Você está na página 1de 16

GLOSSÁRIO

Introdução

1 Nós nascemos artistas?

Como estudar arte do


2
zero?

Vantagens e desvantagens
3 em aprender por conta
própria

As diferenças no
4 aprendizado por hobby ou
profissão

Conclusão
INTRODUÇÃO

Para começar a estudar arte, basta ter vontade.


O primeiro passo é entender que todos podem praticar a
arte e saber que nunca é tarde para aprender e que
existem diversas maneiras para fazer isso. Este e-book
trata de temas que auxiliam no início da reflexão sobre o
aprendizado da arte, cada capítulo aborda um tema sobre
este assunto e pode ser muito útil para quem pensa em
começar a estudar arte.
Boa leitura!

This is a quote you can use to further


highlight a point or message.

AUTHOR NAME HERE

belas.art.br
DOM OU TÉCNICA?

Saiba o que é mais importante na arte.

Segundo o inventor Thomas Edison, “todo talento é 1% inspiração e 99%


transpiração”. Para ser um artista, por exemplo, de nada adianta ter um
dom e não trabalhá-lo da maneira adequada. A palavra dom vem do latim
“donus” e significa dádiva. Ou seja, é uma capacidade especial de realizar
tarefas, como saber tocar um instrumento musical com desenvoltura. Mas
para atingir um nível elevado de qualidade, esse talento também precisa
ser lapidado com muita disciplina, treino e estudos.

Investir no que você tem de melhor pode resultar em uma carreira bem
sucedida como cantor, atriz, dançarino ou artista plástico, por exemplo.
Ninguém nasce um artista completo, mas é possível batalhar para alcançar
esse patamar. Os pais e a escola têm um papel importante: desde cedo é
preciso mostrar para as crianças que além de um emprego formal, no
escritório, é possível ganhar a vida fazendo arte.

Uma escola de artes é um ótimo ambiente para aprimorar ou descobrir


talentos. Além da liberdade de expressão, é possível aprender técnicas
diferentes, conviver com pessoas do meio e trocar experiências.

Muitas vezes, as pessoas nem sabem se querem trabalhar com arte ou


praticar a atividade apenas como hobby. Dedicar o tempo livre a uma
atividade é uma boa forma de exercitar a criatividade e desenvolver
habilidades. Existem inúmeros exemplos de que nem sempre a vida
artística é a primeira opção.
Listamos abaixo alguns artistas que possuem diploma universitário nas
mais diversas áreas:

•Emma Watson
A eterna Hermione da saga Harry Potter se formou em maio de 2014, em
Literatura Inglesa. A atriz preferiu não se acomodar na vida de famosa e
começou o curso em 2009 na prestigiada Universidade de Oxford, mas o
concluiu na Universidade Brown, nos Estados Unidos.

•James Franco
O ator cursou Letras na Universidade da Califórnia em Los Angeles
(UCLA), mestrado em Literatura na Universidade de Columbia e estudou
Cinema na Universidade de Nova York, Ficção no Brooklin College e
Poesia no Warren Wilson College. Possui doutorado em Língua Inglesa,
pela Universidade de Yale, e em Literatura e Escrita Criativa, pela
Universidade de Houston.

•Wagner Moura
Muito antes de virar o Capitão Nascimento de Tropa de Elite, Wagner
Moura estudou Jornalismo na Universidade Federal da Bahia (UFBA).

•Natalie Portman
A atriz é graduada em Psicologia pela Universidade de Harvard, uma das
mais conceituadas do mundo. Na época, declarou que entraria na
faculdade mesmo que isso arruinasse sua carreira.

•Hugh Jackman
O Wolverine, de X-Men, cursou Jornalismo na Universidade de Tecnologia
de Sydney, na Austrália. Depois de se formar, ele fez Artes Dramáticas na
Academia da Austrália Ocidental de Artes Cênicas.

•Jamie Foxx
O intérprete de Ray Charles no cinema é Bacharel em Música pela United
States International University.

Com informações de Brainstorm9 e Canal do Empreendedor.


DICAS PARA COMEÇAR
A ESTUDAR

“Não posso mais aprender outras línguas”, “passei do tempo de aprender a


tocar um instrumento” ou “é muito tarde para me inscrever na aula de
dança”. Frases como essas servem para adiarmos alguma atividade, mas
a verdade é: nunca é tarde para aprender. Não importa se você tem 15 ou
75 anos, não existe um tempo determinado para começar a estudar.

Independente da idade, a grande questão é por que começar a estudar


determinado assunto. Pensando no porquê, é possível descobrir o “o que”
e o “como” com muito mais facilidade. Por exemplo, você sempre quis
entender um pouco mais sobre o mundo das artes, aprender sobre a
história e culturas de outras partes do mundo. O estudo da arte ajuda no
desenvolvimento e permite que a pessoa expresse seus sentimentos.

Mas, por onde começar? Se você não tem tempo, nem recursos
financeiros para investir, cursos em plataformas gratuitas na internet são
uma boa opção. Portais como o eduK e o Veduca costumam disponibilizar
aulas on-line sobre os mais variados temas. Também existem as escolas e
conservatórios que oferecem horários flexíveis e acompanhamento com
professores qualificados.

Seja qual for o meio escolhido, o importante é ter disciplina e criar uma
rotina. Diversas aulas são semanais e seguem um plano de estudo para
que o aluno acompanhe facilmente. Caso você pesquise por conta própria,
busque reservar um tempo pré-determinado para se dedicar inteiramente,
sem distrações.
É importante ter em mente que é possível aprender se você quiser,
independente da situação. Encontre o que te motiva e busque o melhor
caminho.

Com informações de: Portal Educação e Psicologia MSN.


BENEFÍCIOS E PROBLEMAS
EM SER AUTODIDATA
“O autodidata é curioso, questionador e desbravador”

Ser autodidata é, antes de mais nada, ser curioso, sempre questionar o


porquê das coisas e tentar descobrir as respostas por conta própria. O
ponto de partida, hoje, é a internet, mas as bibliotecas e os livros
continuam aí como fontes relevantes. Publicações especializadas e
arquivos pessoais também auxiliam os amantes do conhecimento.

No campo das artes, todo esse processo, além de envolver a parte teórica,
também depende da prática. Para aprender a tocar um instrumento, cantar,
desenhar ou interpretar, é preciso ter disciplina para treinar
constantemente. Porém, apesar do aprimoramento das técnicas depender
apenas da pessoa, o meio em que ela está inserida pode influenciá-la. Em
uma escola de artes a troca de experiências e a convivência com outros
artistas estimulam a criatividade e possibilitam a abertura de novos
caminhos.

Para sanar suas dúvidas, listamos na próxima página as vantagens e


desvantagens de ser autodidata. Confira!
BENEFÍCIOS E PROBLEMAS
EM SER AUTODIDATA

Vantagens

- O autodidata não conhece limites e pode dominar um ou mais tópicos;

- O horário flexível permite a melhor distribuição do tempo neste tipo de


aprendizagem;

- É possível estudar quando e onde quiser, sem precisar se preocupar com


memorizações para provas específicas;

- É possível aprender muito com recursos limitados. Uma boa conexão


com a internet é o suficiente para começar.

Desvantagens

- A aprendizagem autodidata não é mais fácil e, muitas vezes, a figura de


um professor pode ajudar a esclarecer dúvidas;

- O desenvolvimento da autocrítica fica comprometido, pois não há um


nível de comparação;

- Instituições emitem títulos oficiais e certificados, um diferencial no


mercado de trabalho;

- O ambiente de ensino proporciona a troca de aprendizagem com


profissionais mais experientes e colegas que podem ter uma visão
diferente e expandir a sua.
APRENDIZADO POR HOBBY OU
POR PROFISSÃO
Qual a diferença entre os dois?

Quando chegamos ao momento em que precisamos decidir qual profissão


iremos seguir, o caminho mais comum é analisar variáveis como
remuneração, rotinas e ambientes de trabalho, setores de atuação,
verificar a grade curricular dos cursos e conversar com profissionais do
mercado. Porém, muitas vezes sentimos um forte interesse por mais de
uma área de conhecimento, que acabamos transformando em hobbies.

Como já comentamos aqui, hobby é uma atividade despretensiosa, que se


faz por divertimento nas horas vagas e pode se transformar em profissão.
Mas será que existe diferença de aprendizado entre o aluno que ingressa
em algum curso por prazer e aqueles que pretendem iniciar uma carreira
profissional?

Os direcionamentos dos professores são os mesmos, não há distinção


entre os alunos. O que muda, na prática, é a intensidade do envolvimento
da pessoa com o tema. Quem tem o intuito de se profissionalizar, deve
buscar faculdades na área escolhida ou cursos profissionalizantes, que
oferecem atrativos como diplomas e certificados, diferenciais no mercado
de trabalho.

Outro ponto que difere a profissão do hobby é a remuneração. A qualidade


dos dois pode ser igual, mas o profissional depende da renda gerada pela
atividade para pagar as contas e se sustentar. Já quem faz por diversão,
na maioria das vezes, possui outro trabalho.
CONCLUSÃO

É irrevogável que a arte é necessária a todo ser humano,


seja por apreciação ou por prática. Ser um artista
demanda estudo e dedicação, pois são as técnicas, a
observação e a reflexão que dão a ele toda liberdade de
criação e interpretação. Uma questão importante é saber
qual é o seu objetivo em aprender determinada atividade
artística e a partir desta conclusão determinar os
caminhos para alcançar suas metas.
Esperamos ter ajudado com este material, fique atento às
próximas publicações!

This is a quote you can use to further


highlight a point or message.

AUTHOR NAME HERE

belas.art.br
O CONSERVATÓRIO

O Conservatório Belas Artes de Joinville ministra aulas


desde 1993 e os cursos oferecidos abrangem diversas
áreas de artes como música, artes cênicas e artes visuais.
A escola desenvolveu uma forma de ensino em que o
conteúdo teórico e a prática caminham juntos, o aluno não
aprende apenas a tocar um instrumento, dançar ou atuar,
mas também a desenvolver-se como artista.

Conheça mais sobre o conservatório no site: belas.art.br

This is a quote you can use to further


highlight a point or message.

AUTHOR NAME HERE

belas.art.br
CONHEÇA NOSSOS CURSOS
Fale conosco e tire as suas dúvidas sobre
horários flexíveis, preços
e metodologia de ensino do
Conservatório Belas Artes.

AGENDE UMA CONVERSA

belas.art.br