Você está na página 1de 55

S07

Computer Aided Manufacturing (CAM)

Manufatura auxiliada
por computador
Tecnologias de manufatura
Projeto Controle Manuseio Gerenciamento

Projeto Manufatura Veículos guiados Carregamento


auxiliado por auxiliada por (AGVs) e Robótica Programação
computador computador Monitoração

CAD CAM MRP/ERP

Integrados Integrados

CAD/CAM FMS
Sistemas baseados em computador
para outras funções, fornecedores e
consumidores
Integrados

CIM Integrados

CIE
Manufatura auxiliada por computador

Evolução
Manufatura auxiliada por computador
Troca de informações entre sistemas Cax (CAD,
CAE, CAM, e outros):
 Há no mercado sistemas que oferecem soluções Cax para as
fases do desenvolvimento de produto, poucos atendem a todas
as fases de forma satisfatória;
 Muitos são específicos para CAD, outros somente para CAE e
outros para CAM;
 Portanto, é comum numa empresa existirem sistemas
provenientes de vários fornecedores;
 Em um mercado terceirizado é fundamental a transferência da
geometria da peça proveniente do CAD de uma empresa para as
demais empresas que executarão a análise de engenharia (CAE),
usinagem (CAM), e outras
Manufatura auxiliada por computador

 A comunicação entre sistemas Cax de diferentes fornecedores é


um recurso essencial para as empresas, garantindo a
continuidade e a integração entre as etapas do processo de
desenvolvimento;
 Para tanto, há programas especiais denominados interfaces de
comunicação, que se constituem em procedimentos contendo
um conjunto de condições, regras e convenções que definem a
forma com que dois sistemas trocam ou transferem dados;
Manufatura auxiliada por computador

 Há basicamente duas formas de se fazer a transferência de


dados referente ao modelo geométrico:
 por meio de interfaces neutras (ou padrão); e
 por interfaces específicas
Manufatura auxiliada por computador

 Muitas das interfaces neutras (padrão) surgiram como normas


de algum país, abaixo algumas mais comuns no mercado:
 IDES (Initial Graphis Exchange Specification) - EUA
 SET (Standard d’Echange et de Transfert) – França
 VDA-FS (Verband der Automobilindustrie-
Flächenschnittstelle) – Alemanha
 STEP (Standad for External Representation of Product Data) –
mais de 500 especialistas de vários países – objetivo ser um
padrão internacional (ISSO)
 DXF (Autodesk Data Exchange Format) – não é um padrão
mas o modelo de dados utilizado pelo sistema AutoCad
Manufatura auxiliada por computador

O CAM como ferramenta de programação CNC

 O sistema CAM tem como função básica a geração das trajetórias


das ferramentas sobre uma geometria previamente definida no
CAD
 Estas trajetórias são organizadas em um programa CNC
juntamente com os demais parâmetros de usinagem
 Os sistemas CAM podem ser aplicados tanto para geometrias
simples quanto para complexas, contudo, a sua aplicação é mais
justificável nos casos de geometria complexa
Manufatura auxiliada por computador

Consiste no uso de computadores e da


tecnologia de informática para auxiliar em
todas as fases de manufatura de um produto,
incluindo:
• processos;
• planejamento de produção;
• usinagem; e
• gerenciamento e controle de qualidade.
Controle numérico computadorizado

Historicamente foram três as tecnologias que ao


se desenvolverem enunciaram a tecnologia
CNC, são elas:
- a da Máquina ferramenta;
- a da Automação; e a da
- Informática.
CAM
 Máquinas ferramenta
- James Watt – projeto da máquina a vapor
- John Wilkinson - 1775

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f0/Steam_engine_in_action.gif
CAM
Automação

 O controle do som, um dos esforços iniciais no


controle automático ocorreu em torno de 1650 na
Holanda quando tambores rotativos foram
equipados com pinos para tocar carrilhões
automáticos
 No inicio de 1700, Falcon inventou uma máquina
de tricotar controlada por cartões perfurados
CAM
Automação

 Em 1807, J. M. Jacquard inventou um cartão de


controle melhorado para máquinas de tricotar e,
permitiu à máquina de tecer uma alta produtividade
e baixo custo por unidade
CAM

Máquina de Jacquard
CAM
Informática
 No início dos anos 1900, Hermam Hollerith
desenvolveu um sistema de armazenamento de
dados para cartões perfurados, para o
departamento de recenseamento dos EUA
Hollerith Electric Tabulator, US Census Bureau, Washington, DC, 1908,
Photograph by Waldon Fawcett. Library of Congress, LC-USZ62-45687.
CAM

 O principal fator que forçou os meios industriais


a buscar o aumento da produtividade e da
qualidade, foi a segunda guerra mundial
CAM

 Durante a guerra, as necessidades de evolução


foram decisivas, necessitavam-se de muitos
aviões, caminhões, tanques, barcos, navios,
armas, e outros, tudo em alta escala e precisão,
pois a guerra estava consumindo tudo,
inclusive a “mão de obra”
CAM
 Grande parte da mão de obra masculina
utilizada pelas fábricas como especializada, foi
substituída pela feminina, o que na época
implicava na necessidade de treinamento, com
reflexos na produtividade e na qualidade
 Era o momento certo para se desenvolver
máquinas automáticas de grande produção,
para peças de precisão e que não
dependessem da mão de obra especializada
CAM

 Diante deste desafio, iniciou-se o processo


de pesquisa onde surgiu a máquina
comandada numericamente (CN)
Comando Numérico

 O CN é uma técnica de controle dos movimentos


das máquinas-ferramentas pela interpretação
direta dos programas, que representam
instruções codificadas na forma de letras e
números
 Os dados são interpretados pelo sistema e o
sinal de saída é gerado para controlar os
componentes da máquina
CAM

 A primeira ação neste sentido surgiu em 1949


no laboratório de Servomecanismo do MIT,
com a união da Força Aérea Norte Americana
e a empresa Parsons Corporation of Traverse
City
CAM

 Foi adotada uma fresadora de três eixos, a


Hydrotel, da Cincinnati Milling Machine
Company, como ponto de partida para as novas
experiências
 Os controles e comandos convencionais foram
retirados e substituídos pelo comando
numérico, dotado de leitora de fita de papel
perfurado, unidade de processamento de dados
e servomecanismo nos eixos
Comando Numérico

O método envolve:
 controlar os movimentos de avanço da mesa nos eixos X, Y e Z
 controlar a velocidade da árvore (ferramenta principal, ou cabeça)
 fazer outros comandos de operações auxiliares, como ligar fluido
de corte
Vantagens:
 maior precisão
 repetitividade do processo
 maior produtividade
 aumento da flexibilidade
CAM

 Após testes e ajustes, a demonstração prática


da máquina ocorreu em março de 1952, e o
relatório final do novo sistema somente foi
publicado em maio de 1953
 Em 1956 surgiu o trocador automático de
ferramentas, mais tarde em 1958, os
equipamentos com controle de posicionamento
ponto a ponto e a geração contínua de
contornos
CAM

 Este novo processo foi cada vez mais usado na


rotina de manufatura, e com todos os
benefícios que haviam obtido deste sistema,
surgiram novos fabricantes que já fabricavam
seus próprios comandos
 Devido ao grande número de fabricantes,
começaram a surgir os primeiros problemas,
sendo que o principal, foi a falta de uma
linguagem única e padronizada
CAM

 Em 1958, por intermédio da Eletronic Industries


Association organizou-se estudos no sentido
de padronizar os tipos de linguagem
 Houve então a padronização de entrada
conforme padrão RS-244 que depois passou a
EIA244A ou ASC II
CAM

 Atualmente o meio mais usado de entrada de


dados para o CNC é via computador, embora
durante muitos anos a fita perfurada foi o
meio mais usado
CAM

 A linguagem destinada a programação de


máquinas era a Automatically Programed Tools
(APT), desenvolvida pelo MIT em 1956
 Daí para frente foram desenvolvidas outras
linguagens para a geração contínua de
contornos como AutoPrompt, ADAPT, Compact
II, Action, e outros que surgiram e continuam
surgindo para novas aplicações
CAM

 Com o aparecimento do circuito integrado (CI),


houve redução no tamanho físico dos
comandos e aumento da capacidade de
armazenamento, comparando-se com os
controles transistorizados
CAM

 Em 1967 surgia no Brasil as primeiras


máquinas controladas numericamente, vinda
dos Estados Unidos
 No início da década de 70, surgem as primeiras
máquinas CNC, e também surgem as primeiras
máquinas CN de fabricação nacional (A diferença básica
entre Máquina CN e CNC é que as máquinas CN não são providas de memória, ou seja,
os controles apenas lêem os comandos e executam as tarefas, não permitindo alterações
nos programas na hora da produção, por sua vez, as máquinas CNC possuem memórias
e permitem essas alterações aumentando as possibilidades das máquinas)
CAM

 A partir daí, observa-se uma evolução contínua


e notável concomitantemente com os
computadores em geral, fazendo com que os
comandos (CNC) mais modernos, empreguem
em seu conceito físico (hardware) tecnologia de
última geração
CAM

 O Comando Numérico Computadorizado (CNC)


consiste de um equipamento eletrônico que
recebe os dados da forma que a máquina vai
efetuar as operações, por intermédio de uma
linguagem própria denominada programa CNC
CAM

 Atualmente a sigla CNC engloba diversos


processos automáticos de fabricação, tais
como: fresamento; torneamento; oxicorte;
corte a laser; entre outros
CAM

 Isto significa, por exemplo, que pode-se


projetar um componente qualquer na tela do
computador e transmitir a informação por meio
de interfaces de comunicação entre o
computador e um sistema de fabricação, onde o
componente pode ser produzido
automaticamente numa máquina CNC
CAM

 Na elaboração de um programa CNC deve


constar:
 os dados sobre a geometria do objeto a ser
usinado com o tipo de máquina, de ferramentas
disponíveis e com a base no conhecimento de
usinagem para obtenção de uma peça com as
características desejadas
CAM

 O CNC é um mecanismo eletrônico capacitado


para receber informações e enviar sinais à
máquina-ferramenta para que aconteçam as
operações de usinagem sem a intervenção do
operador
CAM

 As informações são processadas e devolvidas


ao sistema por meio de impulsos elétricos, que
são responsáveis pelo acionamento dos
motores que conduzirão à máquina os
movimentos com os padrões de usinagem,
realizando a operação na sequência
programada sem a intervenção do operador
CAD/CAM

 A tecnologia CAD/CAM corresponde à


integração das tecnologias CAD e CAM num
sistema único e completo
 Os Sistemas CAD/CAM são os mais atuais para
o preparo de programas CNC
CAD/CAM

A partir da interpretação da geometria das peças


armazenadas em arquivo gráfico gerado no CAD
são criados os programas CNC segundo
algumas informações fornecidas pelo
programador usuário do sistema CAM
CAD/CAM

Os sistemas CAD/CAM têm progredido com a


garantia da integridade dos dados a partir do
armazenamento de modelos sólidos gerados
pelo sistema de CAD
CAD/CAM

Segundo D’issy (2004), atualmente a oferta de


softwares CAM se expande devido à
modernização da indústria brasileira para
competir no mercado globalizado
Surgiram com a finalidade básica de eliminar
a monótona e demorada programação
manual, pela geração de códigos para as
máquinas CNC
CAD/CAM

 Sua evolução permite além da geração do


programa, oferecer novos recursos, tais como:
 a visualização dos modelos 3D gerados em um
sistema CAD; e de
 simular processos de usinagem de sólidos.
CAD/CAM

 Empresas de vários segmentos estão obtendo


lucros em sua produção com a migração para o
sistema CAM
 Um exemplo, segundo D’issy (2004), é o da
empresa Bardella S/A Indústrias Mecânicas
CAD/CAM

 Antes de migrar para o sistema CAM


programava-se os processos de usinagem
manualmente, desde os cálculos de percurso
de ferramentas, edição e inserção dos
programas nas máquinas CN
 Muito tempo era consumido nesse processo,
além de não atender à demanda da fábrica e
gerar muitos erros de programação
CAD/CAM

Com a inserção da nova tecnologia foram


alcançados alguns benefícios:
 Versatilidade e rapidez na elaboração de programas;
 Geração de programas mais confiáveis;
 Redução de peças refugadas;
 Eliminação da perda de tempo com correções dos
programas durante o processo de fabricação; e,
 Redução drástica dos custos referentes às horas de
programação.
CAD/CAM

Um caso de aplicação da tecnologia CAM com


sucesso segundo D’issy (2004) é o da Herten
Engenharia de Moldes
 Aumento de 20% na produção após a inserção
da tecnologia CAM
 Antes a empresa operava com dez fresadoras e
três tornos
 Após a inserção de software CAM, ela trabalha
com sete fresadoras e dois tornos
Exemplos CAD/CAM

https://www.youtube.com/watch?v=_e05nY9Jmko

https://www.youtube.com/watch?v=YebrI5RfQz0

https://www.youtube.com/watch?v=9MFRPGf4JDk

https://www.youtube.com/watch?v=lnCNWQcgLWM

https://www.youtube.com/watch?v=oJ3eT1WYpjQ

https://www.youtube.com/watch?v=v4jwVdFsoGo
Fresadoras

http://www.youtube.com/watch?v=EkQUtY_UNGM
Tornos

http://www.youtube.com/watch?v=yTnG8gjUkqM
Furadeiras

http://www.youtube.com/watch?v=wpTHfuDgMJY
Máquinas-ferramentas de controle
numérico computadorizadas
 Armazenam uma série de informações codificadas em
um computador acoplado à máquina
 Esse conjunto tomou lugar do operador que
controlava manualmente essa máquina
 primeiro aumentaram o grau de liberdade (ex. furadeira – 1 gl –
para cima e para baixo; torno – 2 gl – para dentro e para fora e
ao longo da peça; centros automatizados – 3 ou mais gl – a
cabeça de corte inclina-se)
 O segundo desenvolvimento foi armazenar magazines com
diferentes ferramentas de corte dentro da máquina
 juntos esses dois desenvolvimentos aumentaram a variedade
e complexidade do que pode ser produzido
Centros de Usinagem CNC

Habilidade de trocar suas próprias ferramentas


 magazines com diferentes ferramentas de corte
estão armazenados dentro da máquina

Junto a estes desenvolvimentos:


 aumentou muito a variedade de peças que as
máquinas podem produzir
 permitem que as peças mais complexas possam
ser usinadas
 permite a troca de mesas
Centros de Usinagem CNC

http://www.youtube.com/watch?v=ICyYk_bqKyo&feature=fvsr

http://www.youtube.com/watch?v=kddPuLSaOjQ&NR=1
Exemplos CAD/CAM

https://www.youtube.com/watch?v=mc0mtn17Ccc

http://www.youtube.com/watch?v=8I3diD1lpho&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=69FqfVpZVvA

http://www.youtube.com/watch?v=R4T9I3JWIQA

http://www.youtube.com/watch?v=SfAPCP1NhxI&NR=1