Você está na página 1de 7

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

Sumário

1. Objetivo

2. Abrangência

3. Siglas e Definições

4. Diretrizes

5. Registros

6. Referências

7. Anexos
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

1. Objetivo:

Estabelecer critérios e procedimentos a serem adotados quando da ocorrência de acidentes de


trabalho.

2. Abrangência:

Aplica-se a todos os setores da clínica Oncocentro.

3. Siglas e Definições:

CAT – Comunicação de Acidente do Trabalho

B.O – Boletim de Ocorrência

RIT – Relatório de Incidente de Trabalho

CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes


SESMT – Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho

4. Diretrizes:

4.1 Procedimentos em caso de acidentes típicos

 Após a ocorrência do acidente de trabalho, o acidentado comunica seu Supervisor/


Coordenador;

 O Supervisor/Coordenador/ aciona imediatamente o SESMT onde o técnico de segurança


do trabalho conduzirá o fato ocorrido até seu desfecho;

 Se não houver a necessidade de acompanhamento médico, o técnico de segurança


realizará a investigação do incidente juntamente com um representante da CIPA,
supervisor do setor e acidentado, onde o RIT será preenchido e encaminhado ao CSO via
Fluig para arquivamento, uma cópia do RIT será arquivado na pasta da CIPA, e as ações
propostas se houver, serão acompanhadas pelo técnico de segurança do trabalho.
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

 Se houver necessidade de atendimento médico, o colaborador será encaminhado ao


Biocor ou um serviço médico mais próximo, em companhia do técnico de segurança ou
responsável do setor.

 Após o atendimento médico, o técnico de segurança do trabalho realizará a investigação


do acidente juntamente com um representante da CIPA, supervisor do setor e acidentado,
para identificar a causa do acidente e propor medidas corretivas se for o caso, e
acompanhar as ações se houver, posteriormente, abrirá chamando via Fluig para solicitar
abertura da CAT junto ao CSO. Após emitida e assinada pelos responsáveis, uma via da
CAT será entregue ao acidentado, e outra deverá ser arquivada no dossiê do colaborador
juntamente com uma cópia do relatório de acidente.

4.2 Acidentes de Trajeto

 Em caso de acidente de trajeto, o colaborador deverá comunicar imediatamente sua


coordenação/ supervisão, que acionará a segurança do trabalho;

 Até o primeiro dia útil após a ocorrência o acidentado deverá apresentar à segurança do
trabalho cópia do boletim de ocorrência, atendimento médico ou duas testemunhas;

 O técnico de segurança do trabalho realizará a análise do acidente com o intuito de se


verificar a necessidade de abertura da CAT. Caso haja necessidade de abertura da CAT,
deverá ser aberto chamado via Fluig para solicitar junto ao CSO. Após emitida e assinada
pelos responsáveis, uma via será entregue ao acidentado e outra arquivada no dossiê do
colaborador.

 Caso haja necessidade de atendimento médico, o colaborador será encaminhado ao


Biocor ou um serviço médico mais próximo, em companhia do técnico de segurança ou
responsável do setor.
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

4.3 Acidentes com material biológico

Classificação dos acidentes com risco Biológico

 Exposições percutâneas: Lesões provocadas por instrumentos perfurantes e cortantes (por


exemplo: agulhas, bisturi, vidrarias).

 Exposições em mucosas: Respingos na face envolvendo olho, nariz, boca ou genitália.

 Exposições cutâneas (pele não íntegra): Contato com pele com dermatite ou feridas
abertas.

Procedimentos imediatos ao acidente

 O colaborador acidentado deverá comunicar imediatamente a coordenação/ supervisão a


ocorrência do acidente;

 Deverá ser informado ao SESMT, que conduzirá o fato ocorrido ao seu desfecho;

 Deverão ser tomados os primeiros cuidados após o acidente com a área exposta como:

Lavar imediatamente o local com água e sabão;

Em caso de mucosas, aplicar soro fisiológico;

 O colaborador acidentado deve ser encaminhado para coleta de sangue para a realização
dos seguintes exames: Exames sorológicos anti- HIV, HBsAg, Anti-HBs ( se desconhecido)
e Anti HCV

 Se a fonte for conhecida, solicitar consentimento do paciente fonte por escrito para coleta
de sangue e realização de sorologias. Exames sorológicos anti-HIV, HBsAg, anti-HCV.
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

 Caso seja indicado o encaminhamento à UPA, o colaborador acidentado deve levar os


documentos pessoais e acompanhado do seu Supervisor/ Coordenador, ou Técnico em
Segurança do Trabalho.

 Na UPA o colaborador será atendido pelo médico responsável, e este orientará a conduta
adequada de acordo com o acidente e quais os procedimentos necessários. Serão
emitidos relatório e atestado, se houver, para preenchimento da CAT. Após atendimento
será agendado retorno para reavaliação clinica se necessário. O colaborador retornará a
UPA na data previamente agendada.

 A ocorrência de acidentes com material biológico deverá ser comunicada a Comissão de


Controle de Infecção.

 No serviço de saúde, deverá ser identificado como acidente com risco biológico, afim de
que seja facilitado a identificação e acompanhamento da janela imunológica.

 Posteriormente o acidentado deverá ser encaminhado ao médico do trabalho para realizar


o acompanhamento do acidente que deverá ocorrer até 6 meses após o acidente, o que se
negar a realizar a rotina sorológica, deve estar ciente do fato e assinar termo de
compromisso o qual ficará arquivada em seu dossiê; Afastamentos deverão ser
comunicados ao Departamento Pessoal do CSO.
PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

 Após o atendimento médico, o técnico de segurança do trabalho realizará a investigação


do acidente juntamente com um representante da CIPA, supervisor do setor e acidentado,
para identificar a causa do acidente e propor medidas corretivas se for o caso, e
acompanhar as ações se houver, posteriormente, abrirá chamando via Fluig para solicitar
abertura da CAT junto ao CSO. Após emitida e assinada pelos responsáveis, uma via da
CAT será entregue ao acidentado, e outra deverá ser arquivada no dossiê do colaborador
juntamente com uma cópia do relatório de acidente.

4.4 Acidentes com derramamento de quimioterápicos

 O colaborador exposto a acidente com derramamento deverá imediatamente informar a


sua gestão imediata. O SESMT deverá ser informado do acidente e acompanhará a
conduta até o desfecho. O colaborador deverá realizar a conduta inicial após o acidente
em que houver contaminação, conforme PRQ ONCO 020 – Conduta em acidentes:
Derramamento e contaminação pessoal, ambiental e na CSB. O colaborador que for
exposto ao produto proveniente do acidente com derramamento, deverá ser encaminhado
a unidade de atendimento acompanhado pelo técnico de segurança do trabalho ou
supervisor do setor, afim de que seja realizado o atendimento médico necessário.

 Se após avaliação médica for identificada alguma lesão, o técnico de segurança realizará a
investigação do acidente juntamente com um representante da CIPA, supervisor da área e
acidentado, que deverá ser encaminhado via Fluig ao CSO para que seja feita a abertura
da CAT, uma via da CAT deverá ser entregue para o acidentado e outra arquivada no
dossiê do colaborador. Se for somente derramamento no ambiente, a análise de
investigação de incidente deverá ser realizada juntamente com um representante da CIPA,
supervisor da área e o colaborador envolvido, que deverá ser encaminhado via Fluig ao
CSO para análise e arquivamento.

4.5 Acidentes com terceiros


PROCEDIMENTO DA QUALIDADE PRQ ONCO 015

PRQ ONCO 015 – CONDUTA EM ACIDENTES DE TRABALHO

 Em caso de acidentes com terceiros ocorridos dentro da unidade, deverá ser seguido o
procedimento do prestador de serviço e os acidentes deverão ser comunicados ao SESMT
da Oncocentro para acompanhamento e validação das ações se houver.

5. Registros

Ficha de Investigação de acidente de trabalho.


RIT Relatório de Incidente de Trabalho

6. Referências

PCMSO – Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional


Norma Regulamentadora 32- Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde
Ministério da Previdência Social
Ministério da Saúde, Portal da Saúde – Recomendações para Atendimento e acompanhamento
Ocupacional a acidentes de Trabalho.

7. Anexos
Não se aplica