Você está na página 1de 4

Menção a livro importante para o caso

Familias que foram voluntariamente de S. Pedro


(RS) p/ S. Carlos (Uruguai)
3 messages
Mauro Esteves <mesteves23@terra.com.br> Fri, Feb 22, 2008 at 11:15 PM
Reply-To: sc_gen@yahoogrupos.com.br
To: sc_gen@yahoogrupos.com.br

Prezada Sissi,

Importante fonte de informações esta que localizaste. A maioria destes "voluntários" estão na
obra de Moacyr Domingues, Portugueses no Uruguai.

Esta voluntariedade não fui tão expontânea assim, após a invasão da cidade do Rio Grande
pelos castelhanos em abril de 1763 muitos foram presos e levados com suas famílias para o
Uruguai, outros foram atraidos pelas promessas de conceção de terras. Em sua grande
maioria retornou à terra ao Brasil após a retomada da cidade em 1776. Inclusive, o primeiro
da lista, o Simão Teixiera, faleceu em Porto Alegre em 27.08.1785.

Após a retomada da cidade de Rio Grande pelos portugueses e brasileiros, os espanhóis,


para vingar o orgulho ferido, invadiram a ilha de Sta Catarina em 1777.

Se me permite, vou replicar esta relação na lista na RS-Gen, onde certamente será muito
apreciada.

Sds, Mauro Esteves.

----- Original Message -----


From: Sissi
To: sc_gen@yahoogrupos.com.br
Sent: Friday, February 22, 2008 5:53 PM
Subject: [sc-gen] Familias que foram voluntariamente de S. Pedro p/ S. Carlos

Apêndice I.

Relacion de las familias que marcharon de esta ciudad voluntariamente a estabelecerse en


el Nuevo Pueblo de S. Carlos con expression de las personas de que consta cada una, y
carros (carretas) que lleban y de los desertores que passan a presentarse al commandante
de Maldonado, a saber:

FAMILIAS ESTADO HIJOS CARRETAS ESCLAVOS


Simon Teixeira Casado 3 2
Joseph de la Rosa “ 3 2
Antonio Machado “ 5 2
Manoel de la Rosa “ 3 2
Phelipe Teixeira “ 5 2
Thomas Antonio “ 3 2
Ignácio Pereira Magalhães “ 1 1
Francisco Oliveira “ 1
Juan Correa “ 1 1
Manoel Machado “ 3 2
Justo Pastor “ 3 2
Bento Joseph “ 1 3 2
Francisco Chaves “ 2 2
Thomé Teixeira “ 1 2
Joseph Pereira da Luz “ 1 2
Carolina da Concepción, viuda
Simon Teixeira Casado 1 1
Marco Maciel (índio) “ 4 1
Leon Puy (índio) “ 1

DESERTORES
Joseph Caetano Natural de Lisboa Casado Dragones
Manoel Pereira Natural de la Índia Soltero “
Joseph Garcia Sarmento Natural de Rio de Janeiro “ “
Francisco Dias Natural del Brasil “ “
Antonio Correa “ “ “
Ignácio Magalhães “ de la Colônia “ “
Salvador Dias “ de Laguna “ “
Juan Zavaterra Desertor de la Comp de D. Nicolás Clordery
Jua Suares Natural de Cordoba

Nota.

Las expresadas personas van a cargo del Theniente d Dragones D. Miguel Vidal y la
partida que lleva a su mando se ha socorrido de racion por todo el próximo mes de
Enero.

Van del Rey dos carretas, dos carros, ciento y nueve Bueys y cien cavallos.

Rio Grande de San Pedro, 27 de Diciembre de 1763.

Nota: Que después de formada esta relacion han pasado a incorporarse con la partida
del expresado oficial las dos Personas siguientes:

Sebastián Luiz Cardoso, natural de San Pablo, soltero, era Dragon, y quedó quando
las armas de S. M, entraron en ella.

Francisco Paes, natural de Rio de Janeiro, sacaso y Dragon, desertor de los


portugueses, y dice tiene su mujer en el Pueblo Novo.

José Cayno Denis y Jacinto iban tambien como desertores.


Fonte: Seijo, Carlos. Carolinos Ilustres, Patriotas y Benemeritos, 1938.

Sissi
.

__,_._,___

Mauro Esteves <mesteves23@terra.com.br> Fri, Feb 22, 2008 at 11:20 PM


Reply-To: RS-Gen@yahoogrupos.com.br
To: RS-Gen@yahoogrupos.com.br

Importante fonte de informação localizada pela colega Sissi da SC_Gen sobre brasileiros e
portugueses que foram levados para o São Carlos de Maldonado no Uruguai após a invasão
da cidade de Rio Grande pelos castelhanos em 1763.

A grande maioria retornou ao Brasil após a retomada da cidade em 1776. Quase todos os
contidos na lista abaixo constam na obra de Moacyr Domingues, Portugueses no Uruguai.
[Quoted text hidden]
[Quoted text hidden]
_,_._,___

Ricardo Costa de Oliveira <rco2000@uol.com.br> Sat, Feb 23, 2008 at 1:30 AM


Reply-To: sc_gen@yahoogrupos.com.br
To: sc_gen@yahoogrupos.com.br

Bem lembrado Mauro

Era guerra aberta. As famílias se militarizaram na região. Os colonos foram “seqüestrados”,


aprisionados pelo exército inimigo. A ofensiva espanhola de 1763, com Ceballos, contou com
mais de 6000 soldados. Em Santa Teresa os nossos possuíam apenas 320 homens (Rio
Branco, Efemérides). A intensa atividade guerrilha brasileira logo puniria os invasores.
Lembremos que o Governador de Buenos Aires Vertyz y Salcedo declarou a fronteira entre
os Impérios os Rios Pardo e Guaíba, em 1773. Em 1776 a reconquista de Rio Grande foi
fundamental para a manutenção dos territórios na Lagoa dos Patos. Em 1801 os espanhóis
sofreram grave derrota porque as nossas tropas finalmente foram bem preparadas pelo
competente Governador do Sebastião Xavier da Veiga Cabral, veterano da guerra de 1776 e
que organizou a vitória decisiva de 1801.

Abraço

Ricardo
De: sc_gen@yahoogrupos.com.br [mailto:sc_gen@yahoogrupos.com.br] Em
nome de Mauro Esteves
Enviada em: sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 23:15
Para: sc_gen@yahoogrupos.com.br
Assunto: Re: [sc-gen] Familias que foram voluntariamente de S. Pedro (RS) p/ S.
Carlos (Uruguai)

[Quoted text hidden]


__._,_.___
.

__,_._,___