Você está na página 1de 1

Universidade Federal de Minas Gerais

Faculdade de Letras
Câmara de Ensino

Disciplina: Entre os manuscritos e o livro: Clarice com Llansol Código: LET 286

Professor: Lucia Castello Branco (com acompanhamento do doutorando Alex Ano:2016 Semestre: 2º
Keine, em estágio docência)

Pré-requisito:

Carga horária teórica: 60 h Carga horária prática: Total: 60 h Nº créditos: 04

Ementa: Disponível no site http://grade.letras.ufmg.br - colegiado – projeto pedagógico. Ementa original não pode ser alterada
(disciplinas obrigatórias)
Conteúdo Programático (unidades e subunidades)
Ementa: A partir da leitura de Um sopro de vida, de Clarice Lispector, e do exame de fragmentos do manuscrito da
obra, será investigada a relação entre manuscrito e livro, entre escrita e livro. Pretende-se apresentar algumas noções
básicas da crítica genética como ferramentas de pesquisa. Ao longo da disciplina, recorreremos à noção de
textualidade formulada por Maria Gabriela Llansol, bem como às noções de traço e letra, extraídas da psicanálise.

Programa:

I – Manuscritos e crítica genética


O que há em um manuscrito?
Texto e prototexto
O processo criativo e seus vestígios

II – Um sopro de vida
O pensamento do livro e a pulsão da escrita
O manuscrito entre livro publicado e livro ausente
A obra e o livro por vir

Bibliografia básica (listar no mínimo 4 e no máximo 6 livros,informando se o livro é encontrado nas bibliotecas da
UFMG)
BLANCHOT, Maurice. O livro por vir. SP: Martins Fontes, 2013. (sim)
BORELLI, Olga. Clarice Lispector: esboço para um possível retrato. RJ: Nova Fronteira, 1981. (não)
HAY, Louis. A literatura dos escritores: questões de crítica genética. BH: Ed. UFMG, 2007. (sim)
LISPECTOR, Clarice. Um sopro de vida. 3 ed. RJ: Nova Fronteira, 1978. (sim)
LLANSOL, Maria Gabriela. Lisboaleipzig 1: o encontro inesperado do diverso. Lisboa: Rolim, 1994. (não)
WILLEMART, Philippe. Crítica genética e psicanálise. SP: Perspectiva, 2005. (sim)