UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE QUÍMICA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA INORGÂNICA

PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
CARLA FRIMER

NITERÓI, 14/09/2010
1

.... Preparação de 100mL de solução de HCl 0..................................... 4.............. 6 3.......................................................................................... Preparação de Soluções.................................... 4 1............................................. Bibliografia.............. 3 1........................... 4........ Objetivos.... Cálculos.....................................................................................................1 mol/L...................... 4 2............... Introdução.1. Discussão / Conclusão.................... 1..1 mol/L....................................................... Padronização de Soluções..... 5 2............................................................... Preparação de 100mL de solução de NaOH 0................................................................................................................. Resultados.......... 4 1....SUMÁRIO 1............. 3........................................................................ 3 1... 4...............4...... 6 3....... 5 2... Objetivos....................... Padronização de NaOH 0........................................................ 3...................................................................................................2..........1 mol/L........................................... 3 1.. Desenvolvimento................................................ 2.......................................................................... 7 5........... 3......... 6 2................... 2........ 5 2........................ Padronização de HCl 0.......... 7 2 ............................ Desenvolvimento........................................ Materiais............... Introdução..................................................................................... 3 1........................................... 1................. 4 1... 6 4................................ 2.... Materiais............1 mol/L................4...................................................................... 6 3................ 1..........

Introdução Uma mistura consiste em duas ou mais substâncias fisicamente misturadas. o soluto em excesso forma precipitado. pipeta. 2. A quantidade de soluto a ser adicionada no solvente é variável. Se a solução não atinge esse limite. 1. NaOH em massa. a que se encontra em maior quantidade é denominada solvente. Objetivos Estudar as maneiras apropriadas de expressar a concentração das soluções. Desenvolver técnicas de soluções aquosas a partir da diluição de soluções mais concentradas ou a partir de um soluto sólido. O limite de soluto é determinado pelo coeficiente de solubilidade de cada substância. variando-se a concentração da solução. 1.1. Quando a solução é supersaturada. água destilada. As misturas são classificadas em homogêneas (uma fase) e heterogêneas (duas ou mais fases). se a solução supera o limite. béquer. se a solução atinge o limite. 3. ao sofrer qualquer perturbação. diz-se que ela se encontra em uma situação metaestável. é chamada solução supersaturada. Materiais Balão volumétrico. é chamada solução não-saturada. Preparação de Soluções 1. HCl concentrado. é chamada solução saturada. que é fixo em determinadas condições de temperatura e pressão. 1. bastão de vidro. sendo sempre considerada solvente. 3 . Uma solução pode ser sólida líquida ou gasosa e não apresenta composição única. A água é a única exceção. sendo a mistura homogênea usualmente chamada de solução. enquanto a que se encontra em menor quantidade é denominada soluto. ou seja. pêra. e. Dentre as substâncias que compõem uma solução.

1L 1. 1.83mL de HCl em um béquer com aproximadamente 40mL de água destilada (procedimento executado na capela). 0.4. 0.4g NaOH 40g. Após a completa dissolução com o auxílio de um bastão de vidro. transferiu-se a solução para um recipiente de vidro devidamente rotulado. enxaguou-se o béquer algumas vezes. a fim de garantir que toda a solução estava no balão volumétrico e depois aferiu-se o volume restante necessário com água destilada.4.1 mol/L Adicionou-se. Cálculos NaOH: M = m1 Mol. Preparação de 100mL de solução de HCl 0. 3. transferiu-se a solução para um balão volumétrico de 100mL. 4. verteu-se a solução em um balão volumétrico de 100mL.V(L) => 0.4. A solução foi homogeneizada e conferiu-se se o volume de solução era realmente 100mL (parte inferior do menisco tangenciando a marca do balão). 4 . transferiu-se a solução para um recipiente de polietileno devidamente rotulado.1. enxaguou-se o béquer algumas vezes. que foram dissolvidos em aproximadamente 40mL de água destilada em um béquer.1. a fim de garantir que toda a solução estava no balão volumétrico e depois aferiu-se o volume restante necessário com água destilada. com o auxílio de uma pipeta. Após esperar o sistema esfriar. A solução foi homogeneizada e conferiuse se o volume de solução era realmente 100mL (parte inferior do menisco tangenciando a marca do balão). Após sua preparação. Preparação de 100mL de solução de NaOH 0.1 mol/L Pesou-se 0. Desenvolvimento 1.4g de NaOH.2. Após sua preparação.1 mol/L = m1 => m1 = 0.

Para determinar um valor exato de concentração da solução. sendo consideradas substâncias secundárias. empregando o método da titulação ácido-base. a substância deve ser estável tanto no estado sólido quanto em solução. A técnica utilizada neste processo é chama de titulação. Padronização de Soluções 2.2. O reagente de concentração conhecida é chamado de titulante e a substância a ser determinada é chamada titulada. Introdução Padronização é o processo que permite a determinação da concentração exata de uma solução. 1. Uma solução padrão pode ser produzida a partir de uma substância primária. Chama-se substância primária aquela que obedece às seguintes condições: a substância deve estar em estado quimicamente puro (sem impurezas). Solução padrão é aquela com uma concentração conhecida. A maioria das substâncias não obedece às condições citadas. 5 . prepara-se soluções não tão precisas. 2.conhecido como indicador. 2. Sabendo-se qual a quantidade da solução padrão necessária para reagir totalmente com a amostra e a reação química envolvida calcula-se a concentração da substância analisada. a substância deve ser fácil de secar e não higroscópica (absorver umidade do ambiente com facilidade). O ponto exato onde a reação se completa é chamado de ponto de equivalência ou ponto final teórico. utiliza-se o método de titulação. Objetivos Determinar a concentração exata de soluções aquosas diluídas de ácido clorídrico e hidróxido de sódio. Utilizando estas substâncias secundárias. O término da titulação é percebido por alguma modificação física provocada pela própria solução ou pela adição de um reagente auxiliar.

3. 2. a fim de neutralizar o HBIF. Padronização de NaOH 0. 1.1. 4. HCl e NaOH preparados na prática de preparação de soluções. Resultados 3. Colocou-se 10mL de HBIF e algumas gotas de fenolftaleína em um erlenmeyer e foi feita a padronização.10 = MB. Padronização da solução de NaOH 0.22. água destilada. 4.4 MB = 0. ernlenmeyer. bureta de 25mL. adicionando-se gota a gota a solução básica. Padronização da solução de HCl 0.4mL 6 . 2. a fim de neutralizar o HCl. Desenvolvimento 2. fenolftaleína.1 mol/L Primeiramente houve a rinsagem do NaOH pelas paredes da bureta. Colocou-se 10mL de HCl e algumas gotas de fenolftaleína em um erlenmeyer e foi feita a padronização. Materiais Biftalato de potássio (HBIF).1 mol/L Utilizou-se a mesma bureta do experimento anterior. portanto foi necessário apenas aferir a quantidade de NaOH presente na bureta. adicionando-se gota a gota a solução básica.1mL MAVA = MBVB 0.7mL V2 = 22. 4.04 mol/L => VM = 22. 2. a fim de evitar erros experimentais.2. Após a rinsagem. prendeu-se a bureta no suporte universal atrelado a uma garra dupla. 1.1 mol/L VHBIF = 10mL VNaOH = V1 = 22. 3.

4mL MAVA = MBVB 0. 2. 2ª edição. A técnica de titulação é um método eficiente na padronização de soluções. 5. Pearson Makron Books.1.com/doc/16582485/padronizacao-de-solucao Preparação de soluções . Preparo e Padronização de Solução: http://www.25mL 7 . foi possível perceber que a preparação da solução de NaOH não foi feita de modo correto.1 mol/L VHCl = 10 mL VNaOH = V1 = 24. Bibliografia • • • RUSSEL.slideshare. Além disso. São Paulo. 1994.24. afinal obteve-se um erro de 40% (valor experimental x 100 / valor teórico). Discussão / Conclusão A partir da padronização das soluções. afinal a discrepância é imensa.acredita-se que a falha tenha sido humana pois ao titular tanto o biftalato de potássio quanto o ácido clorídrico.1mL V2 = 24.scribd.net/casb48/preparao-de-solues-alguns-conceitos => VM = 24. Este erro pode ser justificado por falha humana.10 = MB.alguns conceitos: http://www.3. Química Geral Volume I.25 MB = 0. Padronização de HCl 0. e dificilmente seria provocada por algum erro no reagente. garantindo com bastante precisão o valor da concentração desejada.04 mol/L 4. o resultado da concentração de hidróxido de sódio foi o mesmo. John B.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful