320 95
Tamanho (GBytes)

90
300

Percentual
85
280
80
260
73,9 74,6 74,9 75,0 75
240 70

220 65
jul/12 ago/12 set/12 out/12

Utilização Média (GB) Tamanho Médio (GB) % Médio Utilizado

HIST Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima


Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
Período
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
out/12 321,8 241,4 80,3 75,0 322,4 242,0 80,4 75,1 321,5 241,2 80,2 75,0
set/12 320,3 239,8 80,5 74,9 320,7 240,3 80,6 74,9 319,2 238,7 80,4 74,8
ago/12 315,3 235,2 80,1 74,6 315,6 235,5 80,2 74,6 315,0 234,9 80,0 74,6
jul/12 307,1 226,8 80,3 73,9 314,1 234,1 80,6 74,5 303,7 223,1 80,0 73,5

TERC - Média Mensal Cumulativa de Utilização


do Espaço Alocado para Tablespaces
140 100

130 95
Tamanho (GBytes)

90
120
Percentual

85
110
80
78,47
100 76,71
74,41 75,29 75
90 70

80 65
jul/12 ago/12 set/12 out/12

Utilização Média (GB) Tamanho Médio (GB) % Médio Utilizado

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 16 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

TERC Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima


Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
Período
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
out/12 128,6 96,8 31,8 75,3 129,0 99,2 32,4 77,4 128,2 96,1 29,0 74,8
set/12 127,5 100,1 27,5 78,5 128,0 104,5 32,6 81,9 127,2 95,1 23,1 74,5
ago/12 126,2 96,8 29,4 76,7 126,8 98,3 31,6 77,8 125,7 94,2 28,1 74,9
jul/12 125,3 93,3 32,1 74,4 125,7 96,5 36,0 76,7 125,0 89,0 29,3 71,2

UBS - Média Mensal Cumulativa de Utilização


do Espaço Alocado para Tablespaces
5,5 100
5,0 90
4,5
Tamanho (GBytes)

80
4,0

Percentual
70
3,5
60
3,0
50,87 51,04 51,33 51,42 50
2,5
2,0 40

1,5 30
jul/12 ago/12 set/12 out/12

Utilização Média (GB) Tamanho Médio (GB) % Médio Utilizado

UBS Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima


Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
Período
(GB) (GB) (GB) (%) (GB) (GB) (GB) (%) (GB) (GB) (GB) (%)
out/12 4,87 2,51 2,37 51,42 4,87 2,52 2,38 51,66 4,87 2,50 2,36 51,23
set/12 4,87 2,50 2,37 51,33 4,87 2,51 2,39 51,53 4,87 2,49 2,36 51,00
ago/12 4,87 2,49 2,39 51,04 4,87 2,50 2,41 51,30 4,87 2,47 2,37 50,61
jul/12 4,87 2,48 2,39 50,87 4,87 2,50 2,41 51,23 4,87 2,46 2,38 50,52

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 17 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

4.5. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados HCPA


Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM
Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto Status Datafiles Tipo Gerenc. de Gerenc. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento

IQA_DAT 1,0 0,8 0,2 80,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
DRSYS 1,0 0,1 0,9 6,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AHD_DAT 4,0 0,9 3,1 21,9 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
CTB_DAT 5,0 2,6 2,4 52,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SIG_DAT 5,0 1,1 3,9 21,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SIG_IDX 5,0 4,1 0,9 82,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
XDB 5,0 0,1 4,9 1,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AHD_IDX 6,0 2,2 3,8 36,5 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
BASE_IDX 10,0 1,6 8,4 16,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CTB_IDX 10,0 3,9 6,1 39,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SGQ_IDX 10,0 6,9 3,1 68,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TOOLS 10,0 4,6 5,4 45,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SGQ_DAT 11,1 10,3 0,8 92,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CHD_IDX 15,0 0,1 14,9 0,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
EUL_IDX 30,0 20,9 9,1 69,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CSE_IDX 50,0 45,7 4,3 91,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FSO_IDX 50,0 43,8 6,2 87,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
LIMPEZA 50,0 35,2 14,8 70,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
OEM 70,0 44,1 25,9 63,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CHD_DAT 79,3 79,3 0,1 99,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FSO_DAT 90,0 82,1 7,9 91,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUD_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ECP_DAT 100,0 41,8 58,2 41,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FWL_DAT 100,0 3,3 96,7 3,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FWL_IDX 100,0 0,2 99,8 0,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MPA_DAT 100,0 88,9 11,1 88,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
PDT_IDX 113,0 108,0 5,0 95,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUD_DAT 200,0 168,3 31,7 84,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ECP_IDX 200,0 143,6 56,4 71,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MCI_IDX 200,0 197,1 2,9 98,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CONV_HIST 209,0 110,4 98,6 52,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CSE_DAT 209,0 109,3 99,7 52,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MCO_IDX 253,0 162,0 91,0 64,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AFA_IDX 287,1 57,8 229,3 20,1 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
RAR_DAT 291,0 274,3 16,8 94,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
RAR_IDX 315,0 226,2 88,8 71,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FCP_IDX 353,0 273,4 79,6 77,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MPA_IDX 378,0 314,9 63,1 83,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FCU_DAT 400,0 303,0 97,0 75,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ORA73_IDX 420,0 385,7 34,3 91,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AES_IDX 427,0 271,8 155,3 63,6 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
FCP_DAT 427,0 354,9 72,1 83,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AES_DAT 445,0 287,6 157,4 64,6 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
MCI_DAT 500,0 450,5 49,5 90,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FCU_IDX 520,0 438,6 81,4 84,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 18 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto Status Datafiles Tipo Gerenc. de Gerenc. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento

MVIEW_LOG 530,0 459,0 71,0 86,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
RAP_DAT 530,0 503,2 26,8 94,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
RAP_IDX 578,0 545,4 32,6 94,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUD_LOB 600,0 552,4 47,6 92,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MCO_DAT 700,0 604,6 95,4 86,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
USERS 797,0 482,9 314,1 60,6 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
MVIEW_IDX 800,0 702,7 97,3 87,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ORA73_DAT 800,0 789,7 10,3 98,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSAUX 830,0 665,4 164,6 80,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
AIN_DAT 839,1 801,3 37,9 95,5 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
MPT_DAT 900,0 892,7 7,3 99,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSTEM 962,1 953,4 8,7 99,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL MANUAL
ANU_DAT 1.000,0 882,1 117,9 88,2 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
SCO_DAT 1.084,1 1.009,9 74,1 93,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
ANU_IDX 1.100,0 1.050,6 49,4 95,5 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
AIN_IDX 1.228,1 1.225,6 2,4 99,8 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
SCO_IDX 1.300,0 1.072,8 227,3 82,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ABS_DAT 1.306,1 1.246,6 59,5 95,4 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
CONV_IDX 1.317,1 1.172,1 144,9 89,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUDITOR_DAT 1.600,0 940,4 659,6 58,8 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
MPT_IDX 1.600,0 1.551,4 48,6 97,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AFA_DAT 1.607,0 1.511,5 95,5 94,1 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
CONV_DAT 1.858,0 1.844,8 13,3 99,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AEL_IDX 2.075,1 2.024,1 51,0 97,5 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
ABS_IDX 2.092,0 2.028,3 63,8 97,0 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
EPE_DAT 2.200,0 2.167,6 32,4 98,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MBC_DAT 2.500,0 2.440,4 59,6 97,6 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
MBC_IDX 2.500,0 2.203,4 296,6 88,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FAT_IDX_LPZ 3.050,0 3.006,5 43,5 98,6 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
AIP_DAT 3.392,1 3.298,3 93,8 97,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
EPE_IDX 3.640,0 3.113,0 527,0 85,5 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
SCE_DAT 3.800,0 3.788,7 11,3 99,7 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
ECE_DAT 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
MVIEW_DAT 4.000,0 3.841,9 158,1 96,1 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_LOB_DAT 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
AIP_IDX 4.608,1 4.526,7 81,4 98,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
ECE_IDX 5.370,0 4.071,5 1.298,5 75,8 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
AAC_IDX 5.405,0 5.388,3 16,8 99,7 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
SCE_IDX 5.606,1 5.551,3 54,8 99,0 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
PDT_DAT 6.496,0 6.416,3 79,7 98,8 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDO1 6.600,0 803,7 5.796,3 12,2 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
AAC_DAT 6.633,0 6.458,4 174,6 97,4 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_IDX 7.620,0 7.554,1 65,9 99,1 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
TEMP_GSIS 8.000,0 0,0 8.000,0 0,0 YES ONLINE 2 TEMPORARY LOCAL MANUAL
FAT_DAT_NEW 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDO2 8.750,0 936,9 7.813,1 10,7 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 19 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto Status Datafiles Tipo Gerenc. de Gerenc. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento

FAT_IDX 9.656,0 9.598,9 57,1 99,4 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
MPM_DAT 10.433,0 10.340,6 92,4 99,1 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
MPM_IDX 11.839,1 11.453,3 385,8 96,7 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
MAM_DAT 15.888,0 15.860,1 27,9 99,8 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
MAM_IDX 18.888,0 18.864,1 23,9 99,9 YES ONLINE 5 PERMANENT LOCAL AUTO
AEL_IDX_LPZ 21.584,0 21.540,3 43,8 99,8 YES ONLINE 5 PERMANENT LOCAL AUTO
TEMP 30.000,0 40,0 29.960,0 0,1 YES ONLINE 3 TEMPORARY LOCAL MANUAL
FAT_DAT 30.726,0 17.491,3 13.234,8 56,9 YES ONLINE 10 PERMANENT LOCAL AUTO
AEL_DAT 58.860,0 58.425,4 434,6 99,3 YES ONLINE 13 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_DAT 313.780,0 311.764,7 2.015,3 99,4 YES ONLINE 67 PERMANENT LOCAL AUTO

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA02/hcpa/tempfile/temp_004.dbf 10.000 TEMP ONLINE YES 10.000 100
+DATA02/hcpa/tempfile/temp_003.dbf 10.000 TEMP ONLINE YES 10.000 10
+DATA02/hcpa/tempfile/temp_005.dbf 10.000 TEMP ONLINE YES 10.000 100
+DATA01/hcpa/datafile/undo2.dbf 8.750 UNDO2 ONLINE YES 15.000 10
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_n_01.dbf 8.192 FAT_DAT_NEW ONLINE NO
+DATA01/hcpa/datafile/undo1.dbf 6.600 UNDO1 ONLINE YES 15.000 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_29.dbf 5.196 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_61.dbf 5.196 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_36.dbf 5.196 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_07.dbf 5.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_dat_01.dbf 5.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_dat_02.dbf 5.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_dat_03.dbf 5.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_dat_08.dbf 5.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_idx_lpz_02.dbf 5.096 AEL_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_05.dbf 4.996 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_06.dbf 4.996 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_19.dbf 4.996 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_35.dbf 4.996 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_dat_04.dbf 4.996 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_10.dbf 4.996 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_idx_jun08_02.dbf 4.896 MAM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_09.dbf 4.896 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_41.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_43.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_idx_lpz_01.dbf 4.896 AEL_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_idx_lpz_03.dbf 4.896 AEL_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_51.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_02.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_11.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_15.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 20 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_18.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_31.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_50.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_01.dbf 4.896 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_20.dbf 4.800 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_21.dbf 4.800 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_34.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_37.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_44.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_47.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_48.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_60.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_64.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_04.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_05.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_08.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_09.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_10.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_17.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_30.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_49.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_idx_lpz_04.dbf 4.796 AEL_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_33.dbf 4.796 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_25.dbf 4.700 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_28.dbf 4.700 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_idx_jun08_01.dbf 4.696 MAM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_38.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_39.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_40.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_42.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_45.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_46.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_54.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_58.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_62.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_03.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_06.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_07.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_13.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_14.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_16.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_32.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_53.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_57.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_59.dbf 4.696 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_dat_jun08_01.dbf 4.696 MAM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_dat_jun08_02.dbf 4.696 MAM_DAT ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 21 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_23.dbf 4.600 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_22.dbf 4.600 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_27.dbf 4.600 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_52.dbf 4.596 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_dat_jun08_03.dbf 4.596 MAM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_idx_01.dbf 4.596 FAT_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_63.dbf 4.596 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_24.dbf 4.500 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_26.dbf 4.500 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_56.dbf 4.496 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_55.dbf 4.496 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_dat_12.dbf 4.496 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_idx_jun08_03.dbf 4.496 MAM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpm_dat_c.dbf 4.396 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpm_dat_a.dbf 4.196 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_idx_01.dbf 4.196 AGH_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/sce_idx_11_lpz_01.dbf 4.196 SCE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/pdt_dat_01.dbf 4.196 PDT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpm_idx_lpz_01.dbf 4.096 MPM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_02.dbf 4.096 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_01.dbf 4.096 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_07.dbf 4.096 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_03.dbf 4.096 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_04.dbf 4.096 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_05.dbf 4.096 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpm_idx_lpz_02.dbf 4.063 MPM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/tempfile/tempgsis_001.dbf 4.000 TEMP_GSIS ONLINE YES 4.000 0,01
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_06.dbf 4.000 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_lob_dat_01.dbf 4.000 AGH_LOB_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/tempfile/tempgsis_002.dbf 4.000 TEMP_GSIS ONLINE YES 4.000 0,01
+DATA01/hcpa/datafile/aac_dat_01.dbf 3.743 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aip_idx_01.dbf 3.700 AIP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ece_dat_01.dbf 3.700 ECE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ece_idx_lpz_01.dbf 3.670 ECE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_idx_02.dbf 3.560 FAT_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mam_idx_jun08_04.dbf 3.300 MAM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mview_dat_01.dbf 3.100 MVIEW_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aip_dat_01.dbf 3.092 AIP_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/sce_dat_01.dbf 3.000 SCE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_66.dbf 3.000 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_65.dbf 3.000 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_13.dbf 2.900 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aac_idx_set07_a.dbf 2.805 AAC_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_12.dbf 2.800 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_dat_11.dbf 2.800 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_dat_67.dbf 2.800 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/epe_idx_lpz_01.dbf 2.640 EPE_IDX ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 22 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA01/hcpa/datafile/aac_idx_set07_b.dbf 2.600 AAC_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpm_idx_lpz_03.dbf 2.580 MPM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mbc_idx_03.dbf 2.500 MBC_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_idx_02.dbf 2.424 AGH_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mbc_dat_01.dbf 2.300 MBC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/epe_dat_01.dbf 2.200 EPE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aac_dat_02.dbf 2.200 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mam_dat_jun08_04.dbf 1.900 MAM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_idx_lpz_05.dbf 1.900 AEL_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ael_idx_set07_01.dbf 1.875 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/conv_dat_01.dbf 1.858 CONV_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ece_idx_lpz_02.dbf 1.700 ECE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpt_idx_01.dbf 1.600 MPT_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mam_idx_jun08_05.dbf 1.500 MAM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/fat_idx_03.dbf 1.500 FAT_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/pdt_dat_02.dbf 1.400 PDT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/conv_idx_02_lpz_01.dbf 1.317 CONV_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/afa_dat_01.dbf 1.307 AFA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/sco_idx_03.dbf 1.300 SCO_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/abs_dat.dbf 1.233 ABS_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mpm_idx_lpz_04.dbf 1.100 MPM_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/abs_idx_set07_a.dbf 1.092 ABS_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/fat_idx_lpz_01.dbf 1.050 FAT_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 50
+DATA02/hcpa/datafile/mpm_dat_g.dbf 1.041 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ain_idx_01.dbf 1.024 AIN_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/fat_idx_lpz_03.dbf 1.000 FAT_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 50
+DATA01/hcpa/datafile/abs_idx_set07_b.dbf 1.000 ABS_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_idx_03.dbf 1.000 AGH_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/anu_idx_01.dbf 1.000 ANU_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/fat_idx_lpz_02.dbf 1.000 FAT_IDX_LPZ ONLINE YES 8.192 50
+DATA02/hcpa/datafile/epe_idx_lpz_02.dbf 1.000 EPE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/sco_dat_01.dbf 984 SCO_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/system.256.719861297 962 SYSTEM SYSTEM YES 4.096 10
+DATA02/hcpa/datafile/aip_idx_02.dbf 908 AIP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/pdt_dat_03.dbf 900 PDT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/sysaux.257.719861297 820 SYSAUX ONLINE NO
+DATA01/hcpa/datafile/sce_idx_11_lpz_02.dbf 810 SCE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/sce_dat_02.dbf 800 SCE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/auditor_dat_02.dbf 800 AUDITOR_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/anu_dat_01.dbf 800 ANU_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ora73_dat_01.dbf 800 ORA73_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/auditor_dat_01.dbf 800 AUDITOR_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpm_dat_f.dbf 800 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpt_dat_01.dbf 800 MPT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mview_idx_01.dbf 800 MVIEW_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ain_dat.dbf 771 AIN_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_09.dbf 750 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 23 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA01/hcpa/datafile/mco_dat_01.dbf 700 MCO_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_10.dbf 700 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_08.dbf 700 FAT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aud_lob_01.dbf 600 AUD_LOB ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/sce_idx_11_lpz_03.dbf 600 SCE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aac_dat_03.dbf 590 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/rap_idx_01.dbf 578 RAP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/users.259.719861297 547 USERS ONLINE NO
+DATA01/hcpa/datafile/rap_dat_01.dbf 530 RAP_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mview_log_01.dbf 530 MVIEW_LOG ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fcu_idx_01.dbf 520 FCU_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mview_dat_02.dbf 500 MVIEW_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mci_dat_01.dbf 500 MCI_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fcp_dat_01.dbf 427 FCP_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ora73_idx_01.dbf 420 ORA73_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fcu_dat_01.dbf 400 FCU_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mview_dat_03.dbf 400 MVIEW_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpa_idx_01.dbf 378 MPA_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fcp_idx_01.dbf 353 FCP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aes_dat_01.dbf 345 AES_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/aes_idx_set07_01.dbf 327 AES_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/rar_idx_01.dbf 315 RAR_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/afa_dat_02.dbf 300 AFA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aip_dat_02.dbf 300 AIP_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/rar_dat_01.dbf 291 RAR_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mco_idx_01.dbf 253 MCO_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/cse_dat_01.dbf 209 CSE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/conv_hist_01.dbf 209 CONV_HIST ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ain_idx_02.dbf 204 AIN_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mbc_dat_02.dbf 200 MBC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fat_dat_n_02.dbf 200 FAT_DAT_NEW ONLINE YES 8.192 10
+DATA01/hcpa/datafile/mci_idx_01.dbf 200 MCI_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ece_dat_02.dbf 200 ECE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aud_dat_01.dbf 200 AUD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ael_idx_set07_02.dbf 200 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/users.476.721465023 200 USERS ONLINE NO
+DATA02/hcpa/datafile/ecp_idx_01.dbf 200 ECP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/afa_idx_01.dbf 181 AFA_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/pdt_idx_01.dbf 113 PDT_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aes_idx_set07_02.dbf 100 AES_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/afa_idx_03.dbf 100 AFA_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/agh_lob_dat_03.dbf 100 AGH_LOB_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/anu_dat_02.dbf 100 ANU_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/anu_idx_02.dbf 100 ANU_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/anu_idx_03.dbf 100 ANU_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aud_idx_01.dbf 100 AUD_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ecp_dat_01.dbf 100 ECP_DAT ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 24 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HCPA Relatório gerado em 29/10/2012 09:00:49 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA02/hcpa/datafile/fwl_dat_01.dbf 100 FWL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/fwl_idx_01.dbf 100 FWL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/mpt_dat_02.dbf 100 MPT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/sco_dat_03.dbf 100 SCO_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/agh_lob_dat_02.dbf 100 AGH_LOB_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aes_dat_02.dbf 100 AES_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/mpa_dat_01.dbf 100 MPA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/aac_dat_04.dbf 100 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/fso_dat_01.dbf 90 FSO_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/chd_dat_01.dbf 79 CHD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/abs_dat01.dbf 73 ABS_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/oem_01.dbf 70 OEM ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/hcpa/datafile/ain_dat_02.dbf 68 AIN_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/users_03.dbf 50 USERS ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/hcpa/datafile/fso_idx_01.dbf 50 FSO_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/limpeza_01.dbf 50 LIMPEZA ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/cse_idx_01.dbf 50 CSE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/eul_idx_01.dbf 30 EUL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/chd_idx_01.dbf 15 CHD_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/sgq_dat_01.dbf 11 SGQ_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/base_idx_01.dbf 10 BASE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/sysaux_02.dbf 10 SYSAUX ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/hcpa/datafile/sgq_idx_02.dbf 10 SGQ_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ctb_idx_01.dbf 10 CTB_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/tools_01.dbf 10 TOOLS ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/afa_idx_02.dbf 6 AFA_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ahd_idx_01.dbf 5 AHD_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/sig_idx_01.dbf 5 SIG_IDX ONLINE YES 4.000 1
+DATA02/hcpa/datafile/sig_dat_01.dbf 5 SIG_DAT ONLINE YES 4.000 1
+DATA01/hcpa/datafile/xdb01.dbf 5 XDB ONLINE YES 1.000 5
+DATA01/hcpa/datafile/ctb_dat_01.dbf 5 CTB_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hcpa/datafile/ahd_dat_02.dbf 2 AHD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/ahd_dat.dbf 2 AHD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/drsys_01.dbf 1 DRSYS ONLINE YES 100 1
+DATA02/hcpa/datafile/ahd_idx_02.dbf 1 AHD_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hcpa/datafile/iqa_dat_01.dbf 1 IQA_DAT ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 25 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

4.6. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados HIST


Cluster Database: HIST Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:21 AM
Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto
Status Datafiles Tipo
Gerenc. de Gerenc. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento
AEL_TMP_DAT 100,0 1,4 98,6 1,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AEL_TMP_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AHD_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AHD_IDX 100,0 0,7 99,3 0,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ARRUDA_TEMP 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUDITOR_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CSE_DAT 100,0 8,4 91,6 8,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CSE_IDX 100,0 10,5 89,5 10,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FCC_DAT 100,0 0,6 99,4 0,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
INDX 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MCI_DAT 100,0 18,9 81,1 18,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MCI_IDX 100,0 63,8 36,3 63,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MPA_DAT 100,0 1,5 98,5 1,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MPT_DAT 100,0 40,2 59,8 40,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MPT_IDX 100,0 43,5 56,5 43,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MVIEWS 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
RAP_DAT 100,0 74,6 25,4 74,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
RAP_IDX 100,0 64,3 35,8 64,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TEMP01 100,0 0,0 100,0 0,0 YES ONLINE 1 TEMPORARY LOCAL MANUAL
USERS 152,5 54,4 98,1 35,7 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
AES_IDX 172,0 142,6 29,4 82,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AES_DAT 179,0 148,7 30,3 83,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AIN_DAT 271,0 247,6 23,4 91,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SCO_DAT 272,0 218,3 53,7 80,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MAM_IDX_SET07 300,0 215,8 84,2 71,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MAM_IDX_SET07 300,0 215,8 84,2 71,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MVIEW 300,0 278,1 21,9 92,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SCO_IDX 379,0 317,9 61,1 83,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ABS_DAT 400,0 361,4 38,6 90,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MBC_DAT 400,0 350,9 49,1 87,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSAUX 470,0 416,1 53,9 88,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MBC_IDX 500,0 475,8 24,3 95,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ABS_IDX 600,0 526,7 73,3 87,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AIP_DAT_ABR09 600,0 484,1 115,9 80,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ANU_IDX 600,0 582,6 17,4 97,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AIN_IDX_05 700,0 697,8 2,3 99,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CONV_IDX_ABR08 800,0 732,1 67,9 91,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ANU_DAT 900,0 881,9 18,1 98,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AIP_IDX_ABR09 1.000,0 957,8 42,3 95,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MAM_DAT 1.000,0 967,1 32,9 96,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SCE_DAT 1.600,0 1.582,4 17,6 98,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CONV_DAT 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 26 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HIST Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:21 AM


Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto
Status Datafiles Tipo
Gerenc. de Gerenc. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento
EPE_DAT02 2.300,0 2.231,8 68,2 97,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_DAT 2.329,0 2.278,6 50,4 97,8 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
DFLT 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
EPE_IDX 3.245,0 3.148,4 96,6 97,0 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
SCE_IDX_072006 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_IDX 3.567,0 3.472,7 94,3 97,4 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
AAC_DAT 3.903,0 2.071,2 1.831,8 53,1 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
AAC_IDX 4.196,0 3.508,9 687,1 83,6 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
MPM_IDX08 6.691,0 6.605,5 85,5 98,7 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
HIST 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
AFA_DAT 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
TEMPHIST 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 YES ONLINE 2 TEMPORARY LOCAL MANUAL
MPM_DAT 8.492,0 8.472,8 19,3 99,8 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDO1 10.000,0 114,6 9.885,4 1,2 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
UNDO2 10.000,0 122,1 9.877,9 1,2 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
AUD_DAT 11.400,0 11.305,6 94,4 99,2 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
ECE_DAT 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
AFA_IDX07 14.188,0 14.091,4 96,6 99,3 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
ECE_IDX_08 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
TEMP 16.100,0 0,0 16.100,0 0,0 YES ONLINE 1 TEMPORARY LOCAL MANUAL
AEL_DAT 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 YES ONLINE 7 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSTEM 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL MANUAL
FAT_IDX08 29.096,0 29.031,7 64,3 99,8 YES ONLINE 7 PERMANENT LOCAL AUTO
AEL_IDX 36.537,0 31.263,4 5.273,6 85,6 YES ONLINE 10 PERMANENT LOCAL AUTO
FAT_DAT08 47.888,0 47.619,6 268,4 99,4 YES ONLINE 11 PERMANENT LOCAL AUTO

Cluster Database: HIST Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:21 AM


Tamanho Tablespace Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo Status Extensão
(MB) Máx. (MB) (MB)
+DATA01/hist/datafile/system.274.719924293 22.961 SYSTEM SYSTEM NO
+DATA01/hist/tempfile/temp.282.719924351 16.100 TEMP ONLINE YES 32.768 0,63
+DATA01/hist/datafile/undo2.dbf 10.000 UNDO2 ONLINE YES 10.000 100
+DATA01/hist/datafile/undo1.dbf 10.000 UNDO1 ONLINE YES 10.000 100
+DATA02/hist/datafile/aud_dat_01.dbf 6.000 AUD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aud_dat_02.dbf 5.400 AUD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_02.dbf 4.696 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_idx_08_01.dbf 4.696 ECE_IDX_08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_03.dbf 4.596 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_05.dbf 4.596 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_05.dbf 4.596 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_04.dbf 4.596 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_01.dbf 4.596 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_02.dbf 4.596 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_01.dbf 4.496 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_03.dbf 4.496 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 27 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HIST Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:21 AM


Tamanho Tablespace Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo Status Extensão
(MB) Máx. (MB) (MB)
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_04.dbf 4.496 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_dat_01.dbf 4.396 ECE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_05.dbf 4.396 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_dat_02.dbf 4.296 ECE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/afa_idx07_02.dbf 4.296 AFA_IDX07 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/afa_idx07_01.dbf 4.296 AFA_IDX07 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_idx_08_02.dbf 4.296 ECE_IDX_08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_11.dbf 4.280 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_idx_08_03.dbf 4.196 ECE_IDX_08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpm_dat_02.dbf 4.196 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_06.dbf 4.196 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_09.dbf 4.196 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_06.dbf 4.196 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_07.dbf 4.196 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_10.dbf 4.140 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_dat08_08.dbf 4.100 FAT_DAT08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpm_dat_01.dbf 4.096 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/afa_idx07_03.dbf 4.096 AFA_IDX07 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aac_idx_01.dbf 4.096 AAC_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_01.dbf 4.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_02.dbf 4.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_03.dbf 4.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_04.dbf 4.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_05.dbf 4.096 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_01.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_02.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_05.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_06.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_07.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_08.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_09.dbf 4.096 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/afa_dat_01.dbf 4.096 AFA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/temphist.dbf 4.096 TEMPHIST ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/hist/datafile/temphist_01.dbf 4.000 TEMPHIST ONLINE YES 4.000 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_03.dbf 3.905 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_04.dbf 3.860 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aac_dat_01.dbf 3.703 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_dat_03.dbf 3.600 ECE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/hist_02.dbf 3.507 HIST ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpm_idx08_02.dbf 3.440 MPM_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/hist_01.dbf 3.381 HIST ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/agh_idx_01.dbf 3.267 AGH_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpm_idx08_01.dbf 3.151 MPM_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/epe_idx_01.dbf 2.945 EPE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/sce_idx_072006_01.dbf 2.868 SCE_IDX_072006 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/dflt_01.dbf 2.744 DFLT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_idx_08_04.dbf 2.600 ECE_IDX_08 ONLINE YES 8.192 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 28 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HIST Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:21 AM


Tamanho Tablespace Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo Status Extensão
(MB) Máx. (MB) (MB)
+DATA02/hist/datafile/afa_dat_02.dbf 2.600 AFA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/epe_dat02_01.dbf 2.300 EPE_DAT02 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/conv_dat_01.dbf 2.300 CONV_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/conv_dat_01.dbf 2.300 CONV_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/fat_idx08_07.dbf 2.120 FAT_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/agh_dat_01.dbf 2.029 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hist/datafile/system.452.721219055 1.999 SYSTEM SYSTEM NO
+DATA02/hist/datafile/sce_dat_01.dbf 1.600 SCE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/afa_idx07_04.dbf 1.500 AFA_IDX07 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aip_idx_abr09_01.dbf 1.000 AIP_IDX_ABR09 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mam_dat_01.dbf 1.000 MAM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/anu_dat_01.dbf 900 ANU_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/afa_dat_03.dbf 900 AFA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/conv_idx_abr08_01.dbf 800 CONV_IDX_ABR08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ece_dat_04.dbf 700 ECE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ain_idx_05_01.dbf 700 AIN_IDX_05 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/abs_idx_01.dbf 600 ABS_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/anu_idx_01.dbf 600 ANU_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aip_dat_abr09_01.dbf 600 AIP_DAT_ABR09 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_06.dbf 600 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/sce_idx_072006_02.dbf 500 SCE_IDX_072006 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mbc_idx_01.dbf 500 MBC_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hist/datafile/sysaux.275.719924293 470 SYSAUX ONLINE YES 32.768 10
+DATA02/hist/datafile/ael_dat_07.dbf 400 AEL_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/abs_dat_01.dbf 400 ABS_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mbc_dat_01.dbf 400 MBC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/sco_idx_01.dbf 379 SCO_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mview_01.dbf 300 MVIEW ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/epe_idx_02.dbf 300 EPE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/agh_dat_02.dbf 300 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/agh_idx_02.dbf 300 AGH_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mam_idx_set07_01.dbf 300 MAM_IDX_SET07 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/sco_dat_01.dbf 272 SCO_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ain_dat_01.dbf 271 AIN_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpm_dat_03.dbf 200 MPM_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aes_dat_01.dbf 179 AES_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aes_idx_01.dbf 172 AES_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA01/hist/datafile/users.478.721474741 100 USERS ONLINE YES 1.000 100
+DATA02/hist/datafile/aac_dat_02.dbf 100 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aac_dat_03.dbf 100 AAC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/aac_idx_02.dbf 100 AAC_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_idx_10.dbf 100 AEL_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_tmp_dat_01.dbf 100 AEL_TMP_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ael_tmp_idx_01.dbf 100 AEL_TMP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ahd_dat_01.dbf 100 AHD_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/ahd_idx_01.dbf 100 AHD_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/arruda_temp_01.dbf 100 ARRUDA_TEMP ONLINE YES 4.096 100

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 29 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: HIST Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:21 AM


Tamanho Tablespace Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo Status Extensão
(MB) Máx. (MB) (MB)
+DATA02/hist/datafile/auditor_dat_01.dbf 100 AUDITOR_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/cse_dat_01.dbf 100 CSE_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/cse_idx_01.dbf 100 CSE_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/dflt_02.dbf 100 DFLT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/drsys_01.dbf 100 DRSYS ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/hist/datafile/fcc_dat_01.dbf 100 FCC_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/hist_03.dbf 100 HIST ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/indx_01.dbf 100 INDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mci_dat_01.dbf 100 MCI_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mci_idx_01.dbf 100 MCI_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpa_dat_01.dbf 100 MPA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpa_dat_01.dbf 100 MPA_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpm_idx08_03.dbf 100 MPM_IDX08 ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpt_dat_01.dbf 100 MPT_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mpt_idx_01.dbf 100 MPT_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/mviews_01.dbf 100 MVIEWS ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/rap_dat_01.dbf 100 RAP_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/rap_idx_01.dbf 100 RAP_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/hist/datafile/xdb_01.dbf 100 XDB ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/hist/tempfile/temp01.449.721306893 100 TEMP01 ONLINE YES 32.768 100
+DATA02/hist/datafile/tools_01.dbf 100 TOOLS ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/hist/datafile/users.277.719924293 53 USERS ONLINE YES 32.768 1,25
+DATA02/hist/datafile/system_04.dbf 10 SYSTEM SYSTEM YES 4.096 100

4.7. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados TERC


Cluster Database: TERC Relatório gerado em 29/10/2012 09:02:50 AM
Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto
Status Datafiles Tipo
Ger. de Ger. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento
ACT_IDX 5,0 2,2 2,8 43,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ACT_DAT 10,0 6,1 3,9 60,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CADBIO_DAT 10,0 0,1 9,9 0,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CADBIO_IDX 10,0 0,1 9,9 0,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FARMA_DAT 10,0 4,2 5,8 41,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
LIQUID_LOB 10,0 0,3 9,7 3,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MVIEW_DAT 10,0 1,1 8,9 11,3 NO ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MVIEW_IDX 10,0 0,6 9,4 6,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
PROTOCOLO_IDX 10,0 2,6 7,4 26,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TRACEGP_DOC 10,0 0,3 9,8 2,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
CONJUR_DAT 40,0 31,0 9,0 77,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_IDX 45,0 29,3 15,8 65,0 YES ONLINE 6 PERMANENT LOCAL AUTO
PROTOCOLO_DAT 50,0 9,3 40,8 18,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SAS_DATA 50,0 30,8 19,3 61,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
UGEN_NAS_DAT 50,0 1,3 48,8 2,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
UGEN_NAS_IDX 50,0 0,9 49,1 1,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
USERS 97,5 56,4 41,1 57,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 30 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: TERC Relatório gerado em 29/10/2012 09:02:50 AM


Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto
Status Datafiles Tipo
Ger. de Ger. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento
FARMA_IDX 100,0 1,1 98,9 1,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FIBROSE_DAT 100,0 7,0 93,0 7,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
FIBROSE_IDX 100,0 1,8 98,3 1,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
GPPG_IDX 100,0 24,6 75,4 24,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
HIST_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
HIST_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SAS_IND 100,0 51,6 48,4 51,6 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SIA_IDX 100,0 32,9 67,1 32,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MULTICENTRO_IDX 200,0 164,5 35,5 82,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SIA_DAT 200,0 116,7 83,3 58,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
E2000_MAN_DADOS 230,0 224,8 5,2 97,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SAPIENS_IDX 230,0 222,6 7,4 96,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUD_LOB_DAT 300,0 240,1 59,9 80,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
MULTICENTRO_DAT 300,0 109,1 190,9 36,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUD_LOB 370,0 360,1 9,9 97,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
E2000_MAN_IDX 390,0 385,1 4,9 98,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SGM_IDX 400,0 390,1 9,9 97,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
ACES_IDX 520,0 512,3 7,8 98,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SAPIENS_DAT 540,0 537,2 2,8 99,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SISPROFIN_IDX 600,0 535,4 64,6 89,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AUD_DAT 610,0 600,8 9,3 98,5 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SGM_DAT 610,0 396,1 213,9 64,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TRACEGP_DAT 660,0 527,3 132,8 79,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
AGH_DAT 900,0 898,9 1,1 99,9 YES ONLINE 6 PERMANENT LOCAL AUTO
TRACEGP_IDX 1.000,0 766,9 233,1 76,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
LIQUID_IDX 1.380,0 1.365,5 14,5 99,0 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSAUX 1.420,0 1.337,8 82,3 94,2 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
LIQUID_DAT 1.460,0 1.443,4 16,6 98,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SISPRO_IDX 1.530,0 1.519,6 10,4 99,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSTEM 1.620,0 1.557,0 63,0 96,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL MANUAL
SISPROFIN_DAT 3.300,0 3.238,1 61,9 98,1 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
SISPRO 3.880,0 3.866,8 13,2 99,7 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
ACES_DAT 5.016,0 5.014,0 2,0 100,0 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDOTBS2 6.000,0 291,3 5.708,8 4,9 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
SSRHD01_IND 6.900,0 6.871,5 28,5 99,6 YES ONLINE 2 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDOTBS1 10.000,0 381,6 9.618,4 3,8 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
TEMP 10.000,0 3,0 9.997,0 0,0 YES ONLINE 1 TEMPORARY LOCAL MANUAL
GPPG_DAT 10.192,0 10.066,7 125,3 98,8 YES ONLINE 3 PERMANENT LOCAL AUTO
SSRHD01 10.592,0 5.935,9 4.656,1 56,0 YES ONLINE 4 PERMANENT LOCAL AUTO
TERC_DAT 24.700,0 24.590,1 109,9 99,6 YES ONLINE 8 PERMANENT LOCAL AUTO
TERC_IDX02 24.780,0 24.743,1 36,9 99,9 YES ONLINE 7 PERMANENT LOCAL AUTO

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 31 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: TERC Relatório gerado em 29/10/2012 09:02:50 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA01/terc/datafile/undotbs1.304.719931397 10.000 UNDOTBS1 ONLINE YES 10.000 100
+DATA01/terc/tempfile/temp.310.719931457 10.000 TEMP ONLINE YES 10.000 5
+DATA01/terc/datafile/undotbs2.311.719931467 6.000 UNDOTBS2 ONLINE YES 10.000 100
+DATA01/terc/datafile/ssrhd0101.dbf 4.096 SSRHD01 ONLINE YES 4.096 5
+DATA01/terc/datafile/terc_idx02.dbf 4.096 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/gppg_dat_02.dbf 4.096 GPPG_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/gppg_dat_01.dbf 4.096 GPPG_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_idx06.dbf 4.096 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_idx05.dbf 4.096 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_idx03.dbf 4.096 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_idx01.dbf 4.096 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/ssrhd0102.dbf 4.096 SSRHD01 ONLINE YES 4.096 5
+DATA01/terc/datafile/aces_dat01.dbf 4.096 ACES_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_idx04.dbf 3.900 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/ssrhd01_ind01.dbf 3.600 SSRHD01_IND ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat8.dbf 3.500 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/sispro_01.dbf 3.480 SISPRO ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/terc_dat7.dbf 3.400 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/ssrhd01_ind02.dbf 3.300 SSRHD01_IND ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/sisprofin_dat_01.dbf 3.200 SISPROFIN_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat3.dbf 3.100 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat6.dbf 3.000 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat1.dbf 3.000 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat5.dbf 2.900 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat4.dbf 2.900 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/terc_dat2.dbf 2.900 TERC_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/ssrhd0103.dbf 2.200 SSRHD01 ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/gppg_dat_03.dbf 2.000 GPPG_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/system.302.719931397 1.620 SYSTEM SYSTEM YES 4.000 10
+DATA01/terc/datafile/sispro_idx01.dbf 1.530 SISPRO_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/terc/datafile/liquid_dat_01.dbf 1.460 LIQUID_DAT ONLINE YES 4.000 20
+DATA01/terc/datafile/sysaux.303.719931397 1.420 SYSAUX ONLINE YES 32.768 10
+DATA02/terc/datafile/liquid_idx_01.dbf 1.380 LIQUID_IDX ONLINE YES 4.000 20
+DATA01/terc/datafile/tracegp_idx.dbf 1.000 TRACEGP_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/aces_dat02.dbf 920 ACES_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/tracegp_dat.dbf 660 TRACEGP_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/sgm_dat_01.dbf 610 SGM_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/terc/datafile/aud_dat_01.dbf 610 AUD_DAT ONLINE YES 5.000 10
+DATA02/terc/datafile/sisprofin_idx_01.dbf 600 SISPROFIN_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/sapiens_dat01.dbf 540 SAPIENS_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/aces_idx01.dbf 520 ACES_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/terc_idx07.dbf 400 TERC_IDX02 ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/sgm_idx_01.dbf 400 SGM_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/terc/datafile/sispro_02.dbf 400 SISPRO ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/e2000_man_idx_01.dbf 390 E2000_MAN_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/terc/datafile/aud_lob_01.dbf 370 AUD_LOB ONLINE YES 2.000 10
+DATA01/terc/datafile/agh_dat_01.dbf 360 AGH_DAT ONLINE YES 1.000 10

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 32 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

Cluster Database: TERC Relatório gerado em 29/10/2012 09:02:50 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA02/terc/datafile/agh_lob_dat_01.dbf 300 AUD_LOB_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/multicentro_dat_01.dbf 300 MULTICENTRO_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/sapiens_idx01.dbf 230 SAPIENS_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/e2000_man_dados_01.dbf 230 E2000_MAN_DADOS ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/ssrhd0104.dbf 200 SSRHD01 ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/sia_dat.dbf 200 SIA_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/multicentro_idx_01.dbf 200 MULTICENTRO_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/agh_dat_03.dbf 110 AGH_DAT ONLINE YES 200 10
+DATA01/terc/datafile/agh_dat_05.dbf 110 AGH_DAT ONLINE YES 200 10
+DATA01/terc/datafile/agh_dat_02.dbf 110 AGH_DAT ONLINE YES 200 10
+DATA01/terc/datafile/agh_dat_06.dbf 110 AGH_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/terc/datafile/sisprofin_dat_02.dbf 100 SISPROFIN_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/sia_idx.dbf 100 SIA_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/sas_ind_01.dbf 100 SAS_IND ONLINE YES 4.096 50
+DATA02/terc/datafile/hist_idx.dbf 100 HIST_IDX ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/terc/datafile/hist_dat.dbf 100 HIST_DAT ONLINE YES 8.192 100
+DATA02/terc/datafile/gppg_idx_01.dbf 100 GPPG_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/fibrose_dat_01.dbf 100 FIBROSE_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/fibrose_idx_01.dbf 100 FIBROSE_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA02/terc/datafile/farma_idx_01.dbf 100 FARMA_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/terc/datafile/agh_dat_04.dbf 100 AGH_DAT ONLINE YES 200 10
+DATA01/terc/datafile/users.305.719931397 98 USERS ONLINE YES 32.768 1
+DATA02/terc/datafile/sas_data_01.dbf 50 SAS_DATA ONLINE YES 4.096 50
+DATA02/terc/datafile/ugen_nas_dat_01.dbf 50 UGEN_NAS_DAT ONLINE YES 4.096 50
+DATA02/terc/datafile/ugen_nas_idx_01.dbf 50 UGEN_NAS_IDX ONLINE YES 4.096 50
+DATA02/terc/datafile/protocolo_dat_01.dbf 50 PROTOCOLO_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/conjur_01.dbf 40 CONJUR_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/agh_idx01.dbf 10 AGH_IDX ONLINE YES 1.000 10
+DATA02/terc/datafile/protocolo_idx_01.dbf 10 PROTOCOLO_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/tracegp_doc.dbf 10 TRACEGP_DOC ONLINE YES 4.096 10
+DATA02/terc/datafile/cadbio_dat_01.dbf 10 CADBIO_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/act_dat_01.dbf 10 ACT_DAT ONLINE YES 1.000 10
+DATA02/terc/datafile/farma_dat_01.dbf 10 FARMA_DAT ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/mview_idx.dbf 10 MVIEW_IDX ONLINE YES 1.000 10
+DATA01/terc/datafile/agh_idx05.dbf 10 AGH_IDX ONLINE YES 200 5
+DATA01/terc/datafile/agh_idx06.dbf 10 AGH_IDX ONLINE YES 200 5
+DATA02/terc/datafile/liquid_lob_01.dbf 10 LIQUID_LOB ONLINE YES 4.000 20
+DATA02/terc/datafile/cadbio_idx_01.dbf 10 CADBIO_IDX ONLINE YES 4.096 10
+DATA01/terc/datafile/mview_dat.dbf 10 MVIEW_DAT ONLINE NO
+DATA01/terc/datafile/agh_idx03.dbf 5 AGH_IDX ONLINE YES 200 5
+DATA01/terc/datafile/act_idx_01.dbf 5 ACT_IDX ONLINE YES 1.000 10
+DATA01/terc/datafile/agh_idx02.dbf 5 AGH_IDX ONLINE YES 200 5
+DATA01/terc/datafile/agh_idx04.dbf 5 AGH_IDX ONLINE YES 200 5

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 33 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

4.8. TABLESPACES e DATAFILES: Banco de Dados UBS


Cluster Database: UBS Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:44 AM
Alocação Atual
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Auto
Status Datafiles Tipo
Gerenc. de Gerenc. de
(MB) (MB) (MB) (%) Extensão Extensão Segmento
USERS 5,0 1,1 3,9 21,3 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDOTBS2 125,0 26,0 99,0 20,8 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
SYSAUX 470,0 431,6 38,4 91,8 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
UNDOTBS1 560,0 53,1 506,9 9,5 YES ONLINE 1 UNDO LOCAL MANUAL
UBS_IDX 800,0 739,3 60,7 92,4 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
SYSTEM 830,0 644,6 185,4 77,7 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL MANUAL
UBS_DAT 900,0 745,9 154,1 82,9 YES ONLINE 1 PERMANENT LOCAL AUTO
TEMP 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 YES ONLINE 1 TEMPORARY LOCAL MANUAL

Cluster Database: UBS Relatório gerado em 29/10/2012 09:03:44 AM


Tamanho Auto Tamanho Incremento
Nome do Arquivo (MB)
Tablespace Status
Extensão Máx. (MB) (MB)
+DATA01/ubs/tempfile/temp.003.dbf 1 TEMP ONLINE YES 1.000 10
+DATA01/ubs/datafile/ubs_dat_01.dbf 900 UBS_DAT ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/ubs/datafile/system.288.719929931 830 SYSTEM SYSTEM YES 32.768 10
+DATA01/ubs/datafile/ubs_idx_01.dbf 800 UBS_IDX ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/ubs/datafile/undotbs1.290.719929931 560 UNDOTBS1 ONLINE YES 5.000 100
+DATA01/ubs/datafile/sysaux.289.719929931 470 SYSAUX ONLINE YES 32.768 10
+DATA01/ubs/datafile/undotbs2.297.719929997 125 UNDOTBS2 ONLINE YES 5.000 100
+DATA01/ubs/datafile/drsys_01.dbf 100 DRSYS ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/ubs/datafile/xdb_01.dbf 100 XDB ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/ubs/datafile/tools_01.dbf 100 TOOLS ONLINE YES 4.096 100
+DATA01/ubs/datafile/users.291.719929931 5 USERS ONLINE YES 32.768 1,25

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 34 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

5. BANCOS DE DADOS SQL SERVER


O Microsoft SQL Server gerencia os bancos de dados do Sistema de Informações Gerenciais –
IG, em ambiente de produção, sem alta disponibilidade. O servidor utilizado é o Pisces. Nele também
rodam o Microsoft Analysis Services e o Microsoft Integration Services. Os bancos de dados são os
seguintes:
 BI – Utilizado pela interface WEB de acesso aos cubos da aplicação Processor BI;
 IG_UBS – Datawarehouse da Unidade Básica de Sáude;
 IG_Financeiro – Datawarehouse do HCPA.

Outros 5 sistemas, que atendem serviços diversos, também têm bancos de dados
gerenciados pelo Microsoft SQL Server, no servidor Comte:
 FUSION HCPA 2011 – Banco de dados do sistema Fusion, utilizado pela área de
Imunologia ;
 Imunologia – Banco de dados de sistema específico da área de Imunologia;
 Intranet – Banco de dados de Pesquisa de Opinião;
 Oobj_NFe_Central – Banco de dados de aplicativo que valida notas fiscais eletrônicas;
 QUALITOR_HELP – Banco de dados de aplicativo para Gerenciamento de Service Desk;
 Utilizado pela interface WEB de acesso aos cubos da aplicação Processor BI.

As informações relativas ao servidor Pisces são referentes ao mês de out/2012. Já as inf


ormações relativas ao servidor Comte são referentes ao mês de dez/2012.
No servidor Pisces os arquivos de dados são armazenados em discos locais, configurados em
RAID 5, com capacidade total de 270 GBytes e identificado no sistema operacional como drive “D:”.
No servidor Comte são armazenados em uma área com capacidade total de 160 GBytes e outra de 80
GBytes. Não há informações sobre o nível de redundância da área de armazenamento nesse servidor.
Na tabela 3 estão relacionados os bancos de dados, por servidor, o tamanho e área total
disponível no respectivo período de coleta, citado anteriormente.

Tabela 3: Tamanho dos bancos de dados SQL Server.

SERVIDOR BANCO DE DADOS TAMANHO ÁREA TOTAL


BI 275 MBytes
PISCES
IG_UBS 146 MBytes 270 GBytes
(Out/2012)
IG_Financeiro 30 GBytes
FUSION HCPA 2011 87 GBytes 160 GBytes
Imunologia 38 MBytes
COMTE
Intranet 244 MBytes
(Dez/2012) 80 GBytes
Oobj_NFe_Central 300 MBytes
QUALITOR_HELP 4 GBytes

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 35 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

A Tabela 4 relaciona os tipos e quantidade de objetos por banco de dados.

Tabela 4: Objetos por banco de dados SQL Server.

TIPO DE OBJETO
BANCO DE DADOS
Stored Procs User tables Views
BI 106 78 18
IG_UBS 31 51 1
IG_Financeiro 154 862 226
FUSION HCPA 2011 944 69 2
Imunologia 30 33 2
Intranet 35 53 -
Oobj_NFe_Central - 44 2
QUALITOR_HELP 141 161 993

Não foram fornecidos dados históricos da utilização de recursos dos servidores. A utilização
de recursos do servidor Comte, em dez/2012, era a seguinte:

ITEM UTILIZAÇÃO
CPU 10%
Memória Utilizada 7,2 Gbytes
Memória Livre 740 MBytes

6. BANCOS DE DADOS POSTGRESQL

O PostgreSQL é utilizado para gerenciamento dos bancos de dados no processo de


desenvolvimento de sistemas, relacionados a seguir:
 PGD – Banco de dados de desenvolvimento (servidor AGHU-PGSQL1);
 PGH – Banco de dados de homologação (servidor AGHU-PGSQL2);
 Esperanto – Banco de dados modelo (somente estrutura), utilizado em novas
implantações.

Os arquivos de dados são armazenados em um sistema de arquivos separado, de nome


“/dados” e área total de 500 GBytes. Em dez/2012 o banco de dados PGD ocupava 350 Gbytes e o
PGH cerca de 400 Gbytes, devido a dados utilizados para homologação.

A configuração de memória para os bancos de dados é descrita a seguir:

TIPO QUANTIDADE
Shared_Buffers 6 GBytes
Work_Mem 2 GBytes
Maintenance_Work_Mem 256 MBytes

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 36 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

A tabela a seguir relaciona o tipo e número de objetos para os bancos de dados PGD e PGH:

TIPO DE OBJETO Nº DE OBJETOS


Tables 3180
Views 291
Indexes 8505

Não foram fornecidos dados históricos da utilização de recursos dos servidores. A utilização
em dez/2012 era a seguinte:

ITEM AGHU_PGSQL1 AGHU_PGSQL2


CPU 15% 2%
Memória Utilizada 1 GByte 1 GByte
Memória Livre 15 GBytes 15 GBytes
Memória Cache 15 GBytes 15 GBytes

7. BANCOS DE DADOS MYSQL

O MySQL é utilizado no gerenciamento do banco de dados do “Joomla!”, um gerenciador de


conteúdo utilizado nos ambientes de Intranet e Internet do HCPA. Há um projeto em andamento que
visa separar os dois ambientes.
Conforme informações de dez/2012, o banco de dados, que tem 73 tabelas, ocupa
aproximadamente 30 Gbytes, no servidor Cygnus, e os arquivos ficam armazenados no diretório
padrão “/var/lib/mysql” . Não há informações sobre o espaço total de armazenamento disponível.
Neste servidor também roda a camada web (apache 2.2.3-43) do portal do HCPA.
A seguir, temos a descrição da utilização de recursos em dez/2012:

ITEM UTILIZAÇÃO
CPU 5%
Memória Utilizada 1 GByte
Memória Livre 11 GBytes
Memória Cache 9 GBytes

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 37 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

8. RECOMENDAÇÕES

SERVIDORES RECOMENDAÇÕES
 Estender o serviço de garantia para ambos os servidores, cujo prazo de 3 anos expirou
em 04/08/2012, ou efetuar a substituição dos mesmos;
 Atualizar o sistema operacional RHEL 4.8 para versão mais recente, a fim de
disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte do fornecedor.
Depende de compatibilidade com a versão do Oracle Database;
 Atualizar o Oracle Database para a versão mais recente, a fim de disponibilizar
Lyra e Pyxis melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte do fornecedor. A versão
10.1.0.5 é utilizada por razões de compatibilidade com as tecnologias utilizadas no
desenvolvimento do sistema AGH. É preciso priorizar a disponibilização do sistema
AGH na tecnologia Oracle Forms WEB (projeto AGH-WEB), a fim de eliminar as
restrições para atualização;
 Elaborar e executar projeto de expansão de recursos de armazenamento até
jan/2014;
 Planejar a extensão do serviço de garantia do equipamento, que expira em mai/2013;
 Como servidor do ambiente de contingência, deve espelhar as configurações do
sistema operacional e gerenciador de bancos de dados do ambiente de produção
Freud
(servidores Lyra e Pyxis);
 Elaborar e executar projeto de expansão de recursos de armazenamento até
mai/2013;
 Está em utilização desde fev/2008 e o prazo dos serviços de garantia expirou em
02/02/2011. O Serviço de Suporte à Infraestrutura – SSI estipulou o ciclo de vida útil
para servidores em 5 anos, portanto, recomenda-se substituição do equipamento;
Cepheus  Atualizar o sistema operacional RHEL 4.7 para versão mais recente, visando
disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte do fornecedor;
 Atualizar o Oracle Database para Versão mais recente, visando disponibilizar
melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte do fornecedor.
 Planejar a extensão do serviço de garantia do equipamento, que expira em mai/2013;
 Atualizar o sistema operacional “Windows 2003 Server R2 x64” para versão mais
recente, visando disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte
do fornecedor;
 Atualizar o “Microsoft SQL Server 2005” para versão mais recente, visando
Pisces disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte do fornecedor;
 Atualizar o sistema de Informações Gerenciais – IG (Processos BI) para versão mais
recente, a fim de disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte
do fornecedor. Para isso, é preciso viabilizar a atualização do sistema operacional
Windows XP, utilizado em desktops, para Windows 7 ou posterior, que depende da
conclusão do projeto AGH-WEB.
 Máquina Virtual (VM) executada no servidor Reticulum, cujo serviço de garantia
expirou em 04/08/2012. Recomenda-se estender o serviço de garantia desse servidor.
Enquanto isso não efetivado, deve-se mover a VM para outro servidor com serviço de
garantia vigente;
Comte  Atualizar o sistema operacional “Windows 2003 Server R2 x64” para versão mais
recente, visando disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte
do fornecedor;
 Atualizar o “Microsoft SQL Server 2005” para versão mais recente, visando
disponibilizar melhorias, correções e adequações ao ciclo de suporte do fornecedor.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 38 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

SERVIDORES RECOMENDAÇÕES
AGHU-PGSQL1  Atualizar o sistema operacional “Ubuntu 10.04.2 Server x64” para versão mais
e recente, visando disponibilizar melhorias e correções;
AGHU-PGSQL2
 Máquina Virtual (VM) executada no servidor Reticulum, cujo serviço de garantia
expirou em 04/08/2012. Recomenda-se estender o serviço de garantia desse servidor.
Cygnus
Enquanto isso não for efetivado, deve-se mover a VM para outro servidor com serviço
de garantia vigente.

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 39 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

ANEXO I - Detalhamento da utilização do espaço alocado para TABLESPACES

I. 1 Banco de Dados: HCPA - JULHO/2012


BANCO DE DADOS: HCPA - 01/07/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AGH_DAT 283.000,0 280.299,7 2.700,3 99,1 285.980,0 283.379,4 2.858,5 99,1 279.980,0 277.121,5 2.600,6 99,0
AEL_DAT 51.040,0 50.685,3 354,7 99,3 52.160,0 51.798,9 493,1 99,6 49.860,0 49.641,9 218,1 99,0
FAT_DAT 30.726,0 18.632,9 12.093,1 60,6 30.726,0 27.399,4 14.516,6 89,2 30.726,0 16.209,4 3.326,6 52,8
TEMP 30.000,0 70,2 29.929,8 0,2 30.000,0 78,0 29.940,0 0,3 30.000,0 60,0 29.922,0 0,2
AEL_IDX_LPZ 18.944,0 18.920,2 23,8 99,9 19.384,0 19.368,9 38,2 99,9 18.484,0 18.468,7 15,1 99,8
MAM_IDX 16.988,0 16.934,9 53,1 99,7 17.188,0 17.167,8 101,7 99,9 16.788,0 16.686,3 20,2 99,4
MAM_DAT 14.088,0 14.030,1 57,9 99,6 14.288,0 14.188,6 99,4 99,9 13.888,0 13.877,4 10,6 99,3
MPM_IDX 11.839,1 10.321,9 1.517,2 87,2 11.839,1 10.444,1 1.621,3 88,2 11.839,1 10.217,8 1.394,9 86,3
MPM_DAT 9.873,0 9.817,7 55,3 99,4 9.933,0 9.864,5 70,5 99,6 9.833,0 9.768,5 35,5 99,3
FAT_IDX_07_LPZ 9.000,0 7.014,4 1.985,6 77,9 9.000,0 7.014,4 1.985,6 77,9 9.000,0 7.014,4 1.985,6 77,9
FAT_IDX 8.996,0 8.720,9 275,1 97,0 9.056,0 8.845,4 427,7 99,5 8.756,0 8.628,3 42,8 95,3
FAT_DAT_NEW 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0
FAT_IDX_LPZ 8.116,0 5.537,1 2.578,9 68,4 8.196,0 6.987,5 8.195,8 87,8 7.796,0 0,2 949,0 0,0
AGH_IDX 7.220,0 7.009,7 210,3 97,1 7.220,0 7.070,7 286,1 97,9 7.220,0 6.933,9 149,3 96,0
PDT_DAT 6.496,0 6.380,3 115,7 98,2 6.496,0 6.406,3 154,7 98,6 6.496,0 6.341,3 89,7 97,6
UNDO1 6.440,0 326,5 6.113,5 5,0 6.600,0 583,3 6.384,0 8,8 5.800,0 44,3 5.755,7 0,8
AAC_DAT 6.413,0 6.317,6 95,4 98,5 6.433,0 6.330,4 102,6 99,0 6.333,0 6.266,4 66,6 98,4
UNDO2 5.780,0 612,6 5.167,4 10,6 5.780,0 875,4 5.451,6 15,1 5.780,0 328,4 4.904,6 5,7
SCE_IDX 5.486,1 5.418,5 67,6 98,8 5.506,1 5.433,6 97,1 100,0 5.406,1 5.404,0 2,1 98,2
ECE_IDX 5.370,0 3.146,6 2.223,4 58,6 5.370,0 3.260,4 2.381,7 60,7 5.370,0 2.988,3 2.109,6 55,7
AAC_IDX 5.205,0 5.161,1 43,9 99,2 5.205,0 5.178,9 67,1 99,5 5.205,0 5.137,9 26,1 98,7
TEMP_GSIS 5.200,0 0,2 5.199,8 0,0 8.000,0 1,0 8.000,0 0,0 4.000,0 0,0 3.999,0 0,0
AGH_LOB_DAT 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0
AIP_IDX 4.128,1 4.080,5 47,6 98,9 4.208,1 4.111,7 96,4 99,7 4.108,1 4.034,6 13,4 97,7
MVIEW_DAT 4.000,0 3.910,9 89,1 97,8 4.000,0 3.910,9 89,1 97,8 4.000,0 3.910,9 89,1 97,8
ECE_DAT 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9
EPE_IDX 3.640,0 2.940,3 699,7 80,8 3.640,0 2.957,9 714,1 81,3 3.640,0 2.925,9 682,1 80,4
SCE_DAT 3.600,0 3.574,5 25,5 99,3 3.600,0 3.596,5 49,5 99,9 3.600,0 3.550,5 3,5 98,6
AIP_DAT 3.092,1 3.063,2 28,9 99,1 3.092,1 3.074,4 41,7 99,4 3.092,1 3.050,4 17,7 98,7
MBC_IDX 2.500,0 2.073,8 426,2 83,0 2.500,0 2.085,0 439,2 83,4 2.500,0 2.060,8 415,0 82,4
MBC_DAT 2.400,0 2.352,9 47,1 98,0 2.400,0 2.360,5 59,6 98,4 2.400,0 2.340,4 39,5 97,5
EPE_DAT 2.100,0 2.038,0 62,0 97,1 2.100,0 2.047,6 76,4 97,5 2.100,0 2.023,6 52,4 96,4
AEL_IDX 2.075,1 1.995,6 79,5 96,2 2.075,1 1.999,2 81,9 96,3 2.075,1 1.993,2 75,9 96,1
ABS_IDX 1.992,0 1.959,4 32,7 98,4 1.992,0 1.972,8 42,3 99,0 1.992,0 1.949,7 19,2 97,9
CONV_DAT 1.858,0 1.747,3 110,7 94,0 1.858,0 1.760,8 122,3 94,8 1.858,0 1.735,7 97,3 93,4
AUDITOR_DAT 1.600,0 813,0 787,0 50,8 1.600,0 835,4 804,6 52,2 1.600,0 795,4 764,6 49,7
MPT_IDX 1.540,0 1.499,0 41,1 97,4 1.600,0 1.505,9 95,2 99,9 1.500,0 1.490,6 1,3 94,1
AFA_DAT 1.507,0 1.490,5 16,5 98,9 1.507,0 1.490,5 16,5 98,9 1.507,0 1.490,5 16,5 98,9
CONV_IDX 1.317,1 1.140,0 177,1 86,6 1.317,1 1.148,9 181,4 87,2 1.317,1 1.135,7 168,2 86,2
ABS_DAT 1.306,1 1.213,7 92,4 92,9 1.306,1 1.214,5 92,6 93,0 1.306,1 1.213,5 91,6 92,9
SCO_IDX 1.300,0 1.045,2 254,8 80,4 1.300,0 1.049,3 260,0 80,7 1.300,0 1.040,0 250,7 80,0
AIN_IDX 1.228,1 1.170,7 57,3 95,3 1.228,1 1.177,1 64,2 95,9 1.228,1 1.163,9 51,0 94,8

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 40 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA - 01/07/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
ANU_IDX 1.100,0 1.007,4 92,6 91,6 1.100,0 1.018,6 97,4 92,6 1.100,0 1.002,6 81,4 91,2
ANU_DAT 1.000,0 854,3 145,7 85,4 1.000,0 858,1 150,9 85,8 1.000,0 849,1 141,9 84,9
SCO_DAT 984,1 979,9 4,2 99,6 984,1 980,8 5,4 99,7 984,1 978,7 3,3 99,5
SYSTEM 952,1 945,4 6,7 99,3 952,1 947,1 8,1 99,5 952,1 944,0 5,0 99,2
MPT_DAT 900,0 871,5 28,5 96,8 900,0 873,7 31,3 97,1 900,0 868,7 26,3 96,5
AIN_DAT 839,1 762,2 76,9 90,8 839,1 763,3 78,9 91,0 839,1 760,2 75,9 90,6
SYSAUX 830,0 674,3 155,7 81,2 830,0 693,6 173,1 83,6 830,0 656,9 136,4 79,1
MVIEW_IDX 800,0 711,7 88,3 89,0 800,0 712,6 88,5 89,1 800,0 711,5 87,4 88,9
ORA73_DAT 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7
USERS 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6
MCO_DAT 600,0 591,1 8,9 98,5 600,0 592,6 9,5 98,8 600,0 590,5 7,4 98,4
AUD_LOB 600,0 514,0 86,0 85,7 600,0 520,4 87,6 86,7 600,0 512,4 79,6 85,4
RAP_IDX 578,0 526,4 51,6 91,1 578,0 526,9 52,3 91,2 578,0 525,7 51,1 91,0
RAP_DAT 530,0 486,3 43,7 91,8 530,0 487,0 44,2 91,9 530,0 485,8 43,0 91,7
MVIEW_LOG 530,0 444,8 85,2 83,9 530,0 446,0 86,0 84,2 530,0 444,0 84,0 83,8
FCU_IDX 520,0 422,1 98,0 81,2 520,0 423,3 100,8 81,4 520,0 419,3 96,8 80,6
MCI_DAT 500,0 445,4 54,6 89,1 500,0 445,4 54,6 89,1 500,0 445,4 54,6 89,1
AES_DAT 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6
AES_IDX 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6
ORA73_IDX 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8
FCP_DAT 407,0 332,3 74,7 82,5 427,0 343,9 99,1 99,7 327,0 325,9 1,1 76,8
MPA_IDX 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3
FCP_IDX 353,0 264,6 88,4 75,0 353,0 266,4 89,6 75,5 353,0 263,4 86,6 74,6
RAR_IDX 315,0 220,6 94,4 70,0 315,0 221,2 95,8 70,2 315,0 219,2 93,8 69,6
FCU_DAT 300,0 293,7 6,3 97,9 300,0 293,7 6,3 97,9 300,0 293,7 6,3 97,9
RAR_DAT 291,0 266,3 24,8 91,5 291,0 266,3 24,8 91,5 291,0 266,3 24,8 91,5
AFA_IDX 287,1 57,7 229,4 20,1 287,1 57,7 229,4 20,1 287,1 57,7 229,4 20,1
MCO_IDX 253,0 158,4 94,7 62,6 253,0 159,4 95,7 63,0 253,0 157,3 93,6 62,2
MCI_IDX 200,0 187,2 12,8 93,6 200,0 189,3 13,9 94,6 200,0 186,1 10,8 93,0
AUD_DAT 200,0 152,3 47,7 76,2 200,0 152,3 47,7 76,2 200,0 152,3 47,7 76,2
PDT_IDX 113,0 102,8 10,2 91,0 113,0 103,0 11,0 91,2 113,0 102,0 10,0 90,3
CSE_DAT 109,0 105,3 3,7 96,6 109,0 106,3 4,7 97,5 109,0 104,3 2,7 95,7
CONV_HIST 109,0 106,4 2,6 97,6 109,0 106,4 2,6 97,6 109,0 106,4 2,6 97,6
FWL_DAT 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3
ECP_IDX 100,0 6,7 93,3 6,7 100,0 9,3 95,3 9,3 100,0 4,8 90,7 4,8
AUD_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FWL_IDX 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2
ECP_DAT 100,0 2,8 97,2 2,8 100,0 3,6 98,3 3,6 100,0 1,8 96,4 1,8
MPA_DAT 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,8 11,2 88,8
FSO_DAT 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2
CHD_DAT 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9
OEM 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0
CSE_IDX 50,0 44,4 5,6 88,8 50,0 44,5 5,6 89,0 50,0 44,4 5,5 88,8
LIMPEZA 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4
FSO_IDX 50,0 43,8 6,3 87,5 50,0 43,8 6,3 87,5 50,0 43,8 6,3 87,5
EUL_IDX 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 41 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA - 01/07/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
CHD_IDX 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4
SGQ_DAT 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7
BASE_IDX 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3
TOOLS 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6
SGQ_IDX 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8
CTB_IDX 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4
AHD_IDX 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5
SIG_DAT 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3
XDB 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3
SIG_IDX 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5
CTB_DAT 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5
AHD_DAT 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9
DRSYS 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3
IQA_DAT 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8

I. 2 Banco de Dados: HIST – JULHO/2012


BANCO DE DADOS: HIST - 01/07/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
FAT_DAT08 43.064,0 42.978,0 86,0 99,8 46.288,0 46.054,4 233,6 99,9 41.168,0 41.131,8 36,2 99,5
AEL_IDX 36.537,0 31.245,8 5.291,2 85,5 36.537,0 31.245,9 5.291,9 85,5 36.537,0 31.245,1 5.291,1 85,5
FAT_IDX08 25.188,8 24.818,8 370,0 98,5 28.176,0 28.078,1 637,4 99,7 24.442,0 23.804,6 97,9 97,4
SYSTEM 24.980,1 485,0 24.495,1 1,9 24.980,1 485,9 24.496,4 2,0 24.980,1 483,8 24.494,3 1,9
AEL_DAT 21.480,0 21.257,5 222,5 99,0 21.480,0 21.257,5 222,6 99,0 21.480,0 21.257,4 222,5 99,0
TEMP 15.531,8 0,4 15.531,4 0,0 15.550,0 2,0 15.550,0 0,0 15.459,0 0,0 15.459,0 0,0
ECE_IDX_08 14.648,0 14.602,0 46,1 99,7 14.888,0 14.879,8 71,3 99,9 14.488,0 14.416,8 8,3 99,5
AFA_IDX07 13.568,0 13.551,8 16,2 99,9 13.688,0 13.683,9 24,3 100,0 13.488,0 13.463,8 4,1 99,8
ECE_DAT 12.112,0 12.086,8 25,2 99,8 12.292,0 12.254,8 37,2 99,9 11.992,0 11.974,8 17,2 99,7
UNDO1 10.000,0 15,4 9.984,6 0,2 10.000,0 64,0 9.998,8 0,6 10.000,0 1,2 9.936,0 0,0
UNDO2 9.724,0 2,0 9.722,0 0,0 9.724,0 6,5 9.723,9 0,1 9.724,0 0,1 9.717,5 0,0
AUD_DAT 8.920,0 8.831,7 88,3 99,0 9.200,0 9.175,1 116,9 99,7 8.600,0 8.483,1 24,9 98,6
MPM_DAT 8.292,0 8.250,0 42,1 99,5 8.292,0 8.267,6 60,5 99,7 8.292,0 8.231,5 24,4 99,3
TEMPHIST 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0
AFA_DAT 7.336,0 7.249,9 86,2 98,8 7.396,0 7.327,3 97,8 99,1 7.296,0 7.198,3 68,8 98,7
HIST 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6
MPM_IDX08 6.691,0 6.427,2 263,8 96,1 6.691,0 6.446,1 291,1 96,3 6.691,0 6.399,9 244,9 95,7
AAC_IDX 4.196,0 3.350,0 846,0 79,8 4.196,0 3.358,8 858,3 80,1 4.196,0 3.337,8 837,2 79,6
AAC_DAT 3.903,0 1.995,0 1.908,0 51,1 3.903,0 1.998,2 1.908,8 51,2 3.903,0 1.994,2 1.904,8 51,1
AGH_IDX 3.367,0 3.297,8 69,3 97,9 3.367,0 3.303,4 87,8 98,1 3.367,0 3.279,2 63,6 97,4
SCE_IDX_072006 3.268,0 3.243,7 24,3 99,3 3.268,0 3.255,8 32,3 99,6 3.268,0 3.235,7 12,2 99,0
EPE_IDX 3.085,0 3.035,0 50,0 98,4 3.145,0 3.058,4 86,6 99,4 3.045,0 3.007,4 19,6 97,3
DFLT 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9
AGH_DAT 2.329,0 2.169,0 160,0 93,1 2.329,0 2.178,6 182,3 93,5 2.329,0 2.146,7 150,4 92,2
CONV_DAT 2.300,0 2.237,6 62,4 97,3 2.300,0 2.250,2 70,8 97,8 2.300,0 2.229,2 49,8 96,9

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 42 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HIST - 01/07/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
EPE_DAT02 2.200,0 2.142,2 57,8 97,4 2.200,0 2.151,8 64,2 97,8 2.200,0 2.135,8 48,2 97,1
SCE_DAT 1.600,0 1.547,8 52,2 96,7 1.600,0 1.553,4 56,6 97,1 1.600,0 1.543,4 46,6 96,5
MAM_DAT 1.000,0 917,5 82,5 91,8 1.000,0 919,1 88,9 91,9 1.000,0 911,1 80,9 91,1
AIP_IDX_ABR09 1.000,0 926,7 73,3 92,7 1.000,0 927,1 74,9 92,7 1.000,0 925,1 72,9 92,5
ANU_DAT 900,0 840,3 59,7 93,4 900,0 841,9 66,1 93,6 900,0 833,9 58,1 92,7
CONV_IDX_ABR08 800,0 724,3 75,7 90,5 800,0 732,1 80,9 91,5 800,0 719,1 67,9 89,9
AIN_IDX_05 700,0 673,1 26,9 96,2 700,0 674,7 33,4 96,4 700,0 666,6 25,3 95,2
ABS_IDX 600,0 525,9 74,1 87,7 600,0 526,7 75,3 87,8 600,0 524,7 73,3 87,5
AIP_DAT_ABR09 600,0 483,6 116,4 80,6 600,0 483,6 116,4 80,6 600,0 483,6 116,4 80,6
ANU_IDX 600,0 565,0 35,0 94,2 600,0 566,6 41,4 94,4 600,0 558,6 33,4 93,1
MBC_IDX 500,0 456,0 44,1 91,2 500,0 456,8 47,3 91,4 500,0 452,8 43,3 90,6
SYSAUX 470,0 437,6 32,4 93,1 470,0 453,8 42,6 96,5 470,0 427,4 16,3 90,9
ABS_DAT 400,0 361,4 38,6 90,4 400,0 361,5 38,6 90,4 400,0 361,4 38,5 90,3
MBC_DAT 400,0 334,9 65,1 83,7 400,0 334,9 65,1 83,7 400,0 334,9 65,1 83,7
SCO_IDX 379,0 317,7 61,3 83,8 379,0 317,7 61,4 83,8 379,0 317,6 61,3 83,8
MAM_IDX_SET07 300,0 209,2 90,8 69,7 300,0 209,8 93,2 69,9 300,0 206,8 90,2 68,9
MVIEW 300,0 275,9 24,1 92,0 300,0 276,1 24,9 92,0 300,0 275,1 23,9 91,7
SCO_DAT 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3
AIN_DAT 271,0 243,6 27,4 89,9 271,0 243,6 27,4 89,9 271,0 243,6 27,4 89,9
AES_DAT 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1
AES_IDX 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9
USERS 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7
RAP_DAT 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6
AUDITOR_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
CSE_IDX 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,6 89,6 10,6 100,0 10,4 89,4 10,4
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TEMP01 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0
MCI_IDX 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AHD_IDX 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7
AHD_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
CSE_DAT 100,0 8,3 91,7 8,3 100,0 8,3 91,7 8,3 100,0 8,3 91,7 8,3
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MCI_DAT 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9
MPT_DAT 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2
AEL_TMP_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AEL_TMP_DAT 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4
INDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
ARRUDA_TEMP 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MVIEWS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
RAP_IDX 100,0 64,1 35,9 64,1 100,0 64,1 35,9 64,1 100,0 64,1 35,9 64,1
FCC_DAT 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6
MPT_IDX 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5
MPA_DAT 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 43 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 3 Banco de Dados: TERC – JULHO/2012


BANCO DE DADOS: TERC - 01/07/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TERC_DAT 24.140,0 23.946,8 193,2 99,2 24.200,0 24.077,1 238,1 99,5 24.100,0 23.861,9 122,9 99,0
TERC_IDX02 23.984,0 21.516,1 2.467,9 89,7 23.984,0 23.439,8 4.587,8 97,7 23.984,0 19.396,2 544,2 80,9
SSRHD01 10.592,0 5.791,7 4.800,3 54,7 10.592,0 5.832,8 4.872,6 55,1 10.592,0 5.719,4 4.759,3 54,0
UNDOTBS1 10.000,0 2.249,1 7.750,9 22,5 10.000,0 3.178,8 8.867,6 31,8 10.000,0 1.132,4 6.821,3 11,3
TEMP 10.000,0 12,2 9.987,8 0,1 10.000,0 20,0 9.995,0 0,2 10.000,0 5,0 9.980,0 0,1
GPPG_DAT 9.592,0 9.435,5 156,5 98,4 9.692,0 9.527,3 196,8 98,7 9.492,0 9.331,3 128,7 98,0
SSRHD01_IND 6.540,0 6.472,2 67,8 99,0 6.600,0 6.539,3 97,3 99,2 6.500,0 6.402,8 53,8 98,5
UNDOTBS2 6.000,0 732,6 5.267,4 12,2 6.000,0 1.188,1 5.786,6 19,8 6.000,0 213,4 4.811,9 3,6
ACES_DAT 4.912,0 4.906,9 5,2 99,9 4.926,0 4.920,5 8,5 99,9 4.896,0 4.893,0 2,8 99,8
SISPRO 3.642,0 3.636,9 5,1 99,9 3.660,0 3.655,5 6,5 99,9 3.580,0 3.573,5 4,5 99,8
SISPROFIN_DAT 3.200,0 3.180,5 19,5 99,4 3.200,0 3.183,1 21,9 99,5 3.200,0 3.178,1 16,9 99,3
SYSTEM 1.620,0 1.510,5 109,6 93,2 1.620,0 1.516,5 118,7 93,6 1.620,0 1.501,3 103,5 92,7
SISPRO_IDX 1.460,0 1.434,8 25,2 98,3 1.460,0 1.445,3 61,8 99,0 1.460,0 1.398,2 14,8 95,8
SYSAUX 1.410,0 1.385,6 24,4 98,3 1.410,0 1.401,8 43,2 99,4 1.410,0 1.366,8 8,3 96,9
LIQUID_DAT 1.332,0 1.321,5 10,5 99,2 1.340,0 1.338,3 18,7 99,9 1.320,0 1.313,3 1,7 98,6
LIQUID_IDX 1.244,0 1.233,5 10,5 99,2 1.280,0 1.259,3 20,7 99,7 1.220,0 1.216,3 3,7 98,4
TRACEGP_IDX 1.000,0 670,7 329,3 67,1 1.000,0 713,9 361,1 71,4 1.000,0 638,9 286,1 63,9
AGH_DAT 900,0 890,2 9,8 98,9 900,0 898,9 44,7 99,9 900,0 855,3 1,1 95,0
TRACEGP_DAT 660,0 516,9 143,1 78,3 660,0 518,1 143,9 78,5 660,0 516,1 141,9 78,2
SGM_DAT 610,0 372,1 237,9 61,0 610,0 377,9 245,1 62,0 610,0 364,9 232,1 59,8
SISPROFIN_IDX 600,0 512,6 87,5 85,4 600,0 516,9 89,3 86,2 600,0 510,7 83,1 85,1
ACES_IDX 512,0 510,0 2,1 99,6 520,0 510,3 9,8 100,0 510,0 509,8 0,0 98,1
AUD_DAT 496,0 491,9 4,1 99,2 510,0 504,7 7,3 99,7 480,0 472,7 1,3 98,5
SAPIENS_DAT 440,0 434,9 5,1 98,9 460,0 450,8 9,3 99,2 430,0 426,6 3,4 98,0
E2000_MAN_IDX 390,0 384,1 5,9 98,5 390,0 384,1 5,9 98,5 390,0 384,1 5,9 98,5
SGM_IDX 388,0 380,5 7,5 98,1 390,0 382,8 10,3 99,4 380,0 377,6 2,4 97,4
AUD_LOB 302,0 297,7 4,3 98,6 310,0 304,1 5,9 99,4 290,0 288,1 1,9 98,1
MULTICENTRO_DAT 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4
E2000_MAN_DADOS 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7
SAPIENS_IDX 206,0 199,4 6,6 96,8 210,0 201,9 10,4 99,3 200,0 197,3 1,5 95,1
SIA_DAT 200,0 107,6 92,4 53,8 200,0 107,6 92,4 53,8 200,0 107,6 92,4 53,8
MULTICENTRO_IDX 200,0 163,6 36,4 81,8 200,0 164,4 36,6 82,2 200,0 163,4 35,6 81,7
AUD_LOB_DAT 200,0 180,9 19,1 90,5 200,0 184,1 23,9 92,1 200,0 176,1 15,9 88,1
GPPG_IDX 100,0 24,0 76,0 24,0 100,0 24,1 76,0 24,1 100,0 24,0 75,9 24,0
FARMA_IDX 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1
FIBROSE_IDX 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8
FIBROSE_DAT 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0
SIA_IDX 100,0 30,0 70,0 30,0 100,0 30,8 70,2 30,8 100,0 29,8 69,2 29,8
USERS 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9
SAS_IND 60,0 49,8 10,2 89,7 100,0 50,1 49,9 99,8 50,0 49,6 0,1 50,1
UGEN_NAS_IDX 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8
PROTOCOLO_DAT 50,0 8,3 41,8 16,5 50,0 8,3 41,8 16,5 50,0 8,3 41,8 16,5
UGEN_NAS_DAT 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5
SAS_DATA 50,0 25,8 24,2 51,7 50,0 26,1 24,4 52,1 50,0 25,6 23,9 51,3

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 44 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: TERC - 01/07/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AGH_IDX 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0
CONJUR_DAT 30,0 28,6 1,4 95,3 30,0 28,6 1,5 95,4 30,0 28,5 1,4 95,0
MVIEW_IDX 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3
LIQUID_LOB 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1
PROTOCOLO_IDX 10,0 2,6 7,4 26,1 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 25,6
CADBIO_IDX 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
ACT_DAT 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6
TRACEGP_DOC 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5
FARMA_DAT 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9
CADBIO_DAT 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
MVIEW_DAT 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3
ACT_IDX 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8

I. 4 Banco de Dados: UBS – JULHO/2012


BANCO DE DADOS: UBS - 01/07/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TEMP 1.000,0 0,3 999,7 0,0 1.000,0 1,0 1.000,0 0,1 1.000,0 0,0 999,0 0,0
UBS_DAT 900,0 730,2 169,8 81,1 900,0 731,4 171,6 81,3 900,0 728,4 168,6 80,9
SYSTEM 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7
UBS_IDX 800,0 716,9 83,1 89,6 800,0 721,9 90,1 90,2 800,0 709,9 78,1 88,7
UNDOTBS1 560,0 4,0 556,0 0,7 560,0 7,6 559,1 1,4 560,0 0,9 552,4 0,2
SYSAUX 470,0 440,5 29,5 93,7 470,0 450,3 41,6 95,8 470,0 428,4 19,8 91,1
UNDOTBS2 125,0 0,5 124,5 0,4 125,0 1,3 125,0 1,1 125,0 0,0 123,7 0,0
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
USERS 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 45 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 5 Banco de Dados: HCPA – AGOSTO/2012


BANCO DE DADOS: HCPA – 01/08/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AGH_DAT 290.400,0 287.932,9 2.467,1 99,2 294.780,0 292.323,1 2.555,0 99,2 287.480,0 284.925,0 2.396,4 99,1
AEL_DAT 53.440,0 53.075,1 365,0 99,3 54.560,0 54.061,4 498,6 99,5 52.460,0 52.200,0 260,0 99,1
FAT_DAT 30.726,0 17.083,1 13.642,9 55,6 30.726,0 17.297,1 13.718,4 56,3 30.726,0 17.007,6 13.428,9 55,4
TEMP 30.000,0 47,2 29.952,8 0,2 30.000,0 65,0 29.963,0 0,2 30.000,0 37,0 29.935,0 0,1
AEL_IDX_LPZ 19.804,0 19.744,6 59,5 99,7 20.084,0 20.050,0 107,1 100,0 19.584,0 19.501,9 10,1 99,5
MAM_IDX 17.588,0 17.496,3 91,7 99,5 17.788,0 17.704,8 102,8 99,5 17.388,0 17.288,3 82,6 99,4
MAM_DAT 14.508,0 14.441,2 66,8 99,5 14.688,0 14.615,9 96,2 99,8 14.388,0 14.321,7 34,1 99,3
MPM_IDX 11.839,1 10.616,8 1.222,2 89,7 11.839,1 10.825,1 1.347,2 91,4 11.839,1 10.491,9 1.014,0 88,6
MPM_DAT 9.953,0 9.903,1 49,9 99,5 10.033,0 9.988,5 59,5 99,7 9.933,0 9.873,5 29,5 99,4
FAT_IDX 9.116,0 9.032,6 83,4 99,1 9.256,0 9.159,6 114,4 99,5 9.056,0 8.941,6 49,4 98,7
FAT_DAT_NEW 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0
TEMP_GSIS 8.000,0 0,2 7.999,8 0,0 8.000,0 1,0 8.000,0 0,0 8.000,0 0,0 7.999,0 0,0
AGH_IDX 7.240,0 7.176,7 63,3 99,1 7.320,0 7.222,9 97,1 99,8 7.220,0 7.139,0 16,6 98,7
UNDO1 6.600,0 528,5 6.071,5 8,0 6.600,0 1.299,6 6.530,7 19,7 6.600,0 69,3 5.300,9 1,1
PDT_DAT 6.496,0 6.407,1 88,9 98,6 6.496,0 6.407,3 89,7 98,6 6.496,0 6.406,3 88,7 98,6
AAC_DAT 6.433,0 6.330,4 102,6 98,4 6.433,0 6.330,4 102,6 98,4 6.433,0 6.330,4 102,6 98,4
UNDO2 5.780,0 660,7 5.119,3 11,4 5.780,0 969,9 5.634,1 16,8 5.780,0 145,9 4.810,1 2,5
SCE_IDX 5.506,1 5.469,2 36,8 99,3 5.506,1 5.481,8 43,9 99,6 5.506,1 5.462,1 24,3 99,2
ECE_IDX 5.370,0 3.439,3 1.930,7 64,1 5.370,0 3.642,5 2.083,6 67,8 5.370,0 3.286,4 1.727,5 61,2
AAC_IDX 5.225,0 5.197,2 27,8 99,5 5.305,0 5.211,1 93,9 100,0 5.205,0 5.187,9 1,9 98,2
AIP_IDX 4.208,1 4.160,5 47,6 98,9 4.208,1 4.188,8 77,4 99,5 4.208,1 4.130,7 19,3 98,2
AGH_LOB_DAT 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0
MVIEW_DAT 4.000,0 3.868,3 131,7 96,7 4.000,0 3.910,9 160,1 97,8 4.000,0 3.839,9 89,1 96,0
ECE_DAT 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9
SCE_DAT 3.700,0 3.651,7 48,3 98,7 3.700,0 3.676,5 71,5 99,4 3.700,0 3.628,5 23,5 98,1
EPE_IDX 3.640,0 2.980,9 659,1 81,9 3.640,0 2.998,9 674,1 82,4 3.640,0 2.965,9 641,1 81,5
AIP_DAT 3.152,1 3.091,6 60,5 98,1 3.192,1 3.109,4 100,7 99,7 3.092,1 3.082,4 9,7 96,9
FAT_IDX_LPZ 3.000,0 2.584,1 415,9 86,1 3.000,0 2.665,5 467,5 88,9 3.000,0 2.532,5 334,5 84,4
MBC_IDX 2.500,0 2.123,9 376,2 85,0 2.500,0 2.149,8 393,9 86,0 2.500,0 2.106,1 350,2 84,3
MBC_DAT 2.400,0 2.381,9 18,1 99,2 2.400,0 2.391,9 29,5 99,7 2.400,0 2.370,5 8,1 98,8
EPE_DAT 2.100,0 2.063,6 36,4 98,3 2.100,0 2.071,6 44,4 98,7 2.100,0 2.055,6 28,4 97,9
AEL_IDX 2.075,1 2.003,0 72,1 96,5 2.075,1 2.007,9 74,9 96,8 2.075,1 2.000,2 67,2 96,4
ABS_IDX 1.992,0 1.981,2 10,9 99,5 1.992,0 1.985,0 16,1 99,7 1.992,0 1.975,9 7,0 99,2
CONV_DAT 1.858,0 1.778,8 79,3 95,7 1.858,0 1.786,8 87,3 96,2 1.858,0 1.770,8 71,3 95,3
AUDITOR_DAT 1.600,0 853,0 747,0 53,3 1.600,0 867,4 756,6 54,2 1.600,0 843,4 732,6 52,7
MPT_IDX 1.600,0 1.514,4 85,7 94,7 1.600,0 1.523,0 91,1 95,2 1.600,0 1.508,9 77,0 94,3
AFA_DAT 1.507,0 1.491,1 15,9 98,9 1.507,0 1.491,5 16,5 99,0 1.507,0 1.490,5 15,5 98,9
CONV_IDX 1.317,1 1.152,1 165,0 87,5 1.317,1 1.154,9 167,2 87,7 1.317,1 1.149,9 162,1 87,3
ABS_DAT 1.306,1 1.223,1 83,0 93,6 1.306,1 1.225,5 83,6 93,8 1.306,1 1.222,5 80,6 93,6
SCO_IDX 1.300,0 1.054,6 245,4 81,1 1.300,0 1.060,5 249,6 81,6 1.300,0 1.050,4 239,5 80,8
AIN_IDX 1.228,1 1.186,6 41,4 96,6 1.228,1 1.195,3 47,9 97,3 1.228,1 1.180,1 32,8 96,1
ANU_IDX 1.100,0 1.018,6 81,4 92,6 1.100,0 1.018,6 81,4 92,6 1.100,0 1.018,6 81,4 92,6
SCO_DAT 1.004,1 983,8 20,3 98,1 1.084,1 991,8 92,3 99,9 984,1 980,8 1,3 91,5
ANU_DAT 1.000,0 864,5 135,5 86,5 1.000,0 866,1 141,9 86,6 1.000,0 858,1 133,9 85,8
SYSTEM 952,1 947,5 4,6 99,5 952,1 948,1 5,0 99,6 952,1 947,1 3,9 99,5
MPT_DAT 900,0 880,1 19,9 97,8 900,0 884,7 26,3 98,3 900,0 873,7 15,3 97,1

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 46 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA – 01/08/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AIN_DAT 839,1 769,9 69,3 91,7 839,1 775,3 75,9 92,4 839,1 763,3 63,9 91,0
SYSAUX 830,0 663,9 166,2 80,0 830,0 685,3 204,7 82,6 830,0 625,3 144,8 75,3
MVIEW_IDX 800,0 704,2 95,8 88,0 800,0 712,6 101,4 89,1 800,0 698,6 87,4 87,3
ORA73_DAT 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7
USERS 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6
MCO_DAT 600,0 592,8 7,2 98,8 600,0 593,6 7,4 98,9 600,0 592,6 6,4 98,8
AUD_LOB 600,0 526,8 73,2 87,8 600,0 528,4 79,6 88,1 600,0 520,4 71,6 86,7
RAP_IDX 578,0 529,0 49,1 91,5 578,0 530,1 50,1 91,7 578,0 527,9 47,9 91,3
MVIEW_LOG 530,0 454,0 76,0 85,7 530,0 454,0 76,0 85,7 530,0 454,0 76,0 85,7
RAP_DAT 530,0 491,2 38,8 92,7 530,0 494,0 40,0 93,2 530,0 490,0 36,0 92,5
FCU_IDX 520,0 426,5 93,5 82,0 520,0 427,4 93,8 82,2 520,0 426,3 92,6 82,0
MCI_DAT 500,0 445,4 54,6 89,1 500,0 445,4 54,6 89,1 500,0 445,4 54,6 89,1
AES_DAT 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6
AES_IDX 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6
FCP_DAT 427,0 343,9 83,1 80,6 427,0 343,9 83,1 80,6 427,0 343,9 83,1 80,6
ORA73_IDX 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8
MPA_IDX 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3
FCP_IDX 353,0 268,4 84,6 76,0 353,0 268,4 84,6 76,0 353,0 268,4 84,6 76,0
RAR_IDX 315,0 222,2 92,8 70,5 315,0 223,2 93,8 70,9 315,0 221,2 91,8 70,2
FCU_DAT 300,0 294,3 5,7 98,1 300,0 294,8 6,3 98,3 300,0 293,7 5,3 97,9
RAR_DAT 291,0 266,3 24,8 91,5 291,0 266,3 24,8 91,5 291,0 266,3 24,8 91,5
AFA_IDX 287,1 57,7 229,4 20,1 287,1 57,7 229,4 20,1 287,1 57,7 229,4 20,1
MCO_IDX 253,0 160,2 92,8 63,3 253,0 160,7 93,5 63,5 253,0 159,5 92,3 63,0
AUD_DAT 200,0 153,9 46,1 77,0 200,0 160,3 47,7 80,2 200,0 152,3 39,7 76,2
MCI_IDX 200,0 190,4 9,6 95,2 200,0 190,4 9,7 95,2 200,0 190,3 9,6 95,2
PDT_IDX 113,0 103,4 9,6 91,5 113,0 104,0 10,0 92,0 113,0 103,0 9,0 91,2
CONV_HIST 109,0 107,0 2,0 98,1 109,0 107,4 2,6 98,5 109,0 106,4 1,6 97,6
CSE_DAT 109,0 106,3 2,7 97,5 109,0 106,3 2,7 97,5 109,0 106,3 2,7 97,5
AUD_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FWL_DAT 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3
ECP_DAT 100,0 6,4 93,7 6,4 100,0 9,8 96,4 9,8 100,0 3,6 90,2 3,6
ECP_IDX 100,0 17,0 83,0 17,0 100,0 25,9 89,0 25,9 100,0 11,0 74,1 11,0
FWL_IDX 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2
MPA_DAT 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,8 11,2 88,8
FSO_DAT 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2
CHD_DAT 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9
OEM 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0
FSO_IDX 50,0 43,8 6,3 87,5 50,0 43,8 6,3 87,5 50,0 43,8 6,3 87,5
LIMPEZA 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4
CSE_IDX 50,0 45,5 4,5 91,1 50,0 45,6 4,5 91,3 50,0 45,5 4,4 91,0
EUL_IDX 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8
CHD_IDX 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4
SGQ_DAT 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7
CTB_IDX 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4
BASE_IDX 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3
TOOLS 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6
SGQ_IDX 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 47 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA – 01/08/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AHD_IDX 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5
CTB_DAT 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5
SIG_IDX 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5
SIG_DAT 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3
XDB 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3
AHD_DAT 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9
DRSYS 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3
IQA_DAT 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8

I. 6 Banco de Dados: HIST – AGOSTO/2012


BANCO DE DADOS: HIST - 01/08/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
FAT_DAT08 46.488,0 46.406,6 81,4 99,8 46.488,0 46.406,6 81,4 99,8 46.488,0 46.406,6 81,4 99,8
AEL_IDX 36.537,0 31.247,3 5.289,8 85,5 36.537,0 31.247,3 5.289,8 85,5 36.537,0 31.247,3 5.289,8 85,5
FAT_IDX08 28.196,0 28.172,1 23,9 99,9 28.196,0 28.172,1 23,9 99,9 28.196,0 28.172,1 23,9 99,9
SYSTEM 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0
AEL_DAT 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0
TEMP 15.573,0 0,2 15.572,8 0,0 15.573,0 1,0 15.573,0 0,0 15.573,0 0,0 15.572,0 0,0
ECE_IDX_08 14.888,0 14.879,8 8,3 99,9 14.888,0 14.879,8 8,3 99,9 14.888,0 14.879,8 8,3 99,9
AFA_IDX07 13.788,0 13.684,9 103,1 99,3 13.788,0 13.684,9 103,1 99,3 13.788,0 13.684,9 103,1 99,3
ECE_DAT 12.292,0 12.254,8 37,2 99,7 12.292,0 12.254,8 37,2 99,7 12.292,0 12.254,8 37,2 99,7
UNDO1 10.000,0 1,8 9.998,3 0,0 10.000,0 3,2 10.000,0 0,0 10.000,0 0,0 9.996,8 0,0
UNDO2 10.000,0 10,8 9.989,2 0,1 10.000,0 40,1 9.999,0 0,4 10.000,0 1,0 9.959,9 0,0
AUD_DAT 9.680,0 9.614,0 66,0 99,3 10.000,0 9.952,5 139,9 99,7 9.400,0 9.367,1 32,9 98,6
MPM_DAT 8.392,0 8.342,5 49,5 99,4 8.392,0 8.342,5 49,5 99,4 8.392,0 8.342,5 49,5 99,4
TEMPHIST 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0
AFA_DAT 7.396,0 7.327,3 68,8 99,1 7.396,0 7.327,3 68,8 99,1 7.396,0 7.327,3 68,8 99,1
HIST 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6
MPM_IDX08 6.691,0 6.461,1 229,9 96,6 6.691,0 6.461,1 229,9 96,6 6.691,0 6.461,1 229,9 96,6
AAC_IDX 4.196,0 3.370,6 825,4 80,3 4.196,0 3.391,8 837,2 80,8 4.196,0 3.358,8 804,2 80,1
AAC_DAT 3.903,0 1.998,2 1.904,8 51,2 3.903,0 1.998,2 1.904,8 51,2 3.903,0 1.998,2 1.904,8 51,2
AGH_IDX 3.367,0 3.330,4 36,6 98,9 3.367,0 3.330,4 36,6 98,9 3.367,0 3.330,4 36,6 98,9
SCE_IDX_072006 3.268,0 3.255,8 12,2 99,6 3.268,0 3.255,8 12,2 99,6 3.268,0 3.255,8 12,2 99,6
EPE_IDX 3.145,0 3.058,4 86,6 97,3 3.145,0 3.058,4 86,6 97,3 3.145,0 3.058,4 86,6 97,3
DFLT 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9
AGH_DAT 2.329,0 2.196,6 132,4 94,3 2.329,0 2.196,6 132,4 94,3 2.329,0 2.196,6 132,4 94,3
CONV_DAT 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8
EPE_DAT02 2.200,0 2.167,8 32,2 98,5 2.200,0 2.167,8 32,2 98,5 2.200,0 2.167,8 32,2 98,5
SCE_DAT 1.600,0 1.554,4 45,6 97,2 1.600,0 1.554,4 45,6 97,2 1.600,0 1.554,4 45,6 97,2
MAM_DAT 1.000,0 935,1 64,9 93,5 1.000,0 935,1 64,9 93,5 1.000,0 935,1 64,9 93,5
AIP_IDX_ABR09 1.000,0 935,5 64,5 93,6 1.000,0 945,1 70,9 94,5 1.000,0 929,1 54,9 92,9
ANU_DAT 900,0 849,9 50,1 94,4 900,0 849,9 50,1 94,4 900,0 849,9 50,1 94,4
CONV_IDX_ABR08 800,0 732,1 67,9 91,5 800,0 732,1 67,9 91,5 800,0 732,1 67,9 91,5

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 48 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HIST - 01/08/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AIN_IDX_05 700,0 678,7 21,3 97,0 700,0 678,7 21,3 97,0 700,0 678,7 21,3 97,0
AIP_DAT_ABR09 600,0 483,6 116,4 80,6 600,0 483,6 116,4 80,6 600,0 483,6 116,4 80,6
ANU_IDX 600,0 566,6 33,4 94,4 600,0 566,6 33,4 94,4 600,0 566,6 33,4 94,4
ABS_IDX 600,0 526,7 73,3 87,8 600,0 526,7 73,3 87,8 600,0 526,7 73,3 87,8
MBC_IDX 500,0 458,8 41,3 91,8 500,0 458,8 41,3 91,8 500,0 458,8 41,3 91,8
SYSAUX 470,0 432,7 37,3 92,1 470,0 453,6 69,2 96,5 470,0 400,8 16,4 85,3
MBC_DAT 400,0 342,9 57,1 85,7 400,0 342,9 57,1 85,7 400,0 342,9 57,1 85,7
ABS_DAT 400,0 361,5 38,5 90,4 400,0 361,5 38,5 90,4 400,0 361,5 38,5 90,4
SCO_IDX 379,0 317,9 61,1 83,9 379,0 317,9 61,1 83,9 379,0 317,9 61,1 83,9
MVIEW 300,0 276,5 23,5 92,2 300,0 277,1 23,9 92,4 300,0 276,1 22,9 92,0
MAM_IDX_SET07 300,0 211,8 88,2 70,6 300,0 211,8 88,2 70,6 300,0 211,8 88,2 70,6
SCO_DAT 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3
AIN_DAT 271,0 245,6 25,4 90,6 271,0 245,6 25,4 90,6 271,0 245,6 25,4 90,6
AES_DAT 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1
AES_IDX 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9
USERS 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7
AUDITOR_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FCC_DAT 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6
AEL_TMP_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MVIEWS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MPT_DAT 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2
RAP_DAT 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6
RAP_IDX 100,0 64,2 35,8 64,2 100,0 64,2 35,8 64,2 100,0 64,2 35,8 64,2
MPT_IDX 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5
CSE_IDX 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,5 89,5 10,5
AHD_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TEMP01 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MCI_IDX 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8
MCI_DAT 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9
ARRUDA_TEMP 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AEL_TMP_DAT 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
INDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AHD_IDX 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7
CSE_DAT 100,0 8,4 91,6 8,4 100,0 8,4 91,6 8,4 100,0 8,4 91,6 8,4
MPA_DAT 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 49 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 7 Banco de Dados: TERC – AGOSTO/2012


BANCO DE DADOS: TERC - 01/08/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TERC_DAT 24.240,0 24.151,0 89,0 99,6 24.300,0 24.219,6 109,8 99,7 24.200,0 24.090,3 67,6 99,6
TERC_IDX02 24.004,0 23.722,9 281,1 98,8 24.084,0 23.905,1 424,2 99,3 23.984,0 23.559,8 172,9 98,2
SSRHD01 10.592,0 5.796,1 4.795,9 54,7 10.592,0 5.867,9 4.870,6 55,4 10.592,0 5.721,4 4.724,1 54,0
TEMP 10.000,0 11,4 9.988,6 0,1 10.000,0 13,0 9.992,0 0,1 10.000,0 8,0 9.987,0 0,1
UNDOTBS1 10.000,0 2.179,5 7.820,5 21,8 10.000,0 2.975,0 9.225,5 29,8 10.000,0 774,5 7.025,0 7,8
GPPG_DAT 9.792,0 9.634,6 157,5 98,4 9.892,0 9.729,4 198,7 98,7 9.692,0 9.527,3 126,6 98,0
SSRHD01_IND 6.660,0 6.603,2 56,8 99,2 6.800,0 6.679,3 129,3 99,7 6.600,0 6.549,3 20,8 98,1
UNDOTBS2 6.000,0 1.322,6 4.677,4 22,0 6.000,0 1.809,2 5.460,1 30,2 6.000,0 539,9 4.190,8 9,0
ACES_DAT 4.948,0 4.943,9 4,2 99,9 4.966,0 4.961,5 7,5 100,0 4.936,0 4.928,5 0,8 99,9
SISPRO 3.748,0 3.682,1 65,9 98,3 3.770,0 3.694,6 90,5 99,9 3.660,0 3.655,5 4,5 97,6
SISPROFIN_DAT 3.240,0 3.197,7 42,4 98,7 3.300,0 3.206,6 94,5 99,9 3.200,0 3.189,3 2,5 97,1
SYSTEM 1.620,0 1.526,3 93,7 94,2 1.620,0 1.531,8 97,3 94,6 1.620,0 1.522,7 88,3 94,0
SISPRO_IDX 1.468,0 1.458,9 9,1 99,4 1.470,0 1.465,4 14,8 99,7 1.460,0 1.445,3 4,6 99,0
SYSAUX 1.410,0 1.358,8 51,2 96,4 1.410,0 1.372,3 72,5 97,3 1.410,0 1.337,5 37,8 94,9
LIQUID_DAT 1.376,0 1.365,3 10,7 99,2 1.380,0 1.372,4 16,7 99,5 1.360,0 1.347,3 7,6 98,8
LIQUID_IDX 1.296,0 1.288,8 7,2 99,4 1.300,0 1.295,5 12,7 99,9 1.280,0 1.278,3 1,7 99,0
TRACEGP_IDX 1.000,0 726,3 273,7 72,6 1.000,0 735,9 276,1 73,6 1.000,0 723,9 264,1 72,4
AGH_DAT 900,0 898,9 1,1 99,9 900,0 898,9 1,1 99,9 900,0 898,9 1,1 99,9
TRACEGP_DAT 660,0 518,7 141,3 78,6 660,0 527,2 143,9 79,9 660,0 516,1 132,8 78,2
SGM_DAT 610,0 381,2 228,8 62,5 610,0 384,0 231,1 63,0 610,0 378,9 226,0 62,1
SISPROFIN_IDX 600,0 520,4 79,6 86,7 600,0 522,1 80,1 87,0 600,0 519,9 77,9 86,7
AUD_DAT 520,0 512,7 7,3 98,6 530,0 520,7 9,3 99,0 510,0 504,7 5,3 98,2
ACES_IDX 520,0 510,6 9,5 98,2 520,0 510,8 9,8 98,2 520,0 510,3 9,3 98,1
SAPIENS_DAT 476,0 468,7 7,3 98,5 490,0 481,1 10,2 99,6 470,0 459,8 2,1 97,8
SGM_IDX 390,0 383,5 6,5 98,3 390,0 384,0 7,1 98,5 390,0 382,9 6,0 98,2
E2000_MAN_IDX 390,0 384,1 5,9 98,5 390,0 384,1 5,9 98,5 390,0 384,1 5,9 98,5
AUD_LOB 318,0 310,5 7,5 97,7 330,0 320,1 9,9 98,1 310,0 304,1 5,9 97,0
MULTICENTRO_DAT 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4
AUD_LOB_DAT 260,0 196,9 63,1 78,5 300,0 200,1 99,9 96,1 200,0 192,1 7,9 66,7
E2000_MAN_DADOS 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7
SAPIENS_IDX 212,0 206,5 5,5 97,4 220,0 211,1 8,9 99,0 210,0 203,1 2,1 95,9
MULTICENTRO_IDX 200,0 164,5 35,5 82,3 200,0 164,5 35,5 82,3 200,0 164,5 35,5 82,3
SIA_DAT 200,0 110,8 89,2 55,4 200,0 115,6 92,4 57,8 200,0 107,6 84,4 53,8
SIA_IDX 100,0 30,8 69,2 30,8 100,0 30,8 69,2 30,8 100,0 30,8 69,2 30,8
FIBROSE_IDX 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8
FARMA_IDX 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1
GPPG_IDX 100,0 24,2 75,8 24,2 100,0 24,3 75,9 24,3 100,0 24,1 75,7 24,1
SAS_IND 100,0 50,3 49,7 50,3 100,0 50,5 49,8 50,5 100,0 50,2 49,5 50,2
FIBROSE_DAT 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0
USERS 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9
UGEN_NAS_IDX 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8
UGEN_NAS_DAT 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5
PROTOCOLO_DAT 50,0 8,7 41,4 17,3 50,0 9,3 41,8 18,5 50,0 8,3 40,8 16,5
SAS_DATA 50,0 26,9 23,1 53,7 50,0 27,9 23,8 55,8 50,0 26,3 22,1 52,5
AGH_IDX 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 50 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: TERC - 01/08/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
CONJUR_DAT 36,0 29,2 6,8 82,6 40,0 29,6 10,4 95,4 30,0 28,6 1,4 74,1
CADBIO_DAT 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
TRACEGP_DOC 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5
CADBIO_IDX 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
MVIEW_IDX 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3
PROTOCOLO_IDX 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 26,3
ACT_DAT 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6
LIQUID_LOB 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1
MVIEW_DAT 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3
FARMA_DAT 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9
ACT_IDX 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8

I. 8 Banco de Dados: UBS – AGOSTO/2012


BANCO DE DADOS: UBS - 01/08/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TEMP 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0
UBS_DAT 900,0 732,0 168,0 81,3 900,0 732,4 168,6 81,4 900,0 731,4 167,6 81,3
SYSTEM 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7
UBS_IDX 800,0 725,7 74,3 90,7 800,0 729,9 78,1 91,2 800,0 721,9 70,1 90,2
UNDOTBS1 560,0 4,0 556,0 0,7 560,0 7,5 558,7 1,3 560,0 1,2 552,5 0,2
SYSAUX 470,0 438,4 31,6 93,3 470,0 454,1 54,5 95,4 470,0 415,5 21,8 88,4
UNDOTBS2 125,0 0,7 124,3 0,5 125,0 2,2 125,0 1,8 125,0 0,0 122,8 0,0
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
USERS 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 51 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 9 Banco de Dados: HCPA – SETEMBRO/2012


BANCO DE DADOS: HCPA - 01/09/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AGH_DAT 300.155,0 297.796,6 2.358,4 99,2 302.980,0 300.586,4 2.412,6 99,2 297.380,0 295.072,5 2.307,5 99,2
AEL_DAT 55.685,0 55.254,0 431,0 99,2 56.260,0 55.844,5 460,5 99,3 55.060,0 54.599,5 408,6 99,2
FAT_DAT 30.726,0 17.351,5 13.374,5 56,5 30.726,0 17.378,3 13.428,8 56,6 30.726,0 17.297,2 13.347,8 56,3
TEMP 30.000,0 56,3 29.943,8 0,2 30.000,0 74,0 29.958,0 0,3 30.000,0 42,0 29.926,0 0,1
AEL_IDX_LPZ 20.484,0 20.443,1 40,9 99,8 20.684,0 20.654,2 67,9 99,9 20.284,0 20.245,1 26,8 99,7
MAM_IDX 18.088,0 18.052,3 35,7 99,8 18.288,0 18.280,8 82,8 100,0 17.788,0 17.775,0 7,3 99,6
MAM_DAT 15.238,0 15.204,6 33,4 99,8 15.588,0 15.576,9 77,2 99,9 14.688,0 14.666,9 11,1 99,5
MPM_IDX 11.839,1 10.911,4 927,7 92,2 11.839,1 10.990,5 985,6 92,8 11.839,1 10.853,4 848,6 91,7
MPM_DAT 10.058,0 10.034,5 23,5 99,8 10.133,0 10.107,6 26,5 99,8 10.033,0 10.006,5 19,5 99,7
FAT_IDX 9.281,0 9.256,6 24,5 99,7 9.356,0 9.352,9 52,4 100,0 9.256,0 9.203,6 3,1 99,4

FAT_DAT_NEW 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0
UNDO2 8.007,5 1.999,0 6.008,5 30,7 8.750,0 5.334,5 7.991,0 92,3 5.780,0 759,0 445,5 8,7
TEMP_GSIS 8.000,0 15,3 7.984,8 0,2 8.000,0 58,0 8.000,0 0,7 8.000,0 0,0 7.942,0 0,0
AGH_IDX 7.395,0 7.345,3 49,7 99,3 7.420,0 7.396,9 72,5 99,7 7.320,0 7.269,2 23,1 99,0
UNDO1 6.600,0 696,1 5.904,0 10,6 6.600,0 2.056,1 6.451,9 31,2 6.600,0 148,1 4.543,9 2,2
PDT_DAT 6.496,0 6.407,8 88,2 98,6 6.496,0 6.408,3 88,7 98,7 6.496,0 6.407,3 87,7 98,6
AAC_DAT 6.483,0 6.362,4 120,6 98,1 6.533,0 6.394,4 138,6 98,4 6.433,0 6.330,4 102,6 97,9
SCE_IDX 5.506,1 5.499,1 6,9 99,9 5.506,1 5.504,6 13,3 100,0 5.506,1 5.492,8 1,5 99,8
ECE_IDX 5.370,0 3.700,5 1.669,5 68,9 5.370,0 3.711,5 1.679,5 69,1 5.370,0 3.690,5 1.658,5 68,7
AAC_IDX 5.305,0 5.253,2 51,8 99,0 5.305,0 5.283,2 77,9 99,6 5.305,0 5.227,1 21,8 98,5
AIP_IDX 4.458,1 4.409,6 48,4 98,9 4.508,1 4.426,4 89,7 99,9 4.408,1 4.392,4 6,7 98,0
AGH_LOB_DAT 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0
MVIEW_DAT 4.000,0 3.840,9 159,1 96,0 4.000,0 3.840,9 159,1 96,0 4.000,0 3.840,9 159,1 96,0
ECE_DAT 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9
SCE_DAT 3.800,0 3.714,3 85,7 97,8 3.800,0 3.732,6 98,4 98,2 3.800,0 3.701,6 67,4 97,4
EPE_IDX 3.640,0 3.020,9 619,1 83,0 3.640,0 3.022,9 625,1 83,1 3.640,0 3.014,9 617,1 82,8
AIP_DAT 3.267,1 3.200,3 66,8 98,0 3.292,1 3.217,3 99,8 100,0 3.192,1 3.191,3 0,8 97,0
FAT_IDX_LPZ 3.000,0 2.818,3 181,8 93,9 3.000,0 2.831,5 195,5 94,4 3.000,0 2.804,5 168,5 93,5
MBC_IDX 2.500,0 2.165,7 334,3 86,6 2.500,0 2.173,4 339,0 86,9 2.500,0 2.161,0 326,6 86,4
MBC_DAT 2.500,0 2.409,4 90,6 96,4 2.500,0 2.413,0 99,1 96,5 2.500,0 2.400,9 87,0 96,0
EPE_DAT 2.125,0 2.099,6 25,4 98,8 2.200,0 2.151,6 48,4 99,4 2.100,0 2.079,6 12,4 97,8
AEL_IDX 2.075,1 2.011,4 63,6 96,9 2.075,1 2.017,9 66,1 97,3 2.075,1 2.008,9 57,1 96,8
ABS_IDX 1.992,0 1.984,6 7,4 99,6 1.992,0 1.985,2 9,0 99,7 1.992,0 1.983,0 6,8 99,6
CONV_DAT 1.858,0 1.804,8 53,3 97,1 1.858,0 1.810,8 63,3 97,5 1.858,0 1.794,8 47,3 96,6
AUDITOR_DAT 1.600,0 887,4 712,6 55,5 1.600,0 899,4 724,6 56,2 1.600,0 875,4 700,6 54,7
MPT_IDX 1.600,0 1.531,6 68,4 95,7 1.600,0 1.535,2 71,9 96,0 1.600,0 1.528,1 64,8 95,5
AFA_DAT 1.507,0 1.491,8 15,3 99,0 1.507,0 1.492,5 15,5 99,0 1.507,0 1.491,5 14,5 99,0
CONV_IDX 1.317,1 1.156,7 160,4 87,8 1.317,1 1.157,9 162,1 87,9 1.317,1 1.154,9 159,1 87,7
ABS_DAT 1.306,1 1.225,3 80,8 93,8 1.306,1 1.226,6 81,6 93,9 1.306,1 1.224,6 79,6 93,8
SCO_IDX 1.300,0 1.063,8 236,2 81,8 1.300,0 1.064,7 236,5 81,9 1.300,0 1.063,5 235,3 81,8
AIN_IDX 1.228,1 1.201,8 26,2 97,9 1.228,1 1.205,4 32,8 98,2 1.228,1 1.195,3 22,7 97,3
ANU_IDX 1.100,0 1.026,6 73,4 93,3 1.100,0 1.026,6 73,4 93,3 1.100,0 1.026,6 73,4 93,3
SCO_DAT 1.084,1 993,5 90,6 91,7 1.084,1 995,8 91,3 91,9 1.084,1 992,8 88,3 91,6
ANU_DAT 1.000,0 872,1 127,9 87,2 1.000,0 874,1 133,9 87,4 1.000,0 866,1 125,9 86,6
SYSTEM 952,1 949,1 2,9 99,7 952,1 949,1 2,9 99,7 952,1 949,1 2,9 99,7

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 52 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA - 01/09/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
MPT_DAT 900,0 886,4 13,6 98,5 900,0 888,7 15,3 98,7 900,0 884,7 11,3 98,3
AIN_DAT 839,1 786,3 52,9 93,7 839,1 792,3 62,9 94,4 839,1 776,3 46,9 92,5
SYSAUX 830,0 662,9 167,1 79,9 830,0 679,4 177,7 81,9 830,0 652,3 150,6 78,6
ORA73_DAT 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7
MVIEW_IDX 800,0 699,6 100,4 87,5 800,0 699,6 100,4 87,5 800,0 699,6 100,4 87,5
USERS 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6
MCO_DAT 650,0 598,4 51,6 92,6 700,0 602,6 97,4 99,1 600,0 593,6 5,4 86,1
AUD_LOB 600,0 536,4 63,6 89,4 600,0 536,4 63,6 89,4 600,0 536,4 63,6 89,4
RAP_IDX 578,0 530,6 47,4 91,8 578,0 531,2 47,9 91,9 578,0 530,1 46,8 91,7
RAP_DAT 530,0 492,1 37,9 92,9 530,0 493,1 38,9 93,0 530,0 491,1 36,9 92,7
MVIEW_LOG 530,0 456,3 73,8 86,1 530,0 457,0 75,0 86,2 530,0 455,0 73,0 85,9
FCU_IDX 520,0 433,2 86,8 83,3 520,0 434,4 88,6 83,6 520,0 431,4 85,6 83,0
MCI_DAT 500,0 446,7 53,3 89,3 500,0 447,5 54,6 89,5 500,0 445,4 52,5 89,1
AES_DAT 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6
FCP_DAT 427,0 344,9 82,1 80,8 427,0 344,9 82,1 80,8 427,0 344,9 82,1 80,8
AES_IDX 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6
ORA73_IDX 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8
MPA_IDX 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3
FCP_IDX 353,0 268,7 84,3 76,1 353,0 269,4 84,6 76,3 353,0 268,4 83,6 76,0
FCU_DAT 350,0 298,9 51,1 87,0 400,0 303,0 97,0 98,3 300,0 294,8 5,2 75,8
RAR_IDX 315,0 224,4 90,6 71,3 315,0 225,2 91,8 71,5 315,0 223,2 89,8 70,9
RAR_DAT 291,0 274,3 16,8 94,2 291,0 274,3 16,8 94,2 291,0 274,3 16,8 94,2
AFA_IDX 287,1 57,8 229,3 20,1 287,1 57,8 229,3 20,1 287,1 57,8 229,3 20,1
MCO_IDX 253,0 160,8 92,3 63,5 253,0 160,8 92,3 63,6 253,0 160,7 92,2 63,5
MCI_IDX 200,0 190,9 9,1 95,5 200,0 191,8 9,6 95,9 200,0 190,4 8,2 95,2
AUD_DAT 200,0 160,3 39,7 80,2 200,0 160,3 39,7 80,2 200,0 160,3 39,7 80,2
CONV_HIST 159,0 107,9 51,1 75,2 209,0 108,4 100,6 98,5 109,0 107,4 1,6 51,9
CSE_DAT 159,0 107,8 51,2 75,1 209,0 108,3 100,7 98,5 109,0 107,3 1,7 51,8
PDT_IDX 113,0 104,0 9,0 92,0 113,0 104,0 9,0 92,0 113,0 104,0 9,0 92,0
MPA_DAT 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,8 11,2 88,8
ECP_DAT 100,0 15,8 84,2 15,8 100,0 19,8 88,2 19,8 100,0 11,8 80,2 11,8
FWL_DAT 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3
ECP_IDX 100,0 50,8 49,2 50,8 100,0 67,5 66,8 67,5 100,0 33,2 32,5 33,2
FWL_IDX 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2
AUD_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FSO_DAT 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2
CHD_DAT 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9
OEM 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0
CSE_IDX 50,0 45,6 4,4 91,3 50,0 45,6 4,4 91,3 50,0 45,6 4,4 91,3
FSO_IDX 50,0 43,8 6,2 87,5 50,0 43,8 6,3 87,6 50,0 43,8 6,2 87,5
LIMPEZA 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4
EUL_IDX 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8
CHD_IDX 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4
SGQ_DAT 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7
SGQ_IDX 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8
TOOLS 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6
CTB_IDX 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 53 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA - 01/09/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
BASE_IDX 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3
AHD_IDX 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5
SIG_IDX 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5
XDB 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3
SIG_DAT 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3
CTB_DAT 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5
AHD_DAT 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9
DRSYS 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3
IQA_DAT 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8

I. 10 Banco de Dados: HIST – SETEMBRO/2012


BANCO DE DADOS: HIST - 01/09/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
FAT_DAT08 47.288,0 47.046,0 242,0 99,5 47.388,0 47.132,8 255,2 99,6 46.888,0 46.698,8 189,3 99,5
AEL_IDX 36.537,0 31.247,2 5.289,8 85,5 36.537,0 31.247,2 5.289,8 85,5 36.537,0 31.247,2 5.289,8 85,5
FAT_IDX08 28.876,0 28.770,7 105,3 99,6 28.996,0 28.882,6 113,4 99,7 28.396,0 28.323,2 72,8 99,6
SYSTEM 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0
AEL_DAT 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0
TEMP 15.855,0 0,0 15.855,0 0,0 15.855,0 0,0 15.855,0 0,0 15.855,0 0,0 15.855,0 0,0
ECE_IDX_08 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7
AFA_IDX07 14.168,0 14.078,3 89,7 99,4 14.188,0 14.091,1 96,9 99,6 14.088,0 14.027,1 60,9 99,3
ECE_DAT 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3
AUD_DAT 10.500,0 10.387,8 112,2 98,9 10.700,0 10.592,6 155,4 99,3 10.300,0 10.144,6 71,4 98,5
UNDO2 10.000,0 2,0 9.998,0 0,0 10.000,0 9,1 10.000,0 0,1 10.000,0 0,0 9.990,9 0,0
UNDO1 10.000,0 1,1 9.998,9 0,0 10.000,0 3,5 10.000,0 0,0 10.000,0 0,0 9.996,5 0,0
MPM_DAT 8.492,0 8.400,2 91,9 98,9 8.492,0 8.401,8 98,3 98,9 8.492,0 8.393,8 90,3 98,8
TEMPHIST 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0
AFA_DAT 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0
HIST 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6
MPM_IDX08 6.691,0 6.576,5 114,5 98,3 6.691,0 6.579,3 125,7 98,3 6.691,0 6.565,3 111,7 98,1
AAC_IDX 4.196,0 3.452,4 743,6 82,3 4.196,0 3.475,8 763,2 82,8 4.196,0 3.432,8 720,2 81,8
AAC_DAT 3.903,0 2.011,8 1.891,2 51,5 3.903,0 2.063,2 1.904,8 52,9 3.903,0 1.998,2 1.839,8 51,2
AGH_IDX 3.467,0 3.390,5 76,5 97,8 3.467,0 3.390,5 76,6 97,8 3.467,0 3.390,4 76,5 97,8
SCE_IDX_072006 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2
EPE_IDX 3.145,0 3.139,4 5,6 99,8 3.145,0 3.139,4 5,6 99,8 3.145,0 3.139,4 5,6 99,8
DFLT 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9
AGH_DAT 2.329,0 2.244,0 85,0 96,4 2.329,0 2.245,6 91,4 96,4 2.329,0 2.237,6 83,4 96,1
CONV_DAT 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8
EPE_DAT02 2.300,0 2.206,8 93,2 96,0 2.300,0 2.206,8 93,2 96,0 2.300,0 2.206,8 93,2 96,0
SCE_DAT 1.600,0 1.581,4 18,6 98,8 1.600,0 1.581,4 18,6 98,8 1.600,0 1.581,4 18,6 98,8
MAM_DAT 1.000,0 951,1 48,9 95,1 1.000,0 951,1 48,9 95,1 1.000,0 951,1 48,9 95,1
AIP_IDX_ABR09 1.000,0 946,1 53,9 94,6 1.000,0 946,1 53,9 94,6 1.000,0 946,1 53,9 94,6
ANU_DAT 900,0 865,9 34,1 96,2 900,0 865,9 34,1 96,2 900,0 865,9 34,1 96,2

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 54 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HIST - 01/09/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
CONV_IDX_ABR08 800,0 732,1 67,9 91,5 800,0 732,1 67,9 91,5 800,0 732,1 67,9 91,5
AIN_IDX_05 700,0 685,8 14,3 98,0 700,0 685,8 14,3 98,0 700,0 685,8 14,3 98,0
ANU_IDX 600,0 574,6 25,4 95,8 600,0 574,6 25,4 95,8 600,0 574,6 25,4 95,8
ABS_IDX 600,0 526,7 73,3 87,8 600,0 526,7 73,3 87,8 600,0 526,7 73,3 87,8
AIP_DAT_ABR09 600,0 483,6 116,4 80,6 600,0 483,6 116,4 80,6 600,0 483,6 116,4 80,6
MBC_IDX 500,0 464,8 35,3 93,0 500,0 464,8 35,3 93,0 500,0 464,8 35,3 93,0
SYSAUX 470,0 416,9 53,1 88,7 470,0 421,9 60,5 89,8 470,0 409,5 48,1 87,1
ABS_DAT 400,0 361,4 38,6 90,3 400,0 361,4 38,6 90,3 400,0 361,4 38,6 90,3
MBC_DAT 400,0 342,9 57,1 85,7 400,0 342,9 57,1 85,7 400,0 342,9 57,1 85,7
SCO_IDX 379,0 317,9 61,1 83,9 379,0 317,9 61,1 83,9 379,0 317,9 61,1 83,9
MAM_IDX_SET07 300,0 213,8 86,2 71,3 300,0 213,8 86,2 71,3 300,0 213,8 86,2 71,3
MVIEW 300,0 277,5 22,5 92,5 300,0 278,1 22,9 92,7 300,0 277,1 21,9 92,4
SCO_DAT 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3
AIN_DAT 271,0 245,6 25,4 90,6 271,0 245,6 25,4 90,6 271,0 245,6 25,4 90,6
AES_DAT 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1
AES_IDX 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9
USERS 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7
AHD_IDX 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7
AEL_TMP_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
CSE_IDX 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,5 89,5 10,5
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MCI_IDX 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8
MPA_DAT 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5
RAP_DAT 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6
FCC_DAT 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6
RAP_IDX 100,0 64,3 35,8 64,3 100,0 64,3 35,8 64,3 100,0 64,3 35,8 64,3
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
ARRUDA_TEMP 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
INDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TEMP01 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0
CSE_DAT 100,0 8,3 91,7 8,3 100,0 8,3 91,7 8,3 100,0 8,3 91,7 8,3
MCI_DAT 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9
MPT_DAT 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2
AHD_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MVIEWS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AUDITOR_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MPT_IDX 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5
AEL_TMP_DAT 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 55 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 11 Banco de Dados: TERC – SETEMBRO/2012


BANCO DE DADOS: TERC - 01/09/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TERC_DAT 24.380,0 24.319,6 60,5 99,8 24.500,0 24.441,8 70,3 99,8 24.300,0 24.234,8 44,3 99,7
TERC_IDX02 24.363,2 24.177,3 185,9 99,2 24.480,0 24.353,6 208,6 99,5 24.284,0 24.075,4 126,4 99,1
SSRHD01 10.592,0 5.918,9 4.673,1 55,9 10.592,0 6.136,2 4.752,6 57,9 10.592,0 5.839,4 4.455,8 55,1
TEMP 10.000,0 14,0 9.986,0 0,1 10.000,0 19,0 9.998,0 0,2 10.000,0 2,0 9.981,0 0,0
UNDOTBS1 10.000,0 3.079,6 6.920,4 30,8 10.000,0 6.097,1 9.792,3 61,0 10.000,0 207,8 3.902,9 2,1
GPPG_DAT 9.932,0 9.796,0 136,0 98,6 9.992,0 9.861,6 162,5 99,1 9.892,0 9.729,5 94,4 98,4
SSRHD01_IND 6.800,0 6.694,8 105,3 98,5 6.800,0 6.745,8 121,5 99,2 6.800,0 6.678,5 54,3 98,2
UNDOTBS2 6.000,0 2.418,1 3.581,9 40,3 6.000,0 3.647,6 5.965,2 60,8 6.000,0 34,8 2.352,4 0,6
ACES_DAT 4.982,0 4.976,3 5,8 99,9 4.986,0 4.985,3 9,0 100,0 4.976,0 4.969,5 0,8 99,8
SISPRO 3.836,0 3.746,3 89,7 97,7 3.880,0 3.778,7 101,3 98,1 3.770,0 3.697,6 72,3 97,4
SISPROFIN_DAT 3.300,0 3.213,6 86,4 97,4 3.300,0 3.219,7 93,4 97,6 3.300,0 3.206,6 80,3 97,2
SYSTEM 1.620,0 1.532,4 87,6 94,6 1.620,0 1.532,9 88,2 94,6 1.620,0 1.531,8 87,1 94,6
SISPRO_IDX 1.482,0 1.477,6 4,4 99,7 1.490,0 1.484,4 6,6 99,9 1.470,0 1.468,4 1,6 99,6
SYSAUX 1.420,0 1.376,3 43,7 96,9 1.420,0 1.388,5 49,1 97,8 1.420,0 1.370,9 31,5 96,5
LIQUID_DAT 1.388,0 1.379,3 8,7 99,4 1.420,0 1.401,4 18,6 99,7 1.380,0 1.372,4 4,3 98,7
LIQUID_IDX 1.328,0 1.314,9 13,1 99,0 1.360,0 1.339,5 20,5 99,5 1.320,0 1.304,5 6,5 98,5
TRACEGP_IDX 1.000,0 736,3 263,7 73,6 1.000,0 736,9 264,1 73,7 1.000,0 735,9 263,1 73,6
AGH_DAT 900,0 898,9 1,1 99,9 900,0 898,9 1,1 99,9 900,0 898,9 1,1 99,9
TRACEGP_DAT 660,0 527,2 132,8 79,9 660,0 527,2 132,8 79,9 660,0 527,2 132,8 79,9
SGM_DAT 610,0 386,3 223,7 63,3 610,0 388,1 224,9 63,6 610,0 385,1 221,9 63,1
SISPROFIN_IDX 600,0 527,5 72,5 87,9 600,0 540,1 77,9 90,0 600,0 522,1 59,9 87,0
AUD_DAT 546,0 541,6 4,5 99,2 560,0 552,8 7,3 99,4 540,0 536,8 3,3 98,7
ACES_IDX 520,0 511,5 8,6 98,4 520,0 511,8 8,8 98,4 520,0 511,3 8,3 98,3
SAPIENS_DAT 496,0 490,9 5,1 99,0 510,0 502,1 7,9 99,6 490,0 483,1 1,9 98,5
SGM_IDX 390,0 385,1 4,9 98,7 390,0 386,1 5,9 99,0 390,0 384,1 3,9 98,5
E2000_MAN_IDX 390,0 384,1 5,9 98,5 390,0 384,1 5,9 98,5 390,0 384,1 5,9 98,5
AUD_LOB 330,0 323,3 6,7 98,0 330,0 328,1 9,9 99,4 330,0 320,1 1,9 97,0
AUD_LOB_DAT 300,0 206,5 93,5 68,8 300,0 216,1 99,9 72,0 300,0 200,1 83,9 66,7
MULTICENTRO_DAT 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4
E2000_MAN_DADOS 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7
SAPIENS_IDX 220,0 213,6 6,4 97,1 220,0 216,4 8,9 98,4 220,0 211,1 3,6 96,0
SIA_DAT 200,0 115,7 84,3 57,8 200,0 115,7 84,3 57,8 200,0 115,7 84,3 57,8
MULTICENTRO_IDX 200,0 164,5 35,5 82,3 200,0 164,5 35,5 82,3 200,0 164,5 35,5 82,3
HIST_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FIBROSE_DAT 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0
SAS_IND 100,0 50,7 49,3 50,7 100,0 51,1 49,5 51,1 100,0 50,5 48,9 50,5
SIA_IDX 100,0 32,1 67,9 32,1 100,0 32,9 68,1 32,9 100,0 31,9 67,1 31,9
GPPG_IDX 100,0 24,4 75,6 24,4 100,0 24,4 75,7 24,4 100,0 24,3 75,6 24,3
HIST_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FARMA_IDX 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1
FIBROSE_IDX 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8
USERS 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9
PROTOCOLO_DAT 50,0 9,3 40,8 18,5 50,0 9,3 40,8 18,5 50,0 9,3 40,8 18,5
UGEN_NAS_DAT 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5
SAS_DATA 50,0 28,8 21,2 57,6 50,0 30,3 22,1 60,5 50,0 27,9 19,8 55,9

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 56 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: TERC - 01/09/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
UGEN_NAS_IDX 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8
AGH_IDX 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0
CONJUR_DAT 40,0 29,6 10,4 74,1 40,0 29,6 10,4 74,1 40,0 29,6 10,4 74,1
FARMA_DAT 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9
MVIEW_DAT 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3
LIQUID_LOB 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1
PROTOCOLO_IDX 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 26,3
CADBIO_DAT 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
TRACEGP_DOC 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5
ACT_DAT 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6
CADBIO_IDX 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
MVIEW_IDX 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3
ACT_IDX 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8

I. 12 Banco de Dados: UBS – SETEMBRO/2012


BANCO DE DADOS: UBS - 01/09/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TEMP 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0
UBS_DAT 900,0 744,1 155,9 82,7 900,0 744,9 157,3 82,8 900,0 742,7 155,1 82,5
SYSTEM 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7
UBS_IDX 800,0 732,7 67,3 91,6 800,0 734,3 68,9 91,8 800,0 731,1 65,8 91,4
UNDOTBS1 560,0 2,2 557,8 0,4 560,0 5,3 559,8 1,0 560,0 0,3 554,7 0,0
SYSAUX 470,0 435,8 34,2 92,7 470,0 444,9 46,9 94,7 470,0 423,1 25,1 90,0
UNDOTBS2 125,0 0,6 124,4 0,5 125,0 1,1 125,0 0,9 125,0 0,0 123,9 0,0
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
USERS 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 57 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 13 Banco de Dados: HCPA – OUTUBRO/2012


BANCO DE DADOS: HCPA - 01/10/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AGH_DAT 308.520,0 306.425,4 2.094,6 99,3 313.680,0 311.634,5 2.189,5 99,4 305.180,0 303.045,8 1.994,9 99,3
AEL_DAT 57.640,0 57.170,6 469,4 99,2 58.860,0 58.425,4 561,1 99,3 56.660,0 56.248,6 406,5 99,0
FAT_DAT 30.726,0 17.482,8 13.243,2 56,9 30.726,0 17.491,3 13.273,8 56,9 30.726,0 17.452,3 13.234,8 56,8
TEMP 30.000,0 95,2 29.904,8 0,3 30.000,0 269,0 29.960,0 0,9 30.000,0 40,0 29.731,0 0,1
AEL_IDX_LPZ 21.144,0 21.078,8 65,2 99,7 21.584,0 21.540,3 94,8 99,8 20.884,0 20.819,2 43,8 99,6
MAM_IDX 18.648,0 18.593,8 54,2 99,7 18.888,0 18.863,1 96,4 99,9 18.488,0 18.411,0 24,9 99,5
MAM_DAT 15.748,0 15.701,1 46,9 99,7 15.888,0 15.860,1 62,1 99,8 15.688,0 15.625,9 27,9 99,6
MPM_IDX 11.839,1 11.210,5 628,6 94,7 11.839,1 11.445,3 784,4 96,7 11.839,1 11.054,7 393,8 93,4
MPM_DAT 10.293,0 10.206,6 86,4 99,2 10.433,0 10.340,6 95,4 99,3 10.233,0 10.137,6 74,4 99,1
FAT_IDX 9.516,0 9.468,9 47,1 99,5 9.656,0 9.597,9 80,1 99,9 9.456,0 9.403,9 9,2 99,2
UNDO2 8.750,0 527,6 8.222,4 6,0 8.750,0 1.002,5 8.477,8 11,5 8.750,0 272,3 7.747,5 3,1

FAT_DAT_NEW 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0 8.392,0 0,1 8.391,9 0,0
TEMP_GSIS 8.000,0 0,2 7.999,8 0,0 8.000,0 1,0 8.000,0 0,0 8.000,0 0,0 7.999,0 0,0
AGH_IDX 7.540,0 7.478,0 62,0 99,2 7.620,0 7.545,1 83,0 99,7 7.520,0 7.437,0 24,4 98,9
UNDO1 6.600,0 386,1 6.213,9 5,9 6.600,0 601,9 6.494,5 9,1 6.600,0 105,5 5.998,1 1,6
AAC_DAT 6.593,0 6.432,8 160,2 97,6 6.633,0 6.458,4 174,6 97,9 6.533,0 6.394,4 138,6 97,4
PDT_DAT 6.496,0 6.410,5 85,5 98,7 6.496,0 6.416,3 87,7 98,8 6.496,0 6.408,3 79,7 98,7
SCE_IDX 5.606,1 5.532,8 73,3 98,7 5.606,1 5.551,3 88,3 99,0 5.606,1 5.517,8 54,8 98,4
AAC_IDX 5.405,0 5.345,8 59,2 98,9 5.405,0 5.388,3 81,8 99,7 5.405,0 5.323,2 16,8 98,5
ECE_IDX 5.370,0 3.859,9 1.510,1 71,9 5.370,0 4.063,5 1.610,5 75,7 5.370,0 3.759,5 1.306,5 70,0
AIP_IDX 4.528,1 4.472,5 55,6 98,8 4.608,1 4.526,7 81,4 99,1 4.508,1 4.451,4 42,6 98,2
AGH_LOB_DAT 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0 4.200,0 0,5 4.199,5 0,0
MVIEW_DAT 4.000,0 3.841,7 158,3 96,0 4.000,0 3.841,9 159,1 96,1 4.000,0 3.840,9 158,1 96,0
ECE_DAT 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9 3.900,0 3.311,8 588,3 84,9
SCE_DAT 3.800,0 3.763,4 36,6 99,0 3.800,0 3.788,7 50,4 99,7 3.800,0 3.749,6 11,3 98,7
EPE_IDX 3.640,0 3.076,2 563,9 84,5 3.640,0 3.105,0 577,1 85,3 3.640,0 3.062,9 535,0 84,2
AIP_DAT 3.312,1 3.235,5 76,6 97,7 3.392,1 3.298,3 93,8 98,0 3.292,1 3.217,3 65,8 97,2
FAT_IDX_LPZ 3.010,0 2.914,1 95,9 96,8 3.050,0 2.998,5 127,5 98,3 3.000,0 2.872,5 51,5 95,8
MBC_DAT 2.500,0 2.432,2 67,8 97,3 2.500,0 2.440,4 69,9 97,6 2.500,0 2.430,1 59,6 97,2
MBC_IDX 2.500,0 2.188,5 311,5 87,5 2.500,0 2.203,4 324,3 88,1 2.500,0 2.175,7 296,6 87,0
EPE_DAT 2.200,0 2.154,8 45,2 97,9 2.200,0 2.167,6 48,4 98,5 2.200,0 2.151,6 32,4 97,8
AEL_IDX 2.075,1 2.020,9 54,2 97,4 2.075,1 2.024,1 56,0 97,5 2.075,1 2.019,1 51,0 97,3
ABS_IDX 2.032,0 1.998,4 33,6 98,4 2.092,0 2.028,3 90,8 99,9 1.992,0 1.986,2 1,8 95,7
CONV_DAT 1.858,0 1.831,4 26,7 98,6 1.858,0 1.844,8 38,3 99,3 1.858,0 1.819,8 13,3 97,9
MPT_IDX 1.600,0 1.543,3 56,7 96,5 1.600,0 1.551,4 60,8 97,0 1.600,0 1.539,2 48,6 96,2
AUDITOR_DAT 1.600,0 922,0 678,0 57,6 1.600,0 940,4 684,6 58,8 1.600,0 915,4 659,6 57,2
AFA_DAT 1.547,0 1.502,9 44,1 97,2 1.607,0 1.511,5 95,5 99,7 1.507,0 1.494,5 4,5 94,1
CONV_IDX 1.317,1 1.164,0 153,0 88,4 1.317,1 1.172,1 158,1 89,0 1.317,1 1.159,0 144,9 88,0
ABS_DAT 1.306,1 1.241,6 64,5 95,1 1.306,1 1.246,6 78,6 95,4 1.306,1 1.227,6 59,5 94,0
SCO_IDX 1.300,0 1.069,9 230,1 82,3 1.300,0 1.072,8 231,2 82,5 1.300,0 1.068,8 227,3 82,2
AIN_IDX 1.228,1 1.214,5 13,6 98,9 1.228,1 1.224,6 18,6 99,7 1.228,1 1.209,4 3,4 98,5
ANU_IDX 1.100,0 1.039,4 60,6 94,5 1.100,0 1.050,6 65,4 95,5 1.100,0 1.034,6 49,4 94,1
SCO_DAT 1.084,1 1.002,6 81,5 92,5 1.084,1 1.009,9 85,3 93,2 1.084,1 998,8 74,1 92,1
ANU_DAT 1.000,0 882,1 117,9 88,2 1.000,0 882,1 117,9 88,2 1.000,0 882,1 117,9 88,2

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 58 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA - 01/10/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
SYSTEM 958,1 951,4 6,7 99,3 962,1 953,4 9,9 99,8 952,1 949,1 1,9 99,0
MPT_DAT 900,0 891,3 8,7 99,0 900,0 892,7 10,3 99,2 900,0 889,7 7,3 98,9
AIN_DAT 839,1 796,3 42,9 94,9 839,1 801,3 46,9 95,5 839,1 792,3 37,9 94,4
SYSAUX 830,0 672,2 157,8 81,0 830,0 686,1 174,4 82,7 830,0 655,6 143,9 79,0
MVIEW_IDX 800,0 700,6 99,4 87,6 800,0 702,7 100,4 87,8 800,0 699,6 97,3 87,5
ORA73_DAT 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7 800,0 789,7 10,3 98,7
USERS 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6 797,0 482,9 314,1 60,6
MCO_DAT 700,0 604,2 95,8 86,3 700,0 604,6 96,4 86,4 700,0 603,6 95,4 86,2
AUD_LOB 600,0 539,6 60,4 89,9 600,0 552,4 63,6 92,1 600,0 536,4 47,6 89,4
RAP_IDX 578,0 538,9 39,1 93,2 578,0 545,4 43,8 94,4 578,0 534,2 32,6 92,4
MVIEW_LOG 530,0 457,8 72,2 86,4 530,0 459,0 73,0 86,6 530,0 457,0 71,0 86,2
RAP_DAT 530,0 497,4 32,6 93,9 530,0 503,2 35,8 94,9 530,0 494,2 26,8 93,2
FCU_IDX 520,0 436,7 83,3 84,0 520,0 438,6 85,6 84,4 520,0 434,4 81,4 83,6
MCI_DAT 500,0 449,3 50,7 89,9 500,0 450,5 51,5 90,1 500,0 448,5 49,5 89,7
AES_DAT 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6 445,0 287,6 157,4 64,6
AES_IDX 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6 427,0 271,8 155,3 63,6
FCP_DAT 427,0 347,7 79,3 81,4 427,0 354,9 82,1 83,1 427,0 344,9 72,1 80,8
ORA73_IDX 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8 420,0 385,7 34,3 91,8
FCU_DAT 400,0 303,0 97,0 75,8 400,0 303,0 97,0 75,8 400,0 303,0 97,0 75,8
MPA_IDX 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3 378,0 314,9 63,1 83,3
FCP_IDX 353,0 271,6 81,4 77,0 353,0 273,4 82,6 77,5 353,0 270,4 79,6 76,6
RAR_IDX 315,0 225,4 89,6 71,6 315,0 226,2 89,8 71,8 315,0 225,2 88,8 71,5
RAR_DAT 291,0 274,3 16,8 94,2 291,0 274,3 16,8 94,2 291,0 274,3 16,8 94,2
AFA_IDX 287,1 57,8 229,3 20,1 287,1 57,8 229,3 20,1 287,1 57,8 229,3 20,1
MCO_IDX 253,0 161,6 91,5 63,9 253,0 162,0 92,1 64,0 253,0 160,9 91,0 63,6
CONV_HIST 209,0 109,0 100,0 52,1 209,0 110,4 100,6 52,8 209,0 108,4 98,6 51,9
CSE_DAT 209,0 108,5 100,5 51,9 209,0 109,3 100,7 52,3 209,0 108,3 99,7 51,8
AUD_DAT 200,0 163,5 36,5 81,8 200,0 168,3 39,7 84,2 200,0 160,3 31,7 80,2
MCI_IDX 200,0 194,1 5,9 97,0 200,0 197,1 8,2 98,5 200,0 191,8 2,9 95,9
ECP_IDX 160,0 103,4 56,6 68,4 200,0 138,6 100,4 85,6 100,0 81,6 14,4 49,8
PDT_IDX 113,0 104,8 8,2 92,7 113,0 108,0 9,0 95,6 113,0 104,0 5,0 92,0
AUD_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FWL_IDX 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2 100,0 0,2 99,8 0,2
MPA_DAT 100,0 88,8 11,2 88,8 100,0 88,9 11,2 88,9 100,0 88,8 11,1 88,8
ECP_DAT 100,0 30,4 69,6 30,4 100,0 39,8 75,2 39,8 100,0 24,8 60,2 24,8
FWL_DAT 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3 100,0 3,3 96,7 3,3
FSO_DAT 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2 90,0 82,1 7,9 91,2
CHD_DAT 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9 79,3 79,3 0,1 99,9
OEM 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0 70,0 44,1 25,9 63,0
CSE_IDX 50,0 45,6 4,4 91,3 50,0 45,7 4,4 91,4 50,0 45,6 4,3 91,3
FSO_IDX 50,0 43,8 6,2 87,6 50,0 43,8 6,2 87,6 50,0 43,8 6,2 87,6
LIMPEZA 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4 50,0 35,2 14,8 70,4
EUL_IDX 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8 30,0 20,9 9,1 69,8
CHD_IDX 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4 15,0 0,1 14,9 0,4
SGQ_DAT 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7 11,1 10,3 0,8 92,7
BASE_IDX 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3 10,0 1,6 8,4 16,3

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 59 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HCPA - 01/10/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
SGQ_IDX 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8 10,0 6,9 3,1 68,8
TOOLS 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6 10,0 4,6 5,4 45,6
CTB_IDX 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4 10,0 3,9 6,1 39,4
AHD_IDX 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5 6,0 2,2 3,8 36,5
SIG_DAT 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3
XDB 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3 5,0 0,1 4,9 1,3
SIG_IDX 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5 5,0 4,1 0,9 82,5
CTB_DAT 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5 5,0 2,6 2,4 52,5
AHD_DAT 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9 4,0 0,9 3,1 21,9
DRSYS 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3 1,0 0,1 0,9 6,3
IQA_DAT 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8 1,0 0,8 0,2 80,8

I. 14 Banco de Dados: HIST – OUTUBRO/2012


BANCO DE DADOS: HIST - 01/10/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
FAT_DAT08 47.888,0 47.548,4 339,6 99,3 47.888,0 47.619,6 363,3 99,4 47.888,0 47.524,7 268,4 99,2
AEL_IDX 36.537,0 31.251,4 5.285,6 85,5 36.537,0 31.263,4 5.289,6 85,6 36.537,0 31.247,4 5.273,6 85,5
FAT_IDX08 29.021,0 28.966,4 54,6 99,8 29.096,0 29.031,7 64,3 99,8 28.996,0 28.944,6 51,4 99,8
SYSTEM 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0 24.980,1 485,9 24.494,3 2,0
AEL_DAT 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0 21.480,0 21.265,5 214,5 99,0
TEMP 15.916,3 0,0 15.916,3 0,0 16.100,0 0,0 16.100,0 0,0 15.855,0 0,0 15.855,0 0,0
ECE_IDX_08 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7 15.788,0 15.738,8 49,3 99,7
AFA_IDX07 14.188,0 14.091,2 96,8 99,3 14.188,0 14.091,4 96,9 99,3 14.188,0 14.091,1 96,6 99,3
ECE_DAT 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3 12.992,0 12.894,8 97,2 99,3
AUD_DAT 11.050,0 10.978,9 71,1 99,4 11.400,0 11.305,6 115,4 99,8 10.900,0 10.784,6 23,4 98,9
UNDO1 10.000,0 1,1 9.999,0 0,0 10.000,0 3,1 10.000,0 0,0 10.000,0 0,0 9.996,9 0,0
UNDO2 10.000,0 0,4 9.999,6 0,0 10.000,0 1,2 10.000,0 0,0 10.000,0 0,0 9.998,8 0,0
MPM_DAT 8.492,0 8.464,5 27,5 99,7 8.492,0 8.472,8 30,3 99,8 8.492,0 8.461,8 19,3 99,6
TEMPHIST 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0 8.096,0 0,0
AFA_DAT 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0 7.596,0 7.523,3 72,8 99,0
HIST 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6 6.988,0 5.839,4 1.148,6 83,6
MPM_IDX08 6.691,0 6.600,2 90,8 98,6 6.691,0 6.605,5 92,6 98,7 6.691,0 6.598,4 85,5 98,6
AAC_IDX 4.196,0 3.488,3 707,7 83,1 4.196,0 3.508,9 720,2 83,6 4.196,0 3.475,8 687,1 82,8
AAC_DAT 3.903,0 2.071,2 1.831,8 53,1 3.903,0 2.071,2 1.831,8 53,1 3.903,0 2.071,2 1.831,8 53,1
AGH_IDX 3.492,0 3.432,4 59,6 98,3 3.567,0 3.472,7 94,3 98,6 3.467,0 3.418,6 47,4 97,4
SCE_IDX_072006 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2 3.368,0 3.340,3 27,7 99,2
EPE_IDX 3.245,0 3.148,4 96,6 97,0 3.245,0 3.148,4 96,6 97,0 3.245,0 3.148,4 96,6 97,0
DFLT 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9 2.844,0 2.385,8 458,2 83,9
AGH_DAT 2.329,0 2.266,6 62,4 97,3 2.329,0 2.278,6 66,4 97,8 2.329,0 2.262,6 50,4 97,2
EPE_DAT02 2.300,0 2.219,8 80,2 96,5 2.300,0 2.231,8 84,2 97,0 2.300,0 2.215,8 68,2 96,3
CONV_DAT 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8 2.300,0 2.250,2 49,8 97,8
SCE_DAT 1.600,0 1.581,7 18,3 98,9 1.600,0 1.582,4 18,6 98,9 1.600,0 1.581,4 17,6 98,8
MAM_DAT 1.000,0 967,1 32,9 96,7 1.000,0 967,1 32,9 96,7 1.000,0 967,1 32,9 96,7

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 60 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: HIST - 01/10/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
AIP_IDX_ABR09 1.000,0 954,2 45,8 95,4 1.000,0 957,8 52,3 95,8 1.000,0 947,7 42,3 94,8
ANU_DAT 900,0 875,9 24,1 97,3 900,0 881,9 26,1 98,0 900,0 873,9 18,1 97,1
CONV_IDX_ABR08 800,0 732,1 67,9 91,5 800,0 732,1 67,9 91,5 800,0 732,1 67,9 91,5
AIN_IDX_05 700,0 694,8 5,3 99,3 700,0 697,8 6,3 99,7 700,0 693,8 2,3 99,1
ANU_IDX 600,0 582,6 17,4 97,1 600,0 582,6 17,4 97,1 600,0 582,6 17,4 97,1
AIP_DAT_ABR09 600,0 484,1 115,9 80,7 600,0 484,1 115,9 80,7 600,0 484,1 115,9 80,7
ABS_IDX 600,0 526,7 73,3 87,8 600,0 526,7 73,3 87,8 600,0 526,7 73,3 87,8
MBC_IDX 500,0 474,3 25,8 94,9 500,0 475,8 26,3 95,2 500,0 473,8 24,3 94,8
SYSAUX 470,0 428,5 41,5 91,2 470,0 436,5 52,7 92,9 470,0 417,3 33,5 88,8
ABS_DAT 400,0 361,5 38,5 90,4 400,0 361,5 38,6 90,4 400,0 361,4 38,5 90,3
MBC_DAT 400,0 350,9 49,1 87,7 400,0 350,9 49,1 87,7 400,0 350,9 49,1 87,7
SCO_IDX 379,0 317,9 61,1 83,9 379,0 317,9 61,1 83,9 379,0 317,9 61,1 83,9
MAM_IDX_SET07 300,0 215,8 84,2 71,9 300,0 215,8 84,2 71,9 300,0 215,8 84,2 71,9
MVIEW 300,0 278,1 21,9 92,7 300,0 278,1 21,9 92,7 300,0 278,1 21,9 92,7
SCO_DAT 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3 272,0 218,3 53,7 80,3
AIN_DAT 271,0 247,6 23,4 91,4 271,0 247,6 23,4 91,4 271,0 247,6 23,4 91,4
AES_DAT 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1 179,0 148,7 30,3 83,1
AES_IDX 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9 172,0 142,6 29,4 82,9
USERS 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7 152,5 54,4 98,1 35,7
MPT_IDX 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5 100,0 43,5 56,5 43,5
TEMP01 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0 100,0 0,0
AEL_TMP_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
CSE_IDX 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,5 89,5 10,5 100,0 10,5 89,5 10,5
AUDITOR_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MPT_DAT 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2 100,0 40,2 59,8 40,2
MCI_DAT 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9 100,0 18,9 81,1 18,9
MVIEWS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AHD_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
AEL_TMP_DAT 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4 100,0 1,4 98,6 1,4
INDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
RAP_IDX 100,0 64,3 35,8 64,3 100,0 64,3 35,8 64,3 100,0 64,3 35,8 64,3
MPA_DAT 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5 100,0 1,5 98,5 1,5
AHD_IDX 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7 100,0 0,7 99,3 0,7
RAP_DAT 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6 100,0 74,6 25,4 74,6
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
ARRUDA_TEMP 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
FCC_DAT 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6 100,0 0,6 99,4 0,6
CSE_DAT 100,0 8,3 91,7 8,3 100,0 8,4 91,7 8,4 100,0 8,3 91,6 8,3
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
MCI_IDX 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8 100,0 63,8 36,3 63,8

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 61 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

I. 15 Banco de Dados: TERC – OUTUBRO/2012


BANCO DE DADOS: TERC - 01/10/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TERC_IDX02 24.713,3 24.616,9 96,5 99,6 24.780,0 24.742,1 152,1 99,9 24.580,0 24.427,9 37,9 99,4
TERC_DAT 24.600,0 24.546,0 54,0 99,8 24.700,0 24.590,1 109,9 99,9 24.500,0 24.461,0 29,9 99,6
SSRHD01 10.592,0 5.899,2 4.692,8 55,7 10.592,0 5.935,9 4.776,9 56,0 10.592,0 5.815,1 4.656,1 54,9
GPPG_DAT 10.108,7 9.979,5 129,2 98,7 10.192,0 10.066,7 156,3 99,1 10.092,0 9.935,7 90,3 98,5
UNDOTBS1 10.000,0 253,7 9.746,3 2,5 10.000,0 1.303,3 9.992,8 13,0 10.000,0 7,2 8.696,7 0,1
TEMP 10.000,0 76,2 9.923,8 0,8 10.000,0 413,0 10.000,0 4,1 10.000,0 0,0 9.587,0 0,0
SSRHD01_IND 6.850,0 6.813,1 36,9 99,5 6.900,0 6.871,5 62,3 99,8 6.800,0 6.772,0 15,5 99,1
UNDOTBS2 6.000,0 467,3 5.532,7 7,8 6.000,0 2.506,1 5.990,7 41,8 6.000,0 9,3 3.493,9 0,2
ACES_DAT 5.007,7 5.002,7 5,0 99,9 5.016,0 5.013,3 9,5 100,0 4.996,0 4.992,3 0,0 99,8
SISPRO 3.880,0 3.836,1 43,9 98,9 3.880,0 3.866,8 101,3 99,7 3.880,0 3.778,8 13,2 97,4
SISPROFIN_DAT 3.300,0 3.234,6 65,4 98,0 3.300,0 3.238,1 70,3 98,1 3.300,0 3.229,8 61,9 97,9
SYSTEM 1.620,0 1.553,3 66,7 95,9 1.620,0 1.557,0 74,1 96,1 1.620,0 1.545,9 63,0 95,4
SISPRO_IDX 1.515,0 1.508,0 7,0 99,5 1.530,0 1.519,6 10,5 99,9 1.490,0 1.485,4 1,5 99,3
LIQUID_DAT 1.446,7 1.435,1 11,6 99,2 1.460,0 1.443,4 16,6 99,9 1.420,0 1.418,4 1,6 98,9
SYSAUX 1.420,0 1.368,6 51,4 96,4 1.420,0 1.405,7 103,3 99,0 1.420,0 1.316,7 14,3 92,7
LIQUID_IDX 1.366,7 1.354,5 12,2 99,1 1.380,0 1.365,5 19,5 99,8 1.360,0 1.340,5 2,5 98,6
TRACEGP_IDX 1.000,0 752,3 247,7 75,2 1.000,0 766,9 263,1 76,7 1.000,0 736,9 233,1 73,7
AGH_DAT 900,0 898,9 1,1 99,9 900,0 898,9 1,1 99,9 900,0 898,9 1,1 99,9
TRACEGP_DAT 660,0 527,2 132,8 79,9 660,0 527,3 132,8 79,9 660,0 527,2 132,7 79,9
SGM_DAT 610,0 393,6 216,4 64,5 610,0 396,1 218,9 64,9 610,0 391,1 213,9 64,1
SISPROFIN_IDX 600,0 534,2 65,9 89,0 600,0 535,4 66,8 89,2 600,0 533,2 64,6 88,9
AUD_DAT 586,7 582,1 4,6 99,2 610,0 600,8 9,3 99,8 570,0 568,8 1,3 98,5
SAPIENS_DAT 525,0 520,3 4,7 99,1 540,0 537,2 6,9 99,5 510,0 505,1 2,8 98,7
ACES_IDX 520,0 512,2 7,8 98,5 520,0 512,3 8,0 98,5 520,0 512,0 7,8 98,5
SGM_IDX 393,3 388,6 4,7 98,8 400,0 390,1 10,9 99,5 390,0 388,1 1,9 97,3
E2000_MAN_IDX 390,0 385,1 4,9 98,7 390,0 385,1 4,9 98,7 390,0 385,1 4,9 98,7
AUD_LOB 355,0 348,1 6,9 98,1 370,0 360,1 9,9 98,9 340,0 336,1 3,9 97,3
MULTICENTRO_DAT 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4 300,0 109,1 190,9 36,4
AUD_LOB_DAT 300,0 233,5 66,5 77,8 300,0 240,1 75,9 80,0 300,0 224,1 59,9 74,7
E2000_MAN_DADOS 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7 230,0 224,8 5,2 97,7
SAPIENS_IDX 226,7 220,2 6,5 97,2 230,0 222,6 10,6 99,3 220,0 218,4 1,6 95,4
MULTICENTRO_IDX 200,0 164,5 35,5 82,3 200,0 164,5 35,5 82,3 200,0 164,5 35,5 82,3
SIA_DAT 200,0 116,4 83,7 58,2 200,0 116,7 84,3 58,3 200,0 115,7 83,3 57,8
SAS_IND 100,0 51,3 48,7 51,3 100,0 51,6 48,9 51,6 100,0 51,1 48,4 51,1
FIBROSE_IDX 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8 100,0 1,8 98,3 1,8
GPPG_IDX 100,0 24,5 75,5 24,5 100,0 24,6 75,6 24,6 100,0 24,4 75,4 24,4
FIBROSE_DAT 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0 100,0 7,0 93,0 7,0
FARMA_IDX 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1 100,0 1,1 98,9 1,1
SIA_IDX 100,0 32,9 67,1 32,9 100,0 32,9 67,1 32,9 100,0 32,9 67,1 32,9
HIST_IDX 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
HIST_DAT 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
USERS 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9 97,5 56,4 41,1 57,9
UGEN_NAS_IDX 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8 50,0 0,9 49,1 1,8
SAS_DATA 50,0 30,4 19,6 60,9 50,0 30,8 19,8 61,5 50,0 30,3 19,3 60,5
UGEN_NAS_DAT 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5 50,0 1,3 48,8 2,5

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 62 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Bancos de Dados

BANCO DE DADOS: TERC - 01/10/2012 12:00:00 AM


Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
PROTOCOLO_DAT 50,0 9,3 40,8 18,5 50,0 9,3 40,8 18,5 50,0 9,3 40,8 18,5
AGH_IDX 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0 45,0 29,3 15,8 65,0
CONJUR_DAT 40,0 30,6 9,4 76,5 40,0 31,0 10,4 77,5 40,0 29,6 9,0 74,1
CADBIO_DAT 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
PROTOCOLO_IDX 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 26,3 10,0 2,6 7,4 26,3
LIQUID_LOB 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1 10,0 0,3 9,7 3,1
CADBIO_IDX 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6 10,0 0,1 9,9 0,6
FARMA_DAT 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9 10,0 4,2 5,8 41,9
MVIEW_DAT 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3 10,0 1,1 8,9 11,3
ACT_DAT 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6 10,0 6,1 3,9 60,6
MVIEW_IDX 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3 10,0 0,6 9,4 6,3
TRACEGP_DOC 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5 10,0 0,3 9,8 2,5
ACT_IDX 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8 5,0 2,2 2,8 43,8

I. 16 Banco de Dados: UBS – OUTUBRO/2012


BANCO DE DADOS: UBS - 01/10/2012 12:00:00 AM
Alocação Média Alocação Máxima Alocação Mínima
Tablespace Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado Tamanho Utilizado Livre Utilizado
(MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%) (MB) (MB) (MB) (%)
TEMP 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0 1.000,0 0,0
UBS_DAT 900,0 745,1 154,9 82,8 900,0 745,9 155,1 82,9 900,0 744,9 154,1 82,8
SYSTEM 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7 830,0 644,6 185,4 77,7
UBS_IDX 800,0 737,3 62,7 92,2 800,0 739,3 65,7 92,4 800,0 734,3 60,7 91,8
UNDOTBS1 560,0 2,4 557,6 0,4 560,0 4,7 558,6 0,8 560,0 1,4 555,3 0,3
SYSAUX 470,0 434,5 35,5 92,5 470,0 447,3 48,5 95,2 470,0 421,5 22,8 89,7
UNDOTBS2 125,0 0,7 124,3 0,5 125,0 1,9 125,0 1,5 125,0 0,0 123,1 0,0
XDB 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
DRSYS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
TOOLS 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1 100,0 0,1 99,9 0,1
USERS 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3 5,0 1,1 3,9 21,3

Diagnóstico da Área de TI – Bancos de Dados Página 63 de 63

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


DIAGNÓSTICO DA ÁREA DE TI -
RELAÇÃO DE RECURSOS DE TI

Dezembro de 2012 Página 1 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

HISTÓRICO DAS REVISÕES

DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTORES


07/12/2012 1.0 Relação dos Recursos de TI Stefanini Consultoria em Informática S/A.
28/01/2013 1.1 Revisão e formatação do documento. Stefanini Consultoria em Informática S/A.
04/02/2013 1.2 Alterações solicitadas pelo SSI. Stefanini Consultoria em Informática S/A.

Dezembro de 2012 Página 2 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Sumário

1. ORIGEM DO DOCUMENTO .......................................................................................... 4


2. OBJETIVO ................................................................................................................... 4
3. RECURSOS DE HARDWARE.......................................................................................... 4
3.1. Estações de Trabalho .................................................................................................. 4
3.2. Servidores .................................................................................................................. 8
3.2.1. Servidores Físicos ................................................................................................ 9
3.2.2. Servidores Virtuais ............................................................................................ 11
3.3. Storage .................................................................................................................... 17
3.4. Libraries e Robôs de Mídias para Backups ................................................................. 18
3.5. Dispositivos de Rede ................................................................................................ 19
3.5.1. Switches ........................................................................................................... 20
3.5.2. Switches Core ................................................................................................... 20
3.5.3. Roteadores ....................................................................................................... 21
3.5.4. Segurança ......................................................................................................... 22
3.5.5. Access Points (Wireless) .................................................................................... 23
3.5.6. Demais dispositivos .......................................................................................... 23
4. RECURSOS DE SOFTWARE ......................................................................................... 24
4.1. Sistemas Operacionais das Estações.......................................................................... 24
4.2. Sistemas Operacionais de Servidores ........................................................................ 25
4.3. Banco de Dados........................................................................................................ 28
4.4. Demais Softwares e Ferramentas .............................................................................. 28
5. RECOMENDAÇÕES .................................................................................................... 31

Dezembro de 2012 Página 3 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

1. ORIGEM DO DOCUMENTO

MEC/Hospital de Clinicas de Porto Alegre.

2. OBJETIVO

Este documento tem por objetivo relacionar os recursos de TI em uso e em projetos de


aquisição no HCPA, no período de 2013 a 2016, quantificando e qualificando o ambiente operacional
referente à:

 Hardware - estações, servidores e dispositivos de rede;


 Software - básico, de apoio e de rede;
 Ferramentas - de suporte e administração.

Os dados utilizados nesse documento foram fornecidas pela Coordenadoria de Gestão da


Tecnologia da Informação – CGTI, do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no período de
outubro/novembro de 2012.
As informações e recomendações relacionadas também serão utilizadas na elaboração do
Plano Diretor de Tecnologia da Informação – PDTI do período de 2013 a 2016.

3. RECURSOS DE HARDWARE

Os Recursos de hardware atualmente em uso no Hospital de Clinicas de Porto Alegre são


descritos nos subitens a seguir.

3.1. Estações de Trabalho

O HCPA classifica suas estações de trabalho em dois tipos: simples e completas.


As estações do tipo simples são utilizadas somente para acesso ao sistema AGH, não
possuindo acesso a outros softwares e à Internet.
Estações do tipo completas são estações de trabalho convencionais, com softwares e perfis
de usuário configurados.
Além destes dois tipos, os equipamentos que estão em manutenção estão representados de
forma diferenciada nas tabelas.
A política interna do HCPA prevê a substituição das estações a cada 3 anos, sendo que existe
um estudo para substituição dos atuais desktops por thin clients.

Dezembro de 2012 Página 4 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

TOTAL DE ESTAÇÕES DE TRABALHO POR TIPO


MANUTENÇÃO;
55; 2%

SIMPLES; 659;
25%

COMPLETO;
1914; 73%

Figura 1: Total de Estações de Trabalho por Tipo.

Tabela 1: Quantidade de Estações de Trabalho por Fabricante e Tipo.

FABRICANTE TIPO DE ESTAÇÃO DE TRABALHO TOTAL POR


SIMPLES COMPLETO MANUTENÇÃO FABRICANTE
DELL 75 75
HP 105 502 18 625
IBM 1 1
ITAUTEC 94 150 3 247
LENOVO 24 24
POSITIVO 12 12
TOSHIBA 2 2
Outros 460 1148 34 1642
TOTAIS 659 1914 55 2628

Tabela 2: Quantidade de Estações de trabalho por Sistema Operacional e Tipo.

SISTEMA TIPO DE ESTAÇÃO DE TRABALHO TOTAL POR


OPERACIONAL SIMPLES COMPLETO MANUTENÇÃO SIST. OPER.
Windows XP PRO 649 1872 50 2571
Windows 7 PRO 36 4 40
Windows 8 PRO 1 1
Desconhecido 10 6 16
TOTAIS 659 1914 55 2628

Dezembro de 2012 Página 5 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Tabela 3: Quantidade de Estações de Trabalho por Memória RAM e Tipo.

MEMÓRIA TIPO DE ESTAÇÃO DE TRABALHO TOTAL POR


RAM COMPLETO MANUTENÇÃO SIMPLES MEM. RAM
512 Mbytes 26 1 11 38
1 Gbyte 287 5 28 320
1,5 Gbytes 11 11
2 Gbytes 904 27 511 1442
2,5 Gbytes 7 7
3 Gbytes 479 16 105 600
4 Gbytes 188 6 4 198
5 Gbytes 1 1
6 Gbytes 1 1
8 Gbytes 10 10
TOTAIS 1914 55 659 2628

Tabela 4: Quantidade de Estações de Trabalho por Modelo de Processador e Tipo.

MODELO DE TIPO DE ESTAÇÃO DE TRABALHO TOTAL POR


PROCESSADOR (CPU) COMPLETO MANUTENÇÃO SIMPLES MODELO DE CPU
AMD Athlon 64 3000+ 2 2
AMD Athlon 64 3200+ 2 2
AMD Athlon 64 3500+ 6 6
AMD Athlon 64 3800+ 2 2
AMD Athlon 64 X2 42 1 11 54
AMD Athlon 7750 351 8 275 634
AMD Athlon II X2 689 22 287 998
AMD Athlon II X4 2 2
AMD Athlon Neo X2 1 1
AMD Athlon X2 240 1 1
AMD Athlon XP 2400+ 5 5
AMD Phenom 8600B 20 20
AMD Phenom 9500 1 1
AMD Phenom 9750 1 1
AMD Phenom II X2 550 30 30
AMD Phenom II X2 555 1 1
AMD Phenom II X2 B55 3 1 4
AMD Phenom II X2 B57 18 1 15 34
AMD Phenom II X4 920 1 1
AMD Phenom II X4 B95 26 3 29
AMD Phenom II X4 B97 5 1 6
AMD Processor
12 1 13
(modelo desconhecido)
AMD Semprom 3400 2 2
AMD Semprom LE-1250 2 2
AMD Turion 64 X2 TL-60 2 2

Dezembro de 2012 Página 6 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

MODELO DE TIPO DE ESTAÇÃO DE TRABALHO TOTAL POR


PROCESSADOR (CPU) COMPLETO MANUTENÇÃO SIMPLES MODELO DE CPU
Genuine Intel CPU 2140 5 5
Intel Atom CPU D425 1 1
Intel Atom CPU D510 2 2
Intel Atom CPU N455 1 1
Intel Celeron CPU 2.13GHz 2 2
Intel Celeron CPU 2.26GHz 1 1
Intel Celeron CPU 2.40GHz 2 1 3
Intel Celeron CPU 2.53GHz 1 1
Intel Celeron CPU 2.80GHz 10 1 11
Intel Celeron CPU E1400 3 3
Intel Celeron CPU E3200 1 1
Intel Core i3-2100 7 3 10
Intel Core i3-2120 4 4
Intel Core i3-2310M 2 2
Intel Core i5 650 CPU 15 15
Intel Core i5 CPU 750 2 2
Intel Core i5 CPU 760 3 3
Intel Core i5-2300 4 4
Intel Core i5-2310 1 1
Intel Core i5-2400S 1 1
Intel Core i5-2500 1 1
Intel Core i5-3550 1 1
Intel Core i7 860 1 1
Intel Core i7-2600 1 1
Intel Core i7-2670QM 3 3
Intel Core2 CPU 4300 6 6
Intel Core2 CPU 4400 5 5
Intel Core2 CPU 6300 3 3
Intel Core2 CPU 6400 6 6
Intel Core2 CPU E7400 1 1
Intel Core2 CPU E7500 8 8
Intel Core2 Duo CPU E4500 9 9
Intel Core2 Duo CPU E4600 7 7
Intel Core2 Duo CPU E6550 91 6 8 105
Intel Core2 Duo CPU E6750 4 4
Intel Core2 Duo CPU E7200 9 1 10
Intel Core2 Duo CPU E7300 2 2
Intel Core2 Duo CPU E7400 14 1 15
Intel Core2 Duo CPU E7500 63 1 64
Intel Core2 Duo CPU E8400 18 18
Intel Core2 Duo CPU E8500 1 1
Intel Core2 Duo CPU T6400 1 1
Intel Core2 Duo CPU T6500 12 12

Dezembro de 2012 Página 7 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

MODELO DE TIPO DE ESTAÇÃO DE TRABALHO TOTAL POR


PROCESSADOR (CPU) COMPLETO MANUTENÇÃO SIMPLES MODELO DE CPU
Intel Core2 Duo CPU T6600 28 3 37 68
Intel Core2 Quad CPU Q6600 9 9
Intel Core2 Quad CPU Q8200 8 8
Intel Core2 Quad CPU Q8400 28 1 1 30
Intel Pentium 4 CPU 2.00GHz 1 1
Intel Pentium 4 CPU 2.40GHz 3 3
Intel Pentium 4 CPU 2.80GHz 5 5
Intel Pentium 4 CPU 3.00GHz 89 1 11 101
Intel Pentium 4 CPU 3.06GHz 81 2 7 90
Intel Pentium 4 CPU 3.20GHz 6 6
Intel Pentium CPU E5200 1 1
Intel Pentium CPU G620 2 2
Intel Pentium D CPU 2.80GHz 5 5
Intel Pentium D CPU 3.00GHz 2 1 3
Intel Pentium D CPU 3.40GHz 2 2
Intel Pentium Dual CPU E2140 2 2
Intel Pentium Dual CPU E2160 5 5
Intel Pentium Dual CPU E2180 6 6
Intel Pentium Dual CPU E2200 4 4
Intel Pentium Dual CPU T2390 2 2
Intel Xeon CPU W3530 1 1
Intel Xeon CPU X5450 1 1
Pentium Dual-Core CPU E5200 12 12
Pentium Dual-Core CPU E5300 23 23
Pentium Dual-Core CPU E5400 7 7
Pentium Dual-Core CPU E5500 2 2
Pentium Dual-Core CPU E5700 7 7
Processador Intel Pentium II 9 9
Processador Intel Pentium III
3 3
[2 core(s) x86]
TOTAL GERAL 1914 55 659 2628

3.2. Servidores

Para suportar a acessibilidade aos sistemas, o Hospital de Clinicas de Porto Alegre, mantém
uma estrutura robusta de servidores de ponta e servidores para sistemas legados.
Além dos servidores físicos contidos no datacenter, existe uma política interna de
virtualização onde o comissionamento de novos servidores, quando necessário, é realizado
diretamente através de virtualização em clusters de alta disponibilidade e desempenho.

Dezembro de 2012 Página 8 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

3.2.1. Servidores Físicos

O HCPA possui em seu datacenter 65 servidores físicos, descritos na tabela abaixo:

Tabela 5: Relação de Servidores físicos.

TÉRMINO DA
NOME SERVIDOR MARCA MODELO AQUISIÇÃO USO EM MESES
GARANTIA
ALTAIR DELL Power Edge SC1435 - 11/08/2014 Não Informado
ANDROMEDA Sem marca Sem modelo 31/05/2010 13/05/2013 30
AQUARIUS DELL Power Edge 6800 01/03/2006 14/01/2009 81
ARIA-DB-1582 DELL Power Edge R810 - - Não Informado
ARL 01 Sem marca Sem modelo 18/07/2000 - 148
ARL02 Sem marca Sem modelo 13/02/2006 - 82
ATLANTIS DELL Power Edge R710 31/05/2010 13/05/2013 30
CAPRICORNUS PIXEON Pixeon 10/03/2009 - 45
CASSIOPEIA DELL Power Edge 6800 01/03/2006 14/01/2009 81
CEPHEUS DELL Power Edge R900 26/02/2008 02/02/2011 57
CHRONOS IBM System X3400 24/03/2008 - 56
DRACO HP Proliant DL380 10/12/2007 - 60
EPSILON Sem marca Sem modelo 13/12/2006 - 72
GHANDI DELL Power Edge 2950 31/08/2009 26/07/2012 39
HCPAPACS1 SUN Fire T2000 24/08/2009 - 39
HCPAPACS2 DELL Power Edge 2950 24/08/2009 07/12/2013 39
HCPAPACS3 DELL Power Edge 2950 24/08/2009 23/11/2013 39
HCPAPACS4 DELL Power Edge 2950 24/08/2009 09/01/2014 39
HCPAPACS5 DELL Power Edge R715 24/04/2012 27/01/2017 7
HCPARIS1 DELL Power Edge 2950 24/08/2009 11/02/2014 39
HCPARIS2 DELL Power Edge R710 23/12/2010 17/02/2013 23
HCPARIS4 DELL Power Edge R715 24/04/2012 27/01/2017 7
IEM - SERVER DELL Power Edge 2950 - 25/02/2012 Não Informado
JUPITER DELL Power Edge R710 31/05/2010 13/05/2013 30
LACERTA DELL Power Edge 2950 - 23/01/2013 Não Informado
LEO DELL Power Edge 2900 05/09/2008 18/06/2012 51
LUPUS HP HP Proliant DL380 10/12/2007 - 60
LYRA DELL Power Edge R900 31/08/2009 04/08/2012 39
MENSA DELL Power Edge 1800 - 25/01/2009 Não Informado
MONOCEROS DELL Power Edge R900 26/02/2008 02/02/2011 57
OBERON DELL Power Edge R900 31/08/2009 17/12/2011 39
OMICRON DELL Power Edge 1800 01/03/2006 06/01/2009 81
ORION ACER Altos 9100B 22/03/1999 - 164
PEGASUS DELL Power Edge R6800 01/03/2006 14/01/2009 81
PEROLA IBM IBM 08/10/2001 - 134
PISCES DELL Power Edge R710 31/05/2010 13/05/2013 30
PUPPIS HP Proliant ML150 12/09/2008 - 51
PYXIS DELL Power Edge R900 31/08/2009 04/08/2012 39

Dezembro de 2012 Página 9 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

TÉRMINO DA
NOME SERVIDOR MARCA MODELO AQUISIÇÃO USO EM MESES
GARANTIA
Reserva Técnica DELL Power Edge R910 15/02/2011 31/12/2015 22
SAGITTA DELL Power Edge 2900 30/01/2007 27/11/2009 70
SATURNO DELL Power Edge R710 31/05/2010 13/05/2013 30
Sem nome DELL Power Edge R610 - - Não Informado
SIGMA DELL Power Edge 2900 26/02/2008 27/01/2011 57
SMS DELL Power Edge 1850 24/03/2008 11/01/2010 56
THOR DELL Power Edge R710 31/05/2010 13/05/2013 30
URANO DELL Power Edge 2950 31/08/2009 24/07/2012 39
XEN AGHU-HU DELL Power Edge R900 31/05/2010 - 30
XEN LAB DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
XENDESKTOP02 DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
XENDESKTOP1 DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
Servidores em Pools de Virtualização – XEN Servers
AMPERE DELL Power Edge R910 15/02/2011 24/12/2015 22
HYPER PROTEUS1 DELL Power Edge R910 15/02/2011 31/12/2015 22
HYPER PROTEUS2 DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
HYPERODIN1 DELL Power Edge R900 31/08/2009 13/12/2011 39
HYPERODIN2 DELL Power Edge R900 31/08/2009 13/12/2011 39
JUNG DELL Power Edge R900 31/08/2009 04/08/2012 39
RETICULUM DELL Power Edge R900 31/08/2009 04/08/2012 39
TRIANGULUM DELL Power Edge R900 31/08/2009 04/08/2012 39
VELA DELL Power Edge 2950 31/08/2009 24/07/2012 39
VOLTA DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
XEN 1 DELL Power Edge 2950 31/08/2009 26/07/2012 39
XEN 2 DELL Power Edge 2950 31/08/2009 26/07/2012 39
XEN 3 DELL Power Edge 2950 31/08/2009 24/07/2012 39
XEN 4 DELL Power Edge 2950 31/08/2009 24/07/2012 39
XEN-AGHU-HOST1 DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
XEN-AGHU-HOST2 DELL Power Edge R910 15/02/2011 25/12/2015 22
TOTAL DE SERVIDORES TEMPO MÉDIO DE USO
66 42 MESES

Dezembro de 2012 Página 10 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Além destes, o HCPA possui servidores integrados a equipamentos médicos automatizados e


informatizados, localizados fora do datacenter, conforme a tabela a seguir:

Tabela 6: Relação de Servidores integrados a Equipamentos Médicos.

TÉRMINO DA
NOME SERVIDOR MARCA MODELO AQUISIÇÃO USO EM MESES
GARANTIA
Sem Nome DELL Power Edge 2950 31/08/2009 24/07/2012 39
Sem Nome DELL Power Edge 2950 31/08/2009 26/07/2012 39
JAMES DELL Power Edge 1800 01/03/2006 06/01/2009 81
FREUD DELL Power Edge R900 31/05/2010 05/05/2013 30
MICROSCOPIUM 07/12/2006 72
TOTAL DE SERVIDORES TEMPO MÉDIO DE USO
5 52 MESES

Para os servidores do fornecedor DELL com a informação da etiqueta de serviço (service tag)
nas relações fornecidas pela CGTI, foi realizada a checagem das informações para fins de garantia,
através do site do fornecedor. Constatou-se que em aproximadamente 43% dos servidores a garantia
está expirada ou em vias de expirar, conforme sinalizado em vermelho na coluna “Término da
Garantia” das tabelas acima.
Recomenda-se que esta verificação seja realizada posteriormente pela equipe da CGTI para
todos os servidores atualmente em utilização.

3.2.2. Servidores Virtuais

A virtualização de servidores no HCPA contempla 176 servidores virtuais, sendo 145 ativos e
31 inativos. Os servidores virtuais, ativos e inativos, estão distribuídos dentro de pools de servidores
do XEN Server, conforme as tabelas a seguir:

Tabela 7: Relação de Servidores Virtuais Ativos (145).

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
AGHUPOWER
Servidor de Desenvolvimento
AGHU-APACHE2 UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
AGHU
Servidor de Homologação do
AGHU-APPHOMOLOG UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor de Aplicação do
AGHU-APPS4 UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
XENAGHUHOST1
Servidor de Testes do
AGHU-APPTESTE UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor de Desenvolvimento
AGHU-DEV UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
AGHU
Servidor PostgreSQL do
AGHU-PGSQL2 UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU

Dezembro de 2012 Página 11 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
Servidor JBOSS do
AGHU-TURING UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor SFTP do
VULCANO CENTOS 5.4 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor de Desenvolvimento
AGHU-APACHE1 UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
AGHU
Servidor de Desenvolvimento
AGHU-APPDEV UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
AGHU
Servidor de Homologação do
AGHU-APPLAB UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor de Testes do
AGHU-APPTESTE2 UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
XENAGHUHOST2
Servidor PostgreSQL do
AGHU-PGSQL1 UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor de Desenvolvimento
APUSAGHU DEBIAN LINUX 6.0.5 22/11/2011
AGHU
Servidor de Desenvolvimento
HYDRA DEBIAN LINUX 6.0.5 22/11/2011
AGHU
Servidor de Desenvolvimento
LANDAU DEBIAN LINUX 6.0.5 22/11/2011
AGHU
CENTAURO
DMZ - Gateway SMTP Antispam
SARPEDON SMTP1 DEBIAN LINUX 6.0.5 22/11/2011
entrada de e-mails
AGATA RHEL 5.3 DMZ - DNS Secundário Externo 22/11/2011
DMZ - Servidor WEB rede
FENIX RHEL 5.3 22/11/2011
Wireless – HTTP
IDUN RHEL 5.3 DMZ - Proxy SQUID Capes 22/11/2011
DMZ - Wireless - DNS primário
JADE RHEL 5.3 22/11/2011
externo
VELA NERTHOS WS 2003 R2 x64 STD DMZ - Servidor DHCP 22/11/2011
Desenvolvimento Belini WWW -
OLERO DEBIAN LINUX 6.0.5 22/11/2011
Testes
TELESCOPIUM WS 2003 R2 ENT ISA Proxy Interno 22/11/2011
DMZ - Firewall - proxy de borda -
TOPAZIO RHEL 5.3 22/11/2011
servidores
TYR DEBIAN LINUX 6.0.5 Novo Servidor Internet WWW 22/11/2011
HYPERODIN
Servidor de Aplicação do
AGHU-APACHE1-PROD UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor de Aplicação do
AGHU-APPS4-PROD UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
Servidor JBOSS 4.2.3.GA Multi-
AQUILES RHEL 6.0 22/11/2011
cêntrico
HYPERODIN1 ARQUIMEDES RHEL 6.0 SISRCA - Faturamento SUS 16/01/2012
CACTI UBUNTU 10.04.2 LTS MONITORAMENTO 22/11/2011
Servidor De Impressão CUPS
CUPS AGHU UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
AGHU
GRAID WS 2008 R2 ENT Servidor SafeCore 22/11/2011
Servidor JBOSS 4.2.3.GA
GUEPARDO RHEL 6.0 22/11/2011
WEBGPPG
Servidor de Aplicação do
AGHU-APACHE2-PROD UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU
HYPERODIN2
Servidor de Aplicação do
AGHU-APPS3-PROD UBUNTU 10.04.2 LTS 22/11/2011
Desenvolvimento AGHU

Dezembro de 2012 Página 12 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
ATHOS WS 2008 R2 ENT Servidor Projeto VPN SafeCore 22/11/2011
Servidor TomCat 7.0.21 NAS
GRAIG RHEL 6.0 22/11/2011
https://apps2.hcpa.ufrgs.br/nas/
HIPNOS RHEL 6.0 Servidor TomCat 7.0.21 eSales 22/11/2011
MORFEUS UBUNTU 10.04.2 LTS Servidor do Banco Redmine 22/11/2011
NEWTON RHEL 6.1 Servidor Eleições 22/11/2011
PANDORUM RHEL 6.1 Nova Intranet 22/11/2011
PERSIS RHEL 6.0 Servidor MySQL VPN 22/11/2011
Servidor TomCat 7.0.21
RHODIA RHEL 6.0 22/11/2011
Web Center
SAFIRA REDMINE E SVN UBUNTU 10.04.3 LTS Servidor Redmine e SVN 22/11/2011
THUNDER WS 2008 R2 ENT Teste TMG 22/11/2011
ZENIR RHEL 6.0 Servidor MySQL VPN 22/11/2011
HYPERPROTEUS
ADALBERON RHEL 5.8 Oracle WEB homologação 2
ADALTA RHEL 5.8 Servidor de homologação 4
ADORNO WS 2008 R2 STD (vazio) 22/11/2011
ANTHEA RHEL 5.8 Servidor de homologação 3
HYPERPROTEUS1 APACHE-ORACLE-
RHEL 6.2 Apache PRODUÇÃO
WEB1-PROD
APACHE-ORACLE-
RHEL 6.2 Apache DESENV
WEB2-DESENV
DAIN RHEL 5.3 DMZ - Syslog e ntp server 22/11/2011
HCPS5 WS 2003 R2 STD Servidor de impressão
ACINETA RHEL 5.8 Oracle WEB homologação 1
AGNES RHEL 5.8 Oracle WEB desenvolvimento
APACHE-ORACLE-
RHEL 6.2 (vazio)
WEB1-DESENV
APACHE-ORACLE-
RHEL 6.2 (vazio)
WEB2-PROD
HYPERPROTEUS2 COLUMBA RHEL 6.0 Servidor de Produção AS
Sistema de Distribuição de
DFS01 WS 2008 R2 STD 22/11/2011
Arquivos (DFS) do Xen Desktop
HCPS5-2K8 WS 2008 R2 STD Futuro servidor de impressão
MILETO WS 2008 R2 ENT Novo servidor Nbilling 29/02/2012
Created by XenServer Disk Image
OCS CENTOS 6.2
Import
INFOBAHN
Rotinas de Produção -
ANTILLA WS 2003 R2 ENT Autorização de Fornecimento e 22/11/2011
Requisições de Materiais
Banco de Dados de Desenvol-
APUS RHEL 5.3 22/11/2011
vimento
RETICULUM Proxy Externo para Serviços Web
ATENA RHEL 5.5 22/11/2011
(JBOSS, TOMCAT)
BERKELEY RHEL 5.3 Homologação (DSV) do TraceGP 22/11/2011
Contingência da Internação e
CAMELOPARDUS WS 2003 R2 ENT 22/11/2011
Ambulatório
CHOMSKY WS 2003 R2 ENT Gestão de Processos de Infra 22/11/2011

Dezembro de 2012 Página 13 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
CICLOPES WS 2008 R2 ENT Certificado Digital 22/11/2011
Servidor Web/Intranet/Internet,
COMTE WS 2003 R2 x64 ENT SQL Server, Pesq. Opinião 22/11/2011
Enfermagem, Inscrições Eventos
Servidor Case de Homologação -
CONFUCIUS WS 2003 R2 ENT 22/11/2011
Sistema Sapiens
CYGNUS RHEL 5.5 Intranet / Internet 22/11/2011
FORNAX WS 2003 R2 STD AD e DNS 22/11/2011
Servidor NPS Radius Proxy2
GAIA WS 2008 R2 ENT 22/11/2011
Autenticação
Servidor Aplicativos do Datasus -
GEMINI WS 2003 R2 x64 ENT 22/11/2011
SCNES e SIGTAP
HEGEL WS 2003 R2 x64 ENT Qualitor/Service Desk 22/11/2011
Ambiente de Produção do
HUME WS 2003 R2 x64 ENT 22/11/2011
Qualitor/Service Desk.
Servidor de Monitoramento
LACAN Não informado 22/11/2011
Oracle (GRID Control 11g)
LEMURIA RHEL 5.5 Servidor Web terceiros 22/11/2011
Servidor de balanceamento de
PLATO WS 2008 R2 STD 22/11/2011
carga do Cluster Xen Citrix WLB
POPPER WS 2003 R2 ENT Novo Servidor Case 22/11/2011
Servidor Externo Inscrições
RUSSEL WS 2003 R2 x64 ENT 22/11/2011
Semana cientifica
Sistema de
SEXTANS CENTOS 5.3 monitoração/contabilização do 22/11/2011
site - cricket
TETA WS 2003 R2 STD OCS Inventory, SPSS 22/11/2011
ARIES WS 2003 R2 STD MacAfee e PO 22/11/2011
SQL Server 2008 (Citrix WLB
ARISTOTELE WS 2008 R2 STD 22/11/2011
Service Database)
Blog SSI - Panorama da
BOOLE WS 2008 R2 STD
infraestrutura
Servidor de gerenciamento do
CRUX WS 2003 R2 STD 22/11/2011
Storage
Sistema MADYA - Genética -
DARWIN WS 2003 R2 x64 ENT 23/08/2012
pesquisa
Servidor de Impressão - Não
HCPS WS 2003 R2 STD 22/11/2011
terceirizadas
HOBBES WS 2008 R2 ENT Servidor DO Processor BI 5.7 22/11/2011
INDUS WS 2008 R2 STD Testes DELMO 22/11/2011
TRIANGULUM Servidor do HCMAIL - Cliente E-
KANT WS 2003 R2 x64 ENT 22/11/2011
mail
MARX WS 2003 R2 ENT Intranet Aplicações Especiais 22/11/2011
MORTARA WS 2003 R2 STD ELI Link 22/11/2011
Servidor para o Processamento e
Geração dos arquivos (PDF) para
MURPHY WS 2003 R2 ENT 22/11/2011
a Rotina da Contingência da
Emergência
PANDORA WS 2003 R2 x64 ENT Servidor DHCP 22/11/2011
Proxy Autenticador LAN 802.1X e
POSEIDON WS 2008 R2 ENT 22/11/2011
Mac address
SPINOZA RHEL 5.1 Wikipedia de DSVdo HCPA 22/11/2011
URANO Não informado Controle de Versões e fonte de 22/11/2011

Dezembro de 2012 Página 14 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
programa
ZEUS2 RHEL 5.3 Desenvolvimento Intranet/Wiki 22/11/2011
JUNG
HSDRACO WS 2003 R2 STD Redundância do Server Draco 22/11/2011
HSHCFS2 WS 2003 R2 STD Redundância do Servidor HCFS2 22/11/2011
Redundância do Server de
HSHCPS WS 2003 R2 ENT 22/11/2011
Impressão
JUNG HSPANDORA WS 2003 R2 x64 ENT Redundância do DHCP - Pandora 22/11/2011
AD e DNS e Servidor de Licenças
HSTAURUS WS 2003 R2 STD 22/11/2011
do TS do KAPA
NPS - Radius Proxy3 LAN 06-07-
NPS RADIUS PROXY3 WS 2008 R2 ENT
2011
XACRAS WS 2008 R2 ENT NPS - Radius Proxy3 22/11/2011
MONOCEROS
M$ SQL Server 2005 W2k3 EE/
CANISMAJOR WS 2003 R2 ENT 22/11/2011
import Xen 3.2.0
CANISMINOR RHEL 5 Desenvolvimento Web - JBOSS 22/11/2011
CETUS RHEL 5 Mirror do Aquarius 22/11/2011
CHAMAELEON WS 2003 R2 STD Sistema SISPRO 22/11/2011
DORADO RHEL 5 Wikipedia de TI do HCPA 22/11/2011
MONOCEROS Servidor de Arquivos do Rhonda
KENTJOY WS 2003 R2 STD 22/11/2011
e AGH - HCFS2
LIBRA WS 2003 R2 STD NutWin - Sistema da Nutrição 22/11/2011
OMEGA WS 2003 R2 STD Domain Controller 22/11/2011
Conex (TCP/IP) & Ronda (SCF,
PERSEUS WS 2003 R2 STD 22/11/2011
SCA)
SCORPIUS RHEL 5 TraceGP 22/11/2011
OHM
ABDERO DEBIAN LINUX 6.0.5 Desenvolvimento 1
HOFSTADTER WS 2003 R2 ENT Domínio LOCAL
Sistema SISMAMA do Serviço de
LAMBERT Não informado
AMPERE Gerenciamento do SUS
LOKE DEBIAN LINUX 6.0.6 MONITORAMENTO 24/11/2011
ODUR DEBIAN LINUX 6.0.5 BI Nacional AGHU 22/11/2011
WRIGHT WS 2008 R2 ENT Radius e PKI
APOLO DEBIAN LINUX 6.0.5 BI HCPA
ARGOS DEBIAN LINUX 6.0.5 Desenvolvimento 3
BACON WS 2003 R2 ENT Domínio LOCAL
VOLTA EGEU DEBIAN LINUX 6.0.5 PEP Móvel PROD
MILETUS RHEL 5.3 Aplicativo RedCap 21/09/2012
ODISSEU DEBIAN LINUX 6.0.5 Desenvolvimento 2
SHOEMAKER WS 2008 R2 ENT Domínio LOCAL
POOL1
Terminal server p/Desktop
KAPA2K8 WS 2008 R2 ENT 22/11/2011
Remoto
XEN1 Servidor de licenças/storage XEN
MIG WS 2008 R2 ENT 22/11/2011
– teste
PHOENIX WS 2003 R2 STD Atualizador de serviços Microsoft 22/11/2011

Dezembro de 2012 Página 15 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
– WSUS
Dicionário Houaiss - Acesso BB
VENUS WS 2003 R2 STD 22/11/2011
Cobrança
Terminal server p/Desktop
KAPA2K3 WS 2003 R2 ENT
Remoto
XEN2 LABWIDE Não informado Sistema labwide 22/11/2011
Servidor de Domínio - DHCP
VEGA WS 2003 R2 STD 22/11/2011
Backup
POOL2
Citrix Merchandising
XEN3 CENTOS 5 Citrix Merchandising Server 22/11/2011
Server 2.1
CRATER RHEL 6.0 Servidor do XENDESKTOP 22/11/2011
XEN4
WIN2012TST WS 2012 Testes Windows Server 2012 22/11/2011

Tabela 8: Relação de Servidores Virtuais Inativos (31).

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
CENTAURO
COPY OF SMTP2 DEBIAN LINUX 6.0.5 Copy of SMTP2 - Saída de E-MAIL
SMTP1 DEBIAN LINUX 6.0.5 Entrada de E-MAIL OLD
VELA Gateway SMTP Antispam saída
SMTP2 DEBIAN LINUX 6.0.5 de e-mails - Exchange -> 22/11/2011
Antispam -> Internet
HYPERODIN
Sem Host SAFIRA Não informado Homologação
HYPERPROTEUS
Sem Host JORDAN RHEL 6.1 IntraMessenger
INFOBAHN
MARDUC Não informado Servidor telefonia
Template that allows VM
RHEL 5.5 x64 Não informado installation from
Xen-aware EL-based distros.
SCHOPENHAUER RHEL 5.6 Não informada.
TESTE-CRUX-2011-12-
WS 2003 R2 STD Não informada.
Sem Host 02 (1)
Experiências com a nova
ZEUS3 CENTOS 5.5
INTRANET
Experiências com a nova
ZEUS5 CENTOS 5.5
INTRANET
ZEUS6 RHEL 4.7 Template
ZEUS7 RHEL 5.5 Template
COPYLEMURIA RHEL 5.5 Cópia: Servidor Web terceiros
RETICULUM HERCULES RHEL 5.5 Semana Cientifica 22/11/2011
SISREL Não informado PostgreSQL 22/11/2011
JUNG
Backup da VM HSDRACO em
Backup de HSDRACO WS 2003 R2 STD
JUNG 23/04/2012
HSCYGNUSMASTER Não informado Experiências com a nova

Dezembro de 2012 Página 16 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

XEN POOL /
NOME DA VM S.O FUNÇÃO INCLUSÃO
HOSTNAME
INTRANET
Experiências com a nova
HSCYGNUSSLAVE Não informado
INTRANET
HSSIGMA WS 2003 R2 x64 ENT Redundância do SIGMA 22/11/2011
OHM
TEMP até 05/10 - Debug de LOGs
Sem Host FERMAT DEBIAN LINUX 6.0.5
SSA (Claudio/Ronald)
POOL1
Sem Host PASCAL WS 2008 R2 STD Teste OPENFIRE
POOL2
PASCAL2 WS 2008 R2 ENT Não informada. 22/11/2011
PVS (PVS02) WS 2008 R2 STD Não informada. 22/11/2011
PVS01 (SQL) WS 2008 R2 ENT Não informada.
VIRT_TESTE WS 2008 R2 ENT Não informada.

Sem Host WINDOWS 7 32 BIT WIN 7 32 BIT Não informada.


WINDOWS XP
WIN XP Não informada.
13092011
XDC01 WS 2008 R2 STD Não informada.
XDLICWI01 WS 2008 R2 STD Não informada.
XENAPP01 WS 2008 R2 STD Não informada.

Recomenda-se a verificação, por parte da CGTI, da necessidade de se manter os servidores


virtuais inativos, bem como da área de armazenamento utilizada, para adequações posteriores.

3.3. Storage

Atualmente o HCPA dispõe de 5 (cinco) unidades de armazenamento (storages) de grande


porte, com uma capacidade total de aproximadamente 208 (duzentos e oito) terabytes.
Apesar de considerável, devido à necessidade de armazenamento de dados provenientes de
diagnóstico por imagem e para utilização do ambiente virtualizado, esta capacidade de
armazenamento está próxima do limite, impactando em baixa disponibilidade de área em disco para
utilização dos usuários da rede.
Como solução para a ampliação da capacidade de armazenamento, foi elaborada no final de
2012 uma RFP (request for proposal) para aquisição de novos equipamentos.

Dezembro de 2012 Página 17 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Tabela 9: Relação de Equipamentos de Armazenamento de Dados (Storage).

TOTAL USADO LIVRE


MARCA MODELO QTD. DE DISCOS % DE USO
(TBytes) (TBytes) (TBytes)
90
AMS500 17,8 12,9 72% 4,9
(6 gavetas de 15 discos)
105
AMS500 39 29 74% 10
(7 gavetas de 15 discos)
Hitachi
165
AMS2300 43,1 29,9 69% 13,2
(11 gavetas de 15 discos)
30
AMS2100 7,8 2,5 32% 5,3
(2 gavetas de 15 discos)
TOTAL STORAGE HITACHI 107,7 74,3 69% 33,4
112
EMC CENTERA 100 18,8 19% 81,2
(28 nodos de 4 discos)
TOTAL SOTRAGE EMC 100 18,8 19% 81,2

Tabela 10: Detalhamento da utilização do storage Hitachi.

USADO
RECURSO % DE USO
(Tbytes)
Backups 9,65 13,0%
CFTV 8,45 11,4%
E-Mail 1,12 1,5%
File Server 5,14 6,9%
Oracle 9,04 12,2%
PACS 18,15 24,4%
Xen Pool's 22,76 30,6%
TOTAL 74,30 100,0%

3.4. Libraries e Robôs de Mídias para Backups

A solução de backup, comtempla 02 (duas) unidades automatizadas, ou robôs de mídias,


contando com 120 (cento e vinte) slots LTO-4 e 48 (quarenta e oito) slots LTO-3.
Além das unidades automatizadas, existem 03 (três) drives de mídia independentes, sendo
02 (dois) LTO-3 ainda em uso e 01 (um) LTO-2, que devido à sua depreciação tecnológica já não é
mais utilizado.
As mídias LTO-3 armazenam backups históricos, acima de 5 anos, enquanto que as mídias
LTO-4 são utilizadas para backup em ciclo de 30 dias, sendo o padrão atual para armazenamento.

Dezembro de 2012 Página 18 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Tabela 11: Relação de Libraries para Backups

MARCA MODELO TIPO


DELL Sem modelo ULTRIUM LTO 2
EXABYTE Magnum 448 48 slots LTO 3
TANDBERG Sem modelo ULTRIUM LTO 3
TANDBERG Sem modelo ULTRIUM LTO 3
TANDBERG T120 120 slots LTO 4

3.5. Dispositivos de Rede

Em agosto de 2012, foi disponibilizado ao HCPA o relatório de “Análise de Conformidade


Técnica da Infraestrutura de Telecomunicações”, apresentado pela empresa “CERTTUM”, consultoria
contratada para tal finalidade.
Este relatório, abrange todas as instalações de infraestrutura de telecomunicações
pertencentes ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre e a unidade Álvaro Alvim, localizados dentro da
suas áreas de domínio físico, fornecendo recomendações para instalação de redes locais, a partir do
ponto de entrada do cabeamento de telecomunicações (essencialmente fibra óptica) nos prédios até
as estações nas áreas de trabalho.
Tendo em vista que o ambiente hospitalar requer que as instalações de infraestrutura de
rede suportem requisitos específicos para atender a demanda que surge com o constante
desenvolvimento tecnológico na área de saúde, as instalações neste ambiente deverão ser
orientadas pelas características específicas de cada setor do ambiente hospitalar e pela norma
ANSI/TIA-1179, que estabelece diretrizes para implantação de cabeamento estruturado para
ambientes da área da saúde.
O documento foi elaborado tendo como referência o Caderno de Especificações Técnicas de
Infraestrutura de Telecomunicações, de agosto de 2012, desenvolvido especificamente para o HCPA
e as publicações da TIA/EIA (Telecommunications Industry Association / Electronic Industries
Association) dos Estados Unidos, ISO (International Standard Organization) e da BICSI (Building
Industry Consulting Service International), além de utilizar algumas referências às normas da ABNT
(Associação Brasileira de Normas Técnicas), pois a ABNT não possui normas de infraestrutura de
telecomunicações específicas para o ambiente de saúde.
As recomendações deste relatório foram consideradas na análise de dispositivos de redes
para este diagnóstico de infraestrutura.

Dezembro de 2012 Página 19 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

3.5.1. Switches

A rede do Hospital de Clinicas de Porto Alegre é suportada por 154 (cento e cinquenta e
quatro) switches, totalizando 6.208 (seis mil, duzentas e oito) portas de comunicação. Atualmente,
existem 4.969 pontos de comunicação disponíveis para esta rede e 289 (duzentos e oitenta e nove)
pontos na unidade Álvaro Alvim, sendo que o total de pontos de comunicação (5.238 pontos), ocupa
84% (oitenta e quatro por cento) da capacidade de portas dos switches existentes.
O tempo médio de uso dos switches é de 23 (vinte e três) meses, sendo que alguns
equipamentos já estão com 64 (sessenta e quatro) meses de utilização. Como a evolução tecnológica
deste tipo de equipamento nos últimos 05 (cinco) anos não teve grandes avanços, o impacto na não
atualização dos mesmos é desconsiderável. Os equipamentos estão relacionados na tabela a seguir:

Tabela 12: Relação de Switches de Rede.

QUANTIDADE TOTAL DE TEMPO DE USO


MARCA MODELO PORTAS
DE. SWITCHES PORTAS (em meses)
HP A3600-24 POE+V2 EI BR 24 3 72 3
HP A5500-24G-SFP-EI 24 4 96 4
HP E3600-24 V2 EI 24 3 72 3
HP E3600-48 V2 EI 48 7 336 3
HP E4800-24G-POE 24 3 72 3
HP HP 5550-48G-POE I 48 5 240 3
HP/3COM 5500-EI (3CR17152-91) 52 23 1196 64
HP/3COM 5500-EI (3CR17161-91) 28 20 560 39
HP/3COM 5500-EI (3CR17162-91) 52 45 2340 39
HP/3COM 5500-EI (3CR17171-91) 28 14 392 29
HP/3COM 5500-EI (3CR17172-91) 52 5 260 24
HP/3COM 5500-SI (3CR17151-91) 28 17 476 64
HP/3COM E4210-24 (3CR17343-91) 26 3 78 23
HP/3COM E4210-8 (3CR17331A-91) 9 2 18 25
TOTAL 154 6208 23

3.5.2. Switches Core

O Núcleo da Rede do HCPA, representado pela Figura 2, é composto por 02 (dois) switches
de chassi 3Com 8800 e 3Com 8810, contando com 10 (dez) slots cada por switch. Estes
equipamentos estão interligados a uma pilha de roteamento montada com 02 (dois) 3COM 5500
GIGABIT.

Dezembro de 2012 Página 20 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Cada um deles possui:

 2 (duas) fontes de alimentação;


 2 (dois) fabrics com Load Balance;
 2 (dois) módulos 24 portas, interface SFP (1000 BASE-SX, 1000 BASE-LX, 1000 BASE-T);
 2 (dois) módulos 24 portas 1000 BASE-T;
 1 (um) módulo SFP spare;
 1 (um) módulo 1000 BASE-T spare.

Figura 2: Representação gráfica da solução de core switch.

3.5.3. Roteadores

A seguir temos um resumo dos roteadores atualmente utilizados pelo Hospital de Clínicas de
Porto Alegre.
Cabe ressaltar que a interligação entra o HCPA e a unidade Álvaro Alvim dá-se através de dois
sistemas de cabeamento óptico possuindo cada um 24 (vinte e quatro) fibras do tipo monomodo
(9μ/125μm). Esta interligação foi feita por caminhos redundantes, visando à prevenção de pontos
únicos de falha, em função dos cabos passarem por vias públicas.
Nas duas unidades, o sistema de cabeamento possui certificação de garantia estendida
através de fabricante, por um período mínimo de 15 (quinze) anos, garantia esta que abrange
desempenho e conformidade perante as normas técnicas vigentes.

Dezembro de 2012 Página 21 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

Tabela 13: Relação de Roteadores.

EQUIPAMENTO MARCA MODELO


ROTEADOR CISCO 800 CISCO CISCO 800
ROTEADOR DLINK DA PHILLIPS D-LINK DI804 - HV
ROTEADOR AGFA CISCO CISCO 871
ROTEADOR SONIC WALL SONIC WALL SOHO 3
ROTEADOR QUARTZO XPEDITION ENTERASYS XSR1805

3.5.4. Segurança

A estrutura para segurança da rede do HCPA é composta de appliances e sistemas de


monitoramento e detecção considerados padrão de mercado, conforme descrição abaixo:

Tabela 14: Relação de Equipamentos de Segurança de Redes.

MARCA / MODELO VERSÃO FIRMWARE TIPO FUNCIONALIDADE LICENÇAS


Checkpoint / SECUREPLATFORM Appliance Cluster dedicado para acesso remoto (através
UTM 570 R75.40 de VPN). Contém integrado no mesmo equi-
10
pamento: IPS, FIREWALL, VPN, funcionalidade
de integração LDAP.
Checkpoint / SECUREPLATFORM Appliance Cluster dedicado para acesso remoto (através
UTM 570 R75.40 de VPN). Contém integrado no mesmo equi-
10
pamento: IPS, FIREWALL, VPN, funcionalidade
de integração LDAP.
DELL / SECUREPLATFORM Servidor Cluster dedicado para FIREWALL. Contém
R900 R75.30 integrado no mesmo equipamento: IPS,
FIREWALL, VPN, funcionalidade de integração
LDAP. Firewall de borda, protege servidores
1
públicos na internet, servidores AGHU
Produção, Servidores AGHU Desenvolvimento,
rede wireless e redes confinadas de
equipamentos médicos.
DELL / SECUREPLATFORM Servidor Cluster dedicado para FIREWALL. Contém
R710 R75.30 integrado no mesmo equipamento: IPS,
FIREWALL, VPN, funcionalidade de integração
LDAP. Firewall de borda protege servidores
públicos na internet, servidores AGHU 1
Produção, Servidores AGHU Desenvolvimento,
rede wireless e redes confinadas de
equipamentos médicos.
DELL / SECUREPLATFORM Servidor Gerenciamento Centralizado para VPN e
7
2950 R75.40 Firewall Checkpoint
UTM 1 5 SECUREPLATFORM Appliance Centralizador de Eventos Checkpoint VPN e
1
R75.30 Firewall
VM Centos 5.5 VM Solução de Firewall em Software Livre GNU
VM Diversos VM IPS local, contra varreduras de portas. GNU
VM ISA 2006 VM Proxy corporativo. 1

Dezembro de 2012 Página 22 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

3.5.5. Access Points (Wireless)

A infraestrutura de rede wireless do HCPA é composta por pontos de acesso (access point) e
switches de rede no padrão 802.1x, cobrindo 100% das áreas definidas.
Este padrão realiza o controle de acesso à rede com base em portas e provê um mecanismo
de autenticação para dispositivos que desejam juntar-se a uma porta LAN, seja estabelecendo uma
conexão ponto-a-ponto ou prevenindo acesso para esta porta se a autenticação falhar.
O papel do autenticador é realizado por autoridade certificadora através de servidores
RADIUS. Ele provê autenticação apenas para o cliente ou, mais apropriadamente, autenticação forte
e mútua utilizando protocolos como EAP-TLS.

Tabela 15: Relação de Equipamentos de Redes Wireless.

TEMPO DE USO
MARCA MODELO AQUISIÇÃO QUANTIDADE
(MESES)
3COM AP2750 Managed Access Point 01/01/2011 89 23
3COM WX1200 Wireless Lan Switch 26/07/2007 6 64
TOTAL 95 43

3.5.6. Demais dispositivos

Abaixo estão relacionados os demais dispositivos de hardware que suportam a infraestrutura


de datacenter do HCPA. Não foram levantados alguns itens como racks, mouses, monitores, teclados,
guias de cabo, patch panel, DIO, Estante das fitas, mesas, cadeiras e outros materiais considerados
secundários.

Tabela 16: Relação de outros dispositivos.

EQUIPAMENTO MARCA MODELO


MINI CORE RNP H3C 3COM MSR 50-40
KVM ATEN TMMAX
KVM ATEN TMMAX
KVM ATEN TMMAX
KVM ATEN CS9138
KVM DELL 15FP
KVM D-LINK DKVM-8E
KVM D-LINK DKVM-8E
KVM TRENDNET TK803R

Dezembro de 2012 Página 23 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

4. RECURSOS DE SOFTWARE

4.1. Sistemas Operacionais das Estações

As estações de trabalho possuem em sua maioria absoluta o Windows XP Professional como


sistema operacional. A opção por utilizar o Windows ao invés de um sistema operacional livre se da
em virtude do mesmo ser um pré-requisito para o aplicativo de gestão hospitalar (AGH). Somando-se
a esta necessidade, está o fato do HCPA se enquadrar no programa de licenciamento acadêmico
GGWA-A da Microsoft que provê um contrato de utilização de Windows original para instituições
educacionais, reduzindo drasticamente o custo total de propriedade (TCO).
Da mesma forma que o AGH contribui fortemente para a adoção do Windows, o mesmo,
devido a suas dependências e características, é a principal restrição quanto a atualização para
versões recentes dos sistemas operacionais.
Devido à obsolescência tecnológica e descontinuidade de suporte por parte do fornecedor, é
recomendável a substituição do Windows XP por uma versão mais recente. Atualmente existe dentro
da CGTI um estudo de migração do Windows XP Professional para o Windows 7 Professional,
passando antes pelo processo de homologação do AGH nesta nova plataforma.

SISTEMAS OPERACIONAIS DAS ESTAÇÕES


1; 0% 40; 1% 16; 1%

Microsoft Windows 7 Pro


Microsoft Windows 8 Pro
Microsoft Windows XP Pro
2571; 98%
Unknown OS

Figura 3: Distribuição de Sistemas Operacionais nas Estações de Trabalho.

Dezembro de 2012 Página 24 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

4.2. Sistemas Operacionais de Servidores

O HCPA possui um ambiente heterogêneo no que se refere a sistemas operacionais de


servidores, contemplando as principais plataformas de mercado e tendências tecnológicas.
Destacam-se a utilização dos sistemas operacionais Linux e Windows, cada um com uma
representação de praticamente 50% dos ambientes de sistemas e aplicações. Com o crescimento da
virtualização e a tendência das entidades governamentais em adotarem o software livre como
padrão, o crescimento da plataforma Linux tende a aumentar nos próximos anos.
Os gráficos a seguir sintetizam a distribuição das diversas plataformas em utilização, os
ambientes de virtualização e os sistema operacionais em servidores virtuais.

SISTEMAS OPERACIONAIS EM SERVIDORES FÍSICOS

XEN SERVER; 22;


VMWARE; 3;
34%
5%

Outra; 7;
CHECK POINT; 2;
WINDOWS; 23; 11%
3%
36% SOLARIS; 1;
LINUX; 12; 1.5%
19% TIPPING POINT; 1;
1.5%

Figura 4: Distribuição de Sistemas em Servidores Físicos.

SISTEMAS OPERACIONAIS DE
AMBIENTES DE VIRTUALIZAÇÃO
VMWARE; 3;
12%

XEN SERVER;22;
88%

Figura 5: Distribuição de Sistemas Operacionais de Ambientes de Virtualização.

Dezembro de 2012 Página 25 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

SISTEMAS OPERACIONAIS EM
SERVIDORES VIRTUAIS

WINDOWS;
78; 47% LINUX; 89;
53%

Figura 6: Distribuição de Sistemas Operacionais em Servidores Virtuais.

Na tabela a seguir, estão descritos os sistemas operacionais utilizados em servidores físicos e


virtuais, contemplando um total de 231 servidores, sendo 64 físicos e 167 virtuais. Foram excluídos
da relação 6 servidores físicos e 9 virtuais, devido à falta de informação sobre o sistema operacional
utilizado.

Tabela 17: Relação de Sistemas Operacionais por Plataforma e Tipo de Servidor.

SERVIDOR SERVIDOR
PLATAFORMA SISTEMA OPERACIONAL TOTAL
FÍSICO VIRTUAL
CHECK POINT CHECK POINT SECURE PLATFORM R75.30 2 2
CHECK POINT Total 2 2
LINUX CENTOS 5 1 1
CENTOS 5.3 1 1
CENTOS 5.4 1 1
CENTOS 5.5 2 2
CENTOS 6.2 1 1
DEBIAN LINUX 6.0.5 16 16
DEBIAN LINUX 6.0.6 1 1
GNU/LINUX 1 1
LINUX 2.4.7 1 1
RED HAT 3.4.5-2 4 4
RHEL 4.7 1 1
RHEL 5 2 4 6
RHEL 5.1 1 1
RHEL 5.3 3 10 13
RHEL 5.5 7 7
RHEL 5.6 1 1
RHEL 5.8 5 5

Dezembro de 2012 Página 26 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

SERVIDOR SERVIDOR
PLATAFORMA SISTEMA OPERACIONAL TOTAL
FÍSICO VIRTUAL
LINUX RHEL 6.0 10 10
RHEL 6.1 3 3
RHEL 6.2 4 4
UBUNTU 10.04.2 LTS 19 19
UBUNTU 10.04.3 LTS 1 1
UBUNTU 8.04.1 1 1
LINUX Total 12 89 101
SOLARIS SUN SOLARIS 10.0 1 1
SOLARIS Total 1 1
VMWARE VMWARE ESXi 4.0 3 3
VMWARE Total 3 3
WINDOWS WIN 2000 PRO 2 2
WIN 7 32 BIT 1 1
WIN XP 1 1
WS 2000 1 1
WS 2000 ADV 1 1
WS 2003 5 5
WS 2003 R2 11 11
WS 2003 R2 ENT 13 13
WS 2003 R2 STD 22 22
WS 2003 R2 x64 ENT 10 10
WS 2003 R2 x64 STD 1 1
WS 2003 x64 2 2
WINDOWS WS 2008 1 1
WS 2008 R2 ENT 17 17
WS 2008 R2 STD 12 12
WS 2012 1 1
WINDOWS Total 23 78 101
XEN SERVER XEN SERVER 5.5 14 14
XEN SERVER 5.6 1 1
XEN SERVER 6 7 7
XEN SERVER Total 22 22
TIPPING POINT TOS 3.2.0.8312 patch 2 1 1
TIPPING POINT Total 1 1
TOTAL GERAL 64 167 231

Dezembro de 2012 Página 27 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

4.3. Banco de Dados

O HCPA utiliza as tecnologias Oracle Database, Microsoft SQL Server, PostgreSQL e MySQL
para suportar os bancos de dados de seus principais sistemas e aplicações, em ambientes de
produção, homologação e contingência.
A tabela abaixo contém um resumo da configuração dos servidores de bancos de dados do
HCPA.

Tabela 18: Relação de Servidores de Bancos de Dados.

BANCO DE VERSÃO
HOSTNAME CPU RAM SISTEMA OPERACIONAL
DADOS BD
Intel Xeon E7450 2.40GHz
LYRA 128 GB RHEL 4.8 Oracle 10.1.0.5
(24 Cores) - RAC
Intel Xeon E7450 2.40GHz
PYXIS 128 GB RHEL 4.8 Oracle 10.1.0.5
(24 Cores) - RAC
Intel Xeon E7450 2.40GHz
FREUD 128 GB RHEL 4.8 Oracle 10.1.0.5
(24 Cores)
Intel Xeon E7450 2.40GHz
CEPHEUS 32 GB RHEL 4.7 Oracle 10.1.0.5
(16 Cores)
Intel Xeon E5530 2.40GHz
PISCES 64 GB WS 2003 R2 x64 SQL Server 2005
(16 Cores)
Intel Xeon E5530 2.40GHz
COMTE 8 GB WS 2003 R2 x64 SQL Server 2005
(3 Cores) - VM
Intel Xeon E7450 2.0 GHz
AGHU-PGSQL1 18 GB UBUNTU 10.04.2 LTS PostgreSQL 8.4
(6 Cores) - VM
Intel Xeon E7450 2.0 GHz
AGHU-PGSQL2 18 GB UBUNTU 10.04.2 LTS PostgreSQL 8.4
(6 Cores) - VM
Intel Xeon E7450 2.40GHz
CYGNUS 12 GB RHEL 5.5 MySQL 5.0.77
(8 Cores) - VM

4.4. Demais Softwares e Ferramentas

Os demais softwares contribuem para suportar as atividades e equipamentos existentes no


HCPA.
Cabe ressaltar que o suporte a estes softwares é fornecido pela CGTI e fornecedores, porém
nem todos são utilizados como ferramenta de apoio às atividades diárias de infraestrutura de TI.

Tabela 19: Relação de demais Softwares e Ferramentas.

DESCRIÇÃO DO SOFTWARE LICENÇAS


Adobe Fireworks CS 5.5 1
Adobe Flash Pro CS6 1
Adobe Indesign CS4 4
Analisador Genético Automático Hitachi / AB MOD ABI PRI3M 3100 AVANT 1
Applied Maths 1
BSC, GED, Ocorrencias, Gestão Competitiva e Riscos 1
Camtasia Studio 7.1 Eletronic Dowload 1

Dezembro de 2012 Página 28 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

DESCRIÇÃO DO SOFTWARE LICENÇAS


Cessão Direito Sistema de Faturamento, Emissão de Notas, Emissão
1
Livros/Escrituração Fiscal
CIS Group - Placa Áudio/Vídeo Transcodificação de Arquivos Digitais (MPEG2) 1
CLC Main Workbench Licence CLC Bio 1
Corel Draw X4 3
Coreldraw Graphics Suite X5 1
Curso Virtual para Gerenciamento de Resíduos Serviço Saúde 1
Desenvolvimento de Design Virtual - Programa de Game Educacional 1
Easy Essentials for Xenserver Enterprise 1
Elipse 1
Enterprise Manutenção/Instalação Software 1
High Resolution Melt - Life Technologies 1
Hyena Enterprise Editon Versão 8.1 1
Microsoft SQL Server 2008 Enterprise ALNG MVL 1
Neuropack 1
Oracle Database Entreprise Edition- Processor Perpetual 16
Oracle Option Real Application Clusters-Processor 16
Photoshop CS4 4
Psychology Toll-E-Prime 2.0 Professional 1
Qualitor 4
Sistema de Faturamento, Emissão de Notas, Emissão Livros/Escrituração Fiscal 1
Sistema Digifort Enterprise para 8 Câmeras 5
Sistema Eletrônico de Inscrição e Acompanhamento da Semana Científica no HCPA 1
Software ACL-Network 1
Software Adobe (Licença de Uso) para Diagramação da Revista do HCPA 1
Software Applied 1
Software da Interact 1
Software de Gerencimanento dos Equipamentos Gateways e Tokens de VPN 1
Software de Monitoração e Gerenciamento de UPS (Nobreak) 3 KVA 1
Software Dedicado NS Safety Mark 042121-11
1
(componente do espectrofotômetro VARIAN NP 87712)
Software do Sistema de Backup/Recuperação de Dados Corporativos 2
Software e Extensão e Garantia Torage 300G 1
Software Específico para Aquisição de Exames de Medicina Nuclear 1
Software Específico para Processamento de Exames de Medicina Nuclear
1
NS CZC83942JT
Software para Actígrafo Respironicsc/Leitor de Dados Mais Actwatch 2
1
NS AO5859
Software para Análise de Reações de PCR após Amplificação Biosystems 1
Software para Aparelho de Raio-X Dentário - SCHICK Computadorizado
1
NS 1744
Software para Planejamento de Radioterapia (Equipamento NP 302614) 1
Software para Planejamento Inverso IMRS/MRT (Equipamento NP 302614) 1
Software para Planejamento Segment. Automática-Cabeça (Equipamento NP
1
302614)
Software para Plataforma de Gerenciamento de Rede 1

Dezembro de 2012 Página 29 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

DESCRIÇÃO DO SOFTWARE LICENÇAS


Software para Realizar Planejamento (Equipamento NP 302614) 1
Software Solução para Digitalização, Gerenciamento e Guarda Digital 1
Software Videofarma 1
Softwares para Videodermatoscópio 1
Supervisão/Monitoramento de Energia Elétrica, Vapor, Gases, Reservatório e
1
Climatização
TP Citrix Ease Desktop Platinum Edition 1
TP Citrix Easy Xenserver Entrerprise Educational X1 Server 1

Dezembro de 2012 Página 30 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

5. RECOMENDAÇÕES

RECOMENDAÇÕES BENEFÍCIOS RESTRIÇÕES/PRÉ-REQUISITOS


Substituição de estações de trabalho Economia de energia, menor custo Implantação de sistema para
por thin clients total de propriedade, agilidade na virtualização de desktops
substituição em caso de falha.
Verificar e renovar a garantia dos Continuidade do suporte do forne-
servidores que suportam as cedor com agilidade no atendimento
aplicações de negócio em caso de falha crítica.
Descomissionar servidores legados Liberação de espaço físico nos racks Analisar a utilização e homologação
do datacenter, economia de energia, das aplicações e serviços existentes
aumento de desempenho caso opte- nestes equipamentos.
se pela virtualização.
Descomissionar servidores virtuais Liberação de recursos nos hosts para Analisar as funcionalidades dos
desativados novos servidores virtuais, liberação servidores virtuais desativados
de espaço de armazenamento nas
LUN´s do Storage
Expandir o número de hosts por Aumento de desempenho e dispon- Estudo de viabilidade técnica em
cluster de virtualização ibilidade dos servidores e redução andamento
em tempo de manutenção
Realizar a migração dos sistemas Continuidade do suporte do forne- Homologação do AGH WEB para
operacionais das estações (Windows cedor, aumento de performance nas produção e/ou implantação total do
XP) para uma versão estável de estações, redução de falhas e AGHU, pois o AGH atual está
mercado (Windows 7) vulnerabilidades de segurança rodando em Oracle Forms 6i, que é
incompatível com o Windows 7.
Aquisição de Storage Aumento da área útil de armazena- RFP em andamento
mento disponível para os usuários
do SIGMA
Substituição dos Switchs Core Acréscimo exponencial na trans- A substituição foi contratada e
de 1 Gbps´s para 10 Gbps´s e missão de dados incrementando o instalada. Depende de teste e
consequente substituição dos desempenho dos sistemas validação para utilização.
Switches de borda. AGH/AGHU
Aquisição de Link de dados Maior disponibilidade em caso de Serviço contratado. Depende de
comercial externo ao PTT da falhas na rede RNP disponibilização, testes e validação.
RNP/UFRGS
Segmentar os appliances de A Segregação de funcionalidades Contratação e ou treinamento de
segurança de acordo com suas diminui o risco de falha na segu- pessoal para atuar na utilização das
funcionalidades rança e aumenta o desempenho soluções adquiridas.
individual de cada appliance.
Aquisição de equipamento Centralizar os logs de todos os serv- Contratação e ou treinamento de
específico para correlacionamento idores e estações da rede, correla- pessoal para atuar na utilização das
de log´s de grande porte cionando eventos que podem apre- soluções adquiridas.
sentar risco a segurança e disponi-
bilidade da infraestrutura.
Aquisição de solução para preven- Identificar, monitorar e proteger Contratação e ou treinamento de
ção de perda de dados (Data Loss os dados corporativos, através da pessoal para atuar na utilização das
Prevention), compatível com os inspeção do conteúdo, análise de soluções adquiridas.
equipamentos, ferramentas e tecno- segurança e contextual da transa-
logias atualmente utilizadas pelo ção, detectando e prevenindo o uso
HCPA. e transmissão indevidos de informa-
ções confidenciais.

Dezembro de 2012 Página 31 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI: Relação dos Recursos e TI

RECOMENDAÇÕES BENEFÍCIOS RESTRIÇÕES/PRÉ-REQUISITOS


Aquisição de ferramenta de gerenci- Maior controle sobre a utilização da Contratação e ou treinamento de
amento de conteúdo WEB baseado internet pelos usuários. pessoal para atuar na utilização das
em sensibilidade de palavras, listas soluções adquiridas.
negras e análise de redes sociais,
compatível com os equipamentos,
ferramentas e tecnologias atual-
mente utilizadas pelo HCPA.

Dezembro de 2012 Página 32 de 32

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


DIAGNÓSTICO DA ÁREA DE TI -
INVENTÁRIO DE SISTEMAS

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

Sumário

1. ORIGEM DO DOCUMENTO .................................................................................................................. 3

2. OBJETIVO ............................................................................................................................................. 3

3. LISTA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIDOS PELO HCPA............................................... 3

3.1. Objetivos, Funcionalidades e Gestores dos Sistemas ...................................................................... 5

4. LISTA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE TERCEIROS .................................................................... 16

5. RECURSOS TECNOLÓGICOS ............................................................................................................... 17

5.1. Ambiente de Servidor, Armazenamento, Redes, Impressoras e Desktops.................................... 17

5.2. Ferramentas de Gerenciamento de Projetos ................................................................................. 18

5.3. Ferramentas de Desenvolvimento de Software ............................................................................ 18

6. GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI............................................................................................... 20

6.1. Lista de Serviços de TI .................................................................................................................... 21

6.2. Catálogo de Serviços ITIL ................................................................................................................ 22

Outubro de 2012 Página 2 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

1. ORIGEM DO DOCUMENTO
MEC/Hospital de Clinicas de Porto Alegre.

2. OBJETIVO
Este documento tem por objetivo inventariar e descrever os sistemas de informação
existentes no HCPA, contemplando:
 Lista de todos os sistemas de informação em produção, homologação e desenvolvimento;
 Descrição sucinta das funcionalidades, objetivos e gestores;
 Descrição dos recursos tecnológicos utilizados;
 Quantificação da implementação e do uso, considerando programas e bancos de dados;
 Catálogo de Serviços de TI, conforme modelo ITIL.

As informações e recomendações relacionadas também serão utilizadas na elaboração do


Plano Diretor de Tecnologia da Informação – PDTI do período de 2013 a 2016.

3. LISTA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIDOS PELO HCPA

SISTEMA FINALIDADE GRUPO SITUAÇÃO


1. Consultas Administração do atendimento ambulatorial AAC Produção
2. Banco de Sangue Gerenciamento e controle do processo de ABS Produção
doação de sangue
3. Exames Solicitação e laudos de exames AEL Produção
4. Pesquisa Clínica Gerenciamento de pesquisas clínicas AEL Produção
5. Farmácia Gerenciamento da dispensação de AFA Produção
medicamentos
6. Internação Gestão do atendimento de pacientes internos AIN Produção
7. Identificação de Pacientes Identificação de pacientes AIP Produção
8. Nutrição Gerenciamento de prescrições de dietas ANU Produção
9. CTI Gerenciamento de prescrições médicas e MPM Produção
equipes necessárias ao paciente em tratamento
intensivo
10. Checagem Eletrônica Controle e validação de prescrições médicas e ECE Produção
cuidados de enfermagem
11. Controles do Paciente Registro de informações dos processos de ECP Produção
monitorização do paciente
12. Faturamento SUS e Gerenciar os procedimentos de internação e FAT Produção
Convênio ambulatoriais realizados e que serão cobertos
pelo SUS
13. Custos Contábeis Distribuição e rateio de custos FCU Produção
14. Contas a Pagar Gerenciar e controlar o pagamento dos FCP Produção
fornecedores de materiais e serviços
15. Alta Médica Gerenciamento de alta médica/hospitalar MAM Produção
16. Anamnese e Evolução Consultas aos registros de anamnese, evolução, MAM Produção
prescrições, diagnóstico, alergias e sinais vitais
17. Emergência Gerenciamento do atendimento de emergência MAM Produção

Outubro de 2012 Página 3 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

SISTEMA FINALIDADE GRUPO SITUAÇÃO


18. Portal do Ambulatório Registro do atendimento ambulatorial MAM Produção
19. Anestesia Gerenciamento e acompanhamento do MBC Produção
processo anestésico
20. Cirurgias Agendamento e acompanhamento de MBC Produção
procedimentos cirúrgicos
21. Portal de Cirurgias Administração de pré-escala de cirurgias MBC Produção
22. Controle de Infecções Controle e acompanhamento de infecções MCI Produção
hospitalares
23. Perinatologia Registro e acompanhamento de gestações MCO Produção
24. Protocolos Assistenciais Gestão de protocolos assistenciais para auxílio MPA Produção
no atendimento ao paciente
25. Prescrição Enfermagem Gerenciamento de prescrições de cuidados de MPE Produção
enfermagem
26. Prescrição Médica Gerenciamento de prescrições médicas aos MPM Produção
pacientes internos e da Emergência
27. Fisiatria Gerenciamento de prescrições e equipes neces- MPT Produção
sárias ao paciente em tratamento fisiátrico
28. Prescrição de Diálise Gerenciamento de prescrições ao paciente em MPT Produção
tratamento fisiátrico
29. Quimioterapia Gerenciamento de prescrições ao paciente em MPT Produção
tratamento quimioterápico
30. Procedimento Diagnóstico- Registro de informações de procedimentos e PDT Produção
Terapêutico diagnóstico terapêuticos
31. Registro de Colaborador Registro de informações Institucionais de RAP Produção
servidores e colaboradores
32. Gestão de Desempenho Gerenciamento de medidas estabelecidas entre RAR Produção
a liderança e colaborador
33. Compras e Estoque Gerenciar o suprimento de materiais e serviços SCE Produção
34. Contratos Gerenciamento de contratos com terceiros SICON Produção
35. Controle de Movimentação Controle de movimentação de prontuários CMP Produção
de Prontuários
36. Informações ao Público Informações ao público de pacientes e IAP Produção
funcionários

Outubro de 2012 Página 4 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

3.1. Objetivos, Funcionalidades e Gestores dos Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


1. Consultas Objetivo: Gerenciar o processo administrativo do atendi- Vice-Presidência Administrativa
mento ambulatorial aos pacientes do HCPA. (VPA)
(AAC) Funcionalidades: - Coordenadoria Administrativa
- Serviço Administrativo
 Agendar consultas e sessões ambulatoriais por equipes, de Atenção Clínica
profissional, pagador e tipo de atendimento;
 Agendamento de consultas em lote através da
importação de informações da Secretaria Municipal da
Sáude;
 Emissão de ticket para o paciente com orientações
necessárias para retorno, como: data e hora, local, equipe
e profissional. O ticket deve ser apresentado na entrada
do ambulatório e agiliza a recepção do paciente;
 Fornecer informações sobre produção e ocupação
ambulatorial para otimização do uso de recursos da
Instituição.
2. Banco de Sangue Objetivo: Gerenciar o processo de doação de sangue e Grupo de Enfermagem
controles aplicados aos doadores para garantir a qualidade (GENF)
(ABS) e integridade do material. - Serviço de Enfermagem
Funcionalidades: Onco-Hematológica
- Unidade de Banco de Sangue
 Recepção e atendimento ao doador;
 Fracionamento e sorologia na bolsa, verificando através
de exames a aptidão do sangue para futuras doações;
 Integração de informações com a Secretaria Municipal da
Saúde para identificação de doadores impedidos;
 Controle de doações de sangue associadas à necessidade
pontual ou emergencial do paciente, por procedimentos
cirúrgicos e/ou intercorrências de qualquer natureza;
 Disponibilização do material sanguíneo para forneci-
mento aos pacientes do hospital, bancos de sangue
externos e indústrias.
3. Exames Objetivo: Solicitar exames aos pacientes do HCPA. Vice-Presidência Médica
Funcionalidades: (VPM)
(AEL) - Vice-Presidência
 Solicitação de exames para pacientes: Administrativa
- Ambulatoriais; (VPA)
- Coordenadoria Administrativa
- Internação;
- Externos – Convênios.
 Solicitação de exames com identificação das amostras por
etiquetas de código de barras, o que facilita a movi-
mentação interna nas unidades executoras, na execução
dos exames em equipamentos laboratoriais e possíveis
interfaces externas;
 Agendamento de exames ou procedimentos de pacientes
a serem realizados nas unidades executoras;
 Confecção do laudo definitivo dos exames;
 Digitação dos resultados de exames;
 Disponibilização de informações dos exames e seus
laudos no Prontuário On-Line.

Outubro de 2012 Página 5 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


4. Pesquisa Clínica Objetivo: Dar suporte às pesquisas clínicas realizadas no Grupo de Pesquisa e
HCPA. Pós-Graduação
(AEL) Funcionalidades: (GPPG)

 Registro das informações do Projeto de Pesquisa:


patrocínio, data de início e fim, responsável e equipe do
projeto;
 Identificação dos pacientes participantes, quantidade de
consultas, exames e cirurgias autorizadas;
 Controle de cotas e monitoramento da utilização dos
recursos autorizados;
 Geração de formulários personalizados por projeto de
pesquisa. É possível cadastrar as perguntas, os tipos de
respostas e o fluxo entre as perguntas;
 Registro e exportação dos dados de entrevistas realizadas
para programas estatísticos.
5. Farmácia Objetivo: Gerenciamento e controle da dispensação de Vice-Presidência Administrativa
medicamentos de acordo com as prescrições ao paciente. (VPA)
(AFA) Funcionalidades: - Coordenadoria de
Suprimentos
 Armazenamento, separação e controle dos medica- - Serviço de Farmácia
mentos (rastreabilidade) através de código de barras
único, que permite acesso às informações como o nº da
nota fiscal, nome comercial, marca, lote e validade;
 Triagem das medicações constantes nas prescrições.
Nesta etapa podem ser feitos ajustes nas dosagens e
quantidade de medicamentos;
 Indicação de ocorrências para situações específicas como:
necessidade de provação, armazenamento em geladeira,
devolução de frasco vazio, entre outras;
 Dispensação de medicamentos para o paciente através da
leitura do código de barras do medicamento e associação
com o número do paciente;
 Consistência para validação se o medicamento lido está
prescrito para o paciente;
 Estorno de medicamentos não consumidos, onde o
medicamento é desassociado do paciente para que
possam ser novamente dispensados.
6. Internação Objetivo: Gerenciar o atendimento aos pacientes internos Vice-Presidência Administrativa
de maneira eletiva ou a partir da Emergência, Centro (VPA)
(AIN) Obstétrico e Bloco Cirúrgico. - Coordenadoria Administrativa
Funcionalidades:
 Registro de todas as informações necessárias durante o
período de internação, tais como: especialidade, equipe,
convênio, unidade de internação e leito;
 Movimentação do paciente entre unidades, leitos,
equipes, clínicas e especialidades;
 Fornece informações para o processo de higienização dos
leitos.
 Fornece informações para faturamento do atendimento
via SUS, convênio ou particular.

Outubro de 2012 Página 6 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


7. Identificação de Objetivo: Registrar informações cadastrais para aten- Serviço de Arquivo Médico
Pacientes dimento, ou exigidas pelo Sistema Único de Saúde – SUS, de e Informação em Saúde
todas as pessoas atendidas no HCPA. (SAMIS)
(AIP) Funcionalidades:
 Cadastro dos dados básicos de identificação e adicionais
como, nacionalidade, endereçamento e ocupações;
 Prontuário Virtual, que gera um número de prontuário
para atendimento na Emergência e de recém-nascidos,
que não evoluem para uma internação;
 Acesso a dados históricos como, última consulta, inter-
nação e cirurgia;
 Facilidades para o Serviço de Arquivo Médico e
Informação em Saúde – SAMIS, como correção de
duplicidades de cadastro, informações de óbito externas,
prontuário passivo entre outras.
8. Nutrição Objetivo: Prover assistência nutricional de acordo com as Vice-Presidência Administrativa
prescrições ao paciente. (VPA)
(ANU) Funcionalidades: - Coordenadoria de Hotelaria
- Serviço de Nutrição e
 Elaboração da prescrição dietética, incluindo horários e Dietética
nível assistencial, de acordo com o que foi prescrito pelo
médico;
 Monitoração de pendências de avaliação conforme o
nível assistencial da dieta prescrita;
 Relatório Mapa de Dietas que lista, geralmente por
unidade, os dados da prescrição de dietas e da prescrição
dietética de cada paciente;
 Geração de etiquetas de identificação das refeições a
partir da prescrição dietética;
 Relatório estatístico Quadro de Dietas que lista a
quantidade de preparos por unidade, tipo de refeição e
horário.
9. CTI Objetivo: Prescrever as modalidades e equipes necessárias Vice-Presidência Médica
ao paciente para tratamento intensivo. (VPM)
(MPM) Funcionalidades:
 Registro da Ficha Apache e Escala de Glasgow;
 Definição do preenchimento da ficha Apache a partir de
perguntas feitas pelo sistema, na primeira prescrição,
após o ingresso do paciente;
 Geração do escore de gravidade;
 Disponibilização de informações no Prontuário On-Line.

Outubro de 2012 Página 7 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


10. Checagem Objetivo: Suportar o processo de administração de pres- Grupo de Enfermagem
Eletrônica crições médicas (dietas, cuidados, medicamentos e outros) (GENF)
e de cuidados de enfermagem.
(ECE) Funcionalidades:
 Aprazamento e checagem dos itens prescritos, a partir da
lista de pacientes da unidade de internação;
 Registro de ordens não executadas;
 Lançamentos na conta do paciente, para internações de
convênios e particulares, facilitados pelo cadastro de kits
de materiais e medicamentos vinculados aos itens de
administração;
 Impressão de documentos como: contracheque, admi-
nistração da prescrição e nota de consumo em proce-
dimentos efetuados;
 Disponibilização de informações no Prontuário On-Line do
paciente.
11. Controles do Objetivo: Registrar informações dos processos de Grupo de Enfermagem
Paciente monitorização, tais como: sinais vitais, hemodinâmica, (GENF)
ventilatória, metabólica e de fluxo da via parenteral.
(ECP) Funcionalidades:
 Registro de líquidos administrados e eliminados para
cálculo do Balanço Hídrico do paciente;
 Cadastro de grupos e itens de controle, sendo dinâmica-
mente montados conforme as necessidades das insti-
tuições hospitalares;
 Cadastro de limites de normalidade e erro para cada item
de controle;
 Sinalização quando um item está fora do limite de
controle conforme a faixa etária do paciente;
 Disponibilização das informações no Prontuário On-Line
do paciente.
12. Faturamento Objetivo: Gerenciar os diversos procedimentos de Vice-Presidência Administrativa
SUS e Convênio internação e ambulatoriais realizados e que serão cobertos (VPA)
pelo SUS. - Coordenadoria de Hotelaria
(FAT) Funcionalidades: - Serviço de Gerenciamento das
Informações SUS
 Lançamento dos itens de cobrança através da integração - Coordenadoria de Clientes
com os sistemas de origem como, consultas, exames, Institucionais
internações, cirurgias, prescrições, quimioterapia, radio- - Serviço Administrativo de
terapia, hemodiálise, entre outros. Clientes Institucionais
 Posição atualizada do faturamento, através da execução
diária de rotinas.
 Aplicação das regras de faturamento do Sistema Único de
Saúde – SUS desde a origem dos dados.
 Exportação e importação de dados em sistemas
específicos fornecidos pelo DATASUS.

Outubro de 2012 Página 8 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


13. Custos Objetivo: Realizar a distribuição de despesas conforme a Vice-Presidência Administrativa
Contábeis forma de custeio por absorção e por atividade. (VPA)
Funcionalidades: - Coordenadoria Financeira
(FCU)
 Custeio por absorção – O critério de rateio baseia-se na
transferência das despesas dos Grupos de Base
(Higienização, Nutrição e Lavanderia) para os demais
grupos relacionados à atividade fim, através do sistema
de cascata. O cálculo de custo é baseado nas áreas físicas;
 Custeio por atividade - O cálculo do custo de serviços
assistenciais é realizado através da metodologia de
custeio baseado em atividades (ABC), onde os recursos
(pessoas, materiais, equipamentos, estrutura, etc.) são
utilizados nos processos de trabalho que, por sua vez,
produzem os serviços.
14. Contas a Pagar Objetivo: Gerenciar e controlar o pagamento dos Vice-Presidência Administrativa
fornecedores de materiais e serviços. (VPA)
(FCP) Funcionalidades: - Coordenadoria Financeira
- Serviço de Finanças
 Previsão orçamentária;
 Empenho de notas fiscais no Sistema Integrado de
Arrecadação Financeira – SIAFI;
 Tributações;
 Emissão de ordens bancárias e pagamento de títulos;
 Liquidação de notas fiscais;
 Contabilidade geral;
 Análise financeira e liberação dos empenhos para a área
de compras, através de carta orçamentária;
 Integração com o sistema Controle de Estoques, onde são
gerados os títulos para pagamento;
 Integração com o sistema Compras, onde controla as
despesas e a liquidação dos empenhos.
15. Alta Médica Objetivo: Gerenciar o processo de alta do paciente. Vice-Presidência Médica
Funcionalidades: (VPM)
(MAM)
 Geração do documento Sumário da Alta que contém as
principais informações durante o período de internação.
Nele constam os diagnósticos, procedimentos tera-
pêuticos, evolução, recomendações do plano pós-alta,
continuidade do atendimento e definição do estado do
paciente;
 Facilidades para preenchimento do documento através da
integração com os aplicativos de origem;
 Impressão do documento Sumário de Alta e entrega ao
paciente para subsidiar a continuidade do atendimento
fora do HCPA;
 Emissão de atestados e receituários.

Outubro de 2012 Página 9 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


16. Anamnese Objetivo: Consultas aos registros do paciente, através do Vice-Presidência Médica
e Evolução Portal do Paciente Internado. (VPM)
Funcionalidades: - Grupo de Enfermagem
(MAM) (GENF)
 Consultas aos registros de anamnese, evolução,
prescrições, diagnósticos, alergias e, futuramente, sinais
vitais;
 Navegabilidade, através de links, para novos registros de
anamnese, evolução, prescrição e demais ordens;
 Consultas através do Prontuário On-Line do paciente;
 Impressão das informações clínicas mais recentes e
importantes do paciente, através do documento Sumário
de Parada Cardio-respiratória.
17. Emergência Objetivo: Dar suporte ao atendimento do paciente, desde a Vice-Presidência Médica
triagem, até sua saída da emergência, seja por alta, ou (VPM)
(MAM) transferência. - Serviço de Emergência
Funcionalidades:
Vice-Presidência Administrativa
 Controle de entrada e saída do paciente; (VPA)
 Classificação de risco durante a triagem; - Coordenadoria Administrativa
- Serviço Administrativo de
 Registro de evoluções, diagnósticos, estado do paciente,
Atenção em Urgências e
prescrições, exames, destino e alta. Emergências
18. Portal do Objetivo: Dar suporte ao profissional de saúde no Vice-Presidência Médica
Ambulatório atendimento ambulatorial ao paciente. (VPM)
Funcionalidades: - Serviço de Ambulatório
(MAM)
 Emissão de aviso de chegada do paciente, ao profissional
da saúde, quando este comparece no ambulatório para a
consulta agendada no módulo de consultas (AAC);
 Disponibilização de informações durante o atendimento:
consultas anteriores, exames, e acesso ao Prontuário On-
Line (POL);
 Registro da evolução do paciente, com possibilidade de
prescrição de receitas, atestados e laudos;
 Disponibilização das informações da consulta para
acompanhamento do preceptor.
19. Anestesia Objetivo: Descrição do ato anestésico, composta de uma Vice-Presidência Médica
parte estática e outra dinâmica. (VPM)
(MBC) Funcionalidades: - Serviço de Anestesia e
Medicina Perioperatória
 Parte estática – definição do que será monitorado como,
por exemplo, sinais vitais e exames realizados. Registro de
informações básicas do paciente, informações específicas
para anestesia regional e, em casos de anestesia geral,
como foi realizada a indução e manutenção. Adicio-
nalmente são registradas informações sobre a via área,
ventilação e posicionamento do paciente, outras técnicas
especiais utilizadas, informações do paciente no término
da anestesia, informações específicas para cirurgias de
grande porte e recém-nascidos;
 Parte Dinâmica – Registro cronológico de fármacos,
monitorizações, eventos, ações, fluídos administrados e
perdidos;
 Disponibilização de informações no Prontuário On-Line.

Outubro de 2012 Página 10 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


20. Cirurgias Objetivo: Realizar o agendamento e acompanhamento de Vice-Presidência Médica
cirurgias e procedimentos Diagnóstico-Terapêuticos nos (VPM)
(MBC) Centros Cirúrgicos. - Serviço de Cirurgia Geral
Funcionalidades:
Vice-Presidência Administrativa
 Emissão das escalas de procedimentos e listas de (VPA)
pacientes para consultas, visualizadas por Centro - Coordenadoria Administrativa
Cirúrgico; - Serviço Administrativo de
 Registro das etapas dos procedimentos na sala de Atenção em Urgências e
preparo, transoperatório e sala de recuperação. As Emergências
informações são exibidas em monitores nas salas de
espera, possibilitando o acompanhamento pelos
familiares e/ou acompanhantes;
 Descrição do ato cirúrgico, onde o médico informa a
equipe participante, os diagnósticos pré/pós-operatório,
informações básicas, tais como: tipo de anestesia e
horários, os achados e a descrição técnica do proce-
dimento que é facilitada pelo uso de descrições padrões
de acordo com a especialidade e procedimento;
 Registro do cancelamento de procedimentos não
realizados e seu(s) motivo(s). Podem ser realizados pelo
médico, enfermagem ou profissional administrativo;
 Disponibilização de todas as informações no Prontuário
On-Line do paciente;
 Controle da entrada e saída dos pacientes nas salas de
recuperação;
 Integração com o sistema de Faturamento, através da
confirmação da realização da cirurgia. Todos os materiais
utilizados são registrados.
21. Portal de Objetivo: Apoiar a organização e planejamento da pré- Vice-Presidência Médica
Cirurgias escala de cirurgias. (VPM)
Funcionalidades: - Serviço de Cirurgia Geral
(MBC)
 Filtros de pesquisa, incluindo unidade cirúrgica,
especialidade, equipe e datas, para auxiliar na confir-
mação ou remarcação de procedimentos cirúrgicos;
 Indicação de situações de sobreposição de horários,
impedindo o agendamento;
 Cancelamento e reagendamento de cirurgias;
 Consulta de cirurgias planejadas, agendadas, realizadas e
canceladas.
22. Controle de Objetivo: Acompanhar os casos de infecção do HCPA. Vice-Presidência Médica
Infecções Entende-se por casos de infecção, pacientes com (VPM)
notificações de infecção ou com pistas detectadas a partir - Serviço de Controle de
(MCI) de uma busca ativa de informações no banco de dados dos Infecção Hospitalar
aplicativos de gestão hospitalar.
Funcionalidades:
 Registro de notas e do resumo de caso do para cada
paciente;
 Filtros de pesquisa;
 Inclusão, edição ou exclusão de notificações;
 Consulta do histórico de infecções do paciente;
 Gerenciamento de leitos de isolamento.

Outubro de 2012 Página 11 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


23. Perinatologia Objetivo: Registro e acompanhamento de gestações, Vice-Presidência Médica
incluindo intercorrências em gestações anteriores. (VPM)
(MCO) Funcionalidades: - Serviço de Ginecologia e
Obstetrícia
 Informações sobre consultas realizadas durante a
gestação.
 Acompanhamento do trabalho de parto, contemplando
informações específicas em caso de cesariana;
 Visualização do partograma;
 Registro do nascimento do recém-nascido;
 Geração do prontuário-virtual e registro do primeiro
atendimento ao recém-nascido;
 Escore de gravidade SNAPPE para recém-nascidos
internados em UTIs;
 Prescrições, solicitações de exames e sumário de alta para
o recém-nascido.
24. Protocolos Objetivo: Cadastrar protocolos assistenciais para facilitar e
Assistenciais auxiliar o atendimento aos pacientes.
Funcionalidades:
(MPA)
 Cadastro de múltiplas versões de protocolos, permitindo
o registro de evoluções sem refletir em protocolos
anteriores. As informações relevantes que podem ser
cadastradas são: exames, cuidados, medicação, consul-
toria, nutrição e resultados;
 Associação de protocolos ao paciente com possibilidade
de complementar as informações. Ao concluir o
atendimento, essas são carregadas para o aplicativo de
origem.
25. Prescrição Objetivo: Determinar o conjunto de ordens, ou prescrições, Grupo de Enfermagem
Enfermagem de enfermagem para os pacientes internados e da (GENF)
emergência. As prescrições são geradas diariamente, pois
(MPE) têm validade máxima de 24 horas.
Funcionalidade:
 Prescrição de cuidados de enfermagem associados ao
diagnóstico e etiologia escolhidos a partir da informação
de sinais e sintomas ou da pesquisa direta sobre os
diagnósticos.
26. Prescrição Médica Objetivo: Determinar o conjunto de ordens, ou prescrições, Vice-Presidência Médica
a serem administradas aos pacientes internados e da (VPM)
(MPM) emergência. As prescrições são geradas diariamente, pois
têm validade máxima de 24 horas.
Funcionalidades:
 Prescrição de dietas, de cuidados, medicamentos,
hemoterapia, consultoria, procedimentos e nutrição
parenteral;
 Integração com as áreas envolvidas na prescrição;
 Emissão de avisos impressos e eletrônicos das pres-
crições.

Outubro de 2012 Página 12 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


27. Fisiatria Objetivo: Prescrever as modalidades e equipes necessárias Vice-Presidência Administrativa
ao paciente para tratamento fisiátrico. (VPA)
(MPT) Funcionalidades: - Coordenadoria Administrativa
- Serviço de Fisiatria
 Integração com o atendimento ambulatorial;
 Agendamento das modalidades e equipes necessárias,
conforme prescrições do paciente;
 Controle de execução das sessões de fisiatria;
 Controle de faltas para definição da continuidade ou
cancelamento do tratamento;
 Integração com o Faturamento, efetuando lançamentos
para cobrança das sessões.
28. Prescrição de Objetivo: Prestar suporte ao tratamento de diálise, desde o Vice-Presidência Médica
Diálise atendimento ambulatorial até a internação. A prescrição de (VPM)
diálise é composta pela prescrição de cuidados, de - Serviço de Nefrologia
(MPT) medicamentos, de materiais, de procedimentos e de
solicitação hemoterápica.
A prescrição de diálise tem validade para o dia em que foi
elaborada, e, após esse prazo, deve ser gerada nova
prescrição.
Funcionalidades:
 Prescrição através de protocolos elaborados pelo Serviço
de Nefrologia. É possível incluir, modificar ou excluir
itens, para adequação a realidade do paciente;
 Integração com as áreas envolvidas com a prescrição de
diálise;
 Emissão de avisos impressos e eletrônicos das prescri-
ções.
29. Quimioterapia Objetivo: Prestar suporte ao tratamento de quimioterapia Vice-Presidência Médica
desde o atendimento ambulatorial até a internação. (VPM)
(MPT) Funcionalidades: Serviço de Oncologia

 Emissão do laudo APAC (Autorização de Procedimento de Vice-Presidência Administrativa


Alto Custo); (VPA)
 Geração das prescrições a partir de protocolos, nos quais - Coordenadoria Administrativa
são informados parâmetros de cálculos considerando - Serviço Administrativo
variáveis como altura, peso e superfície corporal; de Oncologia
 Aviso da área para a farmácia produzir a quimioterapia e
o registro da aplicação.
30. Procedimento Objetivo: Descrever informações de pacientes submetidos a Vice-Presidência Médica
Diagnóstico- Procedimentos Diagnóstico-Terapêuticos – PDT. (VPM)
Terapêutico Funcionalidades: - Serviço de Cirurgia Geral

(PDT)  Descrição da equipe que atuou no procedimento, a Vice-Presidência Administrativa


indicação do procedimento, o procedimento realizado, (VPA)
técnicas utilizadas, medicações e anestesia, e diagnóstico - Coordenadoria Administrativa
final utilizando CID onde o resultado não é normal; - Serviço Administrativo de
 Importação de descrições padrão e captura de imagens Atenção em Urgências e
de equipamentos; Emergências
 Disponibilização de informações no Prontuário On-Line.

Outubro de 2012 Página 13 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


31. Registro de Objetivo: Registrar as informações institucionais de todos os Coordenadoria de
Colaborador servidores e colaboradores do HCPA. Gestão de Pessoas
Funcionalidades: (CGP)
(RAP)
 Cadastro do colaborador contendo informações tais
como: documentos, filiação, endereço residencial,
ocupação profissional, local de atuação, currículo,
treinamentos, afastamentos e plano de saúde;
 Definição do usuário e perfil de acesso à rede de
computadores e aplicativos como, e-mail, AGH e IG-BSC;
 Base de integração com aplicativos de terceiros como
Folha de Pagamento, Controle de Frequência e Acesso.
32. Gestão de Objetivo: Avaliação, retorno, acompanhamento, registro e Coordenadoria de
Desempenho planejamento de medidas estabelecidas entre a liderança e Gestão de Pessoas
colaborador. (CGP)
(RAR) Funcionalidades:
 Avaliação de desempenho por competências;
 Acompanhamento e proposição de novos objetivos;
 Sigilo e confidencialidade das informações.
33. Compras e Objetivo: Gerenciar o suprimento de materiais e serviços. Vice-Presidência Administrativa
Estoque Funcionalidades: (VPA)
- Coordenadoria de
(SCE) Planejamento de Compras e Estoques: Suprimentos
 Controle do nível de estoque por ponto de pedido;
 Classificação ABC do consumo de materiais;
 Programação de entregas.
Compras:
 Controle do processo de compras através de licitação
pública, iniciando pela solicitação de compra ou serviço,
passando pelos processos de licitação, propostas dos
fornecedores e finalizando com a autorização de
fornecimento (AF).
Comissão de Licitação:
 Facilidades para análise e seleção de propostas pela
Comissão de Licitações, levando em consideração o
parecer técnico emitido pelas áreas de Controle de
Estoques e Consumo;
 Faz parte da solução, o módulo de Assinatura que
permite ao ordenador de despesa a visualização da
licitação já aprovada pela Comissão de Licitações, a
análise e liberação da compra, emitindo o respectivo
empenho.
Integração com aplicativos externos:
 Sistema Integrado de Arrecadação Financeira – SIAFI;
 Pregão do Banco do Brasil.

Outubro de 2012 Página 14 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

AGH OBJETIVO E FUNCIONALIDADES GESTORES


34. Contratos Objetivo: Registrar e gerenciar os contratos firmados com Vice-Presidência Administrativa
empresas terceiras para fornecimento de equipamentos, (VPA)
(SICON) materiais de consumo ou prestação de serviços. - Coordenadoria Financeira
Funcionalidades: - Serviço de Análise e Controle

 Cadastro e gerenciamento de contratos;


 Cadastro e gerenciamento de aditivos ou rescisões;
 Integração de dados com o módulo SICON do Sistema
Integrado de Administração e Serviços Gerais – SIASG,
disponibilizado pelo Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão – MPOG.
35. Controle de Objetivo: Controle e acompanhamento sobre a movimen- Serviço de Arquivo Médico e
Movimentação tação de prontuários, a partir do SAMIS, para as mais Informação em Saúde
de Prontuário diversas áreas que necessitem o manuseio físico dos (SAMIS)
mesmos.
(CMP) Funcionalidades:
 Gerar as movimentações de prontuário para as unidades
automaticamente (via integração com as aplicações das
Unidades usuárias).
 Gerar etiquetas de código de barras de identificação das
pastas/volumes de prontuário.
 Registrar as devoluções das unidades usuárias no balcão
de recepção, através de leitora de código de barras.
 Registrar as movimentações de prontuário, permitindo
atualizar parcial ou em lotes a situação das
movimentações, conforme lista de opções disponíveis
(Retirado, Devolvido, Separado, Não localizado).
 Permite atualizar a quantidade de volumes do prontuário.
 Permite sinalizar o tipo de envio (provisório) nas
ocorrências “Não Localizadas”.
36. Informações Objetivo: Permitir a consulta de informações via intranet, Vice-Presidência Médica
ao Público de pacientes, profissionais, funcionários e serviços (VPM)
disponíveis no hospital, através de filtros de busca, - Serviço de Logística e
(IAP) utilizando o portal da intranet. Segurança
Funcionalidades: - Coordenadoria de Hotelaria

Consultas de:
 Pacientes;
 Profissionais;
 Funcionários;
 Exames;
 Serviços disponíveis no hospital.

Outubro de 2012 Página 15 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

4. LISTA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE TERCEIROS

SISTEMA FINALIDADE FORNECEDOR SITUAÇÃO


37. CADBIO Controle de acesso biométrico Teletex Produção
38. PI Gerar solicitações e resultados de Leadercom
Produção
exames
39. SIA Controle de cancelas do estacionamento Passo Automação e
Produção
público Teletexsul
40. CONJUR Administração de processos jurídicos ADVANCED IT Produção
41. PACS Sistema de comunicação e arquivamento AGFA
Produção
de imagens médicas
42. LAUDOS Geração dos laudos e visualização dos AQUASOFT
Produção
exames
43. FUSION Gerenciamento de equipamentos de BIOMETRIX
Produção
tipagem HLA
44. PESQUISA DE Elaboração e aplicação de pesquisas de CGTI-HCPA
Produção
OPINIÃO opinião
45. QUALITOR Gerenciamento de Serviços de TI CONSTAT Produção
46. CONTRATOS Administração de contratos (jurídico) DATABOFF Produção
47. APAC Administração de Procedimentos de Alto DATASUS
Produção
Custo – SUS
48. BPA/BPI Produção ambulatorial - SUS DATASUS Produção
49. REDOMENET Gerenciamento de doadores de medula DATASUS
Produção
óssea
50. SIGTAP Tabela unificada de procedimentos -SUS DATASUS Produção
51. SISAIH Importação e crítica de dados, emissão DATASUS
Produção
do faturamento
52. SISCOLO Programa cito/histopatológico - SUS DATASUS Produção
53. SISMAMA Gerenciamento das ações de detecção DATASUS
Produção
precoce do câncer de mama
54. SISRCA Sistema de Regulação, Controle e DATASUS
Produção
Avaliação
55. STARH Gerenciamento de Recursos Humanos e DATASYS
Produção
Medicina Ocupacional
56. GPPG8 Submissão de projetos de pesquisa e DOT 3
Produção
pós-graduação (integrado ao WebGPPG)
57. OOBJ Geração e Validação do XML de NF-e e E-SALES
Produção
DANFE
58. UNIPRINTZ Integração com máquina de HELPMED
Produção
individualização de comprimidos
59. FIBROSE CÍSTICA Registro de dados clínicos e acompanha- INSTITUIÇÃO DA
Produção
mento dos pacientes com fibrose cística HOLANDA
60. STRATEGIC ADVISER Gestão Estratégica e Operacional INTERACT Produção
61. SEMANA CIENTÍFICA Submissão de trabalhos e inscrição em LEZA
Produção
seminários da Semana Cientifica
62. NAS Classificação de necessidades de MOBISYS
Produção
cuidados de enfermagem
63. ACH Autorização de contas hospitalares PROCEMPA Produção
64. RONDA Controle de Acessos e Ponto Eletrônico RUÁ (SENIOR) Produção
65. SAPIENS Emissão Livros e Notas Fiscais RUÁ (SENIOR) Produção
66. SIAFI Sistema Integrado de Administração SERPRO
Produção
Financeira do Governo Federal

Outubro de 2012 Página 16 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

SISTEMA FINALIDADE FORNECEDOR SITUAÇÃO


67. SISPRO Financeiro Contas a Receber SISPRO Produção
68. SISPRO Patrimônio Controle patrimonial SISPRO Produção
69. CONSULTAS PMPA Marcação de primeiras consultas - SMS SMS Produção
70. MULTICÊNTRICO Elaboração e aplicação de questionários SOFTDESIGN
Produção
para Pesquisas.
71. WEBGPPG Submissão de projetos de pesquisa e SOFTDESIGN
Produção
pós-graduação
72. CVS Controle de versões de arquivos SOFTWARE LIVRE Produção
73. SIAF Administração de Fundações (Fundação SWINF
Produção
Médica)
74. SGM Gerenciamento de ordens de TECNOCONSULT
Produção
manutenção
75. TRACE GP Gerenciamento de projetos e demandas TRACE SISTEMAS Produção
76. NUTWIN Programa de apoio à Nutrição UNIFESP Produção
77. AUTOPRINT Integração com máquina de VFR SISTEMAS
Produção
individualização de comprimidos
78. GESTAM Gerenciamento de amostras VFR SISTEMAS
Produção
(interfaceamento)
79. LABWIDE Interfaceamento de Exames do Serviço VFR SISTEMAS
Produção
de Patologia Clínica

5. RECURSOS TECNOLÓGICOS
A seguir, serão descritos os recursos tecnológicos empregados nos ambientes de
desenvolvimento, homologação, contingência e produção do HCPA, considerando hardware,
software e ferramentas de desenvolvimento.

5.1. Ambiente de Servidor, Armazenamento, Redes, Impressoras e Desktops


 70 servidores físicos;
- Grande porte: 4 processadores Six-Core, 256 GB RAM;
- Médio porte: 4 processadores Quad-Core, 64 GB RAM;
- Pequeno porte: 1 processador Six-Core, 4GBRAM.

 145 servidores virtuais ativos;


- Tecnologia de virtualização baseada na plataforma Citrix Xen Server;
- Capacidade dos servidores conforme demanda. Em são configurados com 2
processadores e 4GB de memória.
 Unidades de armazenamento (storage) com capacidade de 100 Terabytes;
 Rede de dados, tecnologia de núcleo Gigabit Ethernet e bordas Fast Ethernet com 3.000
pontos e cobertura Wireless;

Outubro de 2012 Página 17 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

 Sistemas Operacionais:
- Debian 6.0;
- GNU/Linux com kernel 2.2.X;
- RHEL 5.3 x64;
- UBUNTU 10.04.2 LTS;
- Windows 2000 Server;
- Windows 2003 Data Center 64 bits;
- Windows 2003 Server 32 bits;
- Windows 2003 Server 64 bits;
- Windows 2008 Server 64 bits;
- Windows XP 32 bits.
 Plataforma de controle e gerenciamento de acesso aos usuários baseada no Microsoft
Windows Acive Directory.
 Sistema de Segurança e proteção de acesso à rede interna/externa baseado em solução
de Antivirus Corporativo. Controle de proteção de acesso via tecnologia Access Point;
 Microcomputadores com certificação de qualidade (1ª. Linha), 4GB de memória, sistema
operacional Microsoft Windows XP Professional;
 Sistema de Impressão Corporativo, com 300 impressoras, baseado em Cluster Windows
Server;
 Correio Eletrônico corporativo baseado em Cluster Microsoft Exhange Server.

5.2. Ferramentas de Gerenciamento de Projetos


NOME DO SOFTWARE FINALIDADE VERSÃO
REDMINE Ferramenta para gerenciamento de projetos, gerenciamento de 2.1.2
calendário, gerador de gráficos de GANTT, gerenciador de bugs com
integração ao Subversion SVN.
TraceGP Ferramenta para alinhamento, automação e gestão dos processos e 7.0
projetos (Controle do trabalho operacional, recursos, custos, tempo.)
com suporte a métodos ágeis.

5.3. Ferramentas de Desenvolvimento de Software


NOME DO SOFTWARE FINALIDADE VERSÃO
Apache HTTP Server Servidor WEB compatível com o protocolo HTTP 1.1. 2.2

Apache Subversion Sistema de controle de versionamento utilizada no desenvolvimento de 1.6


SVN software para o gerenciamento de diferentes versões das aplicações,
incluindo o histórico de desenvolvimento dos códigos fontes e da
documentação.
Apache Tomcat Servidor WEB Java para aplicações JEE para as tecnologias Java Servlet e 6.0
JavaServer Pages, podendo ser integrado a um servidor WEB dedicado
como o Apache ou IIS.
Bizagi Process Ferramenta para modelagem de processos de negócio (Business Process 2.4.0.8
Modeler Management Software - BPMS).

Outubro de 2012 Página 18 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

NOME DO SOFTWARE FINALIDADE VERSÃO


Eclipse Ambiente de desenvolvimento integrado, desenvolvido em Java, com 3.7
forte orientação ao desenvolvimento baseado em plug-ins e amplo
suporte ao desenvolvedor.
Eclipse Web Tools Plataforma de desenvolvimento de aplicações WEB e Java EE., contendo Não
Platform - WTP conjunto de ferramentas e API´s para suportar distribuição, execução e Informado
testes das aplicações desenvolvidas.
Firebug Extensão para o Mozilla Firefox que adiciona ao navegador ferramentas 1.4.2
para facilitar a tarefa de desenvolvimento de páginas web, possibilitando
a identificação e eliminação de erros de programação (bugs), edição e
também o monitoramento de CSS, HTML e JavaScript presentes em
qualquer página da internet.
iReports Ferramenta de desenho visual para a biblioteca JasperReports e Jasper 2.0
Reports Server, suportando os mais importantes formatos de saída e
praticamente qualquer fonte de dados.
Java Linguagem de programação orientada a objeto, compilada para ser 1.6
executado por máquina virtual. A linguagem de programação Java é a
linguagem convencional da Plataforma Java, mas não sua única
linguagem.
Java Server Faces Framework do tipo MVC Model-view-controller de aplicações web 1.2
JSF baseado em Java destinado a simplificar o desenvolvimento de interface
de usuário.
Java Server Pages Tecnologia multiplataforma baseada na linguagem Java, utilizada no 2.1
JSP desenvolvimento de aplicações WEB, similar às tecnologias Active Server
Pages (ASP) da Microsoft ou PHP.
Javascript Linguagem de script orientada a objetos, utilizada principalmente para Não
programação client-side em navegadores web. Informado

JBoss Enterprise Plataforma para construção, distribuição e hospedagem de aplicações e 5.1.0.GA


Application serviços Java, que inclui o servidor de aplicações JBoss Application
Server, a ferramenta de desenvolvimento JBoss Developer Studio e o
Framework de desenvolvimento JBoss Web Framework Kit.
JQuery Biblioteca JavaScript cross-browser de código aberto desenvolvida para 1.2.1
simplificar os scripts cliente-side que interagem com o HTML, permitindo
a criação de camadas de abstração para interações de mais baixo nível,
simplificando o desenvolvimento de aplicações web dinâmicas de grande
complexidade.
Oracle Database Sistema gerenciador de banco de dados com orientação a objetos 10g
(SGDBOR) de alta performance, desenvolvido e comercializado pela
empresa Oracle.
Oracle Forms Ferramenta da Oracle que permite desenhar e desenvolver aplicações 11g
locais ou via WEB orientadas a base de dados em ambientes cliente-
servidor, utilizando-se de linguagem PL/SQL.
Oracle Reports Ferramenta de desenho e geração de relatório da Oracle, que inclui o 11g
Oracle Reports Developer para construção visual de relatórios e o Oracle
Reports Server, arquitetura multicamada para acesso as mais variadas
fontes de dados.

Outubro de 2012 Página 19 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

NOME DO SOFTWARE FINALIDADE VERSÃO


Oracle SQL Developer Ambiente livre de desenvolvimento integrado, focado no desenvolvi- 3.2
mento e gerenciamento de bancos de dados Oracle, podendo trabalhar
com outros bancos de dados como IBM DB2, MS-SQL Server, MS-Access,
MYSQL, Sybase, Teradata entre outros.
PostgreSQL Sistema gerenciador de banco de dados com orientação a objetos 8.2
(SGDBOR), desenvolvimento como projeto de código aberto
(opensource).
XHTML Linguagem de marcação HTML, baseada em XML, visando a exibição de 1.0
páginas Web em diversos dispositivos (Smartphones, Tablets, SmartTVs,
celulares, etc.), sendo interpretado por qualquer dispositivo WEB
independente da plataforma utilizada.

6. GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI
A unidade de Supervisão de Service Desk da CGTI é responsável pelo gerenciamento de
serviços de TI incluindo:
 Atuar como central de informações e orientações;
 Fomentar a utilização adequada do aplicativo de gestão de chamados;
 Administrar o aplicativo de gestão de chamados;
 Atendimento de 1º nível aos usuários;
 Triagem e escalonamento de chamados;
 Gestão dos chamados em atendimento nas demais áreas da CGTI;
 Apoiar as demais Chefias no acompanhamento e gestão dos chamados;
 Desenvolver e liderar equipe de facilitadores alocados nas áreas de negócios;
 Monitorar os Níveis de Serviço acordados entre a CGTI e os usuários, apoiando as
equipes internas na sua execução.

A ferramenta utilizada para apoiar essas atividades é o Qualitor, composta por módulos e
funcionalidades, aderentes à ITIL (Information Technology Infrastructure Library). A ITIL é um
conjunto de boas práticas aplicadas na infraestrutura, operação e manutenção de serviços de TI,
amplamente reconhecidas e difundidas mundialmente. Seu principal objetivo é promover a gestão
com foco no cliente e na qualidade dos serviços de TI.
Para isso a ITIL apresenta um conjunto abrangente de processos e procedimentos gerenciais,
organizados em disciplinas – Desenho; Transição; Operação e Melhoria Contínua do Serviço - com os
quais uma organização pode fazer sua gestão tática e operacional de TI em vista de alcançar o
alinhamento estratégico com os negócios.
O Qualitor possui módulos e funcionalidades para os processos de gerenciamento de
catálogo de serviços, gerenciamento de incidentes, de problemas, de mudanças e de configuração, e
monitoramento de infraestrutura.

Outubro de 2012 Página 20 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

O gerenciamento de incidentes é o principal processo implementado no HCPA. Através dele


o usuário pode solicitar serviços de TI, conforme a lista a seguir.

6.1. Lista de Serviços de TI

SERVIÇOS DESCRIÇÃO

1. AGH - Aplicativos Para Gestão Hospitalar Software que apoia os principais processos assistenciais e
administrativos do HCPA.
2. AGHU Aplicativos de Gestão Para Hospitais Universitários
3. Aplicações Corporativas ou Departa- Todos os colaboradores que possuem uma conta para acesso à
mentais (exceto o AGH) rede de computadores do HCPA, possuem uma conta para uso
do correio eletrônico.

4. Correio Eletrônico (Outlook e HCMail) Todos os colaboradores que possuem uma conta para acesso à
rede de computadores do HCPA, possuem uma conta para uso
do correio eletrônico.

5. Descrições técnicas de equipamentos Você está encaminhando a compra de um equipamento e


de informática precisa saber qual é a descrição técnica padrão utilizada pelo
HCPA quando esse compra o mesmo equipamento. Se for o caso,
informe quais as funcionalidades e caracteristicas que você
gostaria que o equipamento tenha e, nesse caso, faremos uma
descrição técnica especifica para o seu caso.

6. Ensino à distância - Moodle Solicitações para inclusão/exclusão/alteração de cursos ou


conteúdo, configuração, erros referentes a problemas de acesso
a plataforma Moodle. Dúvidas e/ou sugestões em geral
(Relacionadas a Ensino à Distância)

7. Equipamentos de Informática Manutenção, novas instalações e descrições técnicas de


equipamentos.
8. GEO - Gestão Estratégica e Operacional Suite SA (Strategic Adviser) - Conjunto de aplicações que objetiva
promover a gestão da estratégia e inteligência nas organizações.
9. IG - Informações Gerenciais Manutenção de serviços relacionados a IG (Informações
Gerenciais).
10. Impressoras Nos dias úteis, das 08:00 às 18:00, a manutenção e troca de
toner das impressoras XEROX são realizadas por empresa
contratada, com acordo de 30 minutos para solução referentes
aos modelos de impressora 3250 e 4510 e 24 horas úteis para os
demais modelos.

11. Impressoras restritas - solicitação de Algumas áreas optaram por controlar o acesso à impressora da
inclusão ou retirada de acesso sua área, definindo os usuários que possuem permissão de
impressão. Cabe ao responsável da área solicitar a inclusão ou
retirada de usuários com permissão de acesso a essas
impressoras.

12. Instalação e suporte a aplicativos Reporte aqui qualquer problema ou dúvida relacionada a
softwares homologados pela CGTI. Solicite a instalação ou
configuração dos mesmos.

Outubro de 2012 Página 21 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

SERVIÇOS DESCRIÇÃO

13. Internet - Intranet Tire suas dúvidas, relate falhas no acesso a páginas e solicite a
manutenção de conteúdos do site do HCPA e acesso a pacientes
internados.

14. Perfis de Acesso Solicitação para alterar perfil de acesso nos Sistema AGH e IG.
15. Rede cabeada (cabo azul) Solicitações de novos pontos de rede ou transferências de
pontos existentes.
16. Rede Wireless (sem fio) Instalação e revisão de AP´s (Access Points); Avaliação de área
de cobertura; Problemas de acesso: Solicitações de acesso e
Suporte ao usuário da rede sem fio.
17. Servidor de Arquivos (SIGMA) Uma boa prática para garantir a segurança de seus arquivos é
mantê-los no servidor (computador) que fica localizado na CGTI.
Se a sua área ainda não o utiliza, faça contato conosco, abrindo
um chamado nessa opção.

18. Solicitação de Novos Projetos de TI Registro de novas necessidades de informatização. As informa-


ções são encaminhadas automaticamente ao Serviço de Suporte
a Projetos – SSP.
19. Suporte CGTI ao AGHU Solicitações de atividades à CGTI, visando dar suporte às ativi-
dades da equipe AGHU.
20. Telemedicina Agendamento de sala localizada no subsolo do Centro de
Pesquisa Experimental e atendimentos de dúvidas relacionadas.
21. Trocas de mouse e teclado Ambulatórios e Emergência: segunda a sexta, das 08:00 às 18:00
a CGTI encaminha a troca, nos demais dias e horários o funcio-
nário deve buscá-lo na CGTI.
Demais Áreas: segunda a sexta, das 08:00 às 18:00, devem soli-
citar ao almoxarifado e nos demais dias e horários o funcionário
deve buscá-lo na CGTI.

6.2. Catálogo de Serviços ITIL

O catálogo de serviços de TI do HCPA não está estruturado de acordo com a ITIL. Para isso,
recomenda-se uma revisão completa da atual lista e níveis de serviços estabelecidos para adequação
ao modelo ITIL, conforme descrito a seguir.

ITEM DESCRIÇÃO
IDENTIFICAÇÃO DO SERVIÇO
Nome do Serviço: Nome acordado para o serviço.

Descrição do Serviço: Uma breve descrição do que o serviço faz e os resultados esperados.

Principais Características: Descrever brevemente as principais características e funcionalidades do serviço.

Categoria do Serviço: Classificar o serviço em uma das categorias previamente acordadas. Categorias
são importantes para fornecer uma visão hierárquica dos serviços.

Outubro de 2012 Página 22 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Diagnóstico da Área de TI:
Inventário de Sistemas

ITEM DESCRIÇÃO
Tipo do Serviço: Serviço Orientado ao Cliente ou Serviço de Apoio.
O Serviço Orientado para o Cliente é aquele serviço visível para ele. Os dados
registrados são aqueles relacionados ao processo de negócio e informações da
camada de suporte, para uso interno, ou do provedor dos serviços de TI.
Um Serviço de Apoio não é utilizado diretamente pelos processos de negócios,
mas é requisitado pelo provedor de Serviços de TI para prover a solução ao
cliente. Os Serviços de Apoio também podem incluir serviços utilizados somente
pelo provedor de Serviços de TI. As informações registradas são relacionadas à
camada de suporte.
Proprietários do Serviço: Nome e informações de contato da(s) pessoa(s) com este papel.

INFORMAÇÕES DE NEGÓCIOS
Proprietários do Negócio: Nome e informações de contato da(s) pessoa (s) com este papel.

Unidades de Negócios: Unidade(s) de negócio(s) onde o serviço é prestado.

Impacto nos Negócios: Descreva o impacto positivo de ter o serviço disponível e/ou o impacto negativo
do contrário. O impacto pode ser quantificado pelo número de usuários afetados
e o custo para o negócio.
Prioridade: Selecione a partir de uma escala previamente acordada como:
Crítica / Não crítica ou Alta / Média / Baixa.
Contatos de Pessoas-Chave: Nome e informações de contato de pessoas-chave

Acordo de Nível de Serviço: Geralmente é melhor fornecer um link para o documento com o SLA que engloba
o serviço de TI.
Horário de Atendimento: Período de tempo em que o serviço deve estar disponível.

Contatos para escalação: Nome e informações de contato das pessoas em procedimentos de escalação.

Relatórios Operacionais: Lista dos relatórios operacionais disponíveis para o serviço de TI.

Revisões do Nível de Serviço: Freqüência das avaliações do nível de serviço.

Classificação de Segurança: Classificar de acordo com o nível de segurança do serviço de TI.

Procedimentos para Descreva como o serviço deve ser solicitado.


Solicitação:
Termos para Cobrança: Estabelecer como os clientes são cobrados.

Políticas de Utilização: Descreva todas as políticas que regem o uso de do serviço.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Serviços de Apoio: Relacione todos os serviços de apoio dos quais este serviço dependa.

Serviços Suportados: Liste qualquer serviço apoiado por este serviço.

Itens de Configuração: Lista de Itens de Configuração que apoiam serviço de TI, incluindo hardware,
software e dados.

Outubro de 2012 Página 23 de 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Página

Plano de Acesso ao Prontuário 1/4


Eletrônico do Paciente PLA-AC-025

Definição
Este documento define as diretrizes e padronização para acesso ao prontuário
eletrônico do paciente, através da tabela de Perfil de Acesso, possibilitando
permissões as diferentes funcionalidades do prontuário do paciente.

Objetivos
 Garantir a segurança e a confiabilidade dos dados:
 Preservar o sigilo das informações e privacidade do paciente;
 Atender os princípios éticos e legais, preconizados pelo Conselho Federal de
Medicina e Conselho de Ética Médica.

Indicação
Este plano se aplica a todos os profissionais da saúde e da administração que
acessam o prontuário do paciente com fins de assistencial, ensino e pesquisa, assim
como na execução de atividades de controle , manutenção e emissão de documentos
(Serviço de Arquivo Médico e Informações em Saúde - SAMIS), faturamento,
(Gerência Administrativa) e, desenvolvimento e melhorias dos sistemas informatizados
(Coordenadoria de Gestão de Tecnologia da Informação - CGTI).

Para atribuir o perfil de acesso o sistema foi parametrizado considerando a


escolaridade, registro nos Conselhos Profissionais, vínculo, ocupação e centro de
custo dos profissionais na Instituição.

Instruções específicas
 A tabela é composta de linhas e colunas.
 Linhas: onde estão alinhados todos os processos clínicos que os profissionais
da saúde habitualmente realizam, tais como: prescrever, solicitar exames,
realizar evoluções, etc..

 Colunas: onde está disposta a classificação dos diferentes profissionais,


levando-se em conta a categoria profissional propriamente dita, tais como:
médico, enfermeiro, psicólogo, etc. e a atividade especifica desenvolvida no
Hospital.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

Plano de Acesso ao Prontuário 2/4


Eletrônico do Paciente PLA-AC-025

 Para cada um dos processos clínicos e categorias profissionais são definidas


três ações possíveis: (C) de consulta, (E) de executar e (A) de assinar. (tabela
01)

 As permissões são atribuídas de acordo com a atividade de cada um, exemplo:


médico, muitos estão envolvidos exclusivamente na assistência aos pacientes,
outros somente em atividades de pesquisa ou em ambas e alguns (médico
radiologista) em atividades bem específicas, como emitir e assinar laudos.

 Para cada categoria de profissionais está estabelecido critérios de inclusão e


exclusão, assim como período de validade para o acesso ao sistema.

 Todo acesso aos sistemas do Hospital se dá através de usuário e senha que


são fornecidos no momento do registro profissional no HCPA.

 Inicialmente esta senha é bloqueada até que o profissional faça o aceite do


Termo de Responsabilidade e registro da senha definitiva, via sistema.

 O perfil de acesso ao sistema é fornecido automaticamente de acordo com a


atuação de cada profissional.

 O controle de acesso ao sistema é automático e exige que cada usuário faça a


troca da senha a cada 06 (seis) meses, pois o sistema de controle de senhas
está programado para exigir a troca periódica.

 Os avisos para troca de senha são emitidos com 45 (quarenta e cinco) dias de
antecedência, orientando o usuário a acessar a aplicação de troca de senhas.

 Quando do desligamento, automaticamente o sistema inabilita os acessos do


profissional.

 Se o profissional for transferido para outra área, perde os acessos vinculados a


área antiga e passa a receber os novos acessos.

Competências e Fluxos

A execução dos cadastramentos é de competência:

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

Plano de Acesso ao Prontuário 3/4


Eletrônico do Paciente PLA-AC-025

 Para profissionais com vínculo no Hospital, Coordenadoria de Gestão de


Pessoas
 Para outros profissionais (pesquisadores, estagiários, etc.), sem vínculo com
Hospital, Serviço de Segurança e Controle Corporativo.

Registro
A gestão da tabela de Perfil de Acesso é exercida por um grupo constituído
especificamente com esta função, composta por profissionais da área de tecnologia
da informação e Comissão de Prontuários de Pacientes.

Referências
Não se aplica.

Elaborado por: Comitê Gestor de Acesso aos Sistemas Informatizados e Comissão de Prontuários de
Paciente

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

Plano de Acesso ao Prontuário 4/4


Eletrônico do Paciente PLA-AC-025

Código do documento
Título: Plano de Acesso ao Prontuário Eletrônico do Paciente
PLA-AC-025

Relator: ADM_SA_DOCUMENT
Data:
Aprovado pelo Responsável Técnico ou Comissão: Não Aplicável
Não Aplicável
Data:
Aprovado por: MELISSA PRADE HEMESATH
03/07/2012
Data de emissão: Número da revisão: Data da última revisão: Validade:
01/12/2011 0 Não Aplicável 03/07/2013

Documentos Associados

Código Nome

POL-AC-015 Política de Acesso ao Prontuário Eletrônico do Paciente

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

1/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Definição
Regulamentar a metodologia para a redação, padronização e revisão de documentos
do Hospital de Clínicas de Porto Alegre – HCPA, visando uniformidade e
apresentação na sua edição.

Objetivos
 Conceituar os documentos existentes na instituição.

 Padronizar o formato gráfico da documentação.

 Definir os fluxos de aprovação dos documentos.

 Definir competências na gestão do acervo documental da instituição.

 Definir e descrever o fluxo dos documentos externos

 Recomendar prazos de revisão dos documentos.

 Monitorar a utilização interna dos documentos, bem como o fluxo de saída para
outras instituições, levando em consideração os aspectos éticos e de
confidencialidade.

Indicação
Este plano aplica-se a todas as áreas do HCPA, incluindo seus Programas e
Comissões. Atende aos seguintes documentos emitidos: políticas, planos, protocolos
assistenciais, procedimentos operacionais padrão e fichas técnicas de indicadores.

Instruções específicas
CONCEITOS BÁSICOS

Estatuto: Documento que trata das dimensões legais do hospital e dispõe


sobre o funcionamento do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Regulamento: É o ato normativo de caráter estável aprovado pelo Conselho


Diretor e contém as diretrizes básicas do Hospital de Clinicas de Porto Alegre.
Destina-se a reger o funcionamento de um grupo ou de uma determinada
atividade estabelecendo as regras sobre condições gerais de trabalho. Pode
dispor também sobre normas, organização da atividade, disciplina interna e

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

2/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

vantagens conferidas aos trabalhadores, com plena eficácia jurídica.

Regimento: O Regimento Interno é a carta de conceitos, princípios e


operacionalidade que visa regulamentar como se dará o funcionamento do
órgão, respeitadas as determinações gerais da lei ou decreto. Existem quatro
regimentos no hospital: o da Vice Presidência Médica, Vice Presidência
Administrativa, do Grupo de Enfermagem e do Grupo de Pesquisa e Pós
Graduação. Os Regimentos Internos são aprovados pela Administração
Central.

Tem por finalidade:

- Definir as competências de cada unidade administrativa integrante da


respectiva estrutura básica e operacional.

- Estabelecer as atribuições específicas e comuns dos titulares dos cargos de


direção, gerência e chefia das unidades administrativas e dos detentores de
cargos de assessoramento.

- Identificar as ligações hierárquicas e funcionais e a subordinação das


unidades administrativas e operacionais aos detentores de cargos de direção e
chefia.

Política: Conjunto de intenções e diretrizes definidas pela direção do HCPA e


que norteiam as atividades a fim de atender à Visão e Missão do Hospital, em
comum acordo com os valores estabelecidos.

Plano: Documento resultante de um processo de planejamento que precede e


determina as estratégias e ações do Hospital relacionadas a um assunto em
específico e para se atender a uma meta. Estes documentos também podem
ser utilizados para os planos de funcionamento dos serviços ou comissões
assistenciais.

Protocolo Assistencial: Documento que visa estabelecer um padrão

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

3/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

assistencial baseado nas melhores práticas, otimizar a utilização dos recursos


assistenciais disponíveis, circunscrever a variabilidade das práticas clínicas e
maximizar a relação custo-efetividade. Adicionalmente, tem como objetivo
mensurar os resultados obtidos junto aos pacientes a partir das condutas
assistenciais, sendo utilizado como ferramenta de gestão e de melhoria da
qualidade assistencial. São desenvolvidos com base, sempre que possível, nas
melhores evidências científicas da literatura, na experiência do corpo clínico e
adaptados ao contexto local. As recomendações contidas nos protocolos são
resultado do trabalho de equipes multidisciplinares, e buscam fornecer um fluxo
padronizado para o atendimento dos pacientes com determinada condição de
saúde.

Os procotolos assistenciais são estratificados em:

Estratégicos: são protocolos que dizem respeito a situações de grande


magnitude dentro da instituição, seja por prevalência da condição ou volume de
recursos dispendidos. Os mesmos são elaborados sob coordenação da Vice-
Presidência Médica, com participação dos serviços assistenciais e comissões
permanentes relacionados. São exemplos de protocolos estratégicos: Dor
torácica, Neutropenia Febril, Acidente Vascular Cerebral Isquêmico Agudo, etc.

Setoriais: são protocolos relacionados a rotina assistencial de um serviço


perante uma determinada condição. São elaborados pelo serviço assistencial
de referência, em colaboração com as comissões permanentes relacionadas e
posteriormente submetidos à Vice-Presidência Médica para aprovação. São
exemplos de protocolos setoriais: Manejo de Delirium no CTI, Manejo da Ataxia
Cerebelar Hereditária.

Procedimento Operacional Padrão (POP): Método. É uma descrição


detalhada de todas as operações necessárias para a realização de uma
atividade.

No Hospital de Clinicas os procedimentos descritos e documentados podem


ter caráter assistencial ou administrativo, conforme descrito abaixo.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

4/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

1. Procedimento assistencial - é o "passo a passo" relacionado a um


procedimento do "cuidar" Ex. Rotina de curativo, Rotina de lavagem das
mãos.

2. Procedimento administrativo - é o "passo á passo" relacionado a "forma" de


proceder administrativamente numa determinada situação. Não entram
aspectos do "cuidar" diretamente. Ex. Rotina para descarte do material
biológico.

Ata Sumarizada de Reunião: Trata-se de um relato dos assuntos de pauta


tratados na reunião, seus encaminhamentos e as pendências existentes a
serem tratadas com datas pactuadas para seu acontecimento (caso exista).
Além disto deve ser mencionado quem é o relator da ata, participantes
convidados, participantes presentes, ausências justificadas, data de realização
da reunião, data da próxima reunião (caso exista o agendamento). O modelo de
ata sumarizada difere da ata formal de uma reunião, que também é utilizada na
instituição, pela Secretaria Geral, para documentar na íntegra os assuntos
tratados na reunião.

Ficha Técnica (FT) de Indicador: documento que agrega as informações


pertinentes sobre a composição do indicador, podendo ser ele estratégico ou
operacional. Por indicador entende-se medidas quantitativas que podem ser
usadas para monitorar a qualidade dos serviços prestados.

A ficha técnica deverá apresentar nome do indicador, sua descrição, unidade


de medida, fórmula, sentido (crescente ou decrescente), responsável, meta,
nível (estratégico ou operacional) e um breve histórico de sua composição.

Documentos Externos, recebidos na Secretaria Geral: Toda e qualquer

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

5/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

correspondência (cartas, publicações, contratos, catálogos, avisos de cartório e


de justiça do trabalho, etc.) enviada ao HCPA, deve ser recebida pela
Secretaria Geral;

Manuais de Orientação aos Profissionais (impressos da linha Padrão


HCPA): impressos destinados a segmentos específicos do público interno, para
conhecimento, por exemplo, de rotinas de uma determinada área. Estes
impressos são organizados pelos serviços ou áreas, tendo seu layout gráfico e
codificação definidos com o auxílio da Assessoria de Comunicação Social.

Formulários e Impressos de utilização interna: os formulários e impressos


de uso interno no hospital são estabelecidos, quanto a seu conteúdo, pelas
áreas assistenciais e administrativas. As definições do layout e do sistema de
codificação destes formulários (impressos e por meio eletrônico) são
estabelecidas no Plano de Gerenciamento dos Formulários e Impressos,
documento associado a este plano, que é de responsabilidade e gerenciamento
do Serviço de Gráfica do hospital.

CODIFICAÇÃO

Todos os documentos circulantes (elencados neste plano) na instituição deverão ser


codificados, conforme a seguir:

XXX WWWW YYYY, onde:

XXX = Sigla do tipo de documento, devendo ser utilizado:

RLT = Regulamento

REG = Regimento

POL = Política

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

6/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

PLA = Plano

PRT = Protocolo Assistencial

POP = Procedimento Operacional Padrão

IND = Ficha Técnica do Indicador

WWWW = Sigla da maior estrutura organizacional a qual o serviço ou programa


está vinculado, podendo ser utilizado:

PRES – Presidência

AC- Administração Central

VPM – Vice Presidência Médica

VPA- Vice Presidência Administrativa

GENF – Grupo de Enfermagem

GPPG – Grupo de Pesquisa e Pós Graduação

YYYY = Número do Documento (centena ou milhar, conforme tipo de


documento), conforme ordem de inserção no sistema de gestão eletrônica de
documentos – SA-DM.

Este sistema de codificação será apresentado no cabeçalho e/ou na tabela de


controle de versões contida no final do documento, dependendo do tipo de
documento, conforme apresentado a seguir. Os códigos serão atribuídos pelo
através do sistema de gestão eletrônica de documentos SA-DM.

CONTEÚDO E ESTRUTURA

A seguir serão apresentados a estrutura de layout e o conteúdo esperados para cada

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

7/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

tipo de documento.

Políticas, Planos, Protocolos Assistenciais, Procedimentos Operacionais Padrão,


Fichas Técnicas dos Indicadores tem modelos próprios, com Subtítulos, Cabeçalho e
Finalizador padronizados. São formatado em tamanho A4, com margem superior de
4cm, inferior de 3cm (ou 2cm, no caso dos Protocolos Assistenciais), esquerda de
3cm e direita de 1,5cm.

CABEÇALHO

a) Logomarca HCPA - inserida no padrão horizontal, na versão preta e branca,


fornecida pela Assessoria de Comunicação Social do HCPA.

b) Título do Documento – título da política (Política de, Plano de/para, POP


de/para, Ata, FT ...), informado na fonte Arial, tamanho 14, centralizado.

c) Número da página – informada na fonte Arial, tamanho 10, corresponde ao


número da página em relação ao número total de páginas do documento
(Exemplo: 1 / 3).

d) Identificação do Documento – código alfa-numérico, em MAIÚSCULAS, na


fonte Arial, tamanho 10.

SUBTÍTULOS - inserido em texto alinhado à esquerda, na fonte Arial Bold,


tamanho 12. Box de fundo na cor cinza claro. Não devem ser alterados ou
suprimidos

FINALIZADOR

Sempre ao final do documento, deve conter os seguintes itens:

a) Título – identificação do tipo de documento e título, informados na fonte Arial


Bold, tamanho 10.

b) Código do Documento – código alfa-numérico, em MAIÚSCULAS, na fonte

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

8/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Arial Bold, tamanho 9.

c) Relator: Nome de um dos responsáveis pela redação do documento ou nome


da pessoa para a qual foi delegada a tarefa de conciliar o documento e inserir
no sistema informatizado – informados na fonte Arial, tamanho 9, corresponde
ao nome do responsável pela inserção do documento. Durante o fluxo de
aprovação, caso o documento sofra rejeição, cabe aos relatores sua
atualização.

d) Aprovado pelo Responsável Técnico ou Comissão e data – informados na


fonte Arial, tamanho 9, corresponde ao nome do responsável pela verificação
técnica do documento e sua data. Os Chefes de Serviço, nomeados formal ou
informalmente como responsáveis técnicos, podem executar a etapa de
verificação como responsáveis pela revisão do conteúdo. Este campo não é
válido para Políticas e Ficha Técnica do Indicador.

e) Aprovado por e data – informados na fonte Arial, tamanho 9, corresponde ao


nome do responsável pela aprovação final da primeira versão do documento e
data desta aprovação final. Alguns documentos já existiam e tinham data de
aprovação prévia, ficando o histórico de versões e aprovação de datas de
posse das áreas. A partir do uso do sistema de gestão eletrônica de
documentos SA-DM, a data de aprovação final foi alterada em função das
regras do sistema. O elaborador tem a opção de mencionar no sistema o
número da versão do documento, incluindo informações sobre o histórico do
documento.

f) Data de emissão – informada na fonte Arial, tamanho 9, e no formato


dd/mm/aaaa, corresponde à data da criação do documento. Em alguns
documentos pode ser observada disparidade entre a data de elaboração e data
da aprovação do mesmo, pois as datas de elaboração foram mantidas as
originais e as datas de aprovação foram geradas pela inserção no sistema
informatizado.

g) Número da revisão – informada na fonte Arial, tamanho 9, corresponde à

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

9/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

quantidade de revisões feitas no documento após a sua emissão inicial. Por


exemplo: 01. Os números de revisões, em alguns casos, foram mantidos os
originais, ficando se posse das áreas o histórico das versões prévias e com
gerenciamento em arquivos físicos.

h) Data da última revisão: informada na fonte Arial, tamanho 9, e no formato


dd/mm/aaaa, corresponde à data da última revisão realizada no documento.

i) Validade: informada na fonte Arial, tamanho 11, e no formato dd/mm/aaaa,


corresponde à data prevista para a próxima revisão a ser realizada no
documento, tendo como base a data da aprovação final (versão 0) ou a data de
revisão (a partir da versão 1).

REGULAMENTO e REGIMENTOS:

Não há conteúdo mínimo a ser normatizado para estes tipos de documentos.

Os Regimentos e Regulamento são impressos em folha de tamanho A4,


dobradas ao meio, em forma de livreto, com acabamento grampeado. Possui margem
superior de 2,5cm, inferior de 2cm, interna de 2cm e externa de 1,5cm. O documento
deve conter a seguinte estrutura:

CAPA

a) Logomarca HCPA – inserida no padrão oficial, na versão preta e branca.

b) Título do Documento - alinhado à direita, na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho


27.

CONTRACAPA

a) Logomarca HCPA e UFRGS – inserida no padrão oficial, na versão preta e


branca.

b) Endereçamento - na fonte Myriad Pro Bold, tamanho 8, alinhado à esquerda.

FOLHA DE ROSTO

a) Logomarca HCPA – inserida no padrão oficial, na versão preta e branca, no

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

10/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

topo da folha.

b) Título do Documento - inserir o texto centralizado, na fonte BOOK ANTIQUA,


tamanho 25.

c) Data de aprovação – Centralizada, na base da página, na fonte Myriad Pro,


tamanho 11.

SUMÁRIO

a) Título – inserir alinhado à esquerda, na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho 25.

b) Item principal – Alinhado à esquerda, na fonte Myriad Pro Bold, tamanho 12.

c) Subitem – Alinhado à esquerda, na fonte Myriad Pro, tamanho 12.

PÁGINAS INTERNAS

a) Título – inserir alinhado à esquerda, na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho 25.

b) Subtítulo – alinhado à esquerda, na fonte BOOK ANTIQUA Bold, tamanho


16.

c) Texto - na fonte Myriad Pro, tamanho 11, justificado.

d) Itens – inseridos com recuo à esquerda de 1cm.

NUMERAÇÃO DE PÁGINAS

Na fonte Myriad Pro Bold, tamanho 8, alinhado externamente.

NOMINATA

Inserir nome do presidente e dos membros da Administração Central, na fonte


Myriad Pro Bold, tamanho 11, centralizado.

POLÍTICAS:

Devem conter, no mínimo, os seguintes tópicos:

a) Definição – item que estabelece o escopo do documento e regulamentação, se


existirem. Recomenda-se que o texto inicie com: O Hospital de Clínicas de

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

11/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Porto Alegre adota (ou implanta ou define)....

b) Elaborado por: Nome da Comissão ou Grupo de Trabalho que elaborou o


documento – informados na fonte Arial, tamanho 9, corresponde ao nome do
responsável pela elaboração do documento.

c) Documentos Associados – listagem de todos os documentos associados à


política, quando aplicável. Exemplo: Outras Políticas, Planos, POPs, Protocolos
Assistenciais.

CONTEÚDO

Texto – inserir texto justificado, na fonte Arial, tamanho 12. Espaçamento 1,5.

PLANOS

Devem conter, no mínimo, os seguintes tópicos:

a) Definição – item que estabelece o escopo do documento e regulamentação,


se existirem.

b) Objetivos – item que detalha, de forma clara, a finalidade de que trata o


documento.

c) Indicação – item que estabelece as condições para aplicação do plano;

d) Instruções específicas – item onde será descrito de que forma será aplicado
o plano.

e) Competências e Fluxos - refere-se ao fluxo de competências e


responsabilidades sobre o documento e suas respectivas atividades.

f) Registro – item que especifica de que forma será registrada a aplicação do


plano.

g) Referências – item que lista a literatura ou referências bibliográficas


utilizadas na elaboração do documento, quando proceder.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

12/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

h) Elaborado por: Nome da Comissão ou Grupo de Trabalho (formalizado


institucionalmente ou não) que elaborou o documento – informados na fonte
Arial, tamanho 9, corresponde ao nome do responsável pela elaboração do
documento.

i) Documento Associados – listagem dos documentos associados ao plano,


quando aplicável. Exemplo: Políticas, Outros Planos, POPs, Protocolos
Assistenciais.

CONTEÚDO

Texto – inserir texto justificado, na fonte Arial, tamanho 12. Espaçamento 1,5

Observação: Aos planos podem ser acrescentados de figuras ou gráficos que


sejam considerados pertinentes à compreensão ou definição do plano. Estas
figuras ou gráficos devem ser inseridas no item denominado Instruções
Específicas.

PROTOCOLO ASSISTENCIAL

Deve conter no mínimo os seguintes tópicos:

a) Fluxograma: Item que consiste de seqüência estruturada (representada


através de figuras geométricas) de ações recomendadas no atendimento de
uma determinada condição clínica.

b) Textos de Apoio: Permite detalhar ou expor alguma situação do fluxograma.

c) Indicadores de adesão e impacto assistencial: indicadores que serão


utilizados para avaliar a adesão e o impacto assistencial do protocolo.

d) Glossário: item que lista os termos utilizados com sua explicação, de forma a
facilitar o entendimento do protocolo.

e) Referências Bibliográficas: item que lista literatura ou referências


bibliográficas utilizadas na elaboração do documento, quando proceder.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

13/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

f) Elaborado por: listagem dos Serviços ou Comissões que foram responsáveis


pela elaboração do Protocolo Assistencial.

g) Responsável: corresponde ao serviço ou comissão responsável pelo


gerenciamento do documento.

FLUXOGRAMA

Texto do fluxograma inserido na fonte Arial 10.

Os símbolos utilizados são:

Oval - O fluxo inicia pelo desenho oval que representa uma população de
pacientes com uma característica definida, sintomas e queixas. O símbolo
possui fundo cinza claro e borda preta.

Retângulo - Grupos específicos do processo do atendimento, nos quais as


intervenções diagnósticas ou terapêuticas devem ser realizadas. O símbolo
possui fundo cinza claro e borda preta.

Losango – Utilizado nas decisões clínicas mais importantes; possui somente


dois desfechos, resultando em duas respostas: SIM ou NÃO. O símbolo possui
fundo cinza claro e borda preta.

Círculo pequeno – Ao mudar de página possibilita uma ligação com a outra


parte da diretriz clínica. O símbolo possui fundo cinza claro e borda preta.

Terminador - Figura de encerramento, com os cantos arredondados, representa


que um processo chega a uma etapa conclusiva. O símbolo possui fundo cinza
claro e borda preta.

Quadro de texto – Texto informativo referente a alguma etapa do processo. O


símbolo possui fundo branco e borda preta pontilhada.

Os símbolos são conectados por flechas que não devem invadir o espaço
interno dos símbolos.

A linha de tempo situa-se no lado esquerdo externo dos símbolos, em fonte

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

14/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Arial Bold Itálico.

CONTEÚDO

Texto – inserir texto justificado, na fonte Arial, tamanho 12.

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO (POP)

a) Local de Execução - item que descreve em qual local a atividade será


executada.

b) Resultados esperados – item que estabelece a meta a ser alcançada com a


realização do procedimento.

c) Executor - item no qual é designada a pessoa responsável pela efetuação do


procedimento.

d) Material - item que descreve o material necessário para a realização do


procedimento.

e) Atividades- item que descreve em tópicos (passo-a-passo), a execução do


procedimento em si.

f) Referências – item que lista a literatura ou referências bibliográficas utilizadas


na elaboração do documento, quando proceder.

f) Elaborado por – relação de pessoas, serviços ou comissões responsáveis pela


elaboração do POP.

g) Documentos Associados: listagem de outros documentos relacionados ao


POP, quando aplicável.

CONTEÚDO

Texto – inserir texto justificado, na fonte Arial, tamanho 12. Espaçamento


simples

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

15/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

ATA SUMARIZADA DE REUNIÃO

As atas são gerenciadas pelos próprios setores que fazem uso delas. Devem conter,
no mínimo, os seguintes tópicos:

a) Grupo de trabalho ou Comissão – item que estabelece a que grupo de


trabalho ou comissão é a reunião em que a ata foi elaborada, se existir;

b) Participantes Convidados – item que detalha todos os membros convidados


a participar da reunião

c) Participantes Presentes – item que nomeia os participantes da reunião;

d) Ausências Justificadas – item onde será descrito o nome dos convidados


que justificaram a ausência na referida reunião;

e) Assuntos Tratados e Encaminhamentos - refere-se aos assuntos tratados na


pauta da reunião e a decisão do grupo a respeito do assunto tratado;

f) Pendências, Data e Responsável – item que especifica quais assuntos


ficaram pendentes para decisão posterior ou outro encaminhamento, a data
em que isto deverá ser resolvido e quem ficará responsável por dar o
retorno ao grupo ou resolver o assunto pendente na data definida;

CONTEÚDO

Texto – inserir texto justificado, na fonte Arial, tamanho 12.

FINALIZADOR

Sempre ao final do documento, deve conter os seguintes itens:

a) Relatado por – identificação (nome) do relator responsável pela ata,


informados na fonte Arial Bold, tamanho 10.

b) Data de emissão – informada na fonte Arial, tamanho 9, e no formato

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

16/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

dd/mm/aaaa, corresponde à data da emissão da ata. Por exemplo: 08/08/2005.

c) Data da próxima reunião: informada na fonte Arial, tamanho 9, e no formato


dd/mm/aaaa, corresponde à data da próxima reunião a ser realizada pelo grupo
ou comissão. Por exemplo: 08/09/2005.

FICHAS TÉCNICAS DE INDICADOR

Devem conter, no mínimo, os seguintes tópicos:

a) Nome do Indicador – item que estabelece o nome que será dado ao


indicador;

b) Categoria – item que classifica o indicador em clínico ou administrativo.

c) Nível Hierárquico de Acompanhamento – item que detalha se o indicador é


de acompanhamento estratégico ou operacional.

d) Tipo de Medida – item que detalha se o indicador mensura questões da


estrutura, de processo, de resultado ou de processo e resultado.

e) Unidade de Medida – item que detalha qual será a unidade de medida


representar o indicador. Ex.: %, nº, infecções/1000dias de ventilação
mecânica;

f) Justificativa – item onde é descrita a relevância do indicador, sua


importância para a tomada de decisão, a magnitude de sua medida, sua
transcendência, bem como a vulnerabilidade do fenômeno mensurado;

g) Definição – item em que deve ser descritas as características do indicador;

h) Dados requeridos - item que apresenta os dados/números para a


construção da Fórmula

i) Fórmula – item onde será detalhada a composição da fórmula do indicador,


especificando qual o numerador e o denominador utilizados para a
composição do indicador.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

17/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

j) Fonte de Dados – origem da coleta dos dados

k) Metodologia de Coleta e Compilação – descrição da forma/metodologia da


coleta e compilação de dados para a construção do indicador

l) Abrangência – item onde será descrito qual a abrangência do indicador;

m) Validação – item que detalha o método utilizado para a sua validação, ou


seja, a partir de qual referencial passou-se a adotar o indicador;

n) Metodologia de Análise – item que descreve a forma utilizada para análise


do indicador

o) Periodicidade de acompanhamento – item que se descreve qual a


freqüência para acompanhamento de metas e resultados do indicador. Por
exemplo: mensal, semestral, anual;

p) Meta – item onde será descrito quais as metas propostas para o indicador e
os parâmetros para o estabelecimento da meta

q) Análises Comparativas (interno/externo) – item em que deve ser descrito,


caso aplicável, quais serão os referenciais internos e externos de
comparação do indicador.

r) Histórico– item onde deve ser descrito qual o histórico da construção do


indicador na instituição, mencionando quando foi definida a fórmula,
metodologia de acompanhamento, responsável e meta. Registrar apenas os
itens mais relevantes do histórico do indicador;

s) Responsável- item que contempla o nome do profissional responsável pelo


acompanhamento do indicador, bem como seu título e função no hospital;

CONTEÚDO

Texto – inserir texto justificado, na fonte Arial, tamanho 12.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

18/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

DOCUMENTOS EXTERNOS RECEBIDOS NA INSTITUIÇÃO:

Os documentos externos, que incluem cartas, publicações, contratos, catálogos,


avisos de cartório e de justiça do trabalho, etc., serão encaminhados à Secretaria
Geral da Instituição.

As correspondências recebidas serão protocoladas, registradas em sistema de


digitalização própria e numeradas em livro contendo as seguintes informações:
número, data da correspondência, data do recebimento no HCPA, procedência,
remetente, destinatário/setor e assunto;

As correspondências endereçadas em nome do HCPA devem tem identificado o


destinatário, através da leitura sucinta de seu texto. Esta identificação é feita pelo
responsável pela Secretaria Geral.

As correspondências pessoais devidamente identificadas no anverso do envelope


serão remetidas aos setores correspondentes;

As correspondências oficiais em nome do HCPA, que forem recebidas diretamente


pelas áreas, deverão ser encaminhadas à Secretaria Geral, para registro;

Quanto à expedição: As correspondências expedidas serão registradas em sistema


próprio de digitalização contendo número de expedição, data da correspondência,
remetente, destinatário e assunto.

MANUAIS DE ORIENTAÇÃO AOS PROFISSIONAIS (PADRÃO HCPA):

Documento em forma de livreto, formato A5. Acabamento com grampos. Margem


superior de 2,5cm, inferior de 2cm, interna de 2cm e externa de 1,5cm.

CAPA

a) Logomarca HCPA – inserida na versão horizontal, em branco.

b) Título do Documento - alinhado à direita, na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho


27.

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

19/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

c) Selo Padrão HCPA – inserido à direita da logomarca institucional.

CONTRACAPA

a) Logomarca HCPA e UFRGS – inserida no padrão oficial, na versão preto e


branco.

b) Endereçamento - na fonte Myriad Pro Bold, tamanho 8, alinhado à esquerda.

FOLHA DE ROSTO

a) Logomarca HCPA – inserida no padrão oficial, na versão preto e branco, no topo


da folha.

b) Título do Documento - centralizado, na Fonte BOOK ANTIQUA, tamanho 25.

SUMÁRIO

a) Título – inserir alinhado à esquerda, na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho 25.

b) Item principal – Alinhado à esquerda, na fonte Myriad Pro Bold, tamanho 12.

c) Subitem – Alinhado à esquerda, na fonte Myriad Pro, tamanho 12.

APRESENTAÇÃO

a) Título – inserir alinhado à esquerda, na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho 25.


Recuo de 2cm à esquerda.

b) Texto – na fonte BOOK ANTIQUA, tamanho 12. Recuo de 2cm à esquerda.

PÁGINAS INTERNAS

a) Título – alinhado à esqueda, na Fonte BOOK ANTIQUA Bold, tamanho 16.

b) Subtítulo – na fonte Myriad Pro, bold, tamanho 12.

c) Texto - na fonte Myriad Pro, tamanho 11, justificado.

d) Itens – inseridos com recuo à esquerda de 1cm.

NUMERAÇÃO DE PÁGINAS

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

20/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Na fonte Myriad Pro Bold, tamanho 8, alinhado inferiormente à direita.

PERIODICIDADE DE REVISÕES

Os documentos terão periodicidades diferentes de revisão obrigatórias, podendo ser


revisados a qualquer momento dependendo da necessidade de atualização.

Os prazos para revisão estão expostos na tabela abaixo:

Prazo para Revisão


Tipo de Documento
Obrigatória

Políticas 04 anos

Planos Anualmente

Protocolos Assistenciais 02 anos

POPs 02 anos ou anualmente*

* Conforme legislação específica das áreas

IMPRESSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE CÓPIAS

As versões oficiais e finais dos documentos somente serão distribuídas aos


usuários como “cópias controladas”, sendo papel do distribuidor dos documentos
registrar a localização e responsável pela guarda da cópia controlada.

Pelas características do hospital, em sendo instituição de ensino, cópias não


controladas serão permitidas. Aos usuários será permitida a impressão, mas no
documento haverá menção de que a cópia não é controlada, tendo validade
apenas naquele momento e com o objetivo de consulta. Não é permitido o
armazenamento de cópias não controladas nas áreas.

No rodapé do documento, haverá uma mensagem indicando se a cópia é controla

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

21/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

ou não.

VERSIONAMENTO DOS DOCUMENTOS

Muitos documentos já existiam no hospital antes da existência deste plano. O


gerenciamento anterior era das próprias áreas, que controlavam a versão, o fluxo
de aprovação, o recolhimento das assinaturas de conhecimento (exigidas por
legislação em algumas áreas como hemoterapia e laboratório), bem como a
manutenção dos documentos em meio físico. Estes documentos, em suas versões
anteriores ficarão guardados nas áreas, para fins de registro das versões prévias.
No sistema de gestão eletrônica de documentos, é registrado o número da versão
atual do documento e um breve relato do histórico anterior das versões.

Os novos documentos são inseridos no sistema pela versão 0 (zero), sendo que a
cada revisão (nova versão) é acrescentado um número. Entende-se por revisão a
alteração de conteúdo. Antes de expirar o prazo de validade do documento, o
elaborador tem a possibilidade de revisão ou revalidação do documento.

Competências e Fluxos
ELABORAÇÃO

A elaboração dos documentos é de responsabilidade de uma Comissão, Grupo de


Trabalho (nomeados formal ou informalmente para este fim) ou ainda grupo de
discussão sobre a temática, composto por professores e funcionários do hospital. A
elaboração do documento também poderá ser feita por um representante da área,
com alto grau de conhecimento em relação à Rotina descrita. Neste item podem ser
listadas uma ou mais pessoas que participaram como autores do documento ou
mesmo o nome da Comissão, Grupo de Trabalho ou Grupo de Discussão da temática.

RELATOR

O relator é um dos membros da Comissão ou do Grupo de Trabalho que redigiu o


documento ou mesmo uma pessoas designada pelos autores do documento e que
ficou responsável por conciliar a versão final do documento e inserir no sistema

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

22/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

informatizado. O sistema permite apenas que uma pessoa seja a relatora,


permanecendo o nome desta pessoa no documento. O relator responderá pelo
documento durante todo o processo.

Documentos inseridos no sistema de gestão eletrônica de documentos SA-DM


(Document Manager) antes de agosto de 2012, em sua versão 0, terão como relator
ADM_SA_DOCUMENT, representando a carga inicial dos documentos já aprovados
pela Administração Central ou pelo QUALIS, sendo que o documento já era existente
antes da implementação do sistema.

APROVAÇÃO PELO RESPONSÁVEL TÉCNICO OU COMISSÃO

A etapa de verificação/aprovação do conteúdo técnico do documento é realizada pelo


responsável técnico da área (formalizado legalmente) ou pela chefia dos principais
serviços envolvidas no processo documentado. Comissões institucionais também
podem fazer a verificação de conteúdo técnico, como no caso dos membros da
Comissão de Controle de Infecção Hospitalar ou da Comissão de Normas e Rotinas
da Enfermagem.

Para as áreas que exigem legalmente um responsável técnico (por exemplo:


Farmácia, Nutrição, Banco de Sangue, Laboratório, Física Médica, etc.) este
profissional, designado responsável técnico da área, deverá verificar os documentos
(Planos ou POPs) antes da aprovação final do QUALIS.

Documentos que se aplicarem a uma área restrita ou a um serviço deverão ter a


verificação do chefe do serviço.

Para os POPs da Enfermagem: estes documentos deverão ser previamente


verificados por um membro da Comissão de Normas e Rotinas da Enfermagem e,
após.

Protocolos Assistenciais serão verificados pelo Grupo de Trabalho dos Protocolos


Assistenciais e pelo Vice Presidente Médico.

O relator do documento, ao inserir o mesmo no sistema informatizado, deverá sinalizar

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

23/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

para o sistema quem deve fazer a aprovação do conteúdo técnico.

APROVAÇÃO FINAL

O Regulamento do hospital é aprovado em reunião do Conselho Diretor. Os


Regimentos das áreas serão aprovados em reuniões da Administração Central.

Todas as Políticas deverão ser aprovadas em reuniões da Administração Central, e


esta aprovação ficará registrada em ata da reunião, ficando sob guarda da Secretaria
Geral. Após esta aprovação formal, um membro do QUALIS fará a aprovação no
sistema de gestão eletrônica de documentos SA-DM.

Os Planos que envolvam ações de múltiplas áreas ou sistêmicas do hospital serão


aprovados em reunião da Administração Central, como por exemplo, Gerenciamento
Documental, Acesso e Circulação de Pessoas, Catástrofes, Plano de Prevenção e
Combate a Incêndios, Plano de Melhoria da Qualidade.

Demais Planos e POPs serão aprovados pelos integrantes do Comitê Gestor do


QUALIS, após verificação prévia do responsável técnico da área, chefe de serviço ou
representante de comissão.

Os Protocolos Assistenciais terão a aprovação final feita pelo QUALIS;

Caso o documento não seja aprovado, ele será reencaminhado pelo QUALIS ao
responsável pela redação.

ARQUIVAMENTO

Os documentos aprovados serão codificados pelo sistema SA-DM, conforme o


previsto neste plano, e o QUALIS manterá uma cópia original controlada em seus
arquivos físicos. Dependendo da área que encaminhou o documento, será
estabelecido o número de cópias originais e controladas a ser distribuído, devendo o
QUALIS ter o registro de localização das cópias controladas.

Os documentos obsoletos serão recolhidos das áreas onde se encontram as cópias

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

24/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

controladas, sendo responsabilidade do QUALIS a gestão destas cópias, bem como a


disponibilização do novo documento.

CONTROLE DE VERSÕES

Deve ser considerada a opção 0 (zero) quando o documento não tiver sido revisado.
Após sua primeira revisão de conteúdo, deverá ser numerado sequencialmente
conforme o número de revisões feitas no documento.

Para fins de histórico, serão mantidos os três últimos arquivos de cada documento.

COMPETÊNCIAS

Cabe a cada Serviço, Comissão ou Grupo de Trabalho do HCPA elaborar os


documentos necessários para o seu funcionamento e relacionamento com os demais
setores, usuários, clientes ou outros e submetê-los a aprovação da instância
apropriada. Deverá ser designado apenas um membro responsável pela conciliação
da redação do documento, o qual atenderá pelo título de redator.

Documentos que necessitam de revisão por outra área, devem ser submetidos ao
QUALIS, sendo posteriormente encaminhado para aprovação pelas instâncias
superiores, conforme a área em que o documento está subordinado.

Logo que o documento for aprovado e estiver disponível no Repositório, cabe ao


elaborador, serviço ou comissão responsável pela sua elaboração divulgar o seu
conteúdo junto aos funcionários, clientes e outros usuários, e garantir o seu
cumprimento.

Cabe a cada serviço do HCPA cumprir os prazos para revisão do documento,


conforme o perfil do mesmo, ou em prazo menor caso necessário. Mesmo que o
documento seja elaborado por um Serviço, Comissão ou Grupo de Trabalho, apenas
uma pessoa será a responsável por submeter o documento aprovação, devendo ser
mencionado no histórico (quadro que está localizado no final do documento) o nome
de apenas uma pessoa, sendo que este ficará respondendo pela revisão do

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

25/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

documento ou por delegar esta tarefa a um terceiro.

Cabe à Secretaria Geral gerenciar o fluxo das correspondências recebidas em nome


do HCPA, bem como manter cópias e registros dos documentos e regulamentos.

Registro
O registro de todos os documentos citados neste plano, inclusive o mesmo, bem como
suas revisões e controles de versão ficarão armazenados no sistema de gestão
eletrônica de documentos SA Document Manager, exceto as Atas de Reunião. Será
mantida cópia em meio físico de todos os documentos, na sua última versão, sob
posse do QUALIS.

Referências
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Rio de Janeiro. Regras
para Estrutura e Redação de Documentos Técnicos ABNT. Diretivas ABNT – Parte
2. Edição 2007.

Elaborado por: QUALIS

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

26/26
Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Código do documento
Título: Plano de Gerenciamento Documental
PLA-AC-000

Relator: MELISSA PRADE HEMESATH


Data:
Aprovado pelo Responsável Técnico ou Comissão: Não Aplicável
Não Aplicável
Data:
Aprovado por: MELISSA PRADE HEMESATH
03/07/2012
Data de emissão: Número da revisão: Data da última revisão: Validade:
08/05/2012 2 21/02/2013 21/02/2014

Documentos Associados

Código Nome

PLA-AC-093 Plano de Formulários e Impressos

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

Política de Acesso ao Prontuário 1/2


Eletrônico do Paciente POL-AC-015

Definição
O Hospital de Clínicas de Porto Alegre adota uma política de acesso às
diferentes funcionalidades do prontuário eletrônico do paciente através de uma tabela
denominada de Perfil de Acesso.
Na tabela de Perfil de Acesso do HCPA estão elencados os processos clínicos
e administrativos, classificados por diferentes grupos de profissionais, estabelecendo
para cada um destes, três ações: consultar, executar e assinar.
Para cada categoria de profissionais, está definido critérios de inclusão e
exclusão assim como um período de validade para o acesso ao sistema.
Estas definições seguem a legislação vigente, estabelecidas pelos conselhos
federais dos profissionais da saúde, códigos de ética profissional, civil e penal.

Elaborado por: Comissão de Prontuários

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

Política de Acesso ao Prontuário 2/2


Eletrônico do Paciente POL-AC-015

Código do documento
Título: Política de Acesso ao Prontuário Eletrônico do Paciente
POL-AC-015

Relator: ADM_SA_DOCUMENT
Data:
Aprovado por: MELISSA PRADE HEMESATH
03/07/2012
Data de emissão: Número da revisão: Data da última revisão: Validade:
30/11/2011 0 Não Aplicável 03/07/2016

Documentos Associados

Código Nome

PLA-AC-025 Plano de Acesso ao Prontuário Eletrônico do Paciente

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

1/2
Política de Segurança da Informação
POL-AC-017

Definição
O Hospital de Clínicas de Porto Alegre adota uma política de preservação,
segurança e sigilo das informações de paciente, estabelecendo regras que controlam
o acesso ao prontuário papel assim como as informações registradas em prontuário
eletrônico do paciente.
No HCPA os prontuários em suporte papel ficam armazenados no Serviço de
Arquivo Médico e Informações em Saúde (SAMIS) sendo disponibilizado quando o
paciente estiver em atendimento, e para pesquisa mediante identificação e justificativa
do acesso. Para o prontuário eletrônico as permissões para o acesso às diferentes
funcionalidades são fornecidas obedecendo a uma tabela denominada de Perfil de
Acesso. Nesta tabela estão descritos todos os processos clínicos e a classificação das
diferentes categorias de profissionais da saúde de acordo com a atividade específica
desenvolvida no Hospital

Elaborado por: Comissão de Prontuários

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Página

2/2
Política de Segurança da Informação
POL-AC-017

Código do documento
Título: Política de Segurança da Informação
POL-AC-017

Relator: ADM_SA_DOCUMENT
Data:
Aprovado por: MELISSA PRADE HEMESATH
04/06/2012
Data de emissão: Número da revisão: Data da última revisão: Validade:
30/11/2011 0 Não Aplicável 04/06/2016

Cópia não controlada: documento com caráter apenas de estudo, orientação e treinamento. Está cópia deve ser utilizada para consulta local,
não sendo arquivada e após a sua utilização, deve ser destruída. O HCPA não se responsabiliza se a versão desta cópia estiver obsoleta.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
PDTI 2013 a 2016

RELATÓRIO DE ANÁLISE DE
IMPACTO NOS NEGÓCIOS (BIA)

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

Sumário

1. SUMÁRIO EXECUTIVO .......................................................................................................................... 3

1.1. Apresentação do Relatório................................................................................................................ 3

1.2. Objetivos Estratégicos do Relatório .................................................................................................. 3

2.1. Escopo da Atividade e Cenários Envolvidos ...................................................................................... 4

3. METODOLOGIA..................................................................................................................................... 5

3.1. XCORP iMethod© para PCN.............................................................................................................. 5

3.2. Escopo ............................................................................................................................................... 5

3.3. Entendendo o Processo de Analisar Riscos ....................................................................................... 7

3.4. Aplicando a fórmula da criticidade para analisar o impacto nos negócios ....................................... 7

4. CENÁRIO DE IMPACTO CORPORATIVO ................................................................................................ 8

5. RESULTADOS ENCONTRADOS .............................................................................................................. 9

5.1. Resultados Gerais .............................................................................................................................. 9

5.2. Matriz de Risco (Impacto nos Negócios) ......................................................................................... 10

5.2.1. Resultados Iniciais baseados no nível de severidade do impacto ............................................... 10

5.2.2. Considerações Iniciais: ................................................................................................................. 10

6. CONCLUSÕES ...................................................................................................................................... 11

Maio de 2013 Página 2 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

1. SUMÁRIO EXECUTIVO

1.1. Apresentação do Relatório

O Relatório Análise de Impacto nos Negócios, visa avaliar a criticidade de seus macro-
processos de negócios frente a diversas ameaças e impactos corporativos, e então direcionar os
esforços do projeto para as disfunções mais importantes, sob o ponto de vista da continuidade de
negócios.
Utilizando normas internacionais, para adequação dos controladores de segurança, a
metodologia de qualidade assegurada XCORP iMethod e o Software XCORP Governance© Suíte, a
STEFANINI executou a análise de riscos focada em um ambiente pré-definido, visando o nível de
segurança adequado a uma empresa de saúde.

1.2. Objetivos Estratégicos do Relatório

O Relatório Análise de Impacto nos Negócios foi elaborado por profissionais especializados
em Continuidade de Negócios e Segurança da Informação, sendo executado sob a supervisão dos
consultores da STEFANINI - especialistas em Business Continuity Management, treinados e
certificados pelo BCI – Business Continuity Institute, de Londres, pelo DRI – Disaster Recovery
Institute, da Califórnia e pelo ITIL – Information Technology Infrastructure Library.
O objetivo deste Relatório é identificar os principais macroprocessos de negócios da
organização que os suportam e classificá-los quanto ao nível de importância e criticidade no
ambiente corporativo. Como resultado teremos macroprocessos classificados em:
 Imperativos – Uma eventual paralisação operacional do processo a empresa pára de
operar ou tem um impacto drástico, com graves prejuízos operacionais ou financeiros.
 Críticos – A empresa continua operando numa eventual paralisação operacional do
processo, porém ainda recai sobre a corporação algum tipo de impacto de certa
gravidade.
 Essenciais – A resiliência dos processos é suficiente, em caso de uma eventual paralisação,
não causando impacto significativo na operação da empresa.
 Periféricos – Os processos dão suporte a outros processos e, em caso de uma eventual
paralisação, não existe impacto na operação da empresa.

Maio de 2013 Página 3 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

2.1. Escopo da Atividade e Cenários Envolvidos

A atividade teve como escopo inicial a análise de impactos sobre um volume de 12


macroprocessos de negócio. Ao final, foram realizados 02 workshops com gestores de unidades de
negócio.

Tabela 1: Workshops com Gestores de Macroprocessos de Negócios.

Grupo Macroprocesso Gestor 22-Mar-2013 03-Abr-2013


Prescrições Médicas e de José Ricardo Guimarães 08:30-10:30
Enfermagem Vera Dias
Exames Luís Freitas 08:30-10:30
Maurício Anés
1 Cirurgias/PDT José Ricardo Guimarães 08:30-10:30
Dispensação de Medicamentos Simone Mahmud 08:30-10:30
Nutrição Miriam Simon 08:30-10:30
Banco de Sangue Tor Onsten 08:30-10:30
Identificação e Acesso Ademir Rama 09:00-11:00
Admissão de Pacientes João Antônio Rodrigues 09:00-11:00
Faturamento João Antônio Rodrigues 09:00-11:00
2
Suprimentos Sônia Ferreira 09:00-11:00
Atendimento Ambulatorial Giovani Silveira 09:00-11:00
Emergência Caroline Valente 09:00-11:00

Durante a coleta de informações, cuja metodologia está descrita no próximo capítulo, foram
divulgados exemplos de cenários de crises e recriados sobre a realidade operacional de cada
processo de negócio. Para cada cenário de crise foram estabelecidos tempos de resiliência ou de
resistência destes processos, isto significa que cada gestor projetou aquela situação de crise no seu
ambiente de trabalho e identificou um determinado tempo de resiliência, que aqui consideramos
MTPD – Maximum Tolerable Period of Downtime.

Maio de 2013 Página 4 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

3. METODOLOGIA

3.1. XCORP iMethod© para PCN

A metodologia XCORP iMethod para PCN, baseada no PDQA – Project Development Quality
Assurance, de propriedade da XCORP e licenciada para a STEFANINI, foi desenvolvida para assegurar
a qualidade no desenvolvimento de projetos, e se baseia em padrões internacionais da disciplina da
segurança da informação, utilizando diversos conceitos da ISO 17799 e do Baseline Protection
Manual.

3.2. Escopo

A Análise de Impacto nos Negócios consiste da validação dos processos de negócios e dos
ativos que o suportam e do entendimento da importância e vulnerabilidade frente a determinadas
ameaças, definidas no próximo capítulo deste relatório. Os principais instrumentos para esta análise
foram:
 Entrevistas para entendimento dos procedimentos;
 Análise de Ambiente Físico;
 Análise de Documentos;
 Análise do Ambiente Tecnológico;
 Análise da Infraestrutura operacional
 Aplicação de ferramenta de análise de impacto.

Para a coleta de informações e dados sobre impactos nos negócios, foram realizadas
entrevistas com diretores e gerentes para identificar e validar os principais processos de negócio em
cada unidade de negócio da HCPA. Para cada processo de negócio identificado nestas entrevistas
iniciais foram divulgados exemplos de cenários de crises e recriados sobre a realidade operacional de
cada processo de negócio.
Para cada cenário de crise foram estabelecidos tempos de resiliência ou de resistência destes
processos, isto significa que cada gestor projetou aquela situação de crise no seu ambiente de
trabalho e identificou um determinado tempo de resiliência, que aqui consideramos MTPD –
Maximum Tolerable Period of Downtime.

Maio de 2013 Página 5 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

Como cada processo de negócio hoje tem seu respectivo MTPD, já validado com seu business
owner, foram então identificados os impactos de uma paralisação, separados em:

 Impacto financeiro: onde pode ocorrer alguma perda efetiva de valor, como penas e
multas de agências regulatórias ou atraso na entrega de produto ou serviço;
 Impacto operacional: onde podem ocorrer movimentos custosos e ineficientes, como a
utilização extra de recursos diversos;
 Impacto estratégico: onde pode ocorrer um ciclo de mercado incontrolável, como a perda
de mercado ou de clientes de determinados setores;
 Impacto Institucional: onde pode ocorrer movimento institucional, como abalo a imagem
da empresa perante clientes ou mercado.

Na medida em que identificamos uma série de riscos ou impactos que podem comprometer
as operações da empresa, fruto da ocorrência de determinado incidente, devemos primeiramente
mensurar pesos específicos para cada tipo de risco ou prejuízo. De acordo com o setor da indústria
em que está inserida a empresa e com o serviço executado a clientes, pode haver entre diferentes
empresas pesos diferentes para cada impacto. Por exemplo, para uma empresa de
telecomunicações, o risco de abalo a imagem da empresa pode ser maior do que o risco de prejuízo
financeiro.
Como alguns impactos são considerados mais importantes e severos para a empresa, cada
impacto foi classificado quanto a sua severidade utilizando-se a seguinte regra:

Regra de Severidade Corporativa do Impacto:


0 – Não existe impacto 3 – Média severidade
1 – Muito Baixa severidade 4 – Alta severidade
2 - Baixa severidade 5 – Muito alta severidade

Uma vez que classificamos a severidade de cada impacto, cada processo de negócio
identificou a sua sensibilidade a cada um dos impactos, utilizando-se a seguinte regra:

Regra de Sensibilidade ao Impacto:


0 – Não existe impacto 3 – Médio impacto
1 – Muito Baixo impacto 4 – Alto impacto
2 - Baixo impacto 5 – Muito alto impacto

Maio de 2013 Página 6 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

Foi utilizado neste trabalho o software XCORP Governance© Suite, Módulo iRisk, para
classificar os processos de negócios do HCPA, o que possibilitou uma análise consistente de sua
importância no ambiente corporativo. O resultado da análise realizada pelos consultores da
STEFANINI será apresentado com detalhes neste documento.

3.3. Entendendo o Processo de Analisar Riscos

O risco de determinado processo ou ativo deve ser calculado pela multiplicação do seu grau
de vulnerabilidade pela sua importância. Isto significa que quanto mais vulnerável um determinado
processo e mais importante sua função no ambiente de negócios, maior o seu risco e maiores são os
investimentos que devem ser norteados a fim de minimizar esta janela de vulnerabilidade.
Desta forma, temos que obter diferentes visões do cenário de negócios que a empresa está
operando. Primeiramente, temos que entender a probabilidade real de ocorrência de ameaças ou
incidentes neste ambiente formado por negócios e infraestrutura. Em seguida, temos que analisar o
grau de exposição que este ambiente apresenta frente àquelas principais e prováveis ameaças.
Finalmente, temos que classificar a extensão do impacto ou prejuízo eventualmente causado, depois
de determinada ocorrência.

3.4. Aplicando a fórmula da criticidade para analisar o impacto nos negócios

Como vimos nas seções anteriores, a importância de um processo de negócio está vinculada
ao pressuposto da necessidade de continuidade de negócios. Um processo é classificado então como
importante, quando entendemos que uma eventual parada operacional poderá causar algum tipo
severo de prejuízo a empresa, sejam operacionais, financeiros, institucionais ou estratégicos.
Como notamos que o cálculo desta importância afeta diretamente o cálculo da criticidade ou
da matriz de risco da empresa, devemos inicialmente criar uma tabela de possíveis impactos
corporativos e taxar cada um destes impactos quanto a sua severidade (de 0–5).
Logo, com a mesma tabela dos processos de negócios, devemos definir uma taxa de
sensibilidade ao impacto (0–5) para cada processo, ou seja, cada processo de negócio terá uma
avaliação final com um somatório de impactos causados a empresa, no caso de uma eventual parada
operacional, motivado por uma falha ou interrupção na infraestrutura que o suporta.
Desta forma teremos uma tabela com o somatório de todos os possíveis impactos
corporativos, aplicada ao somatório das diferentes sensibilidades (ou probabilidades) a estes
impactos, entre todos os processos de negócios selecionados.
Como resultado final da importância e criticidade, teremos uma taxonomia entre os
processos de negócios, divididos em imperativos, críticos, essenciais e periféricos.

Maio de 2013 Página 7 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

4. CENÁRIO DE IMPACTO CORPORATIVO

Abaixo seguem os níveis de severidade dos impactos corporativos, devidamente


homologados pelo Comitê do HCPA, baseado nos critérios definidos pelo software XCORP
Governance© Suite, módulo Análise de Impacto nos Negócios (BIA). Os pesos destes cenários de
impactos são demonstrados conforme segue:

Regra de Severidade Corporativa de cada Impacto:


0 – Não existe impacto 3 – Médio impacto
1 – Muito Baixo impacto 4 – Alto impacto
2 - Baixo impacto 5 – Muito alto impacto

Descrição dos Impactos Tipo Severidade


1. Supensão do serviço para o cliente externo Operacional 5
2. Parada no negócio da empresa Operacional 5
3. Perda de ativos (recriando registros, transações) Operacional 3
4. Perda da capacidade de gestão e controle Operacional 4
administrativo
5. Perda ou comprometimento de negócios futuros Operacional 3
6. Transtornos no fluxo de trabalho Operacional 4
7. Alteração na quantidade de pessoas necessárias à Operacional 5
operação do processo
8. Suspensão do serviço para o cliente interno Operacional 3
9. Perda da capacidade de gestão e controle Operacional 4
operacional
10. Rompimento / Quebra de cláusula contratual Legal 4
11. Não atendimento a determinações legais Legal 4
12. Processos legais decorrentes da paralisação Legal 4
13. Questões sindicais Legal 3
14. Multas Financeiro 5
15. Aumento no custo operacional Financeiro 4
16. Perda de receita (negócio atual) Financeiro 5
17. Perda de vantagem competitiva Financeiro 3
18. Atraso na geração de receitas Financeiro 3
19. Atraso no recebimento de receitas Financeiro 3
20. Perda financeira Financeiro 4
21. Abalo na imagem da empresa Imagem e Reputação 4
22. Perda da confiança de investidores e acionistas Imagem e Reputação 4
23. Perda de Mercado (Market Share) Imagem e Reputação 3
24. Exposição negativa na mídia Imagem e Reputação 5
25. Comprometimento da segurança/saúde de Saúde e Segurança 5
colaboradores e/ou clientes
26. Dano à integridade física de colaboradores ou Saúde e Segurança 5
clientes
27. Danos ao meio ambiente Meio Ambiente 3
28. Sanções de agências reguladoras ou normativas Regulatório 4

Maio de 2013 Página 8 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

5. RESULTADOS ENCONTRADOS

A análise realizada na estrutura da HCPA teve por objetivo identificar e classificar os


macroprocessos de negócios em Imperativos, Críticos, Essenciais e Periféricos. Como resultados
encontrados, subdividimos em Resultados Gerais e Resultados Específicos.

5.1. Resultados Gerais

Foram realizados 02 (dois) workshops com gestores responsáveis por Unidades e Processos
de Negócios. Deste trabalho foram mapeados 12 macroprocessos negócios, sendo que para dois
deles – Atendimento Ambulatorial e Banco de Sangue – não foram disponibilizadas as informações
necessárias. Após a aplicação da análise de criticidade do software XCORP iRisk, foram classificados
da seguinte forma:

Criticidade Quantidade de PNs


Imperativos 4
Críticos 5
Periféricos 1
TOTAL 10

Taxonomia dos Macroprocessos


de Negócio por Criticidade

10%

40% Imperativos
Críticos
Periféricos
50%

Maio de 2013 Página 9 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

5.2. Matriz de Risco (Impacto nos Negócios)

Os resultados apresentados utilizam o cálculo de risco através da fórmula de multiplicação da


severidade dos impactos versus a sensibilidade para cada macroprocesso de negócio (de paralisação
de cada processo).

5.2.1. Resultados Iniciais baseados no nível de severidade do impacto

Unidade de Negócio Macroprocesso MTPD Índice Criticidade


Serviço de Farmácia Dispensação de Medicamentos 03:00 0,797452 Imperativo
Serviço de Radiologia Exames 00:00 0,744652 Imperativo
Serviço de Patologia Clínica Exames 00:00 0,744652 Imperativo
Serviço de Nutrição e Dietética Nutrição 03:00 0,714895 Imperativo
Assessoria de Operações Assistenciais Cirurgias/PDT 06:00 0,714895 Imperativo
Coordenadoria de Suprimentos Suprimentos 06:00 0,694285 Crítico
Assessoria de Operações Assistenciais Prescrições Médicas e de Enfermagem 06:00 0,694285 Crítico
Coordenadoria Administrativa Identificação e Acesso 00:00 0,628912 Crítico
Coordenadoria Administrativa Faturamento 12:00 0,548912 Crítico
Coordenadoria Administrativa Emergência 06:00 0,548912 Crítico
Coordenadoria Administrativa Admissão de Pacientes 12:00 0,145157 Periférico

5.2.2. Considerações Iniciais:

Os macroprocessos de negócio considerados críticos e imperativos refletem dois pontos


fundamentais: primeiro - estes processos de negócio são fundamentais para a operação do HCPA;
segundo - a resiliência ou resistência destes processos tem uma sensibilidade muito alta em relação
aos impactos considerados severos para a companhia.
Isto significa que uma paralisação nestes macroprocessos, em função de uma
indisponibilidade na infraestrutura de ativos que os suportam (hardware, aplicações, links de
comunicação, equipamentos de rede, geradores, etc.) pode ocasionar sérios riscos para a operação e
continuidade dos negócios. Como estes riscos são danosos e podem significar a perda da capacidade
de gestão, abalo na reputação, saúde de pacientes ou até mesmo milhares de reais em prejuízos,
recomendamos que sejam realizadas reuniões com os gestores dos macroprocessos críticos e
imperativos, e reavaliada sua condição de resiliência, evitando-se assim que esta previsão de riscos
torne-se realidade.
Após mudanças no ambiente de negócios e infraestrutura, ou até mesmo durante o trabalho
de revisão das ameaças e impactos identificados no início deste projeto, que incidem sobre ativos e
processos de negócios, determinadas criticidades apontadas podem, eventualmente, estarem sub ou
superdimensionadas.

Maio de 2013 Página 10 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Relatório de Análise de Impacto nos Negócios (BIA)

6. CONCLUSÕES

Como uma “primeira onda” da disciplina do programa BCM – Business Continuity


Management, o processo de análise de risco é um aspecto importante e fundamental no
planejamento da continuidade dos negócios e da recuperação empresarial. Fazer negócios pressupõe
riscos, mas a analogia de que quanto maiores os riscos maiores são os lucros, aplicam-se também aos
prejuízos. A probabilidade de ocorrência de um desastre numa organização é altamente incerta e os
fatores de proteção estão altamente associados ao lucro. Este é um ciclo que não pode ser renegado
pelos administradores.
Assegurar a disponibilidade contínua de recursos críticos e continuidade de operações só é
possível com o conhecimento de suas vulnerabilidades e do grau de exposição frente determinadas
ameaças. A análise de riscos é fator primordial no conhecimento das vulnerabilidades e dos impactos
nos negócios, norteando os esforços necessários no desenho de estratégias de continuidade de
negócio, no desenvolvimento de procedimentos de contingência efetivos, mensurando recursos
necessários e locais alternativos de processamento, suporte e operação.
A análise realizada na estrutura do HCPA identificou e classificou os macroprocessos de
negócios em Imperativos, Críticos, Essenciais e Periféricos. Os resultados apresentados neste
relatório servem para nortear os esforços da empresa no sentido de garantir a continuidade dos
negócios e direcionar os investimentos em infraestrutura visando à garantia de alta disponibilidade
dos ativos que suportam estes processos críticos.
Após o desenho de novas estratégias de recuperação, que atendam com maior segurança os
tempos MTPDs requeridos pelos processos de negócio críticos da HCPA, a consultoria recomenda
que seja planejada a “segunda onda” da jornada BCM, com a construção dos planos de contingência
e de recuperação de desastres, seguida de testes e simulados que comprovarão sua efetividade em
uma situação de crise ou desastre.
Requerido como um seguro de obrigação, o Plano de Continuidade de Negócios provê certo
nível de conforto ao administrador e aos acionistas, pois saber que, se uma catástrofe séria acontece,
existem procedimentos específicos para emergirmos mais fortes de uma crise, prontos para
rapidamente nos reestabelecer no ambiente de negócios, quem sabe até mesmo buscando novas
oportunidades deixadas pela concorrência em novos mercados.

Maio de 2013 Página 11 de 11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Planilha de registro de incidentes registrados e tratados

Data Onde Ocorreu Usuário (s) Estação / Descrição do Incidente Pessoas envolvidas Desfecho
Equipamento /
Email / Site

nov/10 AGHU Geraldo Neto AGHU_2K37 Demandada perícia em função de suspeita Prof. Zirbes, Valter. Elaborado documento com todo o
de seqüestro de informações bancárias. A resultado da perícia. Valter encaminhou
análise verificou que o microcomputador ao Prof. Zirbes e solicitou sua avaliação e
realmente continha programas maliciosos encaminhamentos, informando à CGTI
(malwares), originados provavelmente no das providências tomadas, tendo em vista
acesso freqüente a sites pornográficos. O que a Decisão 05/2010 orienta para a
computador continha também registros de suspensão do acesso do usuário aos
acessos a contas correntes bancárias e ativos de TI do HCPA.
outros serviços com fornecimento de
número de Contas, CPF, e outras
informações pessoais.

jun/12 CGP Viviane Coimbra Alerta de ocupação excessiva em pasta Elisa De Souza Conter, Foi encaminhado email para a usuária e
Da Silva com acesso indevido. O conteúdo Ana Endres. chefia em questão em questão alertando
identificado eram músicas. o descumprimento da decisão. O acesso
indevido foi corrigido.

set/12 SMO Bernadete Sonia Uso indevido de usuário e senha. Dados Bernadete Sonia Thiele Foi encaminhado email para as usuárias
Thiele Felipe e estavam sendo compratilhados. Felipe, Dirce Nelci Port em questão em questão alertando o
Dirce Nelci Port Maciel, Ana Endres, descumprimento da decisão. foi solicitada
Maciel Tatiana. avaliação com a consultora ds área
(Tatiana) caso os acessos concedidos aos
sistemas não estejam de acordo com as
atividades executadas. Não houve
retorno.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


dez/12 Medicina Nuclear MEDNUC_2E43 Problemas no micro em função de intalação Fábio Lima, Delmo, Foi solicitado que o micro fosse trazido
de sw “System Progressive Protection” que SUM. até a CGTI para remoção do software e
é um antivírus falso. correção dos problemas. Fábio Santana
solicitou a SEI inspecionar os log do
proxy, avaliar como a Rede HCPA foi
utilizada, verificar as ações do usuário. Ao
final da análise, enviaremos as
conclusões para que a SES possa
orientar o usuário. SES não teve retorno.
Não foi encaminhada orientação ao
usuário.
dez/12 Emergência Everton Fernando EMERGM_1055 SUM identificou Instalação de proxyweb SUM, SEI, Valter, Sum orientou que os dados fossem
Machado Soares permitindo assim o acesso à sites Caroline Dalla Pozza excluídos, o que não ocorreu. Foi apenas
bloqueados. Micro com mais 95% do HD Valente. renomeada a pasta do perfil e ocultada.
ocupado Fábio Santana solicitou recolher a
estação. Valter encaminhou email à chefia
formalizando a utilização inadequada do
Ativo de TI, em descumprimento à Política
de Utilização de Ativos de TI no HCPA
(Decisão 005/2010). Solicitou que as
providências tomadas nos sejam
reportadas, para registro junto às
evidências do incidente. Caroline
providenciou registro de advertência e
encaminhou cópia do documento ao
Valter.

jan/13 CPC 3º Andar AP3Q2 Desconexão indevida de equipamento da SUO, Yuri Rafael Leal Zimmer foi informado.
rede (Ponto de Acesso de Rede Sem Fio). Equipamento recolhido. Yuri orientou
Usuários estão desligando o equipamento usuários de que não deveriam realizar a
por conta própria, com a intenção de desconexão do equipamento e sim abrir
resolver problemas de lentidão. Alegam que chamado para verificar o problema.
AP estava interferindo na navegação
(principalmente site Yahoo, email, etc.) e
que a rede sem fio do HCPA funciona
melhor sem aquele AP instalado.

jan/13 CGTI e Eventos EVENTOS_1K19 e tri@ufrgs.br enviou alerta para SEI (Luciano Ramos) Máquina foram desligadas e depois
CGTIORA5 cais@cais.rnp.br: Host(s) identificado(s) formatadas.
como origem de spam.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


jan/13 Segurança Celso Dacooll cdasilveira@hcpa. Envio de e-mail de cunho pessoal para Ademir Rama Valter encaminhou email ao Ademir
Silveira ufrgs.br grande número de usuários internos da alertando descumprimento da Decisão
rede do HCPA. 005/2010 e solicitou as providências
cabíveis. Usuário foi alertado por email
pela chefia.
jan/13 Fundação Médica www.fundacaomed tri@ufrgs.br enviou alerta para SEI (Luciano Ramos) Senhas do root do servidor MENSA foram
ica.hcpa.ufrgs.br cais@cais.rnp.br: Host(s) identificado(s) trocadas. Novo servidor será preparado
como origem de spam: defacement (pagina para hospedar o site bem como o sistema
web trocada e conteúdo alterado). SIAF.

jan/13 Eventos e CGTI eventos_1k19.hcp Notificação do CAIS relativa ao envio de SEI (Luciano Ramos) Detectadas duas maquinas com vírus
a [192.168.19.12] e SPAM (abaixo) pelo host 143.54.102.14. com características de conexão externa
cgtiora5.hcpa Toda a AS 143.54/16 pode eventualmente na porta 25. Retiradas da rede.
[10.50.1.32] ser comprometida. Máquina foram Monitoramento no proxy. Não estão
desligadas e depois formatadas. ocorrendo conexões para fora na porta 25
Bloqueadas todas conexões de saída de a partir do IP 143.54.102.14.
porta 25 que não sejam do Exchange.

fev/13 CPE GENETICA_3A66 Torna-se urgente a verificação da situação, SEI (Fábio Santana) Estação recolhida para identificar os
pois toda a AS 143.54/16 pode motivos pelos quais o vírus não foi
eventualmente ser comprometida. detectado / bloqueado pelo Mcafee.
fev/13 IP 143.54.102.14 TRI informa que os hosts abaixo foram SEI (Fábio Santana) Aplicados novos bloqueios na borda da
denunciados como sendo fontes de envio rede. Teste ok. Aplicadas novas
de spam.Infelizmente, nao foram coletados configurações em dois ativos. Identificada
os cabecalhos completos das mensagens, a estação interna e revisão de todo o
mas em alguns casos deve ser possivel ambiente. Novas varreduras em busca de
buscar mais informacoes na fonte (CBL, estações contaminadas e/ou com
SPAMHAUS, etc) listada nos logs. problemas no agente antivírus.
Solicitam que os sistemas em questao Monitoramento.
sejam analisados para identificar e
solucionar o problema.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


mar/13 CGP Marisol Silveira de Usuária da CGP conseguiu enviar e-mail SEI (Fábio Lima). Grupo GERENCIA_USUARIOS foi
Oliveira como outra pessoa. Foi constado que ela Marisol ajustado. Já sem as permissões de send
estava no grupo Gerencia_usuarios e este e receive as.
grupo estava com permissão de Send AS e
Receive AS como default. Como ela fazia
parte, a mesma poderia enviar e-mail com
qualquer “from”.
mai/13 Servico de Evento de numero SUM ao atender técnicos da Procempa SUM (Franciana), Fábio Estação de trabalho recolhida para
Gerenciamento 329901 (habilitando o ACH) verificou que os Santana, Eliane verificações. Chefia da área alertada.
Informacões SUS (Procempa) e mesmos utilizaram-se de programas de uso Berbigier. Solicitado à procempa
patrimônio da não permitido na Rede do HCPA. A senha (cesar@procempa.com.br
Estação nro local da estação de trabalho do Hospital foi ) a apuração do incidente junto aos
095071 (HCPA). substituída e/ou identificada. técnicos que realizaram o atendimento.
mai/13 Assessoria de Elisa Ferraretto Elisa solicita rastreamento em uma pasta Elisa Ferraretto, Valter, SUO está restaurando a pasta em outro
Comunicação sigma para ver se alguns arquivos foram Fábio Santana, SUO. local para análises. A falta dos arquivos
Social apagados e, se for o caso, recuperá-los. foi percebida em 6/5. No dia 30/04 foram
Relata que a pasta é encontrados os arquivos. Vai ser
\\Sigma\comunicacao-espaco aberto. verificado entre 1/5 e 5/5.
Dentro dela, existe uma pasta chamada
edição 42 que deveria ter vários arquivos,
mas só tem um.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Of. 0802/2013 – TCU/SECEX-RS

O item abaixo não foi assinalado no Questionário do Perfil de Governança TI

1.41. Documentos nos quais os processos do item anterior foram aprovados e publicados;

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Of. 0802/2013 – TCU/SECEX-RS

O item abaixo não foi assinalado no Questionário do Perfil de Governança TI

1.43. Documento que instituiu o Comitê de Segurança de Informação e Comunicações;

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Of. 0802/2013 – TCU/SECEX-RS

O item abaixo não foi assinalado no Questionário do Perfil de Governança TI

1.44. Documento que instituiu a Equipe de Tratamento e Respostas a Incidentes em


Redes Computacionais;

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Of. 0802/2013 – TCU/SECEX-RS

O item abaixo não foi assinalado no Questionário do Perfil de Governança TI

1.45. Política de corporativa de segurança da informação;

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Of. 0802/2013 – TCU/SECEX-RS

O item abaixo não foi assinalado no Questionário do Perfil de Governança TI

1.46. Documento no qual foi aprovada e publicada a política corporativa de segurança da


informação;

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Portal Hospital de Clínicas de Porto Alegre

DECISÃO Nº 003/2012

DECISÃO Nº 003/2012 - Diretrizes para o uso seguro das redes sociais no HCPA

DECISÃO Nº 003/2012

DIRETRIZES PARA O USO SEGURO DAS REDES SOCIAIS NO

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

A Administração Central do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), no uso de suas atribuições e CONSIDERANDO:

- a publicação da Portaria n. 38 da Secretaria Executiva do Conselho de Defesa Nacional, de 11 de junho de 2012, a qual
homologou a Norma Complementar n. 15/IN01/DSIC/GSIPR, de 11 de junho de 2012, que estabelece diretrizes para o
uso seguro das redes sociais na Administração Pública Federal;

- a inegável importância das redes sociais como ferramenta de interação, comunicação e transparência;

- os riscos que podem advir do uso inadequado das redes sociais, comprometendo a segurança da informação e a
disponibilidade dos sistemas, com consequentes prejuízos às atividades-fim da instituição, em especial a assistência aos
pacientes;

- os prejuízos decorrentes do uso inadequado das redes sociais, seja denegrindo a imagem institucional ou violando os
direitos dos pacientes à confidencialidade e privacidade,

https://www.hcpa.ufrgs.br Fornecido por Joomla! Produzido em: 5 October, 2012, 10:33

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Portal Hospital de Clínicas de Porto Alegre

DECIDE:

Art. 1º - Estabelecer as seguintes Diretrizes para o Uso Seguro das Redes Sociais no âmbito da rede corporativa do
Hospital de Clínicas de Porto Alegre:

I. É permitido acesso pleno às Redes Sociais a qualquer colaborador, estudante, pesquisador, paciente ou visitante,
através da rede interna wireless (sem fio), utilizando equipamentos próprios.

II. Aos colaboradores que fizerem uso dos recursos mencionados no parágrafo I, é recomendado o uso
preferencialmente institucional ou relacionado às atividades desenvolvidas na instituição. Todo colaborador deve ter
ciência de que o uso abusivo para outras finalidades (por exemplo, downloads de arquivos extensos) pode
comprometer o bom funcionamento da rede corporativa e, consequentemente, a assistência aos pacientes.

III. Na rede corporativa do HCPA (com fio), o acesso às redes sociais será permitido exclusivamente para fins
institucionais e em locais específicos, tais como Assessoria de Comunicação Social, auditórios, anfiteatro, salas de aula e
salas de recreação para pacientes. Para tal, a chefia da área responsável deverá encaminhar solicitação de liberação de
uso, acompanhada da devida justificativa, à Coordenadoria de Gestão da Tecnologia da Informação (CGTI).

IV. O acesso às redes sociais poderá ser bloqueado parcial ou integralmente, sem prévio aviso, caso seja identificado
risco iminente de comprometimento da segurança da informação.

V. O uso para fins não institucionais será considerado desrespeito às normas que disciplinam o uso de TI no HCPA,
estando, portanto, sujeito às medidas disciplinares cabíveis.

VI. A permissão de acesso às redes sociais, seja através da rede sem fio ou da corporativa, não implica em autorização
para divulgação de informações em nome da instituição, prerrogativa que cabe ao Administrador de Perfis Institucionais nas
Redes Sociais, neste ato designado.

VII. O uso, em perfis pessoais de colaboradores, do nome e logomarca do HCPA, bem como de informações e imagens
relativas à instituição, aos seus profissionais e aos seus pacientes, está subordinado ao respeito aos preceitos éticos que
regem a atuação dos colaboradores do Hospital de Clínicas.

Art. 2º - Designar a Coordenadoria de Gestão da Tecnologia da Informação (CGTI) como Gestora de Segurança da
Informação e Comunicações, respondendo por ações de monitoração de tráfego e outras que visem viabilizar e assegurar a
disponibilidade, a integridade, a confidencialidade e autenticidade das informações de propriedade e/ou originadas no
domínio da rede do HCPA.

https://www.hcpa.ufrgs.br Fornecido por Joomla! Produzido em: 5 October, 2012, 10:33

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Portal Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Art. 3º - Designar a Assessoria de Comunicação Social como Administradora de Perfis Institucionais nas Redes Sociais,
respondendo pela criação, manutenção e gestão dos conteúdos disponibilizados nestes espaços, de acordo com a Visão,
Missão, Valores e Políticas Institucionais.

Porto Alegre, 04 de outubro de 2012.

Prof. Amarilio Vieira de Macedo Neto,

Presidente.

Prof. Sergio Pinto Ribeiro, Bel. Tanira Andreatta Torelly Pinto,

Vice-Presidente Médico. Vice-Presidente Administrativo.

https://www.hcpa.ufrgs.br Fornecido por Joomla! Produzido em: 5 October, 2012, 10:33

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Of 0802-2013 – TCU/SECEX-RS

1.47 – Política de controle de acesso à informação e aos recursos de TI

COMITE GESTOR DE ACESSO AOS SISTEMAS INFORMATIZADOS DO


HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE
Com a finalidade maior de aumentar a segurança das informações desta instituição,
estabelecendo procedimentos para viabilização tanto de acessos internos como
externos às informações, em 1999 um Grupo de Trabalho iniciou um estudo para
sistematizar a atribuição do perfil de acesso aos sistemas. Em 2001 foi criado o
Comitê Gestor de Acesso aos Sistemas Informatizados do Hospital de Clínicas.
Composto por representantes da Administração Central e das áreas médica, de
enfermagem e administrativa, o Comitê visa o gerenciamento das permissões de
acesso dos usuários aos processos informatizados do Hospital, com o objetivo
principal de garantir que cada profissional possua o perfil que necessita para realizar a
atividade na qual tenha competência e direito, prevalecendo a privacidade do
paciente, o sigilo dos dados e o cumprimento dos preceitos éticos.
Desde 2001, o Comitê de Acesso iniciou um trabalho de mapeamento das categorias
profissionais em relação aos Processos de Trabalho. Os profissionais foram divididos
em categorias profissionais: Médicos, Enfermagem, Outros Profissionais de Saúde e
Administrativos, incluindo os estudantes nas categorias correspondentes. Os
processos de trabalhos foram separados em Processos Assistenciais, de Apoio
Assistencial e Administrativos. Os perfis destas categorias foram parametrizados
considerando a escolaridade, o registro no Conselho Profissional, vínculo, ocupação e
centro de custo dos profissionais na Instituição.
Desta forma, todo acesso aos sistemas do hospital, para qualquer profissional ou
estudante, se dá a partir de usuário e senha, que são fornecidos no momento do
registro profissional no HCPA. Inicialmente está bloqueado até que o profissional ou
estudante faça o aceite do Termo de Responsabilidade e registro da senha definitiva,
via sistema.
O acesso ao sistema das categorias profissionais: Médicos, Enfermagem, Outros
Profissionais de Saúde é atribuído automaticamente, eliminando a subjetividade.
Assim, usando estudantes como exemplo, no momento em que começam a atuar no
HCPA – primeiro semestre – os mesmos devem dirigir-se à Seção de Identificação ou
Coordenadoria de Gestão de Pessoas, portando a documentação exigida, para o
cadastramento no sistema. Serão cadastrados levando em conta o curso, o vínculo
(aluno) com o HCPA e a ocupação (estágio ou acadêmico). Neste momento
receberão uma senha e usuário para acesso aos sistemas do HCPA. A
combinação das informações gerará, automaticamente, o Perfil de Acesso dos
mesmos. A partir daí, a cada semestre terão que se recadastrar, comprovando
a continuidade dos estudos na Universidade ou Escola Técnica de origem.
Exceção aos alunos da UFRGS, que envia, semestralmente, a relação dos
estudantes à Seção de Recepção para recadastramento.
O acesso ao sistema da categoria profissional Administrativa é atribuído pela
Seção de Segurança da Informação, mediante solicitação através do sistema
Qualitor – Portal de TI na intranet. O chamado deve ser aberto pela chefia da

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


área, responsável pela avaliação das tarefas do usuário e conseqüente perfil
de acesso. O usuário deverá estar corretamente cadastrado no sistema.
Para todas as categorias profissionais, o controle automático de acesso ao
sistema exige que cada usuário faça a troca da senha a cada 6 meses. O
sistema de controle de senhas está programado para exigir a troca periódica
das senhas. São emitidos avisos com 45 dias de antecedência, orientando o
usuário a acessar a aplicação de troca de senhas. A inabilitação dos acessos é
automática quando do desligamento do funcionário. Caso haja transferência de
setor, o funcionário perde os acessos vinculados ao setor antigo e recebe os
novos.
Também, sabedor de que a senha, junto com a identificação do usuário (login),
forma a identidade específica através da qual um colaborador é reconhecido
dentro dos sistemas informatizados, concedendo-lhe privilégios a fim de
permitir o acesso a informações personalizadas armazenadas nos sistemas, de
acordo com o seu papel dentro da instituição, o HCPA realiza campanhas
alertando que as senhas são de uso individual e não devem ser divulgadas ou
compartilhadas com outras pessoas sob nenhuma hipótese, sendo de inteira
responsabilidade do detentor o zelo pela guarda e uso correto da mesma.
Evitando, assim, a divulgação indevida de informações privilegiadas, o uso não
autorizado de recursos de informática e outros problemas que afetam a
integridade, a disponibilidade e a confidencialidade da informação corporativa.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Portal Hospital de Clínicas de Porto Alegre

DECISÃO Nº 003/2012

DECISÃO Nº 003/2012 - Diretrizes para o uso seguro das redes sociais no HCPA

DECISÃO Nº 003/2012

DIRETRIZES PARA O USO SEGURO DAS REDES SOCIAIS NO

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

A Administração Central do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), no uso de suas atribuições e CONSIDERANDO:

- a publicação da Portaria n. 38 da Secretaria Executiva do Conselho de Defesa Nacional, de 11 de junho de 2012, a qual
homologou a Norma Complementar n. 15/IN01/DSIC/GSIPR, de 11 de junho de 2012, que estabelece diretrizes para o
uso seguro das redes sociais na Administração Pública Federal;

- a inegável importância das redes sociais como ferramenta de interação, comunicação e transparência;

- os riscos que podem advir do uso inadequado das redes sociais, comprometendo a segurança da informação e a
disponibilidade dos sistemas, com consequentes prejuízos às atividades-fim da instituição, em especial a assistência aos
pacientes;

- os prejuízos decorrentes do uso inadequado das redes sociais, seja denegrindo a imagem institucional ou violando os
direitos dos pacientes à confidencialidade e privacidade,

https://www.hcpa.ufrgs.br Fornecido por Joomla! Produzido em: 5 October, 2012, 10:33

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Portal Hospital de Clínicas de Porto Alegre

DECIDE:

Art. 1º - Estabelecer as seguintes Diretrizes para o Uso Seguro das Redes Sociais no âmbito da rede corporativa do
Hospital de Clínicas de Porto Alegre:

I. É permitido acesso pleno às Redes Sociais a qualquer colaborador, estudante, pesquisador, paciente ou visitante,
através da rede interna wireless (sem fio), utilizando equipamentos próprios.

II. Aos colaboradores que fizerem uso dos recursos mencionados no parágrafo I, é recomendado o uso
preferencialmente institucional ou relacionado às atividades desenvolvidas na instituição. Todo colaborador deve ter
ciência de que o uso abusivo para outras finalidades (por exemplo, downloads de arquivos extensos) pode
comprometer o bom funcionamento da rede corporativa e, consequentemente, a assistência aos pacientes.

III. Na rede corporativa do HCPA (com fio), o acesso às redes sociais será permitido exclusivamente para fins
institucionais e em locais específicos, tais como Assessoria de Comunicação Social, auditórios, anfiteatro, salas de aula e
salas de recreação para pacientes. Para tal, a chefia da área responsável deverá encaminhar solicitação de liberação de
uso, acompanhada da devida justificativa, à Coordenadoria de Gestão da Tecnologia da Informação (CGTI).

IV. O acesso às redes sociais poderá ser bloqueado parcial ou integralmente, sem prévio aviso, caso seja identificado
risco iminente de comprometimento da segurança da informação.

V. O uso para fins não institucionais será considerado desrespeito às normas que disciplinam o uso de TI no HCPA,
estando, portanto, sujeito às medidas disciplinares cabíveis.

VI. A permissão de acesso às redes sociais, seja através da rede sem fio ou da corporativa, não implica em autorização
para divulgação de informações em nome da instituição, prerrogativa que cabe ao Administrador de Perfis Institucionais nas
Redes Sociais, neste ato designado.

VII. O uso, em perfis pessoais de colaboradores, do nome e logomarca do HCPA, bem como de informações e imagens
relativas à instituição, aos seus profissionais e aos seus pacientes, está subordinado ao respeito aos preceitos éticos que
regem a atuação dos colaboradores do Hospital de Clínicas.

Art. 2º - Designar a Coordenadoria de Gestão da Tecnologia da Informação (CGTI) como Gestora de Segurança da
Informação e Comunicações, respondendo por ações de monitoração de tráfego e outras que visem viabilizar e assegurar a
disponibilidade, a integridade, a confidencialidade e autenticidade das informações de propriedade e/ou originadas no
domínio da rede do HCPA.

https://www.hcpa.ufrgs.br Fornecido por Joomla! Produzido em: 5 October, 2012, 10:33

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Portal Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Art. 3º - Designar a Assessoria de Comunicação Social como Administradora de Perfis Institucionais nas Redes Sociais,
respondendo pela criação, manutenção e gestão dos conteúdos disponibilizados nestes espaços, de acordo com a Visão,
Missão, Valores e Políticas Institucionais.

Porto Alegre, 04 de outubro de 2012.

Prof. Amarilio Vieira de Macedo Neto,

Presidente.

Prof. Sergio Pinto Ribeiro, Bel. Tanira Andreatta Torelly Pinto,

Vice-Presidente Médico. Vice-Presidente Administrativo.

https://www.hcpa.ufrgs.br Fornecido por Joomla! Produzido em: 5 October, 2012, 10:33

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Sumário

Boas-vindas 3

Quem somos 5
Visão institucional 5
Missão institucional 5
Valores 5

O que a empresa oferece 6


Refeitório 6
Creche 6
Assistência médica e odontológica 8
Serviço de Medicina Ocupacional 8
Atendimento em psicologia do trabalho 9
Atendimento com serviço social 9
Academia de ginástica 10
Vacinação 10
Baixa hospitalar 11
Complemento de auxílio-doença 11
Licença especial 12
Plano de saúde 12
Plano de aposentadoria complementar 14
Seguro de vida 14
Estacionamento 15

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Uniformes 15
Armários nos vestiários 16
Áreas de descanso e lazer 16

Normas e informações gerais 17


Uso do crachá 17
Informações em rede 17
Intranet 18
Aplicativos para Gestão Hospitalar 18
Sistema de informação ao público 19
Sistema de controle de frequencia 19
Portal na internet 19
Portal do colaborador 19
Senhas para acesso aos sistemas e redes 20
Uso da rede sem fio (wireless) 20
Associações 20
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes 22
Brigada de Incêndio 22
Coral 22
Comunicação e divulgação 23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Boas-vindas!

Seja bem-vindo ao Hospital de Clínicas de Porto


Alegre! Este manual foi preparado para que você
conheça melhor seu novo local de trabalho, normas,
responsabilidades e benefícios.

A partir de agora, você faz parte deste universo.


Com seus conhecimentos, sua dedicação e sua
colaboração, certamente terá muito a contribuir para
que a Instituição continue prestando bons serviços à
comunidade e se destacando nas diferentes frentes
em que atua.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.
Quem somos
O Hospital de Clínicas de Porto Alegre é público, geral e universitário.
Está ligado ao Ministério da Educação e possui vínculo acadêmico com
a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Assim, além de prestar
assistência aos pacientes – na sua quase totalidade, usuários do Sistema
Único de Saúde (SUS), desenvolve atividades de ensino e pesquisa em
saúde. Com um forte sentido de responsabilidade social, a Instituição
promove, ainda, uma série de ações de cunho informativo, educativo e
de apoio à comunidade, contribuindo para a promoção da qualidade
de vida e da cidadania.

Visão Institucional
Ser um referencial público de alta confiabilidade em saúde.

Missão Institucional
Prestar assistência de excelência e referência com responsabilidade
social, formar recursos humanos e gerar conhecimentos, atuando
decisivamente na transformação de realidades e no desenvolvimento
pleno da cidadania.

Valores
• Respeito à pessoa
• Competência técnica
• Trabalho em equipe
• Comprometimento institucional
• Austeridade
• Responsabilidade social
5

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


O que a empresa oferece
Refeitório
O refeitório oferece desjejum, almoço e jantar, a preços subsidiados, e
lanche noturno gratuito, conforme convenção coletiva.

• Desjejum: das 6h30 às 8h


• Almoço: das 11h às 14h
• Jantar: das 18h às 21h
• Lanche noturno: das 23h às 2h30

O cardápio é preparado cuidadosamente pelo Serviço de Nutrição e


Dietética, proporcionando uma alimentação equilibrada e saudável.

Para utilizar o refeitório, o funcionário deverá passar seu crachá na roleta


de acesso e as refeições serão descontadas em folha de pagamento.

A utilização do refeitório é regida pela Norma de Fornecimento,


Controle e Distribuição de Refeições, que está disponibilizada no portal
da intranet.

O cardápio do almoço, lanche noturno e jantar também é disponibilizado


semanalmente na intranet.

Creche
Atende crianças com idade entre 6 meses e 5 anos e 11 meses,
proporcionando maior tranquilidade, durante a jornada de trabalho,
a funcionários que possuem filhos pequenos. As crianças recebem
cuidados de higiene, alimentação, afeto e estimulação adequada.

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para se candidatar a uma vaga, é preciso ter sido aprovado no período
probatório e preencher uma ficha de inscrição, quando houver
abertura de edital (o que pode ocorrer em qualquer época do ano). O
critério de seleção é a menor renda familiar. Em caso de necessidade de
desempate, os critérios adotados são:

1. Número de dependentes.
2. Tempo de serviço no Hospital.
3. Se mãe e pai são funcionários da Instituição.

A admissão na Creche também está vinculada à disponibilidade,


naquele momento, de vaga na faixa etária da criança.

Cumpridas estas etapas, a admissão ocorre através de


preenchimento de documento de matrícula, sendo necessário
apresentar documento comprobatório da situação funcional,
cópia do contracheque, carteira de trabalho de outras pessoas que
participam da renda familiar e documentação da criança (cópia da
certidão de nascimento, carteira de vacinação atualizada, número
do prontuário e prescrição para administração de antitérmico).

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Assistência médica e odontológica no
ambulatório
Os funcionários, assim como seus dependentes devidamente
cadastrados na Coordenadoria de Gestão de Pessoas, têm direito
a consultas médicas em diversas especialidades e a atendimento
odontológico, que compreende: exame clínico e diagnóstico,
restaurações em resina e amálgama, limpeza de dentes, tratamento de
canal dos dentes (com um canal), extrações dentárias (inclusive a de
sisos), tratamento ortodôntico preventivo em crianças até 12 anos e
radiografias periapicais e panorâmicas.

Marcação de consultas no Ambulatório


Ramal 8458
De segundas a sextas-feiras, das 7h30 às 13h30

Serviço de Medicina Ocupacional


O Serviço de Medicina Ocupacional (SMO) desenvolve atividades
profissionais de proteção e promoção à saúde dos empregados, para
tanto conta com uma equipe multidisciplinar. Para utilizar este serviço
dedicado aos funcionários, professores, residentes e estagiários
basta marcar consulta por telefone ou em áreas cadastradas para
agendamento via sistema informatizado. O horário de funcionamento
do SMO é de segundas a sextas-feiras, das 7h45 às 19h45.
O SMO, através da Unidade de Saúde dos Funcionários, dispõe de
consultas de pronto-atendimento clínico das 8h às 19h45, diariamente,
e de consultas em Ginecologia e Ortopedia com agendamento diário.
Também desenvolve ações voltadas para a atenção integral em saúde
com programas de Educação e Prevenção de Doenças.
A Unidade SESMT avalia os ambientes de trabalho, identifica os

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


possíveis riscos, realiza os exames médicos obrigatórios, levando-se em
conta a idade do funcionário e os riscos a que está exposto. Também é
responsável pela formação da brigada de emergência. Os ramais para
contato são 8745 e 8958.
O SMO conta com a parceria do Serviço de Psicologia e do Serviço
Social para suas ações nos níveis preventivo e assistencial.

Atendimento em psicologia do trabalho

A atenção à saúde mental do trabalhador ocorre desde o seu ingresso


na empresa, através do acompanhamento psicológico do período
probatório, o qual tem por objetivo ser um espaço para acolher as
expectativas e ansiedades de quem está iniciando num novo local
de trabalho, bem como sobre os impactos psíquicos do trabalho
hospitalar.
Passado esse período, o funcionário também dispõe de atendimento
psicológico individual e/ ou grupal para questões relativas ao trabalho,
como o relacionamento na equipe e com o próprio trabalho.

Atendimento com serviço social

O Serviço Social presta atendimento aos funcionários através de


encaminhamentos ou procura espontânea. O trabalho do assistente
social no SMO é voltado às situações de vulnerabilidade social
buscando melhores condições de vida sócio-familiar e de trabalho. Os
atendimentos podem ser individuais, familiares e/ou grupais.

Marcação de atendimento com a


Psicologia do Trabalho e Serviço Social
Ramal 8222

Marcação de consultas no SMO


Ramal 8708
De segundas a sextas-feiras, a partir das 7h

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Academia de ginástica
Disponibilizada exclusivamente aos funcionários, professores e
residentes do Hospital de Clínicas, com funcionamento em horários
variados entre 8h e 21h, de segundas a sextas-feiras. A inscrição é
realizada diretamente na academia e, ao se inscrever, todo funcionário
interessado fica habilitado à utilização da academia após uma avaliação
médica e física obrigatória e de acordo com a disponibilidade de vagas
no horário de interesse. Também são desenvolvidas as seguintes
atividades na academia de ginástica: acompanhamento físico periódico
dos alunos e ciclo de palestras sobre atividades físicas.

Vacinação
O Clínicas oferece à comunidade interna, gratuitamente, programa de
imunização para profissionais de saúde recomendado pelo Ministério
da Saúde, através do Programa de Vacinação realizada no SMO.

Estão disponíveis vacinas contra hepatite B, tétano e todas as outras


indicadas pelo Ministério da Saúde.

10

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Baixa hospitalar
Os funcionários e seus dependentes legais, ou ascendentes, que
utilizarem os serviços do Hospital de Clínicas de forma privativa têm
direito de obter descontos de até 30% do valor da conta hospitalar.

Os funcionários que aderirem ao plano de saúde Unimed podem


desfrutar melhor desse benefício utilizando os serviços no próprio
Hospital. Para realizar exames, deve-se procurar pessoalmente a
Central de Marcação, localizada no 2º andar (entre a Radiologia e a
Medicina Nuclear) ou através dos ramais 8855 e 8857. O horário de
funcionamento é de segundas a sextas-feiras, das 7h30 às 18h30.

Já o agendamento de internações e procedimentos ou exames


realizados no CCA e no Bloco Cirúrgico é feito na Admissão de
Convênios, no 1º andar – ala norte.

Agendamento de internações ou de atendimentos


no CCA e Bloco Cirúrgico:
Ramais 8088, 8560, 8333 e 8160
De segundas a domingos, das 7h às 19h

Para agilizar seu atendimento, tenha sempre em mãos a carteira do


convênio e a guia de solicitação do exame ou internação.

Complemento do auxílio-doença
Quando o funcionário precisar se afastar por doença ou acidente de
trabalho, em período superior a 15 dias e nos casos em que o benefício
for inferior ao salário, o Hospital de Clínicas complementará o valor
pago pelo INSS por até 12 meses, considerando o salário nominal

11

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


acrescido, quando houver, de função gratificada, adicional por tempo
de serviço e insalubridade/ periculosidade.

Licença especial
É o afastamento remunerado que o empregado usufrui após 10 anos
de trabalho sem interrupção, de acordo com os seguintes períodos de
trabalho:

Plano de Saúde
Os funcionários e seus dependentes dispõem de um plano de saúde
completo (UNIMED), com atendimento prestado pelos principais
hospitais, clínicas e profissionais do mercado. Este plano contempla
assistência médica ambulatorial e hospitalar, privativo e semiprivativo,
em âmbito nacional, fisioterapêutica e/ou fisiátrica, psicoterapêutica
e/ou psiquiátrica e farmacêutica na internação, compreendendo
partos e tratamentos efetuados exclusivamente no estado do RS. Para
atendimento de urgência e emergência, em Porto Alegre, Canoas,
Cachoeirinha, Gravataí, Guaíba e Eldorado do Sul. Há opção de aderir
ao SOS UNIMED, com um custo unitário e mensal de R$ 10,72.

Outro beneficio oferecido é a cobertura opcional de serviços


odontológicos a um custo unitário e mensal de R$ 12,87.
12

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para definição da mensalidade, há um escalonamento de valores de
acordo com a faixa etária e de remuneração, conforme tabela abaixo:

13

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


O pagamento da mensalidade do plano de saúde será realizado através
de desconto em folha de pagamento. Os funcionários que não tiverem
margem consignável para desconto em folha de pagamento terão o
pagamento da mensalidade realizado por débito em conta corrente.

Outras informações podem ser obitdas na intranet, em Gestão de


Pessoas, ou através dos ramais 8663 (Assistência) e 7857 (Cadastro,
valores, margem consignável) .

Plano de aposentadoria complementar


HCPA/PREV
A partir de Setembro de 2009, o Hospital de Clínicas firmou contrato
com a empresa BB Previdência, para aquisição de um plano de
aposentadoria complementar, surgindo assim o HCPA PREV, benefício
direcionado a todos os funcionários e dirigentes do hospital, com o
objetivo de complementar a aposentadoria oferecida pela Previdência
Oficial.

O plano funciona como uma poupança, onde o participante investe


todo mês para ter um benefício no momento da aposentadoria, da
invalidez ou do falecimento. Esta poupança vai contar também com
a contribuição da Patrocinadora do Plano (HCPA). Assim, pensando no
seu futuro e de seus familiares, o Hospital contribui todo mês para que
você possa manter o seu padrão de vida na aposentadoria.

Seguro de vida
O Hospital de Clínicas disponibiliza a seus funcionários seguro de vida
em grupo e auxílio-funeral, sendo o valor de R$ 2,39 descontado em
folha de pagamento (para os admitidos após 8/10/1996).

14

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


O seguro, em caso de óbito ou invalidez, é de R$ 14.755,00. Já a
assistência funeral abrange cobertura de despesas de até R$ 2.724,00.
Para acionar este serviço, basta ligar para os telefones 0800-5108466
ou 3311.8466.

Estacionamento
Todos os funcionários têm direito a utilizar os estacionamentos do
Hospital de Clínicas (prédio garagem ou vagas descobertas). Para isto,
basta obter credencial fornecida pela área de Serviços Gerais, mediante
apresentação de documento do carro, carteira de motorista, crachá
funcional e comprovante de pagamento de taxa anual.

Uniformes
Os uniformes de uso obrigatório em diferentes funções são fornecidos
gratuitamente. No caso de rescisão do contrato de trabalho, devem ser
devolvidos.

15

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Armários no vestiário
Quem desejar utilizar armários do vestiário deve cadastrar-se na Central
de Chaves (térreo).

Áreas de descanso e lazer


O Hospital de Clínicas disponibiliza áreas para descanso e lazer para os
funcionários:

• No subsolo, junto ao relógio de registro do ponto.


• Próximo ao Serviço de Processamento de Roupas.
• Ao lado da rampa de acesso ao subsolo.

16

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Normas e informações gerais
Uso do crachá
O uso do crachá é obrigatório, pessoal e intransferível. Ele permite a
identificação imediata das pessoas, facilitando o convívio e aumentando
a segurança de todos. Além disto, possibilita o acesso a serviços como
estacionamento e refeitório, vestiários e áreas controladas, com a
devida autorização. Para facilitar a visualização dos dados do crachá, é
proibido colocar nele adesivos e botons.

Solicite um novo crachá:

• quando o seu estiver sujo ou com o código de barras danificado;


• quando houver alteração no nome ou no cargo/ função;
• em caso de perda. Nesta situação, é preciso registrar a
ocorrência na Seção de Segurança e Informação e emitir um
novo crachá nos Serviços Gerais, no andar térreo.
• em caso de furto ou roubo, quando é necessário registrar
ocorrência policial e, posteriormente, os mesmos procedimentos
empregados em situações de perda.

OBS.: A partir da segunda solicitação do crachá será cobrada taxa de


confecção.

Informações em rede
A maior parte dos processos do Hospital de Clínicas é informatizada.
A tecnologia da informação está presente no registro e acesso a
dados relativos a pacientes, solicitação de exames, agendamento de
procedimentos, prescrição, requisição de serviços, controle do registro
de freqüência no cartão-ponto e diversos sistemas administrativos e

17

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


de pesquisa. Veja a seguir alguns dos recursos disponíveis.

Intranet
Consultando a intranet do Hospital, o funcionário encontra notícias,
informações institucionais e sobre gestão de pessoas, entre outras,
além de canais para solicitações de serviços.

A intranet pode ser acessada em qualquer computador do Clínicas.


O portal também pode ser consultado em computadores fora do
Hospital, mediante senha.

A partir da intranet, também são acessados, exclusivamente dentro do


Hospital, os aplicativos do AGH e os sistemas Informações ao Público e
Controle de Frequência.

O Clínicas dispõe, ainda, de um portal na internet. Todos estes itens


estão descritos a seguir.

Aplicativos para Gestão Hospitalar


O sistema Aplicativos para Gestão Hospitalar, mais conhecido como
AGH, é a ferramenta de apoio a todo processo assistencial, abrangendo
informações sobre pacientes, internação, ambulatório, diagnóstico,
nutrição, farmácia e atividades das comissões. Também disponibiliza
informações relativas a recursos humanos, suprimentos e área contábil.

O acesso ao AGH se dá através da intranet, em menu disposto ao


lado direito da tela. Lá, você também encontra um tutorial com
autotreinamento para utilização desta ferramenta.

18

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Sistema informações ao público
Acessado através da intranet, no item Aplicativos, o sistema também
conhecido como IAP permite localizar pessoas, áreas e tipos de
procedimentos dentro do Hospital.

Sistema de controle de frequência


No menu Aplicativos da intranet, o funcionário pode acessar este
sistema, que permite a consulta aos dados relativos a seu cartão-ponto
(registros de horários de entrada e saída, saldo do banco de horas etc.).

Portal na internet
Nos microcomputadores completos do Hospital, é possível acessar o
portal de internet do Clínicas, que fornece uma série de informações
sobre a estrutura, o funcionamento e as atividades da Instituição, além
de notícias sempre atualizadas. O endereço é http://www.hcpa.ufrgs.br.

Portal do colaborador
Permite aos funcionários acessar, através da Intranet, suas informações
cadastrais, além de dados como frequência, contracheque, férias,
treinamentos realizados, desconto do plano de saúde, etc, sendo
oferecido, também, links para página da intranet ou internet,
relacionados com assuntos de gestão de pessoas.

O Portal contém, também, um e-mail “Fale com a CGP”, através do qual


os funcionários comunicam-se com a Coordenadoria de Gestão de
Pessoas, tanto para solicitações como para manifestações a respeito de
serviços prestados, agilizando, assim, o processo de comunicação e o
atendimento ao usuário.

19

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Senhas para acesso aos sistemas e rede de
computadores
No momento em que é contratado na Instituição, o funcionário recebe
um nome de usuário e uma senha para acesso tanto ao AGH quanto a
uma conta de e-mail. É importante lembrar que as senhas são de uso
individual e não devem ser divulgadas ou compartilhadas com outras
pessoas sob nenhuma hipótese, sendo de inteira responsabilidade do
detentor o zelo pela guarda e uso correto da mesma (Decisão 005/2010
HCPA, Art. Art.2°). Uma das medidas de segurança é a exigência para
que cada usuário faça a troca da senha em até 6 meses, através da
Intranet, link Troca de senhas. Qualquer problema, como expiração ou
esquecimento da senha, pode ser solucionado no Serviços Gerais –
Central de Identificação, 1° andar, Sala 174.

Uso da rede sem fio (wireless)


O HCPA permite acesso à internet pela rede sem fio para pacientes
internados, visitantes, funcionários, professores ou alunos com
equipamentos próprios. Este acesso é disponibilizado de forma gratuita
e é pré-requisito que o solicitante possua equipamento com capacidade
de acesso à rede sem fio e saiba como fazer a configuração do mesmo,
a partir das instruções disponibilizadas. Maiores informações podem
ser obtidas na Intranet, link Portal de TI, Serviços, Utilizar rede sem fio.

Associações
Associação dos Funcionários (Ashclin)

Todo funcionário que tiver interesse pode se associar à entidade, que


promove atividades de lazer, esporte, integração e representatividade.
Também responde pela administração do Parque Social do Hospital,

20

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


que conta com quiosques e galpões com churrasqueiras, praça infantil,
campo de futebol, quadras de esportes, lancheria e pista atlética.
Mantém, ainda, convênio com diversas empresas comerciais e de
serviços. Ramal 8169.

Associação dos Médicos Contratados (Ameco)

Oferece aos seus associados serviços com fax, internet e fotocópias.


Também mantém uma série de convênios, em diversas áreas. Ramal
8993.

Associação dos Enfermeiros

Congrega os enfermeiros do Hospital de Clínicas e os da Escola de


Enfermagem da UFRGS, representando seus associados junto aos
órgãos de classe, sociedade civil, empresa e entidades congêneres. Ao
mesmo tempo, promove e incentiva atividades científicas, culturais
recreativas e beneficentes. Ramal 8554.

Associação dos Nutricionistas

São sócios efetivos desta entidade os nutricionistas contratados


para exercer sua profissão específica no Serviço de Nutrição

21

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


e Dietética do Hospital de Clínicas. Promove eventos
relacionados à nutrição, auxilia no aprimoramento profissional
e representa seus associados junto aos órgãos de classe.
Ramal 8183.

Associação dos Administradores

Congregando os administradores que pertencem ao quadro funcional


do Clínicas, a entidade promove atividades sociais, culturais, científicas,
recreativas e beneficentes, além de representar os associados junto
aos órgãos de classe. Ramal 8195 e site http://www.aadmclin.com.br.

Associação dos Técnicos-Científicos

Reúne os profissionais de nível superior atuantes em diversas áreas do


HCPA com o objetivo de representar seus sócios junto aos órgãos de
classe, promover atividades culturais e estudos e eventos científicos.
Ramal 8958.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes


É formada por 36 membros, sendo 18 representantes dos funcionários
– escolhidos em eleição direta – e 18 representantes indicados pela
Administração Central do Hospital. Reúne-se quinzenalmente para
discutir e analisar situações de risco e buscar propostas para sua
solução e também para a prevenção de acidentes.

Brigada de Incêndio
A Brigada de Incêndio do Hospital de Clínicas é um grupo organizado
de 125 voluntários treinados e capacitados para atuar na prevenção e
combate a princípios de incêndio. O grupo é composto por funcionários

22

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


dos diversos turnos de trabalho existentes na Instituição (manhã,
tarde, noites 1, 2 e 3). Ramal para chamados de emergência: 666 (via
telefonista).

Coral
O Hospital de Clínicas possui um Coral, formado por funcionários
de diversas áreas, que se apresenta em eventos internos e externos,
representando a Instituição.

Os interessados em participar do grupo devem fazer um teste vocal.


Os ensaios ocorrem nas quintas-feiras, das 19h30 às 21h30. Outras
informações pelo ramal 7619, com Marli.

Comunicação e divulgação
Uma Instituição com o porte e a complexidade do Hospital de Clínicas
precisa comunicar-se com diferentes públicos, sejam eles internos
– funcionários, professores, residentes, estagiários, estudantes,
pesquisadores – ou externos – pacientes e seus familiares, fornecedores,
autoridades, outras instituições, veículos de comunicação etc.

Para facilitar esse processo, o Clínicas conta com a Assessoria de


Comunicação, que intermedia os contatos com os veículos de
comunicação, produz o jornal Espaço Aberto, elabora notícias para
divulgação na internet e intranet, produz materiais de divulgação
institucional (Relatório Anual, Balanço Social, folder, vídeo institucional),
executa campanhas internas de comunicação, realiza o registro
fotográfico tanto de eventos quanto de procedimentos assistenciais
destinados ao uso científico e acadêmico por parte de professores e
equipes de saúde atuantes na Instituição. Ramal 8773.

23

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

Presidente
Prof. Amarilio Vieira de Macedo Neto

Vice-presidente médica
Profa. Nadine de Oliveira Clausell

Vice-presidente administrativa
Bel. Tanira Andreatta Torelly Pinto

Coordenadora do Grupo de Enfermagem


Profa. Ana Maria Müller de Magalhães

Coordenadora do Grupo de Pesquisa e Pós-graduação


Prof. Flávio Kapczinski

Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.


Para verificar as assinaturas, acesse www.tcu.gov.br/autenticidade, informando o código 50770217.