Você está na página 1de 3

Rio pressiona e União abre mão de R$ 2 bi para a... https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/09/r...

RIO DE JANEIRO (HTTPS://WWW1.FOLHA.UOL.COM.BR/COTIDIANO/RIODEJANEIRO)

Rio pressiona e União abre mão de R$ 2 bi para


aprovar cessão onerosa no Senado
Emenda prevê que, além dos 30% aos estados e municípios, Rio terá outros 3% da
cessão onerosa

3.set.2019 às 19h58
Atualizado: 3.set.2019 às 20h01

Daniel Carvalho

BRASÍLIA Diante da pressão do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel


(PSC) (https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/08/governo-do-rio-pagou-por-dia-de-folga-de-witzel-em-buenos-
aires.shtml), e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a União abriu mão

de R$ 2,19 bilhões para aprovar a cessão onerosa.

O Senado acatou uma emenda da bancada fluminense que aumenta o valor dos
recursos do megaleilão de petróleo que serão repassados ao estado, que,
agora, vai receber R$ 2,5 bilhões. Antes, seriam R$ 326 milhões. A emenda foi
fruto de um acordo com Maia.

O texto foi aprovado em dois turnos. No primeiro, por 74 a 0. No segundo, por


69 a 0. Como a PEC (proposta de emenda à Constituição) foi alterada, tem que
retornar à Câmara.

Políticos do Rio de Janeiro vinham fazendo pressão desde a semana passada


para mudar o critério de divisão de recursos da cessão onerosa

1 of 3 09/04/2019 01:08 AM
Rio pressiona e União abre mão de R$ 2 bi para a... https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/09/r...

(https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/08/governo-do-rio-quer-mudar-criterio-de-divisao-de-recursos-de-megaleilao-

de-petroleo.shtml).

Está marcado para 6 de novembro um megaleilão de petróleo no qual o


governo estima arrecadar R$ 106 bilhões (https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/06/governo-
marca-megaleilao-de-r-106-bilhoes-para-6-de-novembro.shtml). Deste total, R$ 33 bilhões vão para os

cofres da Petrobras a título de renegociação de um contrato de exploração de


campos de petróleo na área do pré-sal.

Dos R$ 73 bilhões que sobram, 30% (R$ 21 bilhões) serão distribuídos para
estados (15%) e municípios (15%). (https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/06/camara-aumenta-
para-30-repasse-da-cessao-onerosa-a-estados-e-municipios.shtml)

Pelo que havia sido previsto no relatório do senador Cid Gomes (PDT-CE), a
distribuição para estados e municípios (https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/06/camara-
aumenta-para-30-repasse-da-cessao-onerosa-a-estados-e-municipios.shtml) respeitará os critérios do FPE

(Fundo de Participação dos Estados) e do FPM (Fundo de Participação dos


Municípios).

O cálculo do FPE leva em consideração a renda per capita de cada estado. Ou


seja, estados mais pobres recebem uma parcela maior do repasse.

O texto estabelece que os recursos da cessão onerosa só podem ser usados


para investimentos e aporte em fundos previdenciários, vedada a utilização
para o pagamento de custeio e pessoal ativo e inativo.

O critério do FPE acaba beneficiando estados do Norte e do Nordeste em


detrimento de outras Unidades da Federação, como o Rio de Janeiro, em cujo
litoral estão os campos que serão leiloados.

Por esta regra, o estado do Rio (https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/riodejaneiro/) ficaria com


R$ 326 milhões, enquanto a Bahia receberia um repasse previsto em R$ 905,5
milhões, o que gerou protestos de Witzel e Maia.

A solução acordada veio por uma emenda apresentada pelos três senadores do

2 of 3 09/04/2019 01:08 AM
Rio pressiona e União abre mão de R$ 2 bi para a... https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/09/r...

Rio de Janeiro, entre eles, Flávio Bolsonaro (PSL) (https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/08


/nao-sei-do-queiroz-cara-diz-bolsonaro-sobre-pm-aposentado.shtml), filho do presidente Jair Bolsonaro.

Pelo texto, além dos recursos que serão distribuídos a todas as Unidades da
Federação, o Rio de Janeiro receberá mais R$ 2,19 bilhões, totalizando os R$
2,5 bilhões.

Isso porque a emenda prevê 3% dos R$ 73 bilhões da União para o estado


produtor, neste caso, o Rio.

Durante a sessão do Senado, Cid Gomes teve uma queda de pressão e foi
socorrido na tribuna pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico.

sua assinatura vale muito


Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais
de 120 colunistas. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público,
veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das
redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa
ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHA (HTTPS://LOGIN.FOLHA.COM.BR/ASSINATURA/390510)

ENDEREÇO DA PÁGINA

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/09/rio-pressiona-e-uniao-
abre-mao-de-r-2-bi-para-aprovar-cessao-onerosa-no-senado.shtml

3 of 3 09/04/2019 01:08 AM

Interesses relacionados