Você está na página 1de 49

See discussions, stats, and author profiles for this publication at: https://www.researchgate.

net/publication/325344214

Gestão Inteligente de Água com Internet das Coisas

Presentation · May 2018

CITATIONS READS

0 59

1 author:

Carlos Alberto Kamienski


Universidade Federal do ABC (UFABC)
150 PUBLICATIONS   719 CITATIONS   

SEE PROFILE

Some of the authors of this publication are also working on these related projects:

Municipal Wireless Network: Public Policy and Performance Analysis View project

InterSCity - Enabling the Future Internet for Smart Cities View project

All content following this page was uploaded by Carlos Alberto Kamienski on 24 May 2018.

The user has requested enhancement of the downloaded file.


Carlos Kamienski
(cak@ufabc.edu.br)
Gestão Inteligente
19 de Maio de 2018
de Água com
Internet das Coisas
Internet das Coisas

IoT
2
Internet das Coisas – Internet of Things - IoT

•  IoT é uma revolução tecnológica que visa


conectar objetos comuns (coisas) à
Internet
•  Várias aplicações (verticais)
•  Componentes
–  Sensores & Atuadores
–  Conectividade
–  Pessoas & Processos

3
Internet das Coisas (IoT)

•  Qualquer objeto (coisa) deve ser capaz de interagir


conosco ou com sistemas automatizados de gestão
•  Exemplo típico de IoT
–  Sua geladeira lhe informa que está faltando manteiga

4
Internet das Coisas (IoT)

•  Termo cunhado por Kevin Ashton, um dos


fundadores do MIT Auto-ID Center que pesquisava
o uso de RFID para a logística integrada
•  Ashton teria usado o termo em 1999 numa
apresentação para a Procter & Gamble (P&G)
•  Até hoje ainda não existe uma definição
unificada de IoT e amplamente aceita de IoT

5
IoT – Termos relacionados

•  Internet of Things, People & Services


–  Outro termo para incluir pessoas e serviços
•  Internet of Everything
–  CISCO: “conexão inteligente de coisas, pessoas e serviços”
•  Web of Things
–  Uso de padrões WWW para evoluir IoT (HTTP, REST, JSON, etc.)
•  Wireless Sensor Networks (WSN)
–  Na academia se usa IoT para se referir a WSN (IoT é mais moderno!)
•  Cyber-Physical Systems (CPS): sinônimo (ou não) de IoT
•  Machine-to-Machine (M2M) Communications

6
IEEE - Towards a definition of the Internet of Things (IoT) – iot.ieee.org
IoT – Tecnologias Relacionadas

•  Computação em nuvem
•  Computação em névoa
•  Big Data Analytics (IA/IC, aprendizado de máquina, etc.)
•  Softwarização de redes
•  Bancos de dados NoSQL
•  Processamento em “tempo real”

7
Internet of Things (IoT)
•  Sensors & Actuators
•  Connectivity
•  People & Processes

8
http://www.postscapes.com/
Plano Nacional de IoT – BNDES/MCTIC

9
Plano Nacional de IoT

10
Plano Nacional de IoT – BNDES/MCTIC

11
IEEE - IoT Vertical and Topical Summit for Agriculture

http://tuscany2018.iot.ieee.org/ 12
Gestão Inteligente da Água

Irrigação de Precisão

Agricultura Inteligente

13
Agricultura de Precisão

Agricultura de precisão está associado à


utilização de aparelhagem de tecnologia
avançada para avaliar e acompanhar de
maneira mais precisa as condições das áreas
de atividades agronômicas baseada no
princípio da variabilidade do solo e clima

https://pt.wikipedia.org/wiki/Agricultura_de_precisão 14
Variabilidade Espacial do Solo

Wikipedia - Gfaulin 15
Agricultura de Precisão – Irrigação de Precisão

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA 16


Agricultura de Precisão – Irrigação de Precisão
•  Independente do tamanho, nenhuma lavoura ou propriedade
é totalmente uniforme
–  Aplicação espacialmente diferenciada (taxa variável) de água e
insumos (Fertilizantes, Pesticidas, Calcário, etc.)
–  Tecnologia: Eletrônica embarcada, GPS, Sensores, Atuadores, ...
•  A disponibilidade de água no solo também não é uniforme e
pode variar rapidamente
–  Aplicação espacialmente diferenciada de água ou irrigação à taxa
variada

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA 17


Irrigação de Precisão

•  Fatores que podem afetar a variabilidade da


disponibilidade e necessidade hídrica
– Tipo de solo (textura, estrutura, matéria orgânica,
profundidade dos horizontes, condutividade hidráulica)
– Topografia
– Múltiplos cultivos simultâneos ou mesmo partes não
cultivadas
– Obstáculos e estruturas físicas (valas de drenagem)

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA 18


Desperdício de Água
•  Produtores irrigam em demasia para não gerar
estresse hídrico nas plantas
•  Eles desconhecem
–  A “capacidade de campo” do solo
–  O potencial de água para a planta no solo
–  A humidade do solo disponível para o sistema radicular em várias
profundidades
•  Solução
–  Conhecer solo, condições meteorológicas e plantas e irrigar
somente o necessário
19
Imagem aérea do solo nu / topografia

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA


Condutividade Elétrica do Solo
Mapeada com equipamento Veris 3100

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA


Mapa de aplicação da irrigação à taxa variada

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA


Sensores de Solo nas Zonas de Manejo

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA


Comparação: irrigação convencional com VRI

•  Média:
–  VRI: 5543 kg/ha
–  Convencional.: 5552 kg/ha
•  Sistema VRI consumiu ½ água
utilizada pelo convencional
•  Metade mais úmida VRI
produziu + 8,4%
•  Metade mais seca o
convencional produziu + 9,6%

Slide cedido por André Torre - EMBRAPA


A necessidade de experiências práticas

•  A prática com IoT está sendo cada vez mais incentivada


–  Necessidade de “mão na massa” está cada vez mais evidente
•  Pilotos de grande e pequena escala estão sendo desenvolvidos em várias
partes do mundo
•  Projeto SWAMP
–  Cooperação Brasil / Europa
–  IoT Pilots

25
24/05/18 SWAMP 26
24/05/18 SWAMP 27
24/05/18 SWAMP 28
24/05/18 SWAMP 29
30
Consórcio: 5 instituições do BR e 5 da EU

Unibo

31
O Projeto SWAMP

O projeto SWAMP desenvolve um conceito


de sistema de alta precisão para a irrigação
inteligente na agricultura

A principal ideia é possibilitar otimização na


irrigação, distribuição e consumo de água baseada
em uma análise holística que considera vários
aspectos do sistema de maneira integrada
32
SWAMP: Objetivos

Desenvolver métodos e abordagens para a gestão


inteligente de água na irrigação de precisão na agricultura

Tratar das mudanças climáticas através do uso


mais eficiente de água e energia

Maximizar a produtividade e melhorar a qualidade

Testar as abordagens: dois pilotos no Brasil e dois pilotos na


Europa

24/05/18 SWAMP 33
SWAMP: Desafios

Automatizar plataformas avançadas e integrar tecnologias e soluções diferentes

Reduzir o esforço no desenvolvimento de software com IoT, big data, nuvem e IA

Integrar sensores heterogêneos (incluindo drones) na irrigação de precisão

Desenvolver novos modelos de negócios

Oferecer plataforma flexível e adaptável para diferentes


contextos, locais, culturas, países, climas, solos, etc.

24/05/18 SWAMP 34
SWAMP: Desafios e Novidades
1.  Viabilidade do uso de IoT na gestão inteligente
de água para a agricultura de precisão
2.  Plataforma escalável e flexível para vários
cenários, culturas, climas, contextos
3.  Algoritmos inteligentes para a irrigação de
precisão e optimização da distribuição de água
4.  Integração de sensores heterogêneos, inclusive
drones
5.  Implantação em quatro pilotos (dois no Brasil e
dois na Europa)

35
https://twitter.com/SwampProject
SWAMP Website

36
SWAMP: Público Alvo

¤  Desenvolvedores de sistemas que usam IoT para agricultura


ü  Plataforma customizável para diferentes cenários

¤  Fornecedores de soluções de IoT, incluindo drones


ü  Extensão dos negócios para a área de agricultura

¤  Produtores rurais
ü  Redução de custos, sustentabilidade, melhoria da qualidade

¤  Distribuidores de água para irrigação


ü  Redução de desperdício, aumento da eficiência
37
https://www.researchgate.net/project/SWAMP-Smart-Water-Management-Platform-2
SWAMP Website

38
SWAMP: Visão

39
https://www.researchgate.net/project/SWAMP-Smart-Water-Management-Platform-2
San Michele-Fosdondo / CBEC - Itália

•  CBEC: Consórcio de Irrigação


•  Canais abertos para distribuição de água retirada principalmente do Rio Pó, próximo a Bolonha (Itália)
•  Diversos sistemas de irrigação (superfície, aspersores, gotejamento) e culturas (uvas, peras, milho)
•  Objetivos: reduzir o desperdício (80%) e o uso de energia das bombas

40
Cartagena / Intercrop - Espanha

•  Cartagena é uma região semidesértica: água para irrigação vem da dessalinização da água do mar
•  Culturas: alface, couve-flor, espinafre, etc.
•  Problema sério de falta de água
•  Objetivo: maximizar a produtividade reduzindo o consumo de água
41
Rio das Pedras / MATOPIBA - Brasil

•  Área entre os estados no cerrado: Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia


•  Luís Eduardo Magalhães (Bahia) é a “capital” do MATOPIBA
•  Produção de soja, algodão, milho, usando pivôs centrais
•  Objetivo: economizar energia usada para a irrigação (grande parte do custo de produção)
•  Energia à noite custa 10% do custo do dia, mas a planta não faz fotossíntese
42
Espírito Santo do Pinhal / Guaspari - Brasil

•  Vinícola Guaspari na Serra da Mantiqueira (SP) com altitudes entre 800m e 1300m
•  Premiada por seus vinhos de qualidade
•  Irrigação é essencial para a vitivinicultura nessa região
•  Objetivo: fazer irrigação espacialmente diferenciada (zonas de manejo) para aprimorar a qualidade das
uvas e consequentemente, dos vinhos
43
Arquitetura SWAMP - Preliminar

44
Sonda de solo (conjunto de sensores)

45
Sonda de solo (conjunto de sensores)

46
SWAMP: Inovação

Mercado
ü  Oferta de novas tecnologias para irrigação
ü  Redução de desperdícios e aumento da produtividade
ü  Novos modelos de negócio para o mercado de gestão inteligente de água
•  Mercado agrícola é muito carente do uso de tecnologia

Pesquisa
ü  Integração de várias tecnologias em uma única plataforma adaptável
ü  Desenvolvimento de algoritmos inteligentes para irrigação
ü  Uso efetivo de drones na irrigação
ü  Exploração de novas possibilidades de manejo da irrigação

https://www.youtube.com/channel/UCBhiat4FfEv65I2Nofrv2lg 47
Gestão
Inteligente de
Água com
Internet das
Obrigado! Coisas

Carlos Kamienski
(cak@ufabc.edu.br)

View publication stats