Você está na página 1de 6

CESPE | CEBRASPE – EBSERH_ASSISTENCIAL – Aplicação: 2018

• Cada um dos itens das provas objetivas está vinculado ao comando que imediatamente o antecede. De acordo com o comando a que cada um deles esteja vinculado, marque, na Folha de Respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue

o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO. A ausência de marcação ou a marcação de

ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento válido para a correção das suas provas objetivas.

, os dados

• Em suas provas, caso haja item(ns) constituído(s) pela estrutura Situação hipotética:

seguida de Assertiva:

apresentados como situação hipotética deverão ser considerados premissa(s) para o julgamento da assertiva proposta.

• Eventuais espaços livres — identificados ou não pela expressão “Espaço livre” — que constarem deste caderno de provas poderão ser utilizados para anotações, rascunhos etc.

CONHECIMENTOS BÁSICOS

Texto CB1A1AAA

1

Já houve quem dissesse por aí que o Rio de Janeiro é

 

a

cidade das explosões. Na verdade, não há semana em que os

jornais não registrem uma aqui e ali, na parte rural.

4

A ideia que se faz do Rio é a de que é ele um vasto paiol, e que vivemos sempre ameaçados de ir pelos ares, como se estivéssemos a bordo de um navio de guerra, ou habitando

7

uma fortaleza cheia de explosivos terríveis.

Certamente que essa pólvora terá toda ela emprego útil; mas, se ela é indispensável para certos fins industriais,

10

convinha que se averiguassem bem as causas das explosões, se são acidentais ou propositais, a fim de que fossem removidas na medida do possível. Isso, porém, é que não se tem dado e

13

creio que até hoje não têm as autoridades chegado a resultados positivos. Entretanto, é sabido que certas pólvoras, submetidas

16

a dadas condições, explodem espontaneamente, e tem sido essa

a

explicação para uma série de acidentes bastante dolorosos, a

começar pelo do Maine, na baía de Havana, sem esquecer

19

também o do Aquidabã. Noticiam os jornais que o governo vende, quando avariada, grande quantidade dessas pólvoras.

22

Tudo indica que o primeiro cuidado do governo devia ser não entregar a particulares tão perigosas pólvoras, que explodem assim sem mais nem menos, pondo pacíficas vidas

25

em constante perigo. Creio que o governo não é assim um negociante ganancioso que vende gêneros que possam trazer a destruição

28

de vidas preciosas; e creio que não é, porquanto anda sempre zangado com os farmacêuticos que vendem cocaína aos suicidas. Há sempre no Estado curiosas contradições.

Lima Barreto Pólvora e cocaína In: Vida urbana, 5/1/1915 Internet: <www dominiopublico gov br> (com adaptações)

Com relação às ideias do texto CB1A1AAA, que data de janeiro de 1915, julgue os itens a seguir.

1 Infere-se do texto que seu autor concorda com a ideia de que

a cidade do Rio de Janeiro, à época, assemelhava-se a um vasto paiol.

2 Conforme o texto, o governo vendia a particulares todo o excedente de explosivos não utilizados.

3 Conclui-se do texto que as autoridades do estado do Rio de Janeiro eximiam-se de investigar as causas das explosões que ocorriam no estado.

No que se refere às estruturas linguísticas do texto CB1A1AAA,

julgue os itens seguintes.

4

Feitas as devidas alterações nas letras maiúsculas e minúsculas

e retirada a vírgula após “Na verdade” ( R .2), esta expressão

poderia ser deslocada para o final do período, logo após

“rural”, sem prejuízo para a correção gramatical e para os

5

sentidos do texto.

O trecho “se são acidentais ou propositais” ( R .11) exprime uma

condição sobre a ideia expressa na oração anterior.

6

A inserção de caso fossem imediatamente antes do termo

“submetidas” ( R .15) explicitaria o sentido condicional do

trecho “submetidas a dadas condições” ( R . 15 e 16) sem que

houvesse prejuízo para a correção gramatical do texto.

7

A correção gramatical do texto seria mantida, se o período

“Noticiam os jornais que o governo vende, quando avariada,

grande quantidade dessas pólvoras” ( R . 20 e 21) fosse reescrito

como Uma grande quantidade dessas pólvoras é vendida

pelo governo, quando avariadas — noticia-se nos jornais,

embora a ênfase nas informações desse período fosse alterada.

8

A correção gramatical do penúltimo parágrafo do texto seria

preservada, embora seu sentido fosse alterado, caso o advérbio

9

“não”

( R .23)

fosse

“governo” ( R .22).

deslocado

para

imediatamente

após

O sujeito elíptico da forma verbal “anda” ( R .28) retoma a

expressão “um negociante ganancioso” ( R . 26 e 27).

CESPE | CEBRASPE – EBSERH_ASSISTENCIAL – Aplicação: 2018

Texto CB1A1BBB

1

São José do Rio Preto, centro urbano de tamanho médio, com cerca de 408 mil habitantes em 2010, localizada na região noroeste do estado de São Paulo, em área de clima

4

tropical, é uma cidade reconhecida pelo seu calor intenso. Em 1985, a Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo detectou a presença de focos do Aedes aegypti

7

em doze cidades paulistas, entre elas, São José do Rio Preto, e confirmou sua reintrodução no estado. Os focos foram encontrados em locais com concentração de recipientes,

10

denominados pontos estratégicos (PEs). Foi então estruturado o Programa de Controle de Aedes aegypti em São Paulo, que previa a visitação sistemática e periódica aos PEs dos

13

municípios e a realização de delimitações de foco, quando do encontro de sítios positivos. Considerava-se que o vetor estava presente em um município quando continuava presente nos

16

imóveis após a realização das medidas de controle que vinham associadas à delimitação de foco. Logo após a detecção de focos positivos do mosquito

19

em São José do Rio Preto, realizaram-se as delimitações e a aplicação de controle, as quais não foram suficientes para eliminar o vetor. Diante da situação, em 1985, o município foi

22

definido como área de infestação domiciliar e risco de dengue. Os primeiros casos autóctones da dengue no município foram registrados em 1991, atribuídos ao sorotipo DENV1. A

25

primeira grande epidemia ocorreu em 1995, com 1.462 casos autóctones. Posteriormente, com a introdução dos demais sorotipos, as incidências (casos/100 mil habitantes/ano)

28

apresentaram comportamento cíclico: em 1999, 1.351,1; em 2006, 2.935,7; em 2010, ano da maior incidência, 6.173,8; e, em 2015, até outubro, a segunda maior incidência, 5.070,8.

31

Apesar de não se descartar a hipótese de que o aumento progressivo das incidências da dengue no município já seria um efeito do aumento das temperaturas, parece que

34

esse fenômeno estaria mais relacionado com a circulação dos múltiplos sorotipos do vírus da dengue. De modo geral, a persistência e a intensidade da dengue em São José do Rio

37

Preto são esperadas por se tratar de cidade de clima tropical e com condições ideais para o desenvolvimento do vetor e de sua relação com o patógeno.

Internet: <www revistas usp br> (com adaptações)

Com relação às ideias do texto CB1A1BBB, julgue os itens que se seguem.

10 Segundo o texto, realizava-se a delimitação de foco, medida de prevenção à reprodução do Aedes aegypti, no caso de serem identificados os pontos estratégicos de ocorrência do mosquito em São José do Rio Preto.

11 De 1991 a 2015, houve um aumento progressivo de casos de dengue no município de São José do Rio Preto, devido à resistência do mosquito Aedes aegypti às medidas implantadas para seu controle.

A respeito de aspectos linguísticos do texto CB1A1BBB, julgue os

itens a seguir.

12 A correção gramatical do texto seria preservada caso a preposição que inicia o trecho “em área de clima tropical” ( R . 3 e 4) fosse eliminada.

13 A inserção de uma vírgula imediatamente após o vocábulo “Logo” ( R .18) alteraria os sentidos do texto, apesar de manter sua correção gramatical.

14 A expressão “com a introdução dos demais sorotipos” ( R . 26 e 27) exprime ideia de causa.

15 Os vocábulos “mosquito” ( R .18) e “patógeno” ( R .39) têm o mesmo referente no texto: “Aedes aegypti” ( R . 6 e 11).

Acerca da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), julgue os itens a seguir.

16 À EBSERH é assegurado o ressarcimento das despesas com o atendimento do consumidor de um plano privado de assistência à saúde, observados os valores de referência estabelecidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

17 Se um órgão público tiver interesse em contratar a EBSERH para realizar atividades relacionadas ao objeto social da empresa, a licitação será dispensada.

No que se refere ao Estatuto Social da EBSERH, julgue os próximos itens.

18 A EBSERH se sujeita ao regime jurídico próprio das empresas privadas quanto aos direitos civis, comerciais e trabalhistas, e ao regime jurídico de direito público quanto às obrigações tributárias.

19 A EBSERH é administrada por uma Diretoria Executiva, cujos integrantes são nomeados, por prazo determinado, pelo presidente da República, que pode destituí-los antes do término do mandato, desde que haja deliberação do Conselho de Administração da empresa nesse sentido.

Com relação ao Regimento Interno da EBSERH, julgue os itens a seguir.

20 O Conselho Fiscal da EBSERH é órgão de administração da empresa, e seus membros devem ser dotados de notório saber.

21 Órgão da EBSERH responsável por receber denúncias que envolvam desvio de conduta de empregados, a Ouvidoria-Geral é obrigada a dar ciência aos denunciantes acerca das medidas adotadas em relação às denúncias.

À luz do Código de Ética e Conduta da EBSERH, julgue os itens

que se seguem.

22 Serão assegurados total sigilo e confidencialidade das informações à pessoa que entrar em contato com a Comissão de Ética da EBSERH pelos canais de comunicação da Internet para relatar descumprimento de conduta ética dos empregados da empresa.

23 Os agentes públicos que integrarem a Comissão de Ética da EBSERH, assim como seus suplentes, serão indicados pela presidência da empresa.

CESPE | CEBRASPE – EBSERH_ASSISTENCIAL – Aplicação: 2018

Com base no disposto no Estatuto da Pessoa com Deficiência, julgue os itens a seguir.

24 A pessoa com deficiência não poderá sofrer nenhuma espécie de discriminação pela sua condição, mas não será obrigada à fruição de benefícios decorrentes de ação afirmativa.

25 Em processos seletivos para ingresso nos cursos oferecidos pelas instituições de ensino superior, o candidato com deficiência terá direito à disponibilização de provas em formatos acessíveis à sua necessidade, sendo vedada a concessão de dilatação de tempo para a realização de tais provas.

Julgue os itens a seguir à luz do que dispõe a Constituição Federal de 1988 sobre o Sistema Único de Saúde (SUS).

26 Constituem o SUS os órgãos e as instituições públicas das três esferas de governo, da administração direta e indireta, e as instituições de saúde da iniciativa privada.

27 As atividades em saúde no Brasil, sejam elas desenvolvidas pelo poder público ou pelas instituições privadas de saúde, são regulamentadas pela mesma lei.

28 No texto constitucional, a saúde foi tratada separadamente da seguridade social, a qual compreende a previdência e a assistência social.

Acerca dos fatores sociais que determinam a saúde do indivíduo e das populações, julgue os itens que se seguem.

29 As iniquidades em saúde são as desigualdades de saúde entre grupos populacionais, que são injustas e desnecessárias.

30 Pode-se explicar a saúde de determinada população com base nos resultados apresentados por indivíduos, uma vez que fatores individuais são reflexos da saúde da coletividade.

31 Sociedades mais desenvolvidas economicamente demonstram necessariamente melhor índice de saúde que sociedades menos desenvolvidas.

No que concerne ao controle social no SUS, julgue os itens subsequentes.

32 As duas instâncias colegiadas que participam no controle social de saúde do SUS são os conselhos de saúde, que se reúnem anualmente e de forma ordinária, e as conferências de saúde, que possuem caráter permanente e estão presentes nas três esferas do governo.

33 O conselho de saúde, em sua esfera administrativa, atua na formulação de estratégias e no controle econômico e financeiro da execução das políticas de saúde.

34 As decisões tomadas pelos conselhos deverão ser homologadas

após

pelo

presidente

do

Conselho

Nacional

de

Saúde,

deliberação.

35 A cada eleição dos conselhos de saúde, recomenda-se que os segmentos de representação sejam renovados, no mínimo, em 30% das entidades representativas.

Uma pesquisa revelou características da população de uma

pequena comunidade composta apenas por casais e seus filhos.

Todos os casais dessa comunidade são elementos do conjunto

A c B c C, em que

A = {casais com pelo menos um filho com mais de 20 anos de

idade};

B = {casais com pelo menos um filho com menos de 10 anos

de idade};

C = {casais com pelo menos 4 filhos}.

Considerando que n(P) indique a quantidade de elementos

de um conjunto P, suponha que n(A) = 18; n(B) = 20; n(C) = 25;

n(A 1 B) = 13; n(A 1 C) = 11; n(B 1 C) = 12 e n(A 1 B 1 C) = 8.

O diagrama a seguir mostra essas quantidades de elementos.

O diagrama a seguir mostra essas quantidades de elementos. Com base nas informações e no diagrama

Com base nas informações e no diagrama precedentes, julgue os

itens a seguir.

36 Pelo menos 30 casais dessa comunidade têm 2 ou mais filhos.

37 Se um casal dessa comunidade for escolhido ao acaso, então a

probabilidade de ele ter menos de 4 filhos será superior a 0,3.

38 A referida comunidade é formada por menos de 180 pessoas.

A respeito de lógica proposicional, julgue os itens que se seguem.

39 Se P, Q e R forem proposições simples e se ~R indicar a

negação da proposição R, então, independentemente dos

valores lógicos V = verdadeiro ou F = falso de P, Q e R, a

proposição P 6 Q w (~R) será sempre V.

40 A negação da proposição “Se o fogo for desencadeado por

curto-circuito no sistema elétrico, será recomendável iniciar o

combate às chamas com extintor à base de espuma.” é

equivalente à proposição “O fogo foi desencadeado por

curto-circuito no sistema elétrico e não será recomendável

iniciar o combate às chamas com extintor à base de espuma.”

CESPE | CEBRASPE – EBSERH_ASSISTENCIAL – Aplicação: 2018

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

De acordo com o método START (simple triage and rapid treatment), usado para classificar e identificar múltiplas vítimas, julgue os itens a seguir.

41 Conforme a classificação proposta pelo método em apreço, o adulto que, embora vitimado, consiga andar deverá ser classificado e identificado com a cor verde.

42 Na avaliação da respiração, vítima com frequência respiratória superior a 30 mvm deverá ser classificada e identificada com a cor amarela.

43 Na avaliação da capacidade de cumprir ordens, vítimas que obedeçam a comandos simples deverão ser classificadas e identificadas com a cor amarela.

44 Na triagem de múltiplas vítimas que envolvam crianças, a criança que estiver alerta ou responder a chamado verbal ou a estímulo doloroso com localização do estímulo deverá ser classificada e identificada com a cor amarela.

45 Na avaliação dos sinais vitais, se a criança apresentar ausência de pulso, deverá ser imediatamente classificada e identificada com a cor amarela.

No que diz respeito à parada cardiorrespiratória (PCR) e à ressuscitação cardiopulmonar (RCP) de indivíduo adulto, julgue os itens que se seguem, considerando as diretrizes da American Heart Association, suas alterações e atualizações.

46 Considera-se atendimento de qualidade na RCP de indivíduo adulto as situações em que os socorristas realizam compressões torácicas na frequência de 80 a 100 compressões por minuto, deprimindo o tórax em 5 cm a 6 cm, com retorno completo.

47 Na RCP, são consideradas eficientes e de boa qualidade as insuflações realizadas pelo socorrista de um segundo cada uma delas, em que seja constatada elevação do tórax.

48 Na PCR com ritmo de fibrilação ventricular ou taquicardia ventricular sem pulso registrado no monitor cardíaco, deve-se desfibrilar a vítima com choque único na potência máxima do aparelho (360 J, no monofásico, e 200 J, no bifásico).

49 A lidocaína, na dose de 1 mg a 1,5 mg, intravenosa/intraóssea, administrada em bolus, representa a melhor escolha como droga vasopressora na ressuscitação, nos casos de PCR com ritmo de fibrilação ventricular ou taquicardia ventricular sem pulso.

Acerca de ambulância, veículo de atendimento pré-hospitalar móvel, julgue os itens subsequentes.

50

51

As ambulâncias do tipo B são destinadas ao transporte simples,

ou seja, ao transporte de pacientes sem maiores riscos e de

caráter eletivo.

equipadas com itens

como

radiocomunicação, maca com rodas, suporte para soro e oxigênio medicinal.

As ambulâncias do tipo A deverão estar

de

sinalizador

óptico

e

acústico,

equipamento

Os traumas abdominais, classificados em abertos ou fechados, muito frequentemente caracterizam situações de emergência. No que se refere a traumas abdominais, julgue os itens seguintes.

52 Entre os sinais sugestivos de lesão fechada no abdome encontram-se sinais do cinto de segurança em forma de equimose linear transversal, dor e sensibilidade à palpação abdominal e rigidez ou distensão abdominal.

53 Se julgar necessário, o socorrista deverá remover objetos encravados ou empalados em ferimentos oriundos de trauma abdominal aberto.

54 No caso de evisceração — uma complicação comum do trauma abdominal aberto —, os primeiros cuidados são, entre outros, os seguintes: não tentar recolocar os órgãos ou as estruturas de volta na cavidade abdominal e cobri-los com compressas estéreis umedecidas com soro fisiológico a 0,9%.

55 A imobilização cervical adequada é uma das condutas nas situações de trauma abdominal em atendimento pré-hospitalar.

As alterações circulatórias representam desequilíbrios na

homeostase dos fluidos corporais e se relacionam com distúrbios que acometem a circulação sanguínea, podendo levar o indivíduo

à morte. A respeito desse assunto, julgue os próximos itens.

56 A cateterização umbilical é um procedimento realizado nos recém-nascidos com a finalidade de monitorar a PA, coletar sangue para exames, infundir medicamentos ou transfusão. A embolia gasosa representa uma complicação na manipulação inadequada do cateter umbilical.

57 A isquemia em áreas submetidas a pressão pode ocorrer durante o transporte de pacientes críticos que permanecem por longos períodos em prancha rígida.

No atendimento inicial às emergências, a avaliação objetiva identificar rapidamente o principal problema associado à lesão ou ao agravo clínico, para uma tomada de decisão quanto ao atendimento e(ou) a remoção da vítima. Com relação a esse tema, julgue os itens subsequentes.

58 No caso de paciente considerado em estado crítico, ao proceder à avaliação primária, o socorrista deve, detalhadamente, inspecionar o couro cabeludo, as orelhas, os ossos da face, os olhos, o nariz, a boca, as pupilas — nestas, com verificação de diâmetro, reação à luz e simetria pupilar.

59 Na avaliação primária do paciente com suspeita de trauma, a garantia da segurança da cena deverá ser prioridade.

O trauma de tórax caracteriza uma lesão que poderá prejudicar a

função cardiorrespiratória. As lesões torácicas podem ser causadas

por traumatismo fechado e por lesões penetrantes. Julgue os itens

a seguir, a propósito de lesões torácicas.

60 No pneumotórax aberto, cobrir o ferimento com curativo oclusivo de três pontos constitui procedimento imediato.

61 Os sinais e sintomas mais comuns de pneumotórax hipertensivo incluem respiração superficial, queixa de dor torácica e hipóxia ou cianose.

CESPE | CEBRASPE – EBSERH_ASSISTENCIAL – Aplicação: 2018

Com referência às intoxicações agudas, julgue os itens que se seguem.

62 A atropina é o antídoto específico para o tratamento de intoxicações agudas por drogas de abuso.

63 Entre os sinais e sintomas comuns na intoxicação pela ingestão de solventes estão hipersecreção brônquica, broncoespasmo, tosse, insuficiência respiratória, cianose, bradicardia e hipotensão.

64 As condutas específicas no caso de ingestão de produtos corrosivos são as seguintes: provocar vômito, passar sonda nasogástrica, realizar lavagem gástrica e realizar tentativas de neutralização do agente corrosivo.

No que tange ao trauma craniencefálico, julgue os próximos itens.

65

A

estabilização da coluna cervical não é conduta indicada no

caso de trauma craniencefálico, sendo necessária apenas em casos de suspeita de trauma raquiomedular.

66

Na avaliação secundária, se a gravidade do quadro da vítima permitir, deverá ser dada ênfase à escala de coma de Glasgow.

Acerca do choque e da reposição volêmica, julgue os itens que se seguem.

67 Na classificação do choque hipovolêmico, a classe IV aplica-se

a vítimas que apresentem perda sanguínea de 750 mL a

1.500 mL e frequência cardíaca de 100 bpm a 120 bpm.

68 No choque hipovolêmico secundário ao trauma, a reposição volêmica deverá ser administrada com solução injetável de glicose na concentração de 5%, aquecida a 39 ºC, seguida de solução salina a 0,9%.

No que concerne ao trauma raquiomedular, julgue os itens subsecutivos.

69 No caso de trauma raquiomedular, na imobilização, o alinhamento da cabeça deve ser mantido mesmo se ocorrer piora da dor referida, piora do padrão respiratório, resistência voluntária ao movimento, início ou aumento de déficit neurológico e espasmos dos músculos do pescoço.

70 Durante a imobilização, o alinhamento cervical poderá não ser possível em casos de torcicolo congênito ou outra malformação ou de deformidades degenerativas preexistentes.

Julgue os itens a seguir, acerca de traumas térmicos e queimaduras, bem como de seus protocolos nacionais de atendimento.

71

No atendimento pré-hospitalar a pacientes com queimadura térmica, deve-se irrigar a área queimada com soro fisiológico.

72

Para estimar a área corporal queimada, usa-se a regra dos 9, que atribui a cada membro inferior um total de 9%.

73

Em situação de emergência em paciente com queimaduras, deve-se realizar o acesso venoso mesmo em área queimada.

74

O

enfermeiro deve instalar sonda vesical de demora para o

controle da diurese em pacientes com queimaduras em área corporal superior a 10% ou em caso de queimaduras na região genital.

75

A

enxertia de pele para tratamento de queimaduras somente é

indicada em casos de queimaduras de terceiro grau.

À luz das normativas e dos protocolos nacionais de atendimento a

vítimas de traumas, julgue os itens subsequentes.

76 Lesões faciais provocadas por esmagamentos são consideradas ferimentos fechados.

77 É mais comum haver contusões pulmonares graves sem concomitante fratura de arcos costais em crianças.

78 O paciente idoso está inserido no mesmo protocolo de atendimento em urgências que o paciente com deficiência visual.

79 Em caso de obstrução grave de vias aéreas em criança que esteja irresponsiva, deve-se seguir realizando a manobra de Heimlich.

80 Massagens de seio carotídeo podem ser executadas apenas em adultos e idosos, não devendo ser executadas em crianças.

81 A primeira conduta para a avaliação secundária do paciente pediátrico com suspeita de trauma é a realização de entrevista SAMPLE.

Acerca de triagem e transporte, julgue os itens que se seguem.

82 Quando caracterizado o parto iminente durante o transporte da gestante, deve-se considerar estacionar a viatura.

83 O tempo de transporte em assistência ao parto iminente é uma das variáveis de seleção de protocolos, sendo caracterizados como transportes prolongados apenas aqueles com tempos estimados superiores a 60 min.

84 A vítima que não respira mesmo depois de manobras de abertura de vias aéreas deve ser classificada com a cor vermelha, de acordo com o método START (simple triage and rapid treatment).

A respeito de normas e preceitos sobre ética a serem observados

pelos profissionais de enfermagem, julgue os seguintes itens.

85 Unicamente em casos de iminente risco de morte, é permitido ao profissional de enfermagem executar assistência à saúde sem o consentimento do paciente ou de seu representante legal.

86 É direito do profissional de enfermagem prestar informações verbais a respeito do quadro do paciente da forma que considerar mais apropriada ou suficiente.

87 Manter regularizadas as obrigações financeiras com o conselho regional de enfermagem é considerado um dever ético do profissional de enfermagem.

88 Salvo em casos de urgência, emergência ou eventuais situações regulamentadas, o profissional de enfermagem é proibido de executar prescrição feita a distância.

A respeito de ventilação mecânica, julgue os itens a seguir.

89 As duas modalidades de fornecimento de ventilação mecânica não invasiva com pressão positiva se diferenciam pelo nível de pressão, igual ou distinta, durante a inspiração e a expiração.

90 O ventilador mecânico que opera no modo de ventilação assistida controlada permite que o paciente respire espontaneamente nos intervalos de ciclos controlados pelo equipamento.

91 Registram-se lesões em ventilação mecânica invasiva por falta de umidificação do ar inspirado, porém, isso não ocorre no caso de excesso de umidificação em ventilação equivalente.

CESPE | CEBRASPE – EBSERH_ASSISTENCIAL – Aplicação: 2018

Julgue os itens seguintes, acerca de enfermagem em cardiologia.

92 No

papel

de

eletrocardiograma,

a

distância

horizontal

representada por um quadrado grande, ou seja, de lados mais

espessos ou escuros, equivale ao lapso temporal de um décimo

de segundo.

93 Em casos de paradas cardiorrespiratórias iminentes ou já

constatadas

associadas

a

taquiarritmias

ventriculares,

os

cuidados de enfermagem incluem a administração de oxigênio

suplementar.

94 São bloqueios atrioventriculares os distúrbios de condução no

estímulo sinusal até os ventrículos.

95 As medicações administradas durante a parada cardíaca devem

ser feitas preferencialmente por via intramuscular.

Acerca de atendimentos pré- e intra-hospitalar e de materiais

empregados nesses atendimentos, julgue os itens seguintes.

96 Em serviços de urgência e emergência, deve-se manter

disponível um oftalmoscópio.

97 Os equipamentos ou instrumentos dos serviços de urgência e

emergência devem estar acompanhados de instruções por

escrito para uso e manutenção ou por manuais de fabricante.

98 Em casos de síndrome de abstinência do álcool, deve-se,

sempre, administrar diazepam 10 mg a cada 30 min, com dose

máxima de 50 mg.

99 Paciente que apresentar sinais de autonegligência grave deve

ser

classificado

como

paciente

que

autoagressão e suicídio.

apresenta

risco

de

100 No atendimento a urgências envolvendo acidentes com animais

peçonhentos, deve-se utilizar torniquete principalmente em

caso de picada por serpente.

Espaço livre