Você está na página 1de 5

DEBORA SANTIAGO DEBORA SANTIAGO

debora@ybakatu.com.br debora@ybakatu.com.br

Nasceu em Curitiba – PR, 1972 / Born in Curitiba –PR / Brasil, 1972. Nasceu em Curitiba – PR, 1972 / Born in Curitiba –PR / Brasil, 1972.
Vive e trabalha em Curitiba – PR / Lives and works in Curitiba – PR / Brasil. Vive e trabalha em Curitiba – PR / Lives and works in Curitiba – PR / Brasil.
Curso Superior de Escultura, Escola de Música e Belas Artes do Paraná (1995). Curso Superior de Escultura, Escola de Música e Belas Artes do Paraná (1995).
Mestre em Artes Visuais, Universidade do Estado de Santa Catarina (2007). Mestre em Artes Visuais, Universidade do Estado de Santa Catarina (2007).
Expõe individualmente desde 1995, no Brasil e na Europa. Expõe individualmente desde 1995, no Brasil e na Europa.
Tem participado em inúmeras exposições colectivas destacando-se: 2008/ARCO Feira de Arte Contemporânea, Brasil Tem participado em inúmeras exposições colectivas destacando-se: 2008/ARCO Feira de Arte Contemporânea, Brasil
país convidado, curadoria de Moacir do Anjos e Paulo Sergio Duarte, Stand Ybakatu Espaço de Arte, Madrid – Espanha. país convidado, curadoria de Moacir do Anjos e Paulo Sergio Duarte, Stand Ybakatu Espaço de Arte, Madrid – Espanha.
2007/12x7=82 cadernos + 1 metro de cadernos, projeto de Daniel Barbosa, lançamentos no Ybakatu Espaço de Arte 2007/12x7=82 cadernos + 1 metro de cadernos, projeto de Daniel Barbosa, lançamentos no Ybakatu Espaço de Arte
e no Beto Batata em Curitiba – PR. e no Beto Batata em Curitiba – PR.
A#mostra, mostra de vídeos organizada por Regina Melim, Museu Victor Meireles, Florianópolis – SC. ARCO Feira de A#mostra, mostra de vídeos organizada por Regina Melim, Museu Victor Meireles, Florianópolis – SC. ARCO Feira de
Arte Contemporânea, Proyectos / Projects, curadoria de Ricardo Resende, Stand Ybakatu Espaço de Arte, Madrid – Arte Contemporânea, Proyectos / Projects, curadoria de Ricardo Resende, Stand Ybakatu Espaço de Arte, Madrid –
Espanha. 2006 / Programa Rumos Visuais 2005 - 2006, Itaú Cultural. (Itaú Cultural / São Paulo – SP; Paço Imperial Espanha. 2006 / Programa Rumos Visuais 2005 - 2006, Itaú Cultural. (Itaú Cultural / São Paulo – SP; Paço Imperial
/ Rio de Janeiro – RJ e Casa das 11 Janelas / Belém – PA). Desenho, curadoria Bitu Cassinde, MAC – Centro Dragão / Rio de Janeiro – RJ e Casa das 11 Janelas / Belém – PA). Desenho, curadoria Bitu Cassinde, MAC – Centro Dragão
do Mar, Fortaleza – CE.CO, Espanha / Spain. do Mar, Fortaleza – CE.CO, Espanha / Spain.

O vídeo "Baião" é uma sobreposição de som e imagem da gravação da música "Cantiga de Violeiro" de Luiz A.Anunciação O vídeo "Baião" é uma sobreposição de som e imagem da gravação da música "Cantiga de Violeiro" de Luiz A.Anunciação
(Pinduca), executada em xilofone por Danielle Santiago. Danielle, minha irmã, é percurssionista, e enquanto estudava (Pinduca), executada em xilofone por Danielle Santiago. Danielle, minha irmã, é percurssionista, e enquanto estudava
a música eu criei o vídeo. Como a música apresenta uma estrutura que possui divisões claras, e que se repetem, foi a música eu criei o vídeo. Como a música apresenta uma estrutura que possui divisões claras, e que se repetem, foi
possível fazer a sobreposição do som e manter perceptível o ritmo baião. possível fazer a sobreposição do som e manter perceptível o ritmo baião.
Estas sobreposições estão ligadas à idéia de circulação na minha produção, como os movimentos da água e do ar na Estas sobreposições estão ligadas à idéia de circulação na minha produção, como os movimentos da água e do ar na
natureza, nem sempre visíveis, mas que apresentam formas que se repetem e se alteram continuamente. natureza, nem sempre visíveis, mas que apresentam formas que se repetem e se alteram continuamente.

Ficha Técnica Ficha Técnica

Título: Baião Título: Baião


Data: 2008 Data: 2008
Técnica: vídeo (original em miniDV) Técnica: vídeo (original em miniDV)
Duração: 3minutos e 40 segundos Duração: 3minutos e 40 segundos
Edição: 5 ( a cópia do Zé Mário é a 1/5) Edição: 5 ( a cópia do Zé Mário é a 1/5)

Galeria Graça Brandão – Porto e Lisboa Galeria Graça Brandão – Porto e Lisboa
Ybakatu Espaço de Arte, Coritiba, Brasil Ybakatu Espaço de Arte, Coritiba, Brasil
CATARINA MACHADO CATARINA MACHADO
cmachado1975@gmail.com cmachado1975@gmail.com

Morfologias do Vazio, 2008 Morfologias do Vazio, 2008


Acrílico sobre PVC Acrílico sobre PVC
247 x 113 x 7 cm 247 x 113 x 7 cm

Nasceu em 1975, no Porto. Licenciada em Arquitectura pela Universidade Lusíada do Porto (1993-98). Pós-graduação Nasceu em 1975, no Porto. Licenciada em Arquitectura pela Universidade Lusíada do Porto (1993-98). Pós-graduação
em Arte Contemporânea pela Universidade Católica do Porto (2006-07). A partir de 1995 participa em vários concursos em Arte Contemporânea pela Universidade Católica do Porto (2006-07). A partir de 1995 participa em vários concursos
e bienais de Artes Plásticas. Expõe individualmente desde 1996. Em 1999 foi convidada a juntar-se ao grupo de jovens e bienais de Artes Plásticas. Expõe individualmente desde 1996. Em 1999 foi convidada a juntar-se ao grupo de jovens
artistas emergentes da Por Amor à Arte Galeria, assumindo em 2003 e 2004 a coordenação de exposições de jovens artistas emergentes da Por Amor à Arte Galeria, assumindo em 2003 e 2004 a coordenação de exposições de jovens
artistas naquele espaço. Representada em várias Feiras Internacionais de Arte Contemporânea: New Art Barcelona’99, artistas naquele espaço. Representada em várias Feiras Internacionais de Arte Contemporânea: New Art Barcelona’99,
IV Foro Atlântico Pontevedra’99, Trânsito Toledo 2000, Art al Hotel Valência 2000, Miart Milão 2000 e 2001. Viena IV Foro Atlântico Pontevedra’99, Trânsito Toledo 2000, Art al Hotel Valência 2000, Miart Milão 2000 e 2001. Viena
Aushotel Áustria 2001, ARCO’02 Madrid. Arte Lisboa 2005, 2006 e 2007 e Art Cologne’06, Alemanha. Aushotel Áustria 2001, ARCO’02 Madrid. Arte Lisboa 2005, 2006 e 2007 e Art Cologne’06, Alemanha.

Morfologias do Vazio, 2008 Morfologias do Vazio, 2008

Neste espaço arquitectónico, num primeiro momento, senti a verticalidade bem marcada nas quatro grandes aberturas Neste espaço arquitectónico, num primeiro momento, senti a verticalidade bem marcada nas quatro grandes aberturas
verticais, que funcionaram como base e ponto de partida para o meu trabalho. verticais, que funcionaram como base e ponto de partida para o meu trabalho.

Transportei a morfologia do vão das portas para o interior da obra, que colocada na parede expositiva, adapta a obra Transportei a morfologia do vão das portas para o interior da obra, que colocada na parede expositiva, adapta a obra
ao local. O branco da parede, dá corpo à transparência dando-lhe forma/fundo. ao local. O branco da parede, dá corpo à transparência dando-lhe forma/fundo.

A prática da pintura que desenvolvo mergulha na linha, forma e cor. A gestualidade evoca movimento. A depuração A prática da pintura que desenvolvo mergulha na linha, forma e cor. A gestualidade evoca movimento. A depuração
das formas elípticas, remete à fisicalidade que pela cor de uma paleta mais reduzida, evidencia e contrasta, com a das formas elípticas, remete à fisicalidade que pela cor de uma paleta mais reduzida, evidencia e contrasta, com a
superfície do material composto por duas lamelas de PVC transparente – pintadas do avesso - avesso ao habitual, superfície do material composto por duas lamelas de PVC transparente – pintadas do avesso - avesso ao habitual,
despertando os sentidos… são assumidamente agrafadas à grade de madeira, aprisionando, entre elas, o vazio inscrito despertando os sentidos… são assumidamente agrafadas à grade de madeira, aprisionando, entre elas, o vazio inscrito
na grade, camuflado, empacotado e contudo, impenetrável. na grade, camuflado, empacotado e contudo, impenetrável.

Ao contrário, parece que a morfologia da pintura… extravasa para além da obra… Ao contrário, parece que a morfologia da pintura… extravasa para além da obra…

Catarina Machado Catarina Machado


Miramar, 19 de Março de 2008 Miramar, 19 de Março de 2008

Cortesia Galeria Presença - Porto e Lisboa Cortesia Galeria Presença - Porto e Lisboa
www.galeriapresenca.pt www.galeriapresenca.pt
PEDRO SARAIVA PEDRO SARAIVA
pedrosaraivaakad@hotmail.com pedrosaraivaakad@hotmail.com

Gabinete Codina, 2006/2008 Gabinete Codina, 2006/2008


tinta-da-china sobre papel de esquisso, tinta-da-china sobre papel de esquisso,
50x75cm (cada desenho) 50x75cm (cada desenho)

1952 Colecções 1952 Colecções


Nasceu em Lisboa. Secretaria de Estado da Cultura, Lisboa Nasceu em Lisboa. Secretaria de Estado da Cultura, Lisboa
1979 Galeria Redies, Dusseldorf 1979 Galeria Redies, Dusseldorf
Curso de Pintura, E.S.B.A.L. UNYSIS, Lisboa Curso de Pintura, E.S.B.A.L. UNYSIS, Lisboa
Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian Museu Teixeira Lopes, Mirandela Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian Museu Teixeira Lopes, Mirandela
Professor Auxiliar na F.B.A.U.L. Banco Comércio e Indústria, Leiria Professor Auxiliar na F.B.A.U.L. Banco Comércio e Indústria, Leiria
Expõe individualmente desde 1986. Da participação em Galeria Municipal de Almada (Casa da Cerca), Almada Expõe individualmente desde 1986. Da participação em Galeria Municipal de Almada (Casa da Cerca), Almada
inúmeras exposições colectivas, destacam-se: Colecção Pública Galeria Bronte, Etna, Itália inúmeras exposições colectivas, destacam-se: Colecção Pública Galeria Bronte, Etna, Itália
1988 Fundação P.L.M.J., Lisboa 1988 Fundação P.L.M.J., Lisboa
1.14VR.88, Módulo, Lisboa 1.14VR.88, Módulo, Lisboa
1º Forum de Arte Contemporânea (Módulo), Lisboa O presente projecto intitulado “gabinete > codina” assenta 1º Forum de Arte Contemporânea (Módulo), Lisboa O presente projecto intitulado “gabinete > codina” assenta
ART LA 88 (Módulo), Los Angeles fundamentalmente na pesquisa em arquivos reais e ART LA 88 (Módulo), Los Angeles fundamentalmente na pesquisa em arquivos reais e
1989 ficcionados, na construção de 1989 ficcionados, na construção de
1º Forum de Arte Contemporânea (Módulo), Lisboa personagens/espaços/ambientes, nos quais são utilizadas 1º Forum de Arte Contemporânea (Módulo), Lisboa personagens/espaços/ambientes, nos quais são utilizadas
ART 20/89 (Módulo), Basileia diversas formas de expressão que permitem sobrepor ART 20/89 (Módulo), Basileia diversas formas de expressão que permitem sobrepor
1995 identidades, significados e temporalidades, e em que 1995 identidades, significados e temporalidades, e em que
10ª Exposição Internacional de Desenho, Catania, múltiplos níveis de interpretação se podem intersectar. 10ª Exposição Internacional de Desenho, Catania, múltiplos níveis de interpretação se podem intersectar.
Itália Itália
2002 2002
Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa Cortesia MÓDULO – Lisboa Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa Cortesia MÓDULO – Lisboa
2003 CENTRO DIFUSOR DE ARTE 2003 CENTRO DIFUSOR DE ARTE
Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa
2004 MÓDULO 2004 MÓDULO
Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa CENTRO DIFUSOR DE ARTE Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa CENTRO DIFUSOR DE ARTE
2005 2005
XXX (1975-2005), Módulo, Lisboa Cç. Mestres, 34 a-b / p-1070-178 Lisboa XXX (1975-2005), Módulo, Lisboa Cç. Mestres, 34 a-b / p-1070-178 Lisboa
Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa Tel / fax: 351.21.388 55 70; Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa Tel / fax: 351.21.388 55 70;
2007 2007
Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa e-mail: modulo@netcabo.Pt Arte Lisboa (Módulo), F.I.L., Lisboa e-mail: modulo@netcabo.Pt

Av. Boavista, 854 / p- 4100-112 Porto Av. Boavista, 854 / p- 4100-112 Porto
Tel: 351.22.609 47 42 Tel: 351.22.609 47 42
VASCO BARATA VASCO BARATA
vasco.barata@gmail.com vasco.barata@gmail.com

The Film series (24), 2007 Inkjet print sobre papel fotográfico The Film series (24), 2007 Inkjet print sobre papel fotográfico
45 x 60 cm 45 x 60 cm
Edição de 3 + 1 AP Edição de 3 + 1 AP
Colecção Particular- Leonor Sottomayor & Ricardo Camarinha Colecção Particular- Leonor Sottomayor & Ricardo Camarinha

The Film series é um work in progress que pretende situar-se, de alguma forma, no domínio de uma genealogia das The Film series é um work in progress que pretende situar-se, de alguma forma, no domínio de uma genealogia das
imagens, em particular na sua relação com o cinema e com a pintura. imagens, em particular na sua relação com o cinema e com a pintura.

Nas presentes imagens, a relação com a pintura – a procura implícita de locais para filmar, como quem procura locais Nas presentes imagens, a relação com a pintura – a procura implícita de locais para filmar, como quem procura locais
para pintar – é-nos sugerida pelo processo inerente à construção das imagens e que as aproxima, inevitavelmente, para pintar – é-nos sugerida pelo processo inerente à construção das imagens e que as aproxima, inevitavelmente,
também do cinema. também do cinema.
Localizemo-nos no domínio do script, onde, através de processos de síntese semelhantes aos da prática (e pensamento) Localizemo-nos no domínio do script, onde, através de processos de síntese semelhantes aos da prática (e pensamento)
da pintura, se constroem imagens a partir de sugestões narrativas. da pintura, se constroem imagens a partir de sugestões narrativas.

Interessante também, é verificar ou tentar desvendar o mecanismo por detrás de um processo de construção narrativa, Interessante também, é verificar ou tentar desvendar o mecanismo por detrás de um processo de construção narrativa,
para isso usando deliberadamente as imagens. No caso, constatar que antes sequer da existência física de um filme para isso usando deliberadamente as imagens. No caso, constatar que antes sequer da existência física de um filme
existe já um mecanismo de síntese que permite contar uma história com uma sequência de apenas algumas imagens existe já um mecanismo de síntese que permite contar uma história com uma sequência de apenas algumas imagens
provisórias (ou mesmo só uma). Behind an image lies another. provisórias (ou mesmo só uma). Behind an image lies another.

Vasco Barata Vasco Barata


Lisboa, Agosto 2007 Lisboa, Agosto 2007

Galeria Reflexus, Arte-Contemporânea – Porto Galeria Reflexus, Arte-Contemporânea – Porto


inforeflexus@gmail.com inforeflexus@gmail.com
YONAMINE YONAMINE
yonaminemiguel@yahoo.com yonaminemiguel@yahoo.com

RÁDIO CABINDA by yonamine RÁDIO CABINDA by yonamine


2008 video Loop, with sound _ 1 screen, 5’ _ PAL 2008 video Loop, with sound _ 1 screen, 5’ _ PAL

Yonamine nasceu em Luanda, em 1975. Viveu em Angola, no Zaire (actual R.D.C), no Brasil e no Reino Unido. Yonamine nasceu em Luanda, em 1975. Viveu em Angola, no Zaire (actual R.D.C), no Brasil e no Reino Unido.
A sua formação artística consolidou-se sobretudo durante a Primeira Trienal de Luanda, através da participação em A sua formação artística consolidou-se sobretudo durante a Primeira Trienal de Luanda, através da participação em
diversos workshops, conferências e seminários com: Laurie Farrell, Sue Williamson, Simon Njami, Billi Bidjoka, Alfredo diversos workshops, conferências e seminários com: Laurie Farrell, Sue Williamson, Simon Njami, Billi Bidjoka, Alfredo
Jaar, Paul D. Miller / DJ Spooky, Miquel Barceló, Ruth Noack, Pedro Lapa, Paulo Cunha e Silva, entre outros. Jaar, Paul D. Miller / DJ Spooky, Miquel Barceló, Ruth Noack, Pedro Lapa, Paulo Cunha e Silva, entre outros.

TRAJECTÓRIA (Selecção) TRAJECTÓRIA (Selecção)


2007 | Residência artística| ZDB | Lisboa, Portugal; Cabeça sem gente | Intervenção em 5 casas embargadas da Serra 2007 | Residência artística| ZDB | Lisboa, Portugal; Cabeça sem gente | Intervenção em 5 casas embargadas da Serra
da Azóia | Azóia, Portugal; Check List Luanda Pop | Pavilhão Africano da 52ª Bienal de Veneza | Veneza, Itália da Azóia | Azóia, Portugal; Check List Luanda Pop | Pavilhão Africano da 52ª Bienal de Veneza | Veneza, Itália
2006/7 | Trienal de Luanda | Luanda, Angola 2006/7 | Trienal de Luanda | Luanda, Angola
2006 | SD OBSERVATORIO | Instituto Valenciano Arte Moderno | Valência, Espanha; Réplica e Rebeldia I Centro 2006 | SD OBSERVATORIO | Instituto Valenciano Arte Moderno | Valência, Espanha; Réplica e Rebeldia I Centro
Cultural Português _ Luanda, Angola; Museu de Arte Moderna da Bahia _ Bahia, Brasil; Museu de Arte Moderna do Cultural Português _ Luanda, Angola; Museu de Arte Moderna da Bahia _ Bahia, Brasil; Museu de Arte Moderna do
Rio de Janeiro, Brasil; Centro Cultural do Banco do Brasil _ Brasília, Brasil; Museu Nacional de Arte _ Maputo, Rio de Janeiro, Brasil; Centro Cultural do Banco do Brasil _ Brasília, Brasil; Museu Nacional de Arte _ Maputo,
Moçambique; Palácio da Cultura Ildo Lobo _ Cidade da Praia, Cabo-Verde; Colecção Sindika Dokolo | SOSO arte Moçambique; Palácio da Cultura Ildo Lobo _ Cidade da Praia, Cabo-Verde; Colecção Sindika Dokolo | SOSO arte
Contemporânea | Luanda, Angola; Arte InVisible I Feira ARCO I Madrid, Espanha. Contemporânea | Luanda, Angola; Arte InVisible I Feira ARCO I Madrid, Espanha.

COLECÇÕES COLECÇÕES
SD –Colecção Africana de Arte Contemporânea | Luanda, Angola SD –Colecção Africana de Arte Contemporânea | Luanda, Angola
Ellipse Foundation Contemporary art Collection _ Lisboa, Portugal Ellipse Foundation Contemporary art Collection _ Lisboa, Portugal
Colecção BPA _ Banco Privado de Angola _ Luanda, Angola Colecção BPA _ Banco Privado de Angola _ Luanda, Angola
RIVA _ Colecção Ricardo Viegas de Abreu_ Luanda, Angola RIVA _ Colecção Ricardo Viegas de Abreu_ Luanda, Angola
Colecção António Nascimento_ Luanda, Angola Colecção António Nascimento_ Luanda, Angola
Colecção António Mosquito _ Luanda, Angola Colecção António Mosquito _ Luanda, Angola
Hélder Batáglia Colecção Arte Contemporânea _ Luanda, Angola Hélder Batáglia Colecção Arte Contemporânea _ Luanda, Angola

RÁDIO CABINDA is a video produced after an arts residence in Cabinda, Angola. RÁDIO CABINDA is a video produced after an arts residence in Cabinda, Angola.
RÁDIO CABINDA it’s road movie with a 5 minutes close up of a stereo radio that gives us the feeling and vibration RÁDIO CABINDA it’s road movie with a 5 minutes close up of a stereo radio that gives us the feeling and vibration
of the travel between Cabinda and Belize, the limit village before Republic of Congo. of the travel between Cabinda and Belize, the limit village before Republic of Congo.

Galeria 3+1 (Lisboa) Galeria 3+1 (Lisboa)


www.3m1arte.com www.3m1arte.com